Blog do Eliomar

Últimos posts

Polícia prende mais três acusados do roubo em Palhano

Dois homens e uma mulher foram presos nesta quarta-feira (5), em Palhano (a 127 quilômetros de Fortaleza), acusados de participação no roubo de uma agência bancária no município, nessa terça-feira (4). Dois presos são paraenses e, segundo a Polícia, seriam marido e mulher. O outro acusado estava armado com uma metralhadora e munição.

Outros três presos estão na Delegacia-Geral da Polícia Civil, enquanto quatro homens foram mortos em confronto com os policiais.

Marco Aurélio propõe redução nas penas de condenados do mensalão

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), sugeriu nesta quarta-feira (5) reduções significativas nas penas aplicadas a vários condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão. O maior corte é no caso do publicitário Marcos Valério, considerado o principal articulador do esquema, cuja pena atual é 40 anos, dois meses e dez dias. Com a proposta de Marco Aurélio, a pena cairia para dez anos e dez meses. 

Segundo Marco Aurélio, delitos diferentes, como corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta de instituição financeira, devem ser considerados como um único crime, pois eles têm como propósito atentar contra a administração pública. No conceito de continuidade delitiva, apenas a pena mais grave é considerada, e essa é agravada em até dois terços.

“Mais importante que a pena aplicada, é a condenação. Estamos diante de acusados onde sobressaem as circunstâncias. São agentes da prática criminosa, episódicos, não sendo o caso de condenados que podem ser tidos como perigosos, a sugerir afastamento da vida social projetada no tempo”, justificou o ministro.

Nos cálculos de Marco Aurélio, somente a pena para formação de quadrilha não entra na redução. Por isso, réus, como José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil), José Genoino (ex-presidente do PT) e Delúbio Soares (ex-tesoureiro do PT), condenados por corrupção ativa e formação de quadrilha, não teriam as penas alteradas. Por outro lado, alguns réus seriam beneficiados na mudança do regime fechado para aberto e o semiaberto, como o deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) e o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ).

Para Marco Aurélio, o conceito de continuidade delitiva deve ser aplicado para beneficiar o réu, e não para prejudicá-lo. “Embora integrantes estivessem buscando vantagens individuais, é inegável que houve busca coletiva por ilícitos em desfavor da administração”. Apesar de reduzir o tempo de prisão, o ministro entendeu que o conceito não pode ser aplicado para redução das multas, que devem ser mantidas nos patamares atuais.

Único a comentar o assunto antes do intervalo, o presidente do STF e relator do caso, Joaquim Barbosa, rejeitou a hipótese de unir os crimes como um só. “A propina foi paga para diferentes atos de ofício por agentes públicos diferentes, representando entidades públicas distintas. As empresas são diferentes e também os lugares. Há distinção enorme de situação”, explicou Barbosa.

Para o relator, se o STF fosse considerar rigorosamente o entendimento em casos anteriores, a Corte deveria ter sido ainda mais rigorosa, somando penas que foram consideradas como uma só, como repetidas operações de lavagem de dinheiro praticadas por alguns réus. “Não se pode confundir o fato de ter praticado vários crimes ao longo de dois anos, de forma organizada, como continuidade delitiva. Seria um privilégio indevido concedido a réus que fazem da prática criminosa uma rotina”.

(Agência Brasil)

Luizianne Lins quer dobrar recursos do Fundeb e do FPM

A prefeita Luizianne Lins e o secretário Elmano de Freitas desembarcaram no Aeroporto Internacional Pinto Martins, na tarde desta quarta-feira (5), em voo procedente de Brasília.

A prefeita e o secretário de Educação tiveram uma reunião com o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, sobre a possibilidade de aumento de repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para o próximo ano.

(Foto: Divulgação)

Banco Safra lança livro sobre o Museu do Ceará

Será lançado, às 19 horas da próxima terça-feira, o livro sobre o Museu do Ceará editado pelo Instituto Cultural J. Safra, com apoio do Ministério da Cultura (Lei Rouanet). A solenidade ocorrerá no Palacete Senador Alencar, a sede do museu (Centro). O volume, que homenageia os 80 anos da Instituição, é o 31º da série “Museus Brasileiros”, iniciada pelo Safra em 1982 e que se tornou uma referência para o setor museológico e para o meio cultural do País.

