Blog do Eliomar

Últimos posts

Camilo libera projetos para o prefeito Ivo Gomes

Ivo Gomes e Camilo – Parcerias na área da Segurança.

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), recebido em audiência, no Palácio da Abolição, pelo governador Camilo Santana (PT), assegurou a construção do novo batalhão da Polícia Militar e o reforço de 40 novos policiais para o município.

“Estamos fazendo tudo que o poder público municipal pode fazer no que diz respeito à Segurança, solicitando ao governador mais policiais e oferecendo mais conforto a eles”, disse Ivo Gomes, ao sair da audiência, que ocorreu no fim da tarde de sexta-feira,

O novo prédio do Batalhão da PM era uma reivindicação da corporação e Ivo havia se comprometido em buscar o equipamento junto ao governador. Os dois trataram ainda sobre projetos nas áreas da saúde.

(Foto -Facebook)

Efeito Guaidó – Demitri se autodeclara secretário especial do Meio Ambiente Sustentável para Fortaleza

785 5

Após Juan Guaidó se autodeclarar presidente interino da Venezuela, do ator José de Abreu se declarar presidente do Brasil, eis o jornalista Demitri Túlio de autodeclarando secretário especial do Meio Ambiente Sustentável para Fortaleza, em defesa das árvores. Confira:

Diante do risco de morte de mais árvores em Fortaleza;Diante da redução acelerada das quase inexistentes sombras nas calçadas e nos canteiros centrais; Diante do cemitério de tocos em centenas de esquinas; Diante do anúncio milhares de árvores plantadas, mas sem a certeza de que vingarão; Diante de um programa de “compensação ambiental” questionável; Diante da localização geográfica do Ceará, cravado na região mais semiárida do Brasil; Diante do desaparecimento de biomas urbanos, da Caatinga e de várias espécies da fauna e da flora; Diante da insustentável relação entre quem não tem compreensão do que representa este ser vivo para a Terra e as implicações com o aquecimento global:

A partir de hoje, me autodeclaro secretário especial do Meio Ambiente Sustentável para Fortaleza.

Em conversa com o autoproclamado presidente José de Abreu, que havia me sondado para ministro do Meio Ambiente – porque a situação nacional também não está fácil para florestas, para índios, quilombolas e para comunidades destroçadas por mineradoras -, decidi primeiro quebrar a cabeça aqui para tentar coletivamente reverter a matança de árvores na capital cearense.

Sei da existência de nomes mais gabaritados do que o meu. Eudoro Santana, Beatriz, Bilica, Jeovah Meireles, Herbert Lobo, João Alfredo, Gentil Barreira, Antônio Sérgio, Leonardo Jales, professor Miranda, Sofia Ximenes, Gabriel Aguiar… E, por isso, comprometo-me a renunciar caso queiram assumir a secretaria especial do Meio Ambiente Sustentável. Por autoproclamação, claro, afinal o Planalto apoia esse instrumento.

Meu primeiro ato será suspender toda e qualquer “ordem de supressão” de árvores em Fortaleza até que se analise se vale à pena, mesmo, sacrificá-las. E procurar alternativa.

Serão proibidas as construções civis, as obras viárias e os empreendimentos geradores de riquezas na Cidade? Não. Mas os critérios, além da geração digna de trabalho e urbanidade, levarão em conta também o impacto ambiental causado pela eliminação, por exemplo, de mais de 50 árvores. Caso da Beira Mar.

Quais as consequência ambientais sentidas depois da derrubada de um bosque de cajueiros, mangueiras, coqueiros na equina da Santos Dumont com Virgílio Távora?

Um cemitério de árvores exterminadas, com autorização do Poder Municipal, durante um Carnaval de 2011. Foi calculado o prejuízo por causa da ausência daquele ecossistema já consolidado?

Qual a quantidade de CO2 que se deixou de capturar? E a tal “compensação”? Onde estão e em que estado de sobrevivência se encontram as árvores que seriam plantadas?

E na Rui Barbosa, no terreno onde funcionava o restaurante Parque Recreio? Qual a impossibilidade de conviverem, em um mesmo espaço, árvores e o supermercado Frangolândia?

