Blog do Eliomar

Últimos posts

Casa Cor 2018 – Todeschini apresentará novidades no evento

Ticiana Lopes, Beto Studart (Fiec) e Maria José Lopes.

A Todeschini, uma das maiores empresas de móveis planejados da América Latina, confirma presença na Casa Cor 2018. Promete novidades para um dos principais ambientes da casa: a cozinha principal com lounge e varanda.

Considerado o coração da casa, a cozinha apresentada durante a Casa Cor Ceará vai contar com um espaço com cerca de 144 m², assinado pela arquiteta cearense Maria José Lopes.

SERVIÇO

Casa Cor Ceará – Rua Marcos Macêdo, 222 – Bairro Aldeota.

De 13 de setembro a 21 outubro 2018 – Terça a sábado, das 17 às 22 horas /Domingos e feriados, das 16 às 21 horas.

Mais Informações – (85)3261-3533 / (85) 3261-2615.

(Foto – Balada In)

Em pleno período eleitoral, fazendários ameaçam greve para não perder 40% do salário

Com o mote “Lutamos para não perder 40% do salário”, os fazendários cearenses anuncia que vão paralisar as atividades a partir desta quarta-feira. A categoria fez assembleia geral e decidiu que o movimento deve se estender até sexta-feira.

A categoria cobra do governo estadual a incorporação, aos vencimentos do piso do PDF – gratificação fixa que representa cerca de 40% de seu salário. Essa gratificação foi instituída através de uma Lei Estadual, em 2011, e está sendo questionada no Supremo Tribunal Federal (STF).

O pleito foi apresentado pelo Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf) ao governador Camilo Santana, pela primeira vez, em junho de 2016. Desde o ano passado, a reivindicação é ponto prioritário na pauta de negociação com a Secretaria da Fazenda, mas, até o momento, nada de concreto foi posto em prática.

Desde a deliberação da greve, o Sintaf tem buscado diversos meios e interlocutores a fim de reabrir o diálogo com o governo, sem retorno. Com a aprovação da incorporação do piso do PDF, os fazendários buscam tão somente acabar com a insegurança jurídica da remuneração. Dessa forma, não reivindicam aumento salarial, mas evitar a perda de 40% do salário atual.

Vem aí a 32ª Motorromaria com destino a Canindé

Tudo pronto para a 32ª Motorromaria. Segundo o organizador, Edson Maia, a largará ocorrerá a partir das 8 horas do próximo domingo, no início da avenida Mister Hull – em frente ao Colégio da Polícia Militar, com destino a Canindé. A previsão é de 20 mil motociclistas e o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

O evento, que ocorre todo ano e sempre no terceiro domingo de setembro é uma forma dos motociclistas agradeceram a São Francisco, onde pagarão promessas e ainda terão a moto e capacetes abençoados pelos franciscanos.

As camisas já estão à venda e na cor amarela, numa alusão ao “Setembro Amarelo” de combate e prevenção ao suicídio. A unidade sai por R$ 15 e R$ 20, dependendo do modelo, com renda revertida para o Lar do Idoso da Sagrada Família de Canindé.

SERVIÇO

Mais Informaões – Moto Maia – 99981 2675 e 32742442.

Fachin envia recurso de Lula para o plenário virtual do Supremo

326 2

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou ao plenário virtual da Corte um recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra a decisão em que ele negou a suspensão da condenação do político no caso do triplex no Guarujá (SP). O pedido foi negado por Fachin no último dia 6. Neste processo, a defesa do ex-presidente busca garantir a presença dele na disputa ao Palácio do Planalto por meio da suspensão da condenação de Lula, imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância da Justiça Federal.

O Supremo Tribunal Federal (STF) realiza sessão extraordinária, para a retomada do julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (ADI 5794) que questiona o fim da contribuição sindical obrigatória. Ao ser encaminhado ao plenário virtual, o agravo da defesa contra a decisão de Fachin deve ser julgado remotamente pelos 11 ministros do STF, que têm sete dias para votar, a partir do momento em que o processo for pautado, o que ainda não ocorreu.

