Blog do Eliomar

Últimos posts

Haddad elogia projetos tucanos, mas critica FHC

Um dos trunfos da gestão tucana no Estado de São Paulo, as escolas técnicas Etec e Fatec foram elogiadas neste sábado (19) pelo ministro Fernando Haddad (Educação), pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo.

Em evento organizado pelo sindicato dos metalúrgicos do ABC em São Bernardo do Campo, Haddad afirmou que “é preciso reconhecer a excelência da Fundação Paula Souza”, responsável pelas escolas profissionalizantes paulistas. E disse que o governo federal pretende apoiar a fundação para ampliar o número vagas nas Fatecs e Etecs.

As escolas técnicas foram usadas como exemplo na campanha do PSDB à Presidência, no ano passado.

“Governos anteriores preferiam prejudicar a população a apoiar governadores e prefeitos que não fossem de partidos da base aliada. Na educação acabamos com essa política. Nós apoiamos a criança, o jovem, o trabalhador, independentemente de quem esteja à frente do governo estadual e municipal”, justificou Haddad.

O ministro, entretanto, fez críticas ao governo FHC. “O primeiro eixo do Pronatec [programa recém-lançado pelo governo federal para a educação profissional] será recuperar o tempo perdido”, disse. “Imaginem vocês que havia uma lei da época do governo Fernando Henrique Cardoso proibindo a expansão da rede federal de ensino profissional.”

Haddad afirmou que a lei vigorou de 1998 a 2004, quando foi revogada. “A partir de 2005 nós demos impulso ao maior programa de expansão da rede federal já realizado”, disse.

(Folha)

Dias do chimpanzé como cobaia podem chegar ao fim

Os chimpanzés são utilizados em pesquisas nos Estados Unidos desde a década de 1920, quando Robert Yerkes, professor de psicologia da Universidade de Yale, começou a levá-los para o país. Durante a década de 1950, a força aérea passou a reproduzi-los para o uso no programa espacial, a partir de 65 espécimes capturados na natureza.

A semelhança com os humanos os torna importantes para pesquisas, mas também gera muita solidariedade. Para os pesquisadores, esses animais podem significar a melhor chance de descobrir a cura de doenças atrozes. Para muitas pessoas, porém, eles são nossos parentes atrás das grades.

A pesquisa biomédica com chimpanzés ajudou a produzir a vacina contra a hepatite B e tem por objetivo produzir a vacina contra a hepatite C, que infecta 170 milhões de pessoas em todo o mundo. Contudo, há muito que os protestos contra essa pesquisa consideram-na cruel e desnecessária.

Devido à grande pressão atual de organizações de defesa dos animais, a decisão judicial que porá um fim a este tipo de pesquisa nos Estados Unidos pode vir em um ano. Atualmente, apenas os Estados Unidos e o Gabão (África Central) conduzem pesquisas invasivas com chimpanzés.

A sociedade e outros grupos pressionaram os NIH (Institutos Nacionais da Saúde) americanos para que fosse elaborado um relatório sobre a utilidade da pesquisa com chimpanzés, aguardado para este ano. A Sociedade Humanitária também se uniu ao Instituto Jane Goodall e à Sociedade para a Conservação da Vida Selvagem para elaborar uma petição ao Serviço de Fauna e Peixes dos Estados Unidos, na qual é declarado o risco de extinção dos chimpanzés em cativeiro, uma vez que os que vivem na natureza já estão ameaçados, oferecendo a eles mais proteção. A decisão é aguardada para setembro do ano que vêm.

Os laboratórios de pesquisa dos Estados Unidos abrigam mil chimpanzés, e o Centro de Pesquisas de New Iberia é um deles. O centro pertence à Universidade de Louisiana em Lafayette, e ocupa 40 hectares do centro da Louisiana francesa ou acadiana, aproximadamente 210 quilômetros a oeste de Nova Orleans. Nele vivem 360 chimpanzés, sendo que 240 pertencem à universidade e 120 ao NIH, além de outros seis mil primatas, a maioria da espécie macaco-rhesus.

A instituição foi acusada de maus-tratos no passado, sendo que foram descobertas e corrigidas algumas violações às normas de tratamento dos animais, de acordo com as inspeções do Departamento de Agricultura.

Os chimpanzés também foram procriados para serem usados em pesquisas da AIDS nos anos 1980, que não obtiveram avanços. Em meados da década de 1970, o apoio à preservação de espécies ameaçadas de extinção havia aumentado, e a importação de chimpanzés retirados da natureza foi proibida. Nos anos 2000, foi aprovada uma lei federal exigindo a aposentadoria dos chimpanzés pertencentes ao governo após o fim de seu uso em experimentos. Foi inaugurado em Shreveport, na Louisiana, o Chimp Haven, um santuário nacional de chimpanzés, para dar assistência a esses a outros chimpanzés.

(New York Times News Service)

Favoritos, conservadores prometem 'resgate de valores' na Espanha

A eventual vitória dos conservadores nas eleições deste domingo (20) na Espanha causa grande preocupação no país entre representantes de grupos de defesa de direitos de minorias e setores progressistas da sociedade. Mariano Rajoy, candidato do Partido Popular e favorito para substituir o socialista José Luis Rodriguez Zapatero, anunciou que promoverá, durante seu mandato, o “resgate de valores tradicionais”.

