Blog do Eliomar

Últimos posts

Dilma: governo quer modernizar, não comandar o futebol

A presidente Dilma Rousseff escreveu neste sábado (12) em sua conta no Twitter que o governo não quer comandar o futebol brasileiro, mas ajudar na sua modernização. Segundo a presidente, o futebol não pode ser estatal.

“O futebol, que é atividade privada, precisa ter as melhores práticas da gestão privada, nas áreas comercial, financeira e futebolística”, disse Dilma.

A presidente disse ainda que o Brasil deve deixar de ser um “exportador” de jogadores. “O Brasil não quer criar a Futebras. Quer, sim, acabar com a Futebrax e deixar de ser um mero exportador de talentos”, disse.

Segundo Dilma, aqueles que “queriam transformar a Petrobras em Petrobrax, desvirtuam, agora, nossa posição de apoiar a renovação do nosso futebol”.

Para a presidente, é preciso ampliar oportunidades para que os craques brasileiros tenham no país as mesmas condições do mercado internacional. “As oportunidades devem ir das divisões de base ao nível profissional. Só assim garantiremos que jogadores de excelência fiquem no Brasil”, escreveu Dilma na rede social.

(Agência Brasil)

Copa das Copas ficou no discurso

212 9

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (12), pelo jornalista Érico Firmo:

A Copa foi extraordinária do ponto de vista esportivo. Mas isso não justifica o superfaturamento dos estádios, que atingiram cifras bilionárias e custaram até o dobro do previsto. Não justifica a morte de operários – lamentável rotina de grande parte da nossa construção civil, e que quadruplicou em relação à África do Sul.

O fato de tudo ter corrido relativamente bem não justifica que as obras prometidas, planejadas e que consumiram dinheiro público não tenham ficado prontas. Quem prometeu foram os governos – e o prometido, como o combinado, não sai caro nem barato. Elas ficarão prontas um dia, claro – é o mínimo. Mas o atraso de algo que se supõe necessário ocorre em prejuízo do interesse público. Se não eram necessárias para evento desse porte, afinal, quando serão? Não terão sido superdimensionadas? Não teriam sido escolhidas as prioridades erradas? A grande Copa que foi realizada não elimina a necessidade de resposta a essas perguntas.

Não justifica gente removida de suas casas, sem diálogo, de modo truculento, açodado. E para obras que nem prontas ficaram.

Os aeroportos suportaram melhor que o previsto, mas não deram conta da demanda. Não houve caos porque não foram liberados voos que teriam público. Foi gasto dinheiro público justamente para atender esse segmento. Em Fortaleza, na semana que antecedeu o último jogo no Castelão, entre Brasil e Colômbia, era quase impossível conseguir voo. Turistas deixaram de ver a partida e jornalistas tiveram problemas para chegar e sair. Ou seja, era para haver mais voos, objetivo original das obras previstas lá atrás. O milionário e vexatório puxadinho foi um arremedo, não uma solução. E o contrato com a empresa responsável tem sido duramente questionado. Em outros lugares, aeroportos também permaneciam em reforma. Não houve caos aéreo, mas isso não é álibi para o atraso.

Nada disso se justifica pelos jogos extraordinários, históricos, pelo grande futebol de Müller, Messi, Robben ou David Luiz.

Tasso: Vamos lutar para salvar a autoestima, a honra e a dignidade do povo cearense

624 10

tasso eunício

Em seu primeiro dia de campanha ao Senado, durante agenda nos municípios de Pacatuba e Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, Tasso Jereissati (PSDB) afirmou que a sua postulação a senador tem o compromisso de “defender até o fim o Estado do Ceará e fazer muito mais do que está sendo feito por aí”. Na sua avaliação, “a autoestima do cearense está caindo, está muito baixa por várias coisas. A questão da segurança, por exemplo, é uma delas e afeta a todos. Não vejo nenhum local em que o cearense não esteja amedrontado, apavorado diante da ameaça à sua liberdade”.

Tasso afirmou que “vamos mudar, como em 1986, para melhor. Mudar para salvar a autoestima, a honra e a dignidade do povo cearense”.

Ao lado do candidato ao governo do Ceará, Eunício Oliveira(PMDB), e do vice Roberto Pessoa (PR), Tasso afirmou que “tem a certeza de que o Eunício representa o novo, representa uma mudança. Ele fará essa ruptura com o conservadorismo e se preocupará com a melhoria da qualidade de vida de todos os cearenses”. Durante a agenda, Tasso e Eunício conversaram com diversos grupos de jovens, que reclamaram, em especial, da falta de emprego e da insegurança no Estado.

