Blog do Eliomar

Últimos posts

Novo Código Penal – Uso de celular em presídio passa a ser crime

“A comissão que elabora o anteprojeto de lei do novo Código Penal aprovou a criminalização do uso de aparelhos de comunicação, como telefones celulares, dentro de presídios. Reunida nesta segunda-feira (7) para concluir a análise do capítulo dos crimes contra a administração – em que foram incluídos os crimes contra a administração da Justiça –, a comissão também decidiu sepultar a figura do desacato como tipo penal.

Atualmente, o uso de celular em presídio é repreendido como falta grave do preso, não implicando acréscimo de pena, mas somente refletindo no cumprimento dela (ao impedir a concessão de benefícios, por exemplo).

O código atual criminaliza apenas a facilitação da entrada do aparelho de comunicação nos presídios. A mudança altera o artigo 349-A, para incluir como agente da conduta o preso que “utilizar, de forma não autorizada, aparelho de comunicação, de rádio ou similar, sem autorização legal em estabelecimento prisional”. A pena será de prisão de até um ano.

“O objetivo é proteger as pessoas que são vitimadas por ligações vindas de dentro de presídios”, definiu o relator do novo Código Penal, procurador regional da República Luiz Carlos Gonçalves, referindo-se a golpes praticados por presidiários via celular.”

(STJ)

Consignados: “Quem vai ressarcir o dinheiro retirado sorrateiramente do suado vencimento do servidores estaduais?”

153 5

Eis artigo do professor Francisco Wyldes de Oliveira, mestrando em Economia do CAEN/UFC. Com o título “Afronta aos parâmetros éticos e mercadológicos”, ele aborda, na´página de Opinião do O POVO desta terça-feira, o caso dos consignados denunciado pelo deputado estadual Heitor Férrer (PDT. Confira:

No Brasil, o spread bancário é, em média, 40%; no México, 5%; na Europa, 4%. Spread bancário, em termos simplificados, é a diferença entre a remuneração que o banco paga ao aplicador para captar um recurso e o que ele cobra para emprestar o mesmo dinheiro.

Para o ministro da Fazenda, Guido Mantega, o spread praticado hoje no Brasil não se justifica. Ele afirmou que as instituições privadas estão captando à taxa máxima de 9,75% e emprestando com até 80% de juros. Tem razão a presidente Dilma quando afirma “não tem como explicar essa lógica perversa aos brasileiros.” (O POVO, 1º/5/2012)

Dentre os elementos que compõem o spread bancário há os custos administrativos. Quando o Governo do Ceará resolveu transferir este serviço para a iniciativa privada, de certo modo elevou estes custos, mas não a ponto de justificar uma brutal ganância sobre a folha de salário do servidor estadual.

No Ceará, trabalham no setor público estadual 135 mil servidores e empregados públicos estaduais civis e militares, ativos, aposentados e pensionistas. Partindo da premissa de que as informações prestadas ao O POVO (28/4/2012) pelo sr. Augusto Borges, dono da Bom Crédito, estão corretas, o contrato de exclusividade firmado pelo Governo do Estado com a ABC e o do Bradesco com a Promus causaram, ou causarão até o fim da exclusividade, um prejuízo de R$ 334,4 milhões a 62 mil servidores. Essa é a conta debitada ao servidor estadual que contratou empréstimo consignado nesses 44 meses de vigência do contrato com a ABC pelo Governo para operar o singelo trabalho de controlar a margem de crédito dos servidores, coisa que, a meu ver, qualquer software poderia fazer sem custo expressivo para a Secretaria e Planejamento e Gestão (Seplag).

O cálculo é simples. São R$ 40 milhões contratados mensalmente a uma taxa de 19% durante 44 meses – entre maio de 2009 e janeiro de 2013, prazo de vigência do contrato nº 24/2009, celebrado entre a Seplag e a Administradora Brasileira de Cartões S/A (ABC).

A cláusula do contrato entre Bradesco e Promus, segundo a qual aquele se compromete a “não praticar taxas de juros ou qualquer outra vantagem que desestimule o servidor a utilizar o serviço de intermediação”, é uma afronta aos “parâmetros éticos e mercadológicos”.

