Blog do Eliomar

Últimos posts

Eleições 2018 – TRE e Acert fecham parceria contra os fake news

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, recebeu, nesta tarde de segunda-feira, a visita do presidente da Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acert), jornalista Paulo César Norões. Com ele, estavam a vice-presidente, Carmen Lúcia Dummar Azulay, e o assessor jurídico da entidade, Afro Lourenço. No encontro, os desafios em comunicação para as eleições 2018, especialmente, o combate às fakenews, e o apoio na realização dos seminários eleitorais que a Acert promoverá nos meses de junho, julho e agosto.

A Acert, que hoje conta com 190 emissoras associadas, reiterou a necessidade do esclarecimento não só da cidadão, como também do próprio comunicador, acerca da legislação eleitoral, já que emissoras são detentoras de concessão pública. A informação é da assessoria de imprensa do TRE do Estado.

“Temos a satisfação de receber a Acert e reafirmar a nossa parceria histórica, no apoio logístico com a difusão de informações, através de campanhas, aos eleitores. Este ano, temos um desafio ainda maior, com a questão das fake news. O TRE já está em preparação, juntamente com outros órgãos estratégicos, para receber e tratar essas demandas”, assegurou a desembargadora Nailde Pinheiro.

Como ação preventiva, a Acert promoverá seminários regionais com profissionais da imprensa, para debater regras da legislação eleitoral para a atuação dos radialistas e jornalistas, sempre tendo como meta a informação e a liberdade de imprensa. Foi solicitado apoio do tribunal na realização dos eventos.

Encontros

Segundo a associação, estão agendados encontros regionais em Barbalha (23/6), Crateús (28/7), Sobral (4/8) e Fortaleza (10/8).

De acordo com Paulo César Norões, em anos eleitorais, a Acert promove esses seminários “para esclarecer aos radiodifusores as inovações na lei eleitoral. É um evento informativo. Um trabalho com foco na prevenção. Da mesma forma, realizaremos campanhas educativas de valorização do voto e sobre as notícias falsas”.

O TRE viabilizará a presença de magistrados e servidores nos eventos da Acert.

(Foto – Divulgação)

Parlamentar cearense representa o Brasil em fórum na Rússia

O líder do PSD na Câmara dos Deputados, Domingos Neto, encontra-se na Rússia, onde participa do Fórum Internacional pelo Desenvolvimento do Parlamentarismo. O evento reúne delegações de parlamentares de vários países, que debater questões legislativos da atualidade.

Nesta segunda-feira, o cearense falou para uma plateia lotada em nome do Brasil explicando sobre as leis aprovadas nas áreas de tecnologia, economia colaborativa e empreendedorismo. “Nossa sociedade avançou, nosso jeito de viver como um todo mudou e não temos como voltar atrás. Por isso, tivemos que aprovar a Lei do Uber, estamos analisando a do Airbnb e tantas outras”, afirmou Domingos Neto.

O deputado destacou também a preocupação do Brasil em relação à proteção dos dados individuais e à proteção da democracia. “São desafios especialmente em relação à internet e novas tecnologias. Uma das principais é a preocupação que temos com a disseminação das fake news para a democracia”, resumiu. O parlamentar retorna ao Brasil ainda nesta semana.

Goleiro do Liverpool sofreu concussão antes dos gols do Real Madrid na final da Champion League

O goleiro Karius sofreu uma concussão durante a final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Liverpool, que terminou com vitória merengue por 3 a 1. Foi o que apontou uma bateria de exames feitos com o atleta. A lesão cerebral teria sido acarretada pelo choque com o zagueiro Sergio Ramos nos primeiros minutos do segundo tempo, pouco antes do primeiro gol do Real, marcado por Benzema.

De acordo com o comunicado do Hospital Geral de Massachusetts, referência no assunto e onde o goleiro do Liverpool foi examinado, a concussão causou “disfunção espacial visual”. Os exames também apontaram a possibilidade de que “tais déficits afetem o desempenho”.

