Blog do Eliomar

Últimos posts

Mais 900 agentes reforçam segurança no Ceará

“Setenta e nove homens do Exército desembarcaram ontem em Fortaleza para a Operação Ceará, deflagrada após a paralisação de policiais militares. Com o reforço, o efetivo disponível para atuar no Estado – que inclui também integrantes da Força Nacional de Segurança – chega a cerca de 900 agentes.

O Comando da 10ª Região Militar do Exército Brasileiro não divulgou detalhes de como o efetivo será empregado, mas garantiu que as decisões serão em conjunto com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). “É um planejamento feito dia a dia, de acordo com a necessidade”, informa o tenente-coronel Charles Moura, chefe do setor de comunicação social da 10ª RM.

A ideia é que o Exército e a Força Nacional de Segurança atuem no policiamento nas ruas, enquanto durar o movimento dos PMs. “Eles podem fazer todas as ações de Polícia”. Por enquanto, serão utilizados veículos próprios do Exército. Dependendo da necessidade, também podem ser usados carros da PM.

Os cerca de 900 agentes disponíveis incluem os 79 que desembarcaram ontem; os 140 homens do Exército que haviam chegado anteriormente de Teresina, no Piauí, e de Crateús, no Ceará; os 173 da Força Nacional de Segurança; e os mais de 500 que já fazem parte do efetivo do Exército em Fortaleza. “Se for necessário, a gente pode convocar mais de outros estados”, afirma Charles.

Greve

A paralisação dos policiais militares não é total. Os comandantes de algumas companhias conseguiram novas viaturas – já que as que pertenciam às unidades foram tomadas pelos manifestantes -e as rondas voltaram a ser realizadas. Ontem, O POVO viu PMs atuando nos bairros Conjunto Ceará e Parangaba. “Estamos com quatro viaturas circulando em comboio”, garante o comandante do 6º Batalhão da PM, tenente-coronel Hervano Macedo. A estratégia é para evitar que os manifestantes tomem as chaves dos veículos.

O POVO entrou em contato com o comandante geral da PM, coronel Werisleik Matias, mas ele não quis falar sobre os procedimentos que serão adotados pela Polícia. Ele disse que todas as informações sobre a operacionalização da segurança no Estado estão concentradas na 10ª Região Militar do Exército.”

(O POVO)

Réveillon no Ceará com sete mortos e 22 feridos nas estradas

“As Polícias Rodoviárias Federal (PRF) e Estadual (PRE) registraram 24 acidentes, que deixaram 22 pessoas feridas e sete mortes nas estradas cearenses, neste fim de semana de Réveillon. Os acidentes mais graves ocorreram nas rodovias estaduais, onde foram registradas seis mortes, segundo a PRE.

Ao todo, entre sábado e as 20 horas de ontem, o órgão contabilizou nove acidentes, com seis mortes e oito pessoas feridas. Na manhã de ontem, uma colisão entre um carro e uma motocicleta foi registrada na CE-162, em Paraipaba, a 93 quilômetros de Fortaleza. O passageiro do carro, José Pereira Carneiro, de 87 anos, morreu no local.

No sábado, 31, por volta de 4 horas da madrugada, dois motociclistas morreram ao colidirem frontalmente, no quilômetro 27 da CE-356, em Baturité, distante 93 quilômetros da Capital. Segundo a PRE, morreram Francisco Sérgio Galdino dos Santos, 36, e Bruno Wesley da Silva Gonçalves, 17 anos. Este último, de acordo com a Polícia, não usava capacete e não possuía habilitação.

Em Canindé, o capotamento de um veículo, por volta das 8h30min, deixou morto o motorista José Rodrigues da Silva, 52. O acidente aconteceu na CE-257. Já em Quixadá, no Sertão Central, por volta de 11h20min de ontem, Sérgio Isaac do Nascimento de Sousa morreu vítima de atropelamento. O acidente aconteceu no km 153 da CE-256. Segundo a PRE, o condutor que teria atropelado a vítima fugiu do local do acidente.

Estradas federais

Nas BRs que cortam o Ceará, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 15 acidentes, com 14 feridos, até a noite de ontem. Uma morte foi registrada, na tarde de ontem, no quilômetro 193 da BR-116, em Limoeiro do Norte. Daniela Moura Campelo, passageira de um veículo que colidiu lateralmente com outro carro, morreu no local.”