Se o Governo do Ceará defende esses parâmetros, por que não fiscalizou o serviço para a concessão de crédito consignado, como afirma? Disso resulta outra questão, relacionada à primeira: quem vai ressarcir o dinheiro retirado sorrateiramente do suado vencimento dos servidores estaduais?

* Francisco Wildys de Oliveira

Mestrando em Economia pelo Caen-UFC.

CPI do Trabalho Escravo – Mário Mamede vai depor

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=X9UdicIobsA&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=3&feature=plcp[/youtube]

O presidente do Instituto de Previdência do Município (IPM), Mário Mamede, vai depor, nesta terça-feira, na CPI do Trabalho Escravo da Câmara, em Brasília. Ele foi secretário nacional dos Direitos Humanos e relatará como enfrentou esse problema durante sua gestão.

Deputado protesta contra calendário que usa transformistas reproduzindo obras sacras

191 2

O deputado estadual Fernando Hugo (PSDB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta manhã desta terça-feira, 9, para protestar contra o “Translendário”, calendário elaborado pelo artista plástico Silvero Pereira, que usa travestis imitando em poses obras de arte. Entre elas, obras sacras, como a Santa Ceia e Pietá.

Confira galeria de imagens

Para Fernando Hugo, é um desrespeito aos cristãos e, principalmente, um “absurdo” financiado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria da Diversidade Sexual.

O parlamentar cobrou valores gastos e disse queencaminhará para o Ministério Público Estadual exemplar do translendario para que o apoio municipal fosse esclarecido.

O deputado disse que essa peça, além de desrespeitosa com símbolos cristãos, virou algo jocoso.

O líder do governo Cid Gomes (PSB) na Assembleia Legislativa, Antonio Carlos (PT), qualificou o discurso de Fernando Hugo de conservador e preconceituoso e destacou que a proposta édefender o respeito à diversidade e combater a homofobia.

A Prefeitura, contudo, afirma que não deu apoio financeiro ou de qualquer outra ordem ao calendário.

Eleições 2012 – PRB do Ceará faz debates no Interior

Sob o comando do seu presidente estadual, empresário Miguel Dias, o  PRB está realizando ciclos de debates no Interior do Estado denominados de “Debates republcianos”. O objetivo é discutir as próximas eleições e acordos políticos.

No último sábado, em Cascavel, o PRB reuniu todos os municípios da região Litoral Leste do Estado. O encontro marcou o lançamento do pré-candidato a prefeito desse município, o comunicador RB Firmo. Já no próximo sábado, os Debates Republicanos serão realizados em Guaramiranga.

Na eleição de 2008, o PRB elegeu um total de 17 Prefeitos, 13 Vice-Prefeitos e 118 Vereadores. Para o pleito de 2012, o Partido pretende ampliar este quadro de eleitos.

Agenda dos Debates Republicanos

12/05 | 9h | Guaramiranga e municípios da região do Maciço do Baturité

19/05 | 9h | Russas e municípios da região do Médio Jaguaribe
        | 19h | Maracanaú e municípios da Região Metropolitana de Fortaleza

26/05 | 9h | Canindé e municípios da região do Sertão Central

27/05 | 9h | Juazeiro do Norte e municípios da região do Cariri e Centro Sul

02/06 | 9h | 5º ENCONTRO ESTADUAL DO PRB CEARÁ | Plenário da Assembleia Legislativa do Ceará.

Tem cearense na Comissão Especial sobre Seca

O deputado federal José Airton (PT) foi indicado para titular de comissão especial que analisará repasse de verbas para municípios que decretaram estado de emergência e calamidade.
Entra, nessa comissão, a apeciação dos casos relacionados à seca, que atinge boa parte dos municípios nordestinos. O grupo deve fiscalizar as providências. 

Defensores públicos pedalam por seus direitos

Em estado de greve, defensores públicos do Ceará vão pedalar, a partir das 8 horas do próximo sábado, pela avenida Beira Mar. A concentração ocorrerá às 7 horas, no aterro da Praia de Iracema. Os defensores públicos  realizam campanha de valorização da categoria e convocam a população a engrossar o movimento.

