Blog do Eliomar

Últimos posts

Câmara temática debate regulação de emergências em grandes eventos

Representantes do Ministério da Saúde, estados e municípios estiveram reunidos em Belo Horizonte, onde discutiram o planejamento das ações de saúde das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Entre os assuntos abordados, o destaque ficou para a regulação de emergências em grandes eventos.

De acordo com o coordenador da Câmara Temática e secretário-adjunto do Ministério da Saúde, Adriano Massuda, as reuniões entraram em um novo estágio. “A Câmara Temática vem em um processo de acúmulo de ações de saúde. Agora, o grande desafio é criar homogeneidade nas cidades-sede. Vamos começar a elaborar os planos de contingência e, pensando nisso, simular eventos preparatórios, como já fizemos no carnaval de Recife e no festival folclórico de Parintins”, explica.

Massuda lembra ainda que a preocupação de todos é fazer um trabalho conjunto com as cidades-sede. Para ele, a reunião tenta conciliar a pauta dos temas com as necessidades da Câmara.

O oitavo encontro também apresentou a sistematização da oferta atual de capacitação do nível federal. Este tema é demanda desde a primeira reunião e agora ganha destaque para apresentar as estratégias de capacitação dos profissionais de saúde para a Copa. A capacitação é importante para aprimorar a atuação das equipes de profissionais de saúde do SUS para atuar em grandes eventos como a Copa do Mundo.

“Esse é mais um tema importante que entra na pauta da Câmara Temática. O Ministério da Saúde vai apresentar ofertas de capacitação de acordo com as necessidades das cidades-sede, nas áreas de vigilância e assistência”, afirma Adriano Massuda.

(Agência Saúde)

Cobranças da Fifa e COI aos aeroportos incluem Fortaleza

59 1

Sobre a matéria de agência de notícias, “Aeroportos] Fifa e COI pressionam governo”  (Radar, página 20), na edição de sexta-feira passada, 13, do O POVO, o que pode ser decidido pelo menos nos próximos dois anos, em função da Copa do Mundo de 2014, inclui também Fortaleza. A capital cearense vai ser uma das sedes dos jogos, tema que foi manchete da capa na mesma edição do jornal: “Fifa define centros de treinamento no Ceará”.

O que os administradores da Infraero precisam se conscientizar é que, de maneira nenhuma, em Fortaleza, o Aeroporto Internacional Pinto Martins pode ser tratado como se fosse o velho campo do Cocorote, o qual funcionou até 1961. Um ano antes, uma novidade na capital cearense, pousou e decolou do Cocorote o Air Force One, o Boeing 707 da Casa Branca, numa escala preparatória para eventuais situações de emergência, na viagem posterior ao Brasil do então presidente norte-americano, Dwight D. Eisenhower.

À época, o Air Force One teve passagem isolada pela cidade, longe ainda da internacionalização que privilegiaria o Pinto Martins, quando, atualmente, registra voos diretos de e para outros países.

Apesar de a Fifa incluir em relação aos aeroportos, os do Rio de Janeiro, quanto ao que o Comitê Olímpico Internacional (COI) cobra para os Jogos Olímpicos Internacionais de 2016, diz respeito mais à capital fluminense, que sediará e concentrará o segundo evento esportivo. A infraestrutura aeroportuária da Região Metropolitana do Rio e a de São Paulo é imprescindível para o País inteiro, assim como viajantes estrangeiros, independentemente da Copa do Mundo e da Olimpíada.

Deve-se, portanto, nos aeroportos diretamente administrados pela Infraero ou terceirizados, prepará-los para que os viajantes nacionais ou de fora sejam melhor recebidos e embarcados tanto na Copa do Mundo quanto na Olimpíada. E que os melhoramentos previstos fiquem permanentes, inclusive pelo que se aguarda de maior movimento no futuro entre pousos e decolagens.