O choque aconteceu aos três minutos da segunda etapa. Atrapalhado por Van Dijk dentro da área, Sergio Ramos acertou uma cotovelada no rosto do goleiro, que caiu sentindo dores. Na sequência, a bola sai pela linha lateral, e Karius se queixa com o árbitro de que havia sido atingido pelo zagueiro.

Karius acabou sendo protagonista da decisão por conta de duas falhas providenciais. A primeira no gol de Benzema, em que jogou a bola nos pés do atacante do Real Madrid; e a segunda no terceiro gol do time espanhol, quando espalmou para dentro o chute de longe de Bale.

Confira a íntegra do comunicado do hospital

Recebemos inúmeros questionamentos hoje sobre o estado de saúde do goleiro do Liverpool, Loris Karius. Com a permissão do Sr. Karius, vamos fornecer informações sobre sua situação médica em um esforço para impedir, quando possível, a disseminação de informações incompletas ou errôneas.

Em 31 de maio de 2018, o Sr. Karius foi submetido a um exame abrangente pelo Dr. Ross Zafonte e pelo Dr. Lenore Herget em Boston, no Hospital Geral de Massachusetts e no Hospital de Reabilitação Spaulding.

Depois de revisar cuidadosamente o filme do jogo e integrar uma história detalhada – incluindo seus sintomas subjetivos presentes e imediatos pós-contato -, exame físico e métricas objetivas, concluímos que o Sr. Karius sofreu uma concussão durante a partida em 26 de maio de 2018.

No momento de nossa avaliação, os principais sintomas residuais e sinais objetivos do Sr. Karius sugeriram que a disfunção espacial visual existia e provavelmente ocorreu imediatamente após o evento. Outras áreas de disfunção sintomáticas e objetivamente observadas também persistiram. Pode ser possível que tais déficits afetem o desempenho.

Também notamos que o Sr. Karius relatou uma melhoria significativa e constante desde o evento concussivo, e esperamos que ele faça uma recuperação completa com base nos resultados do exame. Esperamos que, com o tratamento e seguindo os protocolos de atividade prescritos, ele continue a melhorar. Encorajamos a vigilância e a ênfase na segurança em seu eventual retorno à atividade plena.

Este é o único comentário que faremos em relação a este assunto. Todas as futuras consultas de mídia devem ser encaminhadas ao escritório de imprensa do Liverpool FC.

Dr. Ross Zafonte, VP Senior de Assuntos Médicos do Hospital de Reabilitação Spaulding e Chefe da Medicina Física e Reabilitação do Hospital Geral de Massachusetts.”

(Foto – Sergei Supinskiy da AFP)

Servidores municipais preparam grande manifestação em Fortaleza

Tudo pronto para a IX Marcha dos Servidores Municipais do Ceará. O evento, realizado pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), acontecerá nesta terça-feira, com concentração a partir das 8 horas, na Praça da Imprensa, no bairro Dionísio Torres. Neste ano, os trabalhadores, sejam usuários dos serviços públicos, ou prestadores desses serviços, são convocados para protestar “Em defesa da Democracia e dos Serviços Públicos frente à criminalização dos que lutam”.

O evento deve reunir representantes de mais de 160 municípios cearenses, que ocuparão as ruas para demonstrar a insatisfação da classe trabalhadora com a situação política, econômica e institucional do país, avisam os organizadores. Além disso, os manifestantes repudiarão a violência contra as manifestações populares de entidades sociais e organizações de trabalhadores.

Entre o catálogo de temas do evento, está a crítica à redução das políticas sociais e investimentos públicos, principalmente com a aprovação da Emenda Constitucional 95 – do congelamento dos investimentos públicos –, que é o carro chefe dessa política de privatização do Estado brasileiro; somado à Lei da Terceirização e Reforma Trabalhista.