(O POVO)

Supremo enfrentará pauta polêmica em 2012

O STF (Supremo Tribunal Federal) começa 2012 tendo de resolver uma crise institucional que questiona os poderes do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e com a tarefa de tratar temas espinhosos, como a descriminalização do uso de drogas e o aborto de fetos anencéfalos.

Os ministros sabem, no entanto, que a imagem do tribunal dependerá de apenas um julgamento –o do mensalão.

Em sua reta final, o processo sobre o maior escândalo do governo Lula, revelado pela Folha em 2005, estará nas mãos no ministro revisor da ação, Ricardo Lewandowski.

Recentemente, Lewandowski declarou que alguns crimes imputados aos réus devem prescrever.

Para tentar agilizar o julgamento, o ministro Joaquim Barbosa, relator da ação penal, liberou seu relatório sobre o caso no último dia de trabalho do STF de 2011 e avisou que seu voto está praticamente pronto.

Os ministros, porém, só devem se debruçar sobre o tema a partir de fevereiro.

Segundo semestre

Ministros ouvidos pela Folha avaliam que a análise do caso mensalão, tratado por eles como o mais complexo da história do STF devido ao número de investigados, deverá começar no início do segundo semestre, quando Cezar Peluso já terá passado a cadeira de presidente para Carlos Ayres Britto.

Ayres Britto assumirá o posto em abril e ficará no cargo por menos de um ano, já que completa 70 anos em novembro e deverá se aposentar compulsoriamente.

Mesmo assim, ele quer que o mensalão seja julgado ainda em sua gestão, provavelmente quando a campanha das eleições municipais já estiver em curso.

Fora isso, ele pretende levar ao plenário outros temas polêmicos, como a legalização do aborto de fetos anencéfalos, pronto para ser analisado, e assuntos como as cotas para negros em universidades públicas e a validade da Lei da Ficha Limpa, que poderá impedir já em 2012 a candidatura de políticos condenados pela Justiça.

Aposentadoria

O primeiro compromisso do STF em 2012, no entanto, é analisar duas liminares, uma de Marco Aurélio Mello e outra de Lewandowski –o primeiro esvaziou os poderes do CNJ de investigar magistrados, e o segundo suspendeu o trabalho da corregedoria sobre movimentações financeiras atípicas de juízes e servidores do Judiciário.

Mesmo com tantos julgamentos polêmicos, o ano poderá ser mais curto. Além de Ayres Britto, Peluso deverá se aposentar também devido à idade. Sua saída está marcada para o início de setembro, mas ele pode antecipá-la.

A partir de então, o STF volta a ficar com cadeiras vazias –o que aconteceu em quase todo 2011 e que prejudicou os trabalhos no tribunal– e aguarda a indicação de novos ministros por Dilma Rousseff.

(Folha)

Blog comemora marca de 50 mil comentários neste domingo

97 9

Às 18h55min deste domingo (1º), este Blog alcançou a marca de 50 mil comentários, após cinco anos de existência. Em respeito à liberdade de expressão e ao espaço destinado ao debate democrático, 99,89% dos comentários foram aprovados e liberados para a interação dos leitores, diante de mais de 37 mil posts.

O leitor Zac Júnior, que pela primeira vez comentou no Blog, ao se manifestar sobre a matéria do Réveillon de Fortaleza, nos proporcionou a marca.

A todos os leitores do Blog do Eliomar, o meu muito obrigado e um 2012 repleto de informações e espírito democrático!

Policiais do Raio aderem à paralisação dos PMs e bombeiros

172 15

Alguns policiais do Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) aderiram à paralisação dos PMs e bombeiros, na tarde deste domingo (1°).

Cerca de nove motos do Raio já se encontram na 6ª Companhia do 5º BPM. Os policiais são recebidos com aplausos e ao som de gritos de guerra que dizem “Cid ditador, a PM já parou”.

Segundo um policial que preferiu não se identificar, o estopim para o Raio aderir à paralisação aconteceu na noite deste sábado (31), quando suspostamente um cabo da PM teria sido espancado por altos oficiais.

Em conversa com O POVO Online, o major Alexandre, comandante do Batalhão de Choque, disse não ter conhecimento sobre o fato e negou qualquer envolvimento do Raio com a paralisação.