O que representa para a redução do aquecimento global derrubarem centenas de árvores consolidadas e plantarem mudas que não se sabe se vingarão?

Sem mais delongas, por enquanto, fica decretado:

Toda árvore terá direito a uma vida digna em Fortaleza;

Terá direito a crescer na Cidade e, se for de flores, se encher de cores, frutos e espalhar sementes;

Poderá abrigar quantos ninhos durar a vida, ser lugar de beijos e balançar infâncias.

E nenhuma árvore, doravante, será ameaçada de remoção ou de ser morta e esquartejada no lugar onde rebentou…

Demitri Túlio

Jornalista do O POVO

Autodeclarado secretário especial do Meio Ambiente Sustentável para Fortaleza

0 a 0 – No clássico dos gols perdidos, Ceará e Fortaleza empolgam torcedor

Apesar do empate sem gols, Ceará e Fortaleza realizaram um clássico de tirar o fôlego, na tarde deste domingo (10), no Castelão, pela penúltima rodada da segunda fase do Campeonato Estadual.

Enquanto o Vozão colocou duas bolas na trave e ainda obrigou o goleiro Marcelo Boeck a uma grande defesa, nos acréscimos do segundo tempo, o ataque do Leão exagerou em perder gols, ao ficar sozinho com o goleiro Richard.

Com o resultado, o Ceará assegurou matematicamente a classificação para as semifinais do campeonato, enquanto o Fortaleza, apesar de ainda permanecer fora do G4, garantirá a classificação em caso de vitória sobre o Floresta, na rodada completa do dia 20.

Na quarta-feira (13), o Ferroviário irá a Sobral para enfrentar o Guarany, no estádio do Junco, em partida adiada pela quinta rodada, diante das chuvas que caíram no município da Região Norte do Estado. Se vencer, o Guarany entra no G4 e tira o Ferrão. Neste domingo, Ferroviário e Horizonte empataram em 1 a 1, no estádio Presidente Vargas.

(Fotos: Reprodução)

MPCE promove Semana do Consumidor a partir de amanhã

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), promove, entre esta segunda-feira (11) e a sexta-feira (15), a Semana do Consumidor 2019. O evento faz alusão ao Dia Mundial do Consumidor, comemorado no dia 15 de março, e traz, nesta edição, uma programação elaborada a partir da temática “Proteção alimentar – todos de olho no seu bem-estar”. Os eventos serão realizados em Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Sobral e Maracanaú. Confira aqui a programação completa.

A Semana do Consumidor é em comemoração ao Dia Mundial do Consumidor e tem como intuito de divulgar os direitos dos cidadãos nas relações de consumo, tornando possível as exigências e, consequentemente, garanti-los. Para isso, encontros variados e destinados à comunidade são realizados diariamente, como café da manhã, palestras, audiências, atendimentos, sessão solene, coletiva de imprensa e mutirão de negociação de dívidas. Neste ano, destacam-se os eventos do Programa de Proteção e Defesa dos Consumidores de Produtos de Origem Animal (Propoa), diretamente ligado ao tema do evento, e a Semana Especial de Negociação de Dívidas e demais demandas.

“Estaremos em municípios do interior que ainda não visitamos e onde não há um programa atuante, bem como em locais que já têm Procon ou uma unidade descentralizada do Decon, com o objetivo de fortalecer esse atendimento. Já a escolha do tema foi a partir da nossa preocupação com a saúde do consumidor e da segurança alimentar, um dos focos do nosso trabalho em 2019, com o projeto Programa de Proteção e Defesa dos Consumidores de Produtos de Origem Animal (Propoa), que visita vários municípios do estado e ensina consumidores e produtores a tratarem os produtos de origem animal”, explica a secretária-executiva do Decon, promotora de Justiça Ann Celly Sampaio. “Nosso objetivo geral é mostrar para a comunidade que existe uma defesa do consumidor eficiente, prática, rápida e responsável”, conclui.