A marcha fará menção ainda ao Golpe de 2016, às demais políticas neoliberais e medidas impopulares do Governo Temer e à prisão política do ex-presidente Lula.

Em quem João Doria vai votar?

O mau humor da turma do presidenciável tucano Geraldo Alckmin com João Doria, que já era grande, cresceu mais um pouco. É o que informa o jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

Na Marcha com Jesus, de que participou na semana passada ao lado do presidenciável Flávio Rocha (PRB), Doria respondeu assim sobre em que votará para presidente da República:

— Voto é na hora certa. Dia 7 de outubro você saberá.

BNB libera mais de R$ 1 bi para a Agricultura Familiar

Romildo Rolim preside o BNB.

Um total de R$ 1,14 bilhão, em quase 80 mil operações de crédito operacionalizadas pelo Banco do Nordeste, em toda a sua área de atuação, que compreende os nove estados da Região e ainda o norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo. Eis o que foi alcançado, em matéria de operações do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) da Instituição, segundo informa a assessoria de imprensa do BNB.

O montante refere-se a contratos do Programa de Microfinança Rural do Banco, Agroamigo (R$ 966,7 milhões) e operações nas demais linhas do Pronaf (R$ 172,1 milhões). Grande parte desses recursos foi aplicada em municípios do semiárido (74,5%), onde residem os produtores de mais baixa renda, ou destinou-se à atividade da pecuária (81,5%). O valor representa aumento de 27,6% se comparado ao contratado no mesmo período de 2017. Para as necessidades de custeio, foram aplicados 9% dos recursos, com taxas de juros de 1% a 3% ao ano.

A agricultura familiar é responsável pela produção dos principais alimentos consumidos pela população brasileira: 87% da mandioca, 70% do feijão, 46% do milho, 38% do café, 34% do arroz e 21% do trigo do Brasil, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Agrário. A Região Nordeste possui 89,1% dos quase 2,5 milhões de estabelecimentos rurais familiares do País. São 6,4 milhões de trabalhadores e trabalhadoras do campo que atuam no segmento, tendo o Pronaf como principal fonte de financiamento.

Plano Safra

No âmbito do Plano Safra 2017/2018, que se encerra em junho, o Banco do Nordeste reservou R$ 2,5 bilhões para investir na agricultura familiar da região. O valor representa acréscimo de 8% em comparação ao Plano Safra 2016/2017. Os juros permanecem os mais baixos do mercado, variando de 0,5%, 2,5% e 5,5% ao ano, dependendo da destinação do crédito.

Pronaf

O Banco do Nordeste é o maior operacionalizador do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) na Região, atendendo agricultores familiares que desenvolvem atividades agropecuárias e não agropecuárias utilizando-se, basicamente, de mão de obra familiar. Atualmente, sua carteira ativa para o segmento é de 1,5 milhão de clientes, com saldo de R$ 6 bilhões.

O programa oferece condições diferenciadas de acesso ao crédito, de acordo com a renda bruta anual obtida pela Unidade Familiar, que é de até R$ 20 mil para mini produtores até R$ 360 mil para clientes de maior porte.

O PRONAF também disponibiliza linhas de crédito especiais para públicos e atividades específicas: Pronaf Mulher, Pronaf Jovem, Pronaf Agroindústria, Pronaf Floresta, Pronaf Mais Alimentos, Pronaf Custeio, Pronaf Produtivo Orientado (PPO), Pronaf Microcrédito Grupo A, Pronaf Agroecologia, Pronaf Custeio para Beneficiamento e Industrialização de Agroindústria Familiar, Pronaf ECO e Pronaf Semiárido.

Agroamigo

O Agroamigo é o Programa de Microfinança Rural do Banco do Nordeste que tem como objetivo melhorar o perfil social e econômico do(a) agricultor(a) familiar do Nordeste e norte de Minas Gerais e Espírito Santo, cuja operacionalização conta com a parceria do Instituto Nordeste Cidadania (INEC).

