Blog do Eliomar

Últimos posts

Receita Federal vai fechar 25 agências no País

A Receita Federal vai suspender as atividades de 25 agências em todo o País, a partir do dia 6 de julho próximo, segundo portaria publicada no Diário Oficial da União, nesta semana.

Ao todo, há 360 agências da autarquia no Brasil.

A medida, de acordo com a portaria, é reflexo do cancelamento de parte da verba orçamentária destinada à Secretaria da Receita Federal.

(Foto – Divulgação)

Lúcio Alcântara é cotado para disputar o Senado

O ex-governador Lúcio Alcântara está propenso a disputar vaga de senador pelo PSDB. Nas pesquisas internas da legenda, ele aparece bem cotado.

Bom lembrar: Lúcio já ocupou essa função política e até ganhou destaque nacional por ser autor de projetos importantes como nos setores da Informática e na doação de órgãos.

No momento, ele consulta a família.

(Foto – O POVO)

Odebrecht apresentará projeto que promete monitorar editais de licitação de todo o País

154 1

A Odebrecht vai submeter a setores importantes da academia o projeto em que cria uma entidade sem fins lucrativos que, por meio de plataforma virtual, monitore e certifique editais de licitação de obras. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

O sistema vai agregar e disponibilizar dados de todos os editais publicados em diários oficiais. Se o software, com base em métrica preestabelecida, encontrar risco de restrição à concorrência, ela receberá uma marca negativa.

Nesta quarta (27), o projeto será apresentado na Faculdade de Direito da USP. Depois, a universidades do Rio. O passo seguinte é encontrar outros financiadores.

(Foto – Divulgação)

TRE e PF reforçam ações contra as “fake news” nas eleições

Membros do Ministério Público, magistrados  e servidores do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará conheceram de perto, nessa terça-feira, a atuação da Perícia Criminal da Polícia Federal e as ferramentas de investigação de crimes na internet. Essa aproximação promete, segundo a assessoria de imprensa do TRE, fortalecer a Justiça Eleitoral no combate às notícias falsas.

O chefe da Perícia Criminal da PF, Helano Matos, fez a explanação, iniciando com o conceito do termo fake news: “São informações fabricadas, imitando conteúdos da mídia convencional, em forma, mas não em processo organizacional ou intenção, e que se sobrepõem a outros distúrbios da informação, tais como, informações enganosas e imprecisas”.

Em seguida, foram discutidos os meios de propagação: mensagem falsa, perfil falso, site falso, robôs, ciborgue e ativista em série.
O perito mostrou as formas de checagem dos conteúdos, a retirada das publicações e a identificação dos responsáveis pela propagação de informações falsas.

SERVIÇO

Os eleitores poderão denunciar pelos seguintes meios:

– Aplicativo Pardal (a ser lançado pelo TSE na segunda quinzena de julho);
– Email da Polícia Federal: denuncia.eleicao.ce@dpf.gov.br;
– Facebook: usuários podem denunciar publicação e perfil falso;
– WhatsApp: é possível utilizar o canal “Fale Conosco” no próprio app para denunciar usuários e mensagens.

Pesquisa do DEM reforça argumento de ala que é contra aliança com Alckmin

181 2

Uma pesquisa encomendada pelo DEM reforçou a ala do partido que é refratária a uma aliança com o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB). O tucano não decola nem entre eleitores que dizem simpatizar com o PSDB. A informação é da Folha de S.Paulo desta quarta-feira, por meio da Coluna Painel.

Um observador atento, segundo a Painel, reparou que peça da campanha de Alckmin que fala sobre desalento e “roubo de sonhos” repete atores que fizeram a propaganda de Aécio Neves (PSDB-MG) em 2014.

A reciclagem seria fruto da dificuldade de achar quem tope atuar em filmes de políticos.

(Foto – Folha)

Prefeito de Aracati endossa reeleição de Eunício Oliveira

Bismarck Maia e Eunício.

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB), ganhou, nas últimas horas, mais um reforço em seu desejo de disputar a reeleição.

O prefeito de Aracati, Bismarck Maia (PTB), conseguiu, com apoio de Eunício, em Brasília, a liberação de recursos para uma série de projetos do interesse desse município do Litoral Leste do Estado.

