Blog do Eliomar

Últimos posts

Lula provoca Eduardo Campos e chama Cid para comício pró-Fernando Haddad

111 1

“Lula quis provocar o antigo amigo Eduardo Campos (PSB): chamou o governador cearense Cid Gomes, que tem diferenças com o de Pernambuco, para um comício de Fernando Haddad em São Paulo. A informação é de Lauro Jardim, na VEJA. Segundo o colunista, a presidenta Dilma e Lula querem rachar o PSB. Uma das idéias já postas em prática é se reaproximarem de Cid Gomes e convencê-lo a se opor a uma candidatura própria do PSB ao Planalto, em 2014. ‘’O líder da oposição, o tucano Mendes Thame (SP), aposta que se manterá PT-PSDB após surgirem figuras como Eduardo Campos: “PSB vive um ciclo de popularidade, mas e a credibilidade?”.

Enquanto isso, informa Felipe Patury, na ÉPOCA, o PSDB pôs foco total no Pará e para isso o senador mineiro Aécio Neves já esteve lá a pedido do candidato do partido a prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho. Ele tenta, agora, convencer o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, a dar-lhe uma forcinha na próxima semana. Campos preside o PSB, partido da vice de Zenaldo Coutinho, Carla Martins.

O exemplo que deveria vir de cima

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (9), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

A Secretaria de Direitos Humanos da Prefeitura de Fortaleza vai treinar os funcionários da Cagece para orientar as famílias com vistas a tirar documentos de certidão de nascimento. Para quem acha que esse é um problema menor, não é.

Ainda hoje, diversas crianças em todo o País convivem com essa situação que, no futuro, gerará reflexos os mais diversos. É importante ressaltar que a demanda pelo treinamento partiu dos próprios funcionários da Cagece ao sentirem a necessidade de prestar atendimento mais profissional a essas famílias.

Enquanto vemos iniciativas do gênero vindo de subordinados, na outra ponta, gestores da Prefeitura e do Governo do Estado trocam farpas para saber identificar quem foi mais negligente na condução das obras da Copa.

Bastidores em Brasília apontam “prazo de validade” de Ary Joel

Seis meses seria o tempo que o novo presidente do BNB, Ary Joel, ficaria à frente da instituição, segundo bastidores políticos em Brasília. O motivo da pouca estadia do novo dirigente seria a possibilidade de Renan Calheiros assumir a presidência do Senado, ficando o senador Eunício Oliveira como líder do PMDB. Os dois defenderiam um nome nordestino para comandar o BNB e passariam a negociar com a presidente Dilma Rousseff.

Apesar das especulações, Ary Joel tomou posse na última quinta-feira (6), no Passaré, prestigiado com as presenças de três ministros do governo Dilma e dois governadores, o do Ceará (Cid Gomes) e do Rio Grande do Norte (Rosalba Ciarlini).

(Foto: Paulo MOska)

Júlio César, de olho no TSE, tem até esta segunda-feira para apontar vice

199 4

O candidato do PSD à Prefeitura de Maracanaú, Júlio César Costa Lima, tem até esta segunda-feira (10) para apontar o vice na chapa, depois que o registro do deputado federal Edson Silva (PSB) foi cassado pelo TRE-CE. Ao mesmo tempo, Júlio César também se volta para o TSE, onde seu processo de Ficha Limpa deve ser julgado esta semana.

Na última semana, o ex-prefeito e ex-deputado estadual esteve no Palácio da Abolição para buscar apoio do governador Cid Gomes, depois que perdeu espaço para o candidato do PR, Firmo Camurça, que venceria as eleições dia 7 de outubro, segundo a pesquisa encomendada pela TV Cidade e realizada pelo Instituto Zaytec.

O governador não estaria disposto a entrar em campanhas em que o candidato teria pendências na Justiça Eleitoral.

Roberto Cláudio faz adesivaço na Avenida Abolição

Roberto Cláudio, candidato a prefeito pelo PSB/PMDB a prefeito de Fortaleza, está realizando, neste domingo, adesivaço na Avenida Abolição com a Desembargador Moreira. O candidato aproveitou para conversar com as pessoas que desciam para a Beira-Mar. Muitos moradores e frequentadores da área reclamaram da praça localizada em frente ao clube Náutico. Segundo eles, a atual gestão iniciou a reforma da praça, mas não concluiu e o local está cheio de lixo e de restos de material de construção. Ele prometeu retomar a obra.