Tem como característica a presença nas comunidades rurais por meio dos Agentes de Microcrédito e atende, de forma pioneira no Brasil, a milhares de agricultores(as) familiares, enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), com exceção dos grupos A e A/C.

A metodologia inovadora do Agroamigo impulsiona a sustentabilidade dos empreendimentos rurais, a equidade de gênero no campo, a inclusão financeira dos agricultores(as) familiares e a redução de desigualdade.

CNI : Faturamento da indústria cresce 1,5% em abril

O faturamento da indústria aumentou 1,5% em abril na comparação com março, informou a Confederação Nacional da Indústria nesta segunda-feira (4), por meio do relatório Indicadores Industriais. O dado é referente à série livre de influências sazonais. Com esse resultado, o indicador de faturamento industrial fechou o quadrimenstre (de janeiro a abril) com alta de 6,9% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em termos reais, o faturamento atual é 12,2% superior ao registrado há 12 meses.

“Os Indicadores Industriais de abril indicam que a indústria retomou sua recuperação, embora esse processo seja lento e ainda esteja longe de ser concluído”, diz um trecho do relatório.

Ainda de acordo com a pesquisa, as horas trabalhadas na produção também aumentaram 2,2% em abril, após uma sequência de duas quedas consecutivas, em fevereiro e março. A utilização da capacidade instalada ficou praticamente estável em 78%, com leve recuo de 0,1 ponto percentual em abril na comparação com março. Conforme a CNI, a utilização média da capacidade instalada no primeiro quadrimestre é 1,2 ponto percentual superior à do mesmo período de 2017.

Já o emprego na indústria cresceu 0,1% em abril na comparação com março, na série dessazonalizada. Foi o oitavo mês consecutivo de crescimento do emprego, que registra uma expansão de 0,7% no primeiro quadrimestre na comparação com o mesmo período de 2017.

Baixas

A massa real de salários caiu 0,4% e o rendimento médio real dos trabalhadores também diminuiu 0,4% em abril frente a março, na série dessazonalizada. Segundo a CNI, o resultado mostra “que o mercado de trabalho ainda segue em fase de ajustes”. Apesar disso, na comparação do primeiro quadrimestre com o mesmo período de 2017, a massa real de salários aumentou 1,8% e o rendimento médio real do trabalhador subiu 1,1%.

(Agência Brasil)

Prefeitura assina contrato da Nova Beira-Mar com o Banco de Desenvolvimento da América Latina

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), assinou, nesta segunda-feira (04), em Brasília, o contrato entre o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e a Prefeitura para a liberação de US$ 83,25 milhões, cerca de R$ 300 milhões, para as obras e ações do Programa Fortaleza Cidade com Futuro. O contrato teve o aval do presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB).

Participaram também do ato de assinatura o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, o diretor-representante do CAF no Brasil, Jaime Holguín, e a Procuradoria da Fazenda Nacional, Ana Lucia Gatto.

De acordo com Roberto Cláudio, o município aguardava a liberação do recurso há cinco anos. “Esse financiamento teve o apoio importante do presidente do Senado, que aprovou a matéria com muita rapidez na Casa e com isso já vamos poder começar as intervenções agora no mês de julho”, disse o prefeito.

Para Eunício, o valor disponível vai auxiliar em mudanças consideráveis na infraestrutura urbana da cidade e na valorização do turismo. “O prefeito buscou a todo momento, junto ao nosso mandato, agilizar esse processo para liberação do valor solicitado e é com muita alegria que hoje formalizamos esse termo.”

Programa

Entre as obras do Programa Cidade com Futuro, que receberá essa verba, estão a requalificação urbana da Avenida Beira Mar, com a internalização de cabos elétricos, telefônicos e de televisão, a revitalização de corredores turísticos e a consolidação de corredores gastronômicos na região da Varjota. Ainda, serão implementados programas de capacitação profissional para a indústria do turismo voltados para geração de emprego e renda.