(O POVO/Editorial)

Todo cuidado é pouco

52 4

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (15), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

Os dois candidatos apoiados pelas máquinas públicas em Fortaleza à Prefeitura, Elmano de Freitas e Roberto Cláudio, começaram a campanha sentindo na pele o que é ser desconhecido pela grande maioria da população. Nas atividades de rua, brilha muito mais a figura de um ou outro apoiador, ofuscando a imagem do principal postulante. Foi assim com o pessebista em um terminal de Fortaleza na semana passada, quando o vereador Vitor Valim, tentando se desvencilhar dos abraços e apertos de mão, teve de dizer para um eleitor que o candidato era “aquele baixinho careca”. Com Elmano não tem sido diferente. Barulhentos, e com estilo próprio, os militantes do PT têm se esforçado para apresentar o postulante à população, que não raro perguntam “quem é ele?”.

É claro que nessa primeira fase de campanha vale o corpo-a-corpo como forma de popularizar a imagem do candidato para que, a partir do início do horário televisivo, este já esteja na boca do povo. Inácio e Moroni, por exemplo, não precisam gastar tanta sola de sapato por já terem pulado essa etapa, e sabem bem que a campanha só começa mesmo na TV. Se o primeiro ainda tem participado de atividades esporádicas, o demista nem isso tem feito até agora. Para Roberto Cláudio e Elmano, todo esforço é válido e deve ser aproveitado ao máximo. Não à toa, o tempo utilizado em fala na tribuna da Assembleia na semana passada como presidente da Casa pelo candidato do PSB. Cláudio sabe que em comparação com Elmano, este leva bem mais vantagem por contar com trunfos como a militância petista e os apoios de Lula e Dilma, caso se deem na dimensão esperada.

Até quando a campanha exige que se aproveite ao extremo os espaços disponíveis, é preciso cuidado para que não se cometam erros que podem ser fatais. No caso de Roberto Cláudio, ao falar sobre tapar os buracos da cidade caso venha a assumir a Prefeitura, esqueceu da responsabilidade da Cagece nesse quesito. Pode custar caro ter que responder depois sobre um problema, que se sabe, tem muita relação com a gestão estadual. Já Elmano, que tem se utilizado do slogan “candidato do Lula e da Dilma”, pode estar abrindo o flanco para que os outros candidatos cobrem a inclusão de Luizianne nesse mantra. Se ele propositalmente a excluiu, foi um erro. Se esqueceu, é bom começar a citá-la, antes que algum adversário o faça em público, o que não vai pegar bem.

Conferência adverte sobre uso indiscriminado de estimulantes por crianças e adolescentes

O uso excessivo de medicamentos por crianças e adolescentes foi tema de moção de recomendação e repúdio divulgada nesse sábado (14) no encerramento da 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. A nota proposta pelos conselhos federais de Psicologia e Serviço Social questiona o consumo indiscriminado de estimulantes do sistema nervoso central, como a Ritalina, e ansiolíticos.

Entre as principais propostas que serão usadas como referência para a construção do Plano Decenal de Direitos Humanos da Criança e do Adolescente está a criação do Plano sobre Enfrentamento ao Uso de Substâncias Psicoativas, que vai ampliar as políticas sociais para prevenção e tratamento de crianças e adolescentes dependentes de álcool e outras drogas.

Outra proposta trata da ampliação do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). “Vamos buscar a melhoria das instalações das unidades que abrigam os jovem que cumprem medidas socioeducativas, várias devem ser desativadas. Vamos melhorar o atendimento a esses adolescentes e também o processo de apuração das infrações cometidas”, destacou a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário.

(Agência Brasil)

Índice do Ipea revela grau de otimismo das famílias em relação à economia

A vigésima terceira edição do Índice de Expectativas das Famílias (IEF) aponta qual é o grau de otimismo das famílias brasileiras em relação à situação socioeconômica do país para os próximos 12 meses e também para os cinco anos seguintes. O índice, que será lançado na próxima terça-feira ( 17), às 10h, na sede do Instituto em Brasília,apresenta ainda as expectativas sobre o comportamento da economia nacional por regiões, renda e escolaridade.