No formato 28 cm x 20 cm, o livro tem 360 páginas, mais de 300 fotos e mantém o mesmo padrão gráfico dos anteriores. A distribuição é dirigida a museus, bibliotecas e a pesquisadores, jornalistas e interessados em geral em arte e cultura do Brasil e do exterior.

PT perde chance de desmoralizar mídia envolvida com crime organizado

193 13

Com o título “O ilimitado masoquismo petista”, eis artigo do jornalista e radialista Messias Pontes. Ele bate na grande imprensa por conta do Mensalão e, principalmente, chama a atenção para o envolvimento de alguns profissionais da área com o contraventor Carlinhos Cachoeira. Para Messias, o PT, alvo de ataques, perde a chance de desmoralizar parte dessa mídia envolvida com o crime organizado.

Deixar o cavalo selado passar mais uma vez e não montar é muita incompetência ou na melhor das hipóteses masoquismo. Assim está agindo o Partido dos Trabalhadores que há uma década vem sendo massacrado impiedosamente pela velha mídia conservadora, venal e golpista, e mesmo assim não sabe ou não quer aproveitar as oportunidades de ouro para desmascarar a sua algoz.

Até as pedras de Cococi sabem que o julgamento da Ação Penal 470, chamada pelos colonistas de mensalão, foi todo guiado pela velha mídia. Julgamento sumário, de exceção, verdadeira inquisição em pleno século XXI. Não se trata aqui de querer inocentar os condenados, mas não dá para esconder que todo o julgamento foi uma excrescência jurídica. Além de penas muito pesadas, alguns foram condenados sem nenhuma prova documental.

Não se busca aqui nenhuma revanche, mas tão somente mostrar o quão maléfica é essa mídia, historicamente. Em troca de 30 moedas da Standard Oil, posicionou-se contra a campanha do Petróleo é Nosso na década de 1950; na mesma década levou o presidente Getúlio Vargas ao suicídio; em 1961 fez coro com os miliares golpistas contra a posse do vice-presidente João Goulart com a renúncia de Jânio Quadros; três anos depois preparou e apoiou o golpe militar de 1º de abril e respaldou os 21 anos da ditadura militar; em 1989 ajudou a eleger Fernando Collor de Mello; e 1994 e 1998 elegeu o outro Fernando, o Coisa Ruim.

Nos oito anos do governo Lula e nos dois de Dilma Rousseff, essa velha mídia não deu tréguas e, em 1995, tentou um golpe de Estado contra Lula. Tudo baseado em mentiras. Agora, quando está mais que provado que setores dessa mídia estão envolvidos até a medula com o crime organizado, o PT perde uma oportunidade de ouro de desmoralizar essa gente. A CPMI do Cachoeira mostrou ao Brasil que o envolvimento de cinco jornalistas, em especial o diretor da sucursal de Veja em Brasília, Policarpo Júnior, de há muito agia em conluio e a serviço do contraventor Carlinhos Cachoeira.

O deputado petista Odair Cunha, relator da CPMI, produziu um relatório baseado em provas documentais e testemunhais, mas não resistiu à pressão da velha mídia e, pasmem, da direção do próprio partido, começando pelo presidente Rui Falcão. O relator pedia o indiciamento dos cinco maus jornalistas e a investigação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pelo Conselho Nacional do Ministério Público, mas acabou se acovardando e jogando fora mais de 300 páginas do relatório que mostravam o envolvimento de todos eles com a organização criminosa de Cachoeira.

O relatório será lido na tarde de hoje e o deputado Odair Cunha poderá dar o grito de libertação, se recuperar perante o seu eleitorado e a própria militância petista, respeitar os cabelos brancos do seu colega do Paraná Dr. Rosinha e mostrar toda a verdade à Nação. Caso contrário estará condenado a perder o mandato em 2014 e entrar no rol dos covardes.