(O POVO Online)

Líderes europeus alertam para 2012 difícil

Líderes europeus alertaram, em suas mensagens de ano novo na televisão, que 2012 será difícil no continente, com muitos economistas prevendo uma recessão.

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse que a Europa está passando pelo seu “mais duro teste em décadas”, mas que a região está ficando cada vez mais unida diante da crise da dívida pública. “O próximo ano [2012] será sem dúvida mais difícil do que 2011”, disse Merkel, em um pronunciamento na televisão alemã. “O caminho para superar isso [a crise da dívida] continua longo e não sem obstáculos, mas ao final deste caminho a Europa emergirá mais forte da crise do que quando entrou.”

Ela também defendeu o euro, afirmando que a moeda facilitou “a vida cotidiana e tornou nossa economia mais forte”.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, disse que a crise ainda não acabou, e que é necessário fazer reformas estruturais para que a economia volte a crescer. “Eu sei que a vida de muitos de vocês, já testada por dois anos difíceis, foi testada mais uma vez”, disse Sarkozy, em sua mensagem de fim de ano na televisão. “Vocês estão terminando o ano mais preocupados com vocês mesmos e seus filhos.”

O presidente francês, que tentará se reeleger neste ano, prometeu não fazer mais cortes orçamentários. Recentemente o governo da França anunciou mais cortes, para tentar restaurar a confiança do mercado nos títulos da dívida do país, que tiveram sua classificação rebaixada por algumas agências de risco. “O que era para ser feito foi feito pelo governo”, disse Sarkozy, sobre os cortes orçamentários.

Sarkozy e Merkel se reunirão neste mês para discutir um plano fiscal para a Europa.

Sacrifícios na Itália

O presidente italiano, Giorgio Napolitano, pediu que o povo do seu país faça mais sacrifícios para evitar o “colapso financeiro da Itália”, que é a terceira maior economia da Europa. “Sacrifícios são necessários para garantir o futuro das pessoas jovens, este é o nosso objetivo, e é um compromisso que não podemos evitar”, disse Napolitano. “Estes sacrifícios não serão em vão, especialmente se a economia voltar a crescer.”

O premiê grego, Lucas Papademos, também alertou para um 2012 difícil em seu pronunciamento de ano novo. “Nós temos que continuar nossos esforços com determinação, para que os sacrifícios feitos até agora não sejam em vão”, disse ele.

Nos últimos meses, a economia europeia parou de crescer, depois que vários governos começaram programas de cortes de gastos públicos. As dificuldades cresceram quando o custo de tomada de empréstimos subiu fortemente em alguns dos maiores países da União Europeia, como Itália e Espanha.

Há temores de uma nova crise de crédito mundial, já que muitos bancos estão expostos à dívida pública italiana. Em uma pesquisa feita pela BBC, 25 de 27 economistas consultados disseram acreditar que a Europa voltará à recessão em 2012.

(BBC Brasil)

Polícia piauiense procura quadrilha de cartãozeiros do Ceará

249 1

Policiais do Piauí realizam um cerco na divisa com o Ceará, para tentar prender uma quadrilha cearense de cartãozeiros, que é apontada como responsável por saques em agências bancárias no município de Pedro II, a 220 quilômetros de Teresina.

A procura pelos quatro integrantes do grupo teve início na última quinta-feira (29), depois da prisão de um homem de 30 anos de idade, natural de Crateús (a 350 quilômetros de Fortaleza), que estava de posse de 13 cartões bancários clonados, de clientes do Rio de Janeiro. Na delegacia, o acusado disse que os outros três integrantes do grupo também eram da mesma região do Ceará.

Segundo a Polícia, a quadrilha chegou ao município piauiense em um veículo Palio, cor prata, que havia sido alugado no município de Nova Russas, também no Sertão Cearense. De acordo ainda com a Polícia, o acusado já havia feito transferências de contas para outras.

(com informações da Polícia do Piauí)

Brasil é o segundo melhor para se investir em imóvel comercial

Os Estados Unidos continuarão sendo a primeira escolha da maioria dos investidores do setor de imóveis comerciais em 2012, mas o país perdeu espaço para o Brasil, que se tornou o número dois, segundo uma pesquisa divulgada neste domingo (1º).

Os imóveis comerciais no Brasil, com sua economia efervescente e seu ambiente mais seguro de investimentos se tornaram um ponto chamativo para investidores globais, segundo a vigésima pesquisa anual dos membros da Afire (sigla em inglês para Associação de Investidores Estrangeiros em Imóveis).

São Paulo saltou da vigésima sexta melhor cidade para investir em imóveis no ano passado para a quarta em 2012.

Os EUA perderam espaço para o Brasil, com 18,6% dos entrevistados afirmando que o mercado imobiliário brasileiro oferece a melhor oportunidade de valorização para seus investimentos em dólares. Isso representa uma alta de 14,2 pontos percentuais, levando o Brasil da quarta para a segunda posição e fazendo a China cair para o terceiro lugar, mostrou a pesquisa.

Embora os EUA sejam a opção mais estável e segura em imóveis comerciais, investidores afirmaram que um aumento dos aluguéis e o crescimento da taxa de ocupação, assim como o fato de um imposto de 1980 sobre investimentos estrangeiros ter sido evitado, terão impacto mais significativo sobre suas decisões, diz a pesquisa.

A pesquisa destaca que os Estados Unidos ainda são muito almejados e foram o segundo país, depois do Reino Unido, a atrair mais investimentos estrangeiros em 2011, segundo dados preliminares da Real Capital Analytics.

“O ponto baixo é que o país não promete muita valorização de capital, pois os maiores mercados já estão com preços altos”, disse o presidente-executivo da Afire, James Fetgatter. “Mas de nenhuma forma o Brasil substituirá os EUA, pelo menos não em um futuro previsível. O Brasil é considerado agora um lugar mais seguro para investir, onde você pode ter capital valorizado a um bom rendimento”.

Os participantes da pesquisa da Afire detêm mais de US$ 874 bilhões em imóveis no mundo, incluindo US$ 338 bilhões nos EUA.

Cerca de 42,2% dos entrevistados pela pesquisa afirmaram que os EUA oferecerão a melhor oportunidade de investimento em 2012, uma queda em relação aos 64,7% registrados na pesquisa do ano passado.

(Reuters)

Cresce a lista de empresas acusadas de trabalho degradante

111 1

O MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) ampliou a lista de empregadores infratores na chamada lista “suja” do trabalho degradante ou forçado. Agora, o número de empresas e empresários acusados de alcançou o número de 294 nomes, com a inclusão de outros 52 infratores.

Entre os novos nomes estão madeireiras, usinas de açúcar e uma empreiteira que está na construção da hidrelétrica de Jirau. Só neste ano, 100 empregadores foram incluídos na lista após o processo no Ministério do Trabalho, o maior desde a criação. A lista impõe apenas constrangimento moral, mas nenhuma sanção.

Segundo o procurador-geral do Trabalho, Luís Camargo, a frequência das operações de fiscalização e apuração de denúncias fez crescer o número de empregadores infratores. No entanto, afirma, isso não significa que tenha aumentado o número de trabalhadores resgatado em condição análoga a de escravo.

“Participei de operações em que resgatamos 800 trabalhadores. Isso não ocorre hoje. Os casos mais recentes mostram sempre 20 ou 30 trabalhadores”, diz o procurador, ao completar que o país dispõe atualmente de uma rede mais articulada para o combate a esse tipo de crime.

O problema ainda é o de conseguir investigar as denúncias. Entre 50% e 60% das denúncias ainda não são investigadas. Ele defendeu o uso da lista. Para o procurador-geral, a lista tem conseguido sensibilizar instituições financeiras a não conceder crédito a infratores.

Ele defendeu também a aprovação na Câmara da PEC 438. A proposta de emenda constitucional –já aprovada no Senado– prevê que todo empresário condenado em última instância por trabalho degradante ou forçado perca a propriedade.

Camargo diz que a ação da bancada ruralista barra a votação da PEC.

(Folha)

STF mantém prisão do ex-coronel Correia Lima

68 1

O vice-presidente do STF, ministro Ayres Britto, no exercício da Presidência, manteve a prisão do ex-tenente-coronel da Polícia Militar do Piauí, José Viriato Correia Lima, condenado pelo Tribunal do Júri de Teresina a 47 anos e meio de reclusão, a serem cumpridos em regime inicialmente fechado.

