Blog do Eliomar

Últimos posts

Denúncias e queda de ministros não afetam a governabilidade, diz ministro da Justiça

107 1

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, avalia que as sucessivas denúncias de corrupção e quedas de ministros não afetam “em absolutamente nada” a governabilidade do País nem desgastam a presidenta Dilma Rousseff.

“O governo tem linha definida, conduzida com bastante firmeza. Não vejo a situação como crítica para a governabilidade”, disse após participar, em Londres, de debate sobre a democracia brasileira. Para ele, as substituições são “naturais”. Ao deixar o Ministério do Esporte nesta semana, Orlando Silva foi o quinto ministro afastado do cargo por denúncias de irregularidades em onze meses de governo. Nelson Jobim, um dos seis ministros que caíram ao todo, foi o único que não esteve envolvido com denúncias de corrupção.

Segundo Cardozo, a saída não significa que o governo tenha deixado de acreditar em Orlando. Ele insistiu que não deve haver prejulgamento nem do ex-ministro nem do PC do B. “Uma das piores coisas que podem acontecer no Estado de Direito é o prejulgamento.” Cardozo acredita que a situação deve ser analisada com cautela.”

(iG)

Cid diz estar triste, mas esperançoso sobre doença de Lula

67 1

O governador Cid Gomes (PSB) afirmou, neste domingo, ter recebido com surpresa o anúncio de que o ex-presidente Lula está com tumor na laringe e que deverá se submeter a quimioterapia.

“Fiquei triste, mas esperançoso”, disse Cid, adiantando ter se informado a respeito do caso e se inteirado de que 90% dos casos registram cura. Como Lula será submetido a tratamento de qualidade no Hospital Sirio-Libanês, ele disse esperar a recuperação do ex-presidente.

Cid deu essas declarações após comandar o congresso estadual do PSB, no Hotel Vila Galé. O evento serviu para definir os 46 delegados da legenda que participarão do congresso nacional socialista marcado para os dias 2 e 3 de dezembro, em Brasília.

Cid e Luizianne: Um poço de mágoas

106 1
Essa é da Coluna Política de Fábio Campo, do O POVO deste domingo:

“Tanto Cid Gomes (PSB) quanto Luizianne Lins (PT) só falam em manter a aliança em Fortaleza, mas o nível de tolerância entre os grupos políticos permanece em estado crítico. O último diálogo entre os dois foi há meses e só ocorreu por intermediação do vice-governador Domingos Filho (PMDB).

A preço de hoje, manter a aliança é uma mera conveniência política e eleitoral para ambos. Apenas isso. As parcerias administrativas entre Estado e Prefeitura que estão em vigor são antigas. Nada de novo foi firmado.

Mas, o dinamismo da política pode aprofundar as diferenças ou diminuí-las. Tudo depende do nome à sucessão que for colocado na bandeja para apreciação dos aliados. Há nomes que aproximam os lados. Outros que afastam.

Quanto mais o calendário político aperta, mais chances para as variáveis atuarem. Nesse caso, os humores pessoais têm grande peso. No momento, há uma trégua nos conflitos públicos (internamente, eles ruminam). O último a gerar instabilidade na relação foi o ex-deputado Ciro Gomes, irmão e referência do governador.

Ciro atacou duramente a prefeita, que, publicamente, preferiu fazer ouvidos de mercador. Mas, quem conhece o estilo da petista sabe que as coisas costumam ficar anotadas no caderno.

Publicamente, o governador leva adiante seu estilo diplomático. Mantém a disciplina nas entrevistas e reafirma seu desejo de prorrogar a aliança. Mas, mas há uma novidade: Cid já não se nega a conversar com jornalistas sob o acerto do “off”.

A relação, que já foi mais sólida (ou menos gasosa, como queiram), está como diz a música de Chico Buarque: há “um pote até aqui de mágoa/ E qualquer desatenção, faça não/ Pode ser a gota d’água”.

