Blog do Eliomar

Últimos posts

Mudança no rumo da transição

62 3

Da coluna Política, no O POVO desta quinta-feira (15), pelo jornalista Érico Firmo:

Não é apenas troca de nomes, mas drástica mudança de postura o que se dá na transição na Prefeitura de Fortaleza. O grupo originalmente formado se preparava para encaminhar o processo com objetividade, sem firulas e com espírito de colaboração. Até então, esse trabalho era realizado independentemente dos questionamentos e acusações à forma como se deu a eleição de Roberto Cláudio (PSB). Mas Luizianne Lins (PT) decidiu interromper o curso traçado e redefinir as diretrizes.

A orientação da prefeita é de que seja cumprido estritamente o que diz a lei, sem flexibilização de prazos ou andamentos. A nova diretriz burocratiza as relações. A prefeita estará legalmente amparada, embora, até outro dia, nem houvesse lei a respeito e, mesmo assim, os trabalhos fluíssem de modo até mais harmônico e produtivo. Quem convive com Luizianne a percebe ainda muito tocada emocionalmente pela derrota de Elmano de Freitas (PT). Tal fator é determinante nas últimas decisões.

A guinada imposta não se deu de forma pacífica na Prefeitura. Houve divergências e, apesar de não ter sido demonstrado para a prefeita, houve gente que ficou profundamente incomodada. Luizianne sentiu isso e, por essa razão, resolveu conversar com os membros do grupo antes de se manifestar sobre se haverá outras mudanças ou não. Geraldo Accioly pediu para sair, mas não se pronunciou publicamente para dar suas explicações. Contudo, é perceptível a guinada entre a forma como ele conduzia o processo na semana passada e a nova orientação. Até que a prefeita determinasse as mudanças, ele não havia demonstrado qualquer incômodo com a posição ocupada.

Luizianne promete para amanhã o anúncio da remodelada equipe de transição. Apesar de ter ido para a linha de frente de muitas brigas públicas com os apoiadores de Roberto Cláudio – o que poderia dificultar o diálogo – Accioly é dos poucos quadros do Município com conhecimento pleno sobre a gestão, os números e as obras. Não será fácil substitui-lo sem prejuízo para o trabalho realizado pela equipe do prefeito eleito. Se é que alguém na atual Prefeitura está preocupado com isso.

Unicef lança campanha “Natal dos Amigos 2012”

“O Unicef no Brasil está lançando a edição 2012 de sua campanha Natal dos Amigos. A ação é totalmente online e disponibilizará cartões de natal que poderão ser personalizados pelos internautas com fotos e mensagens, e compartilhado nas redes sociais e via e-mail. A campanha é uma criação em conjunto com a agência Pepper – especializada em marketing interativo.

Além de ser uma maneira divertida de desejar boas festas, a ação é ainda uma forma de contribuir para a realização dos direitos de crianças e adolescentes no Brasil. Os participantes da campanha Natal dos Amigos poderão contribuir com as ações e projetos do Unicef no Brasil e no mundo fazendo doações. Todo o recurso arrecadado ajudará nas atividades do Fundo em 2013.

SERVIÇO

Para participar, basta acessar o site www.nataldosamigos.com e escolher o modelo do cartão e o personagem de sua preferência: boneco de gengibre, boneco de neve, anjinho, duende, rena, Papai e Mamãe Noel. São sete modelos de cartões exclusivos, sendo cinco deles vinculados a uma doação de qualquer valor para o Unicef.

Expoece 2012 será aberta domingo

Começa no próximo domingo, a partir das 16 horas, a Expoece 2012. Trata-se da exposição que reunirá, no Parque de Exposições da Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Estado, criadores de bovinos, ovinos, caprinos e equinos, empresários e agricultores familiares do Ceará e de alguns Estados.

A abertura da exposição contará com a presença do governador Cid Gomes e vai se estender até o próximo dia 25, também com atrações artísticas.

Com a Expoece, espera-se, não venha a tradicional praga de moscas que, por cerca de 15 dias depois da mostra, fica perturbando a vizinhança do parque situado no bairro São Gerardo.