O Propoa, lançado em 2018, possui viés educativo e tem como objetivo orientar os consumidores, produtores e comerciantes sobre a segurança dos alimentos de origem animal e a correta procedência e identificação dos produtos, visando à integridade da saúde da população e à diminuição da incidência de produtos de origem animal clandestinos no Ceará. Serão realizadas palestras e audiências acerca do Programa no Instituto Federal do Ceará – IFCE no campus Caucaia (12/03), na Universidade Federal do Cariri – UFCA (14/03), no auditório da Câmara Municipal de Brejo Santo (14/03), na Universidade Regional do Cariri – URCA (15/03) e na Faculdade de Juazeiro do Norte – FJN (15/03).

Em paralelo, a Semana Especial de Negociação de Dívidas e demais demandas iniciou com a assinatura de Termo de Responsabilidade e Compromisso, envolvendo os segmentos de serviços essenciais, prestados por empresas como Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica, Santander, Oi, Vivo, Cagece e Enel, que participarão do evento. A mobilização será entre a segunda-feira e a quinta-feira (14) na sede do Decon, em Fortaleza. As demandas de negociação e renegociação de dívidas serão tratadas e resolvidas de forma imediata.

Outra ação de destaque desta edição da Semana do Consumidor é o Decon Viajante, que será promovido entre 11 e 15 de março, em Penaforte, Jati, Salitre, Caririaçu e Granjeiro, respectivamente. Os cidadãos desses municípios receberão o atendimento especializado do Decon e poderão tirar dúvidas, registrar reclamações contra fornecedores de produtos e serviços, bem como denunciar estabelecimentos que acreditem estar descumprindo a lei. Além de atendimento à população, o projeto Decon Viajante realiza emissão de documentos (RG e CPF) em parceria com a Secretaria da Proteção Social, Mulher, Justiça e Direitos Humanos. Os atendimentos são realizados sempre das 8h às 14h, nas praças centrais de cada uma das cidades, em uma van do projeto.

(MPCE)

OAB pede apuração de conduta de policiais que amarraram crianças no Maranhão

Após o episódio em que duas crianças de 9 e 10 anos foram amarradas com uma corda e levadas de camburão para a delegacia na cidade de Caxias, no Maranhão, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na cidade, Agostinho Neto, informou que vai representar junto ao Ministério público estadual para apurar as responsabilidades dos policiais militares envolvidos no caso.

“A polícia agiu de forma muito errada ao apreender e conduzir dentro de um camburão essas crianças, agiu com maus-tratos. A legislação, o Estatuto da Criança e Adolescente, proíbe esse tipo de conduta. Em razão do caso, vamos entrar com uma representação junto ao Ministério Público para apurar a conduta dos policiais. Vamos tomar todas as medidas cabíveis”, disse Agostinho Neto à Agência Brasil.

O caso aconteceu nesta sexta-feira (8). Imagens gravadas por celular mostram o momento em que as crianças são retiradas da parte traseira do camburão e levadas para a delegacia. Segundo os policiais, elas foram apreendidas por suspeita de terem assaltado uma casa.

De acordo com Agostinho Neto, que classificou o caso de absurdo, a OAB vai dar entrada na representação amanhã (11), após reunião do conselho. Ele informou ainda que vai acionar a Defensoria Pública para prestar assistência jurídica às crianças e às suas famílias. “A situação me deixou chocado. Essas crianças foram vítimas de maus-tratos, a defensoria pode solicitar a reparação por danos morais, pois elas passaram por muito constrangimento”, afirmou.

Em nota, a Polícia Militar (PM) do Maranhão informou que afastou os policiais envolvidos. De acordo com a PM, a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular também está acompanhando a apuração da conduta dos policiais. “Sobre a grave violação a direitos de duas crianças em Caxias, informamos que a Polícia Militar instaurou imediatamente inquérito para apurar a conduta dos policiais que atenderam a ocorrência”, diz a nota.

Para Agostinho Neto, o caso mostra que faltou preparo aos policiais que atuaram no caso. “É nítida a falta de formação, o despreparo desses policiais. Acredito que eles devam ser punidos, mas penso que o caso, por mais grave que seja, não é motivo para a expulsão dos quadros da polícia. Não vi má-fé na atuação dos policiais, mas um profundo despreparo e desconhecimento da legislação”, afirmou.

O Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) determina que adolescentes que cometem algum ato infracional sejam responsabilizados com sanções que vão da mais leve, a advertência, até a mais rígida, que é a privação de liberdade. Em todas as situações, a autoridade não poderá conduzi-los em condições quem atentem à sua dignidade.

