Blog do Eliomar

Últimos posts

Por falar em Mais Médicos, o ministro Mercadante quer médico feito missionário jesuíta?

122 1

Com o título “Educação médica mercadejante”, eis artigo do professor, médico, escritor e economista Marcelo Gurgel. Ele bate na tecla do programa Mais Médicos, sem poupar críticas ao ministro da Educação, Aloízio Mercadante. Diz por exemplo: “Pelo visto, o sr. Mercadante, que não teve lá muita pressa para se qualificar, quer que os médicos sejam como jesuítas, com longo período de formação, além do dever da obediência aos superiores da ordem, e fiquem engajados no trabalho missionário do SUS, quiçá observando votos de castidade e de pobreza.” Confira:

O sr. ministro da Educação, Aloízio Mercadante Oliva, na ausência de outros feitos importantes de sua pasta, tem buscado espaços em diferentes searas políticas, talvez no intuito de se tornar uma eminência parda do governo Dilma.

No auge da refrega envolvendo o Ministério da Saúde e os médicos e suas entidades, o sr. Aloízio Mercadante entranhou uma cunha no programa do Governo Federal “Mais Médicos”, que, equivocadamente, impunha dois anos adicionais na formação médica, passando a duração do curso para oito anos.

O educador Mercadante, por certo, é um cidadão muito estudioso e deve apreciar que as pessoas permaneçam, por longos anos, vinculadas às instituições de ensino superior, a julgar por seu próprio exemplo, pois levou quase 13 anos (1977-1989) para concluir o mestrado e cerca de 16 anos (1995-2010), para obtenção do doutorado, ambos títulos em Ciência Econômica concedidos pela Unicamp, consoante pode ser visto em seu currículo Lattes.

Para alguns educadores, períodos tão alargados de inserção escolar podem ser entendidos como inépcia e baixo rendimento acadêmicos, redundando em jubilamento institucional do pós-graduando, com sérios prejuízos à avaliação do programa de pós-graduação, perpetrado pela Capes. Para outros experts, um tempo estendido pode significar um maior grau de amadurecimento científico, resultando em um pesquisador de base sólida e proficiente.

Perfil de pesquisador não é o caso do professor Mercadante, pois, em 36 anos de vida profissional, publicou (ou organizou) dez livros e teve 13 capítulos de livros publicados, mas não registra um só artigo científico sob a sua autoria; como reflexo de sua intensa atividade política, há 276 textos em jornais de notícias/revistas, produtos considerados de divulgação pública, porém sem os créditos científicos reconhecidos pela academia.

No mercado de trabalho desde quando se graduou em Economia pela USP, em 1976, esse reputado político mercadejou sua força laboral junto a várias entidades, tendo ingressado no magistério superior na PUC de São Paulo, em 1978, e na Unicamp, em 1988, sem qualquer pós-graduação.

Pelo visto, o sr. Mercadante, que não teve lá muita pressa para se qualificar, quer que os médicos sejam como jesuítas, com longo período de formação, além do dever da obediência aos superiores da ordem, e fiquem engajados no trabalho missionário do SUS, quiçá observando votos de castidade e de pobreza.

*Marcelo Gurgel Carlos da Silva

marcelo.gurgel@uece.br
Médico e economista. 

Professor brasileiro radicado em Israel falará sobre Comunicação em Fortaleza

dovshinar

O professor brasileiro Dov Shinar, um dos maiores especialistas israelenses na área de Comunicação, fará palestra na Faculdade 7 de Setembro (FA7), no evento “Jornalismo em Contexto”. Será nesta quinta-feira, às 19 horas, no auditório do segundo andar da Instituição

Dov Shinar, PhD em Comunicação pela Universidade Hebraica de Jerusalém, nasceu em São Paulo e imigrou para Israel nos anos 50. Ele vem ao Brasil atendendo a um convite da Confederação Israelita do Brasil (Conib) e da Associação dos Amigos da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Na pauta dessa palestra, os acordos de paz entre árabes e israelenses e como a mídia israelense e mundial apresentou a questão ao longo dos anos.

Palavra "ética" é retirada de novo código de conduta dos senadores

127 3

tassojj

Com hábitos e costumes criticados pelas manifestações populares recentes, o Senado discretamente decidiu retirar da proposta do novo regimento interno da Casa a sugestão para que os senadores sejam obrigados a se comprometer a agir com ética “na atividade política” e como cidadãos. O compromisso seria assumido em juramento no ato da posse, mas foi rejeitada pelo relator das mudanças no regimento, senador Lobão Filho (PMDB-MA).

