Blog do Eliomar

Últimos posts

Cid tenta em Brasília R$ 3,5 bilhões para nova etapa do Projeto Metrofor

84 1

O governador Cid Gomes (PSB) está em Brasília mantendo uma série de audiências ministeriais. O principal mote de sua agenda tem a ver com a Linha Leste do Projeto Metrofor, que ligará o Centro até a Unifor, em trecho totalmente suberrâneo.

Cid, que está acompanhado do presidente da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos, Rômulo Fortes, quer acelerar a liberação de R$ 3,5 bilhões.

A partir de 15 de junho, ele diz que vão começar os testes com passageiros no trecho de Pacauba até Fortaleza. Gratuitamente, para que haj ajustes nos equipamentos.   

Na agenda dele também projetos ligados ao combate à estiagem.

Prefeitura: Envolvimento da Delta na CPMI do Cachoeira não prejudicará obras da Copa 2014

98 4

As obras da Copa 2014 a cargo da Construtora Delta em Fortaleza não sofrerão problema por conta do Caso Cachoeira.

Quem garante é o coordenador de Projetos Especiais da Prefeitura, Geraldo Accioly, diante de especulações dando conta de que o envolvimento dessa empreiteira em investigações da PF e CPMI poderiam provocar prejuízos para obras de mobilidade urbana na Capital.  A Delta fará duplicações de avenidas como Alberto Caveiro, por exemplo.

Geraldo ressalta ainda que houve concorrência para essas intervenções, seguindo tudo o que manda a legislaçao da área, no que complementa: “A Prefeitura não é Ministério Público!”

Mutirões de conciliação no TJ-CE têm 56% de êxito nas ações envolvendo Unimed

90 1

“O Tribunal de Justiça do Ceará apresentou o balanço parcial dos mutirões organizados no estado para conciliação de processos. As conciliações da área da saúde em ações que envolvem a Unimed Fortaleza resultaram, até o meio dia da última quarta-feira, 571 audiências conciliatórias. Entre as sessões que tiveram comparecimento das partes, 320 resultaram em acordos, o que representa 56% de êxito.

O evento contou com a participação voluntária dos conciliadores da Central, de juízes das Varas Cíveis da Capital e de acadêmicos de Direito. A coordenadora do Núcleo de Prática Jurídica da Estácio/FIC, Lisiane Gonçalves, ressaltou a importância da experiência para os estudantes. “O aluno não pode viver só de simulação, precisa vivenciar o mundo jurídico para poder escolher a área em que tem mais aptidão. Por isso, o mutirão é uma oportunidade de ouro, que também ajuda a sensibilizar para a importância da conciliação e estimula a solidariedade”.

Exemplo de quem conseguiu solucionar seu problema, uma estudante de 21 anos conta que, em 2009, precisou se submeter a um procedimento cirúrgico, mas o plano de saúde negou o tratamento. Na época, ela conseguiu antecipação de tutela para a realização da cirurgia, mas teve despesa de R$ 800 por conta da demora na autorização. Agora, com o acordo, aceitou abrir mão de indenização em troca do reembolso dos gastos. A mãe da adolescente comemorou o resultado. “Mesmo não sendo exatamente o que a gente esperava, foi uma proposta satisfatória, com a grande vantagem de finalizar logo o problema”, afirmou.”

(Site do TJ-CE)

Caso dos Consignados – Heitor diz que não abre mão da imunidade como quer a Promus

60 6

O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) afirmou, nesta terça-feira, que não vai abrir mão da imunidade parlamentar como sugeriu a empresa Promus, em nota paga nos jornais desta terça-feira. Heitor é autor de denúncias sobre tráfico de influência na área dos empréstimos consignados no âmbito do Estado e acusa a Promus, terceirizada da empresa ABC, com contrato suspenso pelo Governo, de ganhar com as transações a partir de juros elevados. A Promus tem como sócio o empréstio Luís Antônio Valadares, genro do secretario da Casa Civil, Arilado Pinho.

“O que eles entendem dessa história de abrir mão de imunidade? Estou deputado. Aliás, esse tema não foi levantado pelo cidadão comum porque o poderoso atrofia. Teria que ser levantado por quem tem imunidade e representa a sociedae e é imune aos poderes do poderosos”, disse para o Blog o parlamentar. Ele complementou: “Onde o cidadão comum poderia levantar suspeição dessas?”

O parlamentar adiantou que tentou instalar uma CPI para esclarecer o assuto. Como não foi possível – só obteve sete assinaturas de 12 necessárias, mandou para o Ministério Público invesigar as denúncias, no “que eles vêm faazendo profundamente”.

