Blog do Eliomar

Últimos posts

O General do PSDB e suas perspectivas eleitorais

Com o título “Como nasce um candidato”, eis artigo de Magela Lima, jornalista, professor universitário  ex-secretário da Cultura da Prefeitura de Fortaleza (Gstão Roberto Cláudio). Ele analisa as perspectivas do general Guilherme Theóphilo, que aparece como pré-candidato do PSDB ao Governo do Ceará. Confira:

À paisana, é bem possível que Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira passe despercebido. Pomposo, o nome é, ainda, desconhecido do cearense médio. Ainda. É que o general da reserva, até março último comandante de logística do Exército, acaba de filiar-se ao PSDB do senador Tasso Jereissati e, embora neófito na política, é dado como candidato certo nas próximas eleições. Segundo consta, é a peça que faltava para as oposições enfrentarem o petista Camilo Santana nas urnas.

Em menos de um mês como “político”, apesar dos mais de 45 anos dedicados às forças armadas, o general Theophilo vem conquistando um espaço na imprensa de fazer inveja aos veteranos nos palanques. Pouco a pouco, o perfil antes reservado cede às pressões da vida pública. Por enquanto, a estratégia tem sido reforçar seu currículo, de fato, impecável, e demonstrar sua competência para tratar do nosso maior trauma, a segurança pública, sem esquecer de fortalecer seus vínculos com o Ceará.

É que o general Theophilo, para seu azar, como ele mesmo reconhece, é um cearense nascido no Rio de Janeiro. Dos males, o menor. Num cenário de oposição capenga, com o próprio PSDB ocupando uma das mais importantes secretarias da gestão Camilo Santana, o general condensa boa parte dos sonhos dos rivais do governador. Além de ser nome novo, fora da política tradicional, pode ser apresentado como um competente especialista em segurança, plataforma recorrente nos nossos processos eleitorais. Ele tem sido apresentado, por exemplo, como um dos responsáveis pelo planejamento da intervenção federal no Rio de Janeiro.

A verdade, porém, é que um candidato não se faz apenas de biografia eloquente e uma brilhante trajetória profissional. O general Theophilo é um nome estratégico para o mundo da política porque representa a possibilidade de um palanque mais competitivo, fundamental para quem está de olho nos parlamentos, sobretudo para quem não quer ficar sem mandato. Além disso, caso perca, sua condição de estreante ajuda a amenizar traumas e favorecer recomposições. Pelo sim, pelo não, é bom ficar atento no que pensa e propõe o agora candidato.

*Magela Lima

lima.magela@gmail.com

Jornalista e professor do Centro Universitário 7 de setembro.

Pré-candidato tucano ao Governo dá palestra na Colômbia sobre Ação Humanitária

O general Guilherme Theophilo, pré-candidato tucano ao Governo do Ceará, participou, em Bogotá (Colômbia), do III Seminário Internacional de Logística.

No encontro, que ainda contou com especialistas de diversos países, como os Estados Unidos, o general apresentou detalhes de sua experiência nos comandos da Amazônia e Logística do Exército nos últimos anos, ao abordar o tema “apoio logístico dentro da ajuda humanitária”. Sobre sua atuação na Amazônia, destacou o trabalho desenvolvido no campo social, como por exemplo a coordenação de quatro hospitais que prestam ações e serviços pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Assembleia Legislativa debaterá projeto que altera normas para licitações e contratos da gestão pública

558 2

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Assembleia Legislativa promove audiência pública, a partir das 14 horas desta sexta-feira. Segundo o primeiro-secretário da Casa, Audic Mota (PSB), o assunto é o projeto de lei que institui alterações nas normas para licitações e contratos da administração pública.

O evento ocorrerá no Complexo de Comissões Técnicas da AL e foi proposto, com aval de Audic, pelo presidente regional do PSB, o deputado federal Odorico Monteiro (PSB).

O projeto de lei nº 6.814, de autoria da Comissão Temporária de Modernização da Lei de Licitações e Contratos do Senado Federal, mot do debate, encontra-se em tramitação na Câmara dos Deputados.

A iniciativa impacta as relações contratuais pactuadas por todos os órgãos da administração pública direta e indireta, incluindo alteração nas modalidades de licitações, nos valores a serem licitados, entre outras questões.