Doenças reumáticas atingem 12 milhões de brasileiros

“Doenças reumáticas são a segunda causa de gastos com auxílio-saúde no país. Ao todo, 12 milhões de brasileiros sofrem com o problema, que não afeta apenas a população idosa. O alerta é do Ministério da Saúde, em razão do Dia Nacional de Luta contra o Reumatismo, lembrado hoje (30).

Entre as doenças reumáticas, a artrite reumatoide é o tipo mais comum. Entre 2010 e setembro de 2011, 33.852 pacientes foram internados em decorrência da enfermidade. A maior prevalência é entre mulheres de 30 a 40 anos. Idade avançada, obesidade, tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas em excesso e ingestão de medicamentos podem contribuir para o surgimento da doença.

O Ministério da Saúde ressaltou a importância de se procurar um serviço de saúde logo que forem identificados os primeiros sintomas, como dor nas articulações por mais de seis semanas, acompanhada de vermelhidão, inchaço, calor ou dificuldade para movimentar as articulações (sobretudo pela manhã).

De acordo com o ministério, o problema pode ser identificado pelo próprio paciente – se a pessoa sentir dores ao esticar os braços ou ao elevar os ombros até encostar no pescoço, é preciso atenção. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado podem diminuir os riscos de incapacidade física.”

(Agência Brasil)

PMDB/CE em clima de convenções municipais

121 3

Sob o comando do presidente regional do PMDB, senador Eunício Oliveira, o PMDB realiza, neste fim de semana, várias convenções municipais. Uma das concentrações de maior presença de delegados foi a de Canindé, nesse sábado. Vários filiados do partido conferiram o ato que contou com a presença do vice-governador Domingos Filho e de parlamentares de outras legendas como Domingos Neto (PSB), que é filho do vice-governador.

Eunício Oliveira, em discurso, conclamou a militância no Interior a apostar no crescimento do PMDB e a fechar alianças que tenham identificação com o projeto político do Governo Dilma Rousseff e do governador Cid Gomes (PSB).

DETALHE – Eunício Oliveira e Domingos Filho estão unidos pelo crescimento do PMDB, mas, em termos de 2014, com certeza, não pensam a mesma coisa. Ambos têm o sonho de go vernar o Ceará. É aí que a coisa pega.

(Foto – Divulgação)

Petrobras anuncia reajuste de gasolina e diesel

64 2
A Petrobras informa: o reajuste nos preços de venda nas refinarias dos derivados abaixo, a vigorar a partir do dia 1º de novembro de 2011:
* Gasolina A 10%

* Diesel 2%.

Os preços da gasolina e do diesel sobre os quais incide o reajuste anunciado não incluem os tributos federais CIDE e PIS/Cofins e o tributo estadual ICMS.

Esse reajuste foi definido levando em consideração a política de preços da Companhia, que busca alinhar o preço dos derivados aos valores praticados no mercado internacional, em uma perspectiva de médio e longo prazo, que vem apontando um novo patamar para os preços praticados.”

(Com Agências)

Aftosa – Segunda etapa da campanha será lançada na 3ª feira

O secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado, Nelson Martins, lançará, nesta terça feira, a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa. O lançamento ocorrerá na fazenda Bom Jesus, localizada no distrito do Boqueirão do Cesário, a 112 quilômetros de Fortaleza. Na primeira fase da campanha, cerca de 94% do rebanho de bovinos e bubalinos foram vacinados no Estado.
Um recorde jamais alcançado pelo Ceará e que superou os 90% estabelecido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O Ceará tem 2 milhões 343 mil e 772 animais (bois e búfalos). Para este segundo momento, o objetivo é manter o índice. Há dez anos, o Ceará não registra casos da doença.

