Blog do Eliomar

Últimos posts

Presidentes da FCDL e CDL tratam da agenda positiva do comércio com governador

ciddcdl

Honório, Cid e Freitas Cordeiro.

Os presidentes Freitas Cordeiro (CDL Fortaleza) e Honório Pinheiro (Federação das CDLs do Ceará) foram recebidos, em audiência, no Palácio da Abolição, pelo governador Cid Gomes. Na pauta, a Agenda Positiva do Comércio, com sete temas considerados importantes para o desenvolvimento do setor.

Em destaque, a apresentação de itens como a Campanha Fortaleza Liquida, o Código do Contribuinte, Arquivo Magnético, Fundo de Desenvolvimento do Comércio Varejista, o evento Cenários do Varejo, a Convenção Estadual 2013 e o projeto cultural “A Escola Vai ao Cinema”.

Segundo Freitas Cordeiro, o governador Cid Gomes será “um dos grandes colaboradores” para o sucesso desses projetos idealizados e demandados pelo comércio do Ceará.

(Foto – Divulgação)

Aécio deve assumir PSDB. Com apoio de Tasso e FHC

187 7

Apoiado pelo ex-presidente FHC, pelo ex-senador Tasso Jereissati (CE), pelo atual presidente nacional do partido, deputado Sérgio Guerra (PE), e a maioria dos governadores, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) deve ser o escolhido para comandar seu partido em 2013, ampliando suas viagens pelo país e dando início à construção de sua candidatura ao Palácio do Planalto nas eleições de 2014.

Neste primeiro momento, a prioridade de Aécio é buscar consenso dentro do próprio partido. Justamente por isso, tem procurado aproximação maior com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Maior colégio eleitoral do país, Aécio tem interesse no apoio de São Paulo para que o PSDB saia unido dos debates que definirão o candidato a presidente do partido e candidato a presidente da República, que só não será Aécio se ocorrer algum acidente de percurso.

Atingido esse objetivo – que não será fácil, pois nas últimas duas eleições presidenciais (2006 e 2010) Aécio Neves demonstrou pouca disposição de apoiar os candidatos paulistas do PSDB ao Planalto, respectivamente Geraldo Alckmin e José Serra, principalmente em seu estado, Minas Gerais –, o foco de Aécio será a construção de seu discurso. Vale lembrar que em 2012, durante seu mandato como senador, Aécio levou para a agenda a discussão de temas importantes envolvendo mineração, setor elétrico e economia.

O que também já se observa nas manifestações do senador é a defesa do governo FHC, esquecida pelo PSDB nos últimos dez anos, críticas ao governo Dilma Rousseff na área gerencial e a busca de uma bandeira alternativa para tentar viabilizá-lo eleitoralmente.

aecio

Após o consenso político interno e a construção do discurso, caberá a Aécio Neves o difícil desafio de buscar aliados que façam o PSDB romper o seu isolamento no tabuleiro eleitoral.

Nos últimos dez anos, PSDB e DEM, os dois principais partidos de oposição, encolheram eleitoralmente, o que significa perda de bases significativas no país. Tanto o DEM quanto o PPS, naturais aliados do PSDB, agora relutam em embarcar em uma nova jornada com os tucanos.

Sem unidade interna, um discurso alternativo eficaz e uma política de alianças mais ampla, Aécio Neves terá dificuldades para fazer frente a um governo altamente popular e com muitos aliados.

Não bastassem todos esses desafios, Aécio terá mais um à frente do comando nacional do PSDB. Trata-se do chamado mensalão mineiro ou mensalão tucano, que, caso seja julgado pelo Supremo Tribunal Federal em 2013, imporá ao senador o desafio de responder aos ataques políticos que lideranças de seu partido sofrerão.

Uma boa notícia para Aécio é a provável criação do Partido da Solidariedade liderado por Paulinho da Força Sindical, uma das mais expressivas lideranças sindicais do país. O movimento de Paulinho é apoiado por Aécio Neves.

