Blog do Eliomar

Últimos posts

Prefeitura de Sobral anuncia R$ 6,7 milhões em obras

159 2

O prefeito de Sobral Veveu Arruda (PT) anunciou nesta sexta-feira (3) um pacote de obras na ordem de R$ 6,7 milhões.

As obras preveem a construção de quatro Centros de Saúde da Família e a ampliação de outros seis, além da construção de duas Academias da Saúde, nos bairros Dom José e Junco.

As academias fazem parte de um programa do Ministério da Saúde, que estimula a prática de esportes como prevenção a Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), ocasionadas pelo sedentarismo, pela obesidade, pela alimentação inadequada e pelo consumo de álcool e tabagismo.

Confira as obras anunciadas:

foto 140103 sobral obras

Senador do PSOL já prepara candidatura presidencial

rfanolf

“Randolfe Rodrigues chegará em Brasília no sábado para tentar pôr sua candidatura à Presidência da República nos trilhos.

Nos dias 9 e 10, Randolfe vai se reunir com uma turma de sua confiança e começará a desenhar o programa de governo, que deverá ser coordenado por Cid Benjamin. No mesmo encontro, serão definidas as diretrizes do programa de televisão

O formato das inserções para apresentar Randolfe na TV ficará sob a responsabilidade do publicitário e cineasta Luiz Arnaldo Campos, que trabalhou em campanhas petistas nos anos 90 e é o preferido entre os candidatos do PSOL desde que Heloísa Helena concorreu ao Palácio do Planalto em 2006.

No plano político, Randolfe sonha com uma chapa puro sangue, tendo Luciana Genro como vice. Falta apenas combinar com o PSTU. O partido anda de olho na cadeira em troca do apoio a Randolfe.”

(Coluna Radar- Veja Online)

VAMOS NÓS – Pelo visto, a turma do vereador João Alfredo, que queria apostar no cearense Renato Roseno para candidato a presidente da República, terá que se contentar com a disputa por cargos proporcionais.

Vice-governador finge-se de “morto” no processo sucessório 2014

 domingosfilho

Além do presidente estadual do PMDB, o senador Eunício Oliveira, outro governamentável também preferiu passar o Réveillon no Exterior.

Foi o vice-governador Domingos Filho (Pros), que esticou para a Europa com a família. Ele, por enquanto, dos nomes do Pros para o embate,  é o que menos aparece.

Na legenda, ainda estão cotados para a disputa o ex-ministro dos Portos, Leônidas Cristino, o presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque, o deputado estadual Mauro Filho e a secretária estadual da Educação, izolda Cela.

UFC abre inscrições para Casas de Cultura

Estarão abertas, no período de 9 a 19 deste mês, exclusivamente pela Internet, as inscrições para seleção de alunos para o primeiro semestre das Casas de Cultura Estrangeira da Universidade Federal do Ceará 2014.1. São ofertadas 484 vagas, distribuídas entre as Casas de Cultura Britânica (154), Alemã (22), Francesa (110), Hispânica (88), Italiana (66) e Portuguesa (22), além do curso de Esperanto (22).

Os candidatos precisam ter concluído pelo menos o ensino fundamental e devem realizar a inscrição no site da Coordenadoria de Concursos da UFC (www.ccv.ufc.br) até as 23h59min do dia 19 de janeiro (horário de Fortaleza). A taxa de inscrição é de R$ 60,00, com possibilidade de isenção.

A seleção constará de três provas em nível de ensino fundamental: língua portuguesa I (compreensão de textos), língua portuguesa II (gramática) e conhecimentos gerais, com 20 questões para cada uma. Os locais de prova serão divulgados no dia 30 de janeiro e os testes serão aplicados no dia 2 de fevereiro, das 9h às 13h. Pessoas com deficiência poderão solicitar condições especiais para realização das provas. O resultado final deverá ser divulgado no dia 7 de fevereiro.”

(Site da UFC)

“Tubarões de areia” atacam nestas férias

nemo

Vários turistas que deixaram Fortaleza, nas últimas horas, reclamavam principalmente dos preços cobrados nas várias barracas de praia. No Barro Preto, por exemplo, a unidade do caranguejo custava R$ 6,00.

E a velha ladainha se repete: o empresariado do ramo aumenta preços para tentar ganhar bem mais neste período das férias, mal sabendo que perde em termos de imagem. O que sobra também para o Estado.