As informações coletadas em junho deste ano indicam as expectativas das famílias nos quesitos situação econômica nacional; condição financeira passada e futura; decisões de consumo (se o momento é adequado para consumir bens de consumo duráveis); endividamento e condições de quitação de dívidas e contas atrasadas; e mercado de trabalho, especialmente em relação à segurança na ocupação e ao sentimento futuro de melhora profissional.

O IEF é uma pesquisa realizada em 3.810 domicílios, em 214 municípios, abrangendo todas as unidades da federação. Utilizou-se o método de amostragem probabilística de modo a garantir uma margem de erro de 5%, com um nível de significância de 95% para o Brasil e para as cinco grandes regiões.

(Ipea)

Márcio Lopes renega as cores do PDT: superstição ou “alvinegrice”?

546 9

O ex-vereador e novamente candidato à Câmara Municipal de Fortaleza, Márcio Lopes, abriu mão das cores do PDT na campanha deste ano. O vermelho, azul e branco deram lugar a um verde, dourado e vermelho.

Resta saber se o torcedor alvinegro e candidato do PDT trocou as cores do partido por superstição, diante do resultado negativo da votação de 2008, ou se por “alvinegrice” mesmo.

Pulga atrás da orelha

72 1

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (15), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

Lula e Dilma são cabos eleitorais que qualquer candidato gostaria de ter. A presença dos dois na campanha, no mínimo, assusta os adversários. É aquela história do craque que, mesmo contundido, só a sua presença em campo já é perigo de gol. Por isso, deve causar certo incômodo ao PT de Fortaleza ver o governador Cid Gomes, hoje o maior oponente do partido no Estado, manter tanta proximidade com ambos.

Depois do final do prazo das convenções partidárias, Cid já esteve com Lula uma vez, e mais recentemente, jantou com Dilma, junto com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Impossível que nestes encontros não se tenha tratado sobre a eleição de Fortaleza. Luizianne deve estar com uma pulga atrás da orelha.

Que desenvolvimento?

55 3

Da coluna Concidadania, no O POVO deste domingo (15), pelo jornalista Valdemar Menezes:

Há quem critique a presidente Dilma Rousseff por causa de sua resposta aos que apenas enxergam o crescimento menor da economia brasileira, este ano. Ela ponderou que outros referenciais – que não apenas o econômico (PIB) – medem também o desenvolvimento de uma sociedade. Por exemplo: saber se os segmentos menos providos estão sendo cuidados, inclusive, os mais vulneráveis, como as crianças e os jovens.

Tem razão a presidente: há quem só veja o desenvolvimento apenas pelo prisma econômico. Segundo seus apoiadores, o compromisso do governo atual (como já tinha sido o de Lula) é com o desenvolvimento sustentável. E este tem como pré-condição a correção das desigualdades sociais, com a realização de políticas públicas para eliminar a exclusão.

Seria isso o que o Brasil estaria fazendo, apesar de o crescimento econômico ser menor por causa da crise mundial.

Ceará terá R$ 217 milhões para qualificar atendimento

O Ministério da Saúde liberou R$ 217,2 milhões para implantação da primeira etapa do Plano de Ação da Rede de Atenção às Urgências do Ceará. A Portaria 1.497 beneficia 28 municípios cearenses e tem objetivo de potencializar a organização da rede para gerar impactos positivos no atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Serão aplicados recursos de R$ 61,8 milhões na habilitação de 181 novos leitos de UTI tipo II e na ampliação de 135 leitos.

Também haverá investimentos para manutenção das Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) no estado. Ao todo serão R$ 59,1 milhões para o custeio anual de 16 novas UPAs – sendo cinco porte I, nove de porte II e outras duas de porte III – e qualificação de mais 18 UPAs.

Estas unidades são equipadas para realizar atendimentos de complexidade intermediária. As UPAs 24h conseguem resolver até 97% dos problemas dos usuários que as procuram sem necessidade de encaminhamento a um hospital.

