Blog do Eliomar

Últimos posts

Ocupações de terrenos em Fortaleza aumentam 47% em um ano

“Nos primeiros sete meses de 2012, foram registradas 34 ocupações irregulares em Fortaleza. Em julho, eram 28, um número 47,37% maior do que as ocupações registradas no mesmo mês de 2011. Um dos motivos apontados para o aumento das ocupações neste ano é o período eleitoral. “São duas a três ocupações por semana, justamente por conta do processo eleitoral, mas temos conseguido desocupar”, explicou Arimá Rocha, diretor da Guarda Municipal de Fortaleza e coordenador do grupo de trabalho (GT) de ocupações irregulares da Prefeitura.

Em uma ocupação no Itaperi, uma das moradoras, que preferiu manter o anonimato, desconversou sobre a presença do nome de um candidato a vereador nas paredes de alvenaria da maioria das casas, mas depois afirmou que ele sempre vai ao local, “mas não pede voto, só ajuda quem está aqui”.

Diferentes perfis

Os cenários das ocupaçãoes são parecidos: grandes terrenos demarcados com lonas, madeira e tijolos por muitos que buscam moradia, direito que não conhecem concretamente. No entanto, no interior das ocupações, as motivações e os meios utilizados são variados e alertam para a necessidade de discussão. Advogada, mestranda em Sociologia na Universidade Federal do Ceará (UFC) e pesquisadora do Laboratório de Estudos da Cidade (LEC), Marília Passos afirma que não é possível caracterizar as ocupações na Capital de forma homogênea.

Para gestores do Município, as ocupações realizadas por movimentos sociais são minoria na cidade. A maior parte é liderada por especuladores, tem envolvimento de comerciantes de depósitos de construção e até do tráfico de drogas. Na avaliação do titular da Secretaria do Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam), Adalberto Alencar, há “um crime organizado que tem relação com as ocupações em áreas em que os fiscais não podem entrar, porque são ameaçados”.

“Os especuladores usam as pessoas que precisam para fins ilícitos”, declarou o promotor José Francisco de Oliveira Filho, da 2ª Promotoria de Meio Ambiente e Planejamento Urbano do Ministério Público. Segundo o promotor, um mesmo grupo coordena diversas ocupações na cidade.

Assessor político da Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), Gilberto Braga relata que o processo da ocupação até a construção de casas de alvenaria demora, no máximo, dois meses. “Isso é especulação e é usado politicamente. Podemos dizer que é essa especulação e a influência do tráfico que têm impedido que a Prefeitura retome essas áreas”, apontou.

Braga dá o exemplo de três terrenos que seriam destinados para construção de creche, escola e posto de saúde e que foram ocupados. “Com essas ocupações, quem perde é a cidade, que deixa de ter um equipamento público. Só quem ganha são aqueles que especulam, que vendem lotes da área”, complementou Arimá Rocha. Na avaliação da pesquisadora Marília Passos, porém, ainda há muita criminalização das ocupações, que, na maioria das vezes, estão buscando garantir os direitos que o Estado não garante. “É preciso compreender essa problemática como uma séria questão social e não como questão de polícia”, defendeu.”

(O POVO)

MP que libera R$ 380 milhões para o Nordeste tem validade até dia 17

Caso não seja mais convocado nenhum esforço concentrado extraordinário, o Plenário do Senado Federal volta à normalidade na terceira semana de outubro. Sessões deliberativas ordinárias estão agendadas a partir da terça-feira (16) em diante. Uma das prioridades será a votação da Medida Provisória 572/2012, que autoriza a liberação de R$ 381,2 milhões para as populações atingidas por desastres ou calamidades na região Nordeste. Se não for votada, essa MP perde a validade no dia 17.

Esses recursos são usados para a compra de veículos, reboques, carros-pipa, reservatórios para transporte de água, bombas d’água, geradores, máquinas e equipamentos. Além de execução de obras emergenciais, capacitação técnica de pessoal para o emprego dos equipamentos, contratação de mão de obra terceirizada e obtenção e manutenção de postos de abastecimento de combustíveis para atendimento à população.