O ministro negou o pedido de liminar em Habeas Corpus (HC 111827) impetrado em defesa do ex-militar ao ressaltar que as informações do processo não permitem “censurar” a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que validou a prisão cautelar do condenado. “No caso, não estão configurados, desde logo, os pressupostos autorizadores do provimento cautelar requerido”, afirma ele ao citar trecho do entendimento do STJ que destaca a gravidade dos delitos pelos quais Correia Lima foi condenado.

Afirma o acórdão do STJ: “Verifica-se que a custódia cautelar do acusado encontra-se devidamente justificada e mostra-se necessária especialmente para a garantia da ordem pública, em razão da gravidade concreta dos delitos de sequestro, homicídio triplamente, vilipêndio a cadáver e quadrilha qualificada”.

(STF)

Vamos nós – O ex-coronel também é condenado por crimes cometidos no Ceará, quando agiu como mandante na prática de pistolagem.

País terá expansão modesta em 2012, preveem analistas

O Brasil encerrou 2011 com um dos crescimentos mais baixos entre os emergentes. O país é o quinto que menos cresceu, em um grupo de 24 analisados, estima a consultoria britânica EIU (Economist Intelligence Unit). E deve repetir, em 2012, uma expansão ainda moderada.

Analistas projetam que o ano que começa será de recuperação, porém modesta e frágil. Traduzindo em números, o país deve crescer pouco mais de 3%, em média, nos dois primeiros anos do governo Dilma Rousseff.

O balanço é pior do que os celebrados 4,5% médios do segundo mandato do presidente Lula (2007-2010).

(Folha)

Estado de Chico Anysio ainda inspira cuidados, diz boletim

Ainda sem previsão de alta, o humorista Chico Anysio recebeu na manhã deste domingo (1º) a visita de seu médico, Luiz Alfredo Lamy. Não houve mudança no quadro clínico. Ele segue respirando com a ajuda de aparelhos e inspira cuidados, de acordo com informações passadas pela assessoria de imprensa do humorista.

Chico Anysio passou mais de três meses internado no começo do ano por problemas cardiorrespiratórios. Em novembro, foi hospitalizado com dores nas costas.

O humorista está desde 22 de dezembro no Hospital Samaritano, em Botafogo, no Rio.

(Folha)

Aposentadoria do servidor público volta à pauta do Congresso em 2012

“Com um deficit estimado em R$ 42 bilhões neste ano, a previdência social dos servidores públicos deverá voltar à pauta do Congresso Nacional no primeiro semestre de 2012. A mais recente tentativa de votação do projeto de lei (PLC 1992/2007), enviado pelo Executivo em 2007 com a finalidade de regulamentar o tema, fracassou na Câmara dos Deputados em 14 de dezembro de 2011, por falta de acordo.

Como o governo conta com a mudança nas regras para reduzir o deficit da Previdência Social no longo prazo, deverá insistir na mudança no próximo ano. No curto prazo, como estima o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, a transição deverá acarretar um aumento pequeno na despesa da União. Mas a previsão é de que, em meados da década de 2040, a União começará a ter um ganho.

Desde 1999, o Executivo quer fazer valer o dispositivo constitucional que permite à União instituir regime de aposentadoria complementar para seus servidores e limitar o valor pago com dinheiro público ao teto do Regime Geral de Previdência Social (RGPS), atualmente em R$ 3.691,74.

Na época, a regulamentação foi tentada por projeto de lei complementar (PLP 9/99), cuja votação não se concluiu porque os partidos que se encontravam então na oposição não aceitavam que o fundo de pensão a ser criado para assegurar a aposentadoria complementar operasse na modalidade exclusiva de contribuição definida.

Como explica o consultor legislativo do Senado Gilberto Guerzoni Filho, em estudo sobre o tema, nessa modalidade somente as contribuições são fixadas. Os valores dos benefícios dependem da rentabilidade obtida pela aplicação dos fundos constituídos pelas contribuições.

– Contrapõe-se à modalidade de benefício definido, na qual o que é previamente estabelecido é o valor do benefício. Essa segunda modalidade é, via de regra, mais sujeita a desequilíbrio atuarial – observa o consultor legislativo.

Com a inviabilização do PLP 9/99, novo esforço para regulamentar a previdência complementar dos servidores públicos começou em 2007, no governo Lula. O PL 1992/2007 resgatou o princípio da contribuição definida e previu a criação de entidade fechada de previdência complementar denominada Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp).”