Dois anos após o fim da greve, militares reclamam de acordos não cumpridos

92 1

capitão wagner

Dois anos após o fim do movimento de policiais e bombeiros militares, que paralisaram suas atividades por cinco dias, a categoria ainda reclama a não implantação do auxílio alimentação, no valor de R$ 220,00, além do descumprimento da gratificação incorporada e da anistia administrativa.

Segundo o vereador Capitão Wagner (PR), que na época se apresentou como um dos líderes do movimento, ainda estariam pendentes as negociações da promoção dos servidores, jornada de trabalho em 40 horas semanais, discussão de pagamento das horas extras trabalhadas, plano salarial para 2012, 2013 e 2014 e elaboração de um código de ética para evitar assédio moral.

“O maior feito do governo Cid Gomes, até o momento, foi expulsar militares por terem participado de uma reunião na sede da Associação dos Profissionais da Segurança, onde discutiam o andamento das negociações”, disse o vereador Capitão Wagner.

Inflação medida pelo IPC-S sobe em cinco capitais na última semana de dezembro

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) fechou a última semana de dezembro de 2013 em alta, em cinco das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV), em comparação com a semana anterior. O maior aumento foi observado em Salvador: 0,25 ponto percentual (ao passar de 0,61% para 0,86%).

Também houve altas nas cidades de Porto Alegre (0,12 ponto percentual, de 0,72% para 0,84%), São Paulo (0,03 ponto percentual, de 0,58% para 0,61%), Belo Horizonte (0,02 ponto percentual, de 0,59% para 0,61%) e Recife (0,01 ponto percentual, de 0,64% para 0,65%).

Por outro lado, duas cidades tiveram queda no IPC-S: Brasília (0,12 ponto percentual, ao passar de 0,41% para 0,29%) e Rio de Janeiro (0,09 ponto percentual, de 0,91% para 0,82%).

(Agência Brasil)

Toga em clima de festa

niverrr
Um grupo de amigos abraçou, em clima de almoço no  La de Casa, em Fortaleza, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Gerardo Brígido, por conta do seu aniversário.

Entre os abraços, o deputado estadual Fernando Hugo (PROS), o advogado Sérgio Braga, empresários Luiz Carlos Correa e os jornalistas Nelson Faheina, Macário Batista e Chico Alves.

(Foto – Cláudio Barata)

Réveillon de Fortaleza contou com artistas de cachês milionários

773 5

gusttavo-lima (1)

“A festa do réveillon em Fortaleza, promovida pela Prefeitura, contou com alguns dos shows mais caros do Brasil. O levantamento foi divulgado pelo jornal Folha de S. Paulo, nesta sexta-feira, 3. O maior cachê foi para o cantor Gusttavo Lima: R$ 600 mil, o mesmo pago a Caetano Veloso e Gilberto Gil, que se apresentaram juntos no Réveillon de Salvador.

A cantora Paula Fernandes, uma das principais atrações do evento, recebeu R$ 484 mil e a banda Paralamas do Sucesso ficou com R$ 460 mil. O funkeiro do Rio de Janeiro, MC Leozinho, recebeu cachê de R$ 100 mil. A atração cearense de forró, Simone & Simaria custou R$ 140 mil.

Ao site, a Prefeitura de Fortaleza disse que R$ 1,3 milhão foi obtido a partir de patrocínio do Governo do Estado, Banco do Nordeste e empresas privadas. O valor total do evento não foi divulgado.

Rio de Janeiro
O cachê mais alto da virada carioca, segundo o site, foi para os cantores Lulu Santos e Carlinhos Brown, em evidência após o reality The Voice Brasil: R$ 550 mil para cada um.

Polêmica frequente
Esta não é a primeira vez que o cachê pago a artistas no Réveillon de Fortaleza é questionado pelo alto custo ou por divergências com preço de shows em outros locais. Na festa da virada do ano de 2010 para 2011, durante a gestão da ex-prefeita Luizianne Lins (PT), o Tribunal de Contas dos Municípios pediu investigação aos valores dos contratos de artistas para a festa, como o do cantor Caetano Velosocujo show teria custado mais de R$ 714 mil.