Com o enfraquecimento dos demais partidos de oposição, o tucano precisa buscar novas alianças. Além de aproximar Aécio da classe trabalhadora, tradicional reduto do PT no qual o PSDB tem pouca penetração, o partido também pode fragilizar um pouco a base governista.

(Por Murillo de Aragão – cientista político)

Ex-prefeito de Maranguape lamenta queixas e diz que abriu espaços para transição sem problemas

Neste Blog, o prefeito de Maranguape, Átila Câmara (PSB), informou que aproveitará a abertura dos trabalhos da Câmara Municipal, nesta sexta-feira pela manhã, para divulgar um balanço geral do que encontrou quando assumiu o Município. Dados preliminares indicam que o quadro é “grave”, de acordo com sua assessoria, do ponto de vista financeiro e da estrutura física. No campo financeiro, há salários atrasados, empenhos e restos a pagar sem  lastro e, na área do aspecto físico,  muito sucateamento. De 11 carros oficiais, só três têm condições de rodar e, assim, mesmo, há alguns com a documentação vencida.

Em contato com o Blog, o ex-prefeito George Valentim (PCdoB) esclarece estar admirado com as queixas feitas pelo novo prefeito. “Eles tiveram a transição, que foi aberta sem problemas por nós e estamos estranhando que só agora, um mês depois de gestão, a nova administração venha levantar questões. Bom destacar que Maranguape não consta, até dezembro em relação de inadimplentes nem com a União nem com o Governo do Estado. O povo quer trabalho. Eles já venceram as eleições. Que cumpram agora as promessas feitas.”

Pré-Carnaval – Confraria Bigodeana fará folia contra a PEC 37

A Confraria Bigodeana, formada por um grupo de amigos que se reúne, costumeiramente, no Bar do Bigode, no bairro Cidade 2000, vai promover neste sábado, a partir das 17 horas, na Avenida Central, mais um pré-carnaval.

Neste ano, o 4° Bigode Folia tem como tema o repúdio contra a PEC – 37 (proposta de Emenda Constitucional em discussão no Congresso Nacional que tira do Ministério Público a competência de investigar crimes).

Servidores municipais querem reajuste de salário e Sefin pede uma trégua

118 5

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uP6fNHgjDn0&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=3[/youtube]

Os servidores municipais de Fortaleza estão reivindicando um reajuste de 15%. A data-base da categoria é o mês de janeiro, que está chegando ao fim. O secretário-executivo da pasta de Finanças, Jaime Cavalcante, diz compreender a luta da categoria, mas observa que a gestão está começando e precisa de uma espécie de trégua para avaliar a situação.

Filarmônica de Croatá fará apresentação em Fortaleza

A Filarmônica “Estrelas da Serra” do município de Croatá, formada por 35 integrantes, vai se apresentar no anexo da Assembleia Legislativa. O evento ocorrerá às 10 horas da próxima segunda-feira, quando estará sendo lançado o Guia Municipal 2013, iniciativa da Revista Ceará e Municípios, da jornalista Silvana Frota.

O grupo surgiu em outubro de 2009, através do projeto “Vamos Fazer Arte”, que existe em Croatá desde 2006. A filarmônica realizou sua primeira apresentação no dia 18 de outubro de 2009 na II Conferência Municipal de Cultura de Croatá. Apesar do pouco tempo de existência, a filarmônica já apresentou seu trabalho em vários municípios da Região Norte e também na Capital.

Todos os integrantes da orquestra são da rede pública de ensino com idade entre de 8 a 18 anos que estejam devidamente matriculados e frequentando a escola. Os instrumentos foram adquiridos com recursos do Ministério da Cultura no ano de 2008 e outros doados pela Secretaria Estadual de Cultura (Secult) e pela Prefeitura Municipal de Croatá através do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Croatá (CMDS).

 

Prefeito de Reriutaba fará recadastramento de servidores

125 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=bppwJIOG4Xg&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=7[/youtube]

O prefeito de Reriutaba, Galeno Taumaturgo (PSB), diz para o Blog não ter motivos para reclamar do que recebeu de herança. Ele informa que vai realizar um recadastramento de servidores, dentro do objetivo de adequar alguns setores ao seu estilo de administração.

