Blog do Eliomar

Últimos posts

Prêmio Nobel da Paz em 2011 fica com trio de mulheres

O trio de mulheres ativistas Ellen Johnson Sirleaf, Leymah Gbowee e Tawakkul Karman venceu o Prêmio Nobel da Paz de 2011, conforme anunciou nesta sexta-feira (7) o comitê Instituto Norueguês do Nobel, que entrega o prêmio, em Oslo, na Noruega.

Diferentemente dos anos posteriores, o anúncio de quem havia sido escolhido foi lido apenas em inglês e, segundo o comitê informou antes do evento começar, o texto possuía 21 linhas, um total relativamente alto para o padrão visto nas justificativas passadas.

O comitê do prêmio Nobel havia anunciado em março que foram indicados 241 candidatos à categoria, um número recorde. O prêmio, que inclui 10 milhões de coroas suecas (US$ 1,5 milhão), será entregue em dezembro.

O Prêmio Nobel é entregue desde 1901 a personalidades de destaque nas áreas de ciências, literatura e paz, conforme estipulado no testamento do empresário Alfred Nobel, inventor da dinamite.

No ano passado, o dissidente chinês Liu Xiaobo foi o vencedor do prêmio Nobel da Paz. Liu foi condenado a 11 anos de prisão, em dezembro de 2009, por escrever um manifesto com outros ativistas chineses pela liberdade de expressão e eleições multipartidárias no país.

(Folha)

Téo Menezes garante que irá depor nesta sexta-feira sobre escândalo

Investigado sobre suposta participação em fraude no caso do escândalo dos banheiros, o deputado estadual Téo Menezes (PSDB) deverá depor, na tarde desta sexta-feira (7), na Procuradoria de Justiça dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap), do Ministério Público Estadual (MPE). Ele confirmou ao O POVO que não adiará o depoimento, conforme aconteceu nas duas datas marcadas anteriormente, e desmentiu a informação de que pediria licença da Assembleia Legislativa para tratar de sua defesa no caso.

A informação foi repassada ao O POVO por uma fonte que pediu para não ser identificada. Segundo Téo, ele nem sequer cogita se ausentar do Parlamento. “Se fosse para eu pedir licença, teria sido no início (da deflagração do escândalo), não agora, com as investigações já avançadas. E nunca foi provado nada contra mim”, justificou. Ele preferiu não adiantar os argumentos de defesa que levará aos promotores de Justiça. “Não sei que informações o Ministério Público vai querer saber”, disse.

Téo deveria ter sido interrogado no último dia 5 de setembro, quando ele mesmo adiou os esclarecimentos para quatro dias depois. Na ocasião, pela segunda vez, desmarcou o depoimento, remarcando para hoje. Como parlamentar, conta com a prerrogativa de ele mesmo determinar o dia em que vai prestar depoimento.

Só mais um adiamento

O promotor Ricardo Rocha disse que a Procuradoria toleraria somente mais um adiamento. Se isso ocorrer, o deputado será notificado a se pronunciar por escrito. Caso nem assim se manifeste, o resultado das investigações pode pesar para o seu lado, já que não há instrumento que obrigue a palavra do parlamentar. “Ele não terá a oportunidade de se defender do que existe apontando contra ele”, disse Rocha. “Mas não podemos ficar submissos a uma ausência dele. Ao final, vamos ajuizar ações contra as pessoas que estão ditadas como responsáveis”, diz

(O POVO)

Professores decidem futuro da greve nesta sexta-feira

O futuro dos professores da rede estadual, em greve há 63 dias, pode ser definido nesta sexta-feira (7), em assembleia geral da categoria, quando eles deverão decidir pela continuidade ou não da greve. Em protesto pelo cumprimento da Lei Federal do Piso Salarial e pela implantação do plano de cargos e carreiras, desde 5 de agosto a os docentes decidiram paralisar as atividades.

Nesta quinta-feira (6), professores que integram o comando de greve e membros do governo fizeram a última tentativa de acordo antes da assembleia que definirá os rumos da greve que paralisou as aulas em boa parte das escolas do Estado. O encontro começou a tarde e varou a noite, não sendo apresentado nenhum resultado da negociação até o fechamento desta página.

