Blog do Eliomar

Últimos posts

Mensalão – Lula está com ódio de Luiz Fux

81 4

É Luiz Fux, e não o ministro Joaquim Barbosa, o alvo principal da raiva de Lula e de réus do mensalão, revela Mônica Bergamo, na coluna política da Folha de S.Paulo desta quinta-feira:

Antes de ser indicado ministro, Fux fez um périplo por gabinetes de Brasília e escritórios de São Paulo. Mas Lula tinha restrições a ele. Disse a vários interlocutores achar estranho que um magistrado fosse apoiado tanto por Delfim Netto quanto por João Pedro Stédile, do MST. O aval decisivo à indicação de Fux veio de Antonio Palocci, então poderoso ministro do governo Dilma Rousseff. Réus do mensalão, na época, não se opuseram. Mas hoje se dizem surpresos: no julgamento, o ministro segue na íntegra os votos de Barbosa, condenando praticamente todos os acusados.”

Governo adota medidas para evitar apagões durante as eleições

“Às vésperas das eleições, o Ministério de Minas e Energia determinou uma série de ações estratégicas para garantir a normalidade do fornecimento de energia elétrica durante a votação no próximo dia 7 (domingo). As distribuidoras reforçarão suas equipes de tempo real e foi estabelecido um esquema especial para as turmas de manutenção, para casos de mobilização imediata. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, aprovou ontem (3) na reunião com dirigentes do setor elétrico a execução do plano Medidas de Segurança Adicionais à Operação do Sistema Interligado Nacional.

Na reunião, Lobão ouviu o detalhamento do plano, apresentado pelo diretor-geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Hermes Chipp. Na exposição, Chipp recomendou atenção máxima ao setor. O ministro determinou a suspensão das intervenções para manutenção em equipamentos no período das eleições.

O ONS informou que será adotado um reforço nas equipes de estudo e operação para garantir a rápida e eficaz mobilização para eventuais necessidades. A reunião ontem ocorreu horas antes de haver uma pane em um transformador de Furnas, em Foz do Iguaçu, no Paraná, que provocou a interrupção no fornecimento de energia à noite em algumas regiões do país.

De acordo com o ONS, a pane gerou perda de carga na Usina de Itaipu, que enviou imediatamente um pedido de alívio para as distribuidoras de energia. A reunião ontem contou com a participação de integrantes da Secretaria Executiva e da Secretaria de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Eletrobrás e  de subsidiárias de várias agências.”

(Agência Brasil)

PDT aposta na “independência” do fortalezense para virar o jogo eleitoral

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=HtE-cYz_5Q4&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PDT, Heitor Férrer, aparece na pesquisa O POVO/Datafolha, divulgada no jornal O POVO desta quinta-feira,  com 11%. Ou seja, em quarto lugar.

Mas os pedetistas não perdem as esperanças e dizem que Heitor vai surpreender e passar para o segundo turno. Galga Gomes, militante histórico do partido, por exemplo, lembra que o fortalezense gosta de agir com independência e já provocou muitas surpresas em eleições.

Datafolha/O POVO – A marcha para o segundo turno

O jornalista Fábio Campos analisa, nesta quinta-feira, o resultado da pesquisa O POVO/Datafolha, que traz um empate técnico entre Roberto Cláudio (PSB) e Elmano de Freitas (PT). Ambos marcaram 23% de preferência do eleitorado fortalezense. Na pesquisa, segundo o colunista do O POVO, Roberto Cláudio aparece em situação mais confortável sobre rejeição, o que exigirá de Elmano ir para o ataque. Confira: 

A quinta pesquisa O POVO-Datafolha mostra o empate absoluto entre Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PSB). Os dois cravaram 23% das intenções de voto. Considerando apenas os votos válidos, cada um tem hoje (ou tinha até ontem) 27%. Moroni Torgan (DEM) resiste com 17% das intenções de voto o que corresponde a 20% dos válidos.

Trocando em miúdos, os dois líderes somados possuem o apoio de aproximadamente a metade do eleitorado. Assim, pode-se afirmar, no limite da análise, que a outra metade está optando por outros candidatos que não representam as duas maiores estruturas políticas em atuação em Fortaleza.

O fato é que persistem as chances de Moroni. A diferença entre o seu índice e os resultados obtidos pelos dois líderes não é suficientemente larga para eliminar a possibilidade de sua chegada ao segundo turno. O problema do candidato continua sendo a falta de energia política para sustentar uma arrancada na reta final.