A Associação dos Defensores Públicos do Ceará informa que, para participar, é preciso doar dois quilos de alimentos não perecíveis (exceto sal) e trocá-los pela camisa da campanha “Defensores Públicos em Defesa do que é Direito”. Esses alimentos serão doados a uma instituição de caridade. As inscrições ocorrerão no aterro da Praia de Iracema, a partir das 7 horas.

Os primeiros 100 participantes receberão as bicicletas locadas pela Associação dos Defensores Públicos do Estado do Ceará (ADPEC). No final do trajeto haverá um manifesto, no aterro, em protesto à carência de defensores em 74% dos municípios cearenses, informa o presidente da ADPEC, Adriano Leitinho.

PEC do Trabalho Escravo pode ser votada nesta 4ª feira

“Sem acordo entre os partidos políticos e por pressão da bancada ruralista, a votação da chamada Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Trabalho Escravo foi adiada de ontem para hoje (9). Os presidentes da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e em exercício do Senado, Marta Suplicy (PT-SP), vão se reunir nesta quarta-feira para tentar encerrar o impasse.

A bancada ruralista defende uma definição mais precisa sobre a punião de perda da propriedade, se comprovada responsabilidade sobre a manutenção de trabalhadores em situação semelhante à do trabalho escravo. Os deputados da bancada ruralista consideraram o texto da PEC  genérico, sem detalhes exatos.

Ontem à noite, a discussão sobre o assunto foi até tarde e mesmo o apoio do governo e a pressão de organizações da sociedade civil foram insuficientes para assegurar a votação da PEC que permite a expropriação de terras nas quais seja constatado o uso de mão de obra escrava. A decisão pelo adiamento foi definida durante reunião dos líderes partidários.

Para o líder do PR, deputado Lincoln Portela (MG), que representa parte da bancada ruralista, as “lacunas” existentes no texto da proposta  podem levar a abusos de autoridade no momento da fiscalização. “O que preocupa alguns parlamentares é a questão da subjetividade do texto. Nós teremos dificuldade de saber como será a atuação do fiscal, se ele poderá fazer a expropriação de qualquer maneira”, disse o líder.

Porém, a Câmara não pode mais alterar o texto, pois a proposta está pronta para ser votada em segundo turno, daí a busca por um acordo no Senado. Depois da votação na Câmara, o texto segue para o Senado. Assim, os líderes partidários pretendem que os senadores incluam os detalhes solicitados pela bancada ruralista.

O líder do governo na Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse que há pontos não esclarecidos no texto. Um desses aspectos é o que se refere aos flagrantes de trabalho escravo em terras arrendadas ou de imóveis urbanos alugados, cujos proprietários não têm relação direta com o crime e, mesmo assim, estão sujeitos a perder os terrenos. A PEC vai à votação depois de dez anos tramitando no Congresso.”

(Agência Brasil)

Adísia Sá: “Há tanto que se fazer com milhões de reais das águas dos peixinhos, dr. Cid”

241 12

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=PEOTfFx6d3s[/youtube]

Com o título “Prioridades”, eis artigo da professora e jornalista Adísia Sá, que pode ser conferido na página de Opínião do O POVO desta terça-feira. Adísia adota posição contrária à construção do Acquario, uma das prioridades definidas pelo Governo Cid Gomes. Confira:

Minha mãe, na experiência de uma vida de luta, dizia, a nós seus filhos, quando pedíamos qualquer coisa: “dinheiro é para roupas e sapatos, e só em aniversário, Natal e Ano Novo. Mas, se querem livros, é só pedir”. Ela tinha prioridades, porque sabia o quanto lhe custava amealhar tostão por tostão na luta diária de sua pequena hospedaria. Custei a compreender quão sábia era minha mãe.

Desde quando comecei a trabalhar, gastar e sentir falta do salário em momentos importantes, cumpro à risca a lição materna e repasso para os mais jovens.

Conto essa memória de família porque dela me lembrei agora, quando acompanho o projeto do Governo de construir o Acquario Ceará. Será que não temos prioridades, urgências suficientes para deixar de lado os peixes, dr. Cid?