Quando a prática de ato infracional envolve crianças, como no caso em questão, o ECA recomenda a aplicação de medidas protetivas que envolvem, entre outras, o encaminhamento aos pais ou responsável, mediante termo de responsabilidade; a matrícula e frequência obrigatórias em estabelecimento oficial de ensino fundamental; a inclusão em programa de auxílio à família, à criança e ao adolescente; e o acompanhamento psicológico ou por profissional da assistência social.

(Agência Brasil / Foto: Reprodução)

Concurso Público – Hora de conferir oportunidades de emprego em outros Estados

Vários órgãos públicos do País inscrevem para concurso público em segmentos bem diferenciados e que chegam como ótima oportunidade de trabalho para quem pensa em se aventurar fora do seu Estado.

Confira algumas opções:

*Prefeitura do Rio de Janeiro

Inscrições: até 21/03/2019
112 vagas
Salários de até R$2.148,00
Cargos de nível fundamental, médio e superior

Veja o edital aqui.

*Secretaria de Estado da Fazenda da Bahia

Inscrições: até 05/04/2019
60 vagas
Salários de até R$9.459,45
Cargos de nível superior

Veja o edital aqui.

*Superintendência de Limpeza Urbana do Distrito Federal

Inscrições: até 01/04/2019
150 vagas
Salários de até R$5.070,00
Cargos de nível superior

Veja o edital aqui.

*Tribunal de Justiça de Santa Catarina

Inscrições: até 12/04/2019
192 vagas
Cargos de nível médio e superior

Veja o edital aqui.

*Universidade Estadual de Montes Claros (MG)

Inscrições: até 11/04/2019
96 vagas
Salários de até R$1.719,07
Cargos de nível médio e superior

Veja o edital aqui.

Guaidó convoca atos contra Maduro pelas redes sociais

O autodeclarado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, usou as redes sociais para manter a mobilização contra o governo de Nicolás Maduro e para pedir que seus apoiadores sigam nos protestos apesar das dificuldades. O apelou ocorreu no momento de um apagão que atingiu Caracas e 22 dos 23 estados venezuelanos.

Na sua conta pessoal no Twitter, Guaidó fez o pedido aos simpatizantes. “Temos de seguir focados, serão dias duros. O regime tentará nos dividir e desmobilizar”, ressaltou. “A Venezuela está vitoriosa e segue como rumo à vitória. Para que não nos tranquem nem bloqueiem, seguimos progressivamente.”

Também via Twitter, o embaixador John Bolton, conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, reiterou apoio a Guaidó e pediu que os países que ainda não se manifestaram em favor do interino o façam.

“Apesar da falta generalizada de energia, do aumento da repressão, da falta de transporte público e de apagões na internet, os venezuelanos tomaram as ruas com o presidente interino Guaidó para protestar contra a apropriação ilegítima de Maduro”, escreveu Bolton.

Ontem (9), o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apontou os Estados Unidos como responsáveis pela pane elétrica que atingiu o país. Segundo ele, o objetivo é desestabilizar seu governo por meio de sabotagem cibernética.

(Agência Brasil)

Papéis do Comef e do Copom

Em artigo sobre economia, o consultor financeiro Fabiano Mapurunga, Mestre em Administração com ênfase em Finanças e MBA em Gestão Financeira e Controladoria, aponta as diferenças de atribuições do Comef e do Copom. Confira:

Dando continuidade ao nosso propósito de dar mais acessibilidade, aos nossos leitores, sobre os assuntos inerentes ao mercado financeiro, trago hoje uma explicação sobre as diferenças entre o Copom (Comitê de Política Monetária) e o Comef (Comitê de Estabilidade Financeira). Então vamos ao entendimento:

O Comef (Comitê de Estabilidade Financeira), é um órgão que está contido no Banco Central (BC), e que tem por finalidade primeira, estabelecer as diretrizes para a base de manutenção da estabilidade financeira, e determinar a prevenção da materialização do risco sistêmico, que se configura, como o risco de haver uma parada geral na prestação dos serviços financeiros essenciais ao uso das famílias e empresas. O que provocaria um prejuízo contundente na economia brasileira.

