Blog do Eliomar

Últimos posts

Movimento União Brasil Caminhoneiro diz que paralisação atinge 80% da categoria

No quarto dia de manifestações, a adesão à greve nacional dos caminhoneiros chega a 80%, diz o Movimento União Brasil Caminhoneiro. De acordo com o presidente do movimento, Nélio Botelho, todo o transporte de carga está suspenso em estados como Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia. E a promessa é de manter os protestos nas rodovias durante o fim de semana.

Botelho cita três problemas que levaram a categoria a uma greve nacional. Segundo ele, o primeiro foi criado pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), ao permitir a entrada de mais de 600 mil veículos que não poderiam estar operando com frete no Brasil, porque estão fora da lei. “No entanto, uma alteração feita na lei permitiu a entrada deles no país, levando à concorrência desleal que jogou o frete rodoviário a valores que absolutamente não cobrem as despesas.”

O segundo problema é o cartão-frete que foi instituído, mas não tem como ser cumprido, diz Botelho. “Além de proibidos de receber dinheiro ou cheque, somos obrigados a operar com esse cartão, em cima de frete defasado.” O representante dos caminhoneiros ressalta que o custo do cartão-frete onerou demais e que a categoria não consegue usá-lo com os fornecedores de material e os postos de gasolina. “A maioria não aceita, então, estamos praticamente inviabilizados nessa operação de recebimento e pagamento.”

Por fim, Botelho aponta a questão das resoluções da ANTT que regulamentam o tempo de direção. “A agência colocou uma obrigatoriedade de descanso de 11 horas em rodovia, sem oferecer nenhuma infraestrutura, posto de apoio, local de higiene, segurança. O caminhoneiro passa a ser obrigado a ficar deitado na cabine do caminhão na margem da estrada durante 11 horas, porque, se ele viajar e não cumprir a lei, vai ser multado.”

O presidente do Movimento União Brasil Caminhoneiro afirma que a paralisação é por tempo indeterminado e que só um pronunciamento oficial da ANTT pode suspender as manifestações.

(Agência Brasil)

Acrísio faz ato de campanha no Circuladô

Neste sábado, a partir das 17 horas, o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Acrísio Sena, lançará sua candidatura durante ato no Circuladô, o comitê da sociedade civil montado pela equipe de campanha do postulante a prefeito pelo PT, Elmano de Freitas.

O ato reunirá além do candidato Elmano, lideranças de vários bairros e dirigentes de entidades da sociedade civil.

VAMOS NÓS – Por falar em Acrísio, ele comemora o início das operações da TV Fortaleza pelo sistema aberto digital – era só a cabo, pelo canal 61.4. Segundo Acrisio, mais um mecanismo em favor da transparência e que permitirá o eleitorado em geral acompanhar o que os vereadores fazem e como se comportam no parlamento.

Catanho e Nágila se engajam na campanha pró-Elmano

155 5
“Para reforçar a campanha do candidato petista à Prefeitura de Fortaleza, Elmano de Freitas, a prefeita Luizianne Lins, também presidente regional do PT, resolveu recrutar gente do chamado Núcleo Político do Paço Municipal para mergulhar fundo no trabalho eleitoral. Waldemir Catanho e Nágila Raposo foram exonerados dos cargos de confiança que ocupavam e se integrarão à coordenação da campanha.
O objetivo é levar Elmano a melhorar seu desempenho e conquistar espaços na preferência de um eleitorado que, de acordo com a pesquisa Datafolha/O POVO,  lhe garantiu apenas 3%.
Incrementar a agenda de Elmano, engajar candidatos a vereador e dar maior visibilidade às obras do Município, eis a estratégia que Catanho e Nágila tocarão nesse script eleitoral. Na gestão, Geraldo Acioly, Cícero Cavalcante e Helena Barroso ganharão maior poder de fogo.”
(Coluna Vertical, do O POVO)

Jornalistas debatem papel da imprensa como veículo de registro da história do país

O jornalismo como veículo fundamental para o registro dos processos sociais e da história de um país foi a tônica do Seminário Jornalismo e Memória, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio e pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN).