A meta alcançada é o passo mais importante para que o Ceará alcance a situação de zona livre de febre aftosa com vacinação, com previsão para o reconhecimento nacional até o final de 2011 e reconhecimento internacional até o inicio de 2012. Entre os municípios que mais vacinaram, na primeira etapa, o destaque vai para Fortaleza. Foram 93,69% do rebanho vacinado. A capital nunca havia atingido números maiores do que 60%.

Poeta Ariano Suassuna visita Icó

O poeta e escritor Ariano Suassuna encontra-se em Icó (Vale do Salgado). Simpático e muito solícito, visitou o Largo do Theberge, conversou com moradores, ouviu histórias da cidade e caminhou no meio do povo.

Neste domingo, ao meio-dia, vai conversar com o povo no Teatro da Ribeira dos Icós.

(Com Blog do Fabrício Moreira/Foto – Icó é Noticia)

Metalúrgicos prestam solidariedade a Lula

“O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes divulgou nota, nesta tarde, manifestando solidariedade ao ex-presidente após o diagnóstico divulgado pelo Hospital sírio-libanês.

“Acompanhamos suas lutas no passado, em defesa do bem-estar de milhões de trabalhadores desse País e estamos, mais uma vez, ao lado deste grande líder e companheiro, formando, junto com o povo brasileiro, uma corrente de fé, torcendo pela sua plena recuperação”, afirma nota, assinada pelo presidente do Sindicato, Miguel Torres.

Em reconhecimento ao seu trabalho, a entidade conferiu a Lula o título de sócio benemérito. “Nós, que sempre buscamos a unidade nas lutas, continuaremos juntos nesta caminhada. Conte com os metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e a diretoria deste Sindicato para vencer mais este desafio” conclui nota.”

(Veja Online)

Conjunto José Walter terá "Parada Gay"

369 3

Será realizada nesta domingo, a partir das 16 horas, a V Parada Gay do Conjunto José Walter, em Fortaleza. O evento é organizado pelo movimento LGBT daquela área da cidade e tem pro objetivo combater a homofobia e difundir a prevenção contra a Aids.

A concentração ocorrerá no Quiosque do Coquil, na segunda etapa do conjunto e a parada percorrerá todo o José Walter, puxada por trio elétrico e muita animação.

Cid Gomes participa do congresso estadual do PSB

O governador Cid Gomes (PSB) participa, neste domingo, no Hotel Vila Galé, do Congresso Estadual do PSB.

O encontro, que teve início há pouco tempo, vai discutir a conjutura política 2012 no Estado e também os rumos do partido em Fortaleza. Na Capital cearense, o PSB está dividido: de um lado, Karlos Kardoso, comandando; e de outro, o grupo de Sérgio Novais, que foi destituído, mas alega arbitrariedades no processo que eclodiu quando ele indicou sua irmão, a deputada estadual Eline Novais para pré-candidata à Prefeitura.

Além do governador, conferem o encontro o secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, o presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Cláudio, e deputados estaduais e federais da legenda.

LULA

Cid Gomes, sobre o anúncio de que Lula está com tumor na laringe e vai passar por tratamento de quimioterapia, se disse surpreso como todos os brasileiros com tal informação e que torce pela recuperação do ex-presidente.

* ACOMPANHE O CONGRESSO aqui

Lula passa o dia no seu apartamento em São Bernardo

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passa a manhã de hoje em sua residência, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Segundo informações da assessoria de imprensa do ex-presidente, a previsão é de que ele permaneça em casa durante todo o dia. A única programação prevista, conforme a assessoria, é assistir pela televisão ao jogo do Corinthians, que entra em campo contra o Avaí, logo mais às 16hs, no Pacaembu, em São Paulo.

Em frente à casa do ex-presidente a movimentação é apenas de jornalistas, mas moradores da região que passam pelo local fazem questão de expressar à imprensa que estão torcendo pela recuperação de Lula, que detectou ontem um tumor na laringe.