Em Maranguape, prefeito aproveitará início dos trabalhos da Câmara para denunciar descasos

100 1

O prefeito de Maranguape, Átila Câmara (PSB), aproveitará a abertura dos trabalhos da Câmara Municipal, nesta sexta-feira pela manhã, e aproveitará para divulgar um balanço geral do que encontrou quando assumiu o Município.

Dados preliminares indicam que o quadro é “grave”, de acordo com sua assessoria, do ponto de vista financeiro e da estrutura física. No campo financeiro, há salários atrasados, empenhos e restos a pagar sem  lastro e, na área do aspecto físico,  muito sucateamento. De 11 carros oficiais, só três têm condições de rodar e, assim, mesmo, há alguns com a documentação vencida.

Movimento "Renan não!" alcança 200 mil adesões

195 4

Da Coluna Radar, da Veja Online desta quinta-feira:

O movimento na internet Renan não  (leia mais em 160 000 assinaturas) acaba de superar 200 000 assinaturas.  Ontem, de manhã, havia menos de 50 000 adesões.

Na velocidade em que vai, deve bater fácil  as 500 000 assinaturas até amanhã, dia da eleição para a presidência do Senado.

Renan Calheiros continua favoritíssimo.

É o preferido dos senadores. É o mais rejeitado na internet.

Uma homenagem a Carlos Ayres de Brito

157 2

Carlos Ayres

Ayres, Dimas e o tributarista Pablo Macedo.

Com o título “A Poesia, a Ética e o Supremo”, eis artigo do professor universitário, escritor e procurador estadual Dimas Macedo. Ele presta uma homenagem ao ex-presidente do STF, ministro Carlos Ayres de Brito, que esteve em Fortaleza em clima de agenda particular Confira:

Desde a época da filosofia grega de linhagem socrática, vige, no plano da vida, a norma de caráter ético com a qual a dignidade se consola. A atitude de Sócrates, diante das seduções materiais e das tiranias do poder, mostra-nos que o equilíbrio social e individual pertence à conduta interior, ao livre-arbítrio e à capacidade que tem o ser humano de defender o triunfo do bem.

É feliz quem tem a capacidade de ser livre,de decidir não de forma favorável ao poder, mas de forma favorável à Ética e à Justiça a partir da sua dimensão proporcional e equitativa.
Boa parte dos magistrados e dos detentores do poder, desde os primórdios da civilização, têm-se revelado seres potencialmente corruptos e tresloucados pela perda da clarividência, tais os casos de juízes e chefes de Estado que, renunciando às suas trajetórias, assumiram a falta de postura ética como modelo de sua atuação.

Mas não é isso o que constrói a continuidade da vida, cuja energia renasce e se transforma a partir das atitudes dos homens de boa vontade. E nesse sentido parece sintomático constatar que a geração que viu a promoção da mentira por parte de Luiz Inácio, foi a mesma que passou a conviver com a consciência ética elevada de Carlos Ayres Britto, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal.

Ayres Britto, antes de ser o magistrado ético e incorruptível que assustou a conduta de muitos integrantes do Judiciário, abraçou as vozes da sua consciência e se deixou levar pelas razões da Ética e da Justiça, contrapondo-se à farsa e à corrupção defendidas por muitos políticos brasileiros. O seu triunfo como magistrado e a difusão da sua consciência e da sua retidão, por todos os quadrantes do Brasil, são resultados da sua conduta exemplar e da sua defesa do Supremo e do Supremo Tribunal Federal.

Carlos Ayres Britto não é apenas um grande jurista e um grande magistrado, mas um dos melhores poetas do Brasil, cuja trajetória encontra-se pautada na ética e na conduta contra a discriminação e o preconceito.

Orgulho-me, profundamente, de conviver com Carlos Ayres Britto, de ser seu amigo leal e desinteressado, e de poder proclamar que esse grande poeta brasileiro é a encarnação da verdade e das forças espirituais do bem.