Durante o encontro, nos corredores internos do Palácio da Abolição, ecoavam os gritos dos professores, que protestavam do lado de fora da sede do Governo do Estado. Segundo a Polícia Militar, cerca de 500 manifestantes promoveram um ato paralelo à reunião, do lado de fora da Casa. Puxados pela banda de fanfarra da Escola Antonieta Siqueira, os docentes promoviam um apitaço e aguardavam pelo resultado da reunião, sem saber o que se passava do lado de dentro.

Com uma hora de atraso, a reunião teve início às 16 horas, quando o chefe de gabinete do Governo, Ivo Gomes (PSB), e a secretária da Educação, Izolda Cela, receberam o Comando de Greve.

Negociação sem fim

Essa foi mais uma negociação de tantas outras que não surtiram efeito até o momento. Nem Governo nem professores grevistas cedem em nenhum ponto. O Palácio da Abolição afirma que está disposto a apresentar novas propostas, desde que a categoria encerre a greve. Os docentes, por sua vez, afirmam que só acabam com a paralisação quando o Governo apresentar uma proposta que realmente valorize a categoria. Impasse que deixa milhares de alunos fora de aula e deverá prejudicar o desempenho deles no próximo Exame Nacional do Ensino Médio, que acontece nos dias 22 e 23 de outubro.

Na última quinta-feira, o conselho estadual do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) chegou a apresentar uma proposta que seria um meio termo entre o que exige os professores e o que oferece o Governo. A categoria não gostou e o Executivo disse que negociará os novos valores caso a greve se encerre hoje.

(O POVO)

Samu: Prefeitura diz que serviço está normalizado

Nesta quinta-feira (6), a equipe médica do plantão saiu como previsto em uma das ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Eram seis médicos distribuídos pelos quatro pontos fixos, de onde saem as ambulâncias com UTI, e na Central de Regulação, onde é feita a triagem das ligações do 192. A carência era de um médico. No início da semana, quando sete médicos solicitaram o descredenciamento, eram apenas quatro no plantão. O ideal são sete por plantão de 12 horas.

A Prefeitura afirma que novos profissionais estão sendo contratados e anuncia a chegada de cinco novas ambulâncias, além da publicação de edital para a realização de processo seletivo ou concurso para médicos do Samu.

Segundo o diretor clínico do Samu, Messias Simões, o atendimento está sendo normalizado. “No plantão noturno de quarta-feira, a escala estava completa”, informa. Novos profissionais estão sendo convocados para fazer a recomposição do quadro. “Já temos três escalas repostas, mas não dá para ser imediato”, pondera.

Ao todo, são aproximadamente 48 médicos no Samu. Messias Simões acredita que o impacto no atendimento não foi maior porque a situação no Samu já era crítica há algum tempo. “Já vínhamos sofrendo para manter as escalas porque alguns profissionais estavam faltando o serviço. Conversamos com esses médicos e eles se comprometeram a não faltar mais”. O diretor não soube precisar quantos profissionais estavam nessa situação, mas garantiu que todos aqueles que deixaram de cumprir sua escala tiveram reduções nos vencimentos.

O desinteresse de médicos em continuar no Samu é gerado pela estrutura precária de trabalho e pelo atraso no pagamento do salário, além do não reconhecimento de vínculo empregatício (eles não têm direito a férias, 13º salário ou licença). De acordo com o diretor clínico do Samu, desde agosto têm ocorrido reuniões sistemáticas para discutir propostas de melhorias no Samu.

(O POVO)

CBF patrocinou congresso de delegados da PF em Fortaleza

Responsável por instaurar a investigação contra o presidente da CBF Ricardo Teixeira, a pedido do Ministério Público Federal, o superintendente da PF no Rio, Valmir Lemos de Oliveira, era primeiro-tesoureiro da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), em novembro de 2009, quando a CBF foi a principal patrocinadora do IV Congresso Nacional da entidade, realizado em Fortaleza.