“”Acabo de estar com o senador Eunício Oliveira para agradecer e pleitear benefícios para nosso Aracati. Tem nosso apoio à sua pré-candidatura à reeleição. Viva!”, deixou o recado, em sua página no Facebook, o prefeito aracatiense.

(Foto – Facebook)

Brasil X Servia – Hora de nervos à flor da pele?

Um a um, os grupos da Copa do Mundo vão se definindo. Esta semana, oito seleções já garantiram a permanência no Mundial e oito voltaram para casa.

Com os grupos A, B, C e D definidos, chegou a hora de os grupos E, o do Brasil, e F, da Alemanha. Nenhuma das duas seleções está garantida nas oitavas de final e há grande chance de que se encontrem na próxima fase, caso se classifiquem.

O Brasil joga às 15h de hoje (27) contra a Sérvia. Um empate já garante a classificação, ainda que em segundo lugar. Brasil e Suíça lideram o grupo, com 4 pontos cada. Para os sérvios, só a vitória interessa.

Os times do grupo do Brasil jogarão às 15h já sabendo quem será o primeiro e o segundo colocados do grupo F e como serão os cruzamentos das oitavas, caso passem.

O primeiro colocado de um grupo enfrenta o segundo de outro. Assim, o Brasil e a Alemanha, confirmando suas classificações, só não se enfrentam se ambos passarem em primeiro ou em segundo em seus grupos.

Alemanha x Coreia do Sul – 11h – Kazan

México x Suécia – 11h – Ecaterimburgo

Este é o grupo das calculadoras. Todos os times farão contas para saber o que precisam para continuar na Copa. A situação é tão incomum que até a Coreia do Sul, que perdeu os dois jogos até agora, ainda pode se classificar. Mas a situação dos coreanos é mais improvável. Precisam vencer a Alemanha por um placar simples e torcer para o México vencer a Suécia por dois gols de diferença.

O México, a sensação do grupo até agora com duas vitórias, pode ficar fora. Se a Alemanha vencer seu jogo e a Suécia derrotar os mexicanos, os três times terminarão a primeira fase com o mesmo número de pontos e os critérios de desempate resolverão o impasse.

O México entra na rodada com um saldo de gols (cálculo de gols feitos menos gols sofridos) de +2, enquanto Alemanha e Suécia estão com saldo zero. O saldo de gols é o primeiro critério de desempate.

Os alemães, que voltaram à vida no grupo após o gol no último lance contra a Suécia, precisam vencer o jogo contra o adversário mais vulnerável do grupo. A Alemanha ainda não mostrou a consistência do time que ganhou a Copa de 2014 no Brasil, mas é franca favorita para vencer o jogo e seguir no Mundial.

Brasil x Sérvia – 15h – Moscou

Suíça x Costa Rica – 15h – Nizhny Novgorod

Hoje é dia de Brasil em campo. E se o jogo contra a Costa Rica não foi fácil, a última partida da primeira fase promete ser dura.

O técnico Tite já confirmou que repetirá o time que começou a partida contra a Costa Rica. O Brasil deverá ter uma atenção especial com o jogo aéreo do adversário. Os atacantes sérvios são mais altos que a defesa brasileira.

“É verdade que a Sérvia é forte no jogo aéreo, mas eles também têm qualidades individuais. Temos condições de tentar neutralizar esses cruzamentos”, disse o treinador brasileiro.

Apesar de precisar mais da vitória do que o Brasil, o discurso da Sérvia é de respeito à Seleção Brasileira. A tendência é de que joguem a responsabilidade de atacar para o Brasil, fechando espaços e apostando em bolas paradas, como a Suíça fez.

O capitão do time sérvio, Aleksandar Kolarov, disse, em entrevista, que acredita na vitória. Os sérvios tiveram que responder a perguntas do tipo “é possível vencer o Brasil?”. As respostas foram sempre na mesma linha: o Brasil não é imbatível.

