Blog do Eliomar

Últimos posts

Produção de veículos do País registra queda de 8,3% em setembro

A produção de veículos caiu 8,3% em setembro na comparação com agosto. Segundo o balanço divulgado hoje (7), em São Paulo, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), foram fabricadas 247,3 mil unidades em setembro, contra 269,8 mil de agosto.

Em relação a setembro do ano passado, o número representa uma alta de 10,9%. No acumulado de 2019, a produção automobilística registra um crescimento de 2,9%, com um total de 2,26 milhões de unidades em nove meses.

As vendas tiveram queda de 3,3% em setembro em relação a agosto, com a comercialização 234,8 mil unidades. O número significa um aumento de 10,1% sobre as vendas de setembro de 2018.

No acumulado dos primeiros nove meses, foram comercializados 2,03 milhões de veículos, uma alta de 9,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

Exportações

As exportações acumulam queda de 35,6% de janeiro a setembro, com 337,5 mil unidades vendidas para o exterior. Em comparação com setembro de 2018, os 36,6 mil veículos exportados no último mês significam uma retração de 7,1% na comercialização no mercado externo. Entre agosto e setembro deste ano foi verificada ainda uma ligeira queda das exportações (-0,2%).

Emprego

O setor anotou em setembro uma queda de 3,4% no número de postos de trabalho em comparação com o mesmo mês de 2018. Atualmente, 127,9 mil pessoas trabalham na indústria automotiva, uma retração de 0,2% em relação a agosto.

(Agência Brasil)

Vice-governadora recebe embaixador de Luxemburgo

84 1

A vice-governadora Izolda Cela recebeu, nesta manhã de segunda-feira, no Palácio da Abolição, a visita do embaixador de Luxemburgo no Brasil, Carlo Krieger. Com ela, estavam o secretário de Relações Internacionais do Estado, Cesar Ribeiro, o secretário do Desenvolvimento Econômico Trabalho, Maia Junior, além do adido econômico na embaixada de Luxemburgo, Felipe Diniz.

Durante o encontro, Izolda expôs os “bons índices da educação no Ceará, do clima, tradições locais, economia e gestão”, informou sua assessoria de imprensa.

O objetivo do embaixador de Luxemburgo foi não só visita de cortesia, mas para tratar também de parcerias econômicas.

DETALHE – Camilo Santana cumpre agenda no Rio de Janeiro, como já informamos em postagem do Blog.

(Foto – Divulgação)

Papa cobra respeito aos povos indígenas da Amazônia

O Papa Francisco afirmou nesta segunda-feira (7) que a sociedade moderna não deve tentar impor suas regras aos povos indígenas, mas sim respeitar sua cultura e permitir que eles planejem seu próprio futuro. A declaração foi dada durante a primeira sessão de trabalho dos bispos que participam, no Vaticano, do Sínodo sobre a Amazônia.

Ele advertiu que “as ideologias são uma arma perigosa” e defendeu: “a colonização ideológica é muito comum hoje”.

O Papa, que, no passado, pediu perdão em nome da Igreja pelos erros dos missionários europeus que acompanharam os primeiros colonizadores, apelou para que os impulsos “de domesticar os povos originais” sejam controlados.

(Com Agências e G1)

Camilo dá entrevista à GloboNews nesta segunda-feira

O governador Camilo Santana (PT) encontra-se no Rio de Janeiro.

Ali, grava para o programa do jornalista Roberto D’Ávila, da GloboNews, que deverá ir ao ar no fim da noite desta segunda-feira.

Será sabatinado, por exemplo, sobre vários assuntos que chamaram a atenção do País nos últimos meses como o desempenho do estado na área da educação e os recentes ataques criminosos.

Claro que não faltará também a relação que Camilo, como chefe de um executivo estadual e filiado ao PT, mantém com o governo de Jair Bolsonaro.

(Foto – Fábio Lima)

Bolsonaro diz que não pretende acabar com a estabilidade do servidor público

106 1

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje que “nunca falou” em dar fim à estabilidade do servidor público, durante as discussões do governo sobre a reforma administrativa ainda em elaboração. A afirmação, feita hoje (6) na saída do Palácio do Alvorada, foi em resposta a uma matéria publicada pelo jornal Correio Braziliense. De acordo com o jornal, a proposta de reforma administrativa a ser enviada ao Congresso Nacional previa tal medida.