Para Heitor Hérrer, há um “grande teatro” construído no momento pelo Governo do Estado em torno desse caso, onde o ator principal é a Casa Civil, tendo como coadjuvante o secretário do Planejamento e Gestão, Eduardo Diogo. “Até agora, criaram uma peça para não dar em nada, onde as irmãs ABC e Proums, com notas nos jornais,tentam ludibriar a sociedade. Eles tentam defender o indefensável”, afrima o pedetista

“Eu não vou deixar de ser o deputado que eu sou!”, reafirmou Heitor Férrer.

Ao lançar Elmano, a prefeita provocou humilhação pública nos demais pré-candidatos?

60 3

Com o título “Assim será o de vocês”, eis artigo da professora e jornalista Adísia Sá. Ela avalia que a preferência declarada da prefeita Luizianne Lins por Elmano Freitas como seu candidato a prefeito virou humilhação pública para outros pré-candidatos. Para Adísia, Luizianne quebrou o discurso petista da democracia interna. Confira:  

O PT dizia que suas decisões eram fruto de debates, seminários, convenções. Dizia, não diz mais. Antes mesmo de cumprido qualquer ritual, foi lançado o nome de Elmano de Freitas à Prefeitura e pela própria Luizianne – guardiã das regras. Fomos testemunhas de uma humilhação pública: outros possíveis candidatos recolheram as armas, debandaram – não sem antes jurar fidelidade à prefeita, deixando o campo aberto ao ungido do Palácio do Bispo. Triste quebra de palavra…

Fico a lamentar quão fugazes são as palavras e passageiros os propósitos. Louvadas são as virtudes do ungido da prefeita pelos arautos de sua candidatura. Virtudes não nos devem interessar, mas realidade concreta, palpável. “O homem é secretário de Educação de Fortaleza.” Ah é e daí? É aquele que ia entregar mil notebooks aos professores…

Pelo que tenho lido, o secretário esteve presente a toda e qualquer recepção e sob o peso sedutor das palmas. Francamente. Não é por aí que se apresenta um candidato. Eu sei que o peso eleitoral de Luizianne é indiscutível, que ela tem condições – ela mesma teria dito isto – de eleger até um poste prefeito de Fortaleza. Mas não deveria chegar a esse ponto, pondo de escanteio companheiros também aspirantes ao cargo. E tem mais: sem ironia: Elmano é o poste apregoado por Luizianne?

Escreve Érico Firmo na sua coluna deste jornal (12 do corrente): Numa interpretação estrita da lei, tudo pode até estar correndo. Mas é muito feita a superexposição dada pela administração municipal a Elmano de Freitas. Por subterfúgios que buscam esticar ao máximo o limite que separa a legalidade do crime eleitoral, a Prefeitura de Fortaleza dá a maior visibilidade possível ao seu pouco conhecido pré-candidato.” Ponto alto do comentário: “Parece homem sério (Elmano), de boa formação. Não precisava do constrangimento de ser favorecido por esperteza dessa natureza.”

Última hora: Elmano mandou, em seu lugar, um exemplar do notebook a ser mostrado aos professores, por emissário de sua confiança: “assim será o de vocês, um dia” E nada mais foi dito. Nem precisava.

* Adísia Sá

adisiasa@gmail.com

Jornalista

Maioria dos argentinos aprova expropriação da YPF

“Seis de cada dez argentinos apoiam a decisão de expropriar 51% das ações da empresa petrolífera YPF, administrada pela Repsol, anunciada há uma semana pela presidenta Cristina Kirchner. Segundo pesquisa de opinião da consultoria Poliarquia, 44% dos entrevistados, no entanto, culpam os Kirchner (no poder desde 2003) pela crise energética do país. Apenas 36% atribuem a queda da produção de combustível, que transformou a Argentina em país importador de energia, à iniciativa privada.

Uma semana depois do anúncio do projeto de lei de expropriação, o governo garante que ele passará no Congresso, onde conta com a maioria. A primeira votação, no Senado, será nesta quarta-feira (25). Até o ex-presidente Carlos Menem, responsável pela privatização da estatal YPF nos anos 1990, diz que votará a favor da medida, devolvendo as ações da empresa espanhola Repsol ao Estado argentino. “Os tempos mudaram”, justificou Menem, senador do Bloco Federalismo e Liberação (uma dissidência do Partido Justicialista ou Peronista).

