Blog do Eliomar

Últimos posts

A conjuntura política montada em Amontada

455 1

Quem se encontra neste fim de semana em Icaraizinho, em Amontada, no Norte do Ceará, a 157 quilômetros de Fortaleza, está surpreso com as presenças do deputado estadual Roberto Mesquita (PSD), deputado federal Vitor Valim, deputado estadual Capitão Wagner (Pros) e deputado federal Vaidon Oliveira (Pros).

Às vésperas das eleições de outubro, os parlamentares de oposição por certo deram asas à imaginação do eleitorado de uma costura política.

Mas os próprios parlamentares alegam que o encontro atendeu a um convite de Mesquita, para um fim de semana em uma das praias paradisíacas do Ceará.

(Foto: Leitor do Blog)

Feira de Empregabilidade acontece nesta segunda-feira na Estácio FMJ

Um momento de integração, formação e incentivo ao empreendedorismo acontece nesta segunda-feira, 26, das 14h às 20h, na Estácio FMJ, para atendimento aos alunos da instituição e público em geral. Trata-se da Feira de Empregabilidade, que terá palestras, troca de conhecimento e informações com órgãos como o Sebrae, CRA- CE, CIEE e Sine, além de empresas como a Jobs. O evento será realizado na área externa da instituição, onde estarão montados estandes para atendimento ao público. A entrada é gratuita, sendo opcional a doação de um quilo de alimento.

Duas temáticas importantes serão levadas ao público, com orientações para quem está na busca de ingressar ou de se recolocar no mercado de trabalho. A professora da Estácio FMJ, Joana Esmeraldo, abordará o tema “Elaboração do Currículo Vitae”, às 14 horas. Psicóloga, Joana Esmeraldo é Mestre e Docente dos Cursos de Medicina e Enfermagem da Estácio. Às 18 horas, acontece palestra “Como se Comportar em Entrevistas de Emprego”, com Kátia Souza, formada em Gestão de Recursos Humanos.

Os alunos terão a oportunidade de passar nos estandes e conferir as vagas disponíveis, repassar os seus respectivos currículos e conversar com os representantes das empresas, numa feira de empregabilidade, para que o público tenha oportunidade de se integrar ao mercado de trabalho. Os estandes vão estar abertos, dando apoio aos alunos ou mesmo ao público em geral.

(Estácio de Sá)

Luizianne Lins cobra fim da demagogia nas ações de combate à violência

Da deputada federal Luizianne Lins (PT), ex-prefeita de Fortaleza, em sua página no Facebook, num desabafo sobre o quadro de violência no País e na Capital cearense:

BASTA! Diante da perplexidade, queremos lembrar que soluções fáceis não irão nos trazer a paz. Segurança pública é um dos direitos básicos das pessoas.

É preciso que esse tema deixe de ser usado como instrumento de demagogia da direita que, ano após ano, se fortalece com propostas que apenas jogam para a platéia (como “torrinhas de segurança” ou intervenção militar), sem eficácia, e se passe a apostar em investigações de qualidade, inteligência preventiva e políticas sociais que de fato resolvam o problema.

Precisamos garantir direitos e fazer cumprir a lei – nada mais do que a legislação prevê. Sem isso, continuaremos na escalada de violência que temos visto nos últimos anos.

Papai e mamãe copulavam com os inimigos

235 1

Em artigo no Facebook, a psicanalista Vera Stringhini sinaliza para um Brasil melhor, na medida “do tempo e do destino”, mas para nossos bisnetos, trinetos, tetranetos… Confira:

Somos todos crianças quando aderimos a crenças grupais que nos consolam além do que a realidade permitiria: gostamos de ignorar aquilo que contraria nossos desejos.

Primeiro elegemos um pai e/ou mãe que incorporem as características dos genitores primevos: sublimado individual de todas as perfeições. (Freud diz que a primeira desilusão infantil vem do reconhecimento da diferença anatômica entre os sexos. Se são diferentes, impõe-se a conclusão de que em um deles falta algo, exatamente naquele que é o mais amado. A outra desilusão é a descoberta de que, para fazer um bebê é preciso que os pais se juntem em uma atividade que tem tudo para ser percebida como cruel e dolorosa (Melanie Klein). A terceira vem com a descoberta das imperfeições daqueles que seriam os perfeitos modelos a serem seguidos, até à eternidade. Nesta altura, a criança já está na avançada idade dos 5 anos, e começa a perder a inocência. Descobre o autoerotismo consolador e suspende sua certeza na autoridade suprema dos pais: começa a descobrir a vida com seus próprios recursos. Segundo Lacan é o melhor momento do ser humano, porque a partir de agora terá de aprender a ser um humano apto para a vida social. Perderá a espontaneidade).