Também serão realizadas ações de despoluição e combate à erosão de parte da Orla, na região da Beira-Mar, por meio de um aterro hidráulico. Outro componente do Programa atende às necessidades de geração de emprego e renda e promove empreendimentos em Titanzinho e Serviluz por meio de capacitações para o empreendedorismo. Está prevista também a implantação de um sistema de microfinanças e o desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais em Turismo.

(Foto – Divulgação)

TV Afiada – Cid é o entrevistado de Paulo Henrique Amorim

O ex-governador Cid Gomes, pré-candidato ao Senado pelo PDT, foi o entrevistado do jornalista Paulo Henrique Amorim na TV Afiada, que integra seu site Conversa Afiada.

Cid é apresentado como um dos principais coordenadores da pré-campanha do seu irmão, o presidenciável Ciro Gomes.

Neste trecho disponibilizado, Paulo Henrique destaca que entre Cid  e o achacador Eduardo Cunha, Dilma preferiu o achacador.

Enel Distribuição passa a ser maior distribuidora de energia do País

A Enel Brasil Investimentos Sudeste S.A., braço da elétrica italiana Enel, fechou hoje (4) a compra de mais de 73,38% das ações da Eletropaulo Metropolitana de São Paulo (Eletropaulo). A Bolsa de Valores de São Paulo informou que na oferta pública realizada hoje à tarde foram negociados 122,799.289 milhões de papéis da Eletropaulo, com valor de R$ 45,22 cada que totalizaram R$ 5,55 bilhões. A companhia possui cerca de 167,3 milhões de ações em circulação.

Com a compra, a Enel torna-se controladora da Eletropaulo, que atende a capital paulista e 23 cidades da região metropolitana de São Paulo. A empresa será a maior distribuidora de energia do país e ultrapassando a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), da chinesa State Grid.

Os maiores acionistas da Eletropaulo antes do leilão eram a norte-americana AES e o braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A Enel fará um pronunciamento a respeito da aquisição da Eletropaulo amanhã de manhã na capital paulista. A empresa já controla distribuição de energia no Rio de Janeiro, no Ceará e em Goiás, além de usinas eólicas e solares.

(Agência Brasil)

Preços da gasolina e do gás de cozinha devem cair até julho, promete governo

O governo federal quer reduzir o preço da gasolina e do gás de cozinha até o próximo mês, mas garante que não haverá interferência no modelo de reajuste de preços dos combustíveis praticado pela Petrobrás. Com apelo popular, a quatro meses das eleições, a medida já é batizada como “política para o consumidor” e prevê uma espécie de “seguro” para evitar que reajustes sejam repassados totalmente à população até o fim do ano.
Com receio de que novos protestos e cobranças batam à porta do Palácio do Planalto, na esteira da greve dos caminhoneiros, o governo tenta agora impedir que novos aumentos nos preços da gasolina e do gás virem uma crise incontrolável.

O movimento dos caminhoneiros expôs a fragilidade do presidente Michel Temer e as pressões políticas sobre a Petrobrás culminaram com a saída do então presidente da companhia, Pedro Parente, substituído por Ivan Monteiro.

O núcleo político do governo e a cúpula do MDB pressionam Temer por medidas de maior impacto para enfrentar a crise neste ano eleitoral, marcado por uma sucessão de reveses e desgastes para Temer. Tudo está sendo planejado, porém, para evitar a leitura de que o Planalto quer intervir na Petrobrás.

“Não há incompatibilidade entre o governo ter uma política de preços para os combustíveis e as empresas terem a dela. Isso é o que se faz no mundo todo”, disse ao jornal O Estado de S. Paulo o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. “As empresas competem no mercado e cuidam dos seus resultados, mas o governo cuida das pessoas. O que precisamos é garantir previsibilidade para que todos possam se organizar”, completou ele.