Mesmo com Moroni ainda com chances, os resultados indicam que Elmano e Roberto Cláudio devem ser os dois concorrentes que vão levar a disputa de Fortaleza para o segundo turno.

Quinta-feira, sexta-feira, sábado e o domingo da eleição. São quatro dias em que a capacidade de mobilização das campanhas será decisiva. Principalmente para os dois líderes, o segundo turno começa já.

Cada ponto conquistado sobre o concorrente direto fará diferença no segundo turno. Lembrem-se que, nessa etapa da disputa, com apenas dois jogadores em campo, cada voto arrancado do adversário tem como beneficiário direto o patrimônio eleitoral do outro.

A essa altura do campeonato, passa a ser bem mais significativo os resultados da simulação do segundo turno e os índices de rejeição. Mesmo sem folga larga nesses quesitos, Roberto Cláudio ocupa uma situação mais confortável.

A rigor, tendo a pesquisa captado o real sentimento do eleitor, o candidato do PSB chegará ao segundo turno com o dever de manter as intenções de votos já detectadas pelo Datafolha. Assim, a obrigação de ir para o ataque caberá a Elmano de Freitas.

Mas, bom senso e caldo de frango é a melhor receita para o momento. O comportamento de parte do eleitorado pode flutuar até domingo. A eleição municipal tem características únicas. Sabe-se que nas disputas presidenciais e estaduais, a maior parte dos eleitores define sua posição com antecedência. No âmbito da cidade, não se sabe ao certo por qual motivo, muitos decidem o voto no trajeto entre a sua casa e o silêncio da urna.

Um chavão: o segundo turno é uma nova eleição. É assim mesmo. Nessa etapa, impõe-se naturalmente uma nova recomposição de forças. A política ganha mais peso. Os apoios dos derrotados podem fazer a diferença.

Ahh… não nos esqueçamos. Agora sim, os debates na TV são viáveis e podem ser decisivos. Um cara a cara pra valer. Um confronto de ideias, teses e projetos para permitir ao eleitor muito mais clareza na tomada de posição.

“Se o diabo vacilar, o Ciro toma a posse do inferno”, diz Eudes Xavier

107 8

“Enquanto o candidato do PT à Prefeitura de Fortaleza, Elmano de Freitas, tenta poupar sua imagem de qualquer intriga política na reta final do primeiro turno das eleições, dois de seus principais articuladores de campanha assumem o papel de contra-ataque. Ontem, durante o último comício da campanha petista, na Praça do Ferreira, o deputado federal Eudes Xavier (PT), chegou a dizer que “Lula não é Deus, mas se o Diabo vacilar, o Ciro Gomes toma a posse do inferno”.

A declaração do parlamentar é uma resposta à entrevista concedida pelo ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes (PSB) ao jornal O Estado de S.Paulo, na última terça-feria, na qual Ciro afirmou que o ex-presidente Lula não é Deus e que Elmano “não existe”.

Apesar de não ter citado as críticas durante discurso no comício, a prefeita de Fortaleza Luizianne Lins (PT) também contra-atacou e disse ao O POVO, em entrevista exclusiva, que as recentes atitudes de Ciro Gomes só mostram o desespero do peessebista. “Ele só se apequena. Ele já foi maior que isso”, lamentou Luizianne.

Eudes Xavier também disparou, durante discurso acalorado, que Ciro não tem moral para falar do ex-presidente, já que antes de apoiar o projeto do PT nacionalmente, o ex-ministro “estava a serviço dos coronéis”.

Em tom de ameça, o deputado federal garantiu que o PT não aceitará nenhuma provocação vinda dos “Ferreira Gomes” e questionou de onde vem o dinheiro “para uma campanha milionária” do candidato do PSB, Roberto Cláudio.”

(O POVO)

MP entra com ação contra Elmano e Luizianne. Prefeita vai ao CNJ contra promotor

81 4

“O Ministério Público do Estado (MPE) entrou ontem com uma ação de improbidade administrativa contra a prefeita Luizianne Lins (PT) e sua mãe, Luíza Lins, o candidato petista à sucessão municipal, Elmano de Freitas, e o vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB) por supostos casos de acúmulo de cargos no Executivo.