(Foto – Divulgação)

STF começa a julgar nesta segunda-feira capítulo sobre lavagem de dinheiro

44 2

O Supremo Tribunal Federal (STF) entra nesta segunda-feira (10) em uma nova etapa no julgamento da Ação Penal 470, conhecida como processo do mensalão. A Corte entra no vigésimo primeiro dia de trabalhos com a análise do capítulo sobre lavagem de dinheiro.

Este é o quarto item da denúncia apresentada em 2006 pelo Ministério Público Federal (MPF). Segundo a acusação, os réus do núcleo financeiro e do núcleo publicitário se uniram para montar um “sofisticado mecanismo de branqueamento de capitais”, que permitia a distribuição de dinheiro do chamado mensalão sem deixar vestígios.

O MPF diz que o esquema entre o Banco Rural e o grupo do publicitário Marcos Valério começou ainda em 1998, durante a campanha para o governo de Minas Gerais, o que foi chamado de “mensalão mineiro”. O esquema consistia na emissão de cheques pelas empresas do publicitário Marcos Valério para pagar supostos fornecedores, quando, na verdade, os valores iam para as mãos de políticos.

Os réus dessa etapa são os integrantes do núcleo financeiro – os então dirigentes do Banco Rural Kátia Rabello, José Roberto Salgado, Ayanna Tenório e Vinícius Samarane – e os do núcleo publicitário – Marcos Valério, Ramon Hollerbach, Cristiano Paz, Rogério Tolentino, Simone Vasconcelos e Geiza Dias.

A defesa dos réus alega que não houve lavagem de dinheiro porque todos os saques eram identificados com assinaturas e recibos. O Ministério Público sustenta que as assinaturas serviram apenas para o controle de Marcos Valério, e que os verdadeiros destinatários dos saques nunca foram informados ao Banco Central.

(Agência Brasil)

Cantor e compositor Eudes Fraga completa 50 anos e lança novo CD

138 4

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=8Cucu_09k6Q&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

O cantor e compositor cearense Eudes Fraga mora hoje em Belém do Pará, mas não se esquece de suas origens. Vez em quando, circula por Fortaleza para atender os apelos do irmão – o publicitário Paulo Fraga (Íntegra Publicidade), para elaborar algum jingle de campanha comercial.

Pois é, Eudes Fraga, com quem convivemos nos tempos do grupo de jovens da Igreja de Santos Afonso, no bairro Parquelândia, nos anos 1980, volta no fim deste ano para comemorar seus 50 anos e lançar um novo CD com bons parceiros nacionais. Quem conta para o Blog é ele mesmo.

A parcela de culpa do eleitor na frustração

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (9), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

O resultado da pesquisa O POVO/Datafolha indicando a frustração do fortalezense com relação à política sistematiza constatação presente na sociedade que não é nova. De acordo com o levantamento, 51% dos entrevistados afirmaram não confiar nos partidos políticos, 44% disseram confiar um pouco, enquanto apenas 5% dizem que confiam muito. No que diz respeito à Câmara Municipal e à Assembleia Legislativa, 50% não confiam na Câmara, 43% confiam um pouco, restando apenas 7% que dizem confiar muito no Legislativo municipal. Sobre o legislativo estadual, 49% não confiam, 43% confiam pouco e 8% confiam muito. Números, portanto, que não chegam a causar espanto pelo grau de receptividade que essas instituições têm perante a população.

A constatação revela fenômeno interessante, ao vermos que a imagem de instituições como a Igreja, a imprensa, e o Exército está bem melhor avaliada que o poder legislativo e os partidos políticos. É interesse verificar esse aspecto, pelo nível de interferência que a sociedade possui sobre os dois polos de avaliação. No caso da Igreja, da imprensa e do Exército, é quase nula a possibilidade de participação autônoma do cidadão na definição dos rumos desses segmentos. Já quanto ao poder legislativo, o que são os representantes daquelas casas, se não um extrato da sociedade, colocado ali através do voto? O momento ideal para essa mudança seria então no período eleitoral, mas o que se verifica é a total apatia por parte do eleitor no sentido de procurar rechaçar verdadeiros cantos de sereia que aparecem nesse período.

Candidatos abusando do escracho, outros se utilizando da figura de pessoas conhecidas para angariar popularidade, ditam o que pode vir a ser a futura composição do legislativo. O resultado é que, em breve, teremos uma Câmara Municipal reveladora da personalidade do eleitor, que não tardará a questioná-la em termos de representatividade. Quanto aos partidos, o que temos hoje é o culto a personalidade, reavivando a figura do antigo coronel que indicava a quem deveria ser dado o voto. Até entre os ditos ideológicos essa prática se afirma muitas vezes como tábua de salvação de candidaturas, mesmo que isso deixe em segundo plano o convencimento do cidadão. Não era para aceitarmos mais isso. Infelizmente, esta parcela de culpa é uma realidade a que o cidadão não pode fugir.

