Blog do Eliomar

Últimos posts

Interiorização do desenvolvimento tem que rimar com investimentos

Com o título “Interiorização do desenvolvimento”, eis artigo do vice-presidente estadual do PT, Joaquim Cartaxo. Ele defende investimentos em cidades-polos como forma de promover o crescimento regional. Confira:

Interiorização é tema recorrente na agenda da política de desenvolvimento do Ceará. Por outro lado, o desejo de diminuir desigualdades sociais e desequilíbrios regionais esbarra no crescimento econômico desigual combinado com intensa urbanização do estado, que o Censo de 2010 aponta ser 75%, e grave assimetria na distribuição da população entre Fortaleza e os municípios do interior.

Dos 184 municípios cearenses, 151 possuem menos de 50 mil habitantes e somam 3.069.010 pessoas, isto é, 36% da população cearense. Fora Fortaleza que possui 29% dessa população, apenas sete municípios têm mais de 100 mil habitantes que juntos concentram 1.323.724 pessoas, correspondendo a 16% da população do Estado: Caucaia, Maranguape e Maracanaú na região metropolitana de Fortaleza; Juazeiro do Norte e Crato na região metropolitana do Cariri; Sobral e Itapipoca na região norte.

Quanto à dimensão econômica do desequilíbrio regional, pode-se avaliá-la por meio da participação dos municípios citados no PIB do Estado: Fortaleza detém 47%; Juazeiro do Norte, Crato, Caucaia, Maranguape, Maracanaú, Itapipoca e Sobral 18% e os 151 com menos de 50 mil habitantes 21%, conforme o Anuário Estatístico do Ceará – 2010.

O enfrentamento desses desequilíbrios exige políticas de estímulo ao crescimento econômico ancoradas na sustentabilidade das atividades produtivas com respeito aos recursos ambientais e na coexistência de múltiplos polos de crescimento. A região metropolitana do Cariri, por exemplo, foi criada visando institucionalizar um polo de cidades com condições de compartilhar com a de Fortaleza a atração de pessoas e atividades.

Interiorizar o desenvolvimento requer fortalecimento de aptidões das cidades e de suas regiões de influência, priorizando investimentos em cidades-polo com capacidade de absorver crescimento urbano, organizar regiões e viabilizar o desenvolvimento socioeconômico do Ceará.

* Joaquim Cartaxo

email@opovo.com.br
Joaquim Cartaxo é arquiteto urbanista e vice-presidente do PT/CE

Presidente da Fecomércio conhece o Projeto Integra Brasil

142 1

fotogastao
Luiiz Gastão (E), ao lado de demais dirigentes de federações.

Todos os presidentes de federações do comércio do Nordeste estão reunidos, nesta segunda-feira, no Hotel Transamérica, no Recife (PE). Eles discutem, segundo o presidente da Fecomércio do Ceará, Luiz Gastão, entre várias ações, o Programa Integra Brasil, que prevê iniciativas para o fortalecimento do comércio nordestino. Com ele, o economista e consultor Cláudio Ferreira Lima.

Nesse encontro, o Integra Brasil, desenvolvido no CIC/FIEC, entidade com tradição na mobilização do empresariado em torno das estratégias de desenvolvimento regional, em meados de 2012, é apresentado e deverá culminar com um grande fórum, em agosto próximo.

“É um movimento que parte do setor produtivo e vem mobilizando instituições públicas e privadas para unir forças na construção de estratégias econômicas e de negociações políticas que possam mudar a realidade da região nordestina”, explica Luiz Gastão.

(Foto – Divulgação)

Região do Cariri registra boas chuvas

Choveu em 44 municípios nas últimas horas no Ceará, segundo a Funceme. As maiores chuvas se concentraram na Região do Cariri. Choveu forte em Mauriti, que registrou 82 milímetros. Ainda choveu bem em Missão Velha, 66 mm; Porteiras, 60 mm; Brejo santo, 50 mm; e Abaiara, 43 milímetros.