“Será um jogo difícil contra o Brasil, mas é a força mental que decidirá. Se formos ao jogo acreditando que podemos vencer, então poderemos”, disse Kolarov. Ele ressaltou, no entanto, que uma vitória passa por mais do que pelo pensamento positivo. “É fácil dizer ‘vou vencer’, mas o que você está pronto para fazer para vencer – isso é o que importa”.

Assim como o Brasil, a Suíça precisa de um empate contra a já eliminada Costa Rica para se classificar. Os suíços até podem se classificar com uma derrota, desde que a Sérvia perca seu jogo. Mas a expectativa é de que o time suíço tente o gol desde o começo da partida, já que mostrou força ofensiva para isso no jogo contra os sérvios.

(Agência Brasil)

Luizianne Lins reafirma: Se Camilo apoiar Ciro, vai bater chapa com o petista na convenção

664 4

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quarta-feira:

A deputada federal Luizianne Lins (PT) voltou ontem a mandar recado para o governador Camilo Santana (PT): “Se ele não apoiar Lula, nós vamos bater chapa na convenção. Nem que pra perder!” Ela insiste na tese de que o ex-presidente Lula ganhará condições de disputar.

Sem entrar no mérito jurídico, afirma que o petista, além de liderar as pesquisas, mesmo preso, adiciona um outro ingrediente a seu favor: quem ele indicar para a disputa, vence.

Luizianne reitera que a direção nacional do PT decidiu que não apoiará Ciro Gomes (PDT), que tem simpatias no Ceará da ala do governador. Ela não se esquece de que, na campanha de 2014, teve seu direito de ocupar a propaganda eleitoral gratuita tolhido pelos Ferreira Gomes, no que só furou o cerco por via judicial.

Sobre Luizianne Lins, o governador nada comenta. Prefere manter certa indiferença e, principalmente, distância.

Ciro está cada vez mais próximo de partidos de centro-direita

165 1

Com o desacordo prévio para uma ampla aliança da esquerda ainda no primeiro turno, o pré-candidato a presidente da República, Ciro Gomes (PDT), deu start para negociação de aliança eleitoral com o bloco de centro-direita. Na semana passada, o partido do pré-candidato se reuniu com PP, SD, DEM e PRB — partidos do chamado centrão.

As últimas duas legendas possuem pré-candidatos ao Palácio do Planalto, incluindo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e do empresário Flávio Rocha (PRB).

O encontro foi informado pelo próprio Ciro, que palestrou ontem para empresários no município de Caucaia a convite da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Caucaia (Acisc). Questionado pelo O POVO, o ex-governador justificou a aproximação com o grupo alegando que a conversa foi “franca” e que a proposta de aliança é baseada em um programa de governo.

“Abrimos uma conversa, tratamos de coisa programática, tratamos das minhas críticas a eles e das deles a mim”, disse. É a primeira vez que o pedetista admite conversa formal com o grupo.

Ciro disse que os partidos do centrão, que hoje dão suporte ao governo do presidente Michel Temer (MDB), estão de portas abertas para uma possível aliança em outubro próximo. “(As portas) Estão completamente abertas na medida em que meu olho está um posto na eleição e o outro posto no dia seguinte”, admitiu.

O ex-ministro argumentou que o caminho que tem tomado é em respeito “ao voto popular”. “Nós precisamos ter humildade, respeitar o voto popular, pensar no futuro do País e num ambiente de diálogo entre diferentes. A única saída que o Brasil tem é estabelecer e fazer isso ao redor de programas ao invés de cargos, fisiologia e corrupção que em nenhuma possibilidade aceito”, pontuou.

O pré-candidato, ao ser questionado se estaria passando para o campo da direita, alfinetou o PT afirmando que o discurso que é difundido no meio da esquerda é “burocracia do PT” e que é injustiçado pelo partido do ex-presidente Lula.

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, disse que a aproximação é em torno de um “programa” e que a ideologia de centro-esquerda da candidatura “não muda”. “Nós temos como prioridade a aliança com o PSB”, disse.

Ao O POVO, o senador Agripino Maia (DEM-RN) admitiu que Ciro está entre os nomes “do centro” que o partido estuda apoiar. A decisão, no entanto, deverá ser tomada em conjunto. “São vários partidos que estão discutindo em conjunto. Não tem possibilidade de candidatura A, B ou C. Os partidos (do centro-direita) vão tomar decisão em conjunto”.