Apesar de contar com apoio popular e político, a expropriação anunciada por Cristina Kirchner está sendo questionada por especialistas. Todos concordam que a Repsol repatriava os lucros da empresa, sem investir na exploração de novas reservas de petróleo e gás e na produção de combustível. Resultado: em 2011, importou o equivalente a US$ 9 bilhões em energia, que podia ter produzido. A soma equivale a quase todo o saldo da balança comercial do país, que no ano passado foi US$ 10 bilhões. Este ano, estima-se que as importações de energia ficarão entre US$ 12 e US$ 14 bilhões.”

(Agência Brasil)

Novo Código Florestal – Empresários do setor agrícola fazem lobby em Brasília

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=jR1mFjVS_JU&feature=plcp&context=C400c1fcVDvjVQa1PpcFOowEIgYChP68vPGs8dgq4Fndg_ZJDh0Fg%3D[/youtube]

Todas as entidades representativas do empresariado do setor rual do País estão em Brasília com suas lideranças. Hora de fazer lobby para aprovar o Novo Código Florestal, no Senado, sem maiores surpresas para o segmento.

O presidente da Federação da Agricultura do Ceará, Flávio Saboya, que integra o lobby, explicou, antes de embarcar nesta madrugada de terça-eira para Brasília, o que empresários do setor agrícola querem.

CPMI do Cachoeira pode pedir bloqueio dos bens dos investigados

Um grupo de parlamentares, chamados de “independentes”, tentará dar rumo técnico às investigações da CPMI do Cachoeira. É o caso do deputado Miro Teixeira (RJ), que defende como ponto de partida pedido de bloqueio dos bens dos investigados. O detalhamento dos negócios da Delta com políticos é outro alvo do grupo.

Segundo reportagem do O Globo desta terça-feira, Miro disse ser fundamental aprofundar as investigações e evitar o risco da superfialidade: “O objetivo é recuperar o dinheiro (público) desviado por atividades ilícitas, em caso de condenação — explicou Miro: — Com o surgimento da Delta, a CPI tornou-se inevitável. Aparentemente, ela aparece de forma superficial nos autos”.

Miro também pedirá dados sobre as atividades do laboratório farmacêutico Vitapan, da família do bicheiro Carlinhos Cachoeira, para saber se ele foi beneficiado pela Anvisa na liberação de registros para fabricação de remédios. Ex-diretor da Anvisa, o governador Agnelo Queiroz (DF) admitiu ter se encontrado com Cachoeira entre 2009 e 2010, quando ocupava o cargo na agência.

Defensoria Pública comemora 15 anos com sessão solene na Assembleia Legislativa

Os 15 anos de criação da Defensoria Pública no Ceará vão ser comemorados numa sessão solene marcada para a Assembleia Legislativa. O ato ocorrerá nesta quarta-feira.

Já na próxima sexta-feira, às 16 hroas, no Centro de Convenções do Complexo São Mateus (Papicu), a Associação dos Defensores Públicos do Estado (Adepec) fará a entrega do “Colar de Mérito” ao senador José Pimentel (PT). Ele é autor do projeto de lei 225/2011, que fortalece a autonomia financeira, administrativa e orçamentária das defensorias.

Também nesse ato da Adpec, será entregue a “Medalha de Mérito Profissional” à defensora Nívea de Matos Nunes Rolim.

Lúcio Alcântara fará cirurgia para, depois, abrir o verbo na sucessão

60 2

O ex-governador Lúcio Alcântara (PR) vai se submeter a cirurgia de implante dentário nesta terça-feira. Consequência de queda de bicicleta que ele sofreu no último dia 15, na avenida Virgilio Távora.

Depois disso, Lúcio deverá passar alguns de molho para, depois, cair na política e tratar da sucessão principalmente de Fortaleza.

O PT da prefeita Luizianne Lins não dispensaria boa conversa com o PR de Lúcio Alcântara, principalmente se houver rompimento dos petistas com o PSB do governador Cid Gomes.

Metrofor inicia testes com passageiros a partir de 15 de junho próximo

54 1

“O Metrofor, o metrô de superfície de Fortaleza, vai entrar em operação a partir de 15 de junho próximo, em fase de testes e, dessa vez, transportando passageiros gratuitamente, numa operação assistida de Pacatuba até Fortaleza. Confirma o governador Cid Gomes.

Já o presidente da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos, Rômulo Fortes, está em Brasília fechando repasse de R$ 3,5 bilhões da Linha Leste do empreendimento, que ligará o Centro até a Unifor, em 12 quilômetros de linha subterrânea.

Sobre testes com passageiros, explica: “São operações que chamamos de testes dinâmicos e consistem em colocar os equipamentos em funcionamento para ajuste. É uma fase necessária para oferecer segurança quando formos iniciar a operação comercial ainda neste ano”.