Quando a sociedade brasileira se entregou amorosamente para o petismo lulista, aconteceu algo parecido. Parecia que tínhamos acabado de nascer: abaixo todos os discursos anteriores. Getúlio, Brizola, Arraes: todos populistas atrasados; Abaixo todos os presidentes anteriores pós ditadura militar, perseguidos pelo PT com suas campanhas de FORA: Sarney, Color, Itamar, FHC. Até o momento em que fomos descobrindo que papai e mamãe copulavam com os inimigos, gozavam como os inimigos.

Depois disso, entramos numa espiral de autoerotismo, em parte criativo, em parte destrutivo. A parte criativa é da profusão de novas idéias que surgiram deste a queda de nossas ilusões infantis. A parte destrutiva é que não conseguimos perdoar nossa ingenuidade e estamos cheios de raiva: uns porque querem continuar acreditando na virgindade dos pais, outros porque estão à procura de novas ilusões e raivosamente tentam substituir uma perfeição pela outra.

(Aos seis anos a criança precisa encarar a realidade: não é um ser completo: precisa aprender tudo. O que bastava para os pais não basta para o mundo social. E vai descobrir, ao longo da vida, que terá de continuar aprendendo e negociando porque o amor não é uma obrigação de ninguém: é em parte um dom, nosso, gratuito; em parte uma conquista diária.)

Hoje a sociedade está desiludida com seus Poderes, todos. É um bom sinal desde que se saiba que a responsabilidade pela construção dos vínculos possíveis, de confiança e respeito, comecem a ser construídos agora: dentro de casa, no trabalho, nas lides diárias, nas decisões pensadas sem muita paixão, na capacidade de reconciliação com nossos amigos que não pensam como nós, nos diálogos sem ofensas, na adoção da democracia como valor inegociável. Como dizia Churchill: a batalha é a cada dia, em cada praia, em cada casa, dentro de cada um.

Teremos um Brasil melhor? Sim, na medida “do tempo e do destino” (Anaximandro). Veremos este Brasil? Penso que não, talvez nossos bisnetos, trinetos, tetranetos. Mas impõe-se começar agora, que já saímos dos 5 anos de idade.

PSDB faz pesquisa sobre sucessão sem Tasso

866 4

Tasso já virou até coordenador da futura campanha presidenciável de Alckmin.

O PSDB do Ceará encomendou pesquisa qualitativa e quantitativa sobre eleições, mas, claro, tudo ficou para consumo interno. A novidade é que o nome do senador Tasso Jereissati, o líder maior do tucanato cearense, não consta entre opções para o Governo. Pouco se sabe dos resultados, que continuam sendo avaliados em reuniões noturnas e sempre no escritório político de Jereissati.

O vice-presidente tucano Raimundo Gomes de Matos confirma que o nome de Tasso não entrou na pesquisa, que abre para avaliações quanto aos nomes, por exemplo, do Capitão Wagner, Roberto Pessoa e até de Geraldo Luciano, o tucano de peso executivo – vice do Grupo M.Dias Branco, que já avisou, por várias vezes, não querer carregar esse fardo sucessório.

O Capitão Wagner andou chutando o pau da barraca dos tucanos, depois que se mudou, de malas e bagagens, para comandar o Pros. Ele sempre aparece bem cotado, mas, naquela de que não é capitão para virar soldado de partido, vai acabar candidato mesmo a deputado federal, apostam alguns.

Há tucanos, no entanto, acreditando que se o quadro da violência permanecer como está, em crise, o Capitão possa repensar seus planos e o PSDB também repensar apoiá-lo. Pena, no caso, que por uma causa muito, muito complicada.