O ex-presidente passou todo o sábado no hospital, submetendo-se a exames. A previsão é de que Lula retorne ao hospital somente na segunda-feira, para iniciar tratamento de quimioterapia contra o câncer. (Suzana Inhesta)”

(Agência Estado)

Previsões para o PIB brasileiro continuam a cair

“As expectativas de crescimento da economia brasileira em 2011 e 2012 vêm despencando ao longo dos últimos meses. Já há instituições que preveem que o PIB fique praticamente parado neste segundo semestre e cresça apenas 3%, ou até menos, em 2012. As causas da desaceleração brusca são as medidas de contenção monetárias, creditícias e fiscais tomadas pelo governo e a forte piora da economia internacional, especialmente dos países ricos, com o agravamento da crise europeia. “O componente extra que surpreendeu foi o cenário externo”, diz Flávio Samara, economista da consultoria LCA, que prevê crescimento de 3% em 2011 e de 3,3% em 2012.

No início de 2011, a mediana (o número mais frequente) das projeções do mercado para o PIB de 2011 e 2012 era de 4,5%, para ambos os anos. Na última rodada de coleta de expectativas pelo Banco Central (BC), de 21 de outubro, as previsões já tinham caído para 3,3% e 3,51%.

Esses últimos números possivelmente ainda não refletem o fundo do poço das projeções, cuja tendência inequívoca tem sido de queda, tanto para este ano quanto para o próximo, ao longo de todo o segundo semestre.

A gestora JGP, por exemplo, prevê crescimento de 3,1% em 2011, e de apenas 2,5% em 2012. “Para o ano que vem, pesa muito na nossa projeção o cenário lá fora, com crescimento muito baixo na Europa e nos Estados Unidos”, diz o economista Fernando Rocha, sócio da JGP.

A gestora prevê crescimento zero no terceiro trimestre de 2011, e de apenas 0,5% no último trimestre – o que resulta numa economia quase parada no segundo semestre. Coincidentemente, é a mesma projeção para o terceiro e quarto trimestres do banco de investimentos J. Safra, que projeta 3% de crescimento em 2011, e 3,3% em 2012.

O HSBC Brasil vai calibrar para baixo, mais uma vez, a previsão para 2011, que iniciou o ano em 5,1% e já caiu para 3,5%. Mas o economista Constatin Jancso ainda considera a decisão de corte de juros adotada a partir de agosto pelo BC como uma aposta arriscada, mesmo que se revele acertada a posteriori. “Por enquanto, representa uma aposta num cenário que no fundo ainda não se materializou”, comenta. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.”

No feriado do Dia do Servidor, falta clínico em hospital municipal

Com o título “Realidade nua e crua!”, o professor João Teles nos manda o seguinte desabafo, em tom de denúncia:

Caro Eliomar de Lima,

Uma vizinha me chama aqui em casa. A irmã está sentindo fortes dores. Quer ir ao Hospital Gonzaguinha do bairro Prefeito José Walter.

Fomos até lá. Logo na porta uma placa avisa: “Não temos clínico!”. Era o caso.

“Só tem obstetra!”, avisa um atendente. Fala que deve ter clínico em Messejana. É longe, muito longe!

“Mas deve estar lotado!”, diz ele. E dando uma de médico inexistente: “Manda ela tomar Buscopan e ficar em repouso!”

Isso é histórico. Culpa dos médicos? Do Dia do Servidor Público?

Nada disso. Falta gestão, vergonha na cara. Se o médico está doente, não quer trabalhar, que seja escalado outro em seu posto.

Está tudo errado, a partir do comando central. A dor alheia é aceita com muita galhardia!

João Teles de Aguiar – Professor

Tenor Bruno Stéfano abre o Natal do Via Sul

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=LcEdqQDiS8U[/youtube]
O tenor Bruno Stéfano acompanhado de coral e orquestra, realizará Concerto de Natal, neste domingo, na praça central do Shopping Via Sul, a partir das 18 horas. O concerto será para recepcionar Papai Noel, que deverá chegar de helicóptero ao shopping às 16 horas, no prédio do edifício-garagem, sendo recebido com fogos de artifício.
Depois, Papai Noel deverá acenderá a iluminação de Natal do shopping, às 18 hiras, quando será iniciado o concerto.