Os méritos da derrota da seleção

Em artigo no O POVO deste sábado (12), o jornalista Luiz Henrique Campos comenta das reações do brasileiro com a goleada sofrida pela Alemanha. Confira:

A derrota vergonhosa da seleção brasileira de futebol para a Alemanha teve no mínimo alguns méritos interessantes. O primeiro é que conseguiu enterrar o fantasma de 1950, tirando das costas do ex-goleiro Barbosa o peso de anti-herói que perseguiu a ele e sua família por 64 anos. Com a goleada alemã passamos a dedicar a esta partida o posto de maior tragédia do futebol brasileiro de todos os tempos, deixando o goleiro da seleção na derrota contra o Uruguai no Maracanã, descansar em paz.

Outro mérito inegável foi a capacidade do brasileiro de lidar com a desgraça. Apesar da decepção, ainda no decorrer da partida contra a Alemanha, já era possível se ver nas redes sociais um monte de piadas sobre a derrota. Nos dias seguintes ao jogo, então, os comentários nas rodas eram muito mais no sentido de brincar com o resultado da partida, do que propriamente exalar uma revolta incontida. É claro que a desclassificação foi doída e muitos choraram, mas não se viu nenhum caso de violência, como se podia esperar em outros momentos.

Ressalte-se que o comportamento do brasileiro já vinha sendo destacado em relação a Copa, quando descartou, ao contrário do que se previa, os protestos violentos durante a realização do campeonato. O povo, nesse sentido, não só incentivou a seleção como curtiu ao seu modo os jogos do mundial, seja festejando nas ruas, ou exaltando o patriotismo dentro dos estádios. Mas esse mesmo torcedor sabia que nosso time era fraco e o tão almejado hexa ficava mais distante a cada jogo.

Por tudo isso, sou daqueles que descarto completamente a possibilidade de que o resultado da Copa para o Brasil possa vir a influenciar no resultado das eleições. Temos uma sociedade em transformação, e perderá discurso quem tentar tirar proveito do resultado negativo na Copa para outros fins. Nos últimos dias o brasileiro deu provas ao mundo da nossa capacidade de inovação e leitura dos fatos. Só quem não quer perceber são os que ainda se acham donos da verdade.

Rotary Fortaleza Iate tem novo presidente

rotary

O empresário musical Flávio Melo foi empossado na noite dessa sexta-feira (11), no La Maison Cidade, como presidente do Rotary Fortaleza Iate e da Represe (colegiado de presidentes do Rotary da Grande Fortaleza).

Empresários, políticos, educadores e outros representantes de categorias estiveram presentes na solenidade de posse, que foi animada pela banda Caribbean Kings, de propriedade do novo dirigente.

Entre os covidados para a posse estavam o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Waler Cavalcante, e o secretário de Turismo de Fortaleza (Setfor), o vereador licenciado Salmito Filho.

Em seu discurso, Salmito ressaltou as iniciativas do prefeito Roberto Cláudio na retomada de Fortaleza como um dos principais destinos turísticos do país.

(Foto: André Lima)

Comissão da Seca é desfeita para ‘afogar’ omissão do governo no combate à estiagem

Em artigo enviado ao Blog, o deputado estadual João Jaime (DEM) denuncia manobra na Assembleia Legislativa para não validação da Comissão de Acompanhamento das Ações Contra a Seca no Estado do Ceará, como forma de encobrir omissão do Governo no combate à estiagem. Confira:

Criada para acompanhar os problemas da estiagem nos municípios cearenses, a Comissão Especial da Seca que, vinha desempenhando seu papel ativamente perante as situações emergenciais aos efeitos da seca, foi simplesmente ignorada por nossa Casa Legislativa.

Há quatro meses estamos impossibilitados de trabalhar porque seus representantes, devidamente indicados por seus partidos, não foram publicados no Diário Oficial.

Em 18 de março, data que realizamos a última reunião do colegiado, ficou instituída a nova composição da Comissão de Acompanhamento das Ações Contra a Seca no Estado do Ceará. Sendo eleitos, por unanimidade, eu, deputado João Jaime (DEM), a presidente; Professor Pinheiro (PT) a vice-presidente e Wellington Landim (PROS) como relator. A nova comissão é fruto da Comissão Especial da Seca, que foi encerrada em dezembro.

Desde então, não houve nenhuma manifestação por parte da Assembleia para que a nova Comissão seja validada. Fomos simplesmente cassados, abolidos de nossos cargos, em total desrespeito à população que carece dessa representação. Simplesmente para não incomodar o Governo que pouco vem fazendo em combate à seca.

