Blog do Eliomar

Últimos posts

Ganha apoio escolha de Magela Lima para a Secult de Fortaleza

O diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira e organizador do Cine Ceará,  Wolney Oliveira, manda nota para o Blog elogiando a escolha do jornalista Magela Lima para o cargo de secretário da Cultura de Fortaleza.

Caro Eliomar de Lima,

A indicação pelo prefeito eleito Roberto Cláudio do nome do jornalista Magela Lima para a Secretaria de Cultura do Município é muito bem-vinda! Pegou a todos de surpresa!

Além da farta experiência na área do teatro, Magela conhece profundamente todas as outras linguagens artísticas e o mundo cultural da nossa cidade, devido a seu trabalho pelos vários veículos de comunicação por onde passou, em especial, o jornal O POVO.

Apesar de não ter sido testado na área administrativa, acreditamos na sua juventude e talento em conduzir tão importante secretaria para Fortaleza.

Além disso, temos a certeza que nosso prefeito dará uma atenção especial para a Cultura, como demonstrou quando esteve à frente da Assembleia Legislativa, com a assessoria do Paulo Linhares no Inesp.

O Paulo Linhares, hoje diretor do Centro Dragão do Mar, também está de parabéns pela lembrança oportuna em sugerir o nome do Magela.

Desejamos ao Magela muito sucesso nessa nova empreitada cultural.

Desejamos a todos um 2013 cinematográfico.

Grande Abraço,

* Wolney Oliveira.

Coordenador de Juventude de RC promete concluir CUCAs de Luizianne Lins

51 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=GzFXQoZtRBQ[/youtube]

O futuro coordenador de Políticas de Juventude da gestão Roberto Cláudio (PSB), o professor Élcio Batista, já está com uma missão bem definida: concluirá os Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Tecnologia (Cucas) idealizados pela prefeita Luizianne Lins (PT). Desde que iniciou sua administração, há cerca de oito anos, Luizianne só entregou um Cuca, o da Barra do Ceará.

 

Natal – Shoppings registram 6% de aumento nas vendas

“As vendas no período natalino aumentaram 6% na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com levantamento divulgado hoje (26) pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop). No ano passado, o crescimento foi 10% ante 2010.

Os setores com melhor desempenho foram perfumaria e cosméticos (14%), óculos, bijuterias e assessórios (14%), vestuário masculino (5%), calçados (8%), eletroeletrônicos e eletrodomésticos (6%), brinquedos (7%) e jóias e relojoaria (13%). O faturamento do setor no período de 15 de novembro a 24 de dezembro foi R$ 2,6 bilhões, 18% a mais que o obtido no Natal de 2011.

Foram contratados 151.200 funcionários temporários, 8% a mais que no Natal de 2011. A expectativa é a de que 38 mil sejam efetivados, o que equivale a 25%.”

(Agência Brasil)

 

Setor industrial cearense vai fechar ano em baixa

“O setor industrial cearense termina 2012 sem crescimento, com expectativa de registrar 1% negativo.

A informação é do presidente da Federação das Indústrias do Estado, Roberto Macedo, observando que o ano foi de muitas oscilações do dólar, de crise na Europa e suas influências no Brasil e de muita concorrência do mercado chinês no País, o que prejudicou, em muito, os negócios da área têxtil, que tem peso significativo nas exportações.

“A gente espera que 2013 seja, de fato, um ano de muita sorte para a indústria. Este ano não registramos avanços”, diz ele, torcendo para que o governo federal reaja às projeções nada favoráveis.

(Coluna Vertical, do O POVO)

BNDES abre concurso público

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, empresa pública federal fundada em 1952, acaba de publicar o Edital 1/2012 para realização de Seleção Pública com o intuito de formar cadastros de reserva de pessoal. As oportunidades são para os cargos de Profissional Básico (nível superior), com remuneração inicial de R$ 9.182,01, e Técnico Administrativo (nível médio), cuja oferta salarial é de R$ 2.925,39.

Para concorrer a uma vaga de Profissional Básico do BNDES o candidato precisa ter formação superior nas áreas de Administração, Análise de Sistemas – Desenvolvimento, Análise de Sistemas – Suporte, Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Comunicação Social, Contabilidade, Direito, Economia, Engenharia ou Psicologia.

Prioritariamente, os futuros funcionários do BNDES serão lotados no município do Rio de Janeiro, mas, de acordo com as necessidades de serviço e com o interesse da Administração, servidores poderão ser lotados em outra Unidade, de qualquer cidade onde o Banco esteja estabelecido. As relações de trabalho serão regidas pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).”