Esta é uma das frentes em que os advogados ainda tentam garantir o nome de Lula na urna eletrônica. Paralelamente, tramita no Supremo outra petição, na qual a defesa pede uma liminar (decisão urgente) para suspender a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que barrou a candidatura do ex-presidente, de modo que o PT tenha ao menos até o dia 17 de setembro para substituir a cabeça de chapa. Este pedido é relatado pelo ministro Celso de Mello.

Tramita ainda no STF uma terceira apelação, também relatada por Celso de Mello, desta vez que ataca diretamente o mérito da decisão do TSE. Caberá ao ministro definir se leva ou não o caso ao plenário do Supremo.

Um quarto recurso da defesa, contra a decisão do plenário do STF que negou um habeas corpus a Lula, já se encontra no plenário virtual e deve ter o julgamento concluido no próximo dia 13.

Pedido a Fachin

No pedido que encaminharam a Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, os advogados insistiram na tese de que uma liminar proferida pelo Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) garante a Lula o direito de disputar a eleição.

Como argumento, a defesa utilizou o voto do próprio Fachin, que no TSE foi o único a votar a favor do deferimento do registro de candidatura de Lula, aceitando a argumentação dos advogados.

Ao negar o pedido no âmbito do STF, no entanto, Fachin afirmou que a decisão da ONU seria aplicável somente no contexto eleitoral, não podendo servir para afastar a condenação de Lula no âmbito criminal.

(Agência Brasil)

Receita Federal regulamenta Cadastro de Atividade Econômica da Pessoa Física

A Receita Federal regulamentou o Cadastro de Atividade Econômica da Pessoa Física (Caepef). A Instrução Normativa nº 1828/2018 da Receita foi publicada na edição de hoje (11) do Diário Oficial da União. O Caepf substitui o Cadastro Específico do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), chamado de CEI.

Esse cadastro é exigido como forma de controle das contribuições previdenciárias, resultado da atividade econômica de pessoas físicas, ou seja, que não têm Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).

Segundo a Receita Federal, o cadastro entrará em produção de forma facultativa para o contribuinte em 1º de outubro deste ano e será obrigatório em 2019. No período de 1º de outubro de 2018 a 14 de janeiro de 2019 o CEI coexistirá com o Caepf, diz a instrução normativa.

Obrigatoriedade

Estão obrigadas a inscrever-se no Caepf as pessoas físicas que exercem atividade econômica nas seguintes situações: contribuinte individual; quem tem segurado que lhe preste serviço; produtor rural cuja atividade constitua fato gerador da contribuição previdenciária; titular de cartório; e pessoas que compram produção rural para venda no varejo.

Para fazer a inscrição no Caepf, a pessoa física deve acessar o portal do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) ou ir a uma das unidades de atendimento da Receita.

A inscrição no Caepf deverá ser efetuada no prazo de 30 dias, contados do início da atividade econômica exercida pela pessoa física.

(Agência Brasil)

Congresso de Recursos Humanos vai discutir mercado e inovação

Aline Viana, Elano Guilherme, pres. Sindconfecções, e Silvana Torres, gerente de projetos.

 

“Qual a Mentalidade do Profissional de Recursos Humanos?” é o tema central do Congresso de Gestão de Pessoas CEARÁRH 2018, que propõe, nesta edição, o pensar e agir dos profissionais de RH sobre as perspectivas atuais e futuras do mundo organizacional. O congresso, que acontecerá em Fortaleza de 21 a 22 deste mês de setembro, no Shopping RioMar Papicu, vai reunir gestores de grandes corporações como ODONTOART, MRH, Unimed Fortaleza, Boticário, Gerdau, Universidade Corporativa do Banco do Brasil, Coca Cola, HSM, Nutrilite, Betânia Lácteos, Grupo SERH, Grupo Portfólio, Vulcabrás Azaléia, além de consultorias especializadas.