Mas, dirá o senhor: “e os turistas que virão visitar nossa Capital atraídos pelo aquário?” Meu Deus: com a única fonte de renda – os ingressos de visitantes – quantos anos para pagar o gigantesco empréstimo feito a bancos estrangeiros? Tostão contra milhão… Gerações ficarão privadas de escolas, moradias, postos de saúde e hospitais porque os reais se foram.

Obra começada e suspensa, retomada e paralisada graças à posição de corporações requerendo dados e esclarecimentos.

Há quem esteja atento ao que se passa e cobre, inclusive, a realização de um “plebiscito municipal sobre a construção do Acquario”. Estou me referindo ao vereador João Alfredo, em boa hora divulgado por Valdemar Menezes em sua coluna de 29/4.

E vai além o colunista: “a consulta seria realizada em outubro, aproveitando o ensejo do comparecimento dos eleitores às urnas para elege prefeito e vereadores. Essa metodologia de aproveitar eleições convencionais para a realização de consultas diretas aos cidadãos é seguida por outros países, inclusive os Estados Unidos. Tanto por ser mais prática, como mais econômica”. Simples pergunta: “Você é a favor da construção do Acquario Ceará?”

Sábia era minha mãe: “dinheiro para roupas e sapatos só em aniversário, Natal e Ano Novo; mas para livros, é só pedirem.” Há tanto o que se pedir e o que se fazer com os milhões de reais das águas dos peixinhos, dr. Cid.

* Adísia Sá

adisiasa@gmail.com

Jornalista.

Na Itália, eleitores rejeitam austeridade e votam em candidatos de oposição

“A maioria dos eleitores da Itália rejeitou a proposta do governo para a adoção de  medidas de austeridade que devem ser implementadas pelo país e pela União Europeia. A reação às medidas ocorreu no fim de semana, por meio das eleições legislativas, nas quais a maioria dos eleitos é contrária às propostas.

Os resultados preliminares das eleições indicam que o comediante e blogueiro Beppe Grillo, que defende que a Itália abandone o euro e não pague suas dívidas, foi um dos mais bem votados. Com sua campanha denominada Cinco Estrelas, ele obteve mais votos do que o partido do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, na cidade de Parma.

Em outras regiões da Itália, houve movimentos semelhantes. Os candidatos que se opõem aos cortes orçamentários e à elevação dos impostos foram bem votados. As eleições foram o primeiro teste político para o atual primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, desde que ele assumiu o poder há seis meses.

Na Grécia e França, os eleitores também demonstraram, no fim de semana, insatisfação com a imposição de medidas de austeridade. Nas urnas, os eleitores escolheram os candidatos que fizeram oposição aos atuais governos.

(Agência Brasil com Agência Lusa)

Cid trata de seca e recursos em Brasília

99 1

O governador Cid Gomes cumpre agenda, nesta terça-feira, em Brasília. Ele e governadores do Nordeste como Marcelo Deda (PT), de Sergipe, terão audiência com o ministro da Integração Nacional, Fenando Bezerra.

Na agenda, providências relacionadas ao apoio às comunidades atingidas pela estiagem que, só no Ceará, já provocou a quebra de 60% da safra. 

Cid terá audiência também em Brasília no M inisério do Turismo e ainda com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, sobre liberação de recursos para uma série de projetos do PAC no Estado.

Venda de produtos da agricultura familiar será feita pela internet

“Para incrementar o programa Rede Brasil Rural, criado no final do ano passado pelo governo federal, e que consiste basicamente numa plataforma eletrônica, o Ministério do Desenvolvimento Agrário pretende instalar, em breve, um comércio virtual para que os produtos da agricultura familiar sejam oferecidos e comercializados pela internet.

Segundo o secretário de agricultura familiar do Ministério de Desenvolvimento Agrário, Laudemir Muller, ainda não há prazo para que esse comércio eletrônico comece a funcionar. Ele acredita, porém, que em alguns meses o novo sítio está disponibilizado ao público.