Gestão Luizianne Lins não deixará saudades?

81 10

Com o título “Administração que não deixará saudades”, eis artigo do jornalista e radialista Messias Pontes. Ele trata da gestão da prefeita Luizianne Lins (PT), que chega ao fim no dia 31 com avanços e defeitos como ter adotado “práticas da direita que nem no tempo dos coronéis eram verificadas”. Confira:

Ninguém é tão bom que não tenha um defeito e nem tão ruim que não tenha uma virtude. Assim como as pessoas, são as administrações. Por pior que seja, nenhuma administração é 100% mal; até no desgoverno do Coisa Ruim (FHC), se procurar sem preconceito, se encontra coisas positivas.

Na próxima segunda-feira, 31, chega ao fim a era dos oito anos de administração da prefeita Luizianne Lins (PT). Ela buscou priorizar o social como nenhum outro antecessor, acabou com as filas para matricula nas escolas da rede municipal de ensino, tornou gratuita a carteira de estudante para alunos da rede pública e forneceu gratuitamente farda, tênis, material escolar e mochila, e deu qualidade à merenda escolar evitando escândalo neste setor.

Luizianne proporcionou substancial avanço na área cultural com destaque para o Mercado dos Piões, o pré-carnaval e à festa de passagem de ano, tornando o Réveillon de Fortaleza o segundo maior e melhor do País – o do ano passado contou com 1,5 milhão de pessoas. Também merece destaque a Defesa Civil que hoje é referência, não se registrando nenhum óbito nas áreas de risco nos últimos oito anos.

Contudo, todos esses avanços foram suplantados sobretudo pela falta de planejamento e principalmente pelas deletérias práticas de direita que nem no tempo dos Coronéis eram verificadas. Muito recurso federal foi devolvido por absoluta falta de projetos, com destaque para as 80 creches que o governo da presidenta Dilma Rousseff destinou a Fortaleza e ela devolveu alegando não ter terreno para a construção. Isto sem falar nas inúmeras obras inacabadas e muitas que foram prometidas e não foram sequer iniciadas.

Nenhuma administração municipal foi tão hermeticamente fechada quanto a atual, sendo que até mesmo vereadores e até secretários municipais tinham dificuldades de acesso ao gabinete da Prefeita. O propalado Conselho Político, formado por lideranças e dirigentes dos partidos da base aliada, nunca se reuniu. A reeleição em 2008 com uma diferença de 0,16% se deu por exclusiva falta de opção, já que Patrícia Saboya (PDT), embora fosse uma boa candidata, estava muito ligada ao ex-governador Tasso Jereissati, que é muito estigmatizado em Fortaleza, e Moroni Torgan representava a direita mais conservadora.

A vergonhosa prática direitista de indicação política para a direção de postos de saúde, hospitais e escolas do Município, por si só já anula todo avanço conquistado. Como prática deletéria também merece destaque a troca de apoio na Câmara Municipal por centenas de terceirizados para cada vereador da base de apoio. Nos corredores da Câmara fala-se que tem vereador com até mil terceirizados. Isto sim é um verdadeiro mensalão já que a mesada era mensal. A estimativa é que o número de terceirizados ultrapasse os 30 mil, embora representantes governistas da Comissão de Transição falem em pouco mais de 12 mil.

A ausência da prefeita nos mais importantes acontecimentos em nossa Capital foi uma marca da sua administração, chegando a prefeita ser chamada de “Lombardi”, numa alusão a um personagem do programa televisivo Sílvio Santos que todos sabiam existir mas ninguém via. Durante esses oito anos foram realizados em Fortaleza dois congressos de jornalistas e dois encontros nacionais de blogueiros progressistas, mas ela não compareceu a nenhum, não mandou representante e sequer mandou uma mensagem aos congressistas seus colegas jornalistas.

Também enlameou a sua administração o retorno da censura a programa de rádio, uma nódoa que ela e seu coordenador de Comunicação, Demétrio Andrade, levarão consigo para o resto da vida e terão de explicar aos seus alunos – ambos são professores de Jornalismo, o saudosismo da ditadura militar. A Constituição Cidadã de 1988 erradicou a censura, mas Luizianne e Demétrio não tomaram conhecimento.

Para coroar o fracasso da administração, a pequenez da não aceitação da derrota eleitoral do seu candidato Elmano de Freitas, se vingando do povo de Fortaleza e do candidato eleito Roberto Cláudio (PSB,) anunciando a menos de um mês do fim do ano a não realização do já tradicional Réveillon e tentar inviabilizar o pré-carnaval de 2013.