Inácio questiona pesquisa

57 7

O candidato do PCdoB à Prefeitura de Fortaleza, Inácio Arruda, afirmou que sua campanha entraria nesse sábado (8) com uma representação na Justiça Eleitoral contra a divulgação da próxima pesquisa O POVO/Datafolha para a sucessão municipal. Em coletiva de imprensa na manhã de ontem, Inácio disse que a pesquisa prejudica sua candidatura, uma vez que seu nome não está incluído na simulação de segundo turno.

“O Datafolha resolveu fazer a pesquisa de simulação para o segundo turno e decidiu que ficaríamos fora”, criticou o candidato. A pesquisa a qual Inácio se refere está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 00039/2012.

Entre as etapas do questionário em anexo, disponível no site do TSE, está uma simulação de segundo turno, na qual constam possíveis cenários com os nomes de Elmano de Freitas (PT), Heitor Ferrer (PDT), Moroni Torgan (DEM) e Roberto Cláudio (PSB).

Na opinião de Inácio, a pesquisa contém “grave equívoco”, pois, ainda que ele aparecesse nas primeiras colocações no cenário de primeiro turno, continuaria fora da simulação do segundo turno.

O diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, informou que o nome de Inácio não aparece na simulação porque o candidato não esteve entre os primeiros colocados na última pesquisa Datafolha, realizada em agosto. “Nosso critério é sempre considerar a rodada anterior”, diz Mauro, e acrescenta que seria inviável tecnicamente contemplar todos os candidatos na simulação.

(O POVO)

TSE – Ficha Limpa numa sinuca de bico?

88 3

Com o título “O TSE ameaça a ficha limpa”, eis um dos destaques da Revista IstoÉ:

Considerada o caminho mais curto para livrar a política brasileira dos maus gestores e de gente acostumada a se apropriar de dinheiro público, a lei da ficha limpa começou a valer este ano, mas, na semana passada, uma resolução sem muito alarde do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) colocou sua aplicação sob ameaça. O TSE decidiu que o fato de um administrador ter as contas de sua gestão rejeitadas não é motivo para impedi-lo de ser candidato. Os ministros entenderam que a inelegibilidade somente pode ser declarada se houver provas suficientes de que o político teve culpa pelos desvios ou falhas no uso de recursos públicos. A decisão que atingiu a alma de uma das mais populares leis brasileiras foi tomada durante a análise da ação que impugnou a candidatura do vereador de Foz do Iguaçu, Valdir de Souza Maninho, por ordenamento irregular de despesas quando ele era secretário de Esportes do município. O TSE liberou o candidato alegando que o Tribunal de Contas não comprovou sua culpa. O mais paradoxal é que a jurisprudência criada prejudica a execução da ficha limpa no exato momento em que o próprio TSE investe mais de um milhão de reais em campanhas no rádio e na televisão em defesa da lei.

A interpretação abre uma brecha que pode beneficiar cerca de dez mil candidatos barrados com base no artigo da lei que exige a aprovação de contas durante gestões anteriores. “Foi aberto um flanco destrutivo na lei e isso partiu de quem menos se esperava: do próprio tribunal. A decisão dos ministros terá um efeito danoso porque a rejeição de contas é o principal item da norma, é o coração dela”, reclama o juiz eleitoral Marlon Reis, um dos maiores articuladores da lei da ficha limpa. No Rio Grande do Norte, por exemplo, nada menos do que 95% dos candidatos barrados podem se livrar dos processos. “Os ministros dilaceraram o papel e a importância das decisões dos órgãos de controle”, comenta o procurador do Rio Grande do Norte, Carlos Thompson. Em outros Estados, como Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo, as falhas na aplicação de recursos públicos são responsáveis por mais da metade dos pedidos de indeferimentos de candidaturas.

Governo deve aceitar inflação maior para manter juros baixos

“A redução de juros como forma de manter a economiaaquecida encontrou uma barreira. O comportamento da inflação, que voltou a subir em agosto, ainda não chegou a representar uma ameaça. No entanto, segundo especialistas, o governo deverá se ver diante do risco de aceitar preços mais altos para evitar que a atividade econômica desacelere.

