Blog do Eliomar

Últimos posts

Deputado tucano endossa críticas de Ciro Gomes ao caso da refinaria do Ceará

joaojaimee

Do deputado estadual João Jaime (PSDB), eis comentário deixado neste Blog acerca da fala do ex-ministro Ciro Gomes afirmando que há cheiro de enrolação no que diz respeito ao projeto da refinaria de petróleo do Ceará. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Por varias vezes, denunciei, na tribuna da Assembleia Legislativa, e em artigos publicados no seu Blog, que a refinaria do Ceará era uma ENGANAÇAO. Fui acusado pelos que se usufruíam dela para tirar proveito eleitoral de ser contra o progresso do Estado.

Nunca a refinaria, sequer, esteve nos planos de investimento da Petrobras. O então presidente Lula, no seu último mês de governo, chegou a lançar a pedra fundamental sem que houvesse nada de concreto.

Agora, o ex-ministro Ciro está vendo que o PT do Lula e da DILMA enganou o Ceará esse tempo todo, ao chamar de “ENGANAÇAO a história da tal refinaria” . Disse o que o seu irmão como governador não pode dizer porque precisa das verbas federais.

E agora, o que faremos sabendo, oficialmente, que fomos enganados esse tempo todo? Por essas coisas é que o povo foi às ruas. Chega de papo furado! Chega de sermos enganados por um partido que só pensa em ganhar eleições!

* Deputado estadual

João Jaime.

Papa ensina: Conservar a esperança, deixar se surpreender por Deus e viver na alegria

367 1

papa francisco 130525

“Na primeira homília no Brasil, o Papa Francisco trouxe três mensagens aos milhares de fiéis que acompanham sua visita ao país. “Devemos seguir três simples posturas: conservar a esperança, deixar se surpreender por Deus e viver na alegria”, disse o pontífice que reza a missa em português. A leitura escolhida para a celebração foi a passagem em que Jesus faz o seu primeiro milagre, ao transformar água em vinho. A missa continua na Brasílica do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

O pontífice destacou que diante das dificuldades enfrentadas é preciso seguir confiante da presença de Deus. Ele ressaltou ainda o fascínio que “o dinheiro, o poder, o sucesso e o prazer” exercem na vida, especialmente dos mais jovens. “Nossos jovens não precisam de coisas, mas, sobretudo, de valores imateriais, que são a memória de um povo, o coração de um povo”, declarou. O papa falou ainda da força da juventude como motor para a sociedade e para a Igreja.

O santo padre citou a passagem lida no evangelho e a história de Nossa Senhora Aparecida para destacar a importância de se deixar surpreender por Deus. Ele recebeu como presente a imagem da santa, que é padroeira do Brasil, antes da celebração. “A história desse santuário serve de exemplo. Aqui, em um lugar de pesca infrutífera, todos os brasileiros podem se sentir filhos de uma mesma Mãe. Deus sempre surpreende, como vinho novo. Sempre nos reserva o melhor. Ele pede que nos surpreendamos pelo seu amor”, disse.

Por fim, papa Francisco falou sobre a alegria que devem emanar os cristãos. “Os cristãos nunca devem estar tristes. Deus nos acompanha e temos uma Mãe que sempre intercede pela vida dos seus filhos. Se estivermos verdadeiramente próximos de Cristo e sentirmos o quanto Ele nos ama, isso contagiará quem estiver do nosso lado”, declarou.”

(Agência Brasil)

Um Papa que prefere gestos aos discursos

81 1

Com o título “Pode entrar, Francisco. A casa é sua”, eis artigo de Sérgio Machado, diretor do Sistema Maior de Comunicação. Exalta a importância dessa visita para o Brasil e destaca a figura de um Papa simples, carismático e que prefere muito mais os gestos e exemplos aos discursos. Confira:

Ao pisar em solo brasileiro, o Papa, carregando sua própria bagagem, nos dá mais uma vez seu testemunho de humildade, reiterado a cada gesto desde a escolha de seu nome: Francisco, aquele que preferiu os pobres. Assim é Jorge, o menino argentino de classe média que escolheu trilhar o caminho da santidade buscando as coisas do alto.