A atividade de prevenção da estabilidade financeira promovida pelo Comef, é feita através de um verdadeiro “raio-x”, sobre o sistema financeiro. O objetivo é identificar vulnerabilidades, e caso sejam encontradas, o mesmo comanda medidas para mitigar o risco sistêmico eminente.

O Copom (Comitê de Política Monetária), é um órgão componente do Banco Central (BC) que tem, em sua constituição, um Presidente e diretores, os quais são responsáveis por definir, a cada 45 dias, a taxa básica de juros da nossa economia, a Selic.

Entendendo as definições dos respectivos comitês, podemos entender agora as diferenças de atribuições entre os mesmos:

– Ao Copom, cabe determinar a taxa básica de juros da nossa economia, por
intermédio de reuniões que ocorrem a cada 45 dias;

– Ao Comef, cabe a definição de medidas e de instrumentos prudenciais, para a manutenção da estabilidade financeira. Trimestralmente o mesmo define o valor do “adicional contracíclico de capital principal” para o Brasil, ou seja, da reserva a ser acumulada pelos bancos durante a fase de expansão do ciclo de crédito, a ser consumida durante sua fase de contração. O objetivo é mitigar os riscos provocados pelo excessivo crescimento do crédito, em momentos de muito otimismo. Bem como da sua redução demasiada em tempos de pessimismo.

O Adicional Contracíclico (ACP), é uma ferramenta macroprundencial muito importante para os seguintes pontos:

– Salvaguardar a estabilidade do sistema financeiro;

– Reduzir a pró-ciclicidade da regulação;

– Contribuir para manutenção do fluxo de crédito em momentos de crise.

Fabiano Mapurunga

Consultor em Finanças e Negócios. Mestre em Administração com ênfase em Finanças. MBA em Gestão de Negócios. MBA em Gestão Financeira e Controladoria. Professor Universitário

Bancada federal reúne prefeitos para discutir prioridades nesta segunda-feira

Prefeitos dos municípios cearenses se reúnem com a bancada federal, na manhã desta segunda-feira (11), a partir das 8 horas, na sede da Aprece, na Aldeota. Os gestores irão expor aos parlamentares do Ceará as necessidades mais
urgentes dos municípios e debater as pautas de interesse do Estado no Congresso Nacional.

“Essa parceria com a Aprece é fundamental e essa será a oportunidade de ouvirmos direto dos prefeitos cearenses suas demandas e questionamentos. Existem pautas específicas referentes aos municípios em tramitação no Congresso Nacional e é importante discutirmos em conjunto”, comentou o coordenador da bancada federal, deputado Domingos Neto (PSD).

Para Nilson Diniz, presidente da Aprece, o trabalho articulado junto à bancada federal, fortalecido pela confiança e participação efetiva dos prefeitos cearenses, é o caminho para concretizar as mudanças e as ações que se fazem necessárias.

O encontro também servirá para o planejamento da próxima Marcha dos Prefeitos a Brasília, evento nacional coordenado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) que acontecerá de 8 a 11 de abril.

SERVIÇO

Reunião da Aprece com a Bancada Federal do Ceará
Data: 11/03/2019
Horário: a partir das 8h
Local: Auditório da Aprece (Rua Maria Tomásia, 230 – Aldeota Fortaleza/CE)

(Foto: Arquivo)

Líder do PT na Câmara dos Deputados debaterá em Fortaleza a “Nova Previdência” de Bolsonaro

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), líder da bancada do partido na Câmara, cumprirá agenda em Fortaleza nesta segunda-feira. A informação é do vereador Guilherme Sampaio, adiantando que o petista terá dois compromissos.

O primeiro, às 11 horas., na sede da ONG Casa Vermelha, onde ele conversará com a militância sobre o cenário político do País e a campanha Lula Livre.

No mesmo dia, às 15 horas, Paulo Pimenta participará de uma audiência pública sobre a proposta de reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro. O encontro ocorrerá na Assembleia Legislativa.

Bolsonaro anuncia campanha de combate à poluição no mar

O presidente Jair Bolsonaro informou hoje (10), por meio da rede social Twitter, que o Ministério de Meio Ambiente usará uma armação de metal em formato de tubarão-baleia como símbolo de uma campanha de combate à poluição marinha. O tubarão, com 15 metros de comprimento, será preenchido com lixo retirado do mar.