Até as 10 horas, de acordo com a Funceme, choveu em Fortaleza 2.8 milímetros.

Reforma Política – Relator vem ao Ceará para debater o tema

REFORMA/TRIBUTÁRIA

O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) estará em Fortaleza no próximo sábado. Atendendo a um convite do deputado federal petista Artur Bruno, ele participar de um  debate sobre o tema “Reforma Política”. O debate ocorrerá a partir das 9 horas, no Teatro Nila Soares (Faculdade 7 de Setembro).

Nesta semana, o projeto relatado por Henrique Fontana deverá ser discutido na Câmara. A matéria traz, entre estaques,  o financiamento público de campanha – que vem gerando muita polêmica, a unificação do calendário eleitoral, a simplificação dos mecanismos de participação popular e o fim das coligações proporcionais.

Copom marca reunião e deve manter taxa básica em 7,25% ao ano

“Analistas do mercado financeiro não esperam elevação da taxa básica de juros, a Selic, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), marcada para os dias 16 e 17, quando será anunciada a decisão do colegiado. Atualmente a taxa básica está em 7,25% ao ano. Apesar da expectativa de manutenção da Selic na reunião deste mês, o mercado financeiro, consultado todas as semanas pelo BC, acredita que a taxa encerrará 2013 em 8,5% ao ano. Essa é a mesma projeção para o final de 2014.

Com a alta dos preços, os analistas acreditam que o Banco Central terá que elevar a Selic, usada para influenciar a atividade econômica, e por consequência, calibrar a inflação. As projeções para a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), estão acima do centro da meta (4,5%). Essa meta tem ainda margem de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.”

(Agência Brasil)

Eduardo Campos terá encontro com Força Sindical

EDUARDO-CAMPOS-PREFEITOS-10

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, também presidente nacional do PSB, anuncia, em sua agenda oficial, para esta segunda-feira, nova visita ao Estado de São Paulo, onde já esteve nesta semana que passou, agora para participar de uma reunião com a Força Sindical, na sede da entidade, em São Paulo, no começo da tarde. Os dois já haviam se encontrado no começo de março, aqui no Recife.

No evento, o deputado federal Paulo Pereira dos Santos (PDT), conhecido como Paulinho da Força Sindical, defendeu a candidatura do socialista à Presidência em 2014. Os dois tiveram um encontro no Recife e celebraram uma aliança com o governador Eduardo Campos (PSB) para impedir a aprovação da Medida Provisória 595, conhecida como MP dos Portos, no formato apresentado pelo governo, que prejudicaria Suape, na visão do governo.”

(JC Online)

Sefin inicia reunião com entidades para esclarecer sobre ISS

A Secretaria de Finanças de Fortaleza inicia, nesta segunda-feira, uma série de encontros com líderes de segmentos empresariais e autônomos para esclarecer as funções do Fisco e tratar da importância do pagamento dos impostos para o desenvolvimento sustentado da Capital.

Às 15 horas, o secretário Jurandir Gurgel receberá em seu gabinete a cúpula do Sindicato das Agências de Publicidade, e, às 17 horas, os representantes do Secovi, o sindicato do setor de imóveis. Nesta terça-feira, às 16 horas, o encontro será com empresários que mantém estacionamentos na cidade, e na quinta-feira, com proprietários de autoescolas, às 15 horas.

A Sefin já esteve reunida com empresários do Sinduscon, lojistas e gráficos, além dos profissionais da Contabilidades ligados ao Conselho Regional.

Cid Gomes cumprirá agenda no BNDES

CCBB

O governador Cid Gomes (PSB) vai cumprir agenda de trabalho, nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro. Ele terá reuniões com a cúpula do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Segundo assessores do Palácio da Abolição, acerta liberação de recursos para obras de infraestrutura. Com o governador, deve seguir o secretário estadual da Infraestrutura, Adahil Fontenele.