A entidade deu R$ 300 mil à organização. Teixeira, inclusive, foi convidado a participar de um painel sobre a Copa do Mundo de 2014, que foi incluído pelos organizadores na pauta do encontro.

Na época, Lemos, então secretário de Segurança Pública do DF, foi ao Rio para o encontro com Teixeira que definiu o apoio da CBF. Os dois seguem mantendo boa relação. Em 5 de maio, o cartola esteve na sede da Superintendência da PF no Rio para prestigiar a posse de Lemos.

 (LanceNet)

Disputa política agrava impasse na greve dos Correios

63 1

A disputa pelo controle político-sindical dos Correios está na origem do impasse na negociação do dissídio dos carteiros. PT, PSOL, PSTU e PCdoB travam uma batalha permanente pelas bases dos 35 sindicatos representantes da categoria em todo o país.

Num quadro de conflito político como esse, a tendência ė a radicalização: os carteiros apresentaram uma proposta de aumento linear de R$ 400. Depois, passaram a aceitar R$ 200. No fim, concordaram com R$ 80, após árdua negociação no TST.

(Valor Econômico)

12 milhões trocaram de operadora sem mudar número

Desde o início da implantação da portabilidade numérica no país, em 1º de setembro de 2008, foram realizadas 12,1 milhões de trocas de operadoras com a manutenção do número do telefone. Desse total, a maioria (66%) corresponde a usuários de telefonia móvel e 34% são usuários de telefonia fixa. O número de migrações realizadas até hoje corresponde a 4,5% do total de linhas fixas e móveis habilitadas atualmente no país.

Em 2008, antes do início da vigência da portabilidade numérica, a expectativa do setor era que 11,3 milhões de pessoas aderissem ao serviço ainda no primeiro ano de implantação do sistema.

Quem quiser trocar de prestadora e manter o número do telefone deve dirigir-se à operadora para a qual quer migrar e pedir uma nova habilitação mantendo o número atual. A operadora antiga terá um dia útil para conferir os dados do usuário e o processo de portabilidade deve ser concluído em, no máximo, três dias úteis depois da solicitação do consumidor. A portabilidade só poderá ser feita dentro do mesmo serviço (móvel para móvel ou fixo para fixo) e na área de abrangência do mesmo DDD.

(Agência Brasil)

Copa 2014: Líder diz que governo deve recuar sobre meia-entrada

Vereador Eron quer meia-entrada na Copa

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou nesta quinta-feira (6) que foi um erro abrir a possibilidade de a meia-entrada ser tratada por uma lei federal. Atualmente, o assunto é tratado por meio de legislações estaduais e o desejo do governo, diz Vaccarezza, é que continue assim.

Nesta quarta-feira (5), a Câmara aprovou em votação simbólica o Estatuto da Juventude, que prevê, entre outros pontos, a meia-entrada para os jovens estudantes entre 15 e 29 anos em eventos em todo o território nacional.

O benefício valeria também para os jogos de futebol, portanto para os jogos da Copa do Mundo que vai acontecer no Brasil. O problema é que o governo não tratou do assunto na Lei Geral da Copa que enviou ao Congresso, alegando que isso teria que ser definido entre a Fifa e os Estados. (Folha)

Em Fortaleza – A polêmica da meia-entrada começou a ser discutida na Câmara Municipal. O vereador Eron Moreira (PV) deu entrada nesta quinta-feira (6) em requerimento para a realização de audiência pública. Para o vereador, a meia-entrada é um direito assegurado ao estudante de Fortaleza.

Prefeitura reduz muro para mostrar Hospital da Mulher

Usuários do transporte coletivo de Fortaleza passaram a ter uma nova paisagem no trecho onde funcionava o Jockey Club, na avenida Senador Fernandes Távora, desde a última segunda-feira (3).

É que cerca de um metro foi retirado da altura do muro, que possui quase 100 metros de comprimento. A nova altura permite a visão da estrutura do Hospital da Mulher, mesmo que de longe, somente para passageiros de ônibus e caminhões. Para a visão de motoristas de carro a passeio, o muro terá que descer mais um metro.