A ação será realizada no Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em Santos, no litoral paulista. De acordo com o presidente, a campanha é a primeira etapa de uma agenda ambiental urbana.

“No Dia Mundial da Água, 22 de Março, o ministro do Meio Ambiente @rsallesmma [Ricardo Salles] lançará a primeira etapa da Agenda Ambiental Urbana: Combate ao Lixo no Mar, em Santos e em Ilhabela. Este Tubarão-Baleia será um símbolo de 15 metros que será preenchido com o lixo retirado do mar”, tuitou Bolsonaro.

Relatório

Na semana passada, um relatório da organização World Wide Fund for Nature (WWF) mostrou que o Brasil é o quarto maior produtor de lixo plástico do mundo. Segundo a organização, o país fica atrás apenas de Estados Unidos, China e Índia.

Segundo o estudo da WWF, mais de 104 milhões de toneladas de plástico vão poluir os ecossistemas até 2030 se nenhuma mudança acontecer na nossa relação com o material. O relatório mostra ainda que o volume de plástico que vaza para os oceanos todos os anos é de aproximadamente 10 milhões de toneladas.

A organização defende a adoção de um acordo global para conter a poluição por plásticos. A proposta será debatida na Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente que começa amanhã (11) em Nairóbi, no Quênia, e vai até 15 de março.

O tubarão-baleia é considerado a maior espécie de peixe do mundo, podendo atingir mais de 12 metros de comprimento. Ele se alimenta filtrando plâncton e pequenos peixes como anchovas e sardinhas. A espécie, ao lado de outros filtradores como arraias e baleias, é apontada como uma das mais afetadas pela ingestão de plástico e microplástico no processo de alimentação.

(Agência Brasil)

Governo do Ceará conta com R$7,3 milhões para acordos precatórios em processos trabalhistas

A Divisão de Precatórios do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) lançou edital de abertura de processo de habilitação para credores solicitarem audiências de conciliação em processos de precatórios do Governo do Ceará (administração direta e indireta). O Estado disponibilizou R$ 7.379.583,01 para celebrar acordos e sanar dívidas com seus credores de ações trabalhistas. A informação é da assessoria de imprensa do TRT do Ceará.

O período de habilitação para os interessados em celebrar acordos vai até o dia 27 de março. Também serão incluídos os pedidos formulados a partir de 2 de outubro de 2018.

Após protocolizado o pedido do credor, o valor do crédito será atualizado e as partes intimadas para ciência. Depois de encerrado o prazo para os pedidos, as pautas de audiências serão formuladas com observância da ordem cronológica dos precatórios.

SERVIÇO

*Para solicitar a audiência, a parte deve fazer uma petição no processo do respectivo precatório, com protocolo direto no TRT/CE, situado na Avenida Desembargador Leite Albuquerque, 1.077, Aldeota, Fortaleza.

*O envio da petição também pode ser feito através do e-mail precatorio@trt7.jus.br.

Maduro culpa os EUA por apagões na Venezuela

Após o apagão que atingiu Caracas e 22 dos 23 estados venezuelanos, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apontou os Estados Unidos como responsáveis pela pane elétrica que atingiu o país. Segundo ele, o objetivo é desestabilizar seu governo por meio de sabotagem cibernética.

Maduro disse que os “ataques cibernéticos” ocorreram desde o dia 7 por intermédio de pessoas infiltradas na empresa estatal de energia Corpoelec. Para ele, as ações se assemelham a atos de guerra.

O venezuelano disse que os Estados Unidos subestimam o povo venezuelano. Ele afirmou que haverá reações. “[Haverá] uma resposta esmagadora e patriotas que amam e defender com coragem, o nosso país”, afirmou.

Maduro elogiou os trabalhadores de serviços de energia pelo sacrifício que fizeram em restaurar o serviço elétrico.

Em meio ao apagão, houve ontem (9) protestos em Caracas e várias cidades venezuelanas contra e a favor do governo. Simpatizantes de Juan Guaidó, autodeclarado presidente da Venezuela, foram às ruas, assim como os de Maduro.