Respeito a posição dos colegas, tendo em vista que compõem a base aliada, mas torno público o que houve porque fomos impedidos de realizar um trabalho importante para atender os interesses do Executivo.

Brics and business

roberto macedo

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (12):

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, tendo ao lado o presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macedo, coordenará o Fórum Empresarial, encontro de negócios integrado à programação da VI Reunião de Cúpula dos Brics. O fórum terá inicio às 14 horas da segunda-feira (14), no Centro de Eventos, e congregará importantes grupos empresariais dos cinco países que formam os Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) como Suzlon Energy.

Os empresários discutirão setores como agronegócio, alimentos e bebidas, mineração, logística e máquinas e equipamentos. Os ministros Mauro Borges (Desenvolvimento, Indústria e Comércio) e Luís Alberto Figueiredo (Relações Exteriores) e Serguey Belyakov, vice-ministro de Desenvolvimento Econômico da Rússia, estão entre os vips desse fórum empresarial. A ordem é fechar parcerias.

Eunício passa o sábado no sul do Estado

O candidato pela coligação “Ceará de Todos” ao Governo do Estado, Eunício Oliveira (PMDB), centrou agenda neste sábado (12) no sul do Ceará. Eunício reunirá prefeitos, lideranças políticas e apoiadores da coligação das regiões do Cariri e Centro-Sul.

Às 14 horas, no Crato, Eunício avalia estratégias para a região, em encontro no Hotel Encosta de Serra. Às 19 horas, o peemedebista estará no Sítio Piauizinho, em Icó, para discutir com lideranças locais os principais anseios da população.

O último compromisso de campanha deste sábado será às 21 horas, na abertura de uma das festas mais tradicionais do Estado, o Forricó.

Eliane Novais inicia o dia no mercado São Sebastião

eliane mssebastião

Um dos cafés da manhã mais popularizados de Fortaleza, o mercado São Sebastião recebe na manhã deste sábado (12) a candidata do PSB ao Governo do Ceará, Eliane Novais. A candidata promete visitar todos os boxes, mas antes deverá saborear o café rico em variedades, desde o tradicional pãozinho com café à buchada.

À tarde, Eliane Novais reunirá a coordenação de campanha para planejamento, na sede do partido. À noite, em Pacajus, na Região Metropolitana, a candidata acompanha o Arraiá do Bangüê , no terminal rodoviário, a partir das 19 horas.

Camilo centra discurso na interiorização da Saúde

camilo santana

Para o candidato a governador pela Coligação “Para o Ceará seguir mudando”, Camilo Santana (PT), nunca um governo fez tanto pela Saúde no interior do Estado como a gestão Cid Gomes. Durante visita ao município de Iracema, nessa sexta-feira (11), Camilo assegurou que irá dar continuidade à política de atendimento no Interior.

“Nós vamos seguir com esta política. Nós temos responsabilidade com a população e com o projeto que eu, Izolda e Mauro Filho estamos representando. Então, se nós dissermos que vamos construir um hospital, o Ceará vai acreditar porque o governo de Cid Gomes já construiu dois, o terceiro está em conclusão e o quarto está sendo anunciado”, observou.

Carlomano aponta aliança como “o novo” para o Ceará

296 5

carlomano eunicio tasso

O deputado Carlomano Marques (PMDB) apontou a chapa majoritária encabeçada por Eunício Oliveira, como “o novo” para o Ceará. A declaração foi feita durante discurso, na noite dessa sexta-feira (11), em Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza. A chapa ainda possui Roberto Pessoa como vice e Tasso Jereissati ao Senado.

“Aqui está o novo”, apontou Carlomano, ao se referir a união de três lideranças no Estado em uma disputa contra o candidato apoiado pelo governador Cid Gomes, o petista Camilo Santana.

Há dois dias, o deputado se envolveu em uma polêmica, ao aceitar convite de Camilo Santana para um encontro político durante almoço em restaurante na Beira Mar.

(Foto: Divulgação)

Brasil terá mudanças na partida contra Holanda

O treinador da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, fará duas alterações em relação ao time que iniciou o jogo contra a Alemanha, na fase semifinal da Copa do Mundo. O objetivo, segundo o treinador, é dar oportunidade a atletas que jogaram pouco, mas ele também indicou que a estrutura tática da equipe deve mudar para enfrentar a Holanda, neste sábado (12), a partir das 17 horas, em Brasília.

“Vou mexer em uma ou duas posições daquele time que iniciou contra a Alemanha, até porque tem jogadores que jogaram pouco ou nem jogaram. Uma substituição vou fazer porque entendo que um jogador em determinada posição será bom”, disse o técnico. A volta do zagueiro e capitão Thiago Silva ao time, suspenso na última partida, é certa, mas o treinador não explicou se essa é uma das duas alterações previstas ou se haverá outras trocas na equipe que inicia o jogo.