Fernando Morais lança livro em Fortaleza

71 1

O jornalista Fernando Morais, autor de várias biografias, estará em Fortaleza no próximo dia 27. Ele vem lançar seu mais recente livro “Os Últimos soldados da guerra fria” durante solenidade marcada para as 19 horas, no Plenário 13 de Maio, da Assembleia Legislativa.

A vinda de Fernando Morais é uma promoção da Editora Assaré, que tem à frente o jornalista e professor Francisco Bezerra. 

* Leia entrevista e sobre o livro aqui.

ABTO muda diretoria em dezembro

“Não haverá disputa na eleição para a presidência da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos, em dezembro. O nefrologista José Medina, do Hospital do Rim, em São Paulo, autoridade na especialidade, sucederá Ben-Hur Ferraz Neto na ABTO.

Um de seus desafios será diminuir desigualdades regionais nas doações. Estados como São Paulo e Santa Catarina têm números iguais aos de grandes países – 20 ofertas por milhão de habitantes – mas outros, como Rio de Janeiro, captam órgãos bem abaixo da necessidade.

(Coluna Ricardo Boechat – Isto É)

Vila do Mar -Prefeitura prossegue remoção de famílias

Essa informação é do site da Prefeitura de Fortaleza:

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenação do Projeto Vila do Mar e da Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), prossegue, até sexta-feira (07), com a remoção das 264 famílias beneficiadas com o 1º conjunto habitacional do Projeto Vila do Mar (Avenida Francisco Sá com Rua Graça Aranha – Carlito Pamplona). As famílias removidas vivem em uma das áreas de risco do Cristo Redentor. Até o final do dia de ontem (05), mais de 130 famílias já haviam sido transferidas para as unidades habitacionais que têm dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e varanda, com cerca de 49m² de área. Para as pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção foram construídos apartamentos adaptados. Todas as famílias serão beneficiadas com o papel da casa.

O Projeto Vila do Mar já erradicou duas das seis áreas de risco do litoral oeste de Fortaleza. Aprovado no Orçamento Participativo (OP), tem investimento da ordem de R$ 142 milhões, sendo R$ 92 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), R$ 20 milhões do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social e R$ 30 milhões de parceria com o Governo do Estado de Ceará. Além da Habitafor e da Coordenação do Vila do Mar, a transferência das famílias conta com o apoio da Guarda Municipal, Defesa Civil e Secretaria Executiva Regional (SER) I.

91% dos brasileiros são cntra imposto para a saúde

57 4

“Se a profecia da ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, de que haverá um novo imposto para bancar a saúde for confirmada, 91% dos brasileiros reprovarão a medida. É o que mostra a pesquisa DataSenado, obtida com exclusividade pelo site de VEJA. Foram 1.290 entrevistas pelo país, coletadas no período de 16 de setembro a 3 de outubro de 2011. No dia 21 de setembro, em meio ao andamento do estudo, a Câmara dos Deputados aprovou a Emenda 29, que define os recursos para a saúde. A pesquisa completa será divulgada nesta quinta-feira.

Os deputados rejeitaram a criação de um novo imposto para custear a área, a contragosto do Planalto. O PT foi o único partido que orientou sua bancada a favor da base de cálculo para a Contribuição Social da Saúde (CSS). A intenção dos petistas era que a CSS se tornasse uma espécie de substituto da antiga CPMF. Agora o governo tenta convencer os senadores a incluir o novo imposto no texto da Emenda 29, que tramita na Casa.
 
Dados

O levantamento mostra que o Planalto age na contramão da opinião da pública. De acordo com a pesquisa DataSenado, 70% dos brasileiros acreditam que é preciso gerenciar melhor o dinheiro que já é destinado ao setor ao invés de criar um novo imposto.  Outros 14% acham que o investimento extra deveria ser obtido com o aumento dos impostos de cigarros e de bebidas alcoólicas.

Os que avaliam que o governo deveria usar recursos de outras áreas somam 7%. Ou seja, 91% dos entrevistados são contra a inclusão de um novo imposto na proposta da Emenda 29. Apenas 3% disseram que seria preciso criar um novo tributo sobre movimentações financeiras. Os outros 6% não souberam ou não responderam à questão.