Uma vergonha!

* Messias Pontes,

Jornalista e radialiasta.

FCDL e CDL promovem festa do “Lojista do Ano”

Tudo pronto para a festa do Lojista do Ano 2012. A promoção da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL) e Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL) ocorrerá a partir das 21 horas, de sexta-feira, no La Maison Coliseum.

Receberá nessa ocasião o Troféu Iracema,  a maior comenda do setor lojista cearense, o empresário Francimar Albuquerque, controlador da rede Baby Center, voltada para artigos infantis.

A solenidade marcará também os 40 anos de fundação da FCDL, hoje sob comando de Honório Pinheiro.

(Foto – Divulgação)

Cesta básica cai em 13 das 17 Capitais. Fortaleza estabilizou preços

“O valor dos alimentos no mês de novembro caiu em 13 das 17 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As maiores quedas foram registradas no Rio de Janeiro (-7,88%), em Porto Alegre (-6,18%) e em Goiânia (-5,26%). As únicas altas do mês foram observadas em João Pessoa (1,02%), Belém (0,61%), Vitória (0,5%) e Florianópolis (0,31%). São Paulo foi a capital com a cesta básica média mais cara (R$ 299,26). Depois apareceram Vitória (R$ 295,31) e Porto Alegre (R$ 286,83). Os menores valores foram verificados em Aracaju (R$ 205,63), Salvador (R$ 220,49) e João Pessoa (R$ 235,35).

Pelas estimativas do Dieese, para garantir o sustento básico da família, o valor do salário mínimo pago ao trabalhador deveria ser de R$ 2.514,09, o equivalente a 4,04 vezes o piso vigente. Na comparação com outubro, houve queda dessa projeção. No mês anterior, o salário deveria ter sido R$ 2.617,33 (4,21 vezes o salário base). Em novembro de 2011, a estimativa do Dieese para o salário mínimo era de R$ 2.349,26 ou 4,31 vezes o valor mínimo em vigor na época.

No acumulado do ano até novembro, apenas Goiânia registrou queda nos preços médios dos alimentos (-3,56%). Os aumentos mais significativos ocorreram em Natal (16,04%), João Pessoa (15,25%) e no Recife (14,84%).

Nos últimos 12 meses, de dezembro de 2011 a novembro deste ano, o custo médio da cesta básica aumentou em todas as capitais pesquisadas, entre elas, Natal (19,63%), João Pessoa (18,71%) e Fortaleza (18,46%). As menores elevações foram observadas em Goiânia (1,82%), Porto Alegre (2,57%) e Rio de Janeiro (3,98%).”

(Agência Brasil)

Mercadinho São Luiz reinaugura loja na Praia de Iracema

Mercadinho São Luiz reinaugura loja da Praia de Iracema no próximo dia 20. Totalmente reformada e dentro do conceito de reforçar o trabalho de revitalização dessa área de Fortaleza . Essa rede de supermercados, bom destacar, vem investindo em modernização nos últimos anos.

À frente, Severino Neto, que assumiu recentemente como presidente da Associação Cearense de Supermercados (Acesu).

 

Senado aprova benefício integral para gestantes de alto risco

“A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou hoje (5), em caráter terminativo, projeto de lei que garante à gestante de alto risco licença especial remunerada. Pela proposta da senadora e atualmente ministra da Cultura, Marta Suplicy, as gestantes nessa situação terão direito ao valor total do salário de benefício calculado pela Previdência Social durante todo o período de alto risco. A matéria vai agora à apreciação da Câmara dos Deputados. A licença especial em caso de risco à gestante ou ao bebê terá que ser comprovada por laudo médico.

A relatora da matéria, Lúcia Vânia (PSDB-GO), destacou que entre 15% e 20% das gestações são consideradas de risco. Isso, segundo ela, exige “repouso e cuidados especiais, para a preservação da mãe e da criança, o que demanda o afastamento da mulher grávida de suas funções profissionais habituais”. Lúcia Vânia ressaltou ainda que a legislação já contempla a garantia de emprego à grávida, inclusive no período de licença-maternidade de quatro meses. Segundo a senadora, a mesma lei também estabelece o recebimento de auxílio-doença nos casos em questão. “Essa regulamentação [prevista na legislação em vigor], contudo, não é isenta de problemas, o que justifica a aprovação do projeto de lei”.