O responsável pela ação, promotor Ricardo Rocha, pede à Justiça que eles percam a função pública, tenham suspensos os direitos políticos por um período de cinco a oito anos, e paguem multa, entre outras punições. Outros quatro servidores da Prefeitura – incluindo os secretários de Administração e da Guarda Municipal, Vaumik Ribeiro e Arimá Rocha – integram a ação.
Segundo o promotor, alguns dos acusados aparecem como detentores de mais de um cargo comissionado, entre os anos de 2009 a 2011, totalizando cargas horárias acima de 24 horas de trabalho por dia. Luizianne e Vaumik são apontados como responsáveis pelas nomeações.
O MPE afirma que outros 3.046 servidores encontram-se nessa situação. Este ano, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) chegou a abrir três processos (números 9593/12, 9592/12 e 9591/12) para tratar do caso em Fortaleza – de acordo com a assessoria da Corte, outras prefeituras do Ceará são analisadas pelo mesmo motivo. O promotor quer que o TCM envie a lista dos mais de três mil funcionários que estariam ocupando mais de um cargo irregularmente.

Prefeitura contra-ataca

Luizianne reagiu à iniciativa de Ricardo Rocha, que já havia processado a prefeita em outras ocasiões. “O que ele faz não é racional, é político”, disse ao O POVO, após comício de Elmano na Praça do Ferreira. Ela afirmou que irá representar contra Rocha no Conselho Nacional do Ministério Público e reclamou de “perseguição” por parte do promotor.
A petista alegou que a “duplicidade” de cargos de servidores foi causada por “erro de digitação” e que o problema teria atingido mais de 3.500 nomes, incluindo parlamentares que possuem cargo na Prefeitura e atualmente são ligadas ao governador Cid Gomes (PSB), adversário político de Luizianne. “Ele (o promotor) sabe que foi um erro técnico”, criticou a prefeita.

Na última semana, questionado sobre o problema, o secretário Vaumik havia argumentado que uma incompatibilidade entre os sistemas de dados da Prefeitura e do TCM estaria causando a duplicidade.”

(O POVO)

Datafolha/OPOVO – Elmano e Roberto estão empatados

65 3

“Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PSB) aparecem empatados e estariam no segundo turno se a eleição para prefeito fosse hoje, aponta a pesquisa O POVO/Datafolha. A consulta foi realizada terça-feira e ontem, concluída, portanto, no último dia de horário eleitoral dos concorrentes ao Poder Executivo da Capital no rádio e na televisão. O petista oscilou negativamente um ponto em uma semana e passou de 24% para 23%. Já o competidor do PSB subiu quatro pontos no mesmo período e tem os mesmos 23%. Roberto Cláudio foi o único concorrente a apresentar crescimento.

Moroni Torgan (DEM) oscilou de 18% para 17%. Heitor Férrer (PDT) teve variação de 13% para 11%. Renato Roseno (Psol) passou de 7% para 6%. E tanto Inácio Arruda (PCdoB) quanto Marcos Cals (PSDB), que tinham 3%, estão agora com 2%, cada. André Ramos (PPL), Francisco Gonzaga (PSTU) e professor Valdeci Cunha (PRTB) não alcançam 1%. Brancos nulos e os que dizem não votar em nenhum somam 4%. Os que ainda não sabem em quem votar são 11%.

Quando são considerados apenas os votos válidos, Elmano e Roberto Cláudio chegam a 27%, enquanto Moroni aparece com 20%. Essa é a forma oficial de divulgação do resultado da eleição, que desconsidera votos em branco, nulos, os que dizem não votar em nenhum e os indecisos. Na espontânea, Elmano fica com 18%, contra 16% de Roberto Cláudio e 13% de Moroni. Heitor aparece com 9% e Renato Roseno, 5%.

Segundo turno

Na simulação de segundo turno, Roberto Cláudio teria 44%, contra 38% de Elmano. O candidato do PSB venceria também Moroni e Heitor Férrer. O petista também se sairia melhor tanto enfrentando o candidato do DEM quanto contra o pedetista. Na simulação em que Moroni e Heitor se enfrentam, há empate técnico: 42% para o pedetista contra 39% do adversário.

Na rejeição, o candidato do DEM fica com 35%. O petista alcança 25%. Inácio aparece com 21% e Roberto Cláudio, 20%. O menor índice é de Heitor: 9%.”

(O POVO)

 

Morre jornalista Lustosa da Costa

164 2

Morreu nesta noite de quarta-feira, 3, em Brasília, o jornalista Lustosa da Costa, que lutava contra câncer de pulmão. O corpo do jornalista deverá ser cremado e, segundo a família, as cinzas vão ser jogadas no rio Acaraú, em Sobral (Zona Norte do Estado). Segundo a família de Lustosa, o corpo será velado nesta quinta-feira, 4, na Casa do Ceará, em Brasília.

