Blog do Eliomar

Últimos posts

Morre a viúva do ex-presidente francês François Mitterrand

A ex-primeira dama francesa Danielle Mitterrand, viúva do ex-presidente François Mitterrand (1981 – 1995) e ativista dos direitos humanos, morreu na madrugada desta terça-feira, aos 87 anos, segundo fontes do governo e do Partido Socialista.

Danielle, que passou 51 anos casada com Mitterrand, sofria de problemas respiratórios e estava em coma induzido no hospital Georges Pompidou, em Paris, onde morreu às 2h no horário local (23h de segunda-feira em Brasília).

Ela abraçou com estridência a defesa de minorias como os curdos e tibetanos, atuou por uma distribuição mais justa dos recursos globais, e foi amiga do ex-presidente cubano Fidel Castro (1976 – 2008). Seu ativismo explícito causou alguns constrangimentos ao marido.

Em 1989, provocou mal estar com Pequim quando recebeu, na sede da fundação em Paris, o Dalai Lama, chefe espiritual dos tibetanos. Em 1990 desistiu, no último instante, de viajar aos campos de refugiados saharauís em Tinduf, na Argélia, depois que o governo de Marrocos protestou formalmente.

“Minha condição de esposa do presidente me coloca em uma posição onde escuto inúmeros chamados de homens e mulheres oprimidos”, explicava. “Meu objetivo é claro: um mundo mais justo”, afirmou em outubro nos 25 anos de sua fundação.

Também visitou diversas vezes o Brasil, onde possui uma fundação com seu nome, e sempre esteve envolvida em causas ligadas ao meio ambiente e em defesa das questões sociais.

Danielle Mitterrand viajou muitas vezes a Cuba para impulsionar projetos de cooperação, sobretudo os relacionados com o meio ambiente.

Decidiu apoiar o presidente boliviano Evo Morales em 2007 no debate sobre uma nova Constituição contra líderes separatistas daquele país.

Nascida Danielle Gouze, em 29 de outubro de 1924, em Verdun, perto da fronteira com a Alemanha. Era filha de um diretor de escola – destituído do cargo pelo governo colaboracionista de Vichy por não denunciar seus alunos judeus – e de uma professora, ambos militantes socialistas. Ela foi politicamente ativa desde a juventude, e aos 17 anos aderiu à Resistência antinazista, onde conheceu Mitterrand. Na época, o futuro presidente comandava a rede da resistência na Borgonha, sob o codinome de “François Morland”.

François e Danielle se casaram em 27 de outubro de 1944, e Mitterrand então se lançou na carreira política pelo Partido Socialista, sempre com Danielle ao lado, até chegar à presidência, em 1981.

Além de se envolver em campanhas internacionais, Danielle costumava comentar a política interna, criticando abertamente o primeiro-ministro conservador Jacques Chirac, e posteriormente as políticas de imigração do ministro do Interior Charles Pasqua.

Quando Mitterrand morreu, em 1996, Danielle causou frisson ao comparecer ao funeral ao lado da amante dele, Anne Pingeot, com quem o presidente tivera uma filha, Mazarine.”

(Portal iG)

Homem é assassinado após ser expulso de ônibus por brigar com companheira

76 1

“Um homem foi assassinado a tiros e pedradas depois de ser expulso de um ônibus, em Fortaleza, por incomodar um passageiro que estava no coletivo. O crime aconteceu por volta de meia-noite desta segunda-feira, 21, no bairro Alagadiço Novo.

Segundo informações da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, o homem vítima do homicídio teria entrado no ônibus acompanhado da namorada, com que brigava desde o momento em que embarcou no veículo. Inconformado com a postura do homem, um outro passageiro do coletivo tentou encerrar a discussão entre o casal, interrompendo a briga.

Antes de descer do ônibus, o homem que interveio na discussão teria telefonado para integrantes de uma suposta gangue, que foram até uma parada de ônibus e expulsaram a vítima de dentro do coletivo. “Eles arrastaram o homem até um terreno baldio, e mataram a vítima com pedradas e tiros”, afirmou ao O POVO Online a assessoria da Divisão de Homicídios de Fortaleza.