Porém, a tentativa de desmonte administrativo foi o fato que mais chamou a atenção, tendo inclusive o Ministério Público agido de ofício para impedir mais de 60 licitações após as eleições de outubro, portanto a menos de dois meses para o fim da administração. Uma pergunta precisa ser respondida sem subterfúgio: quem está por trás das empresas que fornecem mão de obra terceirizada para a Prefeitura? Se o futuro prefeito Roberto Cláudio decidir abrir a caixa-preta, Luizianne Lins ficará em maus lençóis.

Esta administração não deixará saudades. No geral foi um desastre!

* Messias Pontes,

Jornalista e radialista. 

FGV – Índice de confiança na indústria avança em dezembro

“O Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas cresceu 1,1% em dezembro, passando de 105,2 pontos no mês anterior para 106,4 pontos. O índice manteve-se acima da média histórica recente pelo terceiro mês consecutivo. De acordo com a FGV, a alta apurada em dezembro foi influenciada principalmente pela melhora das perspectivas em relação aos meses seguintes.

O Índice de Expectativas (IE) subiu 1,9%, para 106,2 pontos, o maior patamar desde junho de 2011, quando havia atingido 106,5. O indicador de produção prevista foi determinante para o crescimento do IE, já que o índice de emprego previsto manteve-se estável, em patamar inferior à média, e o de tendência futura dos negócios acomodou-se após alta nos meses anteriores. A proporção de empresas que esperam uma produção menor diminuiu de 15,5% em novembro para 4,1% em dezembro, enquanto a parcela das que preveem maior produção, passou de 42,4% para 39,4%.

O Índice da Situação Atual (ISA) alcançou 106,5 pontos, alta de 0,3% em relação a novembro, igualando-se à média histórica recente. O indicador de nível de demanda (especialmente a externa) foi o que mais contribuiu para o aumento do ISA. Houve, em dezembro, alta de 1% em relação a novembro, passando para 104,6 pontos, patamar ainda inferior à média histórica recente, de 106,5. A parcela de empresas que consideram a demanda fraca caiu de 13,5% para 10,1% e a proporção das que a avaliam como forte diminuiu de 17,1% para 14,7%.”

(Agência Brasil)

Banco de Leite da Maternidade-Escola com estoque insuficiente

O Banco de Leite Humano da Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (MEAC) está com os estoques do líquido e de frascos para armazenamento insuficientes. Por esse motivo, a direção reforça a campanha visando aumentar as doações. Mães que estejam com leite excedente podem doar, ajudando salvar os bebês da unidade neonatal
daquele hospital.

O Banco de Leite funciona de segunda à sexta-feira, das 7 às 16 horas, na Rua Papi Júnior, s/n, no bairro Rodolfo Teófilo. A coleta pode ser feita na casa da doadora, que deve estar amamentando, ter leite excedente e não estar tomando medicamento, dentre outros requisitos.

SERVIÇO

Mais informações no blog gentedepeito.blogspot.com.

Orçamento 2013 – Tucano diz que é absurdo votação por meio de comissão

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=FMPkIPrBVdY[/youtube]

O relator do Orçamento Geral da União 2013, senador Romero Jucá, quer que a Comissão Representativa do Recesso possa votar a proposta orçamentária. O fato gera polêmica entre os parlamentares. O deputado federal Raimundo Gomes de Matos, que preside a Comissão de Agricultura da Câmara, considera essa ideia um absurdo.

Moésio Loyola se despede da Assembleia Legislativa

61 2

O deputado estadual Moésio Loyola (PSD) apresentou suas despedidas do legislativo estadual nesta manhã de quarta-feria. Ele foi eleito prefeito de Campos Sales (Região do Cariri) e assumirá o cargo no dia 1º de janeiro.

Durante pronunciamento, Moésio agradeceu o eleitorado de municípios como Mulungu, Ibicuitinga, Quixeré, Aquiraz Baturité que sempre o apoiou e, também, aos amigos de Parlamento. “Saio desta Casa com a certeza do dever cumprido!”, disse.

Com a saída de Moésio, efetiva-se como deputado estadual o Professor Theodoro (PSD).

Eunício Oliveira de olho em 2014

84 6

Cientistas políticos locais já estão fazendo a seguinte leitura sobre destaque dado pela revista Veja ao trabalho de Eunício Oliveira, presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, neste ano: a sucessão governamental já começou.

Eunício Oliveira nunca escondeu que tem sonho de governar o Ceará.

A questão é saber se terá bênçãos do governador Cid Gomes, cuja preferência, hoje, recai sobre o secretário nacional dos Portos, o ministro Leônidas Cristino.