Bolsonaro criticou também uma outra reportagem – da Folha de S. Paulo – envolvendo o presidente em um suposto caso de Caixa 2 durante as campanhas eleitorais. O presidente classificou as reportagens como “covardia e patifaria”. Ao deixar o Alvorada, Bolsonaro conversou com alguns simpatizantes.

“De novo, hoje, capa do Correio Braziliense dizendo que vou acabar com a estabilidade do servidor. Não dá para continuar com tanta patifaria por parte de vocês. Isso é covardia e patifaria. Nunca falei nesse assunto. Querem jogar o servidor contra mim. Como ontem a Folha der S.Paulo queria me ligar ao problema em Minas Gerais. Um esgoto a Folha de S.Paulo”, disse o presidente.

“Lamento a imprensa brasileira agir dessa maneira. O tempo todo mentindo, distorcendo e me difamando. Vocês querem me derrubar? Eu tenho o couro duro. Vai ser difícil”, acrescentou.

(Agência Brasil)

Artigo – “É só assinar aqui”

Com o título “É só assinar aqui”, eis artigo de Antonio Mourão Cavalcante, médico, professor universitário e antropólogo. Ele aborda empréstimo consignado. Será mesmo um empréstimo para salvar o servidor público  na hora de um aperto?. Confira:

O empréstimo consignado é uma operação de crédito muito cabulosa. Aparentemente a intenção é das melhores. Significa que o empregado ou algum outro tipo de servidor público pode apelar para o recurso, sem ter o vexame de apresentar uma porção de papéis e garantias. A operação é asséptica. Basta “assinar aqui” e pronto! A grana é liberada.

Posteriormente, como o barnabé autorizou a operação, haverá um religioso e indolor (indolor?!) desconto mensal no boleto. Contente por haver obtido uma grana tão generosa e de forma “quase” graciosa, o inditoso servidor mal sabe no que se meteu. Serão meses de sacrifício para saldar aquela dívida. Sem apelação. A parcela vem descontada lá de cima. Sem qualquer chance de atrasar ou “esquecer” o pagamento.

O pressuposto que move a engrenagem é que o salário é curto, muito curto e sempre aparecem as surpresas. Como não apelar para um crédito tão fácil? É só assinar…

Os defensores dessa modalidade de crédito propagam que se trata de uma ajuda prática e funcional para os momentos de aperto. É só assinar.

Para os aposentados, muitas situações beiram a tragédia. Claro que a aposentadoria é curta. Muito curta. E, para quem não sabe, a velhice é cheia de imprevistos: remédios, exames, transporte diferenciado e – mais importante! – a responsabilidade de socorrer familiares que se auto proclamam, muito necessitados.

E tome empréstimo: para pagar a moto do filho mais jovem, um puxadinho para receber a filha com a filhinha que foi abandonada pelo marido, o genro que está desempregado. Para não citar episódios ainda mais dolorosos: a grana do traficante que o filho ficou devendo e já jurado de morte. Tudo vem para cima do pobre coitado. As pressões e as ameaças são enormes. Sobra o consignado de boca aberta, esperando a presa cair…

Resumo dessa reflexão: somente a instituição financeira lucra com essa história. O risco da operação é zero. O governo, obsequiosamente, desconta e repassa os suados tostões que deveriam alojar-se no bolso do mísero aposentado. Esse negócio de consignado, mesmo sabendo que “vai quem quer” – ninguém os obriga – parece uma argumentação muito cínica. Longe de ajudar os aposentados, aprofunda a dependência, a exploração e a extorsão. O idoso não consegue impor sua vontade. É frágil e acuado. O consignado não foi inventado para ajudar o necessitado, mas para tomar – com muita ganância – os derradeiros trocados do pobre assalariado.

*Antonio Mourão Cavalcante,

Médico, antropólogo e professor universitário.