O corpo do homem foi encaminhado à Perícia Forense de Fortaleza (Pefoce), onde aguarda reconhecimento de familiares. Até agora, ninguém foi localizado e a vítima continua sem identificação.

A Polícia faz diligências para tentar capturar os responsáveis pelo homicídio.”

(O POVO Online)

Ministério da Fazenda: Economia do País não cresceu, mas tem tendência de melhora

101 1

“O secretário executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, disse hoje (22), durante o balanço da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), que dados indicam que a economia brasileira não cresceu no terceiro trimestre do ano. Segundo ele, no entanto, deve haver uma melhora do quadro no quarto trimestre. Barbosa destacou que as projeções mostram um crescimento de 3,2% no ano, nas estimativas do mercado financeiro, e de 3,8%, na expectativa do governo.

O secretário ressaltou que essa expansão está dentro das perspectivas do governo que, diante do cenário internacional, adotou medidas que promoveram uma moderação no crescimento da economia.

Sobre a inflação, Nelson Barbosa lembrou que houve uma elevação dos índices em 2011, mas reiterou que o governo espera que a meta seja cumprida. A meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para este é ano é 4,5%, com uma variação de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

De acordo com o secretário, “choques externos e internos” elevaram a inflação. Quanto ao setor externo, na avaliação dele, haverá desaceleração ou recessão nos países avançados,”mas sem crise financeira”. No Brasil, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deverá ficar entre 4% a 5% em 2012, com a inflação cedendo para menos de 5% ao ano. Barbosa acredita que o Brasil também cumprirá as metas de resultado primário, com pequena elevação no déficit em conta-corrente.

Para justificar a projeção de crescimento da economia de 5% em 2012, o secretário citou medidas já adotadas como o aumento do salário mínimo, que passará em janeiro para R$ 622,73, as desonerações por meio do Simples Nacional, que, segundo ele, deve injetar R$ 8 bilhões na economia, e do Programa Brasil Maior e os efeitos da redução da taxa básica de juros (Selic). “Essas medidas já ocorreram e estão em vigor. Por si só, garantem uma aceleração do crescimento da economia para pelo menos 4% no ano que vem. Creio que a gente pode chegar a 5%”, disse Barbosa.

Ele destacou ainda que no ano que vem poderá haver uma maior expansão dos investimentos públicos ligados ao PAC, ao Programa Minha Casa, Minha Vida, ao Programa Nacional de Banda Larga e à Copa de Mundo de 2014. Ele informou que a política fiscal em 2012 será neutra, o que significa que não “puxará para baixo e nem irá estimular a economia. Destacou ainda que o governo estimulará a retomada sustentável na expansão do crédito livre.

“Por isso, que, diferentemente do mercado, nós sustentamos que o crescimento da economia será 4% e nós vamos trabalhar [para] que ele chegue a 5% no ano que vem”, reforçou. Sobre a possibilidade de a inflação ficar abaixo de 5%, Nelson Barbosa prevê que haverá estabilidade ou queda nos preços das commodities (produtos básicos) e queda em alguns preços administrados, como tarifas de energia elétrica e de ônibus. Já o etanol, avaliou o secretário, deverá ter preço estável no ano que vem. Segundo ele, terá impacto ainda na estimativa de inflação a revisão da Pesquisa de Orçamentos Familiares feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

(Agência Brasil)

Transações do Brasil com Exterior registram saldo negativo superior a US$ 3,1 bi

“O saldo negativo das transações do Brasil com o exterior chegou a US$ 3,109 bilhões, em outubro deste ano, informou hoje (22) o Banco Central (BC). O resultado ficou abaixo do projetado pelo BC para o mês, US$ 4,8 bilhões.

O saldo negativo também foi menor do que o registrado no mesmo mês de 2010 (US$ 3,770 bilhões). Nos dez meses do ano, o déficit em transações correntes ficou em US$ 39,092 bilhões, contra US$ 39,130 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. Em relação a tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB), o saldo negativo representa 2,23%.

A conta de transações correntes registra as compras e vendas de mercadorias e serviços. Nesse cálculo estão incluídas, portanto, as exportações e as importações de mercadorias que formam a balança comercial. Segundo o chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Fernando Rocha, o saldo negativo abaixo do esperado foi influenciado pela “balança comercial bem mais favorável do que o inicialmente previsto e pela remessa de lucros e dividendos abaixo do esperado”.