Sisu – Inscrições começam no dia 7 de janeiro

56 1

“Os estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtiveram nota maior que zero na redação poderão se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) a partir do dia 7 de janeiro de 2013. Com o Sisu, o estudante concorre a uma vaga para cursos de universidades e institutos federais de ensino superior. O Ministério da Educação ainda não divulgou o número de vagas disponíveis para o primeiro semestre de 2013. No segundo semestre de 2012, foram oferecidas 30 mil vagas.

De acordo com o cronograma do Sisu, publicado hoje (26) no Diário Oficial da União, as inscrições vão até as 23 horas e 59 minutos do dia 11 de janeiro de 2013 (horário de Brasília) e devem ser feitas exclusivamente pela internet, no portal do Sisu. Uma vez inscrito no Sisu, o candidato concorre a vagas em dezenas de instituições públicas cadastradas em todo o país. Para a seleção do primeiro semestre de 2013 valerá a nota do Enem 2012, cuja divulgação, segundo o MEC, será feita nesta sexta-feira (28).

Segundo o edital, o estudante poderá se inscrever em até duas opções de vaga e deverá especificar a ordem de preferência, o local de oferta, o curso e o turno. Além disso, será possível escolher a modalidade de concorrência – em 2013, o Sisu se adequará à Lei de Cotas, de agosto de 2012. As inscrições serão gratuitas e as instituições de ensino deverão disponibilizar acesso à internet aos estudantes interessados.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 14 de janeiro de 2013 e da segunda chamada, no dia 28 de janeiro, no site do Sisu e das instituições. No caso de notas idênticas, o desempate será feito pela seguinte ordem de critérios: nota na redação; nota em Linguagens, Códigos e suas tecnologias; nota em Matemática e suas Tecnologias; nota em Ciências da Natureza e suas Tecnologias e nota em Ciências Humanas e suas Tecnologias. As matrículas serão feitas nas instituições nos dias 18, 21 e 22 de janeiro para a primeira chamada e 1º, 4 e 5 de fevereiro para segunda.”

(Agência Brasil)

Projeto garante aumento de gastos com pessoal pelos municípios

“Está em análise na Câmara o Projeto de Lei 4374/12, do deputado Alex Canziani (PTB-PR), que abre possibilidade de aumento do limite de gasto com pessoal pelo Poder Executivo dos municípios. Pela proposta, a despesa total com pessoal não poderá exceder os seguintes percentuais da receita corrente líquida de cada cidade: 6% para o Legislativo, incluindo Tribunal de Contas, quando houver; para o Executivo, até o limite da sobra do percentual de 60% não usado pelo Legislativo.

O texto altera dispositivo da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF – Lei 101/00), que hoje determina o limite de 54% de gasto com funcionalismo público pelo Executivo municipal. Os Tribunais de Contas recomendam a utilização não superior 95% deste limite, ou seja, 51,3% do orçamento.

O autor justifica que os planos de carreira do magistério construídos a partir da implantação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) fixaram os salários dos professores acrescidos de vantagens e gratificações. “A lei do piso salarial nacional do magistério procurou garantir um salário base mais elevado para o magistério. Mas, os governos estaduais e municipais têm enfrentado enorme dificuldade para garantir o salário e os reajustes aos professores diante dos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal”, disse.”

(Agência Câmara)

 

Chico Anísio e Luiz Gonzaga darão nome aos CUCAS V e VI

99 2

A prefeita Luizianne Lins (PT) anunciou, nesta manhã de quarta-feira, durante entrevista à TV Fortaleza, que deixará os Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Tecnologia (CUCAs) das regionais V e VI prontinhos para a futura gestão Roberto Cláudio (PSB).

Ela aproveitou para informar que esses equipamentos já estão com nome definidos. Nada de estrangeiro, como é o caso do primeiro Cuca, que é o da Barra do Ceará, batizado de “Che Guevara”.

O CUCA da Regional V, no Mondubim, ganhará o nome do humorista cearense Chico Anísio, enquanto o CUCA da Regional VI, no Conjunto São Cristóvão, receberá o nome de Luiz Gonzaga, neste ano do centenário do seu nascimento.