Assim como Ayres Britto, não acredito no triunfo da corrupção, mas na serenidade da vida que se arma a partir da voz interior. A Poesia, a Dignidade, a Ética e a Justiçatêm em Carlos Ayres uma de suas grandes representações.

* Dimas Macedo,

Professor, escritor e procurador estadual.

(Foto – Divulgação)

Enfermeiros cooperados de hospitais estaduais ameaçam paralisar atividades

108 1

Cerca de três mil profissionais de enfermagem que atuam nos hospitais estaduais ameaçam paralisar as atividades a partir do próximo dia 6. A categoria alega uma série de descasos por parte do governo. Os contratos entre a cooperativa desses profissionais (COOPEN-CE) e o Governo do Estado chegaram ao fim em 2010 e, até hoje, não houve mais licitação. Nos últimos meses, os salários, que já estão defasados, começaram a atrasar.

Esses trabalhadores cooperados atuam em salas de emergência, transplantes, hemocentros, hemodialise, berçários e neonatal. Cerca de 97% deles estão na ativa no setor de emergência do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (Hospital do Coração) e no setor neonatal do Hospital Infantil Albert Sabin.

Haverá assembleia geral no próximo dia 5, das 13 as 17 horas, no Hotel Praia Centro.

Fundo de Previdência Complementar do Servidor Federal entra em vigor nesta 6ª feira

214 2

inss

“Os servidores nomeados pela administração pública a partir de amanhã (1º) que ganharem acima do teto da Previdência (R$ 4.159) estarão submetidos ao regime da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp). Segundo o ministro da Previdência Social (MPS), Garibaldi Alves Filho, amanhã será publicado no Diário Oficial da União um ato da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) aprovando o regulamento da Funpresp – que era o que faltava para as novas normas entrarem em vigor.

De acordo com Garibaldi, que participou hoje (31) do programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, em parceria com a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), terá acesso à fundação os servidores dos Três Poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário. As novas normas da Funpresp não irão modificar a Previdência de funcionários aposentados ou dos que já estavam em exercício antes do dia 1º de fevereiro de 2013, cuja aposentadoria seguirá o regime atual.

“Temos o compromisso de reformar a Previdência para melhor, não vamos prejudicar ninguém ou mexer nas aposentadorias já existentes. Entendemos que, quando se faz uma reforma, as pessoas ficam temerosas”, disse o ministro.

Atualmente, o servidor que ganha acima do teto contribui com 11% desse valor (cerca de R$ 457, considerando o teto atual) e a União arca com a diferença para complementar o valor da aposentadoria, segundo um cálculo que leva em consideração a média aritmética simples das maiores remunerações, utilizadas como base para as contribuições do servidor, correspondentes a 80% de todo o período contributivo desde julho de 1994 ou desde o início da contribuição, se depois de 1994.

Com as novas regras, o servidor deverá contribuir com os mesmos 11% do limite do teto da Previdência e escolher o percentual adicional para complementar o valor integral que recebe na ativa, como em fundos de previdência complementar. A União, como patrocinadora do Funpresp, irá contribuir com até 8% do valor que exceder o teto. No momento da aposentadoria, o servidor irá receber 100% da rentabilidade líquida do montante que terá sido investido ao longo dos anos. Esse modelo será valido para todos os novos servidores que ganham acima do teto da Previdência, mas a adesão à complementaridade do valor integral é opcional.”

(Agência Brasil)

Na Secretaria Regional II, logo "Fortaleza Bela" é excluído de placa de inauguração

432 8

novaplaca

Leitor do Blog, que pede para não ser identificado, mandou a seguinte nota:

Caro Eliomar de Lima,

Segue para seu Blog esse absurdo que verificamos na Praça do Povo da SER II, que foi inaugurada pela gestão Luizianne Lins (PT): a placa comemorativa apareceu sem o logo “Fortaleza Bela”.