Patrícia Pillar declara voto a Ciro Gomes e diz que ex-marido não é cínico e nem machista

8367 5

“Convivi 17 anos com ele e ele nunca foi machista. Naquela campanha, ele era uma alternativa ao PT e ao PSDB, e estava super exposto, apanhando dos dois lados. Todas as entrevistas dele em que eu estava presente aparecia essa pergunta (qual a importância da Patrícia Pilar?) e sempre de forma provocativa. E, neste dia, já era a terceira ou quarta. Ele já tinha respondido que eu era sua companheira, que conversávamos sobre tudo, porque era isso mesmo, compartilhávamos um projeto de Brasil. Mas aí perdeu a paciência e deu aquela resposta infeliz (a minha companheira tem um dos papéis mais importantes, que é dormir comigo)”.

A declaração é da atriz Patrícia Pillar, publicada neste domingo (25), no jornal O Globo, em defesa do ex-marido Ciro Gomes, então candidato à Presidência da República, em 2002, pela da Frente Trabalhista (PPS, PDT e PTB), e atual pré-candidato do PDT ao Palácio do Planalto.

“Para uma pessoa que não se tornou cínica, é muito difícil aguentar certas coisas. Só que as pessoas muitas vezes preferem os cínicos, os ‘educados’, que dizem coisas incríveis, mas que fazem o oposto. Isso é terrível. Ele me pediu desculpas, e eu compreendi imediatamente, pelo cansaço e pelo esgotamento que vivi junto com ele”, lembrou.

Sobre o atual cenário político, a atriz na nova novela global “Onde nascem os fortes” assegurou que o voto a Ciro, nas eleições em outubro próximo.

“Voto nele, claro. O panorama ainda está indefinido, mas não há a menor chance de o meu voto não ser dele”, garantiu Pillar, que nas redes sociais é seguida por 433 mil pessoas, além de 1,2 milhão de seguidores no Facebook e mais 44 mil no Twitter.

(Foto: Arquivo)

Defesa de Geddel diz que dinheiro em apartamento era “simples guarda de valores”

A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima afirmou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que a origem dos R$ 51 milhões encontrados, no ano passado, em um apartamento em Salvador, decorre da “simples guarda de valores em espécie”.

A justificativa está na resposta enviada à Corte para rebater a denúncia feita em dezembro do ano passado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

De acordo com a defesa, Geddel, o irmão dele, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), e a matriarca da família, Marluce Vieira Lima, não podem ser acusados dos crimes porque a denúncia está baseada em uma “verdadeira teia de ilações e suposições”.

Segundo a defesa, os valores são fruto de “investimentos no mercado de incorporação imobiliária, com dinheiro vivo”.

“Imputa-se ao peticionário a pretensa prática de supostas (contudo, jamais comprovadas!) condutas: (Simples!) Guarda de valores em espécie em apartamento localizado na cidade do Salvador, alegadamente vinculado a Geddel Quadros Vieira Lima”, diz a defesa.

Geddel está preso desde 8 de setembro de 2017. A prisão ocorreu três dias depois que a Polícia Federal (PF) encontrou o dinheiro no apartamento de um amigo do político.

Conforme a PF, parte do dinheiro seria resultante de um esquema de fraude na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal no período entre 2011 e 2013, quando Geddel era vice-presidente de Pessoa Jurídica da instituição.

A investigação é relatada no STF pelo ministro Edson Fachin. Não há data para o julgamento sobre o recebimento da denúncia, quando a família Vieira Lima poderá se tornar ré. O inquérito será analisado pela Segunda Turma do tribunal, composta pelos ministros Dias Toffoli, Glmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, além de Fachin.

(Agência Brasil)

Salvo conduto de Lula é a primeira pedra no sapato do golpe

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (25):

A admissibilidade do pedido de habeas corpus (HC) para Lula e o salvo conduto para ele não ser preso até a conclusão do julgamento do mérito do HC, em 4 de abril próximo, foi a primeira pedra no sapato do golpe, desde sua arrancada em agosto de 2016, quando Dilma Rousseff foi deposta de forma ilegítima.

Aliás, essa ilegalidade era para ter sido barrada, na ocasião, pelo STF, suposto guardião da Constituição. Só no parlamentarismo um governo pode ser destituído apenas por razões políticas.

No presidencialismo, além da decisão política do Congresso, tem que haver uma lesão jurídica (um crime de responsabilidade).

Por que o STF lavou as mãos naquela ocasião? A se crer no que disse o senador Romero Jucá, o “acordão” nacional (golpe) foi “com o Supremo, com tudo”. Aliás, a movimentação golpista já corria solta no esdrúxulo julgamento do mensalão, articulado para correr paralelo à agenda política da oposição, alimentando-a – segundo diversos estudiosos.

