Blog do Eliomar

Últimos posts

Ministro promete ajudar na recuperação da Praia do Icaraí

ministroteisied

Francisco Teixeira (camisa listrada), ao lado de José Airton.

O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, receb eu, no fim de semana, em sua casa, em Fortaleza, a visita de uma comitiva de barraqueiros da Praia do Icaraí , em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), hoje devastada pelo avanço do mar. Ouviu apelos por recuperação de um grupo organizado pelo deputado federal José Airton (PT). Teixeira prometeu enviar uma equipe técnica ao Icaraí para que avalie in loco a situação e assim possa ser direcionado um orçamento de resposta. Prometeu destinar verba para uma ação rápida, mas com valor abaixo do que é preciso para resolver de vez a situação.

“O Governo já tem consciência do problema e sabe as soluções definitivas, mas custa muito dinheiro. Para resolver esse caso do Icaraí, é preciso mais de R$ 100 milhões. Não adianta fazer serviços de R$ 30 milhões. Tem que ser muito recurso para resolver definitivamente a questão”, expôs ministro.

Francisco Teixeira disse que há grandes especialistas no Nordeste e, especialmente, no Ceará para trabalhar no sentido de criar condições dentro do PAC. “Na área técnica e na ação política vamos conversar com a bancada do Nordeste, governadores do Nordeste, principalmente com o governador eleito do Ceará, Camilo Santana, para vermos se o governo Federal consegue criar esse componente para resolvermos esse problema que afeta também outros estados da Região”, prometeu o ministro.

O deputado federal José Airton se prontificou a conversar pessoalmente com o governador eleito Camilo Santana (PT) para que abrace a causa e reforce o apelo junto ao governo Federal. Já as lideranças do Icaraí agendaram uma manifestação para o próximo dia 15.

(Foto – Divulgação)

Aclive no Centro provoca acidente com dois passageiros dentro de ônibus

ATUALIZAÇÃO ( 11h05min)

Dois passageiros que estavam no ônibus que faz a linha Antônio Bezerra-Mucuripe aguardam, dentro do veículo – estacionado ao lado do Centro de Turismo, o atendimento do SAMU. Deitados, eles reclamam de fortes dores na coluna, depois que o veículo balançou num aclive situado na rua Guilherme Rocha com Padre Mororó (Centro). Esses passageiros não conseguiram se segurar e acabaram indo ao chão. onibussss   passageirosss (Fotos – Carlinhos da Emcetur)

Derrotados do PMDB discutirão participação no Novo Governo Dilma. No bloco, Eunício Oliveira

eleições 2014 pmdb 0807 eunício e dilma

Sem direito a selfie?

“Na próxima quarta-feira, a cúpula do PMDB vai se reunir para discutir a participação no governo, já que Edison Lobão (MA), das Minas Energia, e Garibaldi Alves (RN), da Previdência, estão voltando ao Senado. Caciques do PMDB, como o senador Eunício de Oliveira (CE) e o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), derrotados pelo PT nos seus estados, estão com uma conta sem tamanho para apresentar ao Palácio do Planalto na reforma ministerial. Qual será o lado do PMDB no novo governo?

De agosto a 25 de outubro, Dilma conseguiu melhorar progressivamente a avaliação de seu desempenho, que chegou a 58% de aprovação, contra 37% de desaprovação. Para 46% dos eleitores, o governo é ótimo ou bom; 30% o consideram regular; e 23%, ruim ou péssimo. Essa foi a maior proeza do marqueteiro João Santana. O horário eleitoral, porém, já acabou e a percepção da população voltará a ser aquela do cotidiano, confrontada com as promessas de campanha.”

(Correio Braziliense)

PCdoB espera ocupar cargos na gestão Camilo Santana

chicolopes

O PCdoB está na expectativa de ocupar espaços na futura administração de Camilo Santana. Quem admite é o deputado federal Chico Lopes. Ao ser indagado se a legenda quer ocupar cargos, ele reagiu logo: “Se for convidado e não for pra ficar no quintal…”

Bom lembrar que o PCdoB acabou bem contemplado na gestão do governador Cid Gomes (Pros): ocupou a Secretaria da Saúde, de onde saiu o seu titular, João Ananias, para ocupar uma cadeira na Câmara dos Deputados.

O ex-titular da pasta, Arruda Bastos, também do PCdoB, também deixou o órgão para tentar uma vaga de deputado estadual. Só que não logrou êxito. Ele acabou sendo trocado por Ciro Gomes, irmão do governador.