O congresso vai contar com a palestra “Transformação Digital: o que muda na vida das pessoas e organizações”, com a participação de Aline Viana, diretora-executiva Comercial do Jornal O POVO. Também estarão nesse pai, José Sampaio de Sousa Filho, CEO da Alfa Metalúrgica e Cláudio Fortier, gerente de Inovação da rede de farmácias Pague Menos. A mediação será feita pelo assessor especial da Federação das Indústrias do Ceará e idealizador da Plataforma Inova Mundo, Márcio Gurjão.

SERVIÇO

*Espaço de Eventos – Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Teatro RioMar

*Informações e inscrições: http://abrhce.com.br/ceararh2018/ 85-9.8893.89.

(Foto – Júlio Caesar)

IBGE reduz em 0,4% previsão da safra de grãos para 2018

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estimou em 225,8 milhões de toneladas a safra de cereais, leguminosas e oleaginosas deste ano no país. A previsão do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de agosto é 0,4% inferior ao cálculo feito pela edição de julho da pesquisa. Caso a previsão se confirme, a safra será 6,2% inferior (cerca de 14,8 milhões) ao total de 2017, de acordo com o IBGE.

A queda da previsão de julho para agosto foi provocada principalmente pela redução da estimativa acerca da safra do milho neste ano. De um mês para o outro, o IBGE reduziu sua previsão em 2,3%. A soja teve uma ligeira alta (0,3%) e o arroz cresceu 2,2%.

Entre os outros grãos que respondem a mais de 1% da safra total, também tem previsão de queda de julho para agosto o feijão (-0,7%). Por outro lado, houve melhoras nas estimativas para o trigo (8,2%) e algodão (0,1%).
De acordo com o levantamento de agosto, deverão ter alta em relação a 2017 as safras de soja (1,6%), trigo (38,6%) e algodão (24,7%). São esperadas quedas para o milho (-18,6%), arroz (-5,3%) e feijão (-1,3%).

Outros produtos

O IBGE também faz previsões para outras safras agrícolas importantes para o país.

Para a maior lavoura brasileira, a de cana-de-açúcar, é esperada uma queda de 0,2% em relação a 2017, já que, de julho para agosto, houve um recuo de 0,5% na estimativa. A projeção de agosto para a banana, outra lavoura importante, é 0,9% menor que a de julho. Com isso, espera-se que o ano feche com uma safra 7% inferior ao ano anterior. Também é esperada uma queda (-11,3%) para a batata-inglesa, depois de uma revisão de 0,1% para baixo na previsão de agosto.

Para o tomate, a previsão recuou 1,6% de um mês para outro e agora o produto deve fechar o ano com queda de 0,2%. Já para a mandioca, o recuo de 0,4% de julho para agosto reduziu a previsão de safra em 3,5% em relação a 2017. A laranja até aumentou em 0,1% em relação a julho, mas continua sendo esperada uma queda de 8,6% na comparação com o ano anterior. A uva também teve aumento (4,2%) de um mês para outro, mas o produto continuará tendo uma queda em relação a 2017 (-14%). E o café deverá fechar o ano com alta de 24,2% em relação a 2017. A estimativa de agosto é 0,4% maior do que a previsão do mês anterior.

(Agência Brasil)

Perda de candidatura abate mais Lula que prisão

Do Blog do Josias de Souza

Preso há cinco meses e quatro dias, Lula emite os primeiros sinais de abatimento. Na avaliação de um dirigente do PT, o desânimo não foi provocado pela prisão longeva, mas pela troca compulsória do figurino de candidato pelo de cabo eleitoral de Fernando Haddad. A despeito do baque, Lula comanda desde a cadeia cada detalhe da própria substituição, a começar pela escolha do cenário. Deslocou o
palco de São Paulo para Curitiba.

A profusão de recursos judiciais revelou-se inútil. Embora ainda sonhe com o milagre da obtenção de uma liminar de última hora no Supremo, Lula reconheceu que sua candidatura está no buraco. E autorizou Haddad a substitui-lo antes que a Justiça Eleitoral comece a jogar terra em cima nesta terça-feira, quando vence o prazo para a troca.