De 1º a 5 de outubro serão realizadas sessões não deliberativas no Plenário do Senado, às 14h de segunda a quinta e às 9h na sexta-feira. Na segunda-feira (8), além da costumeira sessão não deliberativa às 14h, também será realizada sessão especial às 10h, destinada a comemorar o Dia do Administrador. Nos dias 9, 10 e 11 de outubro também acontecerão sessões não deliberativas às 14h. A sexta-feira (12) é feriado nacional.

Na segunda-feira (15), o Plenário do Senado terá sessão especial, às 11h, destinada à comemoração do Dia do Aviador e às 14h, destinada a discursos dos senadores.

Assim, a partir de 15 de outubro, o Plenário voltará às suas atividades normais, pondo fim ao chamado “recesso branco” ocasionado pelas eleições municipais.

De acordo com a Constituição Federal e o Regimento Interno do Senado, as sessão deliberativas ordinárias do Plenário acontecem às terças, quartas e quintas sempre às 14h. As sessões não deliberativas ordinárias ocorrem às segundas-feiras, às 14h, e às sextas-feiras, às 9h.

(Agência Senado)

Iguatu une advocacia em apoio ao “Movimento Mais OAB Pra Você”

149 2

Em Iguatu, os candidatos à presidência da Subseccional da OAB, Mário Leal e Marco Antônio Sobreira, reuniram as lideranças da advocacia da Região Centro Sul para firmar acordo de candidatura única em prol da Classe.

A decisão histórica surge da necessidade de união e de fortalecimento da advocacia da região em torno de um projeto consolidado com o Movimento Mais OAB Pra Você, liderado pelo atual presidente da OAB-CE e candidato à reeleição Valdetário Monteiro.

O encontro reuniu grandes lideranças advocatícias do Centro Sul do Estado, como Mário Leal, Elilúcio Teixeira, Daniel Gouveia, Romualdo José de Lima, Marco Antônio Sobreira, Neuman Cavalcante, dentre outros. A chapa será encabeçada por Marco Antônio Sobreira.

PCdoB organiza carreatas simultâneas em apoio a Inácio

Seis carreatas simultâneas de candidatos a vereador foram organizadas neste domingo (30), pelo PCdoB, em apoio ao candidato do partido à Prefeitura de Fortaleza, Inácio Arruda. No último fim de semana antes da eleição do dia 7, Inácio se diz otimista para disputar o segundo turno.

“Já vimos em muitas eleições resultados que contrariaram aqueles que apareciam como favoritos nas pesquisas. É o povo que decide a eleição. E a resposta do povo a gente sente em cada atividade de campanha, como nas grandes carreatas deste domingo. Por isso, vamos firmes, junto com o povo, rumo ao segundo turno”, comentou.

(Foto – Divulgação)

Elmano diz que o PT é o partido de preferência da cidade

101 16

Com um trajeto de cerca de 50 quilômetros, que teve início na Messejana e terminou no Pirambu, o candidato do PT à Prefeitura de Fortaleza, Elmano de Freitas, percorreu 20 bairros no que chamou de “carreata da vitória”.

Para o candidato, “o PT é o partido de preferência da cidade. O PT e seus aliados formam uma aliança muito viva na cidade”. “Vamos continuar apresentando propostas concretas para o povo de Fortaleza nos últimos de campanha. Os adversários que nos atacam não têm propostas para a cidade”, assegurou.

(Foto – Divulgação)

Marcos Cals: A receptividade da população contradiz pesquisas

108 1

Para o candidato do PSDB à Prefeitura de Fortaleza, Marcos Cals, os institutos de pesquisa se esqueceram de passar pelos locais por onde a “Onda Azul” passou. Ao percorrer em carreata 11 bairros, neste domingo (30), o candidato tucano disse que a receptividade da população contradiz os institutos de pesquisa, que o colocam com 3% das intenções de voto.

“Isso já ocorreu comigo em 2010, na eleição ao Governo do Estado. Todos os institutos me davam, no máximo, 13% dos votos válidos, já com a margem de erro totalmente favorável a mim. Mas, quando as urnas foram abertas, eu tive 19,51% dos votos. Foi um erro muito grave. Querem repetir isso agora”, lamentou.