VAMOS NÓS – Lamentável, sob todos os aspectos, a forma discriminatória com que agiu a direção do Via Sul. Neste ano, o North Shopping, aqui na nossa área de Fortaleza e que integra essa rede, não teve essa festa toda que será proporcionada neste domingo para a clientela do bairro Seis Bocas. Por aqui, pouca divulgação e um Papai Noel que saiu de uma caixa de presentes em meio a pouca animação. Anteriormente, ele aqui chegava de helicóptero com pompa e circunstância.
E ainda tem gente que não acredita nas duas “Fortalezas” que povoam a cabeça do empresariado. Se era para fazer o receptivo do “Natal capitalista”, que se fizesse sem diferenças.
DETALHE – O North Shopping, em termos proporcionais, é o shopping de maior faturamento da Capital.

Políticos brasileiros lamentam doença do ex-presidente Lula

Políticos brasileiros lamentaram neste sábado (29) a notícia de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está com um tumor de laringe.

“Manifestamos toda nossa solidariedade, nossos votos de muita saúde. Temos confiança de que o presidente Lula vai recuperar sua saúde e passar essa adversidade”, disse o tucano Geraldo Alckmin, governador de São Paulo.

“Estive na quinta-feira com o presidente Lula na casa dele em seu aniversário, e ele estava tão bem. Estou muito surpreso mas tenho certeza de que ele, que é um lutador e que já passou por tantos desafios na vida, vai passar mais esse. Todos nós temos fé e vamos rezar para tudo dar certo”, disse o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB).

“A notícia caiu como uma bomba atômica para nós que estamos acostumados a vê-lo tão dinâmico. É uma surpresa profundamente desagradável. Só podemos então rezar”, disse o deputado estadual Barros Munhoz, presidente da Assembleia Legislativa São Paulo.

“Solidariedade ao companheiro Lula, mais um desafio que será vencido. Forte abraço ao Lula guerreiro do povo brasileiro”, disse o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP).

“De todo coração, desejo sua cura e pleno restabelecimento. Boa sorte, presidente”, afirmou Raul Jungmann, ex-deputado do PPS.

“Espero que o presidente Lula tenha uma rápida recuperação. O debate político ainda precisa muito da contribuição dele”, disse o presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE).

“Luiz Inácio da Silva, independente das discordâncias políticas, merece nossa solidariedade neste difícil momento de sua vida. Estimo sinceras melhoras e força para enfrentar o tratamento necessário, ao mesmo tempo em que estendo aos seus familiares meu desejo para que tenham fé na cura do ex-presidente”, disse o líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP).

“O PPS é solidário ao ex-presidente Lula e a sua família. Nós desejamos sucesso em seu tratamento e a sua pronta recuperação. Lula agiu corretamente ao não esconder a sua doença. Tal atitude é rara de ser vista em homens públicos”, disse Roberto Freire, presidente nacional do PPS.

(Folha)

TSE julgará 11 governadores eleitos em 2010. Entre eles, Cid Gomes

73 4

Desde a diplomação dos 27 governadores eleitos em 2010, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu pedidos de cassação contra 12. Entre os governadores está Cid Gomes, do Ceará. A coligação adversária alega que ele teria utilizado indevidamente a propaganda institucional com o objetivo de promover sua candidatura. Também acusa o governador de abuso de poder econômico e político. O relator é o ministro Gilson Dipp.

Nesta semana, o Plenário da Corte julgou o primeiro processo, contra a governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini (DEM), restando ações contra outros 11 chefes de Executivo estadual.