De lá para cá, desencadeou-se uma avalanche de denúncias e decisões sobre os atropelos da Constituição por procuradores, juízes de primeira instância e tribunais de segundo grau.

A condenação de Lula, sem provas convincentes, o lawfare (perseguição política) contra ele e sua família – denunciado pela defesa – a partidarização de setores do Judiciário e do Ministério Público colocam o País à beira de um regime de exceção. A exigência do establishment para condenar Lula de qualquer jeito e tirá-lo da disputa eleitoral alcançou o clímax nos últimos dias. Já se dava Lula como perdido. Aliás, esse sempre foi o objetivo do golpe, desde o início: retirá-lo da cena política, junto com o PT e toda a esquerda.

Metrofor – Edital de Proposta de Interesse pela PPP será lançado na quarta-feira

Na próxima quarta-feira (28), será lançado o Edital da Proposta de Manifestação de Interesse (PMI) que antecede a Parceria Público Privada (PPP) para concessão do sistema em operação do Metrofor (Linha Sul e VLT Parangaba-Mucuripe, em Fortaleza, VLT do Cariri e VLT de Sobral). A divulgação ocorrerá simultaneamente no Diário Oficial do Estado (DOE) e nos sites da Cia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) e Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

As inscrições para participar das visitas técnicas aos sistemas de metrô e VLT incluídos na PPP serão iniciadas no dia 13 e abril próximo, adianta a Seinfra. As visitas serão direcionadas a empresas interessadas em participar da PMI e que desejam conhecer presencialmente os objetos da Parceria Público Privada. Também será disponibilizado um endereço de e-mail para o recebimento de eventuais dúvidas sobre o Edital.

O documento que será lançado na próxima semana passou por um rigoroso processo de elaboração, no qual as regras da PMI foram analisadas e aprovadas previamente pelo Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE) e pelo Comitê Gestor de Parceria Público Privada (CGPPP) do Governo do Estado – órgão formado pela Casa Civil, Seinfra, Seplag, Secretaria da Fazenda (Sefaz) e Procuradoria Geral do Estado (PGE). Numa segunda etapa, os termos da PMI foram submetidos à consulta pública, através da qual pessoas físicas e jurídicas puderam ler e fazer sugestões, que foram analisadas e respondidas pela Cia Cearense de Transportes Metropolitanos.

PPP do Metrofor

A Parceria Público Privada, que será realizada após a PMI, tem objetivo de conceder a ente privado o direito de operação e exploração das linhas Sul, VLT Parangaba-Mucuripe, VLT de Sobral e VLT do Cariri, tendo como contrapartida a obrigatoriedade de prestar serviços de alta qualidade para os cidadãos e seguir uma agenda de manutenções e ampliações em todas as linhas, a longo prazo, sob fiscalização do Governo do Ceará.

Mega-Sena – Ninguém acerta e prêmio acumula de novo

A Caixa Econômica Federal realizou neste sábado (24) o concurso 2.025 da Mega-Sena. Ninguém acertou as seis dezenas, e o prêmio acumulou em R$ 30 milhões.

Os números sorteados foram: 04 – 24 – 46 – 52 – 55 – 56.

A Quina teve 53 acertadores. Cada um levou R$ 47.718,26. Outras 3.730 pessoas acertaram na Quadra. O prêmio para cada uma é R$ 968,62.

O sorteio foi às 20 horas (horário de Brasília) em Campo Limpo Paulista (SP). A estimativa de prêmio era de R$ 25 milhões. O concurso 2.026 da Mega-Sena acontece na próxima quarta-feira (28).

 

Aumento do tempo para prova do Enem agrada professores e candidatos

O anúncio do Ministério da Educação de que os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano terão 30 minutos a mais para fazer a prova de exatas agradou professores e estudantes.

O primeiro dia da prova, que reúne redação e questões de linguagens e ciências humanas, terá cinco horas e meia de duração. O segundo dia, com questões de ciências da natureza e matemática, terá cinco horas. Até o ano passado, o segundo dia tinha duração de quatro horas e meia.