(Da Coluna Vertical, do O POVO)

Governo assina ordem de serviço para duplicação da CE 085

74 1

A principal via de acesso ao Litoral Oeste, a CE-085, vai ser duplicada. A ordem de serviço da primeira etapa do projeto será assinada nesta terça-feira, às 15h30min, pelo secretário do Turismo, Bismarck Maia, durante ato no auditório da Secretaria do Turismo do Estado.

Para liberar a área onde será instalada a Refinaria Premium II, da Petrobras, a duplicação vai começar pelo segundo trecho do total projetado. Este, com extensão de 12,56 quilômetros, vai contornar o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

As empreiteiras Luís Costa Ltda e Ecocil ganharam a licitação nessa etapa da obra, que será executada por R$ 21.845.305,63. Essas empreiteiras terão 300 dias para conclusão do projeto, contados a partir da assinatura da ordem de serviços.

Sebrae abre seleção nacional para técnico de nível superior

“O Sebrae Nacional vai selecionar profissionais de nível superior para o cargo de Analista Técnico. Serão oferecidas três vagas para profissionais de várias áreas de conhecimento. As inscrições custam R$ 100 e podem ser realizadas no endereço http://www.fapetec.org/sebrae/br/sebrae_nacional/, no período de 24 de abril a 9 de maio.

Podem se candidatar profissionais das áreas de Tecnologia da Informação, Relações Públicas, Administração de Empresas, Economia, Ciências Políticas, Ciências Sociais e Relações Internacionais com pós-graduação completa. Os salários são de R$ 7.088,39.

É exigida experiência comprovada de, no mínimo, seis meses de trabalho como profissional de nível superior atuando com definição e especificação de fluxos de negócios, elaboração de documentos de especificação de software, revisão de testes de software e gestão de projetos de software. Em alguns casos, também é exigida atuação em gestão de projetos de cooperação internacional, negociações internacionais, articulação institucional e conhecimentos avançados em espanhol ou inglês.

Realizado pela Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura (Fapetec), o processo seletivo será composto por três etapas, sendo a primeira análise curricular, de caráter eliminatório. A segunda fase, eliminatória e classificatória, avaliará conhecimentos específicos dos candidatos por meio de aplicação de provas objetiva e discursiva. Por último, os dez primeiros candidatos classificados farão a prova técnica-situacional para avaliar competências específicas do cargo.

Os selecionados vão trabalhar na sede do Sebrae Nacional, em Brasília (DF). A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. Entre os benefícios oferecidos estão assistência médica e odontológica, plano de previdência privada, vale-transporte, auxílio alimentação, auxílio refeição, seguro de vida e educação para filhos.”

(Agência Sebrae)

Eudes Xavier não vai mais assumir a SER VI

90 4

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=79TRG90Zvzc[/youtube]

O deputado federal Eudes Xavier (PT) não vai mais assumir como secretário executivo da regional VI como queria a prefeita Luizianne Lins. Segundo o parlamentar, que está retomando atividades nesta terça-feira, em Brasília, não houve acordo entre os suplentes Paulo Henrique Lustosa (PMDB) e o petista Ilário Marques.

Trabalhadores da construção civil devem paralisar cerca de 20 obras nesta 3º feira

Trbalhadores do setor da construção civil estão realizando passeata a partir do aterro da Praia de Iracema, em direção a avenida Beira Mar. O objetivo é chamar a atenção da população para a campanha salarial da categoria e solicitar o retorno do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado à mesa de negociações.

A meta dos trabalhadores da construção civil é paralisar cerca de 20 obras por duas horas, dentro do objetivo de pressionar por 17% de reajuste, R$ 80,,00 de cesta básica e plano de saúde. Algumas obras de condomio em construção na área da avenida Abolição vão parar e envolvem construtoras como Marquise, Rossi, Integral, Harmony, Moura do Buaux e Diagonal.

Caso dos consignados – Promus divulga nota apresentando sua defesa

64 2

“A Promus Promotora de Crédito e Cobrança divulgou nota ontem com o intuito de se defender das denúncias a respeito do crédito consignado a servidores públicos estaduais, que vêm sendo feitas pelo deputado estadual Heitor Férrer (PDT) desde setembro de 2011. A Promus é uma das empresas subcontratadas pela Administradora Brasileira de Cartões (ABC).

Na nota, a Promus explica que sua atuação está restrita ao âmbito privado e informa que não tem deixado de responder a questionamentos administrativos ou jurídicos e que está adotando todas as providências cabíveis para preservar a empresa.

“(A Promus) lamenta que a imunidade parlamentar do porta-voz das acusações, Heitor Férrer, permita que as injúrias sejam proferidas sem qualquer necessidade de comprovação”, diz. O documento ainda “provoca” o deputado a se furtar da prerrogativa, para equilibrar o debate com “provas e não palavras vãs”.”