Por maioria de votos, os ministros decidiram manter a governadora no cargo por entender que não havia provas suficientes para determinar a cassação do mandato. O recurso contra Rosalba foi interposto pela coligação do candidato derrotado nas eleições, Iberê Ferreira de Souza. A coligação alegava que Rosalba teria praticado abuso de poder econômico e político e uso indevido dos meios de comunicação social, além de gastos ilícitos de campanha nas eleições de 2010.

Além de Rosalba Ciarline e Cid Gomes, os outros 10 processos de cassação são contra Tião Viana (PT-AC); Teotonio Vilela (PSDB-AL); Omar Aziz (PMN-AM); Siqueira Campos (PSDB-TO); Wilson Martins (PSB-PI); Anchieta Junior (PSDB-RR); Antonio Anastasia (PSDB-MG); Roseana Sarney (PMDB-MA); André Puccinelli (PMDB-MS); e Sérgio Cabral (PMDB-RJ).

Em sua maioria, os processos contra governadores se baseiam em acusações de abuso de poder econômico, abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação. Esses crimes e suas respectivas punições estão previstos na Lei das Inelegibilidades (Lei Complementar 64/90), podendo levar à cassação do diploma caso fique comprovada a prática.

No caso do abuso de poder político, essa conduta se caracteriza quando o mandatário de um cargo vale-se de sua posição para agir de modo a influenciar o eleitor, em detrimento da liberdade do voto, e utiliza da máquina administrativa em prol de determinada candidatura. Já o abuso de poder econômico consiste no financiamento direto ou indireto de partidos e candidatos, antes ou durante a campanha eleitoral, com o fim de prejudicar a legitimidade das eleições.

(Com informações do TSE)

Tiririca vai destinar R$ 3 milhões em emenda parlamentar à Cultura

O deputado Tiririca (PR-SP) pediu audiência com Andrea Matarazzo, secretário da Cultura de São Paulo. Avisou que vai destinar R$ 3 milhões em emenda parlamentar à área.

No início do semestre, assessores de Tiririca (PR-SP) entregaram ao plenário da Câmara dos Deputados os primeiros projetos de lei de autoria do humorista.

Uma das propostas prevê a criação de uma “bolsa alfabetização” para adultos que concluírem curso para aprender a ler e escrever. O projeto fixa o valor mínimo de R$ 545 para o benefício.

O comediante teve a diplomação para o cargo ameaçada após suspeita de ter adulterado declaração em que afirmou ser alfabetizado. Ele aceitou fazer um teste para comprovar que sabe ler e escrever e foi absolvido pela Justiça Eleitoral.

No texto da proposta, Tiririca explicou que o benefício tem a “finalidade de estimular o aprendizado da leitura e da escrita, de forma a qualificar e assegurar ao cidadão o pleno acesso e a utilização da informação”.

Em contrapartida, o relatório exige que os alunos compareçam pelo menos seis meses de aula com, no mínimo, 85% de frequência.

Os outros dois projetos de Tiririca tratam da criação de vale-livro para alunos da rede pública e de serviços de assistência social para profissionais do circo.

(com informações da Folha e do CNews)

Dilma precisa iniciar um novo ciclo, defende articulista

296 2

Em seu Blog, Ricardo Kotscho apregoa que a presidente Dilma precisa dar um rumo ao seu governo, que já teve seis ministros caindo, dos quais cinco sob acusação de corrupção. Confira:

A já esperada troca de Orlando Silva por Aldo Rebelo, ambos do PCdoB, no Ministério do Esporte pode ser o último capítulo de um ciclo político, o do presidencialismo de coalização, inaugurado após a redemocratização do país pelo governo acidental de José Sarney, em 1985, e que está com o prazo de validade vencido.

A sociedade brasileira clama por uma nova forma de fazer política e montar governos, que não seja baseada apenas em verbas e cargos, com o loteamento da Esplanada dos Ministérios em cotas partidárias no sistema de “porteira fechada”.