Para o professor Eduardo Valladares, coordenador pedagógico do curso online Descomplica, a medida será positiva, porque a prova de exatas exige dos alunos muito raciocínio de cálculo. “Ter mais 30 minutos é bastante considerável, pois aumenta em cerca de 20 segundos o tempo para cada questão. Parece pouco, mas isso dá mais conforto para os alunos na hora de passar as respostas para o cartão.”, disse Valladares, que também destacou o fato de o edital ter sido divulgado mais cedo neste ano. “Assim o estudante terá mais tempo para se preparar”.

Coordenador pedagógico do Colégio Mopi, do Rio de Janeiro, Luiz Rafael Silva também considera o aumento do tempo positivo. Segundo ele, essa mudança já deveria ter sido feita em 2017, quando o MEC decidiu agrupar as provas de exatas em um mesmo dia. “Muitos estudantes saíram da prova no ano passado falando que não tiveram tempo de resolver todas as questões”, acrescentou o professor.

Para ele, o aumento do tempo não significa que será uma prova mais difícil, pois o Enem vem mantendo a mesma modelagem e o mesmo nível desde 2009. Luiz Rafael disse acreditar que a ampliação vai beneficiar principalmente os alunos que não sabem gerenciar bem o tempo durante a prova.

Nas redes sociais, muitos estudantes comemoraram as alterações no Enem deste ano. “Que notícia melhor do que ter 30 minutos a mais na prova de Matemática desse ano?”, declarou uma estudante no Twitter.

No entanto, alguns levantaram dúvidas sobre a mudança. “30 minutos a mais na prova de exatas do Enem? Não sei se fico alegre ou triste. Será que a prova vem cabulosa?”, questionou um candidato no Facebook. “Tinha de diminuir o número de questões ao invés de aumentar o tempo. Depois de 3 horas de prova a gente já sai dela sem saber o próprio nome”, disse outro aluno no Twitter.

As inscrições no Enem deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano. A taxa de inscrição foi mantida em R$ 82. O pagamento deve ser feito entre os dias 7 e 23 de maio.

(Agência Brasil)

SSPDS diz que prendeu suspeitos de atear fogo contra ônibus

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará divulgou nota, nesta noite de sábado, informando a prisão de três indivíduos suspeitos de atear fogo contra ônibus em Fortaleza. Confira:

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) informa que a Polícia Militar do Ceará (PMCE) realizou a prisão de três indivíduos suspeitos de atear fogo em coletivos. As prisões aconteceram na noite deste sábado (24), no Centro de Fortaleza. Dois dos suspeitos estavam com um galão de gasolina, Rua Castro e Silva, próximo à Praça da Estação.

Os indivíduos foram identificados como Daniel Vanderlei de Freitas Costa (24) e Antônio Elton Lopes Cassiano (29), que tem três passagens por roubo, por porte de arma de fogo e identidade falsa. Um terceiro homem – Igor Victor da Silva Fernandes (18) – foi preso na Rua Padre Mororó, também no Centro, com outro galão de gasolina.

A SSPDS determinou o reforço no policiamento, inclusive com apoio de helicópteros da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Uma reunião entre a cúpula da Segurança Pública e representantes da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) está sendo realizada para traçar as ações para a segurança dos veículos, trabalhadores e passageiros.

Foram registrados, até as 21 horas deste sábado (24), cinco incêndios em ônibus (um na Avenida Leste Oeste, dois na Praça Coração de Jesus, um na Avenida Imperador e um na Avenida G do bairro Vila Velha), em duas torres de telefonia (no bairro Jardim Iracema e outro na Avenida Maestro Lisboa) e duas manifestações com queima de pneus nas avenidas Cel Carvalho e Mozart Lucena, nos bairros Vila Velha e Quintino Cunha, respectivamente.

Em todas as ocorrências, composições do Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará (CBMCE) atuaram para combater os incêndios.

SSPDS/CE

Ônibus circularão em comboios e sob proteção de viaturas da PM e Guarda Municipal

A Empresa de Transportes Urbanos de Fortaleza (Etufor), divulgou, nesta noite de sábado, a seguinte nota:

A ETUFOR informa que o sistema de transporte coletivo de Fortaleza terá esquema especial de funcionamento durante a noite deste sábado e a madrugada do domingo, com operação de linhas que possam atender a população usuária do sistema de ônibus urbanos da Capital.

Diante dos fatos ocorridos, com ataques e atos de vandalismo, os veículos irão circular em comboios com acompanhamento de viaturas da Policia Militar e Guarda Municipal.