Conhecido como um dos maiores nomes do jornalismo cearense, Lustosa da Costa não deixou de publicar sua crônica diária no Jornal Diário do Nordeste, ditando o texto para uma de suas filhas.

Lustosa da Costa era formado em Direito, foi editor do jornais Correio do Ceará e Unitário, trabalhou na TV Ceará, foi repórter no Jornal O Estado de São Paulo e foi colunista do Correio Braziliense, em Brasília.

Senado discute formas de coibir abusos dos planos de saúde

Com a ofensiva da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) contra os planos de saúde que descumprem prazos, que já resultou na suspensão de produtos de várias empresas, o Senado voltou a colocar o tema em destaque nas discussões da Casa.

Nesta semana, a ANS proibiu a comercialização de 301 planos de saúde, administrados por 38 operadoras, por descumprimento de prazos para atendimento médico, realização de exames e internações. Em julho, pela mesma razão, outros 268 planos já haviam sido suspensos. Novas avaliações serão feitas a cada três meses, segundo o diretor-presidente da ANS, Maurício Ceschin, e poderá haver mais suspensões.

O embate envolve os usuários dos planos, que reclamam dos altos preços das mensalidades e da qualidade do serviço prestado, com longas filas de espera e negativas de realização de procedimentos; os médicos, que se sentem injustiçados com os baixos honorários pagos por seus serviços; e os planos de saúde, que alegam não ter recursos para cobrir os custos, especialmente com o atendimento aos idosos, e pedem até uma revisão do marco regulatório do setor.

As comissões de Assuntos Sociais (CAS) e de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) devem discutir, em audiência pública conjunta no dia 30 deste mês, as suspensões decretadas pela ANS, além da situação dos planos de saúde, cobranças abusivas e problemas no atendimento.

(Agência Senado)

Relator vota por 8 condenações por corrupção ativa e 2 absolvições

76 1

O ministro Joaquim Barbosa, relator da Ação Penal (AP) 470, concluiu seu voto quanto à imputação de corrupção ativa. Ele considerou procedente a acusação da Procuradoria Geral da República em relação a José Dirceu, José Genoíno, Delúbio Soares, Marcos Valério, Cristiano Paz, Ramon Hollerbach, Rogério Tolentino e Simone Vasconcelos.

Em relação a Anderson Adauto e Geiza Dias, o relator concluiu pela absolvição dos dois réus do crime de corrupção ativa.

(STF)

Resultado das apurações pode ser mudado por recursos de candidatos julgados após eleições

O resultado das eleições municipais que for proferido após as apurações no próximo domingo (7) poderá sofrer alterações posteriormente, porque o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não terá condição de julgar todos os recursos de registros de candidatura negados pelos tribunais regionais até a data das eleições.

Neste caso, os candidatos que tiveram os registros negados e estão recorrendo terão os seus nomes nas urnas como opção para o eleitor, mas seus votos não serão contabilizados inicialmente. Quando o recurso for julgado, se o TSE mudar a decisão deferindo o registro, o resultado anunciado inicialmente poderá ser modificado.

O candidato que teve o recurso acatado pelo tribunal superior terá seus votos contabilizados e poderá ser considerado eleito, no caso dos vereadores e prefeitos em cidades com até 200 mil eleitores, ou seguir para segundo turno, se for o caso de candidatura para prefeito em municípios com mais de 200 mil eleitores.

O TSE já recebeu 6.062 processos relativos às eleições de 2012 e conseguiu julgar até o momento 2.345. Segundo informações da assessoria de comunicação do tribunal, há uma estimativa de que ainda cheguem mais 1.366 processos para serem julgados e que podem modificar o resultado das eleições deste ano.

Só de casos relativos à Lei da Ficha Limpa, 2.672 recursos contra indeferimentos de registros de candidatura chegaram ao TSE. Desses, 551 já foram julgados em decisões monocráticas ou de plenário.

(Agência Brasil)

Homem é morto dentro de loja do Ceará Sporting Club

Um homem foi morto a tiros, por volta das 13h desta quarta-feira, 3, em frente à sede do Ceará Sporting Club, localizada na avenida João Pessoa, no bairro Porangabussu, em Fortaleza. De acordo com informações do Comandante de Policiamento da Capital, Francisco Souto, a vítima foi identificada como Thiago de Souza Morais, de 30 anos.