Você deixar de usar a marca antiga da gestão em documentos, carros, uniformes, etc é uma coisa. Agora, tirar a marca das placas de inauguração constitui depredação do nosso patrimônio.

Concorda?

Em Fortaleza, mata-se cinco vezes mais do que em São Paulo

207 8

Com o título “O itinerário da violência”, o jornalista Fábio Campos informa, em artigo no O POVO desta quinta-feira, que os números da criminalidade em Fortaleza são bem maiores, proporcionalmente, do que os dados de São Paulo. Confira:

Notaram como o noticiário nacional expõe em cores vivas e com a indignação de um terrível escândalo a violência homicida na capital paulista? Pois é. Sentem-se para não cair: em Fortaleza, proporcionalmente, mata-se cinco vezes mais que em São Paulo.

Em 2012, Fortaleza vivenciou o absurdo de 1.628 assassinatos. Enquanto isso, São Paulo (Capital) contabilizou 1.497 homicídios. Portanto, senhoras e senhores, são 131 mortos a mais em uma população de aproximadamente 2,5 milhões de habitantes contra os 10,8 milhões da maior metrópole brasileira.

São Paulo alcança uma média de 13 homicídios por 100 mil habitantes. O índice de Fortaleza supera a casa dos 60 homicídios por cada 100 mil habitantes. A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera a violência “epidêmica” quando é superada a taxa de 10 homicídios dolosos por cada 100 mil habitantes.

Portanto, se considerarmos esse padrão internacional, São Paulo está sim vivendo uma epidemia de homicídios. Então, como classificar o que ocorre em Fortaleza? Uma guerra civil não declarada entre as populações mais pobres?

Segundo o Mapa da Violência, em 2007, início do Governo de Cid Gomes, foram assassinadas 991 pessoas em Fortaleza. Os homicídios já alcançavam a absurda taxa de 40,3.

No final daquele ano, deu-se a implantação do Ronda do Quarteirão, o mais ambicioso programa de segurança já implantado no Ceará. De cara, um resultado positivo e alentador: em 2008, foram 888 homicídios (103 a menos) e a taxa caiu para 36,6.

Em pouco tempo, o Ronda ficou banal, virou paisagem urbana e os índices montaram um galopante cavalo. Em 2010, foram 1.125 assassinatos para uma escandalosa e triste taxa de 45,9 mortos por 100 mil habitantes.

De lá para cá, os números explodiram até chegar aos 1.628 assassinatos de 2012. Atentem: é quase o dobro de 2008. Significa que, em apenas quatro anos, deu-se um crescimento de aproximadamente 100% na quantidade e na taxa de homicídios.

Considerando seus objetivos, o Ronda está se revelando um monumental e caríssimo fracasso. Lamentavelmente. O que era para ser uma polícia cidadã, renovada nos costumes e integrada à comunidade, está no ar-condicionado dos carrões com tração que nunca precisam ser usadas.

Sabe-se do imenso esforço do governador em dotar o Ceará de uma política de segurança com respostas eficazes. Nunca nenhum outro Governo, em qualquer época, havia investido tanto em segurança pública. Mas, hoje, podemos perguntar: o investimento foi correto? Os índices respondem por si.

Vamos novamente ao caso de São Paulo. Segundo o Mapa da Violência, 6.764 pessoas foram assassinadas em 2000 com taxa de 64,8. Em 2010, o número caiu para 1.460, com taxa de 13,0 mortos por cem mil habitantes (notem a taxa é a mesma de 2012). Uma evolução muito positiva.

Em Fortaleza, deu-se o inverso. Tínhamos uma taxa de 28,2 (604 homicídios) em 2000 e chegamos a 45,9 (com 1.125 assassinatos) em 2010. Em 2012, a taxa será muito parecida com a que São Paulo tinha há 12 anos (superior a 60,0).

O que houve por lá de diferente daqui? O problema do crack é inerente às duas cidades. Portanto, não serve de explicação. São Paulo parece ter feito o óbvio: prendeu os homicidas, fez inquéritos bem feitos e a Justiça os colocou na cadeia.