Com uma sensibilidade tão humana que se enche de santidade, Jorge Mario Bergoglio – hoje Francisco- encontrou na sua terra madre as sementes de sua formação humana e, como não poderia deixar de ser, política. Como arcebispo, não se limitou às ações sacerdotais em si, fez questão de transcender os muros da igreja e adentrar a realidade social de sua gente, vivenciando suas angústias e semeando a fé e da compaixão ao longo do seu caminho.

A Igreja vem, ao longo dos últimos papados, revelando sua face humana ao mundo com suas virtudes e falhas. Expondo suas fraquezas, fortalecendo-se na fé, a Igreja, que teve João Paulo II com sua resignação cumprindo seu pontificado até o último dia de vida e Bento XVI surpreendendo o mundo com sua honestidade em reconhecer suas limitações e coragem em renunciar, agora tem um líder que, para nós da América Latina, especialmente, mais do que nunca nos acolhe e inspira.

Francisco não precisa de discursos elaborados para nos tocar. Como bem disse na chegada ao Brasil, para ter acesso ao nosso povo é preciso entrar pela porta de seu imenso coração. E, com sua face plácida, seu sorriso afável, Francisco não precisou sequer bater à porta, já estava dentro e nos fazia sentir alegria assim, sem motivo, com sua chegada.

Contemplar o olhar cheio de verdade de Francisco nos transmite paz em meio a um cenário áspero, num momento em que acordamos e temos sede de paz e justiça social. O povo brasileiro que saiu e continua saindo às ruas está cansado de ser oprimido, cansado de desigualdade, tem consciência de seu valor e exige mudança.

Francisco sabe disso e, com sua sensibilidade, se aproxima dos jovens, que trazem em si toda a energia e a vontade de mudança porque sabe que “Cristo ‘bota fé’ nos jovens e confia-lhes o futuro de sua própria causa”. Atento a isso o Pontífice sabe que a Igreja precisa dialogar com os jovens, assim como o país, através de seus poderes, precisa dialogar com as massas. É daí que surgem as soluções, é daí que surge a mudança.

A Igreja pode sim ser mais humana sem abrir mão de seus valores. Nós somos a Igreja. Fomos feitos à imagem e semelhança de Deus, Seu próprio fôlego foi conosco compartilhado. Logo, somos criaturas divinas e, juntos, formamos o que chamamos Igreja, em comunhão com Ele.

É sim, um novo tempo para a igreja. Um tempo de esperança, tolerância, acolhimento. É também um novo tempo para o País. Tempo de despertar, de crescer e de assumir o desafio de ser uma nação mais justa e solidária para todos os brasileiros. Como disse Francisco, “Desde a Amazônia até os pampas, dos sertões até o Pantanal, dos vilarejos até as metrópoles, ninguém se sinta excluído do afeto do Papa”. E ninguém se sinta excluído de seu País. Ninguém se sinta menor por não ter acesso a saúde, educação e moradia, dentre outras necessidades básicas.

O papa é pop, sim. E é também político, porque tem o dom da sensibilidade, de sentir o outro, de dialogar com as religiões, por entender que as mesmas não devem nos separar uns dos outros, mas aproximar a todos de Deus na compaixão, na tolerância e na prática do bem.

Deixemos a mensagem de Francisco adentrar o nosso coração e nos guiar em nossa jornada diária. Recebamos o Cristo que Francisco nos traz, esse presente que vale muito mais do que ouro e prata, e sejamos, como na oração de São Francisco, “instrumento da vossa paz”.

* Sérgio Machado,

Diretor Sistema Maior de Comunicação – Quixeramobim. 

Servidores da Infraero de Fortaleza podem aderir à paralisação nacional

jorgeluisinfraero

Representante do Sindicato dos Funcionários da Infraero no Ceará, Jorge Luís, confirma: dia 31 tem paralisação da categoria. 

Ele avisa que o pessoal que opera no Aeroporto Internacional Pinto Martins deve aderir ao movimento, de caráter nacional.

A categoria luta por 6,5% de reposição da inflação mais 9,3% de produtividade.