(Agência Senado)

Banco do Brasil assume o Banco Postal em parceria com Correios

83 1

A partir de segunda-feira (2), o Banco do Brasil assume a parceria com os Correios no Banco Postal para a prestação de serviços financeiros. O posto era ocupado pelo Bradesco desde 2002.

O banco estatal venceu o leilão do negócio em maio último, num lance de R$ 2,3 bilhões, e poderá operar nas mais de 6.000 agências próprias dos Correios, que oferecem os serviços do Banco Postal em 5.273 cidades. O Banco Postal cobre 95% do território brasileiro e tem faturamento anual que beira R$ 1 bilhão.

Em 2010, o Bradesco teve uma receita de R$ 820 milhões com operações nas agências dos Correios.

Essas unidades oferecem serviços bancários básicos, como abertura de contas, saques, depósitos, pagamentos, consulta de saldos e extratos e recebimento de benefícios do INSS. Em alguns municípios pequenos, elas costumavam ser a única opção bancária disponível.

O Bradesco informou que, nos últimos seis meses, abriu 1.003 novas agências e 460 postos de atendimento em 1.460 municípios brasileiros. Segundo o banco, sua rede abrange agora todos os municípios do país, inclusive as cidades que não tinham outra agência bancária além dos Correios. Os correntistas que abriram conta pelo Banco Postal continuarão a ser clientes do Bradesco. Os aposentados e pensionistas do INSS que recebiam o benefício no Banco Postal continuarão sendo atendidos nas agências e demais postos de atendimento, informou o Bradesco.

Os Correios afirmaram que os interessados em utilizar a estrutura da empresa para operações bancárias agora deverão se tornar correntistas do Banco do Brasil.

A aliança das duas empresas públicas –Correios e Banco do Brasil– servirá ao governo para a promoção da inclusão bancária e da interiorização dos serviços financeiros no país, defendem os Correios. O governo também aposta na parceria para alavancar projetos sociais.

Os Correios informam, ainda, que vão modernizar seus serviços, com especial atenção aos serviços de microcrédito e aos cartões pré-pagos.

(Folha)

Fracassa nova tentativa de acordo com PMs

99 8

Fracassou a tentativa de negociação empreendida, nessa noite de sábado, pela procuradora-geral de Jusitça do Estado, Socorro França, com membros da Promotoria de Assuntos m ilitares, com lidernaças dos policiais militares em greve. A procuradora geral, a pedido do governador Cid gomes, propõs que se os PMs retornassem até as 22 horas do sábado, haveria anistia para os praças. Já o caso dos oficiais seria analisado caso a caso.

Essa anistia pedida pelos PMs, em razão de punições de membros da Corporação que, quando de uma visita do governador Cid Gomes a uma estação do Metrofor no Centro, acabou cercando o carro do chefe do Executivo em ato de protestos.

O grupo não aceitou a proposta e continua a paralisação. A Força Nacional e o Exército continuam fazendo o policiamento de Fortaleza até que a greve tenha uma solução.

Os PMs, em luta por melhores condições salariais e de trabalho, continuam aquartelados no Batalhão da PM no bairro Antonio Bezerra.

Deputado Ely Aguiar manda nota para Blog e se diz solidário à luta dos policiais militares

292 12

Do deputado estadual Ely Aguiar (PSDC), recebemosnota onde ele esclarece sobre posição acerca da greve da Polícia Militar. Ely discorda de crítica aqui feita de que ele e outros parlamentares identificados com o setor segurança pública estariam numa postura equidistante do processo. Ele garante qeu os grevistas contam com seu apoio. Confira:

Caro jornalista Eliomar de Lima, Feliz 2012.

Gostaria de dizer que o amigo cometeu um equivoco ao comentar o movimento dos policiais envolvendo o meu nome. Eu, no primeiro e neste meu segundo mandato, tenho levantado dezenas de  vezes a minha voz  em defesa dos policiais civis e militares.  O amigo, como jornalista atuante que é, é testemunha. Tenho feito criticas pesadas ao Governo do Estado.

Faço há muito tempo a defesa da redução da jornada de trabalho. Fiz parte, inclusive, da comissão que recebeu do governo a promessa da redução. A nossa luta pelo aumento do contigente policial é constante.

Na tribuna, ja disse que falta vontade política para a aplicação do piso nacional. Todavia,  não participo dos movimentos paredistas, porque essa nunca foi a minha prática. Mas não deixo de garantir meu apoio.