A propósito: o Governo de SP acaba de adquirir 2.751 novas viaturas para a sua PM, entre carros e motos. Um investimento de R$ 91,5 milhões. O primeiro lote já foi entregue: 1.680 novos carros Fiat Pálio Weekend e 1.071 motocicletas Yamaha XTZ 250 Lander.

Filme antigo – Ministro vem anunciar retomada da obra da transposição no trecho do Ceará

124 4

fernandobezerra-agbrasil-

Nesta quinta-feira à tarde, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, estará visitando o canteiro de obras da transposição das águas do rio São Francisco em Jati, na Região do Cariri. Ali, segundo a pasta, ocorre a obra que promete trazer a bendita água franciscana para ajudar a matar a sede de tantos cearenses.

O governador Cid Gomes (PSB) estará acompanhando o ministro, que garante: toda a transposição estará concluída até 2015.

Mas deveria ter sido entregue ano passado.

Festival Jazz & Blues – Venda de ingressos para shows em Fortaleza começa nesta 6ª feira

As vendas dos ingressos para os shows do Festival Jazz & Blues 2013 que acontecerão em Fortaleza após o Carnaval terão início nesta sexta-feira. A programação jazzística estará no Teatro do Shopping Via Sul e a turma do blues vai se encontrar no Anfiteatro do Centro Dragão do Mar.

No Teatro do Via Sul, a cantora Rosa Passos é a atração de quinta-feira, dia 14. Na sexta-feira, 15, o show é “Baião Instrumental – Homenagem a Luiz Gonzaga”, com Waldonys (CE) & Misael da Hora (RJ). Ambos com início às 21 horas.

Já no Anfiteatro do Dragão do Mar, na sexta-feira, às 20 horas, Igor Prado Band (SP) & JJ Jackson e Tia Carroll (USA) apresentam “Blues N Soul Sessions”.

SERVIÇO

– Os ingressos para os shows do Teatro do Shopping Via Sul estarão à venda na bilheteria do teatro e pelo site www.shoppingviasul.com.br.

– Os ingressos para o show do Dragão do Mar ficarão à venda no local. Preços: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

UFC ganha laboratório de ponta no campo da pesquisa atmosférica

jesualdofarias

A Universidade Federal do Ceará vai inaugurar, a partir das 10h30min desta sexta-feira, o Laboratório de Pesquisa em Adsorção e Captura de CO2 (LPACO2). Trata-se de um novo centro de estudos do Grupo de Pesquisa e Separação por Adsorção, vinculado ao Departamento de Engenharia Química da Instituição, que será dedicado à análise de materiais que possam diminuir a concentração de gás carbônico na atmosfera. O novo laboratório está situado no bloco 371 do Campus do Pici (Av. Mister Hull, 2977), e a inauguração, aberta ao público, será presidida pelo reitor da UFC, Jesualdo Farias.

O investimento foi da ordem de R$ 2 milhões, recursos advindos, em sua maioria, da Petrobras. Segundo a coordenadora do Grupo de Pesquisa e Separação por Adsorção, Profª Diana Cristina Silva de Azevedo, no decorrer de outras parcerias com a empresa foi identificada a necessidade de um espaço específico para os estudos em separação de gases. A professora explica a função dos equipamentos instalados no novo laboratório: “Eles serão dedicados à medida de dados de equilíbrio termodinâmico para a adsorção de gases, como gás carbônico, metano e nitrogênio e suas misturas, além de vapores de metais alcalinos a altas temperaturas”.

(Com UFC)

Teto não é salário e um ar de distorções

222 14

Com o título “Teto não é salário”, eis artigo do professor e advogado Irapuan Diniz Aguiar. Ele lamenta que o funcionalismo vem perdendo seus benefícios como sempre. Confira:

A Emenda Constitucional 41/2003, também denominada “Emenda da Previdência”, completou, em dezembro último, nove anos de vigência. Lembram-se todos que, através dela, foram suprimidos direitos históricos dos servidores públicos, além de promover uma verdadeira “babel” ao atrelar, no âmbito do Poder Executivo, o teto salarial da categoria ao subsidio dos governadores dos Estados. Para agravar, ainda mais, o quadro, referida emenda excepcionou, dentro deste mesmo Poder, as carreiras dos defensores públicos e dos procuradores de Estado, as quais tiveram como referência de teto, o subsidio dos desembargadores.

