Blog do Eliomar

Últimos posts

Governo do Ceará recebe doação de 30 mil toneladas de milho

gerardofontele

Trinta mil toneladas de milho serão doados ao Governo do estado do Ceará, nesta quinta-feira, 12, para atender os pequenos criadores rurais. A doação é da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e a assinatura do Termo de Doação será feita pelo secretário-executivo do Ministério da Agricultura (Mapa), José Gerardo Fontelles, e pelo governador, Cid Gomes, às 15 horas, no Porto do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza).

O produto foi adquirido em leilão realizado pela Conab no dia 6 de maio e entregue por navio no último domingo, 9. Conforme determinado pelo documento, o governo estadual fica responsável por ensacar e disponibilizar o milho aos produtores. De acordo com a Conab, o objetivo é atender todos os 76 municípios em situação de emergência. A primeira carga de 28 vagões e 9 caminhões de milho já foi toda negociada por meio de venda antecipada.

Segundo orientação da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) cearense, os produtores rurais devem procurar os escritórios da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) para informar a quantidade de milho que necessitam e fazer o pagamento do boleto. A distribuição do milho será feita de acordo com a demanda apresentada e apenas para aquele que estiver em dia com a vacinação do rebanho contra a febre aftosa.

Um narrador que não esconde a paixão clubística

598 4

juliosales

O radialista Júlio Sales, narrador esportivo de mão cheia da Rádio Assunção, está no Acre. Promete trazer toda a emoção do jogo do Fortaleza contra o Rio Branco, válido pela Série C, do Brasileirão, a partir das 20h30min.

Julinho, a quem conhecemos há cerca de 27 anos, continua feito vinho. E também muito transparente, em matéria de paixão clubística, até na forma de vestir.

Comércio – Vendas registram ligeira alta de 0,5% em abril

“O comércio varejista aumentou as vendas em 0,5% no mês de abril, na comparação com março deste ano, divulgou hoje (13) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE. Em março, as vendas não haviam variado e, em fevereiro, houve queda de 0,4%. Na comparação com abril do ano passado, as vendas subiram 1,6%. O acumulado de 2013 chega a 3% e, nos últimos 12 meses, o setor acumula alta de 6,4%.

Sete das dez atividades do comércio varejista pesquisadas pelo IBGE registraram alta nas vendas. Apesar disso, as vendas em alguns setores importantes caíram – hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,5%) e tecidos, vestuário e calçados (-0,5%). As maiores altas foram em artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (6,4%) e livros, jornais, revistas e papelaria (4,5%).

O setor que exerceu maior impacto foi o de móveis e eletrodomésticos, que subiu 9,2% em relação a abril do ano passado e 0,7% contra março. O comércio varejista ampliado, que inclui ainda as vendas de veículos, motos, partes e peças (0,4% ante março) e de materiais de construção (1,2%), cresceu 1,9% em abril, na comparação com março e 9,1% na comparação com abril do ano anterior.”

(Agência Brasil)

Jornalista Elza Ferreira lança livro nesta 6ª feira em Fortaleza

153 3

elzxaa

A jornalista Elza Ferreira vai lançar, às 19 horas desta sexta-feira, no Museu de Arte Contemporânea da UFC (MAUC), o livro “Comunicação Pública e Cidadania: Um estudo sobre a Campanha Cultura de Paz em Maracanaú”. Trata-se de sua dissertação de mestrado em Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará, com edição do Banco do Nordeste, pela Série “BNB Teses e Dissertações”.

Segundo Elza Ferreira, o livro conta um pouco dos caminhos que a comunicação da Prefeitura de Maracanaú trilhou para construir uma nova narrativa social, afastando o estigma de cidade violenta. A campanha Cultura de Paz foi implementada no ano de 2007. Para colher seus efeitos, a jornalista realizou pesquisa de campo com estudantes da rede pública municipal dimensionando a confiabilidade dos participantes na campanha, o nível de conhecimento, interação e suas expectativas quanto aos resultados no combate à violência.

VAMOS NÓS – Parabéns, Elzinha!