Explicou o secretário que o “consumidor final vai poder comprar, da sua casa, produtos da agricultura familiar”. Esses produtos também serão oferecidos com prioridade aos gestores municipais de alimentação escolar. A entrega dos produtos, constituído por produtos não perecíveis ou artesanais, ficará a cargo dos Correios, disse Muller.

A primeira etapa do programa, segundo o secretário, consiste em cadastrar os empreendimentos familiares. “Hoje temos mais de 400 entidades cadastradas na Rede Brasil Rural, que representam mais de 150 mil famílias”, disse ele. Segundo ele, 70% dos alimentos que são consumidos diariamente em todo o país vêm da agricultura familiar. “Hoje, a agricultura familiar tem a capacidade de abastecer o país inteiro”, disse Muller.”

(Agência Brasil)

Receita libera lote residual de restituições do IR

“A Receita Federal liberou da malha fina um lote residual de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2011. A consulta ao lote poderá ser feita hoje, a partir das 9 horas, no site da Receita. O contribuinte poderá ligar também para o telefone 146 (Receitafone). No lote, foram incluídas ainda declarações dos exercícios 2010, 2009 e 2008. O dinheiro será depositado na conta do contribuinte no próximo dia 15.

Do exercício 2011, serão creditadas restituições para um total de 38.653 contribuintes, com correção de 11,75 %. No caso de 2010, as restituições irão para 12.167 pessoas, corrigidas em 21,9%. Referentes ao exercício de 2009, serão creditadas restituições para 7.427 contribuintes, com correção de 30,36 %. Para o exercício de 2008, o dinheiro será pago a 3.689 contribuintes, corrigido em 42,43 %.

A Receita lembra que a restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate no prazo, deverá requerê-la pela internet, mediante o formulário eletrônico disponível no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC).

SERVIÇO

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deverá procurar qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento do BB nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (pessoas com deficiência auditiva), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.”

(Agência Brasil)

Parlamentares ex-atletas como Romário farão jogo em favor de atingidos pela seca no Ceará

101 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=g1gBzaH4240&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=3&feature=plcp[/youtube]

O Ceará vai ter jogo envolvendo parlamentares que já foram craques do futebol brasileiro. Isso como forma de apoiar comunidades atingidas pela seca. O deputado federal Domingos Neto (PSB), organiza tudo e diz que ex-atletas como Romário participarão da partida.

Trabalhadores da construção civil de Fortaleza amanhecem em greve

Trabalhadores da construção civil de Fortaleza e Região Metropolitana amanheceram em greve nesta terça-feira. A categoria não conseguiu fechar um acordo salarial com o Sinduscon/Ceará.

A partir desta manhã de terça-feira, a categoria realizará 15 passeatas pela cidade, devendo se concentrar em nova assembleia geral, a partir das 9 horas, na Praça Portugal.

Ou seja, prenúncio de engarrafamentos por vários pontos de Fortaleza.

Os trabalhadores reivindicam 17% de reajuste salarial, R$ 80,00 de cesta básica e plano de saúde, enquanto o Sinduscon ofereceu 6,5%.

Prefeito de Frecheirinha é acusado de fraudar licitação

“O prefeito de Frecheirinha, Helton Luis Aguiar Júnior (PSB), e mais 12 pessoas responderão a ação penal por supostas fraudes em licitações no município, localizado na Região Norte do Estado. Ontem, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) recebeu a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra os acusados que, se condenados, poderão receber penas de detenção de dois a quatro anos e multa.

Segundo o TRF-5, as irregularidades, que teriam sido constatadas durante fiscalização da Controladoria-Geral da União (CGU) ao município, referem-se a verbas destinadas à execução de programas sociais do Governo Federal, no período de maio de 2005 a fevereiro de 2007.

As licitações visavam à aquisição de bens destinados à execução do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), do Programa de Proteção Social Básica do Idoso (PSBI) e do Programa de Proteção Social Especial (PSE).

Segundo a denúncia do MPF, os acusados teriam direcionado as licitações em benefício de pessoas físicas e empresas fornecedoras de produtos alimentícios e de material escolar localizadas em Frecheirinha.