Tal medida se mostrou tão desastrosa que, logo em julho de 2005, foi promulgada uma nova Emenda Constitucional, a de número 47/2005, facultando aos Estados e ao Distrito Federal o estabelecimento de um teto salarial único para os seus servidores tendo como limite o subsídio do desembargador do respectivo Tribunal de Justiça.

Na esteira dessa faculdade conferida aos governadores dos Estados, 17 unidades da federação, atendendo aos princípios da racionalidade, razoabilidade e a prática da melhor justiça, com vistas, principalmente, à preservação das carreiras essenciais ao funcionamento do Estado, já instituíram o teto salarial único dentro dos parâmetros definidos. Além destas, dois outros governadores (Rio de Janeiro e Espírito Santo) já enviaram às Assembleias Legislativas propostas no mesmo sentido.

A aprovação do teto salarial único para os servidores dos três Poderes é uma forma de corrigir vários casos de injustiças e supressão de direitos, pondo fim ao tratamento desigual entre funcionários públicos integrantes das carreiras essenciais ao funcionamento do Estado como, por exemplo, a dos delegados de polícia civil que, mesmo integrando as carreiras jurídicas, não foi excepcionada, como o foram a dos defensores públicos e procuradores do Estado.

A recomposição desta equação pelo governo cearense, ao buscar igualar os subsídios dos delegados aos dos defensores públicos, ainda que de forma gradual, vem encontrando óbices justamente no teto, provocando, em vez da paridade, uma ofensa ao princípio da hierarquia e da disciplina em que se fundamenta a carreira policial civil, face ao nivelamento dos salários dos delegados de classes iniciais com os de final de carreira.

* Irapua Diniz Aguiar,

Advogado  e professor.

José Pimentel alerta prefeitos para novo prazo de adesão ao PAC Educação

139 1

josepimentel

O senador José Pimentel (PT) enviou comunicado a todos os prefeitos cearenses informando sobre o novo prazo de adesão ao PAC Educação. A partir da próxima segunda-feira, o Ministério da Educação reabrirá o prazo de adesão das prefeituras aos programas de construção de creches e de construção e cobertura de quadras poliesportivas em escolas da rede pública. Para o senador Pimentel, “é muito importante que os prefeitos e prefeitas reúnam seus projetos e os apresentem dentro do prazo para que os municípios possam evoluir em educação”.

No Ceará, 123 municípios já estão sendo beneficiados pelo PAC Educação, incluindo Fortaleza. Os recursos disponibilizados pelo PAC II permitiram o início das obras de construção de 153 creches em 47 cidades; e de 247 quadras poliesportivas, em 54 municípios; além da cobertura de 81 quadras, em 58 cidades.

O PAC II também beneficia a rede estadual de ensino, com recursos que permitiram a construção de 118 quadras poliesportivas, em 51 municípios, e a cobertura de 57 quadras, em 39 cidades.

Desemprego fecha 2012 com 5,5%

“A taxa de desemprego do país ficou em 4,6% em dezembro e fechou o ano de 2012 em 5,5%, segundo a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados foram divulgados hoje (30) e mostram que o índice anual é o mais baixo da série história iniciada em março de 2002. Antes disso, a taxa de 2011 havia sido a menor da série, ao ficar em 6%.

O resultado de dezembro do ano passado também é o menor da série histórica. O recorde anterior havia sido registrado em dezembro de 2011 (4,7%). Em novembro de 2012, o índice ficou em 4,9%. O IBGE iniciou a série histórica da pesquisa em março de 2002, por isso não há dado consolidado para aquele ano.”

(Agência Brasil)

* Veja situação na Região Metropolitana de Fortaleza aqui.