DETALHE – A sede da Etufor foi atacada com três tiros nesta noite de sábado.

Ataques a ônibus – Frota vai rodar reduzida mais ainda neste domingo

Neste domingo, a frota de ônibus de Fortaleza deverá rodar de forma reduzida mais do que o normal. Isso é consequência de ataques ocorridos neste sábado por facções criminosas e que deixaram pelo menos três ônibus incendiados. A informação é de fontes ligadas ao Sindiônibus.

O Corpo de Bombeiros confirmou um veículo incendiado na av. Presidente Castelo Branco, conhecida como Leste-Oeste, no bairro Moura Brasil, e outro nas proximidades da Praça Coração de Jesus, no Centro. Esses ataques seriam resposta de facções ao Governo do Estado, que assumiu a responsabilidade por três assassinatos de indivíduos que atentaram contra a sede da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) na madrugada deste sábado.

O POVO Online apurou que pessoas subiram no coletivo que faz a linha complementar 752 – Caça e Pesca / Centro, na Leste Oeste, e jogaram gasolina no veículo. Um atentado na rua Padre Mororó, no Centro, foi frustrado pela Polícia Militar.

(Com O POVO Online)

Em sessão virtual, turma do STF libera acesso de Lula à delação de João Santana

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu aceitar recurso para autorizar a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a acessar parte da delação premiada dos publicitários João Santana e Mônica Moura.

A decisão foi proferida por meio de um julgamento virtual, no qual o encontro presencial do colegiado é dispensado, e derrubou entendimento do relator, ministro Edson Fachin, que havia rejeitado o acesso.

De acordo com a ata do julgamento virtual, a defesa de Lula ganhou o recurso com os votos dos ministro Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. Fachin manteve seu entendimento anterior e Gilmar Mendes também se manifestou contra.

De acordo com o publicitário João Santana, Lula teria solicitado a ele que coordenasse a campanha eleitoral do ex-presidente da Venezuela Hugo Chavez, morto em 2013. Conforme Santana, parte das despesas da campanha teria sido custeada por empreiteiras brasileiras investigadas na Operação Lava Jato.

A apuração está sob o comando do juiz federal Sérgio Moro, na 13ª Vara Federal em Curitiba, que também rejeitou pedido de acesso.

Em novembro do ano passado, Fachin negou acesso aos termos de delação premiada dos publicitários porque ainda existem diligências em curso e poderia prejudicar as investigações. Em fevereiro deste ano, a defesa do ex-presidente recorreu à turma para barrar a decisão. Um mês depois, a questão foi colocada para julgamento virtual pelo relator.

De acordo com a resolução 587, de 29 de julho de 2016, do Supremo, agravos internos e embargos de declrações, dois tipos de recursos, podem ser julgados em ambiente virtual a critério do relator do caso.

(Agência Brasil)

Procurador da Lava Jato liga a série “O Mecanismo”, da Netflix, ao julgamento de Lula

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos responsáveis pela força-tarefa da Operação Lava-Jato em Curitiba (PR), assim se manifestou, neste sábado, em sua página no Facebook,  sobre o julgamento de quinta-feira no STF, que impediu a prisão de Lula pelo menos até o dia 4 de abril.

“Sintomático. Hoje estreia “O Mecanismo” na Netflix, e ontem o Brasil inteiro viu o trailer da próxima temporada.

O procurador referia-se à série de José Padilha sobre a Lava-Jato, que já está disponível no serviço de streaming.

(Com O Globo)

Seminário da Prefeitura debate segurança pública, meio ambiente e desigualdades

O II Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades, encerrado neste sábado (24), no Centro de Eventos do Ceará, no bairro Edson Queiroz, debateu os temas segurança cidadã, meio ambiente, promoção da infância, sustentabilidade e redução de desigualdades. Os painéis tiveram início na quarta-feira (21).

Neste último dia, participam do painel o prefeito Roberto Claudio, o presidente da Câmara Municipal dê Fortaleza, Salmito Filho, o ex-presidente do Ipea e professor Jessé Souza e o presidente do Banco Palmas e líder comunitário Joaquim Melo.

Roberto Cláudio destacou a realização do seminário, diante da busca da implantação de novas políticas públicas. Salmito ressaltou que a cidadania deve ser respeitada e fortalecida para evitar injustiça social.

(Foto: Divulgação)