Autor das biografias de Garrincha e Carmen Miranda, o jornalista Ruy Castro, inveterado apaixonado pelos arquivos dos veículos de imprensa, chamou a atenção para a necessidade de uma busca ativa nos acervos pessoais dos jornalistas, muitos deles riquíssimos, que tendem a se perder com o tempo. “Parece que as viúvas têm um grande prazer em jogar fora toda a papelada”, brincou o escritor, que completou dizendo que esses acervos podem preencher vazios importantes na história da imprensa brasileira e, por meio dela, do próprio registro da história nacional.

Outro participante do evento, o jornalista Sérgio Cabral, falou da peculiaridade de quem pesquisa a memória de um país, seja em que temática for. “Eu descobri, neste tipo de trabalho, que o ser mais solitário do mundo é o pesquisador. Aquele bando de pessoas, um não tinha nada a ver com o outro. Um estava pesquisando sobre memória da moeda, outro sobre política externa e eu, ali, pesquisando samba”, destacou Cabral, um dos fundadores do Pasquim e outro defensor da importância dos arquivos dos jornais no próprio funcionamento das redações, ao lembrar suas próprias experiências pesquisando o acervo da FBN.

Pontos comuns na opinião dos participantes do seminário, além do papel de registro histórico da imprensa, foram a importância das instituições públicas e privadas na manutenção da memória dos jornais e mesmo na manutenção de exemplares e o lamento do processo de perda de acervos de pesquisa de grande número de jornais do Rio de Janeiro. Segundo Castro, esses acervos hoje compõem cerca de um terço do total de 40 anos atrás.

Também teve destaque no debate o crescimento dos estudos sobre a história da mídia, que, segundo a pesquisadora Alzira Abreu, da Fundação Getulio Vargas (FGV), são, em grande medida, responsáveis pela melhoria dos arquivos e sua sistematização, processo esse devedor do surgimento dos programas de pós-graduação em comunicação, história e ciências sociais, a partir da década de 1970.

A mesa tema do evento foi coordenada pelo jornalista Marcelo Beraba e contou ainda com a participação do presidente da FBN, Galeno Amorim, e da pesquisadora da Casa de Rui Barbosa Joëlle Rouchou. Com o seminário, o Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio encerrou a primeira fase do projeto Centro Cultural e Memória do Jornalismo.

(Agência Brasil)

Gafe olímpica: Ana Paula Padrão chama “Jornal da Record” de “Jornal da Globo”

124 3

A jornalista Ana Paula Padrão, âncora do principal telejornal da Record, cometeu uma gafe durante a apresentação do noticiário na noite desta sexta-feira, 27. “Você está assistindo o Jornal da Globo direto do Estádio Olímpico de Londres”, disse.

Constrangida, ela corrigiu o erro em seguida: “esse é o Jornal da Record”. Ana Paula saiu da TV Globo em 2005, onde apresentava o telejornal com o qual se confundiu. Antes de estrear na Record, a jornalista passou quatro anos no SBT.

Assista ao vídeo com a gafe olímpica:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=5fNQJjHdIAI[/youtube]

 

Gêmeos são registrados com nomes de duas mães

78 1

O juiz Márcio Martins Bonilha Filho, da 2ª Vara de Registros Públicos de São Paulo, deferiu requerimento ordenando a averbação nos assentos de nascimento de gêmeos para constar na certidão de nascimento o nome de duas mães.

F.B e W.M.P. ajuizaram ação declaratória de filiação, pleiteando a lavratura de assento de nascimento dos gêmeos, A. e B., frutos dos óvulos de F., fertilizados “in vitro” com o sêmen de um doador anônimo e, posteriormente, implantado no ventre de W. que se tornou gestante e genitora.

As requerentes constituíram união estável e buscavam a proclamação judicial de que os gêmeos são filhos de ambas. Também justificam a necessidade de lavrar prontamente os assentos de nascimento, para inclusão dos gêmeos no plano de saúde.

As autoras postularam a inclusão nos assentos de F. na condição de genitora, pois foram lavrados os assentos de nascimento dos gêmeos, figurando nos registros apenas a parturiente W.

Segundo o juiz Márcio Martins Bonilha Filho ”…no caso em apreço, W. recebeu os óvulos fecundados e deu à luz aos gêmeos. Contudo, os gêmeos são frutos da herança genética de F. B., que faz jus a figurar, também, nos assentos de nascimento, na condição de mãe.