Em 2009, o então senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) relatou a primeira tentativa de alterar as regras da Casa. O relatório do tucano acatou a sugestão do então senador José Nery (PSOL-PA) para incluir no texto do juramento da posse o compromisso dos senadores com a ética. Na proposta de Jereissati, o juramento incluía o compromisso de desempenhar o mandato de forma “honesta” e “sempre na defesa intransigente da ética na atividade política e como cidadão”. O tucano, contudo, deixou o Senado sem que o relatório fosse votado. O texto atual diz apenas: “Prometo (…) desempenhar fiel e lealmente o mandato de senador”.

No novo relatório, Lobão Filho também excluiu do documento a obrigação para que os parlamentares apresentem, quando empossados, declaração de bens de seus parentes até o segundo grau. A medida evitava os chamados “parentes laranjas” de parlamentares que transferem a nome de familiares parte de seu patrimônio.

“Não há como o senador obrigar seus parentes a revelarem os bens que possuem, pois ofenderia o direito à privacidade desses”, justificou Lobão Filho.

O Regimento Interno do Senado é de 1970, auge da ditadura militar. Desde então, nunca foi reformado. O texto disciplina desde a atuação dos senadores aos pronunciamentos e tramitação de matérias. Lobão também não acatou emenda que obrigaria a comunicação à Corregedoria de atos incompatíveis com o decoro ou com a compostura pessoal praticados fora das dependências da Casa Legislativa. O atual texto do regimento prevê que a denúncia seja encaminhada quando a quebra de decoro ocorrer dentro do prédio do Senado, o que foi mantido.

(Com Estadão)

VAMOS NÓS – Com certeza, a proposta de Tasso representou avanço. Agora, o peemedebista Lobão aposta no retrocesso.

Comitiva do ITA visita a UFC em clima de acordo de cooperação

Uma comitiva de professores do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) visitará a Universidade Federal do Ceará nesta quarta-feira. O grupo, chefiado pelo reitor do ITA, Carlos Américo Pacheco, vem dar prosseguimento à formalização de acordo de cooperação entre as duas instituições. Na agenda, reunião com o reitor Jesualdo Farias, às 9 horas, seguida de traslado para o Centro de Tecnologia, no Campus do Pici, onde será feita apresentação institucional sobre o Centro pelo diretor e vice-diretor do CT, professores José de Paula Barros Neto e Marco Aurélio Holanda, respectivamente, com a presença de representantes do corpo docente. O grupo visitará os laboratórios e instalações dos cursos de Engenharia da UFC.

O objetivo principal da visita é apresentar a proposta de trabalho, elaborada por uma comissão de professores da UFC, que enumera intenções e contrapartidas no acordo com o ITA, convite feito à UFC e a outras quatro Instituições de ensino superior em novembro do ano passado. O convênio é respaldado pelo Ministério de Educação e Ministério de Defesa e tem duração até 2017. Nos fundamentos, apoio mútuo no ensino, pesquisa e inovação em Engenharia. Entre as possibilidades de ações conjuntas, estão o mestrado e doutorado interinstitucionais com o ITA e o intercâmbio de alunos e professores. Os docentes esperam também a tutoria da criação de um Centro de Estudos em Ciência e Engenharia Aeroespacial.

(Com UFC)

Eduardo Campos retoma agenda nacional

141 1

eduardocampos

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, também presidente nacional do PSB, voltará a pôr o bloco na rua a partir deste mês. Ele tem viagens programadas Santa Catarina, no dia 30, quando vai oficializar a filiação do deputado catarinense Paulo Bornhausen ao PSB e, em seguida, vai ao Rio Grande Sul.

Campos não descarta dar um pulo em São Paulo, também em agosto.

(Com Coluna Radar Veja Online)

VAMOS NÓS – Nada previsto para o Ceará. Por enquanto, não é mesmo Sérgio Novais?

Centrais sindicais e entidades populares fazem passeata pelas ruas da Aldeota

Neste Dia Nacional de Mobilização contra o projeto de lei nº 4330 que amplia as terceirizações no serviço público, as centrais sindicais CUT, Conlutas, CGTB e CTB e entidades como o MST e movimento de moradias fazem passeata pelas avenida da Aldeota.

O grupo está concentrado em frente a sede da Federação das Indústrias do Estado (Fiec), de onde seguirá com destino ao Palácio da Abolição.