Pesquisador cearense vai mapear atuação de empresas e negócios na África

O professor e pesquisador cearense Bosco Monte viajou, nesta quinta-feira para o eixo Portugal-Tunísia. Neste dois países, discutirá os detalhes do estudo que iniciará, no próximo ano, intitulado “Mapeamento das Empresas Brasileiras na África e as Oportunidades para Novos Negócios”. O estudo será financiada pelo Banco Mundial em duas frentes: Uma é a identificação das empresas brasileiras já instaladas nos diversos Estados africanos; a segunda, com enfoque nas oportunidades apresentadas por cada um desses países.

“Essa pesquisa busca desenvolver uma compreensão dos motivos, fundamentos e estruturas institucionais que orientem a política empresarial brasileira na África, analisando o vasto poder das marcas nacionais no continente”, explica Bosco Monte. O acompanhamento das análises será feito ele por ele, através de reuniões virtuais de rotina e com visitas técnicas realizadas ao continente africano.

“È importante ressaltar que a pesquisa contará com a participação de acadêmicos localizados nos diversos países africanos, fomentando assim uma ampla rede de informantes”, acentua o pesquisador. O trabalho contará com o apoio do Ministério das Relações Exteriores. Em Lisboa, Bosco terá encontro na sede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e em Tunis, capital da Tunisia, reuniões com o Banco Africano de Desenvolvimento.

Grupo do Movimento Crítica Radical vai “ocupar” espaço na Bienal do Livro

59 1

O Movimento Crítica Radical lançará nesta quinta-feira, às 19h30min, na Bienal de Fortaleza, o livro Projeto Alternativo. Quem faz a convocação para o evento é a ex-vereadora Rosa da Fonseca, uma das lideranças do movimento, ao lado da ex-prefeito Maria Luiza Fontenele.

A publicação, segundo Rosa, faz uma crítica ao sistema Capitalismo e aponta para um mundo que precisa repensar suas relações e apostar na emancipação humana.

O lançamento do livro ocorrerá na Sala 3, Mezanino 2, do Centro de Eventos, com direito a debate.

(Foto – Paulo  MOska)

PSB/PMDB e um consórcio político-administrativo no Ceará

117 6

Para o sociólogo Luiz Cláudio Ferreira Barbosa, o Ceará passa a contar com um verdadeiro “consórcio político-administrativo que cuidará dos destinos de Fortaleza, a partir de janeiro de 2014. É dessa forma que ele avalia a conquista de Roberto Cláudio e, ao mesmo tempo, essa parceria do PSB do governador Cid Gomes com o PSB do senador Eunício Oliveira. Confira:

A vitória do candidato da coligação PSB/PMDB para o comando da quinta maior cidade do Brasil gerou um consórcio político–administrativo para gerir Fortaleza, como também um pré–acordo para o pleito eleitoral de 2014.

O PMDB cearense tem uma liderança consolidada no comando das principais ações políticas, quase uma voz solitária nos debates internos: o senador Eunício Oliveira (PMDB), que mantém linha tênue entre os seus interesses particulares na política cearense com as demandas eleitorais do PMDB.

O ato de ser o maior aliado do PSB na política cearense ainda não representou para o PMDB a elevação como o principal parceiro administrativo ou igual nas divisões dos principais cargos públicos de destaque para opinião pública. O PMDB tem peso administrativo aquém do seu peso político–eleitoral.

Os socialistas têm o controle do executivo público do Estado e, já no próximo ano, o controle da Prefeitura de Fortaleza. O PSB vai indicar pela segunda vez consecutiva o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, sem nenhuma consulta aos aliados no legislativo cearense. Isso é quase uma decisão unilateral do grupo político dos Gomes.

Os principais cargos da aliança do PMDB com o PSB que os peemedebistas ocupam são as duas vices dos titulares dos principais cargos executivos da política cearense. O vice–governador Domingos Filho (PMDB), que já foi presidente da Assembleia Legislativa no primeiro governo de Cid Gomes (2007 – 2010), já começa a construir o seu retorno para o legislativo estadual. O futuro vice–prefeito de Fortaleza, o empresário Gaudêncio Lucena, que sempre foi reconhecido como homem de confiança do senador Eunício Oliveira (PMDB), possivelmente será um secretário municipal com influência nas áreas econômicas e administrativas.