Em outubro, o superávit comercial (resultado positivo de exportações menos importações) de US$ 2,355 bilhões contribuiu para que o déficit em conta-corrente não fosse maior. Nos dez meses do ano, o superávit comercial chega a US$ 25,389 bilhões.”

(Agência Brasil)

Orçamento da União 2012 – Artur Bruno direciona maioria de suas emendas para obras da Prefeitura

158 10

Dos R$ 15 milhões de emendas individuais ao Orçamento da União 2012, o deputado federal Artur Bruno direcionou R$ 12 milhões só para obras da Prefeitura de Fortaleza.

Desse total, ele destinou R$ 6 milhões para a construção do Cuca da Regional IV.

Bruno, bom lembrar, é um dos “prefeituráveis” do PT. Ele se diz confiante de ser o ungido da prefeita, observando ter densidade eleitoral na Capital, bom trânsito entre as correntes petistas e afinidades com o governador Cid Gomes (PSB).

 

IJF ganhará injeção financeira de R$ 3,6 milhões

Será no próximo dia 16 a assinatura do termo de compromisso do “Programa S.O.S Emergências” no Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, confirmou presença e poderá, na ocasião, anunciar recursos também para o futuro Hospital da Mulher.

Já o IJF-Centro está entre os 11 grandes centros de saúde do País incluídos pelo Ministério da Saúde na fase inicial do programa. Todos foram escolhidos por serem referências regionais, possuírem mais de 100 leitos, terem pronto-socorro e realizarem grande número diário de internações e atendimentos ambulatoriais.

S.O.S EMERGÊNCIAS

O S.O.S Emergências, lançado no último dia 8 pela presidente Dilma, em Brasília, é uma ação estratégica para a qualificação da gestão e do atendimento em grandes hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS), priorizando o local mais crítico do atendimento: as emergências. O governo federal – juntamente com os gestores locais – irá promover o enfrentamento das principais necessidades do hospital, qualificar a gestão, ampliar o acesso aos usuários em situações de urgência e garantir atendimento ágil, humanizado e com acolhimento.

Zé Dirceu e alguns reparos na fala de um ex-presidente

105 3

Essa é do ex-ministro José Dirceu, em seu blog. Ele faz reparos no discurso proferido pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso durante evento em São Paulo. Confira

Falou demais e fez mal o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ao generalizar acusações a ONGs, ontem, em seu pronunciamento no 3º Congresso Brasileiro de Fundações e Entidades de Interesse Social, no Memorial da América Latina, na capital paulista.

O ex-presidente falou sobre o papel do 3º setor no País, quando criticou a relação governo e ONGs hoje e considerou que a visão correta de organização social “é oposta a que está tão em moda, aí, de ONGs que pegam dinheiro para corrupção”. Advertiu sobre a “relação delidcada” que pode surgir de ONGs ligadas a partidos, acentuando ser necessário  “muito cuidado para que elas não sejam apenas uma extensão do partido”.

Fez bem, o ministro-secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, em corrigir a generalização do ex-presidente. Até porque estas máximas externadas por FHC, se dirigidas ao seu partido, o PSDB, os tucanos ficariam muito mal.

Fala de FHC se aplica ao seu PSDB que vende emendas

O fato é que elas se encaixam como uma luva, poderiam ser aplicadas ao escândalo da venda de emendas parlamentares por deputados tucanos e dos partidos da base que apoiam o governo do PSDB em São Paulo. Aí, os tucanos ficam muito mal!

O ex-presidente se esqueceu, mas nunca é demais lembrar que o Estado de São Paulo é governado há 20 anos pelos tucanos. Sempre acompanhados em suas administrações por graves denúncias de corrupção, licitações e concorrências públicas dirigidas – há um caso, ainda, agora, envolvendo o metrô paulistano – pagamento de propinas e comissões, e formação de Caixa Dois.

Muito pertinentes, portanto, os reparos do ministro Gilberto Carvalho ao deixar claro que o governo rejeita “o perigoso processo de criminalização” de todo um setor por causa de erros cometidos por uma minoria. “Entendo a fala do (ex) presidente porque, de fato, houve incidência de problemas. Mas essas incidências nós acreditamos que sejam exceções e estão recebendo o devido combate”, destacou.