Seguro

A ideia é criar uma espécie de “seguro”, no qual o governo estima um valor médio para a cotação do barril de petróleo. A partir daí, entraria em cena um regime diferenciado de tributação, que faria compensações para cima e para baixo, de acordo com a variação do preço estipulado para o produto.

Para que esse modelo funcione, a equipe de Temer tentará fazer um acordo com os governadores, no intuito de que todos reduzam a carga do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o preço final para o consumidor. Na avaliação do ministro, a tributação sobre os combustíveis “não é saudável” para os Estados e precisa ser rediscutida.

O Planalto se refere ao novo regime, em estudo por um grupo de trabalho, como “plano de transição”, para ser ou não referendado pelo próximo presidente da República. Na prática, a ala política do governo, liderada por Moreira Franco, vem cobrando há tempos uma posição mais pragmática de Temer sobre a política de combustíveis.

No diagnóstico do ministro, não basta reduzir em R$ 0,46 o litro do óleo diesel nem congelar o preço do produto por 60 dias para atender os caminhoneiros. A percepção interna é de que o governo precisa assumir um programa de maior envergadura para mostrar que não está de braços cruzados diante da crise. Há, no entanto, dúvidas sobre o modelo a seguir, principalmente na área econômica.

(Agência Estado)

E lá do Morro de Santa Terezinha…

Eis a vista que se tem da cidade lá do Morro de Santa Terezinha, recentemente requalificado e entregue pela gestão de Fortaleza. A esperança é de que o local volte a ser ponto de visitação turística, tenha vida gastronômica pulsando e, principalmente, muita segurança.

O Grupo M. Dias Branco cuidará da manutenção dos equipamentos ali instalados pelo município.

(Foto – Leitor do Blog)

Copa da Rússia mexe com o expediente do Judiciário do Ceará

409 1

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, desembargador Gladyson Pontes, disciplinou o expediente forense das unidades do Poder Judiciário estadual durante os jogos da Seleção Brasileira na primeira fase da Copa do Mundo 2018, que acontece na Rússia.

A medida, segundo informa a assessoria de imprensa do TJCE,consta na Portaria n° 1.061/2018, publicada no Diário da Justiça dessa quarta-feira (30/05).

De acordo com o documento, no dia 22/06 (sexta-feira), quando a Seleção de Futebol joga contra a Costa Rica, às 9 horas, o expediente forense será das 13 às 18 horas. Já no dia 27/06 (quarta-feira), o Brasil enfrenta a Sérvia, às 15 horas, e o horário de funcionamento da Justiça estadual será das 8 às 13 horas.

A portaria determina ainda a prorrogação dos prazos processuais para o primeiro dia útil subsequente aos dias em que a Seleção Brasileira participará da competição, de acordo com o Código de Processo Civil (CPC).

Copa 2018 – A lição de união para a superação dos problemas

Com o título “O melhor resultado desta Copa”, eis artigo do ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará e conselheiro da CNI, Roberto Macêdo. Para ele, uma lição deve-se esperar do certame internacional: a união de todos para superarmos dificuldades. Confira:

Em dez dias teremos a abertura do maior evento mundial de um único esporte, a Copa do Mundo de Futebol. É o ápice de uma movimentação que inicialmente envolve cerca de 200 seleções nacionais em um longo processo de afunilamento, para chegar a 32 classificadas. Com participantes de todos os continentes, suas mais diversas culturas e etnias, pensamentos sociais e políticos os mais diversos, é uma oportunidade exemplar de encontro, conhecimento mútuo, integração e competição de habilidades e talentos.
Para a Seleção Brasileira, que teve uma experiência traumática na Copa de 2014, a reversão pelo time atual daquele sentimento de derrota, nos colocou outra vez entre os favoritos na disputa da Rússia. Esta atitude positiva que tivemos no futebol pode nos inspirar a agirmos em outros campos, no momento em que o Brasil vive uma situação na qual seus cidadãos se sentem aturdidos e impotentes diante dos desarranjos na política, das dificuldades econômicas, das injustiças, dos banditismos, cisões sociais e intolerâncias.