Segundo o comandante, Thiago era morador do bairro Lagamar e respondia por vários assaltos. Possivelmente, ele foi morto por conflitos com desafetos. Ainda de acordo com o comandante, a vítima revendia artigos esportivos em casa e havia ido à loja para comprar mercadoria. Nessa hora, um homem, que chegou a pé, adentrou no comércio e efetuou os disparos.

(O POVO Online)

Médicos vão paralisar em protesto contra planos de saúde

87 1

“Médicos de diversas especialidades vão protestar, mais uma vez, a partir da próxima semana contra o que consideram abusos cometidos pelas operadoras de saúde. Entre os dias 10 e 25 de outubro, além de promover atos públicos, como passeatas e concentrações, os profissionais irão suspender, em vários estados, consultas e procedimentos eletivos com o uso de guias de convênios que não negociaram com a categoria. A mobilização está sendo articulada por três entidades que representam a classe médica nacionalmente – Conselho Federal de Medicina, Associação Médica Brasileira e Federação Nacional dos Médicos – e o cronograma da suspensão dos atendimentos está sendo definido por comissões estaduais.

De acordo com o representante da Comissão Nacional de Honorários da Associação Médica Brasileira (AMB), Florisval Meinão, a ideia é denunciar, principalmente, os baixos repasses feitos pelas operadoras de planos de saúde aos médicos que integram as redes credenciadas. Ele ressaltou que os serviços de urgência e emergência serão mantidos nos dias da mobilização.

“As remunerações são baixíssimas, especialmente se levarmos em consideração a responsabilidade que a atividade médica envolve. O que temos visto ao longo dos anos é que as operadoras aumentam as mensalidades que cobram dos usuários utilizando índices acima da inflação ao passo que reajustam os honorários com índices inferiores à inflação.”

Meinão informou que, em geral, um médico que atende no estado de São Paulo, por exemplo, recebe entre R$ 25 e R$ 60 por uma consulta a pacientes de planos de saúde. A categoria considera que o valor mínimo aceitável é R$ 80. Ele acrescentou que uma das defasagens mais evidentes está relacionada à atividade de obstetras, que recebem das operadoras de saúde, em média, R$ 300 por parto realizado.”

(Agência Brasil)

Decisão da ANS de desativarr 301 planos de saúde não surpreende Unimed Ceará

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=jzh6Hb62Zng&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=6&feature=plcp[/youtube]

A Agência Nacional de Saúde (ANS) baixou medida proibindo as operações de 301 planos de saúde no País. A decisão não causou surpresa no setor. O presidente da Unimed Ceará, Darival Bringel,  analisando o caso, disse para o Blog que esse pacote de planos já reunia muitos desativados ou que haviam entrado em fusão com outras organizações do setor.

Inácio promete apoio ao comércio da Monsenhor Tabosa

O Polo de Compras da Avenida Monsenhor Tabosa foi visitado, nesta quarta-feira, pelo candidato a prefeito de Fortaleza pelo PCdoB, Inácio Arruda. Com ele, seu candidato a vice, Chico Lopes. Inácio recebeu várias as manifestações da população em apoio ao seu nome e, mais uma vez, disse estar apostando mais no que ouve nas ruas em se tratando de preferências.

Eles conversaram com clientes e comerciantes, reforçando seus principais projetos para a cidade. Inácio prometeu apoio para o comércio e destaque para os microempresários que, na prática, geram o maior número de empregos em Fortaleza.

(Foto- Divulgação)

Joaquim Barbosa – José Dirceu foi mandante do Mensalão

98 1

“O ministro Joaquim Barbosa, relator da Ação Penal 470 no Supremo Tribunal Federal (STF), considerou que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu foi o mandante do esquema de compra de apoio político conhecido como mensalão. Para Barbosa, a culpa fica clara no contexto das provas reunidas durante o processo, como depoimentos de réus e testemunhas e a sequência dos fatos no tempo.

Barbosa ainda não votou formalmente pela condenação do ministro por corrupção ativa, pois a sessão foi interrompida para intervalo. No entanto, o relator já disse que as provas mostram que Dirceu não só conhecia o publicitário Marcos Valério, como também orientava a atuação dele e do então tesoureiro do PT, Delúbio Soares, na captação de verbas e oferecimento de vantagem indevida a partidos da base aliada ao governo entre 2003 e 2004.