Entre essas pendências ela destacou que a lei em vigor não prevê os parâmetros de fixação do valor e da concessão do benefício. O projeto define o pagamento do auxílio-doença no valor integral do salário.”

(Agência Brasil)

“Meirinha” faz humor em rede nacional

205 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=apXtxE3_ZfE&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

Ela está de volta e sendo convidada para programas nacionais de humor. Falamos da atriz Karla Karenina, que, com o personagem “Meirinha”, viajou para São Paulo, nesta quarta-feira. Meiriha vai gravar para o programa “Feira do Riso”‘, que estreou na última terça-feira na Redetv.]

Karla Karenina também comemora a eleição do humorista Paulo Diógenes, que interpreta “Raimundinha”, para vereador de Fortaleza.

Prefeitura de Fortaleza convoca 1.600 profissionais de saúde

Essa informação é do site da Prefeitura de Fortaleza:

A Prefeitura de Fortaleza convoca 1.600 profissionais de saúde de nível médio e superior, aprovados em seleção pública de 2012, para apresentação de documentos nos próximos dias 6 e 7 e lotação (escolha do local de trabalho) nos dias 10, 11 e 12 de dezembro. Os convocados devem comparecer ao prédio da Secretaria Municipal de Saúde (Rua do Rosário, 283 – 6º andar – Centro). O cronograma de apresentação de documentos e lotação, por categoria profissional e turno, a relação nominal dos convocados e os editais da seleção podem ser acessados no endereço eletrônico
www.sms.fortaleza.ce.gov.br

Os convocados devem levar originais e cópias legíveis dos seguintes documentos: Carteira de Identidade, Cadastro de Pessoa Física (CPF), Título de Eleitor e comprovante de votação, Carteira de Reservista, da Inscrição do Programa Integração Social (PIS) ou Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), da Certidão de
Antecedentes Criminais, da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e do Atestado Médico Admissional (ASO), além de um retrato 3×4 recente e dos requisitos básicos constantes no Anexo I dos edital nº 7, 8, 9 e 10, de 27/2/2012, com destaque para Diploma, Carteira do Conselho e Especialização, no caso dos médicos.

CONVOCADOS

Os profissionais convocados são 70 agentes comunitários de saúde, 198 assistentes sociais, 359 enfermeiros, 167 farmacêuticos, 50 fisioterapeutas, 40 fonoaudiólogos, 42 médicos, uma nutricionista, 417 técnicos de enfermagem, 52 técnicos de radiologia, 135 psicólogos e 69 terapeutas ocupacionais. Eles serão lotados nos serviços de atenção básica ou de média ou alta complexidade. Entre os médicos, há mastologista, pediatras, gineco-obstetras, anestesistas, traumato-ortopedistas, cirurgiões gerais, cirurgião vascular e acupunturistas.

AJE Fortaleza promove fórum de jovens lideranças empresariais

Começa nesta quarta-feira, a partir das 19 horas, no Centro de Eventos, a primeira edição do Fórum Cearense de Jovens Lideranças Empresariais. Realizado pela Associação de Jovens Empresários (AJE), o evento terá como tema “O futuro da empresa familiar: desafios e soluções”. Dentre os palestrantes, está Patrice Gaidzinski, que foi diretora-executiva da Family Business Network (FBN) no Brasil, e Eduardo Najjar executivo que coordenou o Núcleo de Estudos de Empresas Familiares e Governança Corporativa da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).

Os negócios familiares representam 85% das empresas brasileiras e são responsáveis por 50% do PIB nacional. “A sucessão familiar no ambiente empresarial deve ser construída a longo prazo, embasada no perfil do sucessor e do sucedido”, diz Tiago Diógenes, coordenador geral da AJE Fortaleza.