No meio das conversas de bastidores, é considerada a possibilidade de DEM e PRB abrirem mão das candidaturas para negociar alianças mais interessantes para os partidos.

Flávio Rocha, no entanto, disse ontem, ao sair de uma reunião com o centrão, que pretende manter a candidatura ao Palácio do Planalto até o fim e descarta ser vice de qualquer candidato. (com agências

(O POVO – Repórter Wagner Mendes/Foto – Gustavo Simão)

Em Fortaleza, há um déficit de pelo menos 129 mil moradias

Com o título “Moradia em Fortaleza”, eis o Editorial do O POVO desta quarta-feira:

Estudo sobre o setor habitacional no País, realizado pela Fundação João Pinheiro (FJP), com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), detectou que ao lado de um déficit habitacional de pelo menos 120 mil moradias, na Região Metropolitana de Fortaleza, existe o registro de 166 mil imóveis privados, desocupados, destinados justamente para moradia. Equalizar essa relação é um dos maiores desafios para as autoridades municipais. No entanto, sem escamotear as responsabilidades locais, trata-se de um quadro desolador que se repete no Brasil inteiro, com maior ou menor desequilíbrio.

O direito à moradia está inscrito no Art.6º da CF, no elenco dos direitos sociais, no entanto, o poder público ainda não conseguiu dar conta desse recado. A tentativa mais consistente foi a encarnada pelo programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), criado em 2009 pelo governo federal. Contudo, seus resultados ficaram aquém do desejado e, após o impeachment de 2016, praticamente estagnou.

No caso de Fortaleza, desde 2013 até hoje, só 14 mil moradias foram criadas pela gestão pública municipal e outras 13 contratadas. Na verdade, segundo o Núcleo de Habitação e Moradia (Nuham) da Defensoria Pública do Ceará, a maioria das moradias entregues em Fortaleza vai para famílias que já tinham casa e foram desalojadas pelas obras de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Mais frustrante ainda é o fato de que a comemoração pela conquista de uma moradia do MCMV é somente o início de outra luta para não continuar vivendo à margem da sociedade e sem acesso a serviços públicos. Os conjuntos muitas vezes são entregues, em todo o Brasil, sem rede geral de abastecimento de água, rede de esgotamento sanitário, ou com rede elétrica de baixo potencial de carga para suportar o uso de eletrodomésticos corriqueiros, nem coleta de resíduos sólidos. Recebem acabamento de péssima qualidade, não dispõem de creche, escola, nem posto de saúde nas proximidades.

Sem falar que se situam em áreas bem distantes dos locais de trabalho e da escola, desprovidas de estrutura de mobilidade urbana. Antes da construção de novas moradias o problema poderia ser minorado com reforma das moradias já existentes e em estado precário, ou com a locação de imóveis vagos, o que também contribuiria para reduzir o número de sem-teto. Seria até mesmo mais viável, economicamente, uma vez que aproveitaria o estoque ocioso disponível – frisam os técnicos. No caso de Fortaleza isso é evidente, pois há uma oferta de imóveis superior ao déficit de moradias. Sem falar em inúmeros prédios públicos ociosos.

José Dirceu está livre e pode até assistir ao jogo do Brasil em casa

Na madrugada desta quarta-feira (27), José Dirceu, ex-ministro da Era lula, voltou para sua casa, em Brasília, após passar um mês preso no Complexo Penitenciário da Papuda. Condenado a 30 anos e 9 meses de prisão no âmbito da operação Lava Jato, ele foi solto após uma votação da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). A informação é do Portal G1.

José Dirceu chegou ao apartamento dele, no Sudoeste (área nobre de Brasília), a 1h51min da madrugada. Ele entrou de carro pelo lado oposto de onde deveria entrar – ou seja, pela saída da garagem. O petista carregava uma bolsa preta na mão e mais duas sacolas. O repórter cinematográfico da TV Globo Edvaldo Lachu registrou a chegada de Dirceu.