Dona da Schin é condenada por assédio moral

“A Justiça do Trabalho em Guarulhos condenou a fabricante de bebidas Brasil Kirin, dona da marca Schin, a pagar R$ 700 mil em indenização por assédio moral contra os seus funcionários. Segundo o Ministério Público do Trabalho, os empregados eram xingados e ameaçados com mudança de local de trabalho caso não aumentassem as vendas. A empresa foi alvo de Ação Civil Pública ajuizada pelo MPT de Guarulhos após inquérito civil.

A setença determina que a empresa deverá adotar medidas destinadas a efetivamente apreciar as reclamações ou denúncias de empregados, investigando e apurando a eventual procedência delas, referentes à prática de atos discriminatórios ou de assédio contra seus empregados, buscando inclusive promover a conciliação entre as partes. Outra exigência é a de que seja levada ao conhecimento de todos os empregados a existência de canais de denúncia.

Na ação, o MPT pediu na ação que a Schincariol se abstenha de submeter, permitir ou tolerar quaisquer atos que manifestem preconceito, assédio ou discriminação de qualquer espécie para com seus empregados, aplicando as punições a seus autores previstas na legislação trabalhista. Caso a empresa não cumpra as obrigações previstas, será aplicada multa diária de R$ 1 mil por trabalhador lesado. O valor da multa deverá ser revertido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador.”

(Agência Brasil)

Inusitado: Cid, nesta madrugada de 3ª feira, negociando com manifestantes no Cocó

191 12

CID-ACAMPAMENTO-COC-OPOVO

Toinha Rocha (PSOL), Cid, João Alfredo (PSOL) e manifestantes.

Bom documentar com o clique de Fco Fontenele este momento de Cid Gomes, governador, sentado, nesta madrugada de terça-feira, com manifestados no Parque do Cocó. Tentou acordo para que as obras dos dois viadutos programadas para o encontro da avenida Antônio Sales com Engenheiro Santana Júnior possam sair do papel. 

Não houve acordo, mas a cena é histórica.

* Confira um dos momentos da conversa aqui.

VAMOS NÓS – Quando alguém quer conversa, define o assunto e marca o encontro. É o normal. Pegar de surpresa e procurar argumentar, sem que o outro lado tenha sido informado, é algo politicamente incorreto. Aliás, as madrugadas foram feitas para um bom sono. Dos justos.

Sisutec – Inscrições estão abertas

134 1

“Começa hoje (6) e vão até o próximo dia 12 as inscrições no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), lançado nessa segunda-feira pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 14, com matrículas nos dias 15 e 16. São oferecidas 239.792 vagas gratuitas em cursos técnicos.

A seleção dos alunos será feita de acordo com a nota no Exame Nacional do Ensino Médio. Nessa seleção será usada a nota do Enem 2012. Do total de vagas, 85% são destinadas aos candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede privada na condição de bolsista integral. As vagas são ofertadas em instituições da rede publica, privada e do Sistema S. Os cursos têm de um a dois anos de duração, com carga horária entre 800 e 1.200 horas-aula.

Os cursos com maior oferta de vagas são os ligados à tecnologia da informação, saúde e área industrial. Lideram a lista os de técnico em informática (23 mil), técnico em enfermagem (14 mil), técnico em logística (13 mil), técnico em segurança do trabalho (13 mil) e técnico em redes de computadores (11 mil). Os estados onde há maior oferta são São Paulo (76 mil), Pernambuco (40 mil), Minas Gerais (27 mil), Paraná (17 mil) e o Distrito Federal (8 mil).

SERVIÇO

* A exemplo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a oferta de vagas e a seleção dos inscritos serão feitas pela internet, no endereço http://sisutec.mec.gov.br.

(Agência Brasil)

Aécio reúne dirigentes do PSDB em Brasília. Tucanos do Ceará querem Tasso 2014

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ASDYiwvevAA&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, vai reunir, nesta terça-feira, em Brasília, todos os presidentes estaduais e secretários-gerais do partido. O objetivo é começar a discutir o fortalecimento do PSDB e um  calendário de atividades de olho em 2014. Luiz Pontes, dirigente estadual, e Kamila Castro, secretária-geral, já viajaram para o encontro.

Kamila Castro deixa claro que o ex-senador Tasso Jereissati vai participar de todas as atividades que objetivem organizar o PSDB. Há um desejo natural dos tucanos, de acordo com Kamila, para que Tasso entre no páreo eleitoral.