As primeiras lições do Papa Francisco no Brasil

Com o título “Francisco bota fé no povo”, eis artigo do jornalista Elio Gaspari. Ele destaca o primeiro dia da viagem do Papa ao Brasil e os episódios do Rio. Confira:

No primeiro dia de sua visita Francisco lavou a alma do Brasil. Engarrafado na Presidente Vargas, num carro com a janela aberta, acariciou uma criança. Era apenas um homem que não tem medo do povo. Percorreu a muy leal cidade de São Sebastião em cenas inesquecíveis. Seu percurso não foi demarcado pelos batalhões de choque, mas por cordões de jovens voluntários, com camisetas amarelas (oh, que saudades da cor das Diretas-Já).

Pouco depois, o papa estava no jardim do Palácio Guanabara, num cenário cavernoso, com o prédio protegido pelo Batalhão de Choque. Submeteram-no a um protocolo redundante, obrigando-o a apertar as mãos de pessoas que já havia cumprimentado na Base Aérea. Havia hierarcas que ganhavam beijinho da doutora Dilma e ai daqueles que saíram só com o aperto de mão. (Noves fora o ministro Joaquim Barbosa, que passou batido pela chefe do Poder Executivo. Ele não faria isso com o prefeito de Miami.) No Guanabara estava a turma do andar de cima. Nela havia gente que, tendo ouro e prata, anda protegida por seguranças pagos pela patuleia da Presidente Vargas.

Até o momento em que Francisco chegou ao Rio o país viveu o clima neurastênico, no qual confundia-se uma peregrinação da fé com uma operação militar que, avaliada pela sua própria pretensão, foi uma catedral de inépcia. Vinte e cinco mil homens da polícia e das Forças Armadas para proteger o papa. De quem? Num dos momentos mais ridículos já ocorridos em visitas do gênero, um soldado foi fotografado verificando o nível de radioatividade do quarto de Francisco em Aparecida. Os sábios da demofobia planejaram tudo e, como sucede a milhares de cariocas, o papa acabou engarrafado na Presidente Vargas. Evidentemente, a prefeitura responsabilizou a Polícia Federal, e a Polícia Federal responsabilizou a prefeitura, mas isso não é novidade. Para alegria de quem estava na avenida, deu tudo errado e eles puderam ver o papa de perto.

Todos os detalhes da neurastenia foram conscientes, da divulgação do aparato de segurança à exposição de temores com manifestações. Nenhuma das duas iniciativas eram necessárias. A exaltação da máquina policial é uma indiscrição, a menos que seu objetivo seja apenas causar temor. Os distúrbios ocorridos nas cercanias do Palácio Guanabara faziam parte do cotidiano do governador Sérgio Cabral, não da rotina de Francisco. Nesse sentido, a janela aberta do carro, o papamóvel com as laterais livres e o cordão dos voluntários vinham da agenda da igreja, botando fé no povo e nos jovens.

Num discurso impróprio, a doutora Dilma referiu-se às “mudanças que iniciamos há dez anos”. Louvava a década de pontificado petista diante de um pastor cujo mandato começou há 2013 anos. Não entenderam nada.

O Brasil é uma democracia que passa por momentos de tensão. O hierarcas de Brasília e do Rio celebraram a suposta eficácia de geringonças eletrônicas (com contratos milionários) e, inexplicavelmente, ecoaram a demofobia e os rituais dos comissários poloneses durante a visita de João Paulo 2º a Varsóvia, em 1979. Onde havia fé, viram jogos de poder. Perderam uma santa oportunidade de celebrar a fé dos peregrinos baixar as tensões que envenenam a política nacional.

Presidente do TJ-CE manda retomar obras dos viadutos

57 3

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Gerardo Brígido, acabou de suspender efeitos da liminar concedida pelo juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública, Chagas Barreto, acerca de obras de mobilidade da Prefeitura de Fortaleza.

O juiz havia mandado suspender as obras de construção dos dois viadutos no encontro das avenidas Engenheiro Santana Junior e Antonio Sales, alvo de polêmica entre Município e ambientalistas, justificando risco de grave lesão à ordem pública.

Analisando 2.169 páginas do processo, o presidente do TJ concluiu que “houve indevida interferência da atividade jurisdicional na atual política municipal de desenvolvimento da mobilidade urbana.” Observou ainda que era atribuição específica e privativa da administração.

Presidente do Sincaju faz campanha para divulgar o Fundo de Apoio à Cultura do Caju

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=_FR2z1JR7Rc&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A presidente Dilma Rousseff sancionou a criação do Fundo de Apoio à Cultura do Caju (Funcaju). A medida beneficiará principalmente os produtores do Ceará, Piauí Ri Grande do Norte, segundo o presidente do Sincaju do Ceará,engenheiro agrônomo Paulo de Tarso Meyer.