(Foto – Paulo MOska)

Presidente da Argentina é hospitalizada

“A presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, foi hospitalizada na noite de domingo (2) em uma clínica de Buenos Aires por “um estado febril infeccioso”, anunciou a Presidência em comunicado. Cristina, 61 anos, “apresenta um estado febril infeccioso, razão pela qual se decidiu pela internação na Clínica Otamendi, de Buenos Aires, para procurar um tratamento”, informa a nota assinada pelos médicos Marcelo Ballesteros e Ricardo Solla.

A presidenta argentina retomou à atividade no dia 21 de outubro, depois de um período de descanso de 48 horas devido a uma faringite.

Em julho, Cristina também fez uma pausa de dois dias por causa de dores na garganta e de uma laringite. Essa pausa acabou por se prolongar por mais de uma semana e a levou a alterar sua agenda e adiar uma viagem ao Paraguai. Há pouco mais de um ano, a chefe de Estado da Argentina foi operada de um hematoma cerebral e ficou sem trabalhar durante seis semanas, mas os resultados dos exames pós-operatórios foram positivos.”

(Agência Brasil)

DEM descarta fusão com PSDB

“O projeto de fusão do DEM com o PSDB, por ora, não sairá do papel. Se o candidato a presidente da República pelos tucanos, Aécio Neves, tivesse sido eleito, a história seria outra. É o que garante o dirigente partidário Rodrigo Maia:

– Formaremos um bloco possivelmente, mas não há mais sentido em falar de fusão.

A propósito, PTB e DEM também chegaram a conversar sobre uma união, mas a ideia também foi enterrada.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Guimarães – Pedido de impeachment é despropósito bancado por um “bando de ressentidos”

226 13

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=rbE3OHC9hSE[/youtube]

O vice-presidente nacional do PT, deputado federal José Nobre Guimarães, embarcou, nesta madrugada de segunda-feira, para Brasília, onde participará de reunião da executiva nacional petista. Segundo Guimarães, hora de um balanço sobre as últimas eleições.

Mas o mote mesmo será o Novo Governo Dilma que, de acordo com José Guimarães, precisará repensar a coalizão de forças que sustenta a futura administração federal. O parlamentar lamenta que parte do PMDB não tenha sido fiel a Dilma, o que terá que ser avaliado.

Sobre manifestações registradas no fim de semana em várias Capitais, inclusive em Fortaleza, pedindo o impeachment de Dilma Rousseff, o petista José Guimarães diz que foi um “despropósito” patrocinado por “um bando de ressentidos” que defenderam no passado a ditadura militar.

Guimarães também falou sobre a perspectiva do Governo Camilo Santana (PT). Prometeu que, pela sua postura política, ele fará “um governo profundamente democrático” e voltado para o diálogo. Ele não quis fazer paralelos que foi a atual gestão e o que virá de diferente da nova administração. Confirmou que nesta semana o governador eleito deve ir ao encontro da presidente Dilma, em Brasília.

Enem 2014 – Dicas do que pode ciar na prova

“Na reta final de estudos para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que serão aplicadas no próximo fim de semana, ainda dá tempo de os candidatos estudarem temas que são apostas de professores para o exame. Entre eles estão fatos históricos que podem ser relacionados a acontecimentos recentes.

O professor de história do curso online QG do Enem Marcelo Tavares diz que uma das apostas é estudar os fatos que este ano completam “aniversário redondo”, como o movimento “Diretas Já!”, encerrado em 1984 e que completa 30 anos, além do apartheid na África do Sul, que terminou em 1994, e os 100 anos da 1ª Guerra Mundial.

“O ‘Diretas Já!’, porque juntamos o ano eleitoral e o aniversário de um movimento que foi determinante para o retorno das eleições diretas para presidente. Foi um movimento derrotado, mas que mostrou a iniciativa da sociedade brasileira em favor do restabelecimento do voto direto”, explica o professor, lembrando que a mobilização pelas diretas já levou milhares de pessoas às ruas para pressionar em favor do voto direto.

Como 2014 marca os 20 anos do fim do apartheid, o professor Marcelo diz que coloca o tema como referência obrigatória. “Quando você fala de apartheid, fala de um regime de segregação racial que durou da década de 40 até 1994 e fala de Nelson Mandela, que ficou anos preso por se mobilizar contra aquilo”, explica. Ele também cita como boas apostas a ditadura militar, a Guerra do Vietnã, o coronelismo, o governo de João Goulart e a Constituição de 1988.”