(Foto – Arquivo)

Shopping Benfica vai comemorar aniversário com bolo de 20 andares

O Shopping Benfica vai encerrar, na próxima quinta-feira, às 18 horas, a segunda edição do Reality Sabor do Bolo. O evento premiará o campeão com R$ 3 mil, insumos Dona Maria para investir na profissão e oficinas profissionalizantes no Instituto Gastronômico das Américas.

O Reality envolve profissionais da gastronomia que elaboram o bolo que, dia 30 deste mês de outubro, deverá ser distribuído entre a clientela desse polo e compras em clima de 20 anos de fundação.

Um júri – no grupo Matu Macedo e jornalistas como este repórter do Blog, escolherá o melhor sabor do bolo a ser confeccionado. O bolo terá 20 andares e será montado na Praça da Alimentação.

(Foto – Divulgação)

Preço da cesta básica para famílias de baixa renda registra deflação

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que calcula a variação de preços da cesta de compras de famílias com renda até 2,5 salário mínimos, registrou deflação (queda de preços) de 0,09%. Em agosto, havia sido registrada uma inflação de 0,11%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O IPC-C1 acumula taxas de inflação de 3,19% no ano e de 3,81% em 12 meses, acima dos 3,51% registrados pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR).

A queda da taxa do IPC-C1 de agosto para setembro foi puxada pelos grupos de despesas habitação (cuja taxa caiu de 0,95% para 0,26%), alimentação (de -0,46% para -0,72%), transportes (de 0,05% para 0,03%) e comunicação (de 0,68% para 0,54%).

Por outro lado, quatro grupos tiveram alta na taxa: saúde e cuidados pessoais (de 0,01% para 0,22%), vestuário (de -0,44% para 0,03%), educação, leitura e recreação (de 0,04% para 0,37%) e despesas diversas (de -0,07% para 0,13%).

(Agência Brasil)

Bancada cearense terá reunião em busca de consenso em torno de emendas ao Orçamento 2020

Domingos Neto coordena a bancada e é relator da proposta do Orçamento da União 2020

Nesta terça-feira, no fim da tarde, a bancada federal cearense fará reunião para definir as prioridades em matéria de emendas ao Orçamento Geral da União 2020.

A informação é do deputado federal Idilvan Alencar (PDT), adiantando que, na última semana, não se chegou a um consenso sobre as prioridades.

Domingos Neto, coordenador a bancada e relator na Comissão Mista do Orçamento da União 2020, está otimista de que haja acordo dessa vez, segundo assessores.

O governador Camilo Santana, inclusive, já reiterou apelo aos parlamentares em favor de emendas que consolidem a Plataforma de Modernização da Saúde, recentemente sancionada por ele e que se configura como a principal estratégia do secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto.

(Foto – Agência Câmara)

Brisa terrestre foi responsável pelas últimas chuvas em Fortaleza, diz Funceme

A brisa terrestre, um sistema indutor que age nos períodos da noite da manhã, movendo-se da terra para o mar foi a responsávl pelqs chuvas registradas, nesta manhã de segunda-feira, nos litorais de Fortaleza e de Sao Gonçalo do Amarante, mais precisamente no Pecém. A informação é da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), que prevê agora céu mais claro ao longo do dia em todas as macrorregiões.

No balanço parcial da Funceme referente ao período entre as 7 horas de domingo (6) e as 7 horas de hoje, há indicação de registros de chuva em, pelo menos, seis municípios. Foram eles: Beberibe (4 mm), Itapiúna (3,2 mm), Maranguape (2,2 mm), Horizonte (1,8 mm), Itaitinga (1,2 mm) e Redenção (1 mm). Os dados são preliminares e podem ser acompanhados por meio do endereço www.funceme.br/calendario ou pelo app ‘Calendário de Chuvas’.

Para esta terça e quarta-feira, não há tendência de novas precipitações, sendo previsão de nebulosidade variável em todo o estado. Mesmo assim, a Funceme informa que realizará nova análise das condições de tempo na tarde desta segunda e indicará, caso seja necessário, atualizações.

(Foto – Arquivo)

Mercado financeiro prevê que inflação deste ano fique em 3,42%

Instituições financeiras reduziram, pela nona vez seguida, a estimativa para a inflação este ano. Segundo pesquisa do Banco Central (BC) feita junto ao mercado financeiro, divulgada todas as segundas-feiras pela internet, a previsão para a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, passou de 3,43% para 3,42% em 2019.