Tiago Diógenes é um dos entrevistados do Vertical S/A desta semana, ao lado de Cícero Rocha, palestrante do evento e CEO do Instituto Empresariar. O programa é exibido pela TV O POVO em horário executivo, nesta quarta-feira, às 7 horas.

Justiça manda bloquear contas da Prefeitura de Pacajus

“A juíza Regma Aguiar Dias Janebro, titular da 2ª Vara de Pacajus, determinou o bloqueio de 50% do ICMS, do Fundeb e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referentes à Prefeitura de Pacajus (Região Metropolitana de Pacajus). A decisão, dada em caráter liminar, data do último dia 29 e foi provocada por uma Ação Civil Pública (ACP) movida pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) no mesmo dia.

De acordo com a promotora de Justiça Deolinda da Costa, o motivo da ação é o atraso no pagamento dos servidores por parte da gestão municipal. Além do recebimento de denúncias, o MP se baseou em um relatório feito pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) durante inspeção realizada em Pacajus para prevenção de desmonte. O Ministério Público também constatou outros problemas, como, por exemplo, a redução da jornada em algumas escolas públicas ocasionada por falta d’ água e por problemas relacionados à merenda escolar e ao transporte.

Na decisão, a juíza afirma que há graves irregularidades no município e que defere o pedido do MP também para garantir a continuidade dos serviços públicos essenciais. “A cidade de Pacajus se encontra em um lamentável abandono por parte do Executivo, que, não tendo saído vitorioso das eleições, padece diante do inadimplemento de suas dívidas, encontrando entraves para administrar a máquina pública”. A promotora Deolinda da Costa destaca a celeridade do Poder Judiciário em apreciar o pedido do Ministério Público, tendo em vista que a liminar foi expedida no mesmo dia em que foi dada entrada na ação.”

(Site do MP/CE)

CNI quer modernização das relações trabalhistas no País

“O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, elogiou hoje (5) a redução das tarifas de energia elétrica para 2013 anunciada ontem (4), apesar de a diminuição ter ficado aquém dos 20,2% que era o objetivo do governo. Na abertura do 7º Encontro Nacional da Indústria (Enai), ele lembrou que a energia é o insumo mais disseminado na indústria – setor responsável por 43% do consumo energético total.

Robson Andrade enfatizou a necessidade de melhorias nas áreas de educação, inovação, relações de trabalho e tributação. “Esses são setores que condicionam a competitividade do setor produtivo e que poderão estimular o crescimento brasileiro. “Com a superação desses entraves, podemos crescer em ritmo vigoroso, deixando para trás a memória de 2012, ano que em que infelizmente a indústria ficou estagnada. É necessário o reforço de medidas que diminuam os custos de produção e assegurem investimentos”, disse o presidente da CNI.

No encontro, a confederação lançou o documento 101 Propostas para a Modernização Trabalhista, em que são apontados problemas em determinados aspectos da relação trabalhista, as consequências de tais problemas e possíveis soluções. As principais áreas em que a CNI entende haver necessidade de modernização são as relações de trabalho, a previdência social, as leis trabalhistas, a insegurança jurídica, os custos do trabalhador e a produtividade. O documento foi uma resposta à pesquisa feita pela confederação em 2012, que apontou a área como um dos entraves primordiais ao desenvolvimento produtivo.

Na abertura do evento, estão presentes a presidenta Dilma Rousseff; os ministros da Educação, Aloísio Mercadante; da Previdência, Garibaldi Alves; do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel; do Trabalho e Emprego, Brizola Neto; da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp; da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário; o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz; representantes de entidades patronais e trabalhistas; entre outras autoridades.”

(Agência Brasil)

DO CEARÁ, participa do 7º ENAI uma caravana de empresários liderada pelo presidente da Federação das Indústrias, Roberto Macedo.

Tribunal de Contas dos Municípios em clima de disputa

196 1

A eleição para a presidência do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) promete disputar. O atual presidente do órgão, Manuel Veras, reafirmou para o Blog, nesta quarta-feira, que é candidato à reeleição.