Mesmo com as pressões inflacionárias, os economistas  defendem a manutenção da política monetária, que reduziu a Selic, taxa básica de juros, para o menor nível da história. Eles acreditam que a recuperação econômica resultante das medidas de estímulo compensará a alta da inflação. Isso porque o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deverá fechar o ano abaixo de 2011, quando atingiu 6,5% e bateu no teto da meta fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Em agosto, o IPCA subiu e atingiu 0,41%, acima do 0,37% registrado no mesmo mês de 2011. Nos últimos 12 meses, o índice está em 5,24%, pouco acima dos 5,2% observados nos 12 meses anteriores. O valor está acima das estimativas do mercado. Segundo o último boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgadas pelo Banco Central, o IPCA deverá fechar 2012 em 5,2%.”

(JB Online)

Inadimplência representa entrave para reativação da economia, avaliam especialistas

56 1

Além do risco de pressionar a inflação, a política monetária precisa superar outra barreira para reativar a economia. A manutenção da inadimplência no maior nível da história, segundo especialistas, tem impedido que o maior ciclo de redução dos juros básicos da história surta efeito. No fim do mês passado, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu a taxa Selic para 7,5% ao ano. No entanto, a inadimplência também tem batido recorde. De acordo com o Banco Central, as operações de crédito com mais de 90 dias de atraso atingiram 5,9% em julho, o maior nível da série histórica iniciada em 2002. Se forem consideradas apenas as pessoas físicas, o calote aumenta para 7,9%.

Na avaliação dos especialistas, a população está aproveitando a queda dos juros para quitar os financiamentos em atraso. Somente então, explicam, os consumidores poderão aproveitar o crédito mais barato para fazerem novas dívidas. “O governo desobstruiu os caminhos [para o crédito e o consumo], mas poucas famílias estão indo porque estão com o orçamento estrangulado”, diz o ex-diretor do Banco Central Carlos Eduardo de Freitas. Segundo Freitas, as famílias brasileiras comprometem, em média, 43% da renda anual com empréstimos e financiamentos, nível considerado baixo em relação a países desenvolvidos, em que a proporção chega a superar 100%. O que pesa no orçamento doméstico, ressalta, são as taxas e os encargos dessas operações, que representam cerca de 22% da renda e estão em níveis altos, mesmo com os cortes de juros pelas instituições financeiras nos últimos meses.

O vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel de Oliveira, acredita que a inadimplência vá cair e destaca que ainda há espaço para o crédito crescer. “Grande parte da população continua fora do mercado de crédito. Enquanto estivermos garantindo emprego e renda, a inadimplência tende a reduzir”, comenta. Ele, no entanto, alerta que isso só ocorrerá se a crise econômica no exterior não se agravar.

(Agência Brasil)

Comando da PM/CE recebe pauta da associação dos policiais militares

418 6

De Gustavo Simplício, presidente em exercício da Associação dos Profissionais de Segurança Pública do Estado do Ceará (APROSPEC), recebemos:

Caro Eliomar de Lima,

No feriado do 7 de setembro, a APROSPEC, através dos diretores Marcos Sousa e o Rômulo Araujo, foi ao Quartel do Comando Geral da PM do Ceará para tratra de assuntos administrativos e administrativo-operacional com o diretor da Secretaria Executiva, Coronel Walberto.

Os pontos que tratamos foi:
01. sobre a Lei da Compensatória, se Cmt-Geral da pm já deu o encaminhamento acordado.
02.também foi perguntado se o Cmt-geral já marcou a reunião com o secretario da SEPLAG para que a Mesa Paritária pudesse fazer os encaminhamentos necessários, ou seja, encaminhar ao Governo.
03.informamos ao Cel que a Cia provisoria de Morada Nova de estava com uma escala de 48h/48h e que antes da LOB a escala era 12h/24h e 12h/48h
04.foi informado ao Cel que os PPMM do administrativo estão trabalhando no IRSO de maneira impositiva (inclusive o pessoal do QCG) não respeitando o critério da Lei do IRSO (o máximo de vezes a ser escalado por semana, o intervalo mínimo para o repouso).
05.também foi exposto ao Cel que o pm que trabalha no administrativo só é para trabalhar 30h, conforme com a Lei 9.826, de 14/05/74, e da 10.647, 13/05/82.
06.foi colocado ao Cel que o pm que trabalha 40h tem direito, por analogia, a receber a gratificação (DNS, DAS) conforme a Lei 11.714, 25/07/90, a Lei 11.346, 03/ set/87 e o Dec 28/set/2005.
07.fizemos questionamentos sobre a não coincidência entre as áreas do Ronda e o POG que vai ser implanta com a previsão da nova LOB, pois vai ter área em que a VTR vai está em um local que  a frequência, ou GD, vai ser uma e da VTR vai ser outra.
08.outro ponto foi o GD do GOI que dá exclusividade ao RAIO e ao CHOQUE nas ocorrências de porte de arma ou assalto e a VTR da área só sabe do S13 quando é para dá apoio. Não se tem o mín de
08. Por fim, colocamos a situação da solicitação do SAMU que não aceita ser chamado pela frequência da VTR, só aceita se for por telefone.
Todos esses pontos o Coronel Walberto fez anotações e disse que na próxima semana iria dá as respostas.