Parque Rio Branco é alvo de poda “desastrada”, denuncia ONG da área ambiental

304 1

O Movimento Pró-Parque está denunciamos a poda de árvores, de “modo desastrado”, no Parque Rio Branco. Conforme o Plano Diretor de 2009, o parque é Zona de Preservação Ambiental (ZPA), exatamente para preservar e “manter, como a natureza fez” os três riachos existentes no local. O corte de galhos como ocorrido, promove o contrário, segundo a entidade: a maior evaporação da água, portanto, a seca dos rios.

O desmate tem com um dos objetivos facilitar a iluminação, mas a justificativa para o Movimento Pró-Parque é insuficiente. A Prefeitura  se comprometera, em 2010, a colocar as luminárias mais baixas, para não ser necessário o corte de galhos responsáveis pelo necessário sombreamento. A poda começou ontem e prossegue nesta sexta-feira, informa o jornalista Ademir Costa, que integra o Pró-Parque.

 

Ex-titular da PGE assume cadeira na Academia Cearense de Direito

367 2

O ex-procurador-geral do Estado do Ceará, professor e advogado Djalma Pinto, tomou posse na cadeira nº 07 da Academia Cearense de Direito. O ato ocorreu nessa noite de quinta-feira, na sede da academia.

Djalma recebeu o diploma das mãos do presidente da entidade, Roberto Victor, do procurador-geral do Estado, Juvêncio Viana, e do advogado Maia Filho.

É mais um membro que deverá reforça o projeto de palestras nas escolas, com temas voltados para a cidadania, desenvolvido desde o semestre passado pela academia.

Djalma Pinto,bom lembrar, é especialista em Direito Eleitoral.

(Foto – Divulgação)

Dilma não fez exigências ao transferir domicílio eleitoral para Minas

Quando decidiu transferir seu título para Minas Gerais, aconselhada por Lula, a ex-presidente Dilma Rousseff não fez nenhuma exigência ao diretório estadual do PT. A informação é do jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo

Isso significa que, se lá na frente o partido achar melhor que Dilma dispute uma vaga de deputada para puxar votos e reforçar a bancada na Câmara, a está opção ela estará aberta.

Por enquanto, no entanto, as pesquisas encomendadas pelo PT para consumo interno apontam a ex-presidente com cerca de 25% das intenções de voto para o Senado, na frente dos demais candidatos.

(Foto – Tiago Freitas/Agência O Globo)

Academia Sueca decide não entregar o Nobel de Literatura

A Academia Sueca, organização que escolhe os agraciados pelo Nobel de Literatura, não vai anunciar o ganhador de 2018 por causa de um escândalo de abuso sexual que atingiu a instituição. A informação é da agência EFE.

Em um comunicado, a academia diz que a decisão foi tomada por causa do estado atual “reduzido” da Academia e da “perda de confiança pública” na casa. Diz ainda que precisa rever seus estatutos e práticas e questões de conflito de interesses.

No centro da decisão está um escândalo sexual que começou a vir à tona há seis meses, quando surgiram denúncias de agressão sexual, feitas por 18 mulheres, contra um fotógrafo francês, Jean-Claude Arnault, que dirige um projeto financiado pela Academia Sueca e era um dos homens mais influentes da cena cultural de Estocolmo.

Entre as autoras das denúncias estão integrantes da academia (o equivalente sueco à Academia Brasileira de Letras) e mulheres de integrantes. Arnault é casado com a poeta e escritora Katarina Frostenson, também da Academia Sueca. Várias das supostas vítimas disseram que foram vítimas de agressão sexual em instalações da própria Academia.

STF mantém proibido telemarketing eleitoral em qualquer horário

Candidatos não podem usar serviços de telemarketing para campanha eleitoral em qualquer horário. O Supremo Tribunal Federal declarou, nessa quinta-feira, inconstitucional o uso das ligações na tentativa de conquistar votos. O ministro relator, Edson Fachin, foi seguido pela maioria dos colegas ao manter regra do Tribunal Superior Eleitoral sobre o tema. Já o ministro Marco Aurélio defendeu a prática e ficou vencido. A informação é do site do STF.

A vedação está prevista no parágrafo 2º do artigo 25 da Resolução 23.404/14 do TSE e foi questionada por uma ação do PTdoB, atual Avante. A legenda argumentou que a restrição afrontaria o princípio da separação dos poderes — segundo o partido, criaria regra sem amparo de legislação elaborada pelo Congresso e violaria a livre manifestação do pensamento, a liberdade política, a liberdade de comunicação e o acesso à informação.