Os entrevistados apontaram como os maiores problemas da saúde a falta de profissionais, a demora no atendimento e o baixo salário dos funcionários da área. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado nos resultados é de 95%. Isso significa que se forem realizados outros 100 levantamentos com a mesma metodologia, aproximadamente 95 terão os resultados dentro da margem de erro estipulada.

Emenda 29

A emenda estabelece que a União deve aumentar anualmente os investimentos em saúde de acordo com a variação nominal do Produto Interno Bruto (PIB). Estados são obrigados a destinar 12% do que arrecadam em impostos, e os municípios, 15%. O texto também deixa mais claros os critérios levados em conta no cálculo. Hoje, alguns estados incluem na conta da saúde despesas de outras áreas, como saneamento.”

(Veja Online)

Cantor Eugênio Leandro lança o livro "A Noite dos Manequins"

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=5zSH_XEq9pM[/youtube]

O cantor, compositor e escritor Eugênio Leandro vai lançar neste sábado, a partir das 17 horas, no Largo do Mincharia (Praia de Iracema), mais um livro. “A Noite dos Manequins” é o nome desse novo rabalho de Eugênio, que promete festa também show ao lado de amigos e parceiros.

Lei Maria da Penha reduz homicídios contra mulheres em Cuiabá

“Sede do III Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (III Fonavid), que começa em 23 de novembro, o município de Cuiabá, no Mato Grosso, registrou, entre 2008 e 2011, significativa redução no número de homicídios contra vítimas do sexo feminino. Levantamento do Ministério Público estadual aponta que os casos caíram de 16, em 2008, para 5, em 2010, sendo que, em 2011, foram 2 até o mês de junho.

Para a juíza Ana Cristina da Silva Mendes, organizadora do III Fonavid e membro da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Comarca de Cuiabá, os dados resultam da eficácia da aplicação, na capital mato-grossense, da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006), que criou mecanismos de combate à violência doméstica e contra a mulher.

“Atribuo esse avanço à eficácia que temos dado à aplicação da Lei Maria da Penha. Nesse esforço, agimos com muita força na repressão aos crimes de menor potencial ofensivo, como lesões corporais, para evitarmos uma impunidade que possa levar ao homicídio”, disse a magistrada, destacando também a importância do trabalho de prevenção da violência, executado por meio da divulgação da Lei Maria da Pena e do estímulo a discussões sobre o tema.

O III Fonavid vai reunir, entre 23 e 25 de novembro, magistrados, equipes multidisciplinares e servidores do Judiciário de todo o país que atuam em processos relacionados à violência doméstica e contra mulher. Sob a temática Lei Maria da Penha – Um Olhar Crítico sobre o Tema, o encontro vai discutir decisões judiciais e a eficácia jurídica da lei na repressão a esse tipo de crime. Antes de Mato Grosso, o Fonavid foi realizado no Rio de Janeiro (2009) e na Paraíba (2010).

Um dos importantes resultados das discussões do Fonavid foi a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de editar a Resolução n. 128, de 17 de março de 2011, que determinou a criação de coordenadorias da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar como órgãos permanentes de assessoria das presidências dos tribunais de Justiça.

A Lei Maria da Penha foi assim batizada em homenagem à biofarmacêutica, de mesmo nome, vítima de um caso de violência doméstica que se tornou emblemático. A agressão que lhe tirou os movimentos das pernas aconteceu em maio de 1983. A prisão do agressor, seu ex-marido, só ocorreu 19 anos depois, em outubro de 2002. Condenado a oito anos e seis meses de prisão, ele foi beneficiado, em março de 2004, com a progressão da pena ao regime semiaberto.”

(Com CNJ)

Bienal de Dança – Juazeiro do Norte recebe o primeiro espetáculo

A cidade de Juazeiro do Norte (Região do Cariri) vai receber o primeiro espetáculo da 8ª Bienal Internacional de Dança do Ceará. Isso ocorreráàs 20 horas desta quinta-feira, quando a Cia Vatá, de Fortaleza, subirá ao palco do CCBNB desse município. O espetáculo é “Cartas do Asilo” e retrata uma fase da vida da escultora francesa Camile Claudel. Com 50 minutos de duração, a apresentação é livre para todas as idades e tem acesso gratuito.