Ele deverá enfrentar o conselheiro Chico Aguiar, que nunca foi presidente do TCM e acha ter condições agora de assumir esse papel.

*A eleição para a presidência do Tribunal de Contas dos Municípios ocorrerá a partir das 10 horas, nesta quinta-feira.

Movimento no comércio em todo o País registra queda de 2%

“O movimento dos consumidores nas lojas em todo o país caiu 2% em novembro ante outubro, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. Na comparação com novembro do ano passado, o movimento no comércio cresceu 8,9%. No acumulado de janeiro a novembro, houve expansão de 9,4% ante o mesmo período do ano passado. O recuo foi observado em todas as atividades de comércio, principalmente pela existência de três feriados no mês. Segundo a pesquisa, os setores menos afetados foram os de combustíveis e lubrificantes (-1%) e o de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (-0,2%).

De acordo com a análise da entidade, o desempenho negativo em novembro foi influenciado pela queda de 5,6% no movimento dos consumidores nas lojas de veículos, motos e peças, que ainda não se recuperou do forte movimento de antecipação ocorrido em agosto, período previsto para o fim dos incentivos de redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).”

(Agência Brasil)

 

PSDB cearense quer Aécio Neves para presidente

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=u0ksteafOCk&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

O PSDB do Ceará quer e torce para que o senador mineiro Aécio Neves viabilize sua candidatura presidencial em 2014. É o que diz o ex-presidente regional do partido, Carlos Matos. “É o melhor nome que o PSDB tem”, afirma Matos.

Sobre disputa 2014 para o Governo do Estado e a futura administração Roberto Cláudio, o tucano Carlos Matos não comenta, mas faz um alerta: o PSDB cearense precisa ser reestruturado.

Associação Cearense dos Magistrados promove ato pelo fortalecimento do Judiciário

A Associação Cearense dos Magistrados (ACM) vai realizar, a partir da 14 horas desta quarta-feira, no Fórum Clóvis Beviláqua, um ato público. Na ocasião, será distribuída uma cartilha explicando à população sobre as dificuldades e gargalos do Poder Judiciário do Estado.

Dentro dessa luta, segundo o presidente da ACM, Ricardo Barreto, está um trabalho político para garantir mais recursos para o Judiciário. “Ano passado, nós tivemos um corte de R$ 122 milhões e, neste ano, vivemos novamente essa ameça”, alerta Ricardo Barreto.

O esforço, segundo o dirigente da ACM, é para que os parlamentares estaduais garantam avanços no Orçamento do Poder Judiciário “sob pena de não termos verbas para realizar os projetos de melhoramento da própria estrutura da Justiça”.

Hoje, de acordo com Ricardo Barreto, 87% do orçamento do Judiciário vai para o pagamento de recursos humanos, no que sobram 13% para melhoria da estrutura do Poder Judiciário, lamenta o presidente da associação.

Nesta quinta-feira, às 15 hora, na sede do TJ do Ceará, haverá ato pelo fortalecimento do Poder Judiciário.

Magazine Luiza abrirá loja em Juazeiro do Norte

Magazine Luiza vai inaugurar, a partir das 14 horas do próximo dia 22, uma filial no Cariri Garden Shopping, em Juazeiro do Norte (Região do Cariri). Segundo a assessoria de imprensa do grupo, com 717 metros quadrados, climatizada e dentro do padrão de loja conceito da rede, com layout e mobiliários modernos, ambientes diferenciados, programação visual alegre.

Os produtos expostos priorizarão lançamentos, alta tecnologia, modernidade, design inovador e estilo, adianta a assessoria de Magazine Luiza.

 

 

RC anuncia secretariado antes do Natal

O prefeito eleito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), vai estar na próxima segunda-feira, 10, participando da reunião da diretoria da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec). Hora de ouvir reivindicações do segmento que vê Fortaleza sem tanta abertura para essa área.

Por falar em Roberto Cláudio, ele informa que conclui até o dia 15 levantamento sobre a situação administrativa da cidade e, antes do Natal, anunciará, em coletiva, o pacote com os nomes do secretariado.