Primeiro a votar na sessão dessa quinta, depois de pedir vista, o ministro Luiz Fux tratou do conflito entre a liberdade de expressão e o direito à intimidade. “Nesta ponderação que em um Estado democrático, muito embora a liberdade expressão tem uma posição especial, o direito à intimidade também tem”, disse.

Para ele, o TSE não extrapolou competência ao vedar a propaganda por meio de telemarketing em qualquer horário, mas disciplinou, em minúcias, o conteúdo básico do dispositivo que trata da publicidade política do Código Eleitoral. Além disso, segue à disposição dos candidatos farto catálogo de opções publicitárias, o que resulta em impacto mínimo sobre a liberdade de expressão deles.

Ao acompanhar os colegas que o antecederam, Alexandre de Moraes afirmou que não há, na proibição ao telemarketing para campanha em qualquer horário nenhum cerceamento à liberdade de informação ou à propaganda eleitoral. “O que há é uma invasão à privacidade, um desrespeito ao próprio sossego. Se nem o candidato quer ter o trabalho de levar a informação ao eleitor, contratando telemarketing gravado, não me parece ser o caso de cerceamento”, apontou.

Ao lembrar que o Código Eleitoral impede o funcionamento de alto falantes ou amplificadores de voz em qualquer horário, o ministro Dias Toffoli questionou: “Se mesmo aqui tem limitação de horário, como poderíamos controlar isso no telefonema, a invasão da privacidade e da vida privada?”

A presidente da corte, ministra Cármen Lúcia, também classificou as ligações de interferências na vida privada, “sem que traga sequer uma outra pessoa do outro lado. Sabemos que são os bots [robôs] que fazem esse trabalho”. Ela apontou que a competência do TSE inclui a possibilidade de destrinchar a legislação, para que se tenha a harmonia do processo, entre eleitor, candidato, cidadão em geral, que às vezes sequer é eleitor.

Hospital de Messejana inaugura museu em comemoração aos seus 85 anos de atividades

853 1

Será inaugurado, às 11 horas desta sexta-feira (5), o Museu Otávio Lobo (MOL). O ato integra a programação que comemora os 85 anos do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes.

O museu conta a história do antigo Sanatório de Messejana e homenageia seu grande idealizador, o médico Carlos Alberto Studart.

Fundado em 1933 para tratar pacientes com tuberculose, ao longo dos anos o Hospital de Messejana tornou-se referência nacional nas áreas da cardiologia e pneumologia, oferecendo aos pacientes do SUS tratamentos de ponta e procedimentos de alta complexidade.

(Foto – Divulgação)

Para comprar apartamento, jogador do Corinthians teria negociado com doleiros

Sobrou até para Emerson Sheik. O jogador do Corinthians foi citado na peça do Ministério Público Federal que sustentou a “Operação Câmbio, Desligo” realizada pela Polícia Federal nessa manhã de quinta-feira.

Em depoimento, o doleiro Cláudio Barboza, conhecido como ‘Tony’, revelou que outro operador, Sérgio Mizrahy, fez negócios com o ídolo corintiano. A transação envolveu a compra de um apartamento pelo jogador.

(Veja Online)

Operação For All: forrozeiros negociam pagar multa para se livrarem de crime fiscal

O escândalo fiscal envolvendo bandas de forró, ocorrido há um ano e seis meses, deverá ter um desfecho no mínimo amigável. a coluna PopMix teve acesso com exclusividade a novas informações da operação For All, deflagrada em outubro de 2016, que descobriu indícios de lavagem de capitais, falsidade ideológica, associação criminosa e, principalmente, sonegação de impostos de um dos maiores grupos de entretenimento do Ceará, a A3.

Segundo apurou a coluna, os investigados estão fechando um acordo com a Receita Federal para pagar o prejuízo de pelo menos R$ 500 milhões de tributos não recolhidos entre 2012 e 2014. Com o valor latente quitado, os sócios de empresas ligadas à A3 (empresários e cantores) serão consequentemente perdoados, e não responderão criminalmente, como prevê a legislação tributária.

“Se o sonegador pagar a qualquer tempo, se extingue a punibilidade. Se parcelar o débito antes da denúncia, a punibilidade também é extinta”, explica o advogado Pedro Jorge Medeiros, ouvido pela coluna.

*Confira mais na Coluna Pop Mix aqui.

(Foto – Mateus Dantas)

Alô, Camilo! PT não aceita formar no “blocão” na disputa por cargos proporcionais

No voo sucessório de Camilo sempre cabe mais um aliado.