Paulo de Tarso iniciou trabalho para esclarecer produtores sobre a importância do Funcaju, que valerá a partir de 2014.

Ministro lança Programa de Modernização da Gestão Portuária

leonidascrstino

O secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, lançará nesta quarta-feira, em Brasília, o Programa de Modernização da Gestão Portuária. Juntamente com o Movimento Brasil Competitivo (MBC), apostando em desburocratização no setor.

A meta é fazer com que a gestão dos portos invista em informatização ainda mais e em novos padrões administrativos que promovam a competitividade. Tudo isso dentro dos R$ 50 bilhões que vão ser investidos na área, com previsão de parcerias com a iniciativa privada.

IBGE – Taxa de desempego em junho fica em 6%

“A taxa de desemprego em junho deste ano ficou em 6%. A taxa é ligeiramente superior às registradas em junho do ano passado (5,9%) e em maio deste ano (5,8%), segundo Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada hoje (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O contingente de trabalhadores desocupados ficou em 1,5 milhão de pessoas em junho, mantendo-se praticamente estável em relação a maio deste ano e a junho de 2012. A população ocupada, de 23 milhões, também manteve-se praticamente estável em relação aos dois meses.

O número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado foi praticamente o mesmo de maio: 11,5 milhões. Mas foi registrado um aumento de 3,2% em relação a junho do ano passado. Estabilidade em relação a maio também foi observado no rendimento médio real habitual do pessoal ocupado, que ficou em R$ 1.869,20 em junho deste ano. Em junho do passado, o rendimento médio havia sido R$ 1.854,13, ou seja, 0,8% menor.

A Pesquisa Mensal de Emprego (PME) é feita nas regiões metropolitanas do Recife, de Salvador, de Belo Horizonte, do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Porto Alegre.”

(Agência Brasil)

Henrique Alves tira do script apelos pró-redução de ministérios

henriquealvess

“Depois de defender publicamente o corte no número de ministérios de Dilma Rousseff (Saiba mais em: Mexe já), Henrique Eduardo Alves preferiu não tocar no assunto durante o voo da comitiva presidencial para o Rio de Janeiro.

A quem pergunta por que não aproveitar a oportunidade para levar o pleito à dona da caneta, Henrique Alves sai com essa:

– Preferi não falar nisso para não causar uma turbulência.

Claro, Henrique Alves não é louco: sabe exatamente como repercutiram suas declarações.”

(Coluna Radar – Veja Online)

TJ marca posse de novos desembargadores sem aguardar definição do nome da OAB

luiz-gerardo-brígido

Nada de esperar pela escolha do governador Cid Gomes sobre o nome oriundo de lista tríplice da OAB que ocupará vaga de desembargador aberta com a aposentadoria de Ernani Barreira. A lista, inclusive, com nomes de Gina Pompeu, Virgílio Maia e Paulo Airton, encontra-se há dias no Palácio da Abolição.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Gerardo Brígido, resolveu marcar para as 16 horas de sexta-feira próxima, no auditório do TJ, a solenidade de posse dos juízes Raimundo Nonato Silva Santos e Lizete Gadelha como desembargadores.

Derrotado por Lula em 2010, Tasso Jereissati poderá voltar em 2014

81 5

tasso jereissati

O ex-senador tucano Tasso Jereissati voltaria ao Senado, em 2014, conforme pesquisa Ibope, diz Ilimar Franco, no jornal O Globo. Ele tem 43% das intenções de voto, contra 19% do senador Inácio Arruda (PCdoB) e do trabalhista Heitor Ferrer. Para o governo, o senador Eunício Oliveira (PMDB) chega a 47%. O secretário Mauro Filho (PSB) tem 16% e o ministro Leônidas Cristino (PSB) 10%.

A derrota de Jereissati em 2010 foi uma promessa feita por Lula a si próprio, que tinha no cearense um dos seus maiores adversários e até inimigo pessoal, pelos ataques constantes que ele desfechava contra o ex-presidente da tribuna do Senado. A derrota abateu Jereissati, que até hoje não digeriu o episódio.