Já para o Serviço de Atenção às Urgências (SAMU) serão repassados R$ 14,5 milhões/ano para habilitação de novos serviços e ampliação dos existentes no estado e municípios cearenses. A medida prevê a aquisição de duas motolâncias e qualificação de outras seis, o que proporcionará maior agilidade no atendimento que presta os primeiros socorros à população.

As ações fazem parte do conjunto de medidas estratégicas com objetivo de melhorar cada vez mais o atendimento no SUS.

Os valores estabelecidos para o repasse serão incorporados ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade do Estado e dos municípios.

Os municípios mais beneficiados com os recursos são Fortaleza (R$ 151 milhões), Caucaia (R$ 16,6 milhões), Maracanaú (R$ 15,6 milhões), Eusébio (R$ 8,9 milhões), São Gonçalo do Amarante (R$ 4,4 milhões) e Horizonte (R$ 4,1 milhões). Quem menos receberá é Aquiraz (R$ 100 mil).

(Agência Saúde)

Consumidor deve ficar atento a reajuste de plano de saúde coletivo, alerta Idec

O consumidor deve tomar certos cuidados ao contratar um plano de saúde coletivo. No primeiro momento, os planos coletivos aparentam ser mais vantajosos que um plano individual, por não exigir carência, mas podem acabar saindo mais caro. O alerta é do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec).

O instituto chama a atenção para o fato de que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não regula os reajustes dos planos coletivos, somente dos individuais. Para a advogada do Idec, Joana Cruz, o governo também deveria intervir no mercado coletivo, que responde por cerca de 80% dos usuários de planos de saúde no país.

“Enquanto o índice de reajuste dos planos individuais,determinado pela ANS, será de até 7,93%, os planos coletivos têm reajustes livres, deixando os consumidores desamparados”, destacou a advogada, especializada em saúde suplementar.

Segundo Joana Cruz, ao buscar um plano coletivo, o consumidor deve buscar saber os percentuais de reajustes nos últimos anos e de quanto deverá ser o próximo aumento, para não ser pego de surpresa com valores bem acima da inflação.

Outro alerta do Idec é sobre os reajustes dos planos individuais acima da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o que acarretaria, a longo prazo, um comprometimento cada vez maior da renda dos clientes. “Temos estudos mostrando que, em 30 anos, o plano de saúde vai absorver 50% da renda do usuário”, frisou a advogada do instituto.

A ANS reconhece que os reajustes dos planos individuais são mais altos que o IPCA, porém argumenta serem abaixo do rendimento nominal médio do trabalhador e dos índices de variação de preços de produtos e serviços médicos, odontológicos e laboratoriais.

(Agência Brasil)

Álcool e falta de diálogo com família contribuem para iniciação sexual precoce de jovens

Jovens de baixa renda que pouco se relacionam com os pais, pegam informações com amigos e consomem álcool com regularidade são o perfil de quem inicia a vida sexual precocemente e sem proteção. É o que mostra pesquisa da Central Única das Favelas (Cufa) feita em três cidades da periferia de Brasília.

Os resultados foram obtidos por meio da aplicação de questionários a 870 pessoas de baixa renda em três cidades do Distrito Federal (DF): Estrutural, Arapoanga e Itapoã. A Cufa, no entanto, divulgou apenas os números da Cidade Estrutural, a 15 quilômetros do centro de Brasília. Os dados referentes às outras cidades serão apresentados nos próximos dois fins de semana.

De acordo com Max Maciel, coordenador-geral da Cufa no DF, o que mais chamou a atenção entre os moradores da Cidade Estrutural, onde 292 pessoas foram entrevistadas, é a baixa predominância da família tradicional, com pai, mãe e irmãos. De acordo com o levantamento, 24,4% dos pesquisados moram com parentes de segundo grau (tios, avós e primos); 17,1% vivem com a mãe; 11,3%, com pai e mãe; e apenas 4,1%, com o pai. A pesquisa mostrou ainda que 13% moram sozinhos, mas a maior fatia (30,1%) não se encaixou em nenhum desses perfis e foi registrada na categoria outros.