“No conjunto probatório contextualizado na ação penal, os pagamentos efetuados por Delúbio e Valério a parlamentares com quem Dirceu tinha contato direto, coloca o chefe da Casa Civil em posição central de organização e liderança da prática criminosa, como mandante da promessa de vantagem indevida que apoiasse votação de seu interesse”, disse o relator.

Segundo Barbosa, ficou provado que Dirceu “aparece nas duas pontas do esquema”, oferecendo promessa de vantagem indevida e permitindo pagamento a parlamentares que com ele se reunia. “Entender que Valério e Delúbio agiram sozinhos, sem vontade de Dirceu, nesse contexto de reuniões fundamentais do ex-ministro, é, a meu ver, inadmissível”.

(Agência Brasil)

Ipece – Ceará foi o estado que mais reduziu a extrema pobreza

284 3

O Ceará foi o estado que apresentou melhores índices de redução na extrema pobreza, segundo revela o Enfoque Econômico “Ceará Retira 353 mil Pessoas da Extrema Pobreza Entre 2006 e 2011, Tendo o Melhor Desempenho do País” produzido pelo Instituto de Pesquise Estratégia Econômica do Ceará (IPECE). O estudo acaba de ser divulgado e já pode ser acessado no nowww.ipece.ce.gov.br. O Ipece é um órgão vinculado á Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado.

Segundo o diretor-geral do IPECE, professor Flávio Ataliba, o Ceará teve uma redução – entre 2006 e 2011, de quase cinco pontos percentuais, caindo de 15 para 10,14 por cento de sua população. O resultado se configura na maior redução verificada entre todos os estados brasileiros nesse período. Seguido do Ceará, vem os estados do Piauí, com uma redução de 297.549 pessoas, e Bahia, com 278.151.

Flávio Ataliba ressalta que, em termos proporcionais, o Ceará continua com o quarto maior índice do país, mas “é importante observar que partimos com o terceiro maior contingente do país, o que exige evidentemente um esforço muito maior dado a necessidade de renda a ser gerada”. Ele frisa que as “reduções não foram influenciadas ainda pelo Plano Brasil Sem Miséria, uma vez que as políticas anunciadas não tiveram tempo de se consumar, pois os dados da PNAD foram coletados em setembro de 2011”.

Tabela 1: Pessoas em condição de extrema pobreza e taxa de extrema pobreza, variação entre 2006 e 2011.

 

2006

2011

Variação no número de pessoas

 (2006-2011)

Ranking da variação no número de pessoas

(2006-2011)

N.

Proporção da população

N.

Proporção da população

Acre

81966

12,06

60582

8,08

-21384

20

Alagoas

557366

18,32

329723

10,97

-227643

7

Amapá

25091

4,02

48312

7,24

23221

25

Amazonas

273747

8,25

284393

8,96

10646

24

Bahia

1641335

12,16

1363184

10,32

-278151

3

Ceará

1211982

15,00

858323

10,14

-353659

1

Distrito Federal

58422

2,50

59876

2,32

1454

23

Espírito Santo

153680

4,57

97999

2,91

-55681

15

Goiás

160678

2,83

126827

2,11

-33851

18

Maranhão

1260469

20,17

1026077

15,81

-234392

6

Mato Grosso

123574

4,25

51212

1,67

-72362

14

Mato Grosso do Sul

92590

3,94

46516

1,87

-46074

16

Minas Gerais

728538

3,86

484810

2,56

-243728

5

Pará

529634

7,42

632105

8,34

102471

27

Paraíba

411494

11,24

236253

6,35

-175241

9

Paraná

264788

2,61

172931

1,68

-91857

12

Pernambuco

1083712

12,91

826795

10,10

-256917

4

Piauí

566182

18,62

268633

8,59

-297549

2

Rio de Janeiro

349184

2,36

335891

2,33

-13293

21

Rio Grande do Norte

304548

9,94

209718

6,55

-94830

11

Rio Grande do Sul

347152

3,34

191674

1,83

-155478

10

Rondônia

100170

6,59

60550

4,00

-39620

17

Roraima

20067

5,39

15627

3,38

-4440

22

Santa Catarina

62707

1,06

96689

1,57

33982

26

São Paulo

860452

2,22

679855

1,73

-180597

8

Sergipe

195563

9,89

113766

5,50

-81797

13

Tocantins

98544

7,47

76792

5,44

-21752

19

 

* Fonte: IBGE/PNAD. Cálculo do IPECE.