A apresentação abre a programação artística da 8ª Bienal Internacional de Dança do Ceará que ocorrerá durante todo este mês e primeira semana de novembro em Fortaleza e mais dez cidades cearenses.  a abertura oficial será somente no próximo dia 21, no Theatro José de Alencar, em Fortaleza.

BIENAL

A Bienal é apresentada pelo Ministério da Cultura (Minc), Petrobras e o BNDES. Tem como patrocinadores Banco do Nordeste, Funarte, Oi e Caixa Econômica Federal. Apoio cultural: MinC (Lei Federal de Incentivo à Cultura), Centro Cultural Banco do Nordeste, Oi Futuro, Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura (Lei Estadual de Incentivo à Cultura), entre outros. A realização é da Indústria da Dança.

SERVIÇO

* Mais informações no www.bienaldedanca.com.

Médicos de Fortaleza podem entrar em greve

“Médicos do município de Fortaleza podem entrar em greve, segundo informou o Sindicato dos Médicos do Ceará (Simec). A categoria realiza uma assembleia, na sede do sindicato, na noite desta quinta-feira, 6, a partir das 19 horas. No encontro a categoria deve decidir se dá início a uma paralisação.

Segundo o Simec, há cinco meses, um grupo de médicos do município, junto ao Simec, vêm tentando negociar melhores condições de trabalho e remuneração na atenção básica e nos hospitais.

Segundo o presidente do Simec, José Maria Pontes, muitas assembleias e reuniões com a Prefeitura, na Secretaria de Administração do Município (SAM), foram realizadas. Segundo o presidente, foram fechadas 18 reivindicações, mas nada foi cumprido até agora.

Segundo a comissão de negociação, a quantidade de médicos é insuficiente e não tem como responder pela demanda.”

(O POVO Online)

Max Gehringer é atração no "Mundo Unifor"

Essa dica é do Blog “Empregos em Fortaleza”:

Um dos diferenciais desta edição do Mundo Unifor é a oferta de cinco palestras principais, com profissionais renomados do mercado, nas cinco áreas do conhecimento: administrativa, humanas, jurídica, da saúde e tecnológica.

Quem abre a programação do “Mundo Unifor 2011”, representando o Centro de Ciências Administrativas, é Max Gehringer, reconhecido por seu trabalho como executivo de empresas, colunista em várias revistas e com quadros fixos na CBN. O evento é gratuito e aberto ao público, mediante inscrição online.

Max Gehringer, que falará dia 17, à noite, diz a verdade com bom humor e muito talento. Faz o retrato fiel das relações interpessoais no dia a dia das grandes corporações. Não diz apenas o que pensa, fala sobre o que conhece. Carreira bem sucedida como executivo de grandes empresas (entre outras, presidente de Pepsi-Cola e da Pullman/Santista Alimentos, Diretor Comercial e Industrial da Elma Chips, e Diretor de Sistemas da Frito Lay nos Estados Unidos). Em janeiro de 1999, foi escolhido em pesquisa do jornal Gazeta Mercantil como um dos “30 Executivos Mais Cobiçados do Mercado”.

MAX GEHRINGER

Formado em Administração, pós graduado pela GV, tem vários cursos e extensão universitária nos Estados Unidos. Colunista das revistas da Editora Abril: Exame (seção “Comédia Corporativa”), Você S.A. (seção “Mister Max”) e Revista VIP (seção “Vida Profissional”), é também autor dos livros “Relações Desumanas no Trabalho”, “Comédia Corporativa”, “Não Aborde Seu Chefe No Banheiro” e “BigMax – Vocabulário Corporativo”.

SERVIÇO

Local: Praça Central – Universidade de Fortaleza
Avenida Washington Soares, 1321
Evento gratuito. Aberto ao público. Inscrições online
Mais informações: 3477 3400

Fonte: http://www.unifor.br/mundounifor/index.php?option=com_content&view=article&id=255