Embalado pelo Mensalão, STF supera Congresso em aprovação popular

95 4

Com o titulo “Conflito de poderes: Pesquisa de opinião e voto popular”, eis o título do editorial do O POVO desta quarta-feira. Aborda a popularidade conquistada pelo STF e o desgaste do Congresso Nacional, que é eleito pelo voto popular. Confira:

O Ibope acaba de revelar uma pesquisa segundo a qual o Supremo Tribunal Federal (STF) aparece em maior vantagem no conceito da população do que o Parlamento (54% contra 35%). O resultado é apresentado justamente no momento em que Judiciário e Legislativo se confrontam em termos de delimitação de suas respectivas jurisdições

No referente à legitimação do poder político, evidentemente, não se pode comparar os dados de uma pesquisa de opinião com a representação dada pelo voto do eleitor. São duas coisas inteiramente distintas. Uma é um simples aferimento dedutivo de opinião, a outra é fonte de poder real. E no que tange à relação entre Legislativo e Judiciário, a legitimidade do Parlamento é direta, expressa pelo voto na urna. A do STF é derivada, decorre do poder constituinte originário que deu ao legislador constituinte o direito de moldar as instituições do Estado.

Como poder não eleito, o Judiciário tem um campo específico de atuação, que, supostamente, não adentraria o campo da representação popular, que é eminentemente político. Os dois poderes dependentes de mandato popular são o Executivo e o Legislativo. Só este último, relacionado diretamente com a fonte originária do poder político – o povo – tem sido visto tradicionalmente como o único com legitimidade para cassar um mandato popular, dentro do princípio de que só um poder eleito tem competência para anular a representação da vontade do eleitor.

No caso específico do atual confronto de poderes, caberia ao STF, no julgamento de um representante do povo, tratar só dos aspectos penais criminais, cabendo ao Congresso Nacional determinar o destino do mandato do representante apenado criminalmente. Desse modo, não é correto – como poderiam supor alguns – usar uma pesquisa de opinião para “criar um clima” de deslegitimação do Legislativo. Mesmo, porque, em termos de pesquisa de opinião, o Executivo está acima dos dois (o governo com 63% e a chefe do Executivo com 73% de aprovação). Evidentemente, por ser o poder mais exposto, o Legislativo sofre maior desgaste de imagem, sobretudo porque é o que expõe suas mazelas e vícios de modo mais transparente.

Preços ao consumidor estáveis na terceira semana deste mês

“O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) manteve, na semana que terminou no dia 22, a taxa de variação registrada na semana anterior, de 0,73%. O índice é aferido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV). A maioria dos componentes do IPC-S, porém, apresentou decréscimo em suas taxas de variação. No grupo habitação, a taxa passou de 0,74% para 0,64%, com destaque para o subgrupo da tarifa de eletricidade residencial (de 2,10% para 1,55%). Educação, leitura e recreação passaram de 1,18% para 0,92%, com a redução, principalmente, da passagem aérea (de 23,87% para 18,02%).

Saúde e cuidados pessoais passaram de 0,49% para 0,44%, com baixa dos medicamentos (de 0,13% para 0,08%). O vestuário caiu de 0,90% para 0,80%, com destaque para o subgrupo de bijuterias (de 2,77% para 1,64%). A comunicação passou de 0,04% para 0,03%, com decréscimo importante da tarifa de telefone móvel (de 0,28% para 0,15%).

Registraram aumento em suas taxas de variação a alimentação (de 1,23% para 1,31%), com destaque para hortaliças e legumes (de 0,64% para 2,88%); os transportes (de 0,15% para 0,30%), cujo aumento principal ocorreu com a gasolina (de -0,16% para 0,20%), e as despesas diversas (de 6% para 1,24%), que teve o cigarro entre as altas mais importantes (de 2,07% para 3,12%).”

(Agência Brasil)

Prefeita apresenta projeto de veto popular em defesa do Parque do Cocó

70 5

A prefeita Luizianne Lins (PT) vai apresentar à Câmara Municipal, em solenidade marcada para as 9 horas, no Paço Municipal, o projeto de veto popular que proíbe a construção de qualquer obra pública – exceto as de utilidade publica ou interesse social, ou de qualquer obra privada no âmbito da Poligonal do Parque do Cocó.

O documento, de iniciativa popular, foi entregue à prefeita pelo Movimento Veto Popular em Defesa do Cocó e reúne assinaturas de 750 cidadãos de Fortaleza, que representam 5% dos eleitores do bairro Cocó.

Na ocasião, o documento será entregue ao presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena, que, posteriormente, deverá convocar um referendo para o povo de Fortaleza decidir se concorda com a proposta.

Comércio cearense com saldo positivo neste fim de ano

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=m8q2nFexVOQ[/youtube]

O comércio está experimentando ritmo de boas vendas neste fim de ano. Quem afirma é o presidente da Federação do Comércio do Ceará, Luiz Gastão. Ele adianta que no período natalino  o setor registrou incremento na movimentação em vários segmentos, principalmente na área das confecções.