O PMDB começa a ensaiar o desejo de ocupar a presidência da Câmara Municipal de Fortaleza na próxima legislatura. O PSB tem encontrado dificuldade de fazer a escolha do presidente da casa legislativa municipal, um subproduto do impasse para escolher o presidente da Assembleia Legislativa. O senador Eunício Oliveira deverá compactuar com os interesses da sua bancada de vereadores na capital cearense. A indicação de um peemedebista para o comando da Mesa Diretora da Câmara Municipal, por si só, vai delinear o projeto macropolítico do PMDB como líder do bloco PSB/PMDB no pleito eleitoral de 2014.

* Luiz Cláudio Ferreira Barbosa,

Sociólogo.

Depois das eleições, mais um poste pode ruir

79 1

A avenida Beira Mar é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza e, também, dos coopistas. Mas, pelo visto, cenário para descasos por parte de órgãos públicos e até empresas privadas.

Olha só a situação desse poste no local:

E esse poste não é tão pequeno…

(Fotos – Tadashi Enomoto)

Tudo pronto para o Festival de Orquídeas de Fortaleza

Vem aí o VI FestOrquídeas, o Festival de Orquídeas de Fortaleza, que reunirá cultivadores e apreciadores da natureza nos dias 23, 24 e 25 deste mês. O evento é promovido pela Associação Cearense de Orquidófilos (ACEO), entidade com 35 anos de existência, e tem como objetivo disseminar o cultivo de orquídeas – uma das atividades de lazer mais difundidas no mundo inteiro, além de alertar o público para a necessidade de preservação dos ambientes que abrigam esse patrimônio natural.

Pela primeira vez, o evento será realizado na Casa de José de Alencar, equipamento cultural mantido pela Universidade Federal do Ceará e tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O local foi escolhido para aproximar ainda mais os participantes da natureza. A visitação à exposição e a participação nas demais atividades são gratuitas, mas a organização pede que os participantes doem 1 kg de alimento não perecível ou uma lata de leite em pó. O total arrecadado será destinado ao Instituto Cristo Rei, orfanato que abriga 60 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Programação

Sexta–feira (23)

· 8 horas às 12 horas – Recebimento das plantas

· 12 horas às 14 horas – Julgamento

· 14 horas às 18 horas – Visitação

Sábado (24)

· 8 horas às 18 horas – Visitação

· 10 horas – Palestra seguida de oficina: “O cultivo de orquídeas” (Hugo Leite Albuquerque, da Associação Paraibana de Orquidófilos-APO)

· 15 horas – Oficina de cultivo de orquídeas (Italo Gurgel, da Associação Cearense de Orquidófilos-ACEO)

· 16 horas – Palestra: “Orquídeas do Nordeste” (Dr. Roberto Guerra, da Associação Orquidófila do Rio Grande do Norte-SORN)

Domingo (25)

· 8 horas às 17 horas – Visitação

· 10 horas – Oficina de cultivo de orquídeas (Gerson Paiva, da SORN e do Círculo Potiguar de Orquidofilia-CPO)

· 17 horas às 18 horas – Retirada das plantas

SERVIÇO

Casa de José de Alencar, localizado na Avenida Washington Soares, nº 6055.

Deputada do PR promete apoio ao prefeito eleito Roberto Cláudio

70 3

“Tudo o que eu puder fazer em Brasília, para carrear verbas para Fortaleza, eu farei!”, avisa a deputada federal Gorete Pereira. Ela é do Partido da República, que tem como presidente estadual o ex-governador Lúcio Alcântara.

Lúcio é oposição ao prefeito eleito Roberto Cláudio (PSB), porque não tolera os Ferreira Gomes.

Ele foi apoiador de primeira hora do petista Elmano de Freitas, candidato derrotado a prefeito que, até agora, não apresentou provas da denúncia que fez sobre compra de votos pró-RC.

Royalties, só no fim do mês

67 1

“Cresce a expectativa de que o projeto dos royalties não seja vetado integralmente. Mas a presidente Dilma Rousseff mantém a dúvida no ar. Ela tem até o próximo dia 30 para definir um posicionamento e, segundo a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, vai utilizar todo o prazo disponível. Foi exatamente essa a resposta que os prefeitos que estiveram ontem no Palácio do Planalto ouviram da ministra. Muitos deles carregavam no peito a frase “sanciona Dilma”. O projeto aprovado pela Câmara dos Deputados e encaminhado à sanção presidencial é o que mais atende aos interesses imediatos dos municípios não-produtores.