Para Maciel, o distanciamento dos pais interfere na formação sexual dos jovens da cidade. “Jovens que não dialogam com a família e buscam informações em outras fontes”, diz. A própria pesquisa constata que 45,9% dos entrevistados têm os amigos como principal fonte de informação sobre doenças sexualmente transmissíveis. Em segundo lugar, vêm profissionais da área (33,6%). A família só aparece na terceira posição, com 24%.

De acordo com o levantamento, em média, os moradores da Estrutural têm a primeira relação sexual aos 14 anos. Segundo o coordenador da Cufa, o problema não está na idade, mas na desinformação, que estimula o sexo sem proteção e acarreta gestações indesejadas e a transmissão de doenças. “Não queremos ser moralistas e pedir que os jovens comecem a fazer sexo tarde. O importante é que a decisão, se for tomada, seja prazerosa e com segurança”, explica Maciel.

A falta de esclarecimento prejudica o sexo seguro. Segundo a pesquisa, 79,3% dos moradores da Estrutural disseram que sabem como usar a camisinha, mas somente 52% de fato utilizam o preservativo. “Muitos sabem sobre doenças e métodos de proteção somente na teoria, mas não põem os conhecimentos em prática”, diz Maciel.

(Agência Brasil)

III Pedala Fortaleza marca inauguração do Vila do Mar

Com o avanço das obras do projeto Vila do Mar, a cidade está ganhando uma nova praia no litoral oeste. Para celebrar a paisagem que se abre para a Cidade, com a urbanização da orla dos bairros Pirambu, Cristo Redentor e Barra do Ceará, a Prefeitura de Fortaleza dá início a uma série de inaugurações dos trechos já concluídos do Vila do Mar, que acontecerão ao longo deste mês. As comemorações terão início neste domingo (15), durante a terceira edição do passeio ciclístico Pedala Fortaleza – Legado da Copa.

O passeio terá início, às 7h, em direção à Barra do Ceará, passando pelo Vila do Mar. No percurso, os ciclistas poderão conhecer a avenida litorânea que a Prefeitura está construindo no local, que já tem cerca de 3,5 quilômetros concluídos. Os participantes verão ainda a ciclovia, calçadões, praças de convivência, quadras poliesportivas, centro de artes e ofícios, mirante e as barracas de praia do Vila do Mar, entregues no último mês de junho.

Cerca de mil pessoas devem participar do Pedala Fortaleza, que é realizado pela Prefeitura de Fortaleza através da Fundação de Cultura, Esporte e Turismo (Funcet), da Secretaria de Esporte e Lazer (Secel) e da Gerência Executiva da Copa. Nesta edição, o Pedala Fortaleza receberá doações de água mineral, que serão entregues ao Corpo de Bombeiros e doadas às vítimas da seca no interior do Ceará.

(Prefeitura de Fortaleza)

Plácido inicia corpo a corpo por dois bairros

74 8

A aposentada Leda Ferreira, 62, e a filha Luiza, 21, moram no Bom Jardim

O líder da oposição na Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Plácido Filho (PDT), iniciou sua campanha à reeleição pelos bairros Bom Jardim e Granja Portugal, uma das áreas mais abandonadas pela Prefeitura.

Em mais de quatro horas de caminhada, Plácido escutou as queixas da população sobre o atendimento precário do posto de saúde (demora no atendimento e falta de medicamentos), da falta de vagas em creches e escolas, das ruas esburacadas, da longa espera por ônibus, além da falta de saneamento básico e da coleta de lixo precária.

No próximo sábado (21), a caminhada será pelas ruas do Serviluz, na companhia do candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Férrer.

Vigília com João Paulo II reúne três mil jovens em Aquiraz

A vigília JP II (João Paulo II) em atos surpreendeu a organização do encontro. Eram esperados mil peregrinos; compareceram três mil à Diaconia, sede do Governo Geral da Comunidade Católica Shalom, localizada em Aquiraz, na noite dessa sexta-feira, 13.