Campus Avançado da UFC na Região da Ibiapaba é tema de encontro em Fortaleza

170 1

Uma reunião sobre a implantação do Campus da Universidade Federal do Ceará na Regão da Ibiapaba está sendo o tema de encontro, nesta manhã de segunda-feira, no Hotel Amuarama.

Participam o deputado federal José Nobre Guimarães, o deputado estadual Lula Morais e os prefeitos de Tianguá e Viçosa do Ceará, além de várias lideranças dessa banda do Estado.

O encontro é uma promoção do Conselho de Desenvolvimento Regional da Ibiapaba (Conderi)

Morre Margaret Thatcher

156 1

tatcher

Margaret Thatcher, a primeira mulher a se tornar primeira-ministra britânica, cargo no qual ficou por três mandatos consecutivos, entre 1979 e 1990, morreu, nesta segunda-feira, ao 87 anos. Ela foi uma das figuras dominantes na política inglesa no século XX e o seu “thatcherismo” ainda influencia políticos até hoje.

O porta-voz da família de Thatcher informou ela morreu em consequência de um acidente vascular cerebral. “É com grande tristeza que Mark e Carol Thatcher anunciam que sua mãe, a baronesa Thatcher, morreu em paz depois de um derrame, esta manhã,” disse Tim Bell. Após sua morte, o atual premiê britânico, David Cameron, disse que o Reino Unido perdeu uma grande líder.

(Com Agências)

PMDB é acusado de segurar nomeação para faturar diretoria na Anvisa

euniciooloi

Da Coluna Painel, da Folha de São Paulo, desta segunda-feira:

Toma lá… Senadores acusam Renan Calheiros (PMDB-AL), Eunício Oliveira (PMDB-CE) e Gim Argello (PTB-DF) de segurar uma indicação para diretoria de vigilância sanitária na Anvisa, vaga do atual governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, há 40 dias.

… dá cá A análise do nome de Ivo Bucaresky para o cargo está parada na Comissão de Assuntos Sociais desde o dia 27 de fevereiro, mas o trio, segundo parlamentares, congelou a nomeação para negociar uma outra diretoria na agência para o PMDB.

Balhamann usará tempo de liderança na Câmara para defender Cid Gomes

181 1

balhmann

O deputado federal Antônio Balhmann (PSB) fará pronunciamento no fim da tarde desta segunda-feira, no plenário da Câmara, para  defender o governador Cid Gomes (PSB) da suposta denúncia de arapongagem envolvendo o Governo do Estado, secretários e o seu irmão, Ciro Gomes, contra o ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR).

Antônio Balhamann usará o tempo da liderança do PSB na Casa para “desmentir” as acusações feitas na semana passada, também na Câmara, pelo deputado federal Eudes Xavier (PT).

Coordenador da bancada cearense, Balhmann vai desqualificar as denúncias do petista. Ele considera tais denúncias “levianas e caluniosas”

Caso Carandiru – Tudo pronto para o julgamento

“Começa hoje (8) o julgamento dos acusados pela morte de 111 detentos na Casa de Detenção do Carandiru. O júri popular está marcado para as 9 horas, no Fórum da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo. O juiz designado para o caso é José Augusto Nardy Marzagão, da Vara do Júri de Santana. Devido ao grande número de réus envolvidos, o julgamento será feito em etapas. A previsão é que a primeira dure entre uma e duas semanas. Na primeira fase, 26 réus serão julgados (seriam 28 policiais, mas dois deles já morreram), aos quais são imputadas 15 acusações de homicídio qualificado. Serão julgados, no total, 79 policiais militares.

O maior massacre do sistema penitenciário brasileiro ocorreu no dia 2 de outubro de 1992, quando 111 detentos foram mortos e 87 ficaram feridos durante a invasão policial para reprimir uma rebelião no Pavilhão 9 do Presídio do Carandiru (como ficou conhecida a Casa de Detenção), na capital paulista, já desativado. Três prédios do complexo foram demolidos para construção de um parque. Os outros vão abrigar centros educacionais.

