Blog do Eliomar

Últimos posts

Que o DNOCS seja o gestor da Transposição do São Francsico

Com o título “Os caminhos e descaminhos da Transposição”, eis artigo do engenheiro Cássio Borges, um defensor implacável da revitalização do DNOCS. Ele fala sobre o projeto da transposição das águas do rio São Francisco, que deve ser gerido pela Codevasf.  Confira:

Na última reunião da Sociedade Cearense de Geografia e História, da qual sou membro efetivo, solicitado pelo seu presidente, Vicente Alencar, fiz breve exposição sobre o meu mais recente livro “O Nó Górdio da Transposição”. Iniciei falando sobre o título do livro dizendo que a expressão “nó górdio” é uma lenda grega que significa dizer que problemas complexos podem ser resolvidos de forma simples e eficaz. É o caso, por exemplo, do Projeto da Transposição de Vazões do Rio São Francisco que pelo Decreto Presidencial no 5995, de 19 de dezembro de 2006 (final do primeiro mandato do Presidente Lula da Silva) dizia que a operacionalização da gestão da infraestrutura do Projeto de Integração do Rio São Francisco-PISF caberia a uma das instituições vinculadas ao Ministério da Integração Nacional, DNOCS ou CODEVSF, ou a uma entidade que seria especialmente criada para este fim.

Entretanto, os tecnocratas de Brasília, onde se concentram atualmente as grandes decisões sobre o destino da problemática hídrica nordestina, decidiram entregar essa missão à CHESF-Companhia Hidrelétrica do São Francisco que gerou discussões naquela empresa terminando por aquela Companhia desistir desta missão. Segundo soube, uma das razões seria a complexa cobrança dos usuários da água ao longo dos 700 quilômetros de canais (adutoras e canais principais), sem falar nos canais terciários, secundários e quaternários. Um problema complexo para ser encarado por qualquer organismo que venha a ser indicado para a operadora aquele empreendimento que se pretende seja autossustentável. A meu ver, uma visão distorcida da real finalidade do mesmo que é dar de beber a quem tem sede e evitar o êxodo rural em épocas de seca.

Os açudes do DNOCS, estes sim, continuarão com a política socioeconômica de irrigação e do agronegócio, gerando emprego e renda em nossa Região, agora com o incremento de suas vazões regularizadas graças a sinergia recebida do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Ou seja, os técnicos do DNOCS não terão mais a preocupação, que tinham, dos açudes secarem pois, na eventualidade, contarão com o suprimento da água vinda do mencionado projeto para atender as necessidades básicas humanas e animais.

Após a frustrada tentativa da CHESF, já agora no final do segundo mandato do Ex- presidente Lula da Silva (outubro de 2010), os tecnocratas de Brasília optaram pela criação de uma nova entidade, desprezando, mais uma vez, as entidades vinculadas ao Ministério da Integração Nacional, DNOCS e CODEVASF. Em 25.10.2010 escrevi um artigo publicado na imprensa do Ceará e de Pernambuco intitulado “O Nó Górdio da Transposição” no qual eu dizia “que seria uma insensatez a criação dessa entidade já que existia o DNOCS com toda a sua centenária experiência, internacionalmente reconhecida e possuidora da maior e mais bem montada infraestrutura técnica, administrativa e operacional em toda a região nordestina”.

No artigo citado, apresentei fortes argumentos contrários ao pensamento segundo o qual a “cobrança pelo uso da água” seria um eficiente instrumento de gestão da água em nossa região e que a nova entidade que seria criada somente funcionaria 40% o tempo, ficando 60% dos anos ociosa. Tão fortes foram as razões ali apresentadas que soubemos, por portas de travessa, que o Ex-presidente Lula da Silva, no apagar do seu segundo mandato de governo, teria mandado reestudar este assunto para uma posterior decisão.

Verdadeira ou não esta versão, o fato é que somente no final do Governo de Dilma Roussef foi editado o Decreto 8.204, de 14/034/2014 “que dispõe sobre a transferência da gestão à CODEVASF de todo o Programa de Integração do Rio São Francisco no Nordeste Setentrional”. No meu entendimento, uma tentativa de extinguir o DNOCS, sem que fosse preciso, como fez FHC, editando a Medida Provisória no 1.795, de 01/01/1999, sentenciando a extinção sumária daquele Departamento. Com base nos fatos acima, a tradicional e conceituada Sociedade Cearense de Geografia e História no dia 28 de agosto último, enviou carta para o atual Ministro da Integração Nacional protestando contra a indicação da CODEVASF par ser a operadora do Projeto de Integração do Rio São Francisco, cujos trechos da transcrevo a seguir:

“Senhor Ministro, V.Exa., como cearense que é, sabe tanto quanto eu e os confrades da Sociedade Cearense de Geografia e História, o que tem representado o DNOCS para o desenvolvimento de nossa Região e, com mais ênfase para o Estado do Ceará. Portanto, consideramos um erro inominável entregar à CODEVSF o comando do referido projeto, empresa que nunca produziu nada, absolutamente nada, para o nosso Estado, tomando este como referência em relação aos demais Estados nordestinos.

E nossa decepção assoma não apenas pelo motivo acima, mas também em face da constatação de que a CODEVASF somente tem experiência em irrigação (uma das cinco atividades do DNOCS na região nordestina) no vale do Rio São Francisco, portanto em um rio perene que não tem necessidade de açudes. E além do mais, o DNOCS já é detentor de toda uma infraestrutura física, operacional e administrativa no Nordeste Setentrional, onde irá se localizar o mencionado Projeto de Integração do Rio São Francisco. Em face do que acima foi exposto, qual o fundamento básico em que esse Ministério se esteia para indicar a CODEVASF como gestora desse complexo empreendimento?

O que entende a CODEVASF de açudes se o órgão nunca construiu e nem operou? “Senhor Ministro, só podemos concluir esta correspondência dizendo, a par de nossa indignação diante de fato tão absurdo, que o DNOCS merece o máximo de respeito e admiração de todo o povo nordestino. Portanto, em nome dos que fazem a Sociedade Cearense de Geografia e História, vimos solicitar a V.Exa. para que seja revogado o mencionado decreto presidencial”.

O que têm a dizer e a fazer os parlamentares da bancada federal cearense diante de tamanho absurdo com consequências gravíssimas para o nosso Estado e para a nossa região?

* Cássio Borges,

Engenheiro civil, especializado em Recursos Hídricos e Barragens pela Escola Nacional de Engenharia e Pontifícia Universidade Católica-PUC, ambas do Rio de Janeiro.

Narcisismo: desejo ou obsessão?

djasonn

A Universidade Sem Fronteiras promoverá nesta quinta-feira, a partir das 19 horas, uma palestra, seguida de debate, sobre o tema “Narcisismo: desejo ou obsessão?”

O convidado é o Djason Barbosa da Cunha (UFRN), antropólogo, psicólogo e psicanalista. A palestra é para alunos da Instituição e público em geral.

SERVIÇO

Universidade Sem Fronteiras – Rua Nunes Valente, 919 – Aldeota.

Mais informações – 3224 0909.

* Mais sobre Djason Barbosa da Cunha aqui.

Número de empregados com carteira assinada cresce 3,6% no exercício de 2013

“Em 2013, o número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado cresceu 3,6% em relação a 2012. Eram 36,8 milhões de trabalhadores, 1,3 milhão a mais na comparação com o ano anterior. No levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 76,1% dos empregados do setor privado tinham carteira de trabalho assinada.

Em 2013, dos 60,1 milhões de empregados (com exceção dos trabalhadores domésticos), 80,6% estavam no setor privado. No setor público (19,4%), a maioria eram militares e funcionários públicos estatutários (61%). O aumento do emprego com carteira de trabalho assinada no setor privado ocorreu em todas as regiões, sendo os maiores acréscimos registrados nas Regiões Nordeste (6,8%) e Sul (5,3%).

A comparação entre 2008 e 2013 mostrou que as Regiões Nordeste e Centro-Oeste apresentaram os maiores percentuais de expansão de trabalhadores com carteira de trabalho assinada no setor privado, 30,1% e 34,5%, respectivamente. Nas Regiões Sudeste e Sul, a proporção de empregados com carteira de trabalho assinada ultrapassou 80%.

