Blog do Eliomar

Últimos posts

BB de Juazeiro do Norte é assaltado

“Dois homens armados assaltaram uma agência móvel do Banco do Brasil, no município de Juazeiro do Norte. Durante a ação, que ocorreu por volta do meio-dia desta segunda-feira, 6, a dupla levou uma quantia calculada entre R$ 25 mil e R$ 30 mil, de acordo com informações preliminares da Justiça.

O trailer, tipo Topic, fica estacionado em frente a uma agência da instituição financeira, localizada na avenida Ailton Gomes, no bairro Pirajá. Segundo a Polícia, no local são recebidos pagamentos de valores menores. ”

(POVO Online)

Militante do PSOL protesta contra artigo de jornalista

66 3

Do padre Haroldo Coelho, militante do PSOL, este Blog recebeu nota em repúdio ao artigo do jornalista Luiz Henrique Campos aqui publicado e que saiu na coluna Menu Político, do Caderno People de domingo, do O POVO.

Caro Eliomar de Lima,

Venho expressar a minha total solidariedade à NOTA que o meu companheiro de partido e de luta Renato Roseno-Psol, candidato a prefeito de Fortaleza, publicou como resposta à Coluna Menu Político, do Jornal O POVO de domingo dia 05,  aqui também publicada.

Foi infeliz artigo do não menos infeliz jornalista, que demonstra total falta de conhecimento dos motivos que levaram muitos companheiros e companheiras a deixar o PT.

Para este senhor, os que abandonaram o então PT são traidores ou possíveis traidores…

Padre Haroldo Coelho

Sociólogo.

Analistas reduzem projeção de crescimento econômico do País

“Analistas de instituições financeiras voltaram a reduzir a projeção para o crescimento da economia este ano. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, caiu de 1,9% para 1,85%. Para 2013, a projeção também caiu de 4,05% para 4%. Em queda há dez semanas, a projeção de retração da produção industrial passou de 0,44% para 0,69%. Para 2013, a expectativa é que haja recuperação, com crescimento de 4,4%, ante a estimativa de 4,3%.

Além de esperar uma atividade econômica em ritmo menor este ano, o mercado financeiro projeta mais inflação. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 2012, subiu pela quarta semana seguida, ao passar de 4,98% para 5%. Para o próximo ano, a projeção para  o IPCA permanece em 5,5%, há seis semanas consecutivas. As estimativas estão acima do centro da meta de 4,5%, mas abaixo do limite superior de 6,5%. Cabe ao BC manter a inflação sob controle. Um dos instrumentos usados pelo Banco Central para controlar a inflação e o nível de atividade é a taxa básica de juros, a Selic.”

(Agência Brasil)

Semace entra em estado de greve

42 14

Servidores da Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Semace) aprovaram no início da tarde desta segunda-feira (6), em assembleia geral da categoria, o estado de greve.

A categoria reivindica reposição das perdas salariais, além de melhores condições de trabalho. Em caso de greve, os servidores avisam que será por tempo indeterminado.

O órgão é um dos mais importantes do Governo, diante da liberação de obras.

Elmano de Freitas expõe propostas na UFC

O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PT, Elmano de Freitas, participará nesta segunda-feira, a partir das 18 horas, do projeto “Diálogos com candidatos à Prefeitura”. A iniciativa é do Observatório de Políticas Públicas da Universidade Federal do Ceará.

O encontro ocorrerá no Auditório Castelo Branco, na reitoria da UFC. O projeto ouvirá todos os postulantes à Prefeitura para saber, principalmente, como se dará a relação deles com a academia.

(Foto – Divulgação)

Receita e Abrinq fecham parceria contra brinquedos nocivos à criança

“Com tanta criança desassistida, por que destruir os brinquedos em vez de doá-los? Exatamente para resguardar a integridade e os direitos da criança brasileira é que foi assinado protocolo de cooperação entre a Receita Federal e a Abrinq para a destruição de brinquedos sem certificação e sujeitos à pena de perdimento. “Além da criança, a medida visa também a resguardar a indústria nacional, assegurar a competição ética e a arrecadação dos impostos devidos ao erário”, explica Synésio Batista da Costa, presidente da Abrinq.

A Inspetoria da Receita Federal do Brasil de Ponta Porã (MS), IRF-PPA, baseará as apreensões analisando brinquedos sem a certificação prevista pela Portaria Inmetro/MDIC número 108, de 13 de junho de 2005, abandonados ou apreendidos por infração fiscal, sujeitos ã pena de perdimento em sua jurisdição.

Abrinq já possui licença ambiental e fornecedor para transportar e destruir os brinquedos sem certificação observando as leis e a remoção dos resíduos resultantes da operação.”

(Site da Receita Federal)

 

Casa dos Relojoeiros terá filial em João Pessoa

O Grupo Casa dos Relojoeiros vai inaugurar, ainda neste mês, sua 30º filial.

Segundo o controlador, João Araújo Sobrinho, dessa vez em João Pessoa (PB), dentro do plano do expansão de um grupo que se consolidou como um dos maiores do ramo no Nordeste.

João Araújo, sempre otimista, comemora outro dado: em julho último, sua rede deflagrou, mais uma vez, a campanha que dá desconto de 50% para estudantes na compra dos seus óculos. “Foi um sucesso!” – diz ele. A campanha chegou à sua 10 º edição.

(Foto – Paulo MOska)

Fortaleza ganhará mais três UPAs

O governador Cid Gomes (PSB) vai assinar ordem de serviço para mais três Unidades de Pronto Atendimento em Fortaleza. A informação é do secretário estadual da Saúde, Arruda Bastos.
O cronograma prevê a assinatura de UPA para o Grande Pirambu, com assinatura na quarta-feira; UPA para o Conjunto José Walter na quinta-feira; e UPA para o Conjunto José Walter na sexta-feira.
Nas pesquisas eleitorais, o tema Saúde é o que mais preocupa hoje o fortalezense.

Padre Rino receberá Prêmio Betinho 2011

O Comitê de Entidades de Combate à Fome e Pela Vida (Coep) vai entregar entrega o Prêmio Betinho 2011 ao padre Rino Bonvini, que preside o Movimento de Saúde Mental Comunitário do Bom Jardim (MSMCBJ). A entrega ocorrerá nesta quarta-feira, às 10h da manhã, na Palhoça do Movimento durante a Semana de Mobilização pela Vida organizado pelo comitê.

O prêmio ao padre Rino Bonvini é um reconhecimento público por serviços prestados à comunidade e não resulta em benefício financeiro. É concedido pelo COEP e Rede Mobilizadores. Na edição 2011, foram contempladas pessoas de cada região do país e 28 pessoas de diferentes municípios brasileiros. O Prêmio tem como objetivo valorizar as pessoas que praticam, no dia-a-dia, a luta contra a fome e a promoção da cidadania. A iniciativa é uma homenagem ao sociólogo Herbert de Souza, um dos fundadores do COEP.

Um Moroni Torgan paz e amor?

62 3

Com o título “Nasce um novo Moroni?”, eis artigo do jornalista Magela Lima, editor do Núcleo de Cultura e Entretenimento do O POVO. Para ele, o xerifão Moroni Torgan, líder atual das pesquisas para a Prefeitura de Fortaleza, mudou o discurso e o jeito de ser e pode surpreender. Confira:

Há dois meses, aqui mesmo no O POVO, a professora Adísia Sá questionava, com letras fortes, de onde vinha tanta influência de Moroni Torgan (DEM) na política de Fortaleza. “Moroni, de novo?”, inquiria a veterana jornalista, diante de mais uma indicação do democrata para concorrer a prefeito da Capital. Em resumo, ela quebrava a cabeça para entender como um sujeito que perde tanto – duas vezes para Luizianne Lins (PT) a Prefeitura e para Inácio Arruda (PCdoB) a vaga para o Senado em 2006 – passa três anos fora do País e, mesmo assim, retorna aclamado como favorito.

Pois bem: desde então, duas sondagens de voto já foram feitas na Capital e o democrata, pelos números, é, sim, até o momento, nosso mais provável futuro prefeito. De acordo com o Datafolha, tem 27% das intenções de voto. Já segundo o Ibope, corre solto à frente dos demais candidatos com 32%. A vantagem, porém, não chega a ser novidade. Nas últimas disputas, Moroni teve sempre uma grande expressão no estopim da campanha, mas viu sua candidatura ir perdendo vigor ao longo do embate. O novo, para mim, está na disposição de Moroni em enfrentar esse processo de desgaste.

Eu não sei vocês, mas eu tenho visto e me surpreendido com um novo Moroni perambulando por aí. Mais calmo, menos verborrágico. Xerifão, como sempre, mas mais inteligente. No debate da TV O POVO, por exemplo, corrigiu ninguém menos que Renato Roseno (PSol), de longe, nosso candidato mais bem preparado. Moroni agora fala em cuidar das pessoas e solta elogios em vez críticas. Tem reconhecido publicamente avanços promovidos pela gestão Luizianne Lins, num apuro até melhor que o próprio candidato da prefeita, Elmano de Freitas (PT).

Ao que parece, Moroni cansou de perder. Nitidamente, ele demonstra estar, mais que nunca, empenhado em sair vitorioso das urnas. Sabe que tem um nome forte e quer manter sua vantagem custe o que custar. Essa nova atitude do candidato muda os rumos da disputa. Quem estava esperando enfrentar o Moroni das últimas eleições pode ter que articular uma nova estratégia. Desta vez, pelo modo como tem se comportado até agora, o antigo valentão chega mais soft e, talvez, possa, assim, chegar mais longe.

*Magela Lima

magela@opovo.com.br

Editor executivo do Núcleo de Cultura e Entretenimento do O POVO

Mensalão ultrapassa “Avenida Brasil” no Google e o Twitter

61 2

“Droga!! Estamos perdendo pro Zé Dirceu, Nina!!!”

A Folha de São Paulo informa que, na internet, a população está atenta ao caso do mensalão no Supremo, e o assunto ganhou as redes sociais. Esta é a segunda vez que uma instituição do Poder Judiciário entra na lista de assuntos mais comentados entre os seguidores do Twitter.

A primeira foi no julgamento da limitação dos poderes do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) pelo mesmo STF, quando a palavra-chave #CNJ foi um dos termos mais repetidos no Twitter.

Alguns dados dão ideia dessa repercussão. Segundo a ferramenta Google Trends, o número de buscas no Google relacionadas ao mensalão ultrapassou às ligadas à novela “Avenida Brasil” no dia 29 de julho e, na última sexta, era quatro vezes maior. Mas nenhum desses dois assuntos superou a Olimpíada de Londres, que motivou cinco vezes mais buscas no Google do que o mensalão no primeiro dia do julgamento.

Os números no Twitter são impressionantes. Foram 61.325 mensagens sobre o mensalão, escritas por mais de 23 mil pessoas -só no primeiro dia do julgamento.

Chico Lopes faz panfletagem em Messejana

109 2

O candidato a vice-prefeito pelo PCdoB, Chico Lopes, fez caminhada nesta manhã de segunda-feira em Messejana. O ato coincide com um mês da campanha eleitoral. Lopes distribuiu panfletos com as propostas de Inácio e conversou com eleitores.

“O diálogo com o cidadão, acordando cedo, indo a todos os bairros de Fortaleza, olhando no olho da pessoa, discutindo o que precisa melhorar na cidade e apresentando nossas propostas, é o grande diferencial da nossa campanha”, disse Chico Lopes.

(Foto – Divulgação)

Roseno diz que repudia adjetivo de “traidor”

62 5

O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PSOL, Renato Roseno, mandou nota para o Blog em resposta ao que escreveu o jornalista Luiz Henrique Campos, em sua Coluna “Menu Político“, do O POVO de domingo, aqui reproduzida. Confira:

Caro Eliomar de lima,

Em primeiro lugar, repudio o título da coluna publicada neste domingo, 05. Utilizar o adjetivo “traidor” é, no mínimo, um desrespeito. Tais palavras servem à redução do debate político. A quem serve este título? Em 2004, apoiei Luizianne Lins porque era filiado ao PT e porque aquela candidatura era, à época, de enfrentamento às tendências hegemônicas do Partido dos Trabalhadores. Foi uma candidatura contra Lula e Dirceu. Saí do PT com vários outros militantes porque não concordávamos com a destruição dos direitos dos aposentados, a manutenção da política econômica de FHC e por uma cultura política fisiologista e patrimonialista. O mensalão foi a comprovação e gota d´água.

Ao longo desta semana, também o candidato da prefeita sugeriu-nos fazer uma autocrítica em relação à nossa participação na gestão Luizianne Lins. Todavia, é preciso restabelecer os termos do debate e corrigir os erros cronológicos publicados pela coluna. O PSOL foi fundado em 2005, portanto após a primeira eleição de Lula e de Luizianne, em 2004. Algumas pessoas que vieram a compor o PSOL saíram do PT e estavam na PMF e, no início de 2007, a saída de todos esses espaços foi consolidada.