Os réus que estarão sendo julgados são os policiais militares que entraram no segundo pavimento do presídio, onde foram mortos 15 detentos. O julgamento dos demais réus ainda não foi marcado, mas prevê-se que ainda haverá mais cinco ou seis blocos de julgamento. A expectativa é que novos julgamentos sejam marcados a cada três meses.”

(Agência Brasil)

Prefeito RC repudia denúncia de arapongagem

232 11

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=0XPF6gHVa94[/youtube]

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, lamentou, nesta madrugada de segunda-feira, o caso da suposta espionagem denunciada pelo deputado federal Eudes Xavier (PT). Eudes, da tribuna da Câmara, denunciou que o Governo do Estado, secretários e o ex-ministro Ciro Gomes teriam contratado a empesa americana Koll para espionar o ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR), hoje desafeto do governador Cid Gomes (PSB).

Roberto Cláudio classificou o petista Eudes Xavier de “irresponsável” e disse não saber se ele também teria sido alvo dessa ação de espionagem.

Essas declarações foram dadas pelo prefeitode Roberto Cláudio antes do seu embarque para Brasília, onde terá audiência agora pela manhã no Banco de Desenvolvimento para a América Latina (CAF) e à tarde com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Na agenda, recursos para projetos de urbanização na Praia do Futuro, Beira Mar e também ampliação do Projeto Vila do Mar por meio do Programa Minha Casa Minha Vida.

Na quarta-feira, o prefeito RC terá audiência no Ministério da Integração Nacional, onde solicitará recursos para reforma dos mercados públicos.

Bolívia reajusta salários do funcionalismo para tentar evitar greves

“O governo boliviano aumentou em 8% o salário base e em 20% o mínimo nacional. Os recursos virão de investimentos em infraestrutura. Nos últimos dias, trabalhadores das áreas de educação e saúde ameaçavam deflagrar greve. O reajuste foi negociado pelas autoridades com a Central Operária Boliviana (COB).

O ministro da Economia e Finanças Públicas, Luis Arce, disse ontem (7) que o governo reformulou a aplicação de US$ 160 milhões de investimentos em infraestrutura para aumentar os salários dos trabalhadores. Segundo ele, paralelamente será feito um esforço para impedir a paralisação de alguns projetos do setor que estão em curso.

As negociações ocorreram em três etapas. Para Arce, o acordo é “saudável”. De acordo com o ministro, a decisão de remanejar os recursos destinados à infraestrutura foi tomada para evitar a necessidade de aumentar a carga tributária.”

(Agência Brasil com ABI)

Prefeitura busca em Brasília mais recursos para urbanizações

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=MgHUf-mu2iI[/youtube]

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, viajou nesta madrugada de segunda-feira para Brasília. Na agenda uma série de audiências, como informa o secretário municipal do Turismo, Salmito Filho, que acompanhá RC nesses contatos. Segundo

Salmito, a ordem é fechar recursos para novas ações na área de projetos como a urbanização da Praia do Futuro e Beira Mar.

Comissão discute desoneração de planos de saúde

A possibilidade de o governo desonerar planos de saúde e a qualidade dos serviços prestados pelo segmento serão discutidas em reunião da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara, na quarta-feira (10). Conforme matérias que vêm sendo publicadas pela imprensa, técnicos do governo estudam formas de reduzir os custos das operadoras em troca de um reajuste menor para os planos, previsto para ocorrer no próximo mês.

Em audiência pública realizada na Câmara, a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) questionou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, sobre a possível desoneração. “Nós não podemos admitir que o Poder Público retire recursos de programas básicos de vacina, de medicamentos da população, para incentivar planos privados, que cobram da população para fazer atendimento”, afirmou a parlamentar, autora de um dos requerimentos para o debate com o ministro.

O ministro da Saúde negou essa possibilidade, mas defendeu que se discuta a sustentabilidade do setor de planos de saúde, em expansão no Brasil devido ao aumento da formalização dos trabalhadores e da renda. “A cidade de São Paulo tem uma região quase quatro milhões de habitantes sem um hospital privado, sendo que 50% dessa população tem planos de saúde”, afirmou o ministro, citando matéria veiculada na imprensa.