O IBGE relevou ainda que de 2012 para 2013, a proporção de trabalhadores com o ensino fundamental incompleto caiu de 27,9% para 25,7% e a de trabalhadores com nível médio incompleto diminuiu de 6,7% para 6,5%. Em outro sentido, aumentou a proporção dos sem instrução (6,6% para 7%), com fundamental completo (10,3 para 10,5%), com ensino médio completo (30,0% para 30,4%), com superior incompleto (5,2% para 5,4%) e com superior completo (13,1% para 14,2%).”

(Agência Brasil)

CIC considera positivo plataforma eleitoral de Geovana Cartaxo

geovanamrina

Geovana Cartaxo: “A candidata da Marina ao Senado”

O início de um bom relacionamento político com a indústria cearense. Esse foi o resultado da sabatina que o Centro Industrial do Ceará realizou, nessa quarta-feira, na sede da Fiec, com Geovana Cartaxo, candidata ao Senado pelo PSB. Segundo o presidente do CIC, José Dias de Vasconcelos, o encontro da postulante com o empresariado foi muito produtivo e esclarecedor.

“A candidata respondeu muito bem não só todas as questões ligadas às suas propostas para o Senado, como muitas dúvidas em relação ao Governo de Marina Silva. Foi uma experiência muito positiva”, disse Vasconcelos.

No encontro, Geovana defendeu o incentivo às energias renováveis no Ceará, valorização da biodiversidade e maior apoio à indústria da biotecnologia, turismo sustentável e comunitário, além de questões nacionais como a Reforma Tributária, com ênfase no cumprimento da Constituição Federal onde há a previsão para tratamento diferenciado para produtos e processos com maior impacto ambiental (art. 170, VI), além dos projetos Saúde +10 (10% da receita bruta da União para saúde), carreira médica e educação em tempo integral.

Índice que mede desigualdade de renda fica estável. No Ceará, houve queda

“O índice que mede a desigualdade de renda no Brasil mantém-se estável a dois anos, informou hoje (18) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Segundo o IBGE, como a variação foi 0,001, não é possível afirmar que houve piora da desigualdade, e sim que ela se manteve no mesmo nível. “Eu não diria que houve queda nem redução, porque a variação é muito pequena de 2011 para cá. A gente percebe que, desde 2011, [o índice] está variando para cima ou para baixo, mas eu não diria que é uma melhora ou uma piora”, disse Maria Lucia Vieira, gerente da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, Pnad.

O Índice de Gini mede a desigualdade de renda em um país, e, quanto mais próximo de 0 e mais distante de 1, reflete menor desigualdade. Em 2013, o indicador referente ao rendimento dos domicílios brasileiros ficou em 0,5, depois de ter caído pela primeira vez para 0,499 no ano anterior. De 2011 para 2012, a variação também foi pequena, de 0,501 para 0,499.

A série histórica da Pnad mostra que desde 2004 o Índice de Gini variou para baixo até 2012, partindo de 0,535. A maior queda foi entre os anos 2007 e 2008, com redução de 0,521 para 0,513. A região brasileira com maior desigualdade de renda entre os domicílios em 2013 continuava sendo o Centro-Oeste, com 0,51, ante 0,456 da Região Sul. A renda média dos domicílios entre os 10% mais ricos em 2013 estava em R$ 11.758. Os 10% mais pobres tinham rendimento médio domiciliar de R$ 470 no ano passado.

Dos 65,2 milhões de domicílios brasileiros, 7,589 milhões (11,6%) viviam com rendimento de até um salário mínimo em 2013, e 14,282 milhões (21,9%) com renda de um a dois salários. Na outra ponta do rendimento domiciliar, 1,386 milhão tinha renda de mais de 20 salários mínimos, e 3,595 milhões, de 10 a 20.

Quando a análise se refere às famílias (68,346 milhões), a pesquisa mostra que 4,3 milhões têm renda de um quarto do salário mínimo por pessoa, e, na outra ponta, 3,4 milhões ganham cinco salários mínimos per capita.