Rompemos com Luizianne Lins exatamente quando o caminho escolhido por ela e demais já estava claro. Saímos porque não havia mais disputa interna de rumos ou projetos. Nossa saída já é comprovação de que não seguiríamos o mesmo caminho. Não há dúvidas sobre nossas escolhas. Lançá-las, além de parecer persecutório, prova desinformação ou má-fé. Nós saímos do poder num país em que a regra é que partidos busquem ser “contemplados” nos aparatos. Por fim, uma simples apuração jornalística resolveria o “pelo que se sabe” e comprovaria que não há militantes do PSOL ocupando cargos na prefeitura.

A cidade mostrará que a história não é feita de repetição. Uma nova cultura política já está sendo feita e abraçada em diversas cidades, como no Rio de Janeiro e em Fortaleza. Essa cultura significa: a horizontalidade; a construção programática e de nossa intervenção desde baixo; a negação das relações fisiologistas, das alianças interessadas mais em tempo de TV que em afinidade de projetos para a cidade; a adoção de nova forma de financiamento de campanha, feito a partir da doação de nossos apoiadores e não do dinheiro que sai das empresas e que retorna a elas através de favorecimentos em contratos e licitações; uma política que tem na preocupação social e ambiental um norte e que, por tudo isso, tem produzido outra estética e ética.

Sem mais,

Renato Roseno.

Servidores federais em greve dizem que governo do PT quer privatizar Estado

86 4

Esta nota oficial foi paga por várias entidades contra o governo federal, hoje sob comando do Partido dos Trabalhadores. Pode ser lida nos jornais locais como o POVO (Política, página 21).

Nela, denúncia de que o serviço público estaria sendo alvo de esvaziamento, a partir de uma “investida privatista”.

Ora, mas não era o PT que dizia que só o governo dos tucanos desestatizava?

Eliana Calmon dará palestra em Fortaleza

89 2
A ministra Eliana Calmon (STF), também corregedora-geral do Conselho Nacional de Justiça, confirmou presença em Fortaleza no próximo  dia 24. Ele vem dar palestra durante o Fórum de Ciência Penal que o Ministério Público Estadual vai promover em sua sede.
Eliana Calmon falará sobre o tema “O Papel do CNJ no combate à corrupção”.
Ainda não está confirmado se ela terá compromissos também com o Tribunal de Justiça do Estado que, inclusive, passou pro inspeções de conselheiros do CNJ, com foco em terceirizações e procedimentos administrativos.

Marcos Cals dá entrevista para TV O POVO

O candidato a prefeito de Fortaleza, Marcos Cals (PSDB), vai almoçar com membros do Rotary Clube no Marina Park Hotel, a partir do meio-dia. Vai apresentar seu programa de governo na área social e que tem como bases saúde, educação, emprego e qualidade de vida.

Às 20 horas, ele será o entrevistado do programa “Jogo Político”, apresentado pelo jornalista Fábio Campos, na TV O POVO.

SERVIÇO

TV O POVO – Canal 48

TV Assembleia – Canal 30

TV O POO (Net – Canal 23)

TV O POVO (Canal 11 – TV Show)

Novo Código Penal – Comissão se reúne nesta 3ª feira

“Autor do requerimento para que se formasse uma comissão de juristas a fim de elaborar um anteprojeto de reforma do Código Penal, o senador Pedro Taques (PDT-MT) acredita que os pontos polêmicos do texto apresentado ao Senado deverão ser analisados pelos seus colegas. A primeira reunião da comissão especial de senadores que irá analisar a proposta entregue pelos juristas em junho está marcada para amanhã (7). No encontro, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), deverá conduzir a votação para presidente e relator do projeto de lei no qual o anteprojeto foi convertido.

Para Taques, questões como a permissão do aborto até a 12ª semana de gestação, quando a mãe não tiver condições psicológicas de manter a gravidez, ou a eutanásia, que foram incluídas na proposta do juristas, devem ser conduzidas pela comissão especial em consonância com os anseios da população. “A ideia é que possamos debater os pontos sem preconceitos. Mas é claro que precisamos ouvir a sociedade”, avaliou.

Para o senador, os parlamentares devem encarar as polêmicas sem receios e se sentirem à vontade para debater todos os assuntos. “É claro que há temas mais polêmicos, mas debater é natural da democracia. Precisamos discutir sem radicalismos”, disse.

Depois que a comissão especial analisar e votar o projeto do novo Código Penal, ele seguirá para o plenário do Senado. Se for aprovada pela maioria dos senadores, a matéria seguirá para a Câmara e depois para sanção presidencial. Outros códigos, como o de Processo Civil e o de Processo Penal, já foram aprovados da mesma forma no Senado e atualmente estão em análise pelos deputados.”

(Agência Brasil)