As soluções para o problema da relação ONGs-governo

As soluções para o problema, que realmente é sério como deixam antever os pronunciamentos do Gilberto e do ex-presidente, passam por dois caminhos, como adiantou o ministro: o primeiro, a conclusão, dentro de 90 dias, do marco regulatório da área, já determinada pela presidenta Dilma Rousseff; o segundo, a necessária alteração da atual Lei de Doações ao 3º setor.

A Lei não pode continuar a ensejar absurdos como o citado pelo ministro, do escritor Raduan Nassar, que doou uma fazenda para pesquisas de uma universidade “e na transferência, teve de pagar R$ 400 mil de imposto”. Tem toda razão o Gilberto quando afirma que a remoção desse tipo de exigência pode “estimular o exercício de responsabilidade social de empresas e pessoas físicas”.

Já que discutimos marco regulatório e revisão da Lei de Doações, entendo que o melhor é rever toda a sistemática de convênios e patrocínios, toda a legislação a respeito e aumentar os controles sobre as ONGs e congêneres que já são muitos, mas sempre podem melhorar.

Sem esquecer que a mudança deve aperfeiçoar, inclusive, e principalmente, o controle de Organizações Sociais de Saúde (OSs) e Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs), às quais os governos tucanos de São Paulo já entregaram mais de 60 hospitais no desmonte que promovem no setor, na privatização da rede pública de saúde do Estado.

Grupo que constroi Transnordestina quer reajuste

A Transnordestina Logística, responsável pela construção da Ferrovia Transnordestina, quer do governo federal reajuste de 25% do seu contrato.

Segundo o presidente da empresa, Tufi Daher, desde 2008 que a obra não sofre reajuste. Ele informou que esteve com o governador Cid Gomes, na última semana, quando pediu para que mediasse essse pedido em Brasília.

No Ceará, a Transnordestina Logística promete concluir no fim deste ano o trecho de ferrovia de Missão Velha (Região do Cariri) e iniciar, em janeiro de 2012, o trecho Missão Velha-Aurora 

PAC 2 – Governo diz ter concluido 11,3% das obras

“O governo federal anunciou nesta terça-feira o segundo balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Em 2011 mostra que foram cumpridos, até o final de setembro, 15% da execução orçamentária prevista para o período 2011-2014, totalizando R$ 143 bilhões. Pelo menos 11,3% das obras já foram concluídas.

Segundo os dados, entre junho e setembro deste ano, houve aumento de 66% na execução orçamentária, passando de R$ 86,4 bilhões para R$ 143,6 bilhões. Na comparação com 2010, o volume de pagamentos efetuados via Orçamento Geral da União, durante o mesmo período, aumentou 22%, passando de R$ 17,7 bilhões para R$ 21,6 bilhões em 2011.

Dos R$ 143,6 bilhões executados, R$ 55,2 bilhões correspondem ao financiamento habitacional destinado à pessoa física; R$ 41,4 bilhões ao executado pelas empresas estatais; R$25,6 bilhões ao setor privado; e R$ 13,2 bilhões ao Orçamento Geral referente à área fiscal e de seguridade. O restante (R$ 5,4 bilhões) referem-se ao Programa Minha Casa, Minha Vida; ao financiamento ao setor público (R$ 2 bilhões); e às contrapartidas de estados e municípios (R$ 700 milhões).

A previsão é que o PAC 2 execute R$ 955 bilhões entre 2011 e 2014. Desses valores, R$ 708 bilhões são previstos para a execução de obras (74% do total). As demais obras serão concluídas após 2014.”

(Com Agências)

Lupi afasta possibilidade de deixar ministério

94 2

“Não há nenhuma possibilidade disso [sair do ministério]”, afirmou, nesta terça-feira, o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, ao ser perguntado sobre sua permanência na função. Ele falou sobre o assunto após o lançamento de um livro na sede do Ministério do Trabalho.