Os bairros percorridos neste domingo por Marcos Cals foram: Messejana, Santa Maria, Santa Filomena, Sítio São João, Conjunto Palmeiras, São Cristóvão, Barroso, João Paulo II, Parque Iracema, São Bernardo e Sítio São José.

(Foto – Divulgação)

Julgamento de Dirceu no meio dos turnos das eleições

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) só devem se pronunciar após o primeiro turno das eleições sobre a acusação da Procuradoria-Geral da República (PGR) segundo a qual o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, apontado como o chefe da quadrilha do mensalão, cometeu o crime de corrupção ativa . Projeção com base no ritmo atual das sessões aponta que o resultado parcial do capítulo 6, que trata da compra de votos na base aliada, terminará entre 9 e 10 de outubro.

Dirceu é um dos integrantes do núcleo político do mensalão, segundo a PGR. Se o ritmo atual for mantido, Joaquim deve ler seu voto sobre o ex-ministro da Casa Civil a partir de quarta-feira (3). O dia seguinte ficaria reservado para o revisor da Ação Penal 470, Ricardo Lewandowski. Os outros integrantes da corte passariam a votar em 9 de outubro, quando acontecerá a primeira sessão após o primeiro turno das eleições municipais.

A expectativa é que todos os outros oito ministros consumam duas sessões para votar na parte final do capítulo seis. O resultado parcial, então, seria proclamado pelo presidente do STF, Carlos Ayres Britto, em 11 de outubro. A projeção inicial feita pelo Congresso em Foco aponta o início da dosimetria para 31 de outubro. Joaquim acredita que a fixação das penas deve levar apenas uma sessão. Mas, da forma com que o debate é conduzido, hoje parece pouco provável.

(Congresso em Foco)

Corpo de Hebe Camargo é enterrado sob aplauso de fãs

74 1

“Sob aplausos de uma multidão de fãs, o corpo da apresentadora Hebe Camargo, que morreu na madrugada deste sábado (29), foi enterrado no cemitério Gethsêmani, no Morumbi, às 10h30 deste domingo. Durante a cerimônia, fãs ultrapassaram o cordão de isolamento e acabaram se misturando a artistas e familiares que prestavam as últimas homenagens. Cerca de 1500 pessoas passaram pelo cemitério, algumas pisaram sobre outros túmulos para conseguir se aproximar do local que era sobrevoado por quatro helicópteros. O filho de Hebe Camargo, Marcello, não foi visto entre os familiares durante o enterro.

No momento do enterro, familiares e amigos jogaram pétalas de rosas sobre o caixão enquanto o público gritava o nome da apresentadora e palavras como “gracinha”, bordão de Hebe, e “eu te amo”. A apresentadora Luciana Gimenez acompanhou a cerimônia de perto e beijou uma rosa antes de jogá-la sobre o caixão. O túmulo está localizado na quadra 10,  zona três da Rua Cruzeiro Velário.

Antes de chegar ao local do enterro, o cortejo circundou o Palácio dos Bandeirantes e fez um percurso de três quilômetros pela Avenida Morumbi em um carro de bombeiro escoltado por seis batedores da Polícia Militar.”

* Com Portal Uol aqui.

Estádios que sediarão Copa de 2014 estão com obras dentro do cronograma

Dos 12 estádios que serão sede dos jogos da Copa de 2014, apenas quatro ultrapassaram a marca de 70% de execução das obras, de acordo com dados divulgados pelas construtoras. São eles: o Castelão (87%), em Fortaleza (CE), Mineirão (78%), em Belo Horizonte (MG), Nacional, em Brasília (72%), e a Fonte Nova (70%), em Salvador (BA). De acordo com o Sindicato da Arquitetura e da Engenharia (Sinaenco), os que se encontram mais atrasados são a Arena da Amazônia (45%), em Manaus (AM); e a Arena das Dunas (30%), em Natal (RN).

Três estádios têm custos estimados acima de R$ 800 milhões, segundo os orçamentos divulgados pelas secretarias da Copa e pelos consórcios construtores. São eles o Maracanã (R$ 859,9 milhões), a Arena Corinthians (R$ 820 milhões) e o Nacional de Brasília (R$ 812,2 milhões). Esse último deverá ter o custo aumentado em R$ 173,9 milhões com as obras de cobertura. Os estádios Beira-Rio (R$ 330,00 milhões), no Rio Grande do Sul, e a Arena da Baixada (R$ 183 milhões), no Paraná, são os de menor custo estimado. “Mas também são os de menor intervenção”, explica o presidente do Sinaenco, João Alberto Viol.