O eleitor de Lula já havia farejado o movimento, informa o Datafolha (https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/09/saida-de-lula-da-disputa-embaralha-aesquerda.shtml). Na primeira pergunta de sua nova pesquisa, o instituto pediu aos entrevistados que dissessem espontaneamente o nome do presidenciável preferido. As menções a Lula despencaram 11 pontos. Na pergunta estimulada, quando o pesquisador exibe um cartão com os nomes dos candidatos, o preso de Curitiba foi excluído. E o pupilo Haddad saltou de 4% para 9% antes mesmo da formalização da troca.

Haddad entrou automaticamente na briga pela vaga de adversário de Jair Bolsonaro no segundo turno. De acordo com a pesquisa, Haddad, Ciro Gomes, Marina Silva e Geraldo Alckmin estão tecnicamente empatados no intervalo entre 9% a 13% das preferências do eleitorado.

Embora tenha colecionado novos eleitores, subindo cinco pontos na pesquisa em apenas 20 dias, Haddad não ignora que o único eleitor capaz de levá-lo ao segundo round está preso em Curitiba. E Lula cuidará para que ele não esqueça a origem dos seus votos.

Assim como os filmes, as biografias também têm suas trilhas sonoras. Lula escolheu sua música num discurso palaciano de 2007. Exercia seu primeiro reinado. Evocou Raul Seixas: “…Eu prefiro ser considerado uma metamorfose ambulante, ou seja, estar mudando na medida em que as coisas mudam.”

A mudança atual não chega a ser original. No mesmo papel de carregador de postes, Lula já revelou uma força de estivador. Fez isso duas vezes com Dilma Rousseff em âmbito nacional. Repetiu o feito com o próprio Haddad, na seara municipal. Fracassou na reeleição de Haddad para o posto de prefeito de São Paulo. Pela primeira vez, testa seu poder de transferência de votos como cabo
eleitoral preso.

Dólar abre nesta terça-feira em alta e cotado a R$ 4,1569

A cotação da moeda norte-americana abriu o pregão de hoje (11) registrando uma alta de 1,55%, valendo R$ 4,1569 para venda após terminar em baixa nos últimos três dias. O Banco Central segue com a política tradicional de venda de swaps cambiais, sem nenhuma oferta extraordinária de venda futura do dólar.

O Ibovespa, índice da B3, começou o pregão em baixa de 0,59%, com 75.982 pontos, com a tendência de queda se acentuando durante a manhã chegando a menos 1,85% às 11h.

As ações das grandes empresas, chamadas de blue chip, puxavam a baixa, com Petrobras com menos 2,44%; Itau, baixa de 2,70%, Vale desvalorizadas em 1,32% e Eletrobras com menos 3,94%.

(Agência Brasil)

Prefeitura de Caucaia oferece internet gratuita em praças públicas

531 1

Começou a ser implantado o programa Caucaia Digital. A iniciativa é da prefeitura desse município da Região Metropolitana de Fortaleza e acontece por meio da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Tecnológica (Sesutec). O objetivo é garantir acesso à internet para todos os moradores em pontos estratégicos da cidade.

O primeiro espaço a ser beneficiado é a Praça do Remo, na Grande Jurema. No local, já existe uma areninha, que e frequentada por muitos moradores da área.

“Os testes iniciais já estão sendo finalizados e, na próxima semana, será liberada no Portal da Prefeitura uma área para cadastro dos usuários que queiram ter acesso à internet de graça e com qualidade ainda maior, com o dobro de velocidade”, informa José Diogo Gomes, titular da Sesutec.

A ideia é que todas as praças da cidade ganhe o serviço.

(Colaboração – Matheus Nunes/Foto – Ilustrativa)

Ceará busca investidores no eixo Japão-Coireia do Sul

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontnele, no O POVO desta terça-feira

Com a economia brasileira em crise, o Ceará continua investindo na atração de recursos externos para a criação de novos negócios. Esta semana, o estado participa de missão do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) no Japão e Coreia do Sul.

O titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, (SDE), Cesar Ribeiro, participa da missão e anuncia que o foco está na atração de novas empresas para a Zona de Processamento de Exportação (ZPE-CE). Haverá uma apresentação dos benefícios oferecidos pela área alfandegada, em parceria com a Apex-Brasil e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), em Tóquio e Seul. Na agenda estão visitas às fábricas da Nissan, Toyota, Hyundai Motors e Samsung.