O ministro defendeu que a necessidade de pensar em formas de financiar, o que não significa “pegar dinheiro do SUS”. “São linhas de financiamento que podem ser feitas, pensar quais são os juros, como estimular isso, para que você expanda também a rede de hospitais privados ou filantrópicos que possam servir tanto ao SUS quanto à saúde suplementar”.

(Agência Câmara de Notícias)

Senadores tentam chegar a acordo para votar regras do FPE na terça-feira

Com a pauta do Plenário destrancada, a votação dos novos critérios de partilha do Fundo de Participação dos Estados (FPE) pode ocorrer nesta terça-feira (9), caso os senadores e as lideranças partidárias cheguem a acordo. Confirmado o tema na pauta, a discussão que antecede a votação deverá ser extensa, pois não existe consenso em relação ao modelo sugerido. A discussão tem como referência o relatório do senador Walter Pinheiro (PT-BA) para oito projetos de lei sobre o assunto.

Pinheiro buscou obter acordo em torno do seu substitutivo, que voltou a sofrer modificações. Como parte da análise dessa matéria, os senadores rejeitaram o Requerimento 20/2013, de autoria do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), que solicitava o desapensamento do PLS 744/2011 dos demais projetos que tratam do FPE. O montante atual do fundo dos estados é de cerca de R$ 70 bilhões.

Walter Pinheiro fez um apelo aos demais parlamentares para que seu substitutivo seja aprovado. Segundo ele, o fundamento de sua proposta é dar segurança jurídica aos estados e ao governo federal, mantendo como piso, até o fim de 2015, os percentuais de participação recebidos hoje. Há algumas semanas Pinheiro vem negociando a aprovação da matéria. Esse diálogo deve prosseguir até a votação.

Ele lembrou que as regras que propõe, com um período de transição em 2016 e 2017, garantiriam cinco anos aos parlamentares para o debate de um modelo integralmente novo, a ser aplicado a partir de 2018.

(Agência Senado)

Líderes globais tentam conter escalada de tensões com a Coreia do Norte

Líderes e diplomatas internacionais tentam amenizar a escalada de tensões envolvendo a Coreia do Norte, os Estados Unidos e a Coreia do Sul, para evitar desdobramentos mais sérios à retórica belicista de Pyongyang. Desde as sanções adotadas em março pela Organização das Nações Unidas (ONU), em retaliação a um terceiro teste nuclear feito pelo país, a Coreia do Norte ameaçou os Estados Unidos com ataques nucleares.

Ao mesmo tempo, o governo norte-coreano declarou formalmente guerra ao vizinho do Sul e ameaçou reabrir um reator nuclear, desafiando as restrições das Nações Unidas. Também orientou embaixadas a retirar seu pessoal de Pyongyang. Hoje (7), o presidente da China, Xi Jinping, único aliado e principal parceiro comercial da Coreia do Norte, declarou que nenhum país pode “lançar a região ao caos por razões egoístas”.

Sem mencionar a Coreia do Norte, Jinping citou “desafios à estabilidade da Ásia” e disse que tais “razões egoístas” não serão toleradas.

Ainda na frente diplomática, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, deve visitar China e a Coreia do Sul esta semana, para discutir as ameaças de Pyongyang. Na Europa, o chanceler britânico, William Hague, pediu “calma” para lidar com a crise.

Apesar da “retórica paranóica” norte-coreana, é importante manter-se “firme e unido” e advertir o regime de Kim Jong-un quanto aos riscos de um eventual “erro de cálculo”, disse o chanceler.

A Suíça, por sua vez, se ofereceu para mediar o diálogo com os norte-coreanos, mas ressaltou que não há conversas formais agendadas. Apesar das iniciativas diplomáticas e da crença de que a possibilidade real de conflito seja pequena, a região segue volátil.

(Agência Brasil)