(Agência Brasil)

Aeroporto Pinto Martins – Prossegue novela sobre a retomada da obra de ampliação

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=CCtf7Ts6U3k&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O tempo passa, o tempo voa e a retomada da obra de ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Pinto Martins continua sob compasso da indefinição. Foi o que admitiu, nesta segunda-feira, o superintendente estadual da Infraero, Useil Vieira.

Ele diz que continuam as conversações da Infraero com o consórcio que ficou em terceiro lugar na licitação que, a partir de agora, seguirá o modelo do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), aquele usado para acelerar as obras da Copa do  Mundo.

Deputado propõe Dilma e Lula na CPI Mista da Petrobras

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras marcou para a quarta-feira (5) uma reunião administrativa para a votação de 476 requerimentos. Além disso, o relator da comissão, deputado Marco Maia (PT-RS), deve apresentar um cronograma de novos depoimentos. A expectativa é que, a partir de novembro, a CPI passe a se reunir duas vezes por semana.

Entre os requerimentos, há vários que pedem a convocação de autoridades para prestar esclarecimentos. Na semana anterior ao segundo turno das eleições, o deputado Afonso Florence (PT-BA) apresentou pedidos para que sejam convocados os senadores Alvaro Dias (PSDB-MG) e Aécio Neves (PMDB-MG). A justificativa seriam relatos na imprensa de que o PSDB também teria sido “beneficiário do esquema de corrupção” investigado pela CPI.

Em resposta, o deputado Izalci (PSDB-DF) propôs que a CPI convide para prestar depoimento a presidente reeleita Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O parlamentar tucano mencionou matéria da revista Veja sugerindo que o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, declarou ter sido procurado, em 2010, pelo coordenador do comitê eleitoral do PT para que fossem repassados R$ 2 milhões para a campanha de Dilma.

(Agência Câmara Notícias)

RC expõe ciclofaixas e faixas exclusivas em Fórum de Sustentabilidade

prefito robertoclaudio

Da Coluna Vertical, no O POVO desta segunda-feira (3):

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), participará do Fórum Exame de Sustentabilidade na quarta-feira (5), em São Paulo. Esse evento é uma realização da revista Exame e congregará prefeitos, ex-governadores e dirigentes de entidades que atuam na área da convivência urbana.

Roberto Cláudio fará intervenções no painel “As Cidades como motores da prosperidade e da sustentabilidade”, ao lado do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e do ex-prefeito de Curitiba, arquiteto Jaime Lerner. A ordem nesse encontro é discutir soluções planejadas e coletivas para problemas urbanos.

RC deve expor intervenções que promove no trânsito da Capital cearense, onde faixas exclusivas para ônibus e ciclofaixas estão tendo aprovação. Deve falar também sobre os polêmicos viadutos.

Comissão aprova fim do “saidão” de presos

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou proposta que acaba com a saída temporária, também chamada de “saidão”, dos presos que cumprem pena em regime semiaberto. A medida está prevista no Projeto de Lei 3468/12, do deputado Claudio Cajado (DEM-BA).

A proposta retira da Lei de Execução Penal (Lei 7.210/84) a possibilidade de autorização judicial para saída de presos. Na prática, esses dispositivos permitem que os juízes autorizem a saída dos presídios em datas comemorativas, como Natal, Páscoa, Dia dos Pais e Dia das Mães. Nas vésperas dessas datas, o juiz da Vara de Execuções Penais edita uma portaria que disciplina os critérios para concessão desse benefício e as condições impostas aos condenados, como o dia e a hora para retorno.

O parecer do relator, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), foi favorável à proposta. “Bandidos perigosos presos são os mais hábeis em se travestirem de disciplinados para, assim, obterem benefícios como os ‘saidões’”, disse. Segundo o deputado, “não é incomum muitos saírem nessas ocasiões para nunca mais voltar”.

(Agência Câmara Notícias)

ONU lança Dia pelo Fim da Impunidade de Crimes contra Jornalistas

A Organização das Nações Unidas (ONU) comemorou nesse domingo (2) o primeiro Dia Internacional pelo Fim da Impunidade dos Crimes contra Jornalistas. Mensagens do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e da diretora-geral da organização para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Irina Bokova, foram divulgadas por ocasião da data, além da promoção, nos próximos dias, de um painel de alto nível com seminários, conferências e debates, em diversos países.