Publicamente, pouco se fala a esse respeito. Ontem, após o evento de lançamento do programa Mais Irrigação, a presidente Dilma Rousseff evitou, mais uma vez, dar entrevistas sobre o assunto. À noite, na chegada a um jantar no Palácio da Alvorada, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse que ainda não há definições sobre a possibilidade de vetos. Ressaltou, apenas, que vai continuar lutando pela destinação de 100% dos royalties para a educação, desta vez, no bojo do projeto que trata do Plano Nacional de Educação (PNE), em tramitação no Senado.”

(Correio Braziliense)

Chico Lopes participa de encontro nacional de educadores sociais

O deputado federal Chico Lopes (PCdoB) é um dos conferencistas do Encontro Nacional de Educadores Sociais que terá início nesta sexta-feira, em Goiânia (GO). O evento discutirá o futuro de uma categoria que ainda luta para ser reconhecida.

Dentro dessa luta, há um projeto de lei de autoria de Chico Lopes tramitando  na Câmara e que quer regulamentar a profissão do educador e da educadora social.

Lopes aproveitará o encontro em Goiânia para expor quais as perspectivas de aprovação da matéria.

Ministério Público requer terreno do governo estadual no Cambeba

“O procurador-geral de Justiça, Ricardo Machado, após trato com algumas Secretarias de Estado, protocolou um ofício solicitando ao governador Cid Gomes, a disponibilização da área (terreno) contígua ao imóvel cedido à Procuradoria-Geral de Justiça no Cambeba, a fim de que possa ser construído prédio para sediar o primeiro grau do Ministério Público cearense, congregando todas as unidades com ofícios na Capital.

Segundo o documento, a ausência de espaço físico adequado e digno que venha abrigar as Promotorias de Justiça da Capital e os demais órgãos de execução é histórica, impondo ao órgão ministerial a única alternativa possível, qual seja, o aluguel de imóveis.

Em busca de área adequada ao superveniente redimensionamento estrutural, uma equipe integrada por membros e servidores do Ministério Público do Ceará reuniu-se com a Coordenadoria de Recursos Logísticos e de Patrimônio, por intermédio da Procuradoria do Patrimônio e Meio Ambiente (Propama), tendo sido solicitado à Procuradoria Geral de Justiça a apresentação do programa de necessidades, contendo as especificações de áreas construídas e de estacionamento.”

(MP-CE)

 

Gaudêncio Lucena não quer ser vice de decoração

69 2

O vice-prefeito eleito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena (PMDB), retorna, nesta quinta-feira, dos EUA, onde passou temporada com a família após o fechamento das urnas.

Mas ele já avisou:  não quer ser um vice de decoração. Ou seja, quer ter atuação administrativa. Há quem diga que Gaudêncio estaria apostando politicamente em voos mais altos no futuro.

Estudantes de direita tentam recriar a Arena

65 8

“Um velho e conhecido partido político dos tempos de ditadura militar começa a engatinhar rumo ao ressurgimento. Ontem, foi publicado no Diário Oficial da União o estatuto que oficializa a recriação da extinta Aliança Renovadora Nacional (Arena), que deu sustentação ao regime dos anos 1960 e 1970. Esse é apenas o primeiro passo de um total de sete etapas a serem cumpridas para a fundação da sigla que se denomina conservadora, nacionalista e assumidamente de direita. Ainda falta, por exemplo, recolher as quase 500 mil assinaturas necessárias para pleitear o registro da agremiação junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os líderes do grupo pretendem colher tudo até abril do próximo ano.

A Arena foi criada originalmente em abril de 1966 para apoiar o governo militar após a edição do Ato Institucional nº 2, que extinguiu todos as siglas existentes na época e levou a política brasileira ao bipartidarismo. O MDB (Movimento Democrático Brasileiro), fundado em março de 1966 como partido de oposição, era a outra sigla. Ambos foram extintos em novembro de 1979 por decisão do Congresso Nacional que acabou com o sistema bipartidário. A Arena acabou se transformando, na prática, no Partido Democrático Social (PDS), em 1980. O MDB deu origem ao PMDB.