Quadro no Ceará

O rendimento médio de todos os trabalhadores em 2013 mostrou crescimento de 5,7% na comparação com 2012, subindo de R$ 1.590 para R$ 1.681. O Amazonas foi o estado que teve o maior aumento da renda, 12,8%, atingindo R$ 1.455, enquanto o Acre, Amapá e Espírito Santo tiveram queda no rendimento. O Distrito Federal apresenta o maior rendimento médio, com R$ 3.114, ante R$ 2.083 em São Paulo, o segundo colocado. As menores médias estão em três estados nordestinos: Ceará (R$ 1.019), Piauí (R$ 1.037) e em Alagoas (R$ 1.0

Líder do Governo no Congresso troca CPMI da Petrobras por Convenção Lojista

132 1

josepimentell

“Parte da turma da base aliada não deu as caras na sessão de ontem da CPI mista da Petrobras. Nem a presença do notório Paulo Roberto Costa foi suficiente para atrair gente como José Pimentel, líder do governo no Congresso, e Ciro Nogueira, presidente nacional do PP e uma das excelências citadas na delação premiada de PRC.

A propósito, poucos momentos chamaram tanta atenção de quem assistiu à sessão quanto o que Eduardo Cunha afirmou: que o PMDB “não tinha nada a temer.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Censura à IstoÉ – Quem foi o mau conselheiro de Cid Gomes?

Com o título “A emoção é má conselheira”, eis tópico da coluna do jornalista Fábio Campos, nesta quinta-feira no O POVO. Ele comenta o caso da revista IstoÉ, que chegou a ter circulação barrada pela Justiça , mas voltando a circular por decisão do Supremo Tribunal Federal. Confira:

O ministro do STF, Luís Roberto Barroso, derrubou ontem a decisão da juíza Maria Marleide Maciel Queiroz, da comarca de Fortaleza, e liberou a publicação de reportagem da revista IstoÉ que relata o suposto envolvimento do governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF).

A decisão que proibiu a publicação da reportagem e determinou que a edição fosse recolhida ganhou mais repercussão política no País do que o próprio conteúdo da revista. Para Cid, repercussão muito negativa. A decisão de Barroso ainda piorou as coisas para o governador. Vejam a seguir dois trechos do despacho do ministro.

O primeiro: “As liberdades de expressão, informação e imprensa são pressupostos para o funcionamento dos regimes democráticos, que dependem da existência de um mercado de livre circulação de fatos, ideias e opiniões. Existe interesse público no seu exercício, independentemente da qualidade do conteúdo que esteja sendo veiculado”.

O segundo: “A decisão reclamada impôs censura prévia a uma publicação jornalística em situação que não admite esse tipo de providência. Ao contrário, todos os parâmetros acima apontam no sentido de que a solução adequada é permitir a divulgação da notícia, podendo o interessado valer-se de mecanismos de reparação a posteriori (posterior à publicação)”.

O governador usou de bom senso e não fez pedido semelhante nem quando a capa da Veja, em 2010, trouxe, sem nenhuma prova efetiva, reportagem acusando a ele e a seu irmão Ciro pelo desvio de R$ 300 milhões.

Copa do Nordeste faz sorteio dos grupos no Recife. Ceará é um dos cabeças de chave

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=bMImMJBEHBw[/youtube]

A Copa Nordeste 2015 será lançada nesta noite de quinta-feira, no Recife (PE). Para conferir a festa, que terá também o sorteio dos cinco grupos da competição, seguiu o presidente da Federação Cearense de Futebol, Mauro Carmélio.

De acordo com Mauro Carmélio, o Ceará vai ser um dos cabeças de chave da Copa do Nordeste, que terá transmissão pelo Canal Interativo e alguns jogos pelas afiliadas da Globo. Equipes do Piauí e do Maranhão participarão do certame.

SDA entrega títulos em Ipaporanga e sistema de abastecimento d’água em Pedra Branca

A Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) fará a entrega de 882 títulos de propriedade de terra, em Ipaporanga, e de sistema de abastecimento d’água em Pedra Branca, nesta quinta-­feira. A entrega será feita pelo secretário-ajunto da SDA, Antônio Amorim.