Programa Mais Médicos – Ministro da Saúde vai apresentar resultado de inscrições

“O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, divulga hoje (6), às 14h30, a lista de profissionais brasileiros que confirmaram participação no Programa Mais Médicos e dos municípios que serão contemplados no primeiro mês de seleção. Será apresentado também, no auditório do Ministério da Saúde, o calendário das próximas etapas do programa.

Os profissionais que se formaram no exterior e finalizaram o cadastro no programa Mais Médicos podem, a partir desta terça-feira (6), selecionar os municípios com vagas não ocupadas por brasileiros. A lista final com profissionais e municípios que participarão da primeira seleção do programa foi publicada ontem (5) no site do Ministério da Saúde.

Nesta fase inicial, o programa vai levar 1.753 médicos para 626 municípios. De acordo com o Ministério da Saúde, 51,3% das vagas ocupadas estão em municípios de maior vulnerabilidade social e 48,6% nas periferias de capitais e regiões metropolitanas. O programa prevê a ampliação de vagas de residência médica e a contratação de milhares de profissionais, inclusive estrangeiros, para melhorar o atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS) e a formação dos médicos brasileiros.”

(Agência Brasil)

Agentes da PF fazem corpo a corpo junto a parlamentares federais no aeroporto

agentepp

Um grupo de policiais federais realizou, na madrugada desta terça-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, um corpo a corpo junto aos parlamentares federais cearenses que embarcavam para a retomada das atividades em Brasília. O objetivo foi pedir apoio à derrubada de vetos presidenciais ao projeto de lei nº 244/2009 que reconhece o papiloscopista como perito oficial em suas perícias específicas.

Também nessa luta, houve apelo para que os parlamentares acelerem a votação de matérias do interesse dos policiais federais no que diz respeito ao processo de reestruturação da categoria. O vice-presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Ceará, Eugênio Brayner, detalhou as reivindicações.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=9evtP6TBT6o&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O ato dos policiais federais reuniu cerca de 20 profissionais. Também não foram muitos os parlamentares federais abordados ainda no aeroporto pela categoria. O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) garantiu apoio à luta da categoria e lamentou a forma como o governo da presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores,  trata muitos daqueles que a apoiaram eleitoralmente.

agentdinacio

O senador Inácio Arruda (PCdoB), que chegou em cima do embarque, foi abordado pelo grupo e se comprometeu a acompanhar a situação deles, mas lembrando que a prioridade é aprovar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO 2014) para que haja dinheiro e condições de pagar o funcionalismo federal.

O ato foi pacífico, sem apitaço e com apenas uma faixa que destacou a atuação da PF na luta contra a corrupção. Nesta quarta-feira, haverá nova manifestação. A partir das 9 horas, em frente a sede da Superintendência Estadual do órgão, na avenida Borges de Melo. “Será uma manifestação nacional”, frisou o diretor jurídico do sindicato dos policiais federais, Ulysses Catunda.

agentesaeroporto

Polícia encontra 51 bananas de dinamite em Pedra Branca

A Polícia do município de Pedra Branca, a 261 km de Fortaleza, encontrou 51 bananas de dinamite e mais 50 metros de cordão detonante debaixo de uma ponte no distrito de Mineirolândia. Os PMs receberam uma denúncia anônima, de acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI).

O explosivo já se encontra na sede da Delegacia de Pedra Branca e deve, ainda nesta terça-feira, ser remetido para o Exército.

Policiais acreditam que todo esse material seria utilizado em novos ataques a bancos, prática criminosa que vem se registrando com frequência no Interior cearense nos últimos meses.

Relação com base aliada está desobstruída e em clima de cooperação, diz ministra

Após se reunir por cerca de três horas com líderes da base aliada na Câmara, a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, disse que a relação entre governo e parlamentares do bloco de apoio está “totalmente desobstruída” e em clima de “harmonioso, cooperativo e de integração”.

“As respostas, que tanto o governo como o Legislativo precisam dar, de forma rápida e eficiente, estão com os canais, permitindo que isso flua sem grandes tumultos, para que a gente possa efetivamente aprovar as matérias sem tumultos, de forma debatida, de forma harmoniosa, consensuada”, avaliou.

Os líderes da Câmara foram recebidos nessa segunda-feira (5) pela presidenta Dilma Rousseff e deixaram o Palácio do Planalto com a previsão de um novo encontro na próxima segunda-feira (12). Nesta terça-feira (6), a presidenta vai receber os líderes de partidos da base aliada no Senado.