“A melhor resposta quando se julga uma pessoa de injustiças é o trabalho. Vou continuar trabalhando”, completou o ministro. Ele tem seu nome envolvido em denúncias de desvio de verba na pasta e de uso irregular de avião particular que teria sido pago por uma ONG.

Carlos Lupi comentou ainda a reunião de seu partido, o PDT, que acontece na noite desta terça para definir se a legenda apoia ou não a permanência do ministro à frente da pasta. Presidentes dos diretórios, além das bancadas do PDT na Câmara e no Senado estarão presentes ao encontro, que ocorrerá na sede do partido, em Brasília.

Para Lupi, a reunião da executiva é uma reunião de debate da situação. Na avaliação dele, como o PDT é um partido “democrático”, vai apoiar ele em qualquer momento.

Em entrevista nesta segunda (21), Lupi afirmou que o PDT apoiará o governo Dilma mesmo se perder o ministério. “O que vai haver na reunião é um debate. Não temo perder o ministério. O PDT apoia o governo Dilma com ou sem ministérios”, disse. “Estou pronto para a luta”, acrescentou.

* Leia mais em g1.com

Inadimplência das famílias brasileiras cai pelo sexto mês consecutivo

“A inadimplência das famílias brasileiras caiu pelo sexto mês consecutivo em todo o país. Segundo a pesquisa de endividamento e inadimplência do consumidor (Peic) divulgada hoje (21) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 59% das famílias entrevistadas declararam possuir dívidas de cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de loja, empréstimos pessoais, prestação de carro e seguros. Em outubro esse percentual era 61,2%. O indicador recua também em relação a novembro de 2010, quando 59,8% das famílias haviam reportado dívidas.

O número de famílias que declarou não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso voltou a recuar em novembro, após leve alta em outubro, passando de 8,2% para 7,3%. Em novembro de 2010, 9% das famílias declararam não ter condições de pagar suas contas em atraso.

O percentual de famílias endividadas recuou em ambas as faixas de renda pesquisadas. Na faixa de renda inferior a dez salários mínimos, chegou a 60,4% em novembro de 2011, ante 62,9% em outubro. Em novembro do ano passado o percentual era 62,2%. Para as famílias com renda mensal superior a dez salários mínimos, o nível de endividamento recuou de 50,5% das famílias para 48,9%, de outubro para novembro, mas permaneceu superior ao patamar observado em novembro de 2010, quando 45,1% das famílias nessa faixa de renda haviam declarado ter dívidas.

O cartão de crédito foi apontado como um dos principais tipos de dívida por 73,2% das famílias, seguido por carnês (25,8%) e crédito pessoal (12,7%). Para as famílias de renda de até dez salários mínimos, 73,4% apontavam o cartão de crédito, 27%, o carnê e 12,7%, o crédito pessoal. Já para famílias de renda acima de dez salários mínimos, os principais tipos de dívidas apontados em novembro foram: cartão de crédito (71,7%), financiamento de carro (22,4%) e carnês (14,1%).”

(Agência Brasil)

Coelce terá que indenizar em R$ 231 mil dono de loja destruída por incêndio

“A Companhia Energética do Ceará (Coelce) foi condenada a pagar indenização de R$ 231.451,70 à cliente E.S.L., que teve a loja incendiada devido a problemas na rede elétrica. A decisão foi da juíza Mirian Porto Mota Randal Pompeu, da titular da 27ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza.

Desse valor, R$ 120.380,00 são referentes a danos materiais, R$ 86.071,70 são de lucros cessantes e R$ 25 mil de danos morais. Consta na ação (nº 422574-58.2010.8.06.0001/0) que, desde 2003, a cliente possuía empresa de representação e distribuição de cosméticos. O comércio funcionava em espaço alugado, no Centro da Capital.

No dia 22 de outubro de 2007, por volta das 7h, a proprietária foi informada, por telefone, que havia ocorrido incêndio na loja. O Corpo de Bombeiros foi acionado mas, quando conseguiu controlar o fogo, os equipamentos, móveis e mercadorias já haviam sido destruídos.

Ela registrou boletim de ocorrência e o Instituto de Criminalística da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará constatou, por meio de perícia técnica, que a causa do sinistro foi uma variação de tensão da rede elétrica externa.