Na Justiça, ele responde por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Com a decisão liminar (provisória), ganha o direito de aguardar em liberdade o julgamento de recurso do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Como agora o ex-ministro está em liberdade, na prática, não há nenhum impedimento legal para que ele deixe Brasília. A medida aplicada também não prevê o uso de tornozeleira eletrônica.

Segundo a defesa, ainda não está decidido se o ex-ministro ficará no apartamento da família ou seguirá para outro local.

(Foto – Reprodução TV Globo)

Agências bancárias funcionam das 9 às 13 horas desta quarta-feira

Brasília (DF), 22/11/2016 – Edifício Banco do Brasil – Foto, Michael Melo/Metrópoles

As agências bancárias abrem hoje (27) em horário especial devido ao jogo da Seleção Brasileira de Futebol, às 15h. O funcionamento das agências será das 9 às 13 horas, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Segundo a entidade, não há atendimento em horário de jogos do Brasil “por motivo de segurança das agências e de transporte de valores”. A Febraban acrescentou que a definição dos horários em dias de jogos da Copa foi feita de acordo com circular do Banco Central. Em dia de jogo às 9h, o atendimento ao público nas agências bancárias será das 13h às 17h. Quando a partida for às 11h, as agências abrem das 8h30 às 10h30 e das 14h às 16h. Em dia de jogo às 15h, o atendimento será das 9h às 13h.

A federação lembra que os bancos deverão afixar nas agências aviso sobre o horário de atendimento nos dias de jogos do Brasil, com antecedência mínima de 48 horas.

A Febraban lembra ainda que as instituições bancárias oferecem aos clientes alternativas como caixas eletrônicos, internet banking, aplicativo no celular (mobile banking) e operações bancárias por telefone. Esses canais de atendimento funcionam normalmente em horários de jogos.

(Agência Brasil)

TJ mantém decisão que condenou ex-prefeito de Missão Velha por improbidade administrativa

O Tribunal de Justiça do Ceará, por meio de sua 1ª Câmara de Direito Público, manteve decisão que condenou o ex-prefeito de Missão Velha, José Leite Landim, por improbidade administrativa. Ele terá de pagar multa civil de 100 vezes o valor da última remuneração recebida enquanto chefe do executivo municipal; também teve suspensos os direitos políticos, por cinco anos, e foi proibido de contratar com o Poder Público pelo prazo de três anos. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

A decisão, proferida nessa segunda-feira (25/06), teve a relatoria da desembargadora Lisete de Sousa Gadelha. “Não pairam dúvidas de que o réu, ora apelante, ao manter e promover, durante os seus dois mandatos contratações temporárias para atividades permanentes (conforme reconhecido pela própria Justiça do Trabalho), passou ao largo dos requisitos da temporariedade e do excepcional interesse público, como exige o texto constitucional”, disse no voto a relatora.

De acordo com o processo, enquanto ele esteve à frente da administração da Prefeitura do Município de Missão Velha, de 1997 a 2004, fez dezenas de admissões de servidores sem concurso público.
Em outros casos, em que os servidores já haviam sido admitidos em gestões anteriores, em vez de demiti-los, ratificou o ato nulo, assinando ou determinando a assinatura das carteiras de trabalho dos agentes. Em razão disso, o Ministério Público do Ceará (MPCE) ajuizou ação civil pública contra o prefeito por improbidade administrativa.

Na contestação, o ex-prefeito argumentou haver lei respaldando as contratações questionadas, e por isso não houve lesão ao erário, motivo pelo qual solicitou a improcedência da ação.

O Juízo da Comarca de Missão Velha determinou a suspensão dos direitos políticos do ex-gestor, por cinco anos; o pagamento de multa civil no valor de 100 vezes o valor da última remuneração percebida e a proibição de contratar com o Poder Público, ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, por três anos.

Buscando reformar a sentença, o ex-gestor apelou (nº 0000857-08.2009.8.06.0125) ao TJCE. Defendeu que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) tem encampado a tese de que a contratação temporária de servidores e sua prorrogação sem concurso público, amparadas em legislação local não traduz, por si só, improbidade administrativa.