Prefeita vai reinaugurar campo de futebol no bairro Presidente Kennedy

190 2

Essa informação é assessoria de imprensa da Prefeitura de Fortaleza:

Localizado no bairro Presidente Kennedy, o Campo do Ceará Mirim é um espaço de diversão e treino de jovens esportistas da área da Regional III. Reformado por demanda da população, através do Orçamento Participativo, o ambiente esportivo será devolvido à comunidade pela prefeita Luizianne Lins nesta segunda-feira,, a partir das 18h30min.

Com investimento no valor de R$ 671.643,26, a obra beneficia diretamente os moradores dos bairros Presidente Kennedy e Padre Andrade que juntos somam mais de 40 mil habitantes. Na reforma foram construídos vestiários, banheiros, sendo um adaptado para pessoas com deficiência, além de todos os acessos ao campo dentro dos padrões de acessibilidade.

Na parte externa do campo, todo o passeio foi recuperado com destaque para instalação de bancos que dão um aspecto de praça ao local, além da substituição dos alambrados. O terreno recebeu terraplanagem e uma nova grama. “O capim que plantamos dessa vez é mais resistente ao nosso clima”, explica Israel Martins, coordenador técnico da engenharia civil da SER III.

CEARÁ MIRIM

O campo do Ceará Mirim foi fundado em 21 de abril de 1987, por Ivanildo Santos, mais conhecido por Ibiapaba. O campo possui dimensões oficiais e comporta uma liga esportiva formada por 29 times que movimentam mais de 800 atletas de várias faixas etárias. Juntamente, com os campos do Novo Ideal (Rodolfo Teófilo), Tocantins (Henrique Jorge) e o Estádio Antony Costa (Antônio Bezerra), o Ceará forma cadeia esportiva da Secretaria Executiva Regional III.

 

SERVIÇO

* Rua Virgílio Brígido com Rua São Sebastião, Presidente Kennedy.

Mensagem do Executivo pode reduzir área do Condomínio Espiritual Uirapuru

Uma mensagem do Poder Executivo, assinada pela prefeita Luizianne Lins (PT), sugere a redução da área do Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), no bairro Boa Vista.

Segundo a mensagem, a Lei Complementar 062, de fevereiro de 2009, não atentou que parte da área pertenceria a Congregação das Doreteias, a Carmelo Santa Terezinha e a Fazenda da Esperança.

A mensagem aguarda relator na Câmara Municipal de Fortaleza.

O Condomínio Espiritual Uirapuru surgiu no ano de 2000, por meio de doação de terrenos. Em 2007, o Condomínio foi reconhecido como Área Institucional através da Lei Complementar 0041 de 29/10/07 elaborada pela Prefeitura de Fortaleza e aprovada pela Câmara Municipal.

O Condomínio trabalha a recuperação de dependência química; acolhimento a crianças e jovens em situação de risco; adultos e crianças portadoras do vírus HIV; realização de eventos, atividades educacionais e culturais; aconselhamentos e encontros de espiritualidade.

PSDB acusa Dilma de uso da máquina para atacar adversários

O presidente nacional do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), acusou, neste sábado, a presidente Dilma Rousseff de utilizar a máquina pública para atacar os adversários. Para ele, a fala de Dilma feita na véspera do feriado do Dia da Independência, ocorrido ontem (7), “ganhou contornos inusitados”. A reação está no Portal Uol.

“Se não bastassem as dificuldades de o PT conviver com o contraditório, seus principais representantes no governo federal agora se valem da máquina pública para atacar adversários, tentar reduzir o desgaste sofrido pelo avanço das condenações no julgamento do mensalão”, afirma em nota o tucano.

Na última quinta-feira (6), Dilma aproveitou o pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV para anunciar medidas econômicas, exaltar decisões do governo e criticar a gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002).