“A comparação de valores é complicada, pois as obras têm graus de complexidade bastante distintos. Há estádios que estão sendo construídos do zero e há reformas e modernizações que, algumas vezes, incluem o entorno do estádio”, disse à Agência Brasil o engenheiro, referindo-se aos casos do Mineirão, da Arena Pantanal e do Castelão. Outro fator que influencia nesses valores é a diferença em termos de capacidade de público do estádio.

Segundo ele, a previsão é que haja o plantio de árvores e pisos permeáveis nas áreas de estacionamento. “Até o momento, já iniciaram os procedimentos para obter o certificado Leed, ou selo verde de empreendimentos, as cidades de Brasília, Cuiabá, Belo Horizonte, Manaus, Natal, Fortaleza, Salvador e do Recife”, acrescentou.

(Agência Brasil)

Juiz acaba com disputa por imagem de Cid Gomes em Arneiroz

165 1

O candidato à reeleição à Prefeitura de Arneiroz, Antônio Monteiro Pedrosa Filho (PMDB), procura um padrinho que possa impulsionar a sua campanha contra o pecuarista Antônio Filho (PHS). Após ser multado pelo uso indevido da imagem do ex-presidente Lula, o prefeito Monteiro Filho agora terá que retirar de seu material de campanha a imagem do governador Cid Gomes.

É que o juiz eleitoral Ângelo Biano Vettorazzi acatou representação da coligação “A união faz um novo amanhã” (PHS/PSDB/PSB/PSD/PT) para a retirada da imagem de Cid Gomes da propaganda da coligação “Para Arneiroz seguir crescendo” (PMDB/PR/PTC/PSC/PRB/PTB).

(Foto: Wilrismar Holanda)

DETALHE – PSB, PT e PSDB. A chapa da oposição é, no mínimo, curiosa. Conseguiu reunir três dos quatro principais adversários políticos nas eleições de 2014. O PMDB é a outra legenda.

Conselho de Comunicação tem reunião nesta segunda-feira

O Conselho de Comunicação Social reúne-se nesta segunda-feira (1º), às 11h30. Em pauta, a definição da agenda de trabalhos; a apresentação do resultado da triagem das proposições legislativas relativas à área de comunicação social; e a apresentação, pelo conselheiro Miguel Ângelo Cançado, do relatório referente à proposta de alteração do regimento interno do conselho, do conselheiro Alexandre Krüel Jobim.

Em sua última reunião, ocorrida no início de setembro, o conselho decidiu pela realização de um levantamento de todas as proposições relativas à área de comunicação social em andamento no Senado e na Câmara para que os conselheiros possam saber quais as demandas do colegiado e quais as questões prioritárias no setor. A agenda de trabalhos do conselho será definida a partir da identificação dessas demandas.

(Agência Senado)

TRE reúne juízes que vão presidir juntas eleitorais no interior

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, desembargador Ademar Mendes Bezerra, e a corregedora regional eleitoral, desembargadora Maria Iracema Martins do Vale, se reúnem, na manhã desta segunda-feira (1º) com os juízes que vão presidir as juntas eleitorais nos municípios-termo. A reunião acontece a partir das 9 horas, no auditório da ESMEC – Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará, na rua Ramires Maranhão, nº 70, Água Fria.

O objetivo da reunião é o repasse de informações e orientações aos 78 juízes, a maioria com lotação em Fortaleza, que se deslocarão aos municípios-termo – que não são sede de zona eleitoral – para presidirem as juntas eleitorais, responsáveis pela apuração dos votos no interior do Estado.

Durante a reunião, o juiz auxiliar da Corregedoria, Cléber de Castro Cruz, fará uma exposição sobre a legislação eleitoral, com enfoque sobre o poder de polícia no dia da eleição, além de informações sobre o trabalho de apuração dos votos.