Nos registros da história do futebol tem um fato muito relevante em que esse esporte teve grande influência sobre a elevação dos ânimos da população de um país. Foi a vitória de virada da Alemanha em 1954, contra a então considerada invencível seleção da Hungria. Naquela circunstância, os alemães que ainda estavam traumatizados e desalentados com os resultados catastróficos que a Segunda Guerra trouxera ao seu país, tiveram com a conquista do título de Campeão Mundial, uma renovação das energias para superar o baixo estado de espírito em que se encontravam.

Nessa perspectiva, a Copa da Rússia é uma ocasião para aproveitarmos a paixão que o futebol nos desperta para reacender os laços de identificação que conectam a alegria dos brasileiros, independentemente de classes sociais, para lembrarmos o quanto somos capazes de, unidos, nos superarmos.

*Roberto Macêdo

roberto@pmacedo.com.br
Empresário.

Secretário do Tesouro Nacional dará palestra no Ibef-Ceará

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, dará palestra, às 19 horas desta terça-feira, no Hotel Gran Marquise. Ele falará, atendendo a um convite do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef-CE), sobre o tema “Desafio do ajuste fiscal no Brasil: diagnósticos e caminhos”.

O economista Raimundo Padilha, com mais de dez anos de experiência no mercado financeiro, e o ex-presidente do BNB e professor titular da Universidade Federal do Ceará (UFC), Marcos Holanda, serão os debatedores.

O presidente do Ibef Ceará, Raul dos Santos, destaca que o evento quer, em primeiro lugar, prestigiar “um cearense que vem fazendo um belo trabalho, sendo uma pessoa bastante qualificada”. A ideia desse evento, diz ele, é trazer conhecimentos e debater acerca de ações e rumos que o governo está dando à política fiscal do País.

SERVIÇO

*Hotel Gran Marquise – Avenida Beira Mar, 3980 – Mucuripe

*Inscrições e mais informações – (85) 3221.6531 | (85) 988.92.7064

*E-mail: contato@ibefce.org.br

Sergio Cabral quer falar

O juiz Marcelo Bretas autorizou o pedido feito pelo ex-governador Sérgio Cabral para que seja refeito o interrogatório realizado no dia 27 de fevereiro. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

Na data, Cabral estava preso no Complexo Médico-Penal de Pinhais, em Curitiba, e ficou em silêncio.

No documento, entregue ao juiz Marcelo Bretas na última quarta (30), a defesa afirma que Cabral precisou ficar calado “em virtude de não ter podido ter acesso aos autos completos – ou aos seus defensores – em tempo hábil…”

Cabral quer que a nova audiência aconteça no dia 5 de junho.

Tudo pronto para o XII Festival da Lagosta

Os Alfazemas

Vem aí o XII Festival da Lagosta. A programação que reúne gastronomia, arte e cultura, acontecerá de 22 a 24 deste mês de junho, a partir das 19 horas, nas praias de Barreira e Redonda, em Icapuí (Litoral Oeste). Com acesso gratuito, o evento contará com uma arena gastronômica em que a lagosta, símbolo da culinária cearense, será a protagonista.

Os apreciadores poderão aproveitar degustações da iguaria em clima de apresentações musicais de artistas locais, como Os Alfazemas, Cacimba de Aluá, o guitarrista Mimi Rocha e a cantora Daniella Campelo, que marcou geração no forró à frente da Banda Styllus.

(Foto – Divulgação)

Heitor fala do descaso chamado Usina de Barbalha

Em suas redes sociais, o deputado estadual Heitor Férrer (SD) continua praticando o esporte que mais aprecia: caça ao ex-governador Cid Gomes (PDT).