E.S.L. teve que encerrar a atividade, pois não possuía recursos financeiros suficientes para reabrir o negócio. Por esse motivo, ajuizou ação requerendo reparação dos prejuízos sofridos e os lucros que deixou de obter, além de indenização moral.

A Coelce alegou não ter sido registrada qualquer oscilação de energia naquela data, não tendo nenhuma culpa. A concessionária afirmou ainda que o incêndio pode ter sido provocado por utilização inadequada de aparelhos elétricos.

Ao analisar o processo, a magistrada considerou que a empresa não apresentou provas da responsabilidade da consumidora e que os laudos atestam a má prestação do fornecimento de energia como causa do sinistro.”

(Site do TJ-CE)

Lula deve receber alta nesta manhã de 3ª feira

“A saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva do Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, prevista para o início da tarde, deve ser antecipada para o fim desta manhã. A informação é de integrantes da equipe médica responsável pelo tratamento de Lula, internado nesta segunda-feira (21) para iniciar a segunda etapa da quimioterapia contra o câncer na laringe diagnosticado em outubro.

A previsão dos médicos, na noite de ontem, era de que o ex-presidente almoçasse no hospital hoje, antes de receber alta. Lula, no entanto, teria pedido para voltar para casa mais cedo.

O ex-presidente está acompanhado da mulher, Marisa Letícia, e retornará ao seu apartamento em São Bernardo do Campo (SP), onde, desde que iniciou o tratamento, tem recebido visitas de familiares e amigos. Até o fim da semana, já em casa, ele receberá doses de medicamentos quimioterápicos por meio de uma bomba de infusão ligada a um cateter inserido sob a pele abaixo do ombro direito.

Nos próximos dias, a equipe médica pretende insistir para que o ex-presidente saia mais de casa, se distraia mais e até despache na sede do Instituto Lula, na capital paulista. A melhora do humor, segundo os médicos, contribui para a recuperação do paciente. A presidente Dilma Rousseff tem entrado em contato com a equipe médica nas últimas semanas para obter informações a respeito do quadro de saúde de Lula.”

 (iG)

Ciro apregoa rompimento PSB-PT porque ainda sofre da derrota do Tasso, diz petista

73 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=cDTHU5eB_W0[/youtube]

O deputado federal Eudes Xavier (PT) afirmou, nesta terça-feira, que o ex-governador Ciro Gomes continua sofrendo de “dor de cotovelo” por não ter engolido a derrota do tucano Tasso Jereissati para o petista José Pimentel na disputa pelo Senado.

Eudes diz não ter dúvidas de que o irmão de Ciro, no caso o governador Cid Gomes (PSB), prestigiado em Brasília, não quer o rompimento.

Código Florestal – Ministério Público pode contestar na Justiça novo texto

131 1

“O Ministério Público Federal acredita que o relatório do Código Florestal lido ontem (21) no Senado ainda precisa de ajustes. De acordo com o subprocurador-geral Mário Gisi, caso os temas mais sensíveis não sejam atendidos, existe o risco de o Ministério Público entrar com ações para cobrar a preservação do meio ambiente por via judicial.

“O projeto da Câmara dos Deputados saiu com inúmeras imperfeições e no Senado já teve uma melhora, mas, todavia, vemos como insuficiente para atender àquele delineamento que a Constituição estabelece em relação ao meio ambiente”, disse Gisi, ao comentar o parecer apresentado pelo senador Jorge Viana (PT-AC) na Comissão de Meio Ambiente do Senado.

Ontem o procurador presidiu uma audiência pública para tratar do assunto na Procuradoria-Geral da República (PGR). A ideia é enviar sugestões ainda hoje (22) para emendas ao projeto. De acordo com Mário Gisi, a abertura para debate no Senado tem sido melhor que na Câmara.

Uma questão que merece reparos, segundo ele, é a tolerância para o desmatamento em reservas legais, como a anistia de multas para quem atuou irregularmente. Outro ponto criticado foi a liberação das atividades agrossilvipastoris, de ecoturismo e turismo rural em áreas rurais consolidadas até 2008 dentro de áreas de preservação permanente (APPs).