(TRE-CE)

Roseno tem dia de intensas caminhadas

Quatro bairros foram visitados neste domingo (30) pelo candidato do Psol à Prefeitura de Fortaleza, Renato Roseno. No início da manhã, o candidato esteve na feira do Planalto Ayrton Senna (antigo Pantanal), onde conversou com moradores sobre as dificuldades da comunidade. Depois, Renato Roseno fez visitas ao José Walter, Genibaú, Serviluz e Praia do Futuro.

Nesta tarde, o candidato do Psol dará entrevista à PósTV, que poderá ser acompanhada por meio do link: www.postv.org.

Uma reflexão sobre o descrédito na esperança

78 1

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (30), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

A uma semana das eleições, muita coisa ainda pode mudar até o dia do voto, principalmente ao levarmos em conta que grande parte dos eleitores deixa para definir a sua opção nos últimos dias. A julgar pelo que estamos vendo hoje, porém, é difícil a situação do Partido dos Trabalhadores (PT) nas capitais. Para quem tem a presidente Dilma, com avaliação lá em cima, e um cabo eleitoral como o ex-presidente Lula, estar nesse momento enfrentando sérias dificuldades para, pelo menos, ir à disputa do segundo turno em grandes cidades, trata-se no mínimo de quadro preocupante e que deve merecer avaliação profunda dos dirigentes da legenda, passado o período eleitoral. Atualmente administrando sete capitais, com base nas pesquisas recentes de intenção de voto, o PT está no páreo, com muito esforço, para brigar em seis, correndo sérios riscos de perder.

Pode-se argumentar que os problemas municipais são próprios e deslocados das questões políticas nacionais. É fato. Sem contar que os problemas urbanos atingem indistintamente gestões dos mais variados matizes ideológicos do País. Mas achar que isso pode explicar a situação vivida pelo PT nas capitais é querer tapar o sol com a peneira. Primeiro porque o Partido dos Trabalhadores sempre se vangloriou do seu famoso “modo petista de governar”, como diferencial em relação a administrações tendo a frente outras legendas. Foi assim com Porto Alegre, Recife, São Paulo, só para citar as mais emblemáticas e importantes já geridas pela legenda. Coincidentemente, nesses três lugares, a situação não está fácil para a estrela vermelha.

Ainda em relação ao modo petista de governar nas capitais, o PT mesmo parece querer estar fugindo da discussão sobre os resultados desse modelo, quando joga todas as fichas na eleição de seus candidatos na popularidade de Lula. Ora, o que é isso, se não contrariar a gênese do partido, que sempre foi fugir do personalismo e apostar na conscientização do eleitor a partir de questões programáticas? Assim, a legenda não só legitima o voto de cabresto, contra o qual sempre lutou, como se iguala aos adversários contra os quais combateu em toda a sua trajetória. O que tem a mostrar, por exemplo, as administrações petistas, que não a figura do ex-presidente pedindo voto se utilizando de argumentos até questionáveis, para não dizer outra coisa?

Infelizmente, a cada ano, o PT caminha para se igualar em método e forma a seus adversários. Para quem já foi o depositário de esperanças de uma geração na mudança de um modelo político viciado para uma nova visão nesse campo, é preocupante a situação atual vivida pelo Partido dos Trabalhadores. Principalmente, quando se vê que não há no País partidos fortes que possam conduzir o debate estratégico com vistas a levar o Brasil ao patamar de avanço pelo qual tantos lutaram e acharam ser possível.

Supremo retoma nesta segunda-feira o julgamento do mensalão

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta segunda-feira (1º), a partir das 14 horas, o julgamento da Ação Penal 470, conhecida como processo do mensalão, com a conclusão do voto do ministro Antonio Dias Toffoli, interrompido no dia 27 para ele integrar a sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Depois de Toffoli, votarão os ministros Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e o presidente do STF, Carlos Ayres Britto.

Após a conclusão desta fase de votação, o ministro-relator Joaquim Barbosa inicia a leitura do seu voto sobre a denúncia de corrupção ativa envolvendo o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) José Genoino e o ex-tesoureiro Delúbio Soares. No total, houve 29 sessões.