(Agência Brasil com Telesur)

Alexandre Maia volta ao rádio, após recuperação de cirurgia no coração

219 1

Para quem estava com saudade do programa da Jovem Guarda, aos sábados, na Rádio Assunção, sob o comando do radialista Alexandre Maia, a espera acabou.

Após se recuperar da cirurgia de quatro pontes de safena, Alexandre Maia retornou nesse sábado (9) ao microfone, com um coração pronto para receber emoções por muitos anos.

VAMOS NÓS – Boa sorte sempre Alexandre, nosso amigo desde a época de Rádio Uirapuru, quando ele nos acolheu em período de estágio.

(Foto: Divulgação)

Candidato de uns, presidente de todos

203 1

Da Coluna Guálter George, no O POVO deste domingo (10):

Ninguém dá mais trabalho aos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro do que o próprio presidente Bolsonaro. É surreal a capacidade que ele tem demonstrado, desde a transição, de estabelecer uma agenda negativa permanente, oferecendo espaço gracioso a críticas, não necessariamente dos opositores naturais, petistas, por exemplo, que terminam por gerar algum tipo de dificuldade à prioridade que deveria estar sendo dada ao esforço de governar e tirar o País das dificuldades que enfrenta. Evidentemente que falamos de problemas pelos quais Bolsonaro não tem responsabilidade objetiva, visto que comanda o País apenas desde o dia 1º de janeiro deste 2019.

A grande questão é que os 69 dias da era Bolsonaro expõem um presidente com grandes dificuldades para assumir e exercer o papel para o qual foi eleito, de maneira legítima, ao obter a maioria dos votos dos eleitores na histórica (mais pelos aspectos negativos que ela trouxe consigo) disputa de 2018. Faltam até hoje, por exemplo, manifestações claras dele no sentido de, à parte sua compreensão de mundo e suas escolhas ideológicas, governar respeitando os pensamentos diferentes. Este é o papel necessariamente destinado a um líder no estágio máximo a que ele chegou em termos de País, deixando para seus simpatizantes, até eventualmente para os filhos, as discussões de outros níveis, focadas em interesses políticos de grupos e não no que é essencial para o conjunto da sociedade. Toda ela, independente de cor, partido, religião ou gênero.

Desde quando transpassou no corpo aquela faixa verde e amarela, sem disfarçar orgulho e emoção, Jair Bolsonaro se deve sentir na obrigação de separar o que é seu interesse do que é fundamental ao País que governa. Haverá momentos, e ele precisa estar preparado para vivenciá-los, nos quais os dois entrarão em conflito e, mais desafiador, sua decisão precisará ir contra as eventuais convicções pessoais que tenha. É inerente à função que buscou, fazendo-se candidato à presidência da República.

Bolsonaro ainda não demonstrou-se apto a encarar o desafio de governar de verdade. Porém, entendamos que são pouco mais de dois meses sentado na cadeira, acostumando-se às dores e delícias de ter um País sob as mãos, obrigando-nos a ter paciência e, como sociedade, manter a pressão necessária, no limite democrático, para que o ex-deputado demonstre capacidade de liderar os brasileiros pelos próximos quatro anos, a partir de suas convicções pessoais, é fato, mas não tentando impo-las se valendo de uma condição que o processo político lhe proporcionou. O maior erro que se pode cometer, em tais situações, é ignorar por completo o voto contrário, tão legítimo quando o favorável, e que por isso também precisa ser contemplado pelo vitorioso depois que as urnas se fecham.

Mega-Sena acumula e prêmio da quarta-feira será de R$ 7 milhões

Ninguém acertou os seis números da Mega-Sena, sorteados na noite desse sábado (9), em Itupeva/SP. Segundo estimativa da Caixa Econômica Federal, o prêmio da quarta-feira (13) será de R$ 7 milhões. 41 apostas acertaram cinco números e cada uma receberá R$ 41,4 mil.

Os números sorteados ontem foram: 0518303539 e 60.

Uma aposta de São Paulo ganhou sozinha o prêmio de R$ 4,9 milhões da Quina, ao marcar os números 11 – 15 – 50 – 56 e 64. A quadra pagou R$ 6,2 mil para 89 apostadores.