Passarela de pedestres em frente ao aeroporto exige ação educativa

457 2

Enquanto pedestres usam as passarelas da avenida Engenheiro Santana Júnior (Centro de Eventos), e a da BR-116 (Colégio Paulo Airton), a turma que trabalha ou precisa ir ao Aeroporto Internacional Pinto Martins continua se arriscando entre os carros. Triste.

Bem que algum tipo de ação educativa, por parte do Governo, Prefeitura ou Fraport, esta gestora do terminal aeroportuário, poderia ser feita para conscientizar sobre o uso do equipamento.

(Foto – Paulo MOska)

Inflação do aluguel sobe e é 9,24% em 12 meses

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou inflação de 0,79% na primeira prévia de setembro deste ano. O resultado é superior ao da prévia de agosto, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV): 0,7%. Com a prévia, o IGP-M acumula 7,51% no ano e 9,24% em 12 meses.

A alta da taxa foi provocada pelos preços no atacado e no varejo. A inflação do atacado, medida pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo, subiu de 1,03% em agosto para 1,2% em setembro.

Já o Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, continuou registrando em setembro deflação, ou seja, queda de preços (-0,04%), mas foi uma deflação menos acentuada do que em agosto (-0,07%).
Por outro lado, o Índice Nacional de Custo da Construção teve uma queda ao passar de 0,41% para 0,1%.

(Agência Brasil)

Aécio despenca de 50 milhões de votos para R$ 4 mil de apoio

413 1

Aécio Neves saiu da eleição de 2014 com mais de 51 milhões de votos e um séquito de fãs pelo país. Hoje, segundo a Veja Online, quatro anos mais tarde, ele vai precisar nadar um bocado para garantir a sonhada vaga de deputado federal. Um termômetro da derrocada do tucano está no número de figuras dispostas a mexer no próprio bolso para ajudá-lo hoje.

Além do PSDB, que desembolsou R$ 1 milhão, o restante dá para contar nos dedos.

Aécio declarou ao TSE receita de R$ 1.004.195 reais em doações, sendo míseros R$ 4.195 vindos de pessoas físicas. E olha que na lista dos cinco doadores mais generosos dois deles têm Neves no sobrenome.

(Foto – Agência Brasil)

Shopping Benfica engaja-se ao Setembro Amarelo

O Shopping Benfica vai se engajar ao Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção e combate ao suicídio. Uma programação, em parceria como Instituto Dimmy Cuida será desenvolvida a partir do próximo dia 21. Na data, haverá, a partir das 14 horas, a apresentação teatral infantil “Tem perigo no ar” que evoca a importância da vida. O Instituto também terá estande com livros, vídeos e cartilhas que informam formas de prevenção e combate do suicídio e de valorização do ser humano.

O Centro de Valorização da Vida (CVV) também conta um estande no shopping, no qual faz atendimento de escuta individual e gratuito, das 14 às 18 horas, até quinta-feira.

Até o dia 30 de setembro, a Galeria BenficArte do Shopping Benfica (piso térreo) apresentará a exposição “A Arte em Saúde Mental Como Expressão da Liberdade Terapêutica”, em parceria com o Hospital Nosso Lar. A mostra reúne 30 trabalhos de pessoas com transtornos mentais que estiveram internadas no Hospital Nosso Lar e foram atendidos no setor de Terapia Ocupacional e de Psicologia com objetivo de possibilitar a expressão, a comunicação e liberação de sentimentos.

O Instituto Revoar trabalhará a temática por meio de duas palestras no qual vai explorar a importância da conversa como ferramenta de prevenção. O primeiro encontro abordará como identificar o comportamento suicida e o segundo momento irá conversar sobre como lidar e superar o momento de luto. As palestras serão abertas ao público e as inscrições feitas pelo site do shoppingbenfica.com.br. Os eventos serão às 15h, no 2º piso.