Depois de denuncia VLT atrasado e os gastos absurdos com o Acquario do Ceará, projetos da Era Cid, eis que agora ele chama a atenção para uma iniciativa da gestão estadual passada que não deu em nada até hoje: a Usina de Barbalha, adquirida, por sinal, pelo Estado.

PSB está próximo de fechar com Ciro Gomes

1660 1

O PSB sonha com o direito de indicar o vice do presidenciável Ciro Gomes (PDT).

O deputado federal Odorico Monteiro, que comanda o partido no Ceará, diz estar trabalhando nesse sentido.

Ele informa que, nestes dias, a cúpula pedetista deverá ter encontro com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. Um acordo tem tudo para ser firmado.

Histórias da carochinha…

Com o título “Histórias da carochinha – ditadura sem corrupção; malas derrubando preços de voo e o cadastro positivo”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que pode ser lido no seu Blog aqui. Confira:

No Brasil, sempre que surge uma proposta para tourear o cidadão contribuinte, ela vem embalada em um tom melífluo, para convencer os desavisados.

A súcia que pede a volta da ditadura militar, por exemplo, vende o período 1964/85 como um Brasil idílico, de “ordem e progresso”, esquecendo que os militares entregaram o Brasil aos pandarecos. Mas essa turma entra mesmo em transe, com os olhinhos brilhando beatificamente, para afirmar, ó glória das glórias: “Com os militares não havia corrupção”. Ainda que seja mais do que sabido que a censura impedia que qualquer assunto que desagradasse os ditadores fosse divulgado.

O Caso das Fragatas

Ainda que os militares tenham destruído (ou escondido) os papéis da época, incluindo aqueles que podem comprovar morte e tortura de adversários do regime, o véu continua a ser levantado, mostrando os porões da ditadura. Recentemente foi um memorando da CIA (a central de inteligência americana) mostrando que o general Ernesto Geisel autorizou diretamente o assassinato de “subversivos”.

Depois, surgiram documentos oficiais do governo do Reino Unido revelando que a ditadura abafou investigação de desvios na compra de fragatas (navios de escolta) construídas pelos britânicos nos anos 1970. Os fatos ocorreram nos governos dos generais Emílio Garrastazu Médici (1969-1974) e Geisel (1974-1979).

“Segundo os registros, em 1978 o Reino Unido estava disposto a investigar denúncia de superfaturamento na compra de equipamentos para a construção dos navios vendidos ao Brasil e se ofereceu para pagar indenização de pelo menos 500 mil libras (equivalente a quase 3 milhões de libras hoje — ou R$ 15 milhões). Em vez de permitir e ajudar no inquérito, que seria do interesse do Brasil, o regime militar abriu mão de receber o valor e rejeitou os pedidos britânicos para ajudar na investigação — que foi recebido com estranheza em Londres.” (Folha de S. Paulo, 2/6/2018)

A MENTIRA DAS MALAS

Ainda que seja menos grave, há o estranho caso das malas, que faria o preço das passagens aéreas aterrissarem, mas produziu efeito contrário: os preços decolaram.

Depois de um ano de vigência do sistema, subiu o preço das passagens e também o valor que se cobra por mala despachada, prejudicando duplamente o consumidor.

O preço médio das passagens teve um aumento real de 6%. O preço das malas despachadas subiu 67% em algumas companhias. (A inflação roda a 3% ao ano.)

A Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) – que deveria defender os passageiros – afirma que ainda é cedo para avaliar o resultado da cobrança das malas. Disse que tem de esperar cinco anos. Só pode ser palhaçada.

POSITIVO

Agora vem o pessoal que defende o “cadastro positivo” dizendo que a aprovação da medida pode fazer cair o juro nos bancos. Só rindo (e muito).

Nada contra o cadastro positivo. Eu só não gosto de ser feito de trouxa.

Recomendado para você