Os encontros entre a presidenta e os parlamentares deverão ser periódicos, segundo a ministra, para que o governo consiga costurar acordos para aprovação de matérias. A primeira medida a ser beneficiada pela aproximação da base com Dilma será a medida provisória que regulamenta o Programa Mais Médicos. Segundo Ideli, houve consenso dos líderes em torno da proposta.

O líder do PT na Câmara, José Guimarães (PT-CE), confirmou que “houve adesão generalizada” dos parlamentares ao Mais Médicos. Para Guimarães, a reunião de hoje foi o equivalente a “engatar a primeira marcha” para melhorar a velocidade do “aperfeiçoamento da relação entre governo e Congresso”, e que a tendência é que os encontros sejam mais frequentes, principalmente antes da votação de projetos de interesse do governo.

“A presidenta mostrou desejo de reatar, com conteúdo, a relação com o Congresso. É o início de uma retomada que terá grandes resultados na pacificação e no afinamento da viola entre a base aliada e o governo. É importante que esse gesto seja uma regra, é esse o sentimento da base”, disse.

(Agência Brasil)

Cid Gomes faz visita surpresa em ocupação no Cocó e se reúne com manifestantes

O governador do Estado, Cid Gomes esteve presente, na noite dessa segunda-feira, 5, até a madrugada desta terça-feira, 6, na ocupação feita por manifestantes no Parque do Cocó. Ele chegou por volta das 22h10min, acompanhado por quatro seguranças. No local, Cid ficou sentado com manifestantes e ouviu reivindicações do grupo. Cid foi embora sob gritos de “assassino do Cocó” e “Cid ditador”.

Para encerrar a presença no acampamento do Parque do Cocó, o governador Cid Gomes fez uma proposta aos participantes do debate. Cid discursou sobre a vitória do movimento. “Para que não pareça que não tiveram vitória (…) eu atribuo a legalização a uma deliberação junto com vocês”, sugeriu o governador. Imediatamente, os manifestantes responderam negativamente ao início da proposta. “A proposta derradeira é: o movimento pode conquistar a legalização do parque e a área daqui, área de árvores exóticas, fica trocada. Eu me comprometo a trocar essa área por 20 vezes o tamanho dela em recuperação de mangues no Rio Cocó”, propôs Cid Gomes.

Os manifestantes se mantiveram contra a proposta. Cid Gomes não se manifestou sobre uma possível repressão policial às pessoas acampadas no Cocó. O governador prometeu voltar para retomar o diálogo com o grupo acampando.

Fala do governador

O governador Cid Gomes iniciou a fala destacando a própria visita ao acampamento: “Estão superestimando minha presença aqui hoje”, afirmou. “Eu vinha passando e vi uma placa com ‘Legalização do Parque do Cocó’”, disse.

Bate boca

O clima entre o governador do Estado, Cid Gomes, (PSB) e o vereador João Alfredo (PSOL) tensionou, após o governador afirmar que se “dependesse do João Fortaleza estaria sem água”. O vereador, por sua vez, se levantou e afirmou que era “mentira de Cid”.

“O João Alfredo fala de ironia. Ele é engraçado. Eu disse sobre si que se dependesse dos projetos de João Alfredo Fortaleza inteira estava sem beber água”, retrucou Cid. João Alfredo se alterou, mandou o governador “engolir” o que disse e apontou o dedo para ele.

Viadutos

“Não posso falar pelo viaduto. O viaduto é uma obra da prefeitura de Fortaleza. Para quem não sabe, é uma obra que é parte de um conjunto de obras que vem da época de Juraci Magalhães. (…) Luizianne mudou o nome, mas não mudou o projeto. O que estava proposto era uma rota enorme que pegava três vezes mais a área que pegava aqui”, disse Cid, destacando a experiência relacionada às obras dos túneis na cidade.

Em um banco improvisado, ele recebe críticas sobre acusações que os presentes na ocupação eram maconheiros e desocupados, feitas por pessoas ligados ao governo. “Será que não tem uma alternativa inteligente (ao viaduto)? Vamos fazer um negócio decente por essa cidade?”, propõe ao governador Cid um senhor presente na discussão.

Representantes políticos

Além do governador, o vereador João Alfredo (PSOL), a vereadora Toinha Rocha (PSOL), a deputada Eliane Novais (PSB) e a ex-prefeita de Fortaleza, Maria Luíza Fontenele, também estão presentes.