Ao julgar o caso, a 1ª Câmara de Direito Público negou provimento ao recurso, acompanhando o voto da relatora. “A lei municipal mencionada no apelo, não convalida a ilegalidade constatada, até porque o referido diploma foi de iniciativa do próprio Alcaide [ex-prefeito] e só restou aprovado depois de várias contratações precárias. Forçoso reconhecer, nessa medida, que a norma foi elaborada apenas com o intuito de consolidar as irregularidades levadas a efeito, não havendo se falar, portanto, em ausência de dolo genérico do ex gestor, apto a descaracterizar o ato improbidade perpetrado”, explicou a desembargadora.

Copa da Rússsia – Saiba o que funciona nesta quarta-feira de jogo do Brasil

O terceiro jogo da seleção brasileira pela Copa do Mundo da Rússia acontece nesta quarta-feira, 27. Nesta partida, o Brasil enfrentará a Sérvia às 15 horas (horário de Brasília). Em função dos jogos, principalmente os que acontecem nos dias úteis, os serviços de Fortaleza poderão ter horário de funcionamento alterado. Veja abaixo o que funciona e o que não funciona na Capital:

*Supermercados

Os supermercados da Capital fecham 30 minutos antes do jogo (14h30min) e reabrem 30 minutos após o final da partida, conforme a Associação Cearense de Supermercados, Acesu.

*Centro de Fortaleza

O Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas) informa que o funcionamento das lojas da cidade, bem como as do Centro, estará a critério dos proprietários, isto é, algumas podem fechar e outras podem continuar abertas.

*Postos de combustíveis

O funcionamento dos postos de combustíveis não sofrerá alteração em dias de jogos do Brasil, conforme o Sindicato dos Empregados em Postos de Serviço de Combustíveis e Derivados do Petróleo do Estado do Ceará (Sinpospetro).

*Enel

A Enel Distribuição Ceará montou um esquema especial de atendimento durante os jogos da Copa do Mundo, que envolve a área técnica e o atendimento ao cliente. A companhia manterá seu funcionamento normal durante todo o evento, com exceção apenas nos dias de jogos da seleção brasileira, onde as lojas de rua irão funcionar com expediente reduzido. No dia 27, o expediente será de 8 às 13 horas.

*Cagece

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) informa que funcionará pela manhã, em sua sede e nos postos de atendimento da Capital e do Interior, durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2018.

Para atendimento nos dias de partida da seleção brasileira, é necessário entrar em contato com a companhia por meio dos canais de atendimento disponíveis, como a Central de Atendimento, pelo telefone 0800.275.0195.

Outras formas de fazer contato direto a Cagece são: por meio do Cagece Mobile (aplicativo gratuito, disponível para iOS e Android), ou por meio da Gesse, a assistente virtual da companhia, que atende pelo site www.cagece.com.br.

*Justiça do Trabalho

Nos dias em que os jogos do Brasil começam pela tarde, o expediente será de 7h30min às 13h30min.

*Tribunal de Justiça

Nesta quarta-feira, a Justiça estadual irá funcionar de 8 às 13 horas, de acordo com a portaria nº 1.061/2018, publicada no Diário da Justiça do dia 30/05. A portaria determina também a prorrogação dos prazos processuais para o primeiro dia útil seguinte aos dias dos jogos da seleção brasileira.

*Agências bancárias

De acordo com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários do Ceará (SEEB/CE), as agências funcionarão de 9 às 13 horas.

*Metrofor

Em comunicado no site, a Metrofor informa que a operação das linhas será interrompida 30 minutos antes do início da partida, e será retomada 30 minutos após o encerramento. Esta medida será aplicada em todos os jogos da Seleção Brasileira, realizados de segunda a sábado.

Hospitais, UPAS e postos de saúde
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que todos os serviços de urgência e emergência (hospitais e UPAs) funcionarão 24 horas. Os postos de saúde funcionarão de 7 às 13 horas.

Shoppings

A assessoria dos shoppings North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei e Via Sul Shopping informa que nos horários de jogos do Brasil, as lojas, quiosques e operações da Praça de Alimentação têm funcionamento facultativo, com abertura a critério de cada lojista.