Em uma série de observações contrárias ao texto, o procurador Rodrigo Lines, do Rio de Janeiro, refutou o tratamento privilegiado que o documento dá a proprietários de terrenos com até quatro módulos rurais na recuperação de desmatamentos ilegais. Ele acredita que a dispensa de recomposição tem base em critério “que não tem nenhum sentido”. “Nem todos aqueles que têm propriedades até quatro módulos terão característica de agricultura familiar para justificar a isenção.”

Lines criticou ainda a manutenção da regra que permite consolidação de ocupação em áreas de preservação dentro do limite urbano. Também se mostrou contrário à ideia de que os conselhos estaduais de meio ambiente deem definição para atividades de baixo impacto, o que justifica a intervenção em áreas de proteção, pois cada conselho pode ter uma interpretação.

Os membros da CMA terão até as 18h para apresentar novas emendas ao texto. A previsão é que a matéria seja votada pela comissão amanhã (23).”

(Agência Brasil)

Quatro homens tentam assaltar malote bancário e acabam presos

“Quatro homens foram presos após tentativa de sequestro relâmpago e assalto de um malote contendo cerca de R$ 36 mil no município de Fortim (132 km de Fortaleza). A tentativa de assalto aconteceu na última segunda-feira, 21. Segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), o profissional saía de uma agência bancária com um malote, quando foi abordado pelos assaltantes obrigado a entrar em um carro, modelo Gol de cor prata.

O rapto aconteceu na localidade de Vila Viçosa, em Fortim. Segundo a Polícia, o bando estava armado com duas pistolas e um revólver.Ainda conforme o CPI, o frentista seguia com o bando com destino a Fortaleza. A Polícia da região montou um cerco, com apoio de um helicóptero do Ciopaer. O carro foi interceptado nas proximidades da praia de Paripueira, município de Beberibe.

Foram presos em flagrante Gilvan dos Santos Gonzaga, 25, José Leonardo dos Santos Silveira, 20, e Adailson Alves de Moraes. Com o bando, além das armas, foram apreendidos telefones celulares, que ajudaram a Polícia a encontrar outro integrante da quadrilha, apontado como o mentor do plano. Trata-se de Jorge de Moura Sena, 30.

Os quatro homens foram encaminhados para a Delegacia de Aracati. O malote, que continha R$ 22.572 em dinheiro e R$ 14.600 em cheques, estava ainda intacto, segundo informou o CPI. O dinheiro pertencia a um posto de gasolina do município.”

(O POVO Online)

Ciro fará palestra em evento da Companhia Docas

156 2

O ex-governador Ciro Gomes fará, às 10 horas desta terça-feira, no Gran Marquise Hotel, a palestra de abertura do VI Seminário SEP de Logística – III Feira de Tendências de Logística do Norte e Nordeste. Ele abordará o tema “A Política Econômica Brasileira e o Comércio Exterior”.

O seminário é patrocinado pela Companhia Docas do Ceará (CDC) e vai se estender até sexta-eira, discutindo ainda os projetos de expansão do Porto de Fortaleza com a participação do presidente do órgão, paulo André Holanda. O secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, confere o evento.

Esta edição do semnário será dedicada ao tema “Janela Única, Logística e Competitividade”, com a participação de representantes da Comissão Interamericana de Portos (CIP), realizadora do evento junto com a Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP/PR).

DETALHE – “Janelas Únicas” portuárias ou de comércio exterior traduzem a simplificação dos negócios portuários a partir da existência de um único ponto de entrada para navios e cargas, eliminando a burocracia que costuma acompanhar o comércio exterior no Brasil.

Rodovia Padre Cícero ou Rodovia Sonrisal?

Com o título “Caso da Rodovia Padre Cícero requer posição do Governo”, eis o título do editoral do O POVO desta terça-feira. Aborda o absurdo de um trecho da estrada ter sido inaugurado recentemente, com festa e pompa, pelo governador Cid Gomes (PSB) e já estar precisando de reparos. 

O fato relatado em matéria publicada pelo O POVO em sua edição de ontem, mostrando que mesmo antes de ser inaugurada completamente, a Rodovia Padre Cícero, que visa facilitar o acesso de Fortaleza a Região do Cariri, já apresenta trechos necessitando de reparos, requer uma satisfação da Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra). Como aceitar essa situação em tão pouco tempo de execução da obra é o questionamento que deve ser respondido pelo Governo do Estado.