Quem assina o estatuto da Arena como presidente é a gaúcha Cibele Bumbel Baginski, de 23 anos, estudante de direito da Universidade de Caxias do Sul (RS). Para ela, falta ao Brasil um partido verdadeiramente conservador que possa trazer honestidade à vida política do país.”

(Correio Braziliense)

Sejus promove concerto natalino com coral de internos do sistema penitecniário

112 1

Na próxima terça-feira, a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) promoverá o I Concerto de Natal Justiça & Cidadania, a partir das 18h30min, no Theatro José de Alencar. Na ocasião, segundo a titular da Sejus, Mariana Lobo, haverá a apresentação do Coral Vozes da Liberdade, formado por 40 internos do sistema penitenciário cearense, e da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

“O projeto é uma forma de auxiliar no resgate da autoestima do encarcerado, de promover a cultura e, principalmente, de apresentar à sociedade o potencial de inclusão social da pessoa presa”, diz a secretária. No repertório, clássicos natalinos como Noite Feliz e Bom Natal e músicas que exaltam valores familiares.

SERVIÇO

* A apresentação é gratuita e os 800 lugares do TJA são abertos ao público.

(Foto – Paulo MOska)

Por um Réveillon acima de brigas políticas

51 3

Com o título “Garantias para o Réveillon – Prudência e responsabilidade”, eis o Editorial do O POVO desta quinta-feira. Para Fortaleza, uma iniciativa importante, pois aquece o turismo e gera emprego e renda. 

A possível suspensão da festa do Réveillon foi admitida pela prefeita Luizianne Lins, caso o futuro prefeito Roberto Cláudio e o governo do Estado não deem garantias para a realização do evento, já que a conta será paga pela próxima administração. As precauções da prefeita são compreensíveis, mas seria lamentável se Fortaleza perdesse um evento festivo de grande aceitação popular e que já é destaque no calendário nacional.

Desde que foi iniciado pela atual administração, sete anos atrás, o Réveillon nunca deixou de encontrar resistência de toda ordem, enquanto crescia em prestígio popular, pelo congraçamento democrático resultante do acesso de todas as faixas sociais a uma festa da maior qualidade, do ponto de vista cultural e recreativo, com repercussões muito positivas na área do turismo.

Uma visão simplista sempre viu a festa como desperdício de recursos públicos numa cidade marcada por carências sociais. No entanto, o lazer e a recreação fazem parte daquele elenco de necessidades que contemplam a alma, satisfazendo uma dimensão humana tão importante quanto à satisfação das carências materiais. O lazer e a recreação entraram para a categoria dos direitos sociais, fazendo parte de legislações contemporâneas, até como componente de uma política pública de saúde mental.

Mas, há outro aspecto: o fato de se ter tornado um evento de referência nacional transformou-o em fator atrativo para a indústria do turismo, motivando a vinda de visitantes. Com isso, traz recursos para a economia local, o que possibilita, por sua vez, a geração de receitas para os cofres públicos que as aplicam em benefício da coletividade. Ou seja: o Réveillon desenvolve a vocação turística de Fortaleza, fortalecendo uma alternativa econômica sintonizada com as vertentes contemporâneas do desenvolvimento.

Como os preparativos do evento se darão no momento mesmo de transição administrativa (que, aliás, está sendo feita dentro dos estritos prazos oficiais, segundo frisou a governante em entrevista à imprensa) é natural e prudente que Luizianne condicione a realização do evento a garantias prévias da futura administração para efetuar a contratação das despesas requeridas e que serão pagas pelo novo prefeito.

Antonio Carlos diz que PT continua juntando provas para questionar vitória de RC

156 8

O deputado estadual Antônio Carlos (PT) informou, em entrevista à Rádio Verdes Mares AM, que seu partido continua juntando provas para embasar uma representação questionando a vitória do prefeito eleito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB).

“Estamos juntando provas, ouvindo pessoas que dizem ter recebido propostas”, disse o parlamentar, que atuou como coordenador-geral da campanha derrotado do petista Elmano de Freitas.

Antonio Carlos garante que houve abuso do poder econômico por parte da campanha de Roberto Cláudio, com apoio da máquina e da força do Governo do Estado.