Para 2020, a estimativa caiu de 3,79% para 3,78%, na segunda redução seguida. A previsão para os anos seguintes não teve alterações: 3,75% em 2021, e 3,50%, em 2022.

As projeções para 2019 e 2020 estão abaixo do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

O principal instrumento usado pelo BC para controlar a inflação é a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Para o mercado financeiro, a Selic deve terminar 2019 em 4,75% ao ano. Atualmente, a Selic está em 5,5% ao ano.

O mercado financeiro não alterou a estimativa para o fim de 2020: 5% ao ano. Para 2021, a expectativa é que a Selic termine o período em 6,50% ao ano. Para o fim de 2022, a previsão permanece em 7% ao ano.

Crescimento da economia

A previsão para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – é mantida em 0,87% em 2019, há cinco semanas consecutivas.

As estimativas para os anos seguintes também não foram alteradas: 2% em 2020; e 2,50% em 2021 e 2022.

Dólar

A previsão para a cotação do dólar segue em R$ 4 e, para 2020, subiu de R$ 3,91 para R$ 3,95.

(Agência Brasil)

Empresário Igor Queiroz receberá nesta terça-feira a Medalha Boticário Ferreira

O empresário Igor Queiroz Barroso receberá nesta terça-feira, às 19h30min, na Câmara Municipal de Fortaleza, a Medalha Boticário Ferreira. A iniciativa é da vereadora Priscila Costa.

Igor Queiroz ganha a comenda por seu trabalho à frente do Instituto Myra Eliane localizado em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), onde atende a comunidade carentes.

(Foto – Divulgação)

Nobel da Medicina sai para um inglês e dois americanos

O Prêmio Nobel de Medicina de 2019 foi concedido aos cientistas William G. Kaelin Jr., Sir Peter J. Ratcliffe e Gregg L. Semenza “pelas suas descobertas de como as células sentem e se adaptam à disponibilidade de oxigênio”. O anúncio foi feito hoje (7) em Estocolmo, na Suécia.

Na página oficial do Twitter, a organização do Nobel anuncia os três vencedores com um trabalho que “revela os mecanismos moleculares que demonstram como as células se adaptam às variações no fornecimento de oxigênio”.

Os vencedores são dois norte-americanos e um inglês. William Kaelin, nascido em 1957, em Nova Iorque, é especialista em medicina interna e oncologia. Gregg Semenza, também nascido em Nova Iorque, em 1955, é pediatra e o britânico Peter Ratcliffe, nascido em Lacashirem, em 1954, é perito em nefrologia.

Calendário de premiação
Este foi o primeiro dos seis prêmios mais cobiçados do mundo a ser distribuído este ano. Ainda na área da ciência, os próximos a serem distinguidos serão o Nobel da Física, a ser anunciado amanhã, e na quarta-feira, o prémio Nobel de Química.

Na quinta-feira será o dia em que serão anunciados os Nobel da Literatura de 2019 e também de 2018, depois de, no ano passado, a entrega ter sido suspensa por força de um escândalo (abusos sexuais e crimes financeiros) que afetou a Academia de Estocolmo.

Na sexta-feira será conhecido o nome que será distinguido com o Nobel da Paz. O último anúncio será no dia 14 de outubro – o Nobel da Economia.

O comitê do Nobel explicou que os três cientistas conseguiram com os seus trabalhos “identificar a maquinaria molecular que regula a atividade dos genes na resposta a variações de oxigênio”.

Como explica a organização dos prêmios, “a importância fundamental do oxigênio é conhecida há séculos, mas a forma como as células se adaptam às mudanças nos níveis de oxigênio tem sido, há muito tempo, desconhecida”.
“A detecção de oxigênio é central para um grande número de doenças. As descobertas feitas pelos vencedores do Nobel deste ano têm uma importância fundamental para a fisiologia e abriram o caminho para prometer novas estratégias para combater a anemia, o cancro e muitas outras doenças”, justifica a organização.

Os três cientistas dividirão igualmente o prêmio de 832.523 euros.

(Agência Brasil)

Eunício admite disputar a Prefeitura de Fortaleza: “Na política e no amor, não se descarta nada!”