Apenas nesta estapa já há maioria de votos na Corte Suprema para condenar seis dos sete parlamentares dos partidos que compunham a base aliada do governo – Partido Progressista (PP), Partido Liberal (PL), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

Os parlamentares são acusados de corrupção passiva na ação. A fase de votações que será retomada nesta segunda-feira refere-se à compra de apoio político entre 2003 e 2004. Os denunciados são acusados de terem recebido dinheiro das empresas do publicitário Marcos Valério para garantir apoio na  votação de matérias de interesse do governo.

Na semana passada, votaram os ministros Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia e Dias Toffoli começou sua leitura. Na quinta-feira (27), Toffoli iniciou a votação antes de Cármen Lúcia atendendo a pedido da ministra que também preside o TSE e deixou a sessão mais cedo para resolver questões relativas às eleições municipais do dia 7.

(Agência Brasil)

Panfletos apregoam que Heitor é o voto independente

92 4

O caixa de correios de muitas residências de Fortaleza estão recebendo panfleto do Comitê Independente Pró-Reitor, que apela ao eleitorado para que mantenha a tradição de independência nas eleições.

A pregação diz que Heitor seria o único candidato que se opõe aos apoiados pelas máquinas e que têm condições de passar para o segundo turno.

Ciro participa de campanha em São Gonçalo do Anmarante

O ex-governador e ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB) esteve em São Gonçalo do Amarante, neste fim de semana, em caminhada pelas principais ruas do Centro da cidade, na tentativa de eleger o candidato a prefeito pelo PSB no município, Cláudio Pinho (PSB). Durante seu discurso, Ciro Gomes ressaltou a importância econômica e social do município para o Estado do Ceará, que vem recebendo grandes investimentos de empresas nacionais e internacionais, na região do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), e destacou a necessidade de eleger Cláudio Pinho, que é o candidato do governador Cid Gomes (PSB) no município.
“É muito importante elegermos candidatos do PSB, para trazermos mais progresso para São Gonçalo”, disse Ciro, ao acrescentar que “agora é a vez da honestidade liberdade e progresso”.
Filho do ex-prefeito de Fortaleza, Barros Pinho, Cláudio entrou na disputa contra Silva Neto (PR), que já foi prefeito de São Gonçalo na década de 90 e conta com o apoio dos Alcântara, tradicional grupo político que já comanda a cidade há 80 anos. O ex-governador Lúcio Alcântara (PR) foi um dos protagonistas de oposição ao governador Cid Gomes nas últimas eleições estaduais no Ceará.
(Foto – Divulgação)

Dilma participa nesta semana em Lima de debates entre sul-americanos e árabes

Uma semana depois de participar da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), a presidenta Dilma Rousseff será uma das protagonistas da 3ª Cúpula de Chefes de Estado e de Governo América do Sul–Países Árabes (Aspa), em Lima, no Peru, nesta terça-feira (2). Dilma deve viajar amanhã (1º) à noite para a cúpula, a primeira entre os líderes das duas regiões após o início da chamada Primavera Árabe – quando manifestações populares apelaram por democracia e liberdade em vários países.

Ao fim da cúpula, no dia 2, será divulgada uma declaração conjunta, na qual os 32 representantes do grupo – dois estão suspensos: Paraguai e Síria – se manifestam sobre os principais temas em discussão no momento. Dilma será a segunda a discursar na abertura do evento, depois apenas do secretário-geral da Liga Árabe (que reúne 22 países), Nabil Elarabi.

O Brasil é destaque na Aspa não só por ter sido o idealizador do grupo, em 2003, mas por servir de exemplo a países árabes e sul-americanos com os esforços para o combate à pobreza e ações de inclusão social, por meio dos programas de transferência de renda e das ações de preservação e garantias das minorias, inclusive em favor da igualdade de gênero.

No total, a união entre os países sul-americanos e árabes representa um Produto Interno Bruto (PIB) agregado de aproximadamente US$ 5,4 trilhões e envolve uma população estimada em 750 milhões de habitantes. De 2005 a 2011, o intercâmbio comercial entre as duas regiões aumentou 101,7%, passando de US$ 13,6 bilhões para US$ 27,4 bilhões. Só o comércio total entre o Brasil e os países árabes cresceu 138,9% – passando de US$ 10,5 bilhões para US$ 25,1 bilhões.

(Agência Brasil)