A vigília teve início com a missa concelebrada por padres da Comunidade Shalom e prosseguiu com diversas atividades artísticas fazendo referência à vida de João Paulo II, o papa que conquistou e cativou a juventude.

Suely Façanha, Missionário Shalom, e Ana Gabriella deram o tom da alegria em apresentações musicais durante a vigília que divulgou com exclusividade a oração da Jornada Mundial da Juventude RIO2013, que acontecerá na cidade do Rio de Janeiro, com a presença de Bento XVI.

Por meio de vídeos a história do Beato João Paulo II foi expostas aos presentes que vieram de várias cidades do país, inclusive de outros países. O nascimento, pontificado, sofrimento e a relação do papa polonês foram comentados pelo Fundador e Moderador Geral da Comunidade Shalom Moysés Azevedo, a Co-fundadora Emmir Nogueira e padre Sílvio Scopel.

Jovens presentes no local e também por meio das redes sociais participaram fazendo pergunta aos convidados.

Moradores da Granja Portugal denunciam que há dois anos o caminhão do lixo não passa

200 3

Elisângela lamenta o lixo jogado no riacho

Há cerca de dois anos, o caminhão do lixo não mais trafega pela travessa Mar Vermelho, no bairro Granja Portugal, por causa dos índices de violência do lugar. Segundo a copeira Elisângela de Sousa Oliveira, 31, a desculpa inicial era a queda parcial de uma pequena ponte.

“Mas depois a ponte foi consertada e o caminhão continuou a não passar”, reclama a moradora da travessa.

Ponte chegou a desabar parcialmente

De acordo ainda com a moradora, a comunidade acaba jogando o lixo em um riacho, o que ocasiona a proliferação de insetos e doenças. “Quem quiser colocar o lixo para o caminhão levar tem que caminhar mais de 400 metros para deixar os sacos no início da travessa”, conta a copeira. “Mas poucos se arriscam a sair de casa para esse trabalho”, lamenta.

Marcos Cals divulga agenda para os próximos três dias

54 1

Marcos Cals fez caminhada na feira do São Cristóvão

AGENDA 45 – “Fortaleza: Novo Tempo, Nova Cidade!”:

No sábado (14) o candidato Marcos Cals e o vice, Dr. Hugo, fazem caminhada pela Feira do São Cristóvão, às 9h.

(Localização: Av. Castelo de Castro com Perimetral)

Ao meio-dia, os tucanos almoçam pelo bairro.

À tarde, às 16h, Marcos Cals participa do lançamento da campanha do candidato a vereador Pedro Matos, na Barraca Itapariká, na Praia do Futuro.

No domingo (15), Marcos Cals assiste à missa das 6h30, na Igreja Nossa Senhora das Dores, bairro Otávio Bonfim.

Em seguida, vai ao Mercado São Sebastião.

À tarde (13h), tem encontro com lideranças no bairro Maraponga.

Na segunda-feira (16), Marcos Cals e Dr. Hugo visitam o Sistema Verdes Mares de Comunicação, às 10h.

À tarde (15h), têm reunião com equipe do Plano de Governo, na sede do partido.

À noite (18h), reúnem-se com os candidatos a vereador, na sede do partido.

Roberto Cláudio quer melhor estrutura para as feiras

75 6

O candidato à Prefeitura de Fortaleza pela coligação Para Renovar Fortaleza, Roberto Cláudio, conversou na manhã deste sábado (140 com feirantes e frequentadores da feira do bairro das Goiabeiras. O candidato voltou a defender melhor estrutura para as feiras de Fortaleza, pois a maioria delas hoje funciona sem banheiros públicos, sem limpeza e sem condições dignas para comerciantes e consumidores.

Roberto Cláudio assegurou que fará a limpeza de Fortaleza em 180 dias. “Esse é o nosso compromisso, vamos limpar nossa cidade em seis meses, não só os espaços das feiras, mas toda a cidade de Fortaleza”, afirmou. O candidato se comprometeu ainda com a estruturação de shoppings populares para abrigar feirantes que hoje trabalham em áreas sem condições adequadas de funcionamento.