“Na política e no amor não se descarta nada”, disse, em clima de convenção nacional do MDB, em Brasília, nesse domingo, o ex-senador e presidente do partido no Ceará, Eunício Oliveira. O ex-parlamentar admitiu entrar na peleja em conversa com o repórter Samuel Pimentel, do O POVO.

Eunício disse, no entanto, que não pretende lançar nomes um ano antes de 2020, mas construir, através do sentimento das bases, lideranças. “Porque o importante é ter o eleitor para depois encontrar o nome”, afirmou ele.

Eunício entregou a tesouraria do PMDB nacional e indicou para o diretório o deputado federal Moses Rodrigues, o secretário-geral estadual João Melo e o ex-senador Mauro Benevides.

(Foto – Facebook)

Gilmar Mendes é o entrevistado desta segunda-feira do Roda Viva

O programa “Roda Viva”, da TV Cultura, receberá, nesta segunda-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. O programa, ao vivo, será apresentado por Daniela Lima.

Alvo das atenções de todo o País, diante da revelação feita pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de que pretendia matá-lo a tiros, Gilmar Mendes está habituado a polêmicas.

Ele já travou várias com representantes da classe política, dos meios jurídicos e de outros setores da sociedade. Autor de sentenças controvertidas, Gilmar não foge ao debate e o programa promete.

(Com Agências/Foto – Agência Brasil)

Camilo vai sancionar projeto que cria o Contribuinte Pai d’Égua

Fernanda Pacobahyba é a títular da Sefaz/CE.

O Programa de Conformidade Tributária “Contribuinte Pai d’Égua”, da Secretaria da Fazenda do Ceará, deve ser sancionado nos próximos dias pelo governador Camilo Santana (PT). A matéria foi aprovada na ultima semana,a pela Assembleia Legislativa. O objetivo é premiar as empresas em dia com as obrigações tributárias.

O novo programa prevê benefícios para os contribuintes que adotarem boas práticas no campo tributário. Dentre as vantagens estão a concessão de credenciamento especial; o tratamento favorecido nos procedimentos de controle de mercadorias em trânsito; prazo diferenciado para recolhimento de impostos; a simplificação nos processos de restituição de tributos e no julgamento de processos administrativos tributários, dentre outras medidas.

Com o “Contribuinte Pai d’Égua”, a Secretaria da Fazenda, segundo sua assessoria de imprensa, pretende estimular a autorregularização e a conformidade fiscal, estabelecendo instrumentos para o estreitamento da relação entre os contribuintes e o Fisco. Por meio da educação fiscal, o projeto busca alcançar uma maior eficiência na arrecadação e melhorar o ambiente de negócios no Estado.

(Foto – Divulgação)

Campanha de vacinação contra o sarampo começa nesta segunda-feira

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa hoje (7) em todos os postos de saúde do país. Dois grupos de pessoas estão no alvo da nova campanha. O primeiro grupo é formado por crianças de seis meses até menores de 5 anos, cuja a vacinação vai desta segunda-feira até 25 de outubro, com o Dia D no dia 19.

O segundo grupo, com faixa etária de 20 a 29 anos e que não estão com a caderneta de imunização em dia, a vacinação está prevista para iniciar no dia 18 de novembro. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 2,6 milhões de crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões adultos. Para isso, a pasta garantiu a maior compra de vacinas contra o sarampo dos últimos 10 anos. Ao todo, 60,2 milhões de doses da tríplice viral foram adquiridas para garantir o combate à doença nos municípios.

“Vacina é um direito da criança. Ela não consegue ir sozinha a uma unidade de saúde para se vacinar. Pais, responsáveis, avós chequem a carteira de vacinação como ato de respeito e de amor”, disse o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Se estiver incompleta, leve a criança para tomar a segunda dose. Se a criança não tiver tomado nenhuma, ela deve tomar a primeira dose e, na sequência, a segunda”, explicou o ministro.

Para incentivar a vacinação de crianças, o ministério disponibilizará R$ 206 milhões destinados aos municípios que cumprirem duas metas estabelecidas pelo ministério. “Para receber esse recurso adicional, os gestores terão que informar mensalmente o estoque das vacinas poliomielite, tríplice viral e pentavalente e atingir 95% de cobertura vacinal contra o sarampo em crianças de 1 a 5 anos de idade com a primeira dose da vacina tríplice viral”.