O TCM pediu explicações sobre os contratos dos shows de Caetano Veloso (R$ 714,8 mil), Biquíni Cavadão (R$ 493 mil), Mart’nália (R$ 332,3 mil), bateria da Vila Isabel (R$ 258,7 mil), Netinho (R$ 150 mil), Araketu (R$ 150 mil), Luizinho Calixto (R$ 110 mil), Chico Pessoa e banda (R$ 70 mil), Ítalo e Reno (R$ 65 mil), os humoristas Paulo Diógenes, Eddi Lima e Lailton Melo (R$ 40 mil), Kbra da Peste (R$ 35 mil), Grupo Simbora (R$ 35 mil) e Banda Coda (R$ 25 mil).

Governo do Estado também já esteve envolvido em polêmicas por causa do alto custo de contratos com artistas. Em 2012, foi pago R$ 650 mil à cantora baiana Ivete Sangalo para show durante a inauguração do Hospital Regional Norte, em Sobral.

show do tenor Plácido Domingo, realizado em agosto de 2012, que teve como justificativa a apresentação do Centro de Eventos para representantes do setor turístico, custou aos cofres públicos mais de R$ 3 milhões. A cerimônia foi restrita a três mil convidados.”

(POVO Online)

Clima de caos nos cinemas do Iguatemi

67 1
De Lúcia Estrela, leitora do Blog, recebemos a seguinte nota:
Caro Eliomar de Lima,

Agora para entrar nos cinemas no Iguatemi, os pais que levarem crianças devem apresentar a identidade ou certidão de nascimento dos filhos. Isso está gerando um caos nessa área de cinema, especialmente nestas férias, porque não houve aviso prévio.

O gerente informou que há essa informação no site do shopping, mas não está visível, porque não dá para encontrar.

Os pais estão revoltados porque enfrentam uma fila enorme e, só no final, quando vão comprar o ingresso, recebem essa informação. Resultad: crianças chorando e pais desesperados.
Sem mais,
Lucia Damasceno Estrela,
Jornalista.

Copa do Mundo – Hora do brasileiro pensar grande

124 1

Com o título “2014: uma Copa e uma Nação”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele aborda o certame mundial que terá Fortaleza entre subsedes e lamenta tantos que torcem contra o sucesso da Canarinho ou pelo fracasso da Copa. Confira:

Bem antes de nos tornarmos campeões mundiais pela primeira vez, após os fracassos das Copas de 1950 – quando o Brasil perdeu em casa com um Maracanã lotado – e 1954, a imprensa esportiva da época tinha como hobby desqualificar a seleção. Mais que isso, adotando o que o jornalista e teatrólogo Nélson Rodrigues costumava chamar de “complexo de vira-latas”, era comum ler matérias e opiniões falando sobre a plena incapacidade do nosso país de ganhar uma competição daquele porte. O comum era dizer que o que era bom vinha de fora. Não tínhamos organização. Não tínhamos time nem futebol. Não tínhamos povo. Não tínhamos nada que pudesse rivalizar com a “elevada capacidade” dos europeus.

Voz quase única a destoar do coro dos descontentes, Nélson Rodrigues, ao contrário, nunca teve dúvidas do sucesso do time de 1958, que tinha – dentre outros – Didi, Pelé e Garrinha. O que hoje é tida como uma das maiores seleções do mundo não convencia quase ninguém. Mas quando o capitão Bellini ergueu a taça, confirmou-se a tese do torcedor fanático do tricolor carioca: o Brasil superou a todos, sendo o primeiro país a tornar-se campeão fora de seu continente de origem.

Os tempos hoje são bem outros. O futebol mudou e os esquemas táticos e físicos tornaram o esporte um jogo de mais força e correria. O mapa político e econômico do mundo está alterado e fica difícil saber, inclusive, o que Nélson Rodrigues diria sobre as sucessivas viradas de mesa que mantiveram seu time do coração na série A. Mas numa coisa, aquela época guarda semelhanças com 2014. Mesmo vindo de uma conquista respeitável, a Copa das Confederações, o escrete ainda não convenceu plenamente. Os jornalistas, mesmo reconhecendo progressos, não colocam a mão no fogo pelos canarinhos. A própria FIFA criou um ranking no qual a nossa seleção figura num modesto 10º lugar, atrás de Colômbia, Suíça e Portugal. No meio dos clubes, o Atlético Mineiro, campeão da Taça Libertadores, sequer chegou à final com Bayern.

Inicio o ano de 2014 preocupado. Sempre achei a entidade “futebol brasileiro” incomparável. A mística da nossa formação quase ininterrupta de grandes jogadores, o medo imposto pela camisa amarela, a molecagem sadia que não teme ninguém parece perdida em meio a cobranças de maior organização e profissionalismo. Tais cobranças extrapolam os limites do campo. Muitos apostam no fracasso do evento e vêem os aportes financeiros como desnecessários. Alguns torcem contra. Paciência.