É  fácil verificar que nunca votei contra professores, contra trabalhadores e contra servidores públicos. Um dos últimos projetos do governo que teve meu voto contra  foi o  que limitava o teto para tratamento de saúde dos servidores. Apenas sete deputados votaram contra e eu fui um deles.

Não sou de andar gritando palavras de ordem no meio da rua, pois nunca participei  de tais  manifestações. Esses movimentos são  promovidos  por outras tendências que, agora, por conveniência politica, estão debaixo da asa do governo. Eu  mostro a cara, pois voto de acordo com a minha consciência.

Os policiais sabem que contam com meu apoio. Infelizmente, a  Assembléia Legislativa está  em recesso. Caso contrário, já teria ocupado atribuna. Veja também os projetos  apresentados por este seu amigo para garantir uma segurança melhor e mais eficiente ao povo cearense.  Agradeço o espaço.

* Ely Aguiar,

Deputado estadual.

Papa celebra primeira missa do ano conclamando educar jovens para a paz

“O Papa Bento XVI insistiu, neste domingo, durante a mensagem de Ano Novo, sobre a necessidade de inculcar valores morais nas crianças e nos jovens, para que possam “construir a paz”.

Lamentou que as crianças sejam, agora, criadas numa “realidade social que pode levá-las a se tornarem intolerantes e violentas”, e pediu que seja transmitido a elas, ao contrário, “um profundo senso de justiça e de respeito ao próximo”.

Fez um apelo aos líderes religiosos e educadores através do mundo a combater “a cultura do relativismo”, e a transmitir aos jovens os valores da paz e da justiça.

“A cultura do relativismo apresenta uma questão radical: é ainda necessário educar? E educar para que?”, questionou o soberano pontífice.

“Ante as sombras que obscurecem o horizonte do mundo de hoje, a responsabilidade de educar os jovens para ensinar a eles a verdade, os valores e as virtudes, é olhar o futuro com esperança”, acrescentou.”

(Agências Internacionais)

Irã anuncia lançamento de mísseis em manobras navais

A Marinha iraniana lançará neste domingo (1º) em suas manobras navais –denominadas Velayat 90– diferentes tipos de mísseis, anunciou seu comandante, o almirante Habibolah Sayari, em declarações à agência oficial de notícias iraniana Irna.

“Serão disparados diferentes tipos de torpedos, mísseis de superfície-superfície, terra-mar em direção a alvos hipotéticos”, disse o alto comando militar.

O porta-voz das manobras navais, almirante Mahmoud Moussavi, informou à agência Irna que estes mísseis “já foram testados com sucesso anteriormente”.

No sábado (31), o Irã decidiu adiar testes com mísseis de longo alcance no golfo Pérsico e assinalou que estava pronto para novas conversas sobre seu controvertido programa nuclear.

A mídia estatal do Irã divulgou inicialmente que os mísseis de longo alcance teriam sido lançados durante exercícios navais, uma postura que poderia aborrecer o Ocidente devido às ameaças de Teerã de interromper uma rota de tráfego de petróleo importante no Golfo.

Mas o vice-comandante da Marinha, Mahmoud Mousavi, negou ao canal de língua inglesa Press TV que os mísseis foram disparados. “O teste de lançamento de mísseis será realizado nos próximos dias”, disse Mousavi.

(das agências)

Registros da Infraero omitem concessão de lojas em aeroportos

Os registros oficiais da Infraero (estatal responsável pelos aeroportos) sobre concessões de lojas nas áreas aeroportuárias omitem informações sobre livrarias, locadoras de veículos, casas de câmbio e grandes redes de lojas.

A pouco mais de um mês do leilão de concessão de três aeroportos brasileiros, o descontrole chamou a atenção até mesmo da Ancab (Associação Nacional de Concessionárias de Aeroportos), que realizou em novembro um levantamento da situação das lojas do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

O relatório, que analisou 121 pontos comerciais, mostra que 38 deles estavam fechados e outros 31 funcionavam apenas graças a liminares da Justiça.

A concessão comercial de áreas gerou, em 2010, receitas de R$ 1,03 bilhão para a Infraero, quase metade do faturamento do período, de R$ 2,5 bilhões.

A Infraero diz que as concessões das lojas são realizadas por licitação.

(Folha)