Desde o início do ano, a pasta distribuiu 25,5 milhões de doses da vacina tríplice viral para garantir a todos os estados a vacinação de rotina, as ações de interrupção da transmissão do vírus e a dose extra chamada de dose zero a todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias.

Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. Por isso, o governo federal em parceria com os estados e municípios estão unindo esforços para vacinar 39,9 milhões de brasileiros, 20% da população, que hoje estão suscetíveis ao vírus do sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde. Apesar da faixa etária de 20 a 29 anos concentrar a maior parte desses brasileiros (35%), são os menores de 5 anos o grupo mais suscetível para complicações do sarampo.

(Agência Brasil)

Mauro Benevides discursará em sessão que comemora os 31 anos da Carta Cidadã

O ex-senador Mauro Benevides (MDB) será o principal orador, nesta segunda-feira, a partir das 11 horas, durante sessão solene na Câmara dos Deputados.

A sessão marca os 31 anos da chamada “Carta Cidadã”, do falecido Ulysses Guimarães, promulgada em 1988. Na época, Ulysses presidia a Assembleia Nacional Constituinte que teve o cearense Mauro Benevides como vice-presidente.

Mauro se diz honrado de participar do ato.

(Foto – Agência Câmara)

Caixa Econômica inicia semana de reconciliação; a ordem é renegociar dívidas cobradas na Justiça

De hoje (7) até sexta-feira (11), cerca de 120 mil clientes da Caixa Econômica Federal em todo o país, com dívidas cobradas na Justiça, poderão renegociar os débitos. O banco promove a Semana Caixa de Conciliação, que facilitará a regularização das dívidas com descontos de até 90% para pagamentos à vista.

A ação abrange 71 mil pessoas físicas, das quais um quarto poderá quitar dívidas à vista por menos de R$ 1 mil, e 50 mil pessoas jurídicas, das quais mais de 44% poderão pagar à vista com valores inferiores a R$ 10 mil.

Mesmo se o devedor não puder liquidar à vista, a Caixa oferecerá descontos e condições especiais que variam conforme a situação do contrato e o tipo de operação de crédito.

Segundo a Caixa, a ação tem como objetivo encerrar processos judiciais de maneira conciliatória, extinguindo a ação e possibilitando o resgate do poder de compra e de pagamento.

Após a renegociação, o cliente recuperará a capacidade de pedir crédito no mercado, com a retirada das restrições dos cadastros externos de devedores.

As renegociações ocorrerão em todo o país. Os clientes que receberam carta-convite da Caixa poderão ser atendidos nas agências do banco ou em determinadas varas da Justiça Federal. A lista completa com os locais de atendimento pode ser conferida em: www.caixa.gov.br/vocenoazul.

Campanha

O mutirão de reconciliação faz parte da Campanha Você no Azul, lançada no fim de maio, que pretende renegociar dívidas de até 3 milhões de clientes.

A campanha oferece várias opções de renegociação aos clientes com débitos em atraso há mais de 360 dias. Até o momento, segundo o banco, foram regularizadas dívidas de 276 mil clientes, totalizando R$ 2,4 bilhões em débitos liquidados.

A campanha Você no Azul vai até 31 de dezembro. Os clientes poderão ser atendidos por meio dos sites www.caixa.gov.br/vocenoazul e www.negociardividas.caixa.gov.br ou ligar para telefone 0800-726-8068, opção 8. Mais informações podem ser obtidas nas redes sociais da Caixa: http://facebook.com/caixa ou http://twitter.com/caixa. O cliente também pode fazer contato com o banco pelo Whatsapp, no telefone 0800-726-8068.

O banco também contratou empresas de recuperação de crédito para comunicar as opções de renegociação aos clientes por meio de ligações telefônicas ou de mensagens SMS no celular.

O devedor pode ir ainda a qualquer agência ou procurar os caminhões Você no Azul, cujo cronograma está disponível na página www.caixa.gov.br/vocenoazul

(Agência Brasil)