“Em uma das licitações, destinada à compra de alimentos, duas propostas teriam sido montadas para se alcançar a quantidade mínima de concorrentes e favorecer outros dois, que venceram a disputa”, aponta a denúncia.”

(O POVO)

Deputados se reúnem com coordenações de bancadas

77 1

“A construção da Refinaria Premium II, da Petrobrás, no Ceará, foi uma das pautas mais discutidas durante encontro que reuniu, ontem, a coordenação das bancadas federais do Nordeste e do Ceará e os deputados estaduais cearenses. Segundo o deputado federal Antônio Balhmann (PSB), coordenador da bancada cearense, o objetivo do encontro é inserir na pauta dos parlamentares temas relevantes para o Ceará – como a Refinaria.

Segundo o deputado Roberto Mesquita (PV), que participou do encontro, diversos deputados comentaram a demora do projeto em sair do papel. O coordenador da bancada federal do Nordeste, José Guimarães (PT), disse que a pendência ainda não resolvida é relativa à ocupação de parte do terreno da Refinaria por comunidades indígenas.

Os parlamentares também debateram a construção da ferrovia Transnordestina e o problema da estiagem no Ceará. Balhmann (PSB) comentou que durante a reunião foi discutida a necessidade de uma maior participação das bancadas cearenses no Governo Federal, para acelerar projetos.”

(O POVO)

Nos bastidores do clássico-rei, drogas, vandalismo e venda irregular de ingressos

109 2

“A bela festa proporcionada pelas torcidas no maior clássico do Estado está manchada. Infiltrado dos dois lados, estive domingo no estádio Presidente Vargas, para o jogo da final do Campeonato Cearense, entre Fortaleza e Ceará, no Estádio Presidente Vargas e pude constatar o lado obscuro: venda irregular de ingressos, depredação do patrimônio público, venda e consumo de drogas.

Chego ao estádio e me dirijo à entrada reservada à torcida do Fortaleza. Não há mais ingressos à venda, segundo informações na bilheteria. Consigo facilmente passar para o outro lado, onde está a torcida do Ceará. Lá consigo ingresso com um cambista.

Entro no estádio. Na arquibancada, a torcida pula com força sobre as cadeiras de plástico, mesmo havendo espaço para pular sem pisotear os assentos. Logo uma cadeira aparece fora do lugar. Não demora e um grupo de garotos, a maioria aparentando ser menor de idade, acende o primeiro cigarro de maconha.

No intervalo, próximo ao banheiro, observo um rapaz vendendo pequenos pacotes a dois outros rapazes. Aparentemente é cocaína. Chego próximo e pergunto se posso conseguir “pó” com ele, que responde que sim e diz que o preço é R$ 20, mas avisa: “Tem que ser rápido”. Digo que vou chamar um amigo. Não volto mais.

No segundo tempo, vou para a torcida do Ceará. Lá tive menos tempo, mas foi possível ver torcedores pulando sobre as cadeiras, consumindo bebida alcoólica (o que é proibido nos estádios) e incitando a violência contra a torcida adversária. Depois, um torcedor disse que viu o uso de drogas entre torcedores do Ceará “apenas na hora de entrar”, por um “grupo de ‘pivetes’ que estavam escondendo (a droga) dentro do tênis”.

No banheiro, um dos responsáveis pela limpeza afirmou que é comum encontrar vestígios de drogas, principalmente de cocaína. “Todo jogo é desse jeito”.

Ontem, O POVO conversou com torcedores que disseram ir com frequência aos jogos. “Pó e maconha é só o que ‘rola’”, disse um torcedor do Ceará. A venda, segundo ele, é feita dentro do estádio por membros da própria torcida. Já a venda de bebida alcoólica, principalmente cachaça, é feita, segundo o torcedor, por vendedores ambulantes, que escondem a bebida junto a outros produtos.

Outro torcedor do Ceará disse que, apesar do uso de drogas ainda ocorrer, isso vem diminuindo devido a maior presença da polícia. “Antigamente era mais comum.” Um torcedor do Fortaleza disse também que o consumo de drogas e bebidas é comum. “A maioria (dos que consomem) traz de casa mesmo”.

(O POVO)