Depois do Terminal de Parangaba, motoristas paralisam agora Terminal do Siqueira

Os motoristas e cobradores paralisaram agora há pouco as atividades do Terminal de Passageiros do Siqueira. A ação faz parte da estratégia da categoria, em clima de campanha salarial. Motoristas e cobradores já paralisaram nesta quinta-feira, por duas horas, as garagens das empresas de ônibus Dragão do Mar e Maraponga e ainda suspendeu atividades, também por duas horas, no Terminal de Passageiros de Parangaba.

Esse tipo de movimento deve continuar até que o Sindiônbus volte à mesa de negociação, informam lideranças do Sintro. Motoristas e cobradores querem 15% de reajuste salarial, mais R$ 100,00 de cesta básica e plano de saúde, enquanto empresários do setor oferecem 8% de reajuste.

Copa das Confederações – Aeroporto ganha novo posto policial

postoaeroproto

Em clima de Copa das Confederações, o Aeroporto Internacional Pinto Martins está ganhando um novo posto policial, sob responsabilidade do 16º Distrito Policial. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do estado, terá, inclusive, delegado e policiais falando mais de um idioma.

O posto será entregue na próxima semana. O superintendente da Polícia Civil, Luís Carlos Dantas, já esteve inspecionando o local.

(Foto – Paulo MOska)

Grécia vive dia de protestos

“A Grécia vive hoje (13) um dia de greve geral, convocada pelas duas principais centrais sindicais dos setores público e privado, que deve paralisar os transportes ferroviários e fechar vários serviços no país. Os hospitais, por exemplo, funcionarão apenas para os atendimentos de emergência. O movimento é uma reação à decisão do governo de fechar as emissoras públicas de rádio e televisão, conhecidas pela sigla ERT.

O fechamento das emissoras, segundo as centrais sindicais, foi uma ordem dos credores da dívida pública do país. Os controladores de tráfego aéreo também deverão aderir ao movimento, paralisando as atividades por duas horas, enquanto os jornalistas estão em greve por tempo indeterminado. As emissoras deixaram de funcionar por volta da meia-noite de anteontem (11). Fundadas há 60 anos, as emissoras ERT eram sintonizadas também pela internet. Ontem (12) representantes de vários partidos pediram uma reunião com o governo na tentativa de suspender o encerramento das operações das emissoras.

O clima de tensão na Grécia é constante, com o agravamento dos efeitos da crise econômica internacional sobre o país. Na busca por atender às exigências dos credores, houve demissões de funcionários públicos, aumento de tarifas e impostos e cortes de serviços.”

(Agência Brasil com Agência Lusa)

"Fortaleza Apavorada" promoverá ato em frente ao Palácio da Abolição

96 2

apavoradas

O “Fortaleza Apavorada”, movimento que surgiu na Internet e ganhou força nas redes sociais, promoverá nesta quinta-eira, a partir das 17h30min, um ato cobrando do governo estadual mais segurança. A concentração ocorrerá em frente ao Palácio da Abolição.

Nesta semana, o governo do Estado divulgou nota considerando que respeita o movimento, mas alertando para a possibilidade de “infiltrados” tentarem criar um clima de confusão.

A torcida é para que todos façam suas cobranças, mas sem violência.

TCM fará inspeção para investigar redução de salário dos professores de Juazeiro

72 1

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) fará, na próxima semana, mais precisamente entre os dias 17 e 19, uma inspeção especial na Prefeitura de Juazeiro do Norte (Região do Cariri).

O objetivo, segundo o presidente do TCM, Francisco Aguiar, é verificar todos os aspectos, especialmente os que dizem respeito à legalidade, sobre as modificações no Plano de Cargos e Carreiras dos professores, o que foi aprovado pela Câmara Municipal, com base em proposta do Executivo.

Há denúncia de que essa modificação no PCC dos docentes poderá resultar em redução de até 40% nos salários a categoria.

 

 

Cinturão das Águas – Dilma vem endossar ordem de serviço da 1ª etapa do projeto

dillllma

Enquanto a estiagem não dá trégua, os governos do Ceará e Brasília tentam correr atrás do tempo perdido quando o assunto é aprender a se antecipar às secas.

No começo do próximo mês, em Missão Velha (Cariri), a presidente Dilma Rousseff (PT) e Cid Gomes (PSB) assinarão a ordem de serviço da 1ª etapa do Cinturão das Águas. Projeto que viabilizará a transposição do rio São Francisco para o Estado. O Cinturão, em sua primeira fase, está orçado em R$ 1,6 bilhão.

A solenidade estava marcada para a próxima sexta-feira, mas Dilma pediu outra data para que se fizesse presente. Para além do tempo de estiagem, vive-se também o tempo de campanha para reeleição presidencial.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Presidente da Adece confirma viagem de Cid para a Coreia de olho na refinaria

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=2d00f0DVRsc[/youtube]

O presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Adece), Roberto Smith, confirmou, nesta quinta-feira, que o governador Cid Gomes (PSB) vai mesmo para a Coreia em julho em busca de fechar parcerias para a futura refinaria de petróleo do Estado.

Roberto Smith ainda falou sobre novos empreendimentos que estão chegando ao Complexo Industrial do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza).

Sobre a ameça inflacionária e impactos na atração de investimentos, o presidente da Adece, Roberto Smith, disse que há certa oscilação em razão da crise mundial, mas a oposição estaria usando a questão para apostar no quanto pior melhor.

Em campaha salarial, motoristas e cobradores bloqueiam garagem de duas empresas

Motoristas e cobradores de ônibus bloquearam, das 4 às 6 horas desta quinta-feira, as garagens das empresas Maraponga e Dragão Mar. Em consequência disso, houve atraso na liberação dos ônibus, prejudicando usuários de várias linhas como Conjunto Ceará-Parangaba, Maraponga-Papicu e Grande Circular.

Essa ação integra a estratégia da campanha salarial dos motoristas e cobradores, que pressionam pela volta à mesa de negociações do Sindiônibus. A categoria reivindica 15% de reajuste salarial, enquanto os empresários de ônibus ofereceram 8%.

Ana Amélia questiona novo programa de crédito do governo

A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou a possibilidade de uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a compra de móveis e eletrodomésticos, conforme consta do programa Minha Casa Melhor, lançado nessa quarta-feira (12) pelo governo. A parlamentar alertou para o risco de endividamento e inadimplência das famílias no que classificou de “presente de grego” para os trabalhadores.

A parlamentar ressaltou que não é contra programas de estímulo e financiamento à economia e ao consumo, desde que não prejudiquem o FGTS, que pertence ao trabalhador.

– Eu não examino o mérito, louvável, mas me preocupa e muito o uso de dinheiro do trabalhador para um programa de governo, e o modo como essas operações de crédito serão feitas, especialmente no atual momento econômico do país, com sinais de inflação, diminuição do poder de compra do brasileiro e saída dos investimentos estrangeiros – afirmou.

Fazendo uma analogia, Ana Amélia disse que “o pacote do presente está bem bonito” e que dentro da caixa há boas intenções, mas ela indagou até que ponto o programa vai realmente beneficiar as famílias ou trazer ganhos reais para a economia, como geração de emprego, renda e mais investimentos.

– Isso preocupa porque o governo não está honrando sua contrapartida no programa Minha Casa, Minha Vida, e não repassa a parcela do Orçamento da União para ajudar a cobrir os subsídios feitos pelo FGTS – argumentou.

A senadora também criticou a cobrança de multa de 40%, mais taxa adicional de 10% ao FGTS, que é paga pelo empregador quando a demissão é sem justa causa.

(Agência Senado)

VIII Mostra de Cinema de Ouro Preto terá documentário cearense na programação

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=KgLG9UdzeLQ[/youtube]

O documentário “As Damas da liberdade”, dos cineastas cearenses Joe Pimentel e Célia Gurgel, vai estar em cartaz na VIII Mostra de Cinema de Ouro Preto (MG) neste sábado. élia Gurgel, professora aposentada da UFC, que fez a pesquisa para esse documentário, conversou com o Blog.

Deputados rejeitam projeto do Senado e mudança no FPE vai para o arquivo

Em sessão tumultuada, a Câmara dos Deputados não conseguiu votos suficientes para aprovar um texto que estabeleceria novas regras de distribuição dos recursos financeiros do Fundo de Participação dos Estados (FPE). Seriam necessários o mínimo de 257 votos favoráveis para a aprovação do texto, mas 218 votaram a favor e 115 contra. Com isso, o projeto vai ser arquivado.

A aprovação de novas regras para a distribuição do FPE é uma exigência do Supremo Tribunal Federal (STF), que ao julgar, em 2010, ação direta de inconstitucionalidade apresentada à Corte pelos governos do Rio Grande do Sul, de Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul. A ação questionava as regras de repasse do FPE, e o STF deu prazo até o fim do ano passado para o Congresso votar uma nova fórmula de repasse. Como não houve aprovação, o STF prorrogou o prazo até o próximo dia 23.

O presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e o líder do governo, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), tentaram, sem sucesso, convencer os deputados a aceitar o texto aprovado pelo Senado para evitar que a proposta tivesse que passar por nova votação pelos senadores.

No entanto, os deputados aprovaram a preferência para a votação de uma emenda em substituição ao texto do Senado. A emenda aumentava o teto da renda domiciliar per capita, a partir do qual haveria corte desse fator no cálculo dos coeficientes do FPE e também o limite inferior do fator representativo da população. A medida beneficiaria os estados da Região Sul, o Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, reduzindo os repasses aos estados do Nordeste.

Contudo, a emenda não alcançou os 257 votos necessários para aprovação. Com isso, foi retomada a votação do texto aprovado pelos senadores. Com as bancadas divididas, a proposta também não obteve os votos necessários para sua aprovação.

O presidente da Casa lamentou o impasse. “Mais uma vez uma briga de estados se configurou, de maneira radicalizada, emocional, e lamento profundamente. Foi uma noite melancólica. O dano à imagem desta Casa ficou”, disse.

(Agência Brasil)

No Juizado Especial de Caucaia, sorria… você está sendo filmado

“As audiências cíveis instrutórias do Juizado Especial Cível e Criminal de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, agora são filmadas. O procedimento começou a ser realizado nessa terça-feira (11/06). O objetivo é agilizar os procedimentos judiciais. Segundo a juíza titular da unidade judiciária, Teresa Germana Lopes de Azevedo, as audiências estão mais rápidas, possibilitando um número maior por dia. Antes, eram realizadas três. A expectativa é que agora sejam feitas cinco. A magistrada pode também proferir a sentença na mesma sessão.

A filmagem também facilita o trabalho dos advogados. A Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) desenvolveu um sistema que transforma o arquivo de vídeo para áudio (MP3) e anexa ao processo eletrônico. Assim, os profissionais podem ter acesso pela internet. Antes dos vídeos, os depoimentos das partes eram digitados. Agora, apenas o termo de abertura das audiências será digitado. No Juizado, as sessões criminais também são filmadas. O procedimento ocorre desde fevereiro de 2012.”

(Site do TJ/CE)

Economia está mal e culpa é do governo, acusa Agripino

72 1

A economia brasileira passa por um momento de grandes dificuldades, enfrentando inclusive uma fuga de capitais. O baixo crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e a queda na bolsa de valores são reflexos disso. E o principal responsável por tal situação é o governo federal. A avaliação é de um dos principais líderes da oposição no Congresso, o senador José Agripino (DEM-RN).

– Nos últimos 24 meses, o Brasil viveu um momento de excelentes condições para um crescimento exponencial, com juros baixos, câmbio favorável e financiamentos em condições favoráveis, mas o país cresceu a menos de 1% – assinalou ele nessa quarta-feira (12).

Entre os problemas apontados pelo senador está a estrutura administrativa do governo federal, “que é ineficiente, pesada e mastodôntica”. Ele ressaltou que “uma gestão é eficiente não quando o governante é eficiente, mas quando sua equipe é eficiente e os escalões intermediários, até lá embaixo, são formados por gente qualificada, por gente que é do ramo”.

– Mas o que se vê hoje são ministros do PT, PMDB e PR [partidos da base aliada], enquanto nos escalões intermediários é tudo nomeação política sem a devida qualificação – criticou.

Também prejudica a economia, segundo o senador, o fato de que o governo é “gastador”. Exemplo disso, sublinhou, foi a criação do 39º ministério: a Secretaria da Micro e Pequena Empresa. Tal postura, argumentou, explica por que o país tem uma das maiores cargas tributárias do mundo.

(Agência Senado)