(Coluna do Ilimar Franco, do O Globo)

Ciro vê "cheiro de enrolada" no caso da refinaria de petróleo para o Ceará

120 2

cirogomess

 

“Eu tô sentindo cheiro de enrolada!”, afirmou, ontem, o ex-ministro Ciro Gomes (PSB) ao falar sobre o projeto da Refinaria Premium II, promessa do governo federal e um dos sonhos mais acalentados pelo cearense há décadas. Ciro fez tal colocação durante entrevista a rádios locais.

Foi até mais agudo: “Estão mentindo pra nós!”. Alertou ao cearense para que fique atento porque “Pernambuco já ganhou refinaria e é já que o Maranhão tem sua refinaria”, enquanto o Ceará corre o risco de não ter projeto. Ele não esmiuçou motivos. Disse que faz o alerta como cidadão.

Ciro ressalvou o governador Cid Gomes (PSB), seu irmão, que, na sua ótica, tem feito ação não somente política, mas também prática de busca até de parceiros no exterior para concretizar o projeto. “Se não sair essa refinaria, tem que dizer quem é o mentiroso!”, aconselhou o ex-ministro.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Ítalo e Reno lamentam morte de Dominguinhos

italoreno
Com o título “Forró está de luto”, a dupla cearense Ítalo e Reno assim se manifestou sobre a morte do cantor e compositor Dominguinhos:
O Brasil perde sua maior referência na música nordestina. Nós perdemos um mestre e amigo. Agradecemos a Deus por cada melodia feita pelo grande Dominguinhos. O céu está em festa.
Toca, toca sanfoneiro… Toca na vida da gente… O choro da sanfona todo Sertanejo sente…
(Facebook da dupla)

Ministro usou jatinho da FAB para levar família a Cuba durante o Carnaval

158 3

aldorebelo
“Boiou na lagoa mais uma viagem de ministro da Dilma em jatinho da FAB com a família, desta vez para Cuba, no carnaval. Foi o ministro Aldo Rebelo, dos Esportes, com sua mulher Rita, que é coordenadora na Secretaria da Mulher no distrito Federal e o filho estudante e estagiário de 21 anos, mais alguns aspones.

Nenhum dos dois representou o governo brasileiro na missão. Quando o ministério publicou nota sobre a viagem de Aldo, em fevereiro, o nome deles não constava na lista oficial da comitiva. O ministro justificou a viagem da mulher e filho como convidados do governo cubano. Foram no sábado de Carnaval e voltaram na quarta-feira de Cinzas, num jato Legacy da FAB com capacidade para 16 passageiros.

Em outras três viagens desse jaez “popular libertário”, por assim dizer, outros felizardos da alta burguesia da base lulopetista, o presidente do senado Renan Calheiros, o da Câmara Henrique Alves e o ministro da Previdência Garibaldi A lves devolveram o dinheiro que seria correspondente às viagens nos jatos da FAB, duas para jogos da Copa das confederações e uma para um casamento. O ministério do Esporte afirmou em nota que a mulher o filho do ministro Aldo não geraram despesas, porque foram hospedados às custas da pobre ditadura comunista dos irmãos Fidel e Raúl Castro.”

(Coluna Thomáz Magalhães)

VAMOS NÓS – Pois é, mais um comunista é flagrado com mordomia no Governo Dilma e na pasta dos Esportes. O primeiro a cair foi Orlando Silva, que chegou a comprar tapioca com cartão corporativo. Sem falar no escândalo as ONGs, que virou CPI no Congresso, com relatório do senador Inácio Arruda (PCdoB) mandando arquivar.

Tipificação de terrorismo como crime deve sair antes da Copa

A Comissão Mista de Consolidação das Leis, que reúne senadores e deputados federais sob o comando de Cândido Vaccarezza (PT-SP), iniciará agosto discutindo a regulamentação do direito de greve dos servidores públicos e a tipificação do crime de terrorismo. O objetivo da comissão é regulamentar a Constituição de 1988, consolidando leis que versam sobre o mesmo tema e tornar sem efeito artigos obsoletos da legislação. A tipificação do terrorismo tem como base texto do deputado Miro Teixeira (PDT-RJ), mas várias sugestões de parlamentares foram incorporadas ao projeto.