(TJSP)

Filhos de Michael Jackson terão guarda compartilhada

Após uma disputa familiar, a guarda dos filhos de Michael Jackson será dividida entre a mãe e sobrinho do astro. O anúncio foi feito pelo advogado da matriarca, Katherine Jackson, 82, nesta sexta-feira, 27.

A solicitação da guarda compartilhada será feita na próxima semana. Com isso, a responsabilidade de criar e educar Prince, 15 , Paris, 14, e Blanket, 10, caberá também a TJ Jackson, 34, sobrinho do Rei do Pop. As informações são da AFP.

No lançamento da Olimpíada de 2016, Hortência paga micos

Da coluna Esplanada, nesta sexta-feira (27), pelo jornalista Leandro Mazzini:

Mal orientada pelo staff do governo, a rainha do basquete, Hortência, pagou micos seguidos como cerimonialista do lançamento da campanha do Ministério do Turismo sobre a Rio 2016, em Londres.

Começou a falar antes do tempo, e pediu desculpas. Anunciou no momento errado o presidente da Embratur, Flávio Dino, e mais desculpas. Encerrada a apresentação do vídeo promocional, ela apresentou uma autoridade, mas era a vez de outro filme. Constrangimento total no local.

Ato na Candelária enfrenta falta de transporte na homenagem às vítimas da chacina

Foram realizados nesta sexta-feira (27), no Rio de Janeiro, missa e ato ecumênico em lembrança das crianças mortas na Chacina da Candelária, tragédia ocorrida há 19 anos. Em seguida, os participantes fizeram a Caminhada em Defesa da Vida, que percorreu trecho entre a Igreja da Candelária e a Cinelândia, também no centro da cidade, onde foram realizadas apresentações musicais.

Os organizadores reclamaram da falta de apoio oficial para o transporte dos participantes, o que teria esvaziado a cerimônia. O presidente do Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedca), José Pinto Monteiro, disse que foram solicitados, na semana passada, 70 ônibus à Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, que não foram fornecidos. Ele estimou em 3 mil o número de pessoas que deixaram de comparecer à Candelária.

Segundo o secretário estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Antonio Claret Campos Filho, presente ao evento, o governo estadual apoiou a marcha e buscou viabilizá-la, reconhecendo o movimento em torno dela e sua importância na luta pelos direitos humanos no município, mas alegou que não teve condição de apoiar a parte de transporte.

O ato de homenagem às vítimas da Candelária ainda tinha direito a R$ 200 mil previstos no Fundo Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, valor que também pagaria o custo do transporte, mas o recurso não foi liberado por falta da regularização da comissão de administração do Cedca. Segundo o presidente do conselho, faltou a indicação de membro do governo para esse cargo, o que impede a gestão de recursos do colegiado.

Ocorrida em 23 de julho de 1993, no centro da capital fluminense, a chacina resultou na morte de oito meninos em situação de rua. Na ocasião, mais de 40 crianças e adolescentes dormiam na praça em frente à Igreja da Candelária quando cinco homens desceram de dois carros e fizeram vários disparos na direção do grupo.

(Agência Brasil)

Estreia de Batman no México é marcada por incêndio

Os espectadores do filme “Batman: o Cavaleiro das Trevas ressurge”, na cidade de Guadalajara, no México, tiveram um susto na estreia do longa. Um incêndio em um complexo de salas de cinema causou a retirada de cerca de 800 pessoas nesta madrugada.

As chamas não deixaram feridos. Na última sexta-feira,  James Holmes, 24, entrou fortemente armado em um cinema no Colorado (EUA) e matou 12 pessoas e deixou outras 58 feridas. As informações são da AFP.

Juiz determina que rede de farmácias deve custear tratamento de mulher baleada durante assalto

O juiz Raimundo Nonato Silva Santos, respondendo pela 17ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua, determinou que a Empreendimentos Pague Menos S/A pague mensalmente R$ 2,5 mil à dona de casa A.M.G.P. Ela foi atingida por disparo durante assalto em uma das farmácias da rede, na avenida Oliveira Paiva, em Fortaleza.

Consta nos autos (nº 545022-62.2012.8.06.0001/0) que, no dia 2 de janeiro deste ano, a mulher estava na loja pagando contas, quando homens entraram no local e anunciaram o assalto. A dona de casa afirmou que o segurança da farmácia reagiu e, durante a troca de tiros, A.M.G.P. foi baleada na coluna vertebral.

Ela precisou passar por cirurgia e necessita de cadeira de rodas para se locomover, fazer uso de órtese para a coluna, além de vários medicamentos e sessões de fisioterapia. Como não recebeu auxílio por parte da empresa, recorreu à Justiça, pedindo que a Pague Menos assuma os custos do tratamento. Também requereu indenização por danos morais.

Ao analisar o caso, o magistrado concedeu a tutela antecipada, determinando que a rede de farmácias custeie as despesas do tratamento. O juiz considerou o risco grave à saúde da vítima. A Pague Menos será citada da decisão e poderá apresentar contestação.

Ao final da ação, caso seja comprovado que a empresa não teve responsabilidade, poderá reaver a quantia paga. A reparação por danos morais será analisada quando do julgamento do mérito do processo.

(TJCE)

Congresso terá de decidir como distribuir R$ 50 bilhões aos Estados, diz STF

Um contencioso de quase R$ 50 bilhões, em que estão envolvidos os estados e o Distrito Federal, terá de ser decidido pelo Senado e pela Câmara dos Deputados até o fim deste ano. O prazo foi estabelecido pelo Supremo Tribunal Federal ao considerar inconstitucionais as atuais regras de distribuição do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE), previstas na Lei Complementar 62/1989. Sem critérios previamente definidos, a União não terá como distribuir esses recursos a partir de janeiro de 2013.

Correndo contra o tempo, as comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) planejam uma série de audiências públicas neste segundo semestre para discutir o assunto. O presidente da CCJ, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse à Agência Senado que as discussões ocorrerão paralelamente às eleições municipais, em que todos os parlamentares estarão direta ou indiretamente envolvidos.

O presidente da CAE, senador Delcídio Amaral (PT-MS), informou que serão convidados para as audiências públicas secretários de Fazenda dos estados – um representando cada região – e o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa.

A fim de agilizar a discussão, as audiências poderão ser realizadas em conjunto com a Câmara, ao longo dos esforços concentrados para votação de matérias, como afirmou Delcídio Amaral. O objetivo é produzir um substitutivo a todos os projetos em tramitação, que teria preferência para votação nas comissões e no Plenário do Senado e da Câmara.

(Agência Senado)

Cascavel e Pindoretama com processos de registro de candidaturas já julgados

O juiz da 7ª Zona Eleitoral (Cascavel), Rommel Moreira Conrado, já julgou todos os 203 processos de Registro de Candidaturas, que deram entrada no cartório, referentes aos municípios de Cascavel e Pindoretama.

Em Cascavel, foram julgados 104 processos (três para prefeito  deferidos) e 101 para o cargo de vereador (92 deferidos e 9 indeferidos).

No município de Pindoretama, o juiz eleitoral da 7ª ZE julgou 99 processos (três para prefeito – deferidos) e 96 para vereador (89 deferidos e 7 indeferidos)

 

Pesquisa do Ibope sobre disputa em Fortaleza sai na próxima segunda-feira

102 1

Vem aí a pesquisa do Ibope para saber o grau de preferência dos candidatos a prefeito de Fortaleza por parte do eleitorado. Foi registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral pelo Sistema Verdes Mares.

O resultado será divulgado na próxima segunda-feira. A pesquisa trará projeções do candidato em questionário estimulado, espontâneo, além de grau de rejeição e avaliação da gestões da prefeita Luizianne Lins, do governador Cid Gomes e da presidente Dilma Rousseff. Também abordará questões do interesse do cidadão e a cidade.

* Com Blog Segunda Leitura, do Canal Política do O POVO Online.

O que quer o TJ-CE em matéria de orçamento 2013?

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará aprovou, nesta quinta-feira, a proposta orçamentária do Judiciário para 2013. O documento será encaminhado, até o próximo dia 31, ao Poder Executivo estadual. O vice-presidente do tribunal, desembargador Luiz Gerardo Brígido, conduziu a sessão em virtude da ausência do presidente, desembargador José Arísio Lopes. O magistrado está respondendo pelo Governo do Estado durante viagem de Cid Gomes ao Exterior.