*Shopping Benfica

Durante os jogos do Brasil na Copa, o Shopping Benfica funcionará em horário normal (segunda a sábado, das 10 às 22 horas e aos domingos, praça de alimentação, entretenimento às 11h30min; lojas, quiosques e box das 13 às 21 horas). Durante as transmissões, as operações poderão fechar 30 minutos antes do início dos jogos e reabrir até 30 minutos após o final das partidas.

*Shopping Iguatemi

Durante a quarta-feira, as praças de alimentação e lazer funcionarão de 10 às 22 horas; lojas têm funcionamento obrigatório de 10 às 14h30min e 17h30min às 22 horas. No horário de 14h30min às 17h30min, o funcionamento das lojas é facultativo.

*Shopping RioMar (Papicu e Kennedy)

O RioMar Fortaleza e o RioMar Kennedy funcionam com lojas, cinema, atrações de entretenimento e quiosques podendo fechar 30 minutos antes das partidas dos jogos da seleção brasileira e retomando 30 minutos depois do término. Os serviços públicos, Detran, AMC, Ministério do Trabalho e Etufor seguirão o funcionamento determinado por cada órgão.

(O POVO Online – Repórter Gabriele Zaranza)

Conselho Monetário Nacional fixa em 3,75% meta da inflação para 2021

O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu a meta de inflação para 2021 em 3,75%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. O anúncio foi feito pelo Ministério da Fazenda.

As metas de inflação para 2019 e 2020 foram mantidas, respectivamente, em 4,25% e 4%, também com intervalo de tolerância de 1,5 ponto para cima ou para baixo. Esse é o valor que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) poderá alcançar nos próximos anos.

A meta de inflação deve ser perseguida pelo Banco Central (BC) ao definir a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, pretende conter a demanda aquecida e segurar os preços ao encarecer o crédito e estimular a poupança. Ao diminuir os juros básicos, o Copom barateia o crédito, incentivando a produção e o consumo.

Desde 2005, o centro da meta de inflação estava em 4,5%, com 2,5 pontos de margem de tolerância. Em 2006, esse intervalo caiu para 2 pontos e permaneceu assim nos anos seguintes até ser reduzido para 1,5 ponto para 2017 e 2018. Somente no ano passado, o centro da meta foi reduzido para 4,25% em 2019 e 4% em 2020.

Até 2016, a meta de inflação era fixada com dois anos de antecedência, mas um decreto publicado no Diário Oficial da União em junho do ano passado determinou que a definição passasse a ser feita três anos antes. De acordo com o Banco Central, a mudança teve como objetivo reduzir as incertezas e melhorar a capacidade de planejamento das famílias, das empresas e do governo.

Segundo a secretária-executiva do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi, a fixação da meta de inflação com três anos de antecedência representa a maturidade do sistema em vigor há 19 anos. “O Brasil converge, cada vez mais, para níveis de inflação com países que adotam o regime de metas. Essa é uma conquista importante que traça um horizonte mais longo, dá previsibilidade para os agentes [econômicos] e contribui para que o país possa viver mais tempo com níveis de inflação mais baixos”, declarou.

Sobre o risco de a inflação estourar as metas caso o próximo governo não consiga avançar com reformas estruturais, como a da Previdência, a secretária disse que as reformas são um complemento importante para facilitar o cumprimento da meta. Ela, no entanto, destacou que o Banco Central está aparelhado para conseguir fazer a inflação convergir para os níveis fixados pelo CMN.

“O manejo da política monetária nos últimos dois anos foi um emblema de como ser bem sucedido usando o sistema de metas de inflação e coordenando com outros instrumentos de política econômica, como a política fiscal. Tanto a inflação como os juros caíram. Vale lembrar que os mais pobres são os mais beneficiados com uma política de juros e de inflação baixa”, declarou Ana Paula Vescovi.

(Agência Brasil)

Eunício Oliveira e Rodrigo Maia definirão calendário de votações no período eleitoral

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), anunciou hoje (26) que se reunirá com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), para definir o calendário de votações das duas Casas no período eleitoral. A reunião ainda não está marcada e, de acordo com Eunício, tem o objetivo de construir um calendário que concilie o tempo disponível com a qualidade nas votações.