O Sistema de Abastecimento D’Água do Programa Água para Todos, em Pedra Branca, beneficiária 26 famílias e foram investidos mais de R$ 174 mil. A construção do sistema é uma parceira do Governo do Estado com o Ministério da Integração Nacional. O programa “Água para Todos” faz parte da política do Estado de universalizar o abastecimento d’água de todas as comunidades rurais até o final deste ano.

A entrega de títulos em Ipaporanga faz parte da parceira do Governo do Estado, por meio da SDA e Instituto do Desenvolvimento Agrário (IDACE), com o Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Incra.

 

Voo Fortaleza-Bogotá começa a operar neste sábado

210 1

bismackmaia

O Vice-Presidente Comercial, de Marketing e Cargas da Avianca Brasil, Tarcísio Gargioni, e o Secretário do Turismo do Ceará, Bismarck Maia, lançarão, nesta sexta-feira, às 14h30min, na sede da Setur (Cambeba), o voo Fortaleza-Bogotá. Na ocasião, eles darão entrevista coletiva dando detalhes sobre esse que será o primeiro voo internacional da companhia aérea.

O voo que ligará Fortaleza com a capital colombiana será operado aos sábados, em aeronaves Airbus A319, com capacidade para 132 passageiros em classe econômica.

O batismo do voo inaugural será realizado sábado, no Aeroporto Internacional de Fortaleza Pinto Martins, por ocasião do início desse primeiro voo, programado para 16h40min. A chegada à Capital cearense será sempre as 6h30min de domingo.

Prefeito Roberto Cláudio entregará nesta 6ª feira o Novo Terminal do Antônio Bezerra

O prefeito de Fortaleza, Robeto Cláudio (Pros), vai inaugurar, a partir das 18 horas desta sexta-feira, o novo Terminal de Passageiros do Antônio Bezerra. Sob a responsabilidade do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) e executado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), o espaço físico do terminal foi ampliado, passando de 12 mil m² para 29 mil m², com um investimento de, aproximadamente, de R$ 21,5 milhões.

De acordo com a Seinf, o novo terminal conta com plataformas com piso industrial, cobertura em estrutura metálica e pavimento rígido para circulação de ônibus. No total, são duas plataformas de embarque e desembarque e uma para a Administração, todas com amplas áreas para circulação de passageiros, com estações para receber os ônibus articulados e os convencionais. A primeira etapa do Terminal foi inaugurada em 20 de janeiro deste ano. Também contará com 30 novos boxes comerciais e de serviço.

Etiópia quer conhecer experiência do Ceará de convivência com a estiagem

112 1

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quinta-feira (18):

Uma delegação do governo da Etiópia, formada por ministros e técnicos, está visitando Itapipoca e Sobral (Zona Norte). O grupo conhece ali projetos desenvolvidos nesse município nas áreas de infraestrutura hídrica e de saneamento básico. O objetivo dos etíopes é adaptar a experiência brasileira de convivência com a estiagem à realidade de seu País.

A delegação africana é ciceroneada pelo prefeito Clodoveu Arruda (PT) e já esteve reunida com integrantes do Gabinete Municipal de Monitoramento de Ações de Convivência com a Seca e Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sobral (Saae). A Etiópia tem áreas no semiárido e sofre com as secas. Um acordo de cooperação técnica será firmado entre o país africano e a Funasa, que acompanha a delegação nessa visita.

Eleições 2014 – Eymael, o “democrata cristão”, visita Fortaleza

eymaelel

O candidato a presidente da República pelo PSDC, José Maria Eymael – o “democrata cristão”, visitará Fortaleza nesta quinta-feira. Segundo o presidente estadual do partido,  deputado Ely Aguiar, o candidato desembarcará no Aeroporto Internacional Pinto Martins às 18 horas e seguirá direto para o Hotel Mareiro. Ali, vai se reunir com as lideranças de sua legenda.

Na sexta-feira, Eymael fará uma caminhada pelo Centro de Fortaleza, a partir das 9 horas, tendo como ponto de saída a Praça do Ferreira.  Ás 11 horas, no salão nobre do Hotel Mareiro Hotel,  ele dará uma entrevista coletiva para, em seguida, tomar a rota de Natal (RN) em ritmo de campanha pela Região Nordeste.