Na apresentação da proposta orçamentária, o desembargador Gerardo Brígido ressaltou que as iniciativas “visam sempre, em análise última, à celeridade processual, à qualificação dos servidores e magistrados, à modernização do parque tecnológico e à promoção, enfim, de uma Justiça mais próxima do cidadão”. O vice-presidente informou que, desde 2011, as propostas orçamentárias do Judiciário vêm sendo minuciosamente elaboradas e consistem no resultado de deliberações preliminares da Comissão Participativa de Elaboração e Execução do Orçamento e do Planejamento Estratégico do TJCE. A Comissão foi instituída por Provimento da Presidência, em atendimento à Resolução nº 70 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Fazem parte da equipe representantes da Corregedoria Geral da Justiça, Escola Superior da Magistratura, Fórum Clóvis Beviláqua, Sindicatos dos Servidores, Associação de Magistrados e secretariado do TJCE. Com informações do TJ-Ceará.

VAMOS NÓS – Faltou o principal, por parte da assessoria de imprensa do TJ_CE: informar o valor previsto para o orçamento.

SBPC critica corte no orçamento das áreas de ciência, tecnologia e inovação

“A presidenta da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader, criticou hoje (27) os cortes no orçamento do governo para as áreas de ciência, tecnologia e inovação.

“O ministério [da Ciência, Tecnologia e Inovação – MCTI] ganhou nova função e não é possível ficar com essa letra a mais [Inovação] mantendo o fluxo que é fazer ciência em qualquer país. Já são dois anos consecutivos com cortes no orçamento. No ano passado, alertei que o governo federal, ao cortar os recursos do MCTI, estaria sinalizando para os estados mudanças de atitude, isso já está acontecendo. As fundações de apoio já estão com menos dinheiro. Isso não está de acordo com o programa ousado, fantástico, que somos totalmente a favor, que é o Ciência sem Fronteiras”, disse à Agência Brasil.

O Brasil fica entre os 13 países com maior produção científica (ranking baseado na produção de artigos científicos publicados em revistas especializadas), mas ocupa o 47º lugar em inovação, pesquisa e desenvolvimento. O Estado é o principal investidor em pesquisa e desenvolvimento no país.”

(Agência Brasil)

Marcos Cals promete nova emergência para o IJF-Centro

O candidato a prefeito de Fortaleza pelo PSDB, Marcos Cals, afirmou, nesta sexta-feira, que vai reformar o IJF-Centro. Segundo adiantou, o hospital será ampliado e dotado de toda infraestrutura para prestar serviços de qualidade à população. Marcos explicou que onde hoje funciona o estacionamento do IJF – num terreno em frente,  construirá um anexo para atendimentos de urgência e emergência, com estacionamento subterrâneo.

Essa foi uma das promessas feitas pelo tucano durante participação no programa Debats do POVO Especial, da Rádio O POVO/CBN, que vem ouvindo os postulantes à Prefeitura desde a última segunda-feira.

(Foto – Divulgação)

Fortaleza receberá a Caravana da Anistia

101 1

Fortaleza vai receber, nos próximos dias 3 e 4, a 60ª Caravana Nacional da Anistia. O evento é uma ação da Comissão Nacional de Anistia do Ministério da Justiça, em parceria local com órgãos públicos e entidades da sociedade civil. O objetivo dessa visita é julgar requerimentos de reparação política e econômica de pessoas e familiares perseguidos durante a
ditadura militar.

Para Marcelo Uchôa, titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos do Governo do Estado (COPDH), um dos órgãos envolvidos na organização do evento “será uma grande oportunidade para a sociedade refletir sobre o que significou a ditadura não apenas para os que sofreram a violência em si, mas para compreender porque o Brasil se firmou internacionalmente como um grande modelo de desigualdade, ainda hoje sofrendo para erradicar problemas endêmicos como, p. ex, a pobreza, o analfabetismo, a
mortalidade infantil, etc, de maneira que a história passada precisa ser contada, a fim de que jamais volte a acontecer”.

A Caravana será formalmente instalada na Assembleia Legislativa, no próximo dia 3, às 8 horas, e ali prossegue com seus trabalhos, no Anexo das Comissões, até o dia seguinte. As audiências serão conduzidos pelo Secretário Nacional de Justiça e Presidente da Comissão Nacional de Anista, Paulo Abrão.