O projeto da Rodovia Padre Cícero é louvável em sua concepção por se tratar de conjunto de estradas que irá diminuir em cerca de 70 quilômetros o trajeto entre a capital e a região caririense, interligando diversos municípios importantes. Por isso mesmo, merece ser exaltado como estratégico. Nada disso, porém, justifica o que está acontecendo, como mostra a reportagem. É bom destacar, ainda, que vários acidentes vem sendo registrados em trechos considerados sinuosos, o que faz aumentar o cuidado que se deveria ter com a estrada.

Infelizmente, o condutor cearense não tem tido muita sorte com nossas rodovias. Não bastasse o descalabro denunciado pelo próprio governador Cid Gomes no primeiro semestre, no que diz respeito às estradas federais, também estamos tendo que conviver com as más condições das CEs. De acordo com a pesquisa CNT de Rodovias 2011, divulgada em outubro, 79% das estradas cearenses estão em más condições. O levantamento avaliou os 3.269 quilômetros de estradas que cortam o Ceará, sendo 2.243 quilômetros de vias federais e 1.026 quilômetros de estaduais.

Segundo o levantamento, apenas 4,8% das estradas são consideradas ótimas, 16,2% boas, 40,7% regulares, 29,9% ruins e 8,4% péssimas. Com base no estudo da CNT, seriam necessários investimentos de mais de R$ 1 bilhão para recuperação do pavimento e R$ 120 milhões para a conservação das rodovias. Recentemente o governo estadual concluiu o Programa de Recuperação das Rodovias Estaduais (Proestradas), recuperando 784 quilômetros de malha viária. Mas a julgar pelo que se vê na Padre Cícero, que nem foi inaugurada, fica o receio de que em não muito tempo seja preciso um novo Proestradas.

Prefeita evita polemizar com Ciro Gomes, mas não dispensa certa ponta de ironia

89 4

Largo sorriso para o clique de Paulo MOsca

A prefeita Luizianne Lins (PT) evitou, nesta terça-feira, o tom ríspido ao comentar declarações do ex-governador Ciro Gomes, irmão do governador Cid Gomes, apregoando o rompimento da aliança do PSB com o seu partido em 2012. Num primeiro momento, adotando postura serena, não quis entrar em polêmica, mas não dispensou certa ironia.

“Eu costumo dizer que eu não sei nem por que ele (Ciro) tem tanta audiência porque, realmente, eu não me importo com as coisas que ele diz. Todo dia ele diz uma coisa diferente”, lamentou a prefeita, antes de embarcar nesta madrugada para uma agenda de audiências ministeriais e contatos políticos em Brasília.

Indagada se esse tipo de postura de Ciro Gomes criticando o PT e sua administração não levariam a um rompimento político com Cid Gomes, afirmou que o debate precisa ser feito no momento certo. Ela garantiu que vai dialogar no momento certo com o PSB e com demais partidos aliados observando que quer “o melhor para Fortaleza”.  Mesmo assim, fez uma ressalva em tom de recado: “Nós não vamos abrir mão da nossa identidade política”. 

Sobre nomes preferidos, dessa vez Luizianne Lins evitou falar antes do embarque, mas informou que espera, até o fim deste ano, fechar “um entendimento interno” com relação ao nome a ser apresentado aos aliados para a disputa em 2012.

“A perspectiva do PT é a gente ter, até o fim do ano, um entendimento interno com relação ao nome e, se isso não acontecer, em janeiro nós vamos para um processo democrático de disputa interna, o que é pouco provável que aconteça. Acho que vamos sair com um candidato pra negociar com demais partidos da coligação”, avaliou. A partir dessa definição, conforme Luizianne, virá um outro passo: “Vamos conversar sobre a manutenção da aliança, qual a perspectiva, enfim que é o que nós queremos”,  acentuou.

DETALHE – Fazia muito tempo que nós e os repórteres José Maria Melo (TV Diário) e Tarcísio Colares (O Estado) não entrevistávamos a prefeita Luizianne Lins (PT). Ela sempre embarcava em horário que não coincidia com nosso plantão ou entrava por área de segurança da Infraero.