Segundo a Unesco, a data foi instituída em dezembro de 2013 e marca o assassinato de dois jornalistas, Gislaine Dupont e Claude Verlon, no Mali, em 2 de novembro do ano passado. Com o objetivo de criar um ambiente seguro para o trabalho dos profissionais dos meios de comunicação em todo o mundo, a ONU tem desenvolvido, nos últimos anos, um plano de ação, com o apoio da comunidade internacional e da sociedade civil.

As Nações Unidas chamam atenção para o número de jornalistas mortos nos últimos 10 anos, que passa dos 700, e para o alto percentual, 90%, de impunidade dos casos de violência envolvendo profissionais da mídia. Em sua mensagem, Ban Ki-monn alerta que 17 jornalistas iraquianos foram executados somente no ano passado.

(Agência Brasil)

Uso do Enem cresce entre instituições públicas e particulares

O uso do Enem cresce entre instituições públicas e particulares O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) consolida-se cada vez como forma de ingresso em instituições públicas e privadas de ensino superior e de ensino técnico, seja por meio dos programas nacionais, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni), que utilizam as notas do exame como critério, seja por iniciativa das próprias instituições de ensino em usar o Enem como processo seletivo.

Entre as universidades federais, segundo o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Targino de Araújo, todas utilizam o Enem total ou parcialmente como processo seletivo. “O Enem é fundamental porque permite que os alunos possam se inscrever para qualquer universidade do país. Possibilita o acesso de estudantes que não poderiam viajar para fazer vários vestibulares. É um mecanismo de inclusão”, disse.

Araújo ressalta que a adesão ao exame continua crescendo, inclusive na porcentagem de vagas. Como reitor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), ele disse que na sua instituição a utilização do Enem começou para 50% das vagas e,atualmente,100%.  “Os resultados têm sido positivos, sendo que as universidades que fizeram a adesão não têm se arrependido. Não houve quem desistiu de usar o Enem, pelo contrário, a adesão é crescente”, disse.

Em 2014, foram ofertadas 191,6 mil bolsas integrais e parciais pelo ProUni no primeiro semestre e 115,1 mil, na segunda edição do programa.  Foram cerca de mil instituições privadas participantes em cada um dos processos. Já o Sisu ofertou 171,4 mil vagas em 115 instituições públicas de educação superior, no primeiro semestre, e 51,4 mil vagas em 67 instituições, no segundo.

(Agência Brasil)

Camilo lamenta que “parte do PT não pensou no projeto político”

142 3

foto camilo santana e luizianne

Decepção. Esse é o sentimento do governador eleito Camilo Santana (PT) com o grupo político da ex-prefeita petista Luizianne Lins, que não teria dado o apoio esperado a uma candidatura do partido ao Governo do Ceará.

“(…) A minha decepção é que essa parte do PT não pensou no projeto político. Todo mundo sabe quem é Camilo, todo mundo sabe de minha história. Fui militante com a Luizianne na universidade. Acho que a política e a vida partidária não podem ser feitas em nome ou de uma tendência ou de interesses individuais”, disse Camilo em entrevista ao O POVO, na edição deste domingo (2). “Quando foi decidido que o Elmano seria candidato, respeitei, fui pra campanha. Isso é ético dentro da política”, completou.

Apesar de ainda não ter assumido o governo e estarmos a dois anos das eleições municipais, Camilo Santana sinaliza um possível apoio a uma candidatura de reeleição de Roberto Cláudio em Fortaleza.

“O prefeito Roberto Cláudio (Pros) me apoiou, apoiou a presidenta Dilma. Isso não é importante para o projeto do PT nacional? Não existiu uma campanha, talvez, no Brasil que fosse mais vinculado o governador, o prefeito da Capital e a presidenta Dilma do que a nossa aqui”, observou.

Por onde anda o Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia no Ceará?

219 1

Em artigo enviado ao Blog, o professor Ivan Oliveira lamenta o não funcionamento pleno do CECT&I, que em dezembro fará 7 anos de existência. Confira:

Você já ouviu falar do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia no Ceará (CECT&I)? Este conselho foi criado no primeiro ano da gestão do governador Cid Gomes com o objetivo de estabelecer as diretrizes e metas para formulação da Política Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação pelo Governo do Estado; avaliar o Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, assim como acompanhar e fiscalizar o seu o cumprimento; participar na elaboração da proposta do Plano Plurianual – PPA, da Lei de Diretrizes Orçamentária – LDO, e do orçamento anual do Estado no que concerne à área de ciência, tecnologia e inovação; dentre outras funções importantes para garantir o desenvolvimento tecnológico do estado do Ceará com base na Ciência, Tecnologia e Inovação.