TSE ensina como votar na urna eletrônica

“No dia 5 de outubro, eleitores de todo o país deverão comparecer aos seus locais de votação, das 8 às 17 horas, para votar em candidatos aos cargos de deputado estadual ou distrital, deputado federal, senador, governador e presidente da República. Usando o teclado da urna, é só digitar o número do candidato escolhido. Na tela, aparecerão a foto, o número, o nome e a sigla do partido do candidato. Se as informações estiverem corretas, basta apertar a tecla verde Confirma.

Para lembrar os números dos candidatos, o eleitor pode levar à cabine de votação uma “cola” eleitoral. Se não aparecerem na tela todas as informações sobre o candidato, aperte a tecla laranja – Corrige – e repita a operação. Para votar em branco, basta apertar as teclas Branco e Confirma. O voto será nulo se você digitar e confirmar um número de candidato ou de partido que não exista.

Ao fim da votação para todos os cargos, a urna emitirá um sinal sonoro mais forte e prolongado e aparecerá na tela a palavra Fim. Vale lembrar que uma das novidades das eleições deste ano é que municípios com mais de 200 mil eleitores poderão receber voto em trânsito de cidadãos que estarão fora de seus domicílios eleitorais no primeiro e segundo turnos das eleições e fazem questão de votar. Nesse caso, eles poderão votar apenas para o cargo de presidente da República. No primeiro turno, 84.418 eleitores pediram autorização para voto em trânsito, a maioria do estado de São Paulo.

Saiba a ordem de votação no dia das eleições:

– deputado estadual ou distrital (para votar em um candidato, é preciso teclar cinco dígitos na urna)

– deputado federal (devem ser digitados quatro dígitos)

– senador (três dígitos)

– governador (dois dígitos)

– presidente da República (dois dígitos)”

(Site do TSE)

País deve dar prioridade a reformas estruturais para evitar recessão

Para segurar o aumento de preços, o próximo governante precisará adotar medidas recessivas, acreditam especialistas. De acordo com eles, a redução do controle sobre preços administrados (como tarifas públicas e combustíveis nas refinarias) terá impacto temporário na inflação em 2015. Dessa forma, o Banco Central deve manter os juros altos, e o governo vai ter de cortar gastos públicos, o que pode impedir a retomada do crescimento da economia no próximo ano.

“O próximo presidente terá de adotar medidas fortes em 2015, para que a economia volte aos trilhos. Algumas serão impopulares, mas todas são necessárias para recuperar a credibilidade dos investidores na economia brasileira, o que vai destravar o crescimento mais tarde”, diz a professora de economia Virene Matesco, da Fundação Getulio Vargas (FGV).

O coordenador do curso de economia do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec), Márcio Salvato, considera inevitável a tomada de medidas recessivas no próximo ano. “Não espero que a taxa de crescimento se recupere em 2015. As medidas são como um remédio amargo, com efeitos colaterais em um primeiro momento, mas que curam o doente depois”, alega.

O aumento de tarifas em 2015 é praticamente dado como certo pelos economistas porque muitos preços de empresas que prestam serviços públicos ficaram represados nos últimos anos. Além disso, a Petrobras será cada vez mais pressionada a aumentar o preço da gasolina e do diesel por causa do endividamento com a exploração da área pré-sal.

(Agência Brasil)

Salmito e Ferruccio intensificam ações pró-Camilo, Mauro e Dilma

162 1

eleições 2014 pros 0917 salmito e ferruccio

O secretário municipal de Turismo (Setfor), Salmito Filho, e o secretário estadual de Grandes Eventos, Ferruccio Feitosa, ambos em férias de seus cargos, intensificaram em Fortaleza as ações pró-Camilo (candidato ao governo do Ceará pelo PT), Mauro Filho (candidato ao Senado pelo Pros) e Dilma Rousseff (candidata à reeleição à Presidência da República pelo PT).

Mesmo debaixo de chuva, os dois secretários do Pros percorreram nessa quarta-feira (17) as ruas do Centro para abordar comerciários e frequentadores da região. Nesta quinta-feira, Salmito e Ferruccio retornam ao Centro e depois estendem os pedidos de voto na avenida Monsenhor Tabosa.

(Foto: divulgação)