“[Tudo] depende de como o projeto vai sair da Câmara. Se ele sair com um processo negociado e ajustado é mais fácil para o Senado [aprovar]. Senão, o sistema é bicameral”, disse Eunício. “Nós vamos ter o recesso, mas voltaremos no período eleitoral e teremos aqui plantões para que a gente possa fazer um calendário dessa questão [votações] no período eleitoral”, completou.

Segundo o parlamentar, os senadores só vão encerrar as atividades no meio do ano após a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019. “Nós vamos [trabalhar] até aprovar a LDO, eu já disse e repito, desde que assumi a presidência, nós saímos no período legal que determina a Constituição brasileira. Enquanto não votar a LDO, o Congresso estará aberto”, assegurou o presidente do Senado.

O texto da LDO precisa ser votado pelos parlamentares até o dia 17 de julho em sessão do plenário do Congresso Nacional. Caso não seja votado até essa data, pode inviabilizar o recesso parlamentar, que vai de 17 de julho a 1º de agosto. Segundo a Constituição, o Congresso Nacional não pode parar enquanto não aprovar a nova LDO.

Com relatório preliminar da LDO aprovado na semana passada, a previsão é que o texto final seja votado na comissão especial que analisa o tema no dia 10 de julho.

Eleições 2019
Em outubro, os eleitores vão eleger o presidente da República, governadores, dois terços do Senado Federal, deputados federais e deputados estaduais e distritais. As eleições serão realizadas no dia 7 de outubro, em primeiro turno, e no dia 28 de outubro, nos casos de segundo turno.

De acordo com a legislação atual, os candidatos deverão ser escolhidos nas convenções partidárias entre os dias 20 de julho e 5 de agosto. O prazo para partidos políticos e as coligações apresentarem à Justiça Eleitoral o pedido de registro de candidatos termina no dia 15 de agosto.

A propaganda eleitoral é permitida a partir do dia 16 de agosto e pode ser feita por meio de comícios, carreatas, distribuição de material gráfico e propaganda na internet, desde que não paga, entre outras formas. Já a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão terá início em 31 de agosto e prossegue até o dia 4 de outubro.

(Agência Brasil)

Salmito mostra no programa Leruaite a sanfona que pertenceu a Luiz Gonzaga

O apresentador, cantor e humorista Falcão entrevista nesta terça-feira, a partir das 22 horas, na TVC, o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT).

No programa Leruaite, Salmito apresenta a sanfona que pertenceu a Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Fã de Gonzagão, Salmito conta que adquiriu a sanfona como forma de preservar o instrumento no Nordeste.

O presidente do Legislativo de Fortaleza também fala sobre política, cultura e cidadania.

(Foto: Divugação)

CMN fixa em 3,75% meta de inflação para 2021

O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu a meta de inflação para 2021 em 3,75%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. O anúncio foi feito pelo Ministério da Fazenda.

As metas de inflação para 2019 e 2020 foram mantidas, respectivamente, em 4,25% e 4%, também com intervalo de tolerância de 1,5 ponto para cima ou para baixo. Esse é o valor que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) poderá alcançar nos próximos anos.

A meta de inflação deve ser perseguida pelo Banco Central (BC) ao definir a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, pretende conter a demanda aquecida e segurar os preços ao encarecer o crédito e estimular a poupança. Ao diminuir os juros básicos, o Copom barateia o crédito, incentivando a produção e o consumo.

Desde 2005, o centro da meta de inflação estava em 4,5%, com 2,5 pontos de margem de tolerância. Em 2006, esse intervalo caiu para 2 pontos e permaneceu assim nos anos seguintes até ser reduzido para 1,5 ponto para 2017 e 2018. Somente no ano passado, o centro da meta foi reduzido para 4,25% em 2019 e 4% em 2020.

Até 2016, a meta de inflação era fixada com dois anos de antecedência, mas um decreto publicado no Diário Oficial da União em junho do ano passado determinou que a definição passasse a ser feita três anos antes. De acordo com o Banco Central, a mudança teve como objetivo reduzir as incertezas e melhorar a capacidade de planejamento das famílias, das empresas e do governo.

(Agência Brasil)