Hoje, no último ano do segundo mandato do nosso governador Cid Gomes, vejo a produtividade do CECT&I e fico completamente tomado de tristeza em perceber a completa inatividade desta entidade que resgatava a esperança do mercado, da academia e da sociedade em geral naquele primeiro ano de gestão.

Qualquer cearense pode acessar a url http://www.sct.ce.gov.br/index.php/downloads/category/1-conselho-estadual-de-ciencia-tecnologia-e-inovacao-do-ceara para verificar a constatação de inatividade denunciada neste artigo.

Se o CECT&I não funcionou nos seus quase sete anos de vida (seu aniversário será no próximo dia 10 de dezembro), então quem efetivamente fez a orientação às instituições de Pesquisa e Desenvolvimento, vinculadas ao Governo Estadual, e subsidiou as demais instituições dessa natureza situadas no território cearense, quanto a propostas que contribuam para o desenvolvimento do Estado e a inclusão social pelo concurso da ciência, tecnologia e inovação?

Se o CECT&I não se reuniu uma única vez no segundo mandato do governador (2011 – 2014), então quem recomendou políticas de divulgação científica e para a educação em ciência e habilitação tecnológica em todos os níveis?

O Governo do Estado do Ceará realizou uma ampla discussão no processo de elaboração do Plano Plurianual – PPA 2012-2015 e o Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia no Ceará não teve nenhuma atividade naquele período para garantir um orçamento digno para os programas, projetos e ações na área de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Não é a toa que o estado do Ceará vive uma paralisia nas políticas públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação. Basta verificar a atuação pífia das entidades estaduais nos últimos anos, sobretudo, no último quadriênio (2011 – 2014) sem atividades significativas e resultados dignos para colocar o estado na vitrine da Inovação Tecnológica e do Desenvolvimento Sustentável.

Temos a vocação natural para a Ciência, Tecnologia e Inovação, mas, precisamos do governo do estado do Ceará investindo e dando a devida atenção nesta importante área governamental.

A Ciência, a Tecnologia e a Inovação são, no cenário mundial contemporâneo, instrumentos fundamentais para o desenvolvimento, o crescimento econômico, a geração de emprego e renda e a democratização de oportunidades. O trabalho de técnicos, cientistas, pesquisadores e acadêmicos e o engajamento das empresas são fatores determinantes para a consolidação de um modelo de desenvolvimento sustentável, capaz de atender às justas demandas sociais dos brasileiros e ao permanente fortalecimento da soberania nacional. Essa é uma questão de Estado, que ultrapassa os governos e devem ser fortalecidas pelos novos gestores a partir de janeiro de 2015.

Resolvemos fazer esta avaliação simplória e rápida do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia no Ceará por acreditar na importância estratégica desta área para o desenvolvimento do estado do Ceará nos próximos quatro anos de governo da gestão do Camilo Santana e de sua vice Izolda Cela.

Reconhecemos o avanço nacional da ciência, da tecnologia e da inovação como vetor fundamental do crescimento econômico, da conservação ambiental e da melhoria da qualidade de vida e, sem elas, nosso estado não dará o salto necessário nos próximos anos para atender as demandas reprimidas dos vários setores (mercado, academia, governo e sociedade em geral).

Fica a dica para o futuro governador a realização de uma intervenção na área de Ciência, Tecnologia e Inovação para colocar as entidades de CT&I para trabalhar em prol do estado do Ceará através dos seus componentes do desenvolvimento sustentável, do ponto de vista econômico e socioambiental.

Camilo Santana e Izolda Cela têm dito nas entrevistas que vão fazer um novo governo com novas ideias, novos projetos e, sobretudo, incluindo gente nova nas diversas secretarias e entidades com fins de oxigenar os projetos e ações governamentais.

Muitos dos órgãos desta área e outros setores governamentais estão trabalhando no automático, sobretudo, por ter seus gestores há muito tempo no poder; vide os órgãos relacionados à pauta Ciência, Tecnologia e Inovação.

Concluímos que é preciso oxigenar as ideias, mudar as prioridades e dar uma reviravolta nos gestores das entidades com novos nomes e novos modelos de gestão.

Está na hora de se reinventar, mudar o jeito de fazer, mudar a gestão, melhorar a forma de tratar a C&TI e a TIC, enfim, o governo entrará numa nova fase e o gestor maior do estado precisa acompanhar mais de perto os programas, projetos e ações demandados pela sociedade.