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta sexta-feira:

Enquanto o governador Camilo Santana (PT) festeja a oficialização do hub da Air France-KLM/Gol, com voos procedentes da capital francesa e Amsterdã, a política envolvendo correntes petistas locais entrou na rota eleitoral com gosto de gás.

Reunidos no fim de semana, os deputados federais José Nobre Guimarães e Luizianne Lins bateram o martelo: não vão aceitar o PT formar no chamado blocão para a disputa por cargos proporcionais. Ambos avaliaram que teriam a legenda – eles, claro, muito mais perdas do que lucro nessa história, já que o PDT, principalmente, conta com o apoio e a estrutura oficial, sem falar no poder de articulação política dos Ferreira Gomes. Guimarães e Luizianne, bom lembrar, controlam o diretório estadual petista.

Vai ficar, portanto, para o governador tentar resolver esse tipo de turbulência em sua trajetória por reeleição. Mais do que nunca, Camilo terá que ser o bombeiro para evitar que seu avião sucessório, onde sempre cabe mais um aliado na poltrona, acabe sem levantar voo.

Fumar dentro de veículo ao lado de crianças e gestantes pode virar crime

O Projeto de Lei do Senado (694/2015) que criminaliza o uso de cigarros em veículos públicos e privados na presença de gestante, criança ou adolescente avançou nas comissões técnicas do Congresso.

O texto, que o prefeito Marcelo Crivella (PRB) apresentou quando ainda era senador, foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados, e segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC).

Se for aprovada, a proposta muda um artigo do Estatuto da Criança e do Adolescente, colocando fumantes na mesma categoria de pessoas que vendem bebidas alcóolicas a menores de idade.

Ou seja, fumar dentro de um carro ao lado de crianças pode pegar pena de dois a quatro anos de prisão, além de pagar multa.

“Queremos estender uma proibição que, não por acaso, já existe em aeronaves e veículos de transporte coletivo”, argumenta o ex-senador.

(Com Agência Senado)

Governo vai inaugurar um Centro de Detenção Provisória em Aquiraz. A ordem é desafogar as delegacias

 

Já está pronto para ser entregue mais um presídio no Ceará. Desta vez, um Centro de Detenção Provisória (CDP), com objetivo de receber presos que não ocuparão mais xadrezes das delegacias.

“Foi preso, vai diretamente para o CDP”, informa a secretária da Justiça e Cidadania do Estado, Socorro França, adiantando que esse estabelecimento, com capacidade para 700 presos, está situado no município de Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza), onde se instala um complexo de presídios.

De acordo com a titular da Sejus, o CDP segue o modelo que já opera em São Paulo e promete desafogar a tensão nas delegacias. “Hoje nós já temos em Aquiraz o Centro de Triagem, com 300 vagas, e agora com o CDP, esperamos acabar com esse clima de tensão”, acentuou a secretária.

Socorro França anunciou também que as obras para um presídio de segurança máxima, também em Aquiraz, já acontecem e devem ficar prontas dentro de 10 meses. A capacidade é para 160 presos.

(Foto – Arquivo)

Gleisi Hoffmann: “Ciro não passa no PT “nem com reza forte”

A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, senadora Gleisi Hoffmann, reagiu ontem à declaração do ex-governador da Bahia, Jacques Wagner (PT), sobre a sigla indicar um vice para a chapa do pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, o ex-ministro Ciro Gomes. “Mas ele não sabe que o Ciro não passa no PT nem com reza brava?”, questionou a senadora.

Na última terça-feira, 1º de maio, em Curitiba, Jacques Wagner afirmou que o PT poderia aceitar ser vice de Ciro e disse que estava na hora de o partido “ceder a precedência”. Apesar disso, ele defendeu a manutenção da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em segunda instância e preso desde o dia 7 de abril. O ex-governador baiano é apontado como um “plano B” petista nas eleições.

O comentário de Wagner causou reações na cúpula do partido. Ontem, o ex-governador da Bahia foi para as redes sociais reforçar o discurso da unidade do “campo progressista e popular” nas eleições. Em mensagens publicadas no Twitter ontem, Wagner afirmou que é preciso “somar e construir”, e não “dividir”.

“Defendo que caminhemos unidos porque assim teremos muito mais condições de derrotar as forças do atraso e de ensinar à direita e à extrema direita que um país melhor só pode ser alcançado com ideias, propostas e argumentos, não com ódio e violência”, escreveu Wagner.