A realização da Copa no Brasil é uma vitória, assim como as Olimpíadas no Rio. O patrimônio material e imaterial derivados desta Copa é imensurável. Por mais que se apontem erros grotescos que resultaram em somas aviltantes e a vilania canhesta da FIFA que manda no que não é seu, não tenho dúvida que será um acontecimento memorável, que entrará para a história. Quem diz o inverso não sabe diferenciar gasto de investimento.

O Brasil mudou, e radicalmente, para melhor. Nossa vocação turística está o auge. As opções ofertadas pelo crescimento econômico experimentado nos últimos dez anos são muito maiores. Há uma ascensão evidente no crescimento de emprego e renda. A Copa será um exemplo de organização simplesmente porque grandes eventos já fazem parte do cotidiano do brasileiro. Há dez anos, quem falasse em shows de Paul McCartney, Beyoncé e Elton John, e apostassem num réveillon de mais de um milhão de pessoas seria motivo de chacota. E estes megaeventos ocorreram aqui, em Fortaleza.

Claro que vários ovos foram quebrados para que o omelete acontecesse. E claro que ainda falta arroz com feijão pra muita gente. Mas ninguém pode impedir a força dos grandes pensamentos e ideias. O Brasil é grande. O brasileiro é grande e que temos que nos acostumar a pensar grande também. Não só como país, mas como NAÇÃO. Prefiro crer que 2014 será um grande ano. Que faremos a maior Copa de todos os tempos. Quanto ao time, bem, o velho Nélson, mesmo triste, sempre apostou na alegria. É esse o segredo. Feliz Ano Novo, Brasil!

* Demétrio Andrade,

Jornalista e sociólogo.

Habemus ombudsman 2014!

126 1

Daniela Nogueira Foto: Fco Fontenele, em 08/10/2010

A jornalista Daniela Nogueira será Ombudsman do O POVO no mandato 2014/2015. Atual editora de Opinião, ela substituirá o jornalista Erivaldo Carvalho, a partir de 7 de janeiro.

Nessa data, O POVO estará completando 86 anos.

Documentos perdidos no Aterro da Praia de Iracema se encontram na PM

A assessoria de comunicação da Polícia Militar já está disponibilizando documentos perdidos no Aterro da Praia de Iracema, durante o Réveillon. Segundo a tenente Elisângela Feitosa, títulos de eleitor, RGs, CPFs e cartões de crédito lideram a documentação encontrada pelo pessoal da limpeza da Prefeitura de Fortaleza.

De acordo ainda com a tenente, os documentos podem ser resgatados no Quartel do Comando Geral da PMCE (QCG), localizado na avenida Aguanambi, 2280, no bairro de Fátima. Antes, a pessoa poderá se informar no site http://www.pm.ce.gov.br ou pelos números 3101.3569 / 3101.3546.

Prefeito RC agenda viagem ao Exterior

94 2

roberto cláudio

O prefeito Roberto Cláudio (PROS) deve viajar para o exterior neste mês. Foi o que ele revelou durante o Réveillon para amigos próximos.

Deve estar à frente de uma missão que tratará de parcerias para a instalação de um parque tecnológico. No roteiro, China. Há grupos desse País investindo nessa área no Brasil.

Com ou sem aval

foto eunício 140103 raupp

Da coluna Panorama Político, no O Globo desta sexta-feira, pelo jornalista Ilimar Franco:

O presidente do PMDB, Valdir Raupp, diz que o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) vai concorrer ao governo, mesmo que não tenha apoio do Planalto: “Seja com Cid Gomes, Ciro Gomes, ou seja, com o apoio de outras forças políticas, ele vai concorrer.”

Lira Neto fecha 2013 como maior vendedor de livros no Ceará

liraneto

O jornalista e escritor Lira Neto, que já foi ombudsman do O POVO,  foi o cearense campeão de vendas de livros em 2013 no Ceará.

A informação é do presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Livros do Estado (Sindilivros), Mileide Flores, em entrevista ontem ao programa O POVO Economia, da Rádio O POVO CBN (FM 95.5).

Lira vem obtendo sucesso com a venda de livro sobre Getúlio Vargas. Tata-se de uma trilogia que terá seu último livro lançado em 2015.