O Instituto Bia Dote, que promove periodicamente sessões de cinema seguidas de debate no Benfica, participa da programação com exibição do filme Z, dia 16 de setembro, às 10h, nos Cinemas Benfica. Após o longa, o público participará de conversa sobre suicídio.

Programação

*Apresentação teatral: Tem Perigo no Ar,

Dia 21/09, às 14h

*Setembro Amarelo: Falar é a melhor solução

Dias 13/09 – Prevenção do suicídio: identificando comportamento suicida

20/09 – Perdas, luto e reflexão sobre a vida!

Horário: 15h

Local: 2º piso.

Inscrição pelo site shoppingbenfica.com.br

Parceria: Instituto Revoar

*Centro de Valorização pela Vida (CVV)

Serviço de escuta – atendimento individual ao público

Até dia 13/09, das 14h às 18h

Piso térreo

*Exposição A Arte em Saúde Mental Como Expressão da Liberdade Terapêutica

Parceria: Hospital Nosso Lar

Até 30/09

Galeria BenficArte do Shopping Benfica (piso térreo)

Visitação gratuita

*Cine-debate – exibição do filme Z

Parceria: Instituto Bia Dote

Dia 16/09, às 10h

Cinemas Benfica (2º piso).

Ciro vai mostrar na propaganda eleitoral que tem força no Nordeste

Ciro Gomes, candidato do PDT a presidente da República, já incluiu, em sua propaganda eleitoral na televisão, imagens do giro que fez pelo Nordeste, onde Lula continua rei.

Quer atrair esse eleitorado, lembrando que ele tirou, por exemplo, a transposição das águas do rio São Francisco do baú. Isso, quando titular da Integração Nacional na era Lula.

(Foto – Divulgação)

Miniguia da Justiça Eleitoral já está disponível para jornalistas

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, lançou o “Miniguia da Justiça Eleitoral para Jornalistas”. A publicação, em sua sexta edição, chega como importante ferramenta de aproximação do TRE com a imprensa.

Revisado e organizado pelos servidores do TRE, o Miniguia tem linguagem sintética e é voltado para as coberturas jornalísticas no período eleitoral e na rotina de decisões, julgamentos e normativos.

Na prática, é um importante tira-dúvidas sobre o linguajar e decisões no âmbito da Justiça Eleitoral

Eleições 2018 – Presidenciáveis já arrecadaram R$ 143 milhões; 63% do total é verba pública

Os 13 candidatos à Presidência da República declararam ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter arrecadado R$ 143 milhões. Desse montante, R$ 92,7 milhões são recursos públicos do Fundo Especial de Financiamento da Campanha (FEFC), o que representa 64,8% do total. Até o momento, o candidato Cabo Daciolo (Patri) não declarou movimentação financeira à Justiça Eleitoral.

Os candidatos têm prazo de 72 horas para informar à Justiça Eleitoral as doações recebidas para financiamento da campanha. Nesta quinta-feira (13), os partidos e os candidatos devem fazer a prestação de contas parcial da movimentação financeira ocorrida do início da campanha até o último sábado (8). Segundo o TSE, a ausência de informações sobre doação financeira recebida ou gasto contratado será examinada no julgamento da prestação de contas de cada candidato.

Pelo Artigo 29, da Lei 9054/1997, “a inobservância do prazo para encaminhamento das prestações de contas impede a diplomação dos eleitos, enquanto perdurar”. A legislação prevê ainda que eventuais dívidas de campanha poderão ser assumidas pelo partido do candidato.

Maior arrecadação

Segundo dados disponíveis no portal do TSE, o tucano Geraldo Alckmin foi o presidenciável que informou maior arrecadação até este momento: R$ 46,3 milhões, sendo 97,9% do Fundo Especial de Financiamento de Campanha. O candidato declarou despesas de R$ 9,4 milhões, boa parte com impressão de material (R$ 7,2 milhões) e transporte (R$ 1,3 milhão).