O ex-governador defendeu o diálogo com partidos de esquerda e outras forças políticas. “A boa política é aquela que se propõe a somar e a construir, não a dividir. Sempre acreditei no diálogo e foi dialogando com os companheiros da esquerda e de outras forças políticas que conseguimos tantas conquistas e avanços, tanto na Bahia como no Brasil”, escreveu na rede social.

Antes, lideranças petistas criticaram a hipótese de a sigla não ter candidatura própria. O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), afirmou que o ex-governador não expressou posição oficial do partido. Já Ciro Gomes agradeceu Jaques Wagner pelo “carinho”.

No dia 11 de abril, também em Curitiba, Jaques Wagner já havia admitido uma alternativa a Lula dentro do PT. “Eu sou daqueles que defende que, se você tem uma frente, você não pode dizer que ‘só eu tenho o direito de puxar essa frente’, mas está cedo para discutir isso”, afirmou, enquanto visitava o acampamento de manifestantes favoráveis a Lula na área próxima ao local onde o ex-presidente está preso.

(Com Agências)

Prefeitura diz que Santa Casa recebe repasses do Ministério da Saúde

Em nota sobre a Santa Casa de Misericórdia, a Prefeitura de Fortaleza afirma que a instituição recebe verbas federais, diante do convênio com o SUS. Confira:

A Secretaria de Saúde de Fortaleza esclarece que a Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, como instituição conveniada ao SUS (Sistema Único de Saúde), recebe os repasse autorizados pelo Ministério da Saúde conforme credenciamento da instituição.

O mesmo verifica-se com relação às unidades próprias da rede municipal de saúde, hoje composta por 10 hospitais.

A SMS destaca, ainda que no que depende de mobilização do Poder Executivo Municipal, pleitos foram feitos junto ao Ministério da Saúde, inclusive em audiência, em Brasília, da qual participou o próprio provedor da Santa Casa, solicitando elevação para o teto de atendimento.

Ter capacidade de prestar serviço é apenas uma face da questão. Há necessidade de autorização do Governo Federal para prestar o serviço, tendo quem pague por ele.

Atualmente, a Prefeitura de Fortaleza já investe na saúde cerca de 28% do orçamento municipal, praticamente o dobro do volume de recursos previstos pela Constituição Federal.

(Foto: Arquivo)

Ex-presidente do TST admite “racha” na aplicação da reforma trabalhista

O ministro e ex-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra Martins Filho, disse nessa quinta-feira (3), em São Paulo, que a Justiça Trabalhista está dividida quanto à aplicação da reforma que alterou as regras processuais e materiais do direito trabalhista.

O magistrado defendeu a reforma e sua aplicação para todos os contratos, ao falar em evento organizado pela União Nacional das Entidades do Comércio e Serviços (Unecs). Ele também festejou a queda de mais de 50% no número de ações trabalhistas.

O ministro reconheceu que há resistência entre os próprios magistrados, inclusive no Tribunal Superior do Trabalho. “Há resistência no meu próprio tribunal. É de conhecimento geral que há realmente uma grande divisão dentro do TST: os que entendem que é hora de aplicar a lei e os que entendem que é hora de contestá-la, principalmente no momento em que vamos discutir súmulas que vão ser canceladas porque são contrárias a dispositivos da lei”, avaliou.

De outro lado, o ministro disse que seria “forçar demais a interpretação” considerar que a reforma trabalhista não abrange todos os contratos vigentes. Para ele, a Medida Provisória (MP) 808/17 que ajustava pontos polêmicos da reforma e que perdeu a validade no dia 24 de abril apenas esclarecia essa compreensão. Sobre a possibilidade de aumento da judicialização, ele avalia que não terá muito impacto, pois o texto da reforma traz o regramento necessário.

(Agência Brasil)

Fortaleza registra pancadas de chuva durante a madrugada

Pancadas de chuva foram registradas na madrugada desta sexta-feira em alguns municípios do Ceará. Em Fortaleza, a chuva foi o bastante para alagar alguns trechos de rua, mas os atropelos não atingiram as avenidas de grande circulação. Com a pista molhada, motoristas tiveram que redobrar a atenção.

A Funceme preve para esta sexta-feira nebulosidade variável, com possibilidade de chuva na faixa litorânea, na Serra da Ibiapaba, no Maciço de Baturité e na Região Jaguaribana. Nas demais áreas, céu parcialmente nublado.
(Foto – Paulo MOska)