(O POVO)

Governo anuncia liberação de R$ 2,7 bilhões para ações de combate à seca no Nordeste

46 1

Dilma e Cid Gomes mostram descontração em Aracaju

Em reunião com governadores de estados do Nordeste, a presidenta Dilma Rousseff anunciou  nessa segunda-feira (23), em Aracaju (SE), medidas para  minimizar efeitos da estiagem no Nordeste. Concessão de crédito para garantir seguro a pequenos produtores, expansão da rede de abastecimento de água, antecipação dos recursos do programa Água para Todos e recuperação de poços artesianos estão entre as medidas anunciadas.

No total, entre liberação de créditos e linhas especiais, os investimentos somam cerca de R$ 2,7 bilhões, segundo o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, que acompanhou a presidenta Dilma Rousseff à reunião com os governadores nordestinos.

Serão enviadas ao Congresso quatro medidas provisórias para que haja mais liberação de recursos para a região. A primeira medida será para a abertura de crédito extraordinário de cerca de R$ 200 milhões a pequenos produtores que não são segurados pelo programa Garantia Safra, que paga aos agricultores prejudicados pela estiagem R$ 680, valor parcelado em cinco vezes.

“Já estamos chamando esse programa de Bolsa Estiagem”, disse o ministro de Integração Nacional, Fernando Bezerra. Para receber o Bolsa Estiagem, o agricultor terá de fazer parte do sistema de Cadastro Único. Com esse programa, o governo pretende pagar até R$ 400, em cinco vezes de R$ 80.

A presidenta também deverá enviar ao Congresso outra medida provisória para conceder cerca de R$ 60 milhões para a implantação e a recuperação de poços artesianos. O governo identificou a existência de quase 5 mil poços já perfurados e que podem ser equipados para ampliar a oferta de água até novembro. O governo estima que, desses poços, 2,4 mil sejam economicamente viáveis para receberem equipamentos nos próximos seis meses.

(Agência Brasil)

Má distribuição de médicos pelo território nacional é tema de debate nesta terça-feira

A presença desigual dos médicos nos municípios brasileiros será tema de audiência pública da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) nesta terça-feira (24), a partir das 11 horas. O debate foi pedido pelos senadores Paulo Paim (PT-RS) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

Vanessa Grazziotin é autora do projeto – em tramitação – que reconhece diplomas de medicina expedidos por instituições estrangeiras quando condicionados, entre outras coisas, à atuação do profissional em regiões pré-definidas.

A senadora tem criticado a falta de profissionais da saúde no interior dos estados e na periferia das grandes cidades. No início do mês, Vanessa Grazziotin disse no Plenário que a média de médicos no Brasil é de 1,95 para cada grupo de mil habitantes, quase o dobro da recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de um médico para cada mil habitantes. Mas a situação é diferente na região Norte.

Esses profissionais, no entanto, se concentram nos grandes centros. Por outro lado, cerca de 2,1 mil municípios enfrentam dificuldades para manter equipes médicas, principalmente destinadas à saúde da família.

(Agência Senado)

Cid diz que Dilma será peça fundamental na definição entre PT e PSB em Fortaleza

66 4

Ferrucio diz ter “sonho” de administra Fortaleza.

“Na véspera da reunião entre PT e PSB de Fortaleza para dar início as discussões em torno da aliança entre as siglas na Capital nas eleições deste ano, o secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa (PSB) disse, pela primeira vez, que “seria um sonho” governar Fortaleza.

As declarações do secretário, que é um dos pré-candidatos de seu partido à prefeitura, foram dadas em reunião entre as executivas municipal e estadual do PSB na noite de ontem. O governador Cid Gomes foi convidado para participar da reunião já que o presidente municipal do PSB, Karlo Kardozo, se reúne hoje com o diretório municipal do PT para discutir a aliança.

Quanto ao sonho de Ferruccio, Cid Gomes demonstrou satisfação pelo desejo do secretário. “Isso é um sonho legítimo. Fico feliz de saber que o Ferruccio tem um sonho nessa linha”, afirmou Cid.

Antes do início da reunião, Cid desconversou sobre o assunto do encontro com a executiva municipal do PSB. No entanto, Kardozo confirmou que a reunião seria para dar início a definição da aliança na Capital. Cid destacou que já conversou com a presidente Dilma sobre as eleições em Fortaleza este ano e ressaltou que o ex-presidente Lula, com quem deverá conversar nos próximos dois meses, será peça fundamental na decisão em Fortaleza.