Com certeza, nem Dilma Rousseff aguenta mais este troca-troca de seis por meia dúzia. Em menos de dez meses de governo, a presidente já se viu obrigada a dar a conta a seis ministros de diferentes partidos, sem conseguir montar uma equipe minimamente coesa e competente para administrar o país.

Tudo bem que Dilma se elegeu a bordo de uma monumental coligação partidária e governa praticamente sem oposição, mas nem assim ela consegue ter uma semana de paz para se dedicar às grandes questões nacionais.

A maior parte do tempo da presidente neste seu primeiro ano foi dedicada à administração de crises provocadas por denúncias de corrupção em diferentes ministérios _ ou melhor, de “malfeitos’, como ela prefere.

O fato é que a pauta política foi dominada pelo cai-cai e a substituição de ministros, o que não resolveu nenhum dos problemas anteriores e criou outros. Nos últimos cinco meses, isto aconteceu uma vez a cada 50 dias.

Ninguém consegue governar o país desse jeito. Como nenhum partido reúne condições de governar o Brasil sozinho, é evidente que qualquer governo precisa montar alianças para se eleger e ter maioria no Congresso.

O problema é que não dá mais para utilizar os mesmos métodos do toma-lá-dá-cá que está na raiz de todos os escândalos passados, presentes _ e, se nada for feito, futuros.

Cabe a Dilma Rousseff, agora, com a força do apoio popular que as pesquisas demonstram, dar um basta a essa situação, enterrar esse ciclo.

Para isso, precisa estabelecer novos critérios na construção de uma nova maioria _ de preferência, com gente decente _  e estabelecer os requisitos mínimos de competência, probidade e compromissos com o país, tanto de partidos como dos nomes indicados para os ministérios.

Se o fizer logo, passa para a história. Se adiar por muito tempo, por mais concessões que faça, não terá assegurada a tão falada governabilidade _ ao contrário, poderá ver esvaziado o seu poder e inviabilizar a reeleição.

Em vez de ficar a reboque dos fatos e remontar seu governo no varejo partidário cada vez que um ministro inviabiliza sua própria permanência, a presidente Dilma poderia aproveitar a anunciada reforma ministerial prevista para janeiro e, desta vez, agir no atacado.

Por que os mesmos partidos têm que ficar para sempre com os mesmos ministérios, perenizando as mesmas práticas, apenas trocando Orlando por Aldo ou Pedro por Gastão? Onde está escrito isso?

Gostaria de ver a presidente Dilma fazer a primeira reunião ministerial de 2012, após a reforma, com caras e propostas novas capazes de dar novas esperanças aos brasileiros que votaram e confiam nela para devolver dignidade e honradez à atividade política.

Fazer um governo de continuidade como este para o qual ela foi eleita em 2010, graças ao apoio decisivo do então presidente Lula e dos seus 80% de aprovação popular, não significa que nada possa ser mudado.

Ao contrário, para preservar as conquistas sociais e econômicas da última década, é preciso criar novas bases para a relação entre o governo, os partidos e a sociedade, aprimorar os controles na administração e avançar na direção de um enfrentamento permanente aos maus hábitos de privatização pessoal e partidária dos recursos públicos.

É enorme, eu sei, o desafio colocado para a presidente que nunca sonhou em ser presidente, mas os últimos dias, semanas e meses demonstraram à exaustão que não é possível eternizar esse sistema político viciado, emendando uma crise na outra.

Não há escolha: é mudar ou mudar e dar início a um novo ciclo político. Quem pode dar o sinal e o exemplo é a presidente da República, Dilma Rousseff.

E POR ALAR EM NOVO CICLO

A turma do humor não perdeu tempo e, aproveitando o rompimento da dupla Zezé di Camargo e Luciano, prevê o fim da dupla Lula e Dilma e até expõe um novo visual para a presidente aqui