Felipão também procurou mostrar que o time está motivado para a partida e que a seleção brasileira deve valorizar o terceiro lugar no Mundial.

(Agência Brasil)

Eunício e Tasso caminham por ruas de Pacatuba e trocam elogios mútuos

tasso e eunício

O candidato do PMDB ao Governo do Ceará, Eunício Oliveira, e o candidato do PSDB ao Senado, Tasso Jereissati, caminharam nesta sexta-feira (11) pelas ruas de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Como ex-governador do Estado, Tasso elogiou o perfil político de Eunício Oliveira, ao comentar projetos voltados para o cearense mais necessitado. Como senador da República, Eunício afirmou que Tasso faz falta ao Ceará como senador, diante da liderança e do respeito que possui, mesmo como oposição.

Comissão pode analisar relatório sobre terrenos de marinha na terça-feira

A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a regularização de áreas utilizadas por terceiros nos chamados terrenos de marinha (Projeto de Lei 5627/13) vai se reunir na terça-feira (15) para discutir e votar o parecer que será apresentado pelo relator, deputado José Chaves (PTB-PE). A apresentação do texto vem sendo adiada desde dezembro do ano passado.

Os terrenos de marinha são as áreas situadas na faixa de 33 metros de distância da maré alta, na costa brasileira, e também nas margens de rios e lagos. Eles estão entre os bens imóveis da União e, para ter o direito de ocupá-los, é preciso pagar anualmente o foro, de 0,6% do valor do terreno; a taxa anual de ocupação; e o laudêmio – valor que a União cobra nos casos de benfeitorias, transferências ou cessões de imóveis nesses terrenos.

Foram apresentadas 39 emendas ao projeto do Executivo, que tem o objetivo de tornar menos burocráticos e mais transparentes os processos de demarcação dessas áreas, facilitando a regularização das ocupações por meio do parcelamento e do perdão de dívidas patrimoniais acumuladas com a União.

(Agência Câmara Notícias)

Empresa nega que britânico tenha saído às pressas do Copacabana Palace

A empresa Match negou que o britânico Raymond Wheland tenha saído às pressas do Hotel Copacabana Palace, nessa quinta-feira (10), antes da chegada da polícia, que tinha ordem de prendê-lo. Embora as imagens do circuito interno do hotel mostrem o executivo e seu advogado, Fernando Fernandes, saindo por uma porta lateral, destinada aos funcionários, a empresa negou, por meio de nota divulgada nesta sexta-feira (11), que isso tenha ocorrido de forma apressada.

“As imagens do circuito interno do hotel distribuídas à mídia mostram que o senhor Whelan não saiu às pressas do hotel. A polícia chegou depois e, ao descobrir que Whelan não estava lá, simplesmente requereu que ele se apresentasse à 18ª Delegacia de Polícia”, escreveu a empresa, na nota distribuída pela assessoria de imprensa.

De acordo com a polícia, no entanto, o britânico deixou a televisão ligada, malas abertas e telefones celulares no quarto do hotel, saindo apenas com a roupa do corpo. Ele é procurado por ter relação com a venda irregular de ingressos para a Copa. Neste momento, Whelan é considerado foragido pela polícia brasileira, que tem contra ele um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça.

(Agência Brasil)

Titular da Sejus é nomeada para Conselho Nacional

marinanalobo

A secretária da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus), Mariana Lobo, assume na próxima quinta-feira (17), em Brasília, uma cadeira no Conselho Nacional de Política Penitenciária Criminal e Penitenciária (CNPCP).

O colegiado é órgão vinculado ao Ministério da Justiça, que define diretrizes e inova na elaboração de normas e práticas para a melhoria do sistema prisional e da Justiça criminal no Brasil.

A nomeação foi feita pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e tem duração de dois anos.

Corrida incentiva a prática de esportes para crianças

corrida indaiá

Com percursos que variam de 50 a 400 metros, a III Corrida PA Kids está com inscrições abertas, por meio do site www.pakids.com.br. A prova será realizada no dia 26 de julho, na pista de atletismo da Universidade de Fortaleza (Unifor), e reunirá competidores de 2 anos de idade a 12 anos. Para que as crianças não tenham problemas com a desidratação, a dará suporte hídrico aos competidores, além de incentivadora da corrida.

“Quando sentimos sede é sinal de que um processo de desidratação já teve início. Por isso, devemos ter o hábito de beber água sempre que possível”, assegura o médico Jomar Souza, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE).