Blog do Eliomar

Últimos posts

ANS divulga pesquisa sobre satisfação de usuários com planos de saúde

136 1

Pesquisa divulgada nesta quarta-feira (2) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) constatou que 72% dos usuários de planos de saúde, consultados no levantamento, disseram-se “satisfeitos” ou “muito satisfeitos” com o plano contratado. Auditados pela ANS, os dados foram coletados por telefone pelas próprias operadoras, no período de agosto a novembro de 2012. No total, 89 operadoras de médio e grande porte concluíram a pesquisa e tiveram os resultados apresentados.

A maior avaliação foi em relação ao atendimento prestado pelas clínicas e hospitais credenciados. Entre as pessoas consultadas, 73,44% manifestaram-se positivamente sobre os serviços oferecidos e 15,33% reclamaram do tempo de espera para autorização de procedimentos, sendo o maior índice de insatisfação da pesquisa.

A pesquisa também abordou a relação custo-benefício da operadora, as opções de atendimento (rede credenciada), a qualidade dos serviços, prazos para autorização de procedimentos, a facilidade de comunicação com a operadora, além de uma avaliação geral do plano, item que obteve 1,99% de satisfação.

O levantamento consultou 67.322 pessoas em todo o país, com idade igual ou superior a 18 anos. O número representa 25% do total do público consumidor de planos de saúde. A pesquisa, voltada para operadoras de médio e grande porte, foi coordenada pela ANS e facultou às empresas a decisão de participar ou não.

Das 419 operadoras aptas a participar, 256 aderiram à pesquisa e 89 cumpriram todos os requisitos exigidos pela agência, como entrevistar o número mínimo de pessoas e seguir a metodologia definida pela autarquia. Para 2014, a ANS vai tornar obrigatória a participação de empresas com 100 mil beneficiários ou mais.

(Agência Brasil)

Minirreforma eleitoral sofre novo adiamento na Câmara

O Plenário da Câmara dos Deputados  encerrou a sessão desta quarta-feira (2) sem votar o projeto da minirreforma eleitoral (PL 6397/13), de autoria do senador Romero Jucá (PMDB-RR). A matéria está sofrendo a obstrução do PT, PSB, PDT, PTB, PSOL e PCdoB, segundo a Agência Câmara.

O líder do PMDB, deputado Eduardo Cunha (RJ), defende a votação do projeto na próxima semana, acreditando que nem todos os pontos do texto precisarão estar em vigor um ano antes das eleições de 2014 para já valerem. Na próxima semana, entretanto, a pauta da Câmara estará trancada pela Medida Provisória (MP) 621/2013, que cria o programa Mais Médicos.

Diante da obstrução desses partidos à minirreforma, Eduardo Cunha (RJ) prometeu responder na mesma moeda e obstruir a votação da MP do Mais Médicos, também segundo a Agência Câmara.

– O PMDB entende que essa matéria não se esgotará na semana que vem, e não votaremos qualquer outra matéria se o projeto não for analisado. Isso inclui a possibilidade de obstrução à MP do Mais Médicos – disse Cunha segundo a mesma Agência Câmara.

A obstrução acrescenta mais um ingrediente de incerteza em relação à possibilidade de a matéria ser votada na Câmara, voltar ao Senado, onde se originou, para então, se aprovada, seguir à sanção da presidente Dilma Rousseff a tempo de valer para as eleições do ano que vem.

A proposta também altera regras do Fundo Partidário, diminuindo os repasses para as fundações ligadas aos partidos; e impede a aplicação, no segundo semestre do ano eleitoral, da pena de suspensão das cotas do Fundo imposta a quem teve as contas de campanha rejeitas. O poder de auditoria da Justiça Eleitoral estaria limitado ao exame dos documentos e à aferição da origem das receitas e comprovação dos gastos.

A principal divergência com relação ao projeto (PL 6397/2013 na Câmara ou PLS 441/2012 no Senado) é a autorização para que empresários que exploram serviços públicos façam doações para candidatos.

(Agência Senado)

PDT pede anulação do registro do partido Solidariedade

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) entrou com mandado de segurança no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para anular o registro do Solidariedade, partido fundado pelo deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical. O registro do Solidariedade foi concedido no dia 24 de setembro.

Na petição, os advogados do PDT alegam que houve irregularidades na coleta de assinaturas de apoiadores do Solidariedade, como assinaturas de eleitores que apoiaram a criação de outro partido e certidões com indícios de fraudes. O PDT pede também que sejam considerados apoiamentos validados pelos tribunais regionais eleitorais, não só pelos cartórios eleitorais.

O partido alega ainda que está sendo prejudicado pelo Solidariedade, porque o deputado Paulo Pereira da Silva, ex-pedetista, está “arregimentando parlamentares federais e estaduais” para ingressar na nova legenda. “Tem-se não apenas uma ameaça de que o PDT será afetado pela migração de parlamentares de suas bancadas nos diversos entes federativos, mas a sinalização concreta de que irá ver reduzido o seu tempo de televisão na propaganda eleitoral do próximo pleito, bem assim o aporte do fundo partidário”, dizem os advogados.

Em nota à imprensa, Paulinho diz que a ação do PDT é um “ato de claro de desespero” e que o TSE reconheceu que a criação do Solidariedade é legítima.

“Com o processo judicial, a intenção do PDT é criar um factoide para desestimular os parlamentares que pretendem migrar para a nova legenda no período permitido pela legislação eleitoral, que se encerra no sábado, dia 5 de outubro”, afirma o deputado. Na nota, ele ressalta ainda que TSE reconheceu a legitimidade do Solidariedade, “desde seu nascimento”.

(Agência Brasil)

Policiais civis reclamam suspensão do vale-alimentação

175 2

O Sindicato dos Policiais Civis do Ceará – SINPOCI/CE – entrou com um pedido, junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), para apurar o descumprimento de uma determinação de competência da Superintendência da Polícia Civil do Ceará. Desde outubro do ano passado, os policiais civis não estão recebendo o auxílio alimentação.

Uma lei de 2003, regulamentada no ano seguinte, concede o benefício aos policiais civis de carreira da Superintendência da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A determinação indica que eles devem receber os vales sempre que forem escalados para os plantões em uma destas duas unidades. O que não vem acontecendo.

A desculpa do Departamento Financeiro da Polícia Civil do Ceará para o descumprimento é que o Governo do Estado não repassou dinheiro suficiente para o pagamento dos vales. “A alimentação do servidor público é um dever do estado. O não cumprimento da lei pode causar embaraços no que tange a ética, a imagem e a própria legalidade dos atos dos policiais civis”, afirmou o presidente do SINPOCI/CE, Gustavo Simplício.

Um dado contraditório é o gasto elevado, em 2012, de R$ 1.699.200,00 (um milhão seiscentos e noventa e nove mil e duzentos reais) com a compra de quentinhas para detentos em delegacias de Fortaleza e Região Metropolitana, com dinheiro da Polícia Civil. No ofício, o sindicato não se posiciona contra a alimentação dos presos, mas defende que este dinheiro deve sair da SEJUS e não da Polícia Civil. Pede ainda o vale alimentação dos policiais que, por lei, tem o direito de receber.

(Sinpoci-CE)

Eunício Oliveira mantém mesma cota de cargos na gestão Cid Gomes

aloisiocarvalho

O senador Eunício Oliveira conseguiu manter a cota de cargos que detinha na administração do governador Cid Gomes pós-mudança no secretariado. Aloísio Carvalho, que era secretário-executivo da pasta da Segurança Pública e Defesa Social, passará a responder pela função de secretário-executivo na Secretaria dos Esportes (Sesporte). Ele, inclusive, já assumiu, nesta semana, as tarefas.

Além da permanência de Aloísio Carvalho na Sesporte, o PMDB de Eunício Oliveira mantém a presidência do CONPAM com Bruno Menezes e a Secretaria de Recursos Hídricos, que tem como titular César Pinheiro.

Cid, pelo visto, não quer antecipações ou discussões políticos para o momento. Ele sabe que Eunício sonha em disputar o Governo, mas vem evitando, com todo tipo de gesto, antecipar o processo. Resta saber se igual estratégia até Eunício até abril do próximo ano, quando começam as desincompatibilizações.

Comissão do Senado rejeita emenda do voto facultativo

“Depois de debate que dividiu os senadores, a proposta de emenda à Constituição (PEC 55/12) que torna o voto facultativo foi derrotada nesta quarta-feira (2) por 16 a 6 na Comissão de Constituição e Justiça no Senado. O relator, senador Pedro Taques (PDT-MT), lembrou que o voto facultativo é mais um direito subjetivo do cidadão do que um dever cívico e, para ser pleno, esse direito inclui a liberdade de que ele possa se abster de votar, sem sofrer qualquer sanção do Estado. “A ideia de que o brasileiro não está preparado para votar é diminuir a importância do cidadão”, disse Taques.

Apesar da derrota, o relator não deu a discussão por encerrada. Com base em uma previsão constitucional, caso ele reúna um décimo, ou seja, nove assinaturas de senadores, a discussão será levada ao plenário. As assinaturas estão sendo recolhidas. Para a senadora Ana Rita (PT-ES), contrária ao voto facultativo, esta é uma questão cultural. “A democracia brasileira está em processo de construção. Os cidadãos brasileiros não tem a plena consciência do que significa o voto na hora de escolher os seus representantes. Eu penso que o voto facultativo precisa ser pensado, mas mais à frente. É uma questão cultural, até porque nós temos uma democracia muito jovem”, justificou.

O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) argumentou que o fim do voto obrigatório contribuiria para a elitização da política brasileira.”

(Agência Brasil)

Fortaleza terá Marcha Pela Vida e Contra o Aborto

179 1

falcaoo

Os cantores Elba Ramalho, Falcão e Chico Pessoa darão coletiva nesta quarta-feira, às 19 horas, na Livraria Cultura. Eles vão divulgar a Marcha Pela vida e Contra o Aborto, que ocorrerá domingo próximo, com concentração às 16 horas, no aterro da Praia de Iracema. 

A Marcha Pela Vida e Contra o Aborto é organizada pelo Movimento Brasil Contra o Aborto que, no Ceará, é coordenado pelo empresário Luís Eduardo Girão (ONG Estação da Luz). O tema deste ano é a Lei do Nascituro, em tramitação no Congresso.

Cruz Vermelha na Bienal Internacional de Dança do Ceará

A Cruz Vermelha Brasileira, regional do Ceará, em parceria com a Bienal Internacional de Dança do Ceará, estará arrecadando donativos na 9ª edição do evento, que acontecerá  em Fortaleza, de 18 a 27 deste mês. Durante a Bienal, a Cruz Vermelha estará com voluntários fazendo a arrecadação e prestando esclarecimentos ao público sobre o seu papel como Instituição de Ajuda Humanitária.

Os donativos (alimentos não perecíveis e água potável) serão destinados aos municípios cearenses mais afetados pela maior seca dos últimos 40 anos. Esses municípios serão escolhidos mediante avaliação e dados técnicos realizados pela Cruz Vermelha e Defesa Civil do Estado do Ceará. 

Com toda a programação gratuita, entre espetáculos, performances, oficinas, palestras, coproduções, entre outras atividades, a 9ª edição da Bienal acontecerá em Fortaleza (18 a 27.10), Sobral (18 a 20.10), Paracuru (25 e 26.10), Juazeiro do Norte (30.10 a 01.11), Crato (31.10 a 02.11), Itapipoca (01 a 03.11), Tabuleiro do Norte (01 e 02.11) e Juá/ Irauçuba (04 a 06.11), devendo alcançar um público de 50 mil pessoas. A Bienal Internacional de Dança do Ceará tem o patrocínio da Petrobras e da Caixa Econômica Federal.

SERVIÇO

* Confira toda a programação em www.bienaldedanca.com

Pimentel presidirá Subcomissão Permanente sobre Obras de Preparação para a Seca

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ): senador José Pimentel (PT-CE) durante discussão sobre propostas relativas à reforma política

O senador José Pimentel (PT) assumiu, nesta quarta-feira, em Brasília, a presidência da Subcomissão Permanente sobre Obras de Preparação para a Seca. O colegiado, segundo a assessoria de imprensa do parlamentar, tem o objetivo de propor políticas e estabelecer as condições necessárias para a execução de obras que permitam o desenvolvimento econômico do Nordeste, superando os efeitos da seca que atinge a região.

Pimentel, em conversa com a imprensa, informou que a subcomissão terá papel fundamental no enfrentamento da estiagem e apontou questões prioritárias que deverão ser acompanhadas. “Na área do DNOCS, temos mais de 300 mil hectares de terra já desapropriados, canais feitos e hoje subutilizados. Poderíamos ter ali uma ação dirigida para recuperação desses perímetros, devolvendo a sua produtividade”, disse.

O senador destacou ainda a necessidade de um acompanhamento contínuo das leis criadas para amenizar os efeitos da seca. Pimentel citou como exemplo a Medida Provisória 618, já aprovada pelo Congresso Nacional e que aguarda sanção da presidenta da República. A MP garante para os agricultores do semiárido nordestino direito a renegociação de suas dívidas em melhores condições. Outra questão gravíssima, segundo Pimentel, é o custo da energia para os perímetros irrigados. “Temos um conjunto de adutoras, de canais sendo construídos, mas o custo da energia ainda é muito alto”, disse.

Grupo Cecomil fecha parceria com a HP Planet

A partir do próximo domingo, a Cecomil Mega Store, as lojas das avenidas Washington Soares e Bezerra de Menezes e as filiais de Sobral e Maracanaú estarão disponibilizando pontos de recolhimento de cartuchos de impressoras HP, os chamados ecobins. A iniciativa faz parte do Programa Cecomil Sustentável.

O Grupo Cecomil fechou parceria com o programa HP Planet Partners para o desenvolvimento de programa de reciclagem de cartuchos, dentro do objetivo de reduzir o impacto ambiental desses produtos. A ordem é fazer o alinhamento com a nova Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Para ampliar o debate sobre esse programa de reciclagem, Márcio Furrier, Gerente de Desenvolvimento de Negócios da HP Brasil e responsável pelo programa HP Planet Partners, estará dia 8 próximo em Fortaleza. A HP fornece soluções de reciclagem em mais de 50 países do mundo.

 

Oposição na Assembleia ganhará reforço do Dr. Guimarães

guimaeraaa

Nesta quinta-feira, assumirá cadeira na Assembleia Legislativa o Dr. Guimarães. Ele foi candidato a prefeito de Sobral pelo Partido Verde. Ficou em segundo, perdendo para Clodoveu Arruda (PT), que tinha o apoio de Cid, Ciro e Leônidas Cristino. “Veveu” obteve 50% dos votos válidos e Dr. Guimarães ficou com 42% dos votos válidos.

Dr. Guimarães vai entrar no lugar de Roberto Mesquita, que tirou licença para tratamento de saúde.

Quem está vibrando com a chega do ecologista é Heitor Férrer (PDT). Dr. Guimarães bate duro nos Ferreira Gomes e trabalha para ver o seu PV em oposição ao governo estadual em 2014.

PEN do Ceará começa a dar frutos eleitorais

coronelamarilio

Festa de filiação não é algo exclusivo só de partido grande ou de partido pequeno que vira bicho grande.

O Partido Ecológico Nacional (PEN), no Ceará, sob comando de Samuel Braga, ex-vereador de Fortaleza, está ganhando três adesões de peso regional principalmente e com boas perspectivas de voto ano que vem.

São eles: Carlos Macedo, ex-prefeito de Aurora (Região do Cariri); Coronel Amarílio Melo, suplente de deputado estadual pelo PSB e com atuação na Região Metropolitana de Fortaleza, destacando-se Caucaia; e o Pastor Neto Nunes, que foi candidato a prefeito de Fortaleza em 2008.

Por falar em eleições, o coronel Amarílio Melo continua brigando em Brasília, junto ao Tribunal Superior Eleitoral, pela vaga ocupada, na Assembleia Legislativa, por Danniel Oliveira. Ele diz que está otimista. Como primeiro suplente pelo PSB, teria o direito de ocupar a vaga aberta com a renúncia do hoje prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio.

Danniel jura que a vaga é sua. Amarílio afirma não se encabular nessa peleja jurídica, mesmo sabendo que o “moço” é sobrinho do senador Eunício Oliveira (PMDB).

Governador tucano diz que Eduardo e Aécio já estão acertados para o segundo turno

86 1

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), fez uma brincadeira sobre a relação dos tucanos com o socialista Eduardo Campos, durante palestra no grupo LIDE Pernambuco, na última segunda-feira, em evento no JCPM. Ele falava que, nas próximas eleições, os eleitores não vão querer saber de candidatos falando mal dos outros. “As pessoas querem soluções, querem saber quem vai trabalhar para valer”, disse, lançando o nome dos dois presidenciáveis na apresentação.

“A gente no segundo turno já está acertado”, falou, em tom de brincadeira, diante da afinidade de discurso com o governador local. “(Com Eduardo) não precisa ser explicitado. É uma aliança tática”, esclareceu em outro momento.  “Já cansei de ser oposição”, acrescentou, mais uma vez em tom de brincadeira.

Na fala, Perillo fez várias observações críticas ao governo federal e defendeu a necessidade de um pacto federativo, como Eduardo vem fazendo. “Não se falou em reforma tributária. Só se está mirando na reforma do ICMS. a União fica com 72% das verbas nacionais, passa 14% para os estados e 14% para os municípios. Só que as demandas batem em nossas portas”, comparou.

(JC Online)

Passagens de ônibus interestaduais sobem quase 7%

“As tarifas de ônibus interestaduais e internacionais com percurso superior a 75 quilômetros – as chamadas linhas de longa distância – serão reajustadas em 6,9% a partir de amanhã (3). A autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi publicada na edição de hoje (2) do Diário Oficial da União.

Pela resolução, o reajuste não se aplica ao transporte rodoviário interestadual e internacional com percurso inferior a 75 quilômetros – os chamados transportes rodoviários semiurbanos. Para essa categoria, o reajuste “será determinado em ato específico”. A autorização para o aumento ocorreu em razão da necessidade de se manter o equilíbrio econômico-financeiro das empresas responsáveis pelo transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros.

Em nota publicada na internet, a ANTT explica que o coeficiente tarifário é calculado com base no índice de reajuste do óleo diesel, do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e ressalta que sobre o valor incidem impostos e tarifas de pedágio cobradas em rodovias em regime de concessão.”

(Agência Brasil)

Os pastores e uma messe eleitoral grande a ceifar

evangelicos-300x151

A Igreja Mundial de Valdemiro Santiago lançará dois candidatos no Rio de Janeiro em 2014 – Francisco Floriano e o filho Mateus Floriano.

R.R. Soares lançará o filho Marcos Soares novamente – a deputado federal ou estadual.

Silas Malafaia filiou o pastor Sóstenes Cavalcante ao PSD, que já tem Samuel Malafaia como deputado estadual.”

(Coluna Radar – Veja Online)

BNB fecha parceria com Sebrae para ampliar apoio às micro e pequenas empresas

O Sebrae do Ceará e o Banco do Nordeste vão firmar, às 19 horas desta quarta-feira, um protocolo de intenções, com o objetivo de estabelecer ações comuns ao BNB e Sebrae voltadas para o desenvolvimento da competitividade das microempresas e empresas de pequeno porte, através da ampliação do acesso ao crédito e da capacitação técnica e gerencial dessas empresas.

Esse protocolo de intenções será firmado durante a solenidade de abertura do XVII Encontro Internacional de Negócios do Nordeste, que acontece no Palácio da Microempresa (Praia de Iracema). Através desse acordo, haverá expectativa de ampliação do acesso ao credito, serviços financeiros, capacitação técnica e gerencial para as micro e pequenas empresas bem como promovendo um intercâmbio de informações de mercado e segmentação de competitividade no mercado interno e externo.

DETALHE – Pelo acordo, serão beneficiadas microempresas e empresas de pequeno porte, pessoas jurídicas com faturamento até R$ 3,6 milhões.

(Com BNB)

Sindiônibus promove seminário sobre transporte coletivo

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=KghzkmjbwvQ&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Nem tudo é só chororô pelas bandas do Sindiônibus em se tratando de reajuste da passagem dos ônibus de Fortaleza. A entidade, segundo seu presidente, Dimas Barreira, vai promover, na próxima sexta-feira, um seminário sobre transporte coletivo.

O encontro ocorrerá, a partir das 8h30min, no auditório do Sest/Senat. Dimas Barreira dá os detalhes.