Essa comissão quer definir a tipificação antes da Copa do Mundo de 2014. Já o direito de greve do servidor público está pendente desde a aprovação da Constituição, com a apresentação de vários projetos de lei, que nunca foram aprovados. A ideia é montar o texto após discussões com representantes da sociedade e dos servidores, analisando todos os lados para evitar veto da presidente Dilma Rousseff.

Relator da comissão, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) afirma que os parlamentares têm muito trabalho pela frente, pois ainda devem ser regulamentados mais de 140 dispositivos, incluindo 25 que estão pendentes de regulamentação por leis complementares e outros 117 por leis ordinárias. Das mais de 180 mil normas levantadas pela Casa Civil da Presidência da República, incluindo leis, decretos-lei, postarias, decretos, resoluções e instruções normativas, muitas são conflitantes entre si e com a Constituição.”

(Agência Senado)

Fã de Dominguinos, Eduardo Campos decreta luto oficial pela morte do artista

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=sfoCMTOtvXQ[/youtube]

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), decretou luto oficial de três dias no Estado por causa da morte do cantor e compositor Dominguinhos na noite dessa terça-feira (23), em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas.

Em pronunciamento oficial, o socialista disse que era um dos admiradores do sanfoneiro.

Adeus, Dominguinhos. Sanfoneiro morre aos 72 anos em São Paulo

Operários paralisam obras da Construtora Fuijita Engenharia no Conjunto José Walter

Cerca de 400 operários das obra do Conjunto Cidade Jardim, do Programa Minha Casa, Minha Vida, no Conjunto José Walter, em Fortaleza, estão paralisadas nesta manhã de quarta-feira. Segundo a categoria, não há controle de jornada de trabalho, não há pagamento de hora extra e faltam condições de trabalho.

O Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil informa que a paralisação é por tempo indeterminado. A entidade, no entanto, aguarda negociação com a Construtora Fujita Engenharia.

Multidão aguarda o Papa em Aparecida

papa francisco 130525

“Milhares de pessoas passaram a noite sem dormir em Aparecida, no interior paulista, à espera do Papa Francisco que chega na manhã de hoje (24) à cidade para celebrar missa na Basílica do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, na segunda visita ao local, a primeira na condição de pontífice.

Às 4h30 não havia mais vaga nos estacionamentos. A entrada de carros e ônibus foi controlada para que a quantidade ficassem em pouco mais de 2 mil.

O movimento de romeiros começou a aumentar às 21h de ontem (23), quando já era muito grande o número de peregrinos na fila para pegar a senha de acesso ao interior da Basílica de Nossa Senhora Aparecida. A distribuição de senhas começou às 5h.

Mesmo sob o frio e a chuva que duraram toda a madrugada, fiéis de várias idades entre os quais muitos idosos permaneceram na fila. Alguns improvisaram barracas com plásticos outros vieram prevenidos com barracas de acampamento, capa de chuva, casacos, forros e até cobertores enrolados no corpo.

Além dos fiéis na fila, uma multidão já ocupa a praça em frente à Basílica para acompanhar a chegada do santo padre e a cerimônia por meio de telões. Pela programação oficial, o pontífice deveria chegar às 9h30, mas pode haver um atraso de meia hora em razão da mudança no esquema da viagem do Rio até Aparecida.

O santo padre viria de helicóptero, mas com o tempo chuvoso os organizadores decidiram usar um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) com desembarque previsto na cidade vizinha, em São José dos Campos, de onde o trajeto poderá ser finalizado de helicóptero ou de carro. Vai depender das condições do tempo.

A missa deve ser celebrada às 10h30 e, ao término, o papa Francisco irá até a Tribuna Bento XVI, que fica na parte de fora da Basílica, para dar a bênção aos devotos. Às 12h30, ele deixa o Santuário Nacional em direção ao Seminário Bom Jesus, percorrendo as ruas da cidade no papamóvel.

Às 15h30, ele retorna à Basílica de papamóvel, encerrando a visita por volta das 16h. Esta é a terceira visita de um papa a Aparecida. João Paulo II esteve neste local, em 1980 e Bento XVI, em 2007. Nesse mesmo ano, o cardeal Jorge Mário Bergoglio, hoje papa Francisco, participou em Aparecida da 5ª Conferência Episcopal Latino-Americana.”

(Agência Brasil)