O candidato Henrique Meirelles (MDB) faz questão de dizer que está financiando pessoalmente a sua campanha. Meirelles declarou ter destinado R$ 45 milhões para a eleição presidencial, bem como despesas de R$ 39,1 milhões. Mais da metade desse total – R$ 24,7 milhões – foi gasto na produção dos programas de rádio e televisão, além de R$ 5,3 milhões para a criação e inclusão de páginas na internet.

De acordo com o PT, a campanha presidencial recebeu R$ 20,6 milhões, sendo R$ 20 milhões do fundo especial. O restante foi de financiamento coletivo. O partido, que ainda não tem candidato a presidente homologado pela Justiça Eleitoral, informou ao TSE ter gasto cerca de R$ 19,8 milhões, sendo R$ 14,5 milhões na produção dos programas para o horário gratuito.

A campanha petista destinou R$ 900 mil para o escritório Aragão & Ferraro Advogados Associados que faz a defesa da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Horário eleitoral

O candidato Ciro Gomes (PDT) declarou ter arrecadado pouco mais de R$ 10 milhões, quase a totalidade do fundo especial. Cerca de R$ 53.649 é de financiamento coletivo. O PDT declarou despesas de R$ 1,4 milhão, sendo R$ 1,3 milhão para impressão de material de campanha e confecção de adesivos.

Segundo a Rede, a campanha de Marina Silva recebeu R$ 6,1 milhões – 87% do FEFC – e gastou pouco mais de R$ 1,8 milhão, especialmente na produção dos programas do horário eleitoral.

O candidato Guilherme Boulos (PSOL) arrecadou quase R$ 6 milhões – 99,7% do FEFC – e gastou R$ 2,4 milhões, principalmente com pagamento de serviços de advocacia e assessoria, além da produção dos programas de rádio e televisão.

A campanha de Alvaro Dias (Podemos) disse ter recebido R$ 5,1 milhões: 62% do fundo especial. Mais R$ 1,9 milhão foi doado por pessoas físicas, incluindo o candidato ao Senado na coligação de Dias, Oriovisto Guimarães, empresário do setor de ensino que destinou R$ 1,7 milhão para a campanha presidencial. Dias informou despesas da ordem de R$ 5 milhões – valor aplicado especialmente na produção do horário eleitoral gratuito e nos deslocamentos pelo país.

Financiamento coletivo

O candidato João Amoêdo (Novo) dispensou os recursos públicos para a campanha. Amoêdo informou ao TSE uma arrecadação de R$ 1,3 milhão de doações de pessoas físicas e financiamento coletivo, além de despesas de R$ 172.698, especialmente com impressão de material. José Maria Eymael (DC) declarou ter recebido R$ 828 mil e gasto R$ 42 mil com serviços de contabilidade.

A campanha de Jair Bolsonaro (PSL) informou ao TSE uma arrecadação de R$ 685.611, sendo R$ 334.044 repassados pelo partido e R$ 332.867 de financiamento coletivo. O candidato declarou despesas contratadas em valor superior ao arrecadado até este momento – R$ 825.683. Uma fatia desse montante destina-se ao pagamento de serviços de terceiros (R$ 347.500) e à produção do programa eleitoral (R$ 240.000).

Os dados disponíveis no portal do TSE mostram que o candidato João Goulart Filho (PPL) arrecadou R$ 431.800 e aplicou R$ 320.380 na campanha eleitoral. A candidata Vera Lúcia (PSTU) recebeu R$ 401.835 – 99,5% do fundo especial. Até o momento a candidata disse ter gasto R$ 30.440.

Eduardo Girão quer o fim de privilégios da classe política

O candidato ao Senado pelo PROS, empresário Eduardo Girão, apresentará, a partir das 9 horas desta terça-eira, em seu comitê central, a plataforma que promete defender em Brasília caso de ser eleito.

Com ele, no ato, vão estar o candidato ao Governo do Ceará, General Theophilo (PSDB), e a candidata ao Senado pelo PSDB, Dra. Mayra, além do presidente regional do PROS, deputado estadual Capitão Wagner.

Eduardo Girão inclui, entre suas bandeiras, a defesa da família, a luta contra a descriminalização do aborto e o fim de privilégios da classe política.

(Foto – Blog do Lauriberto Braga)