A vereadora Toinha Rocha cobrou de Cid uma postura diferenciada. “Você tem a oportunidade de entrar para história como o governador que legalizou o Parque do Cocó. Você tem a oportunidade de mudar essa história”, disse Toinha.

João Alfredo decidiu falar ao megafone e iniciou um rápido bate-boca com Cid Gomes. O vereador fez três reivindicações: pediu que Cid ligasse para o prefeito para garantir que não haverá repressão policial ao movimento, que não houvesse necessidade de trocas e pediu um debate sério, com técnicos da prefeitura, do Ministério Público, dentre outros órgãos, presentes.

Derrubada de árvores

Outro ponto abordado pelo grupo foi em relação às árvores retiradas para a construção de dois viadutos no local. Eles cobraram um compromisso de Cid em dialogar sobre o assunto. Já foram subtraídas 79 árvores da área. Para a construção dos viadutos, mais 15 deverão ser derrubadas, segundo o projeto da Prefeitura de Fortaleza

Cid Gomes chegou a apresentar uma foto, afirmando que o local era uma salina e, não um mangue. O vereador João Alfredo (Psol) rebateu a informação, dizendo que a salina antecipa o processo de desenvolvimento do manguezal.

Durante a fala de algumas pessoas, Cid recebeu elogios pela atitude de ir até o local. A todo o momento, eles pedem que o governo abra diálogo.

Um dos manifestantes cobrou ao governador que seja feito o plebiscito para a obra o Acquario Ceará e defendeu o diálogo. “Vamos fazer diálogo até o fim. Não vai haver repressão”, disse.

(O POVO Online)

Cine Holliúde tem pré-estreia nesta 2ª feira. Mas só para convidados

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=JnGLlojvy6Q[/youtube]
O longa-metragem “Cine Holliúdy” chega aos cinemas de Fortaleza no próximo dia 9. Antes disso, jornalistas e formadores de opinião poderão conferir a produção na pré-estreia, que ocorrerá no Shopping Via Sul, a partir das 21 horas desta segunda-feira.

Na pré-estreia, a participação do diretor, Halder Gomes, do presidente da Downtown Filmes, Bruno Wainer, que fará a distribuição da arrumação, e grande parte do elenco.

 

Governo editará regras para renovar concessão de distribuição de energia elétrica

“As regras que as concessionárias de distribuição de energia elétrica terão de seguir para renovar os contratos que se encerram em 2015 devem ser definidas pelo governo ainda neste ano, afirmou o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino. O diretor participou na manhã de hoje (5) do Congresso de Inovação Tecnológica em Energia Elétrica. “A expectativa é que seja resolvido ao longo do segundo semestre. Pelo menos os agentes terão claras as condições que precisam atender para terem suas concessões renovadas. Como só vence em 2015, não há necessidade de antecipar a renovação”, disse Rufino, que explicou ainda que o processo será conduzido pelo poder concedente, o Ministério de Minas e Energia. “A Aneel participa das discussões, mas não será conduzido por ela”.

Rufino declarou também que a série histórica dos regimes hidrológicos aponta para um período úmido mais favorável à geração de energia, a partir de novembro, o que deve gerar custos menores no ano que vem, sem o uso de usinas térmicas, que são mais caras: “Nossa expectativa é que no ano que vem se retome a normalidade e, com um regime hidrológico mais favorável, não se tenha que acionar térmicas. Portanto, a tarifa tende a ser mais barata”, disse Rufino.

O diretor disse acreditar que a tendência no curto prazo é que mais térmicas sejam desligadas – e não acionadas, mas evitou prever, no entanto, qual será a decisão do Comitê de Monitoramento do Sistema Elétrico, que se reúne ainda neste mês.”

(Agência Brasil)

Ministro dos Portos aposta em crescimento econômico e evita falar de sucessão 2014

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=KcNwb0ZE9gg&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Como vai a Lei de Modernização dos Portos Brasileiros? O secretário nacional dos Portos, Leônidas Cristino, traz novidades como novas licitações na área. Leônidas aproveitou para falar sobre cenário da economia e disse acreditar em crescimento. O setor portuário deve crescer, e acordo com  o ministro.

Leônidas Cristino, que é do PSB do governador Cid Gomes, só recolhe o barco quando indagado sobre seu sonho de disputar o Governo do Estado em 2014.