“Na Espanha se perderam muitos valores que nestes tempos de crise devemos recuperar”, disse ele em um comício em Barcelona.

Por declarações como esta e pelas posições defendidas pelo Partido Popular, o temor é de que o eventual governo conservador se empenhe em revogar leis aprovadas durante os dois mandatos prévios socialistas como a do casamento gay, do aborto, da memória histórica (que obrigou a retirada de símbolos da ditadura militar de espaços públicos) e da proibição de fumar em bares e restaurantes.

Igreja

O clero espanhol não se pronunciou sobre as promessas de campanha do partido conservador, mas já deu seu parecer sobre as eleições e o que devem fazer os fiéis.

No fim de outubro, a Conferência Episcopal divulgou um comunicado com o título de “Nota ante as eleições de 2011”, afirmando que “é nossa obrigação de pastores da Igreja orientar o discernimento moral para a justa tomada de decisões que afetam o bem comum, como é o caso das eleições”.

Sem citar siglas partidárias nem nomes de candidatos, o clero, que participou de manifestações contra as leis do casamento gay e aborto e criticou publicamente o governo socialista por estas medidas, ratificou seus pontos de vista.

A igreja definindo como “perigosas e nocivas” as leis que “permitem que casamento seja mais do que uma a união entre um homem e uma mulher”. E afirmou que as “decisões políticas devem ser morais e justas de acordo com a natureza do ser humano”.

Outra das tradições defendidas pelo candidato conservador é a tourada. Rajoy promete blindar a permanência do espetáculo que divide a opinião pública entre os que defendem o evento secular e os que o consideram práticas cruéis contra um animal.

As touradas, segundo o programa de Rajoy, merecem “proteção de nossa tradição histórica e cultural”.

(BBC Brasil)

Pelé rebate críticas e diz que Romário é mal informado

De rei para craque, Pelé rebateu nesta sexta-feira (18) as críticas que recebeu de Romário, atualmente deputado federal, que o acusou de não ter “consciência” do que está acontecendo na preparação para a Copa de 2014 e chegou a insinuar que ele pudesse receber dinheiro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). “O Romário é muito mal informado”, enfatizou Pelé, durante um evento em São Paulo.

“Uma vez eu disse que ele calado é um poeta. Agora isso também vale. O Pelé fala muita m…. Ele não tem noção de p… nenhuma do que está acontecendo no País. Não conhece de leis e estatutos”, acusou Romário, durante evento no último dia 11, quando atacou o Rei do futebol por ter defendido o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. “Eu não levo nada da CBF, talvez ele leve”, acrescentou o deputado.

Pelé ainda rebateu a provocação feita pelo deputado para que se candidatasse a algum cargo público para “entender as coisas”. “Fala para o Romário que eu já me candidatei a rei e faz tempo que ganhei”, ironizou o ex-jogador. Durante um evento no Museu de Futebol, no Pacaembu, em São Paulo, Pelé também mostrou otimismo com a preparação brasileira para a Copa de 2014. “Tivemos alguns problemas, inclusive com a escolha do estádio de São Paulo, mas fiz parte do Comitê Organizador da Copa no Japão (em 2002) e eles estavam muito mais atrasados que o Brasil. Na África (em 2010), foi muito pior”, garantiu Pelé.

Indicado pela presidente Dilma Rousseff para ser o embaixador da Copa do Mundo de 2014, Pelé ainda pediu um voto de confiança do torcedor brasileiro. “Temos que ter confiança. O Brasil tem tempo de fazer a Copa. Temos que torcer para dar certo e não ficar torcendo contra. O Brasil está bem, tenho plena certeza de que vai fazer a melhor Copa de todos os tempos”, projetou o ex-jogador.

(agências)

Governo do Estado vai convocar 140 aprovados em concurso da Adagri

133 4

“O Governo do Estado autorizou a contratação de 40 veterinários, 21 agrônomos e 79 agentes agropecuários para compor o quadro de funcionários da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (ADAGRI). Segundo o secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, uma mensagem de lei criando os cargos será encaminhada para a Assembleia Legislativa imediatamente.

As informações foram repassadas após audiência com o governador Cid Gomes.  Os candidatos aprovados no último concurso serão nomeados aos cargos de veterinário e de agrônomo. Para contratação dos agentes agropecuários, que devem ser bolsistas da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), será realizada uma seleção pública.

Segundo o secretário Nelson, é possível criar 15 novos escritórios locais da ADAGRI, passando de 25 para 40, e seis escritórios regionais. Além disso, convênio plurianual assinado com o MAPA vai permitir equipar e custear os novos postos da agência. Durante o lançamento da 2º etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, já foram entregues sete veículos deste convênio. “Ainda neste ano serão entregues mais oito e, em 2012, mais 17 carros”, afirmou o secretário.

Para Augusto Junior, presidente da ADAGRI, além da vacinação em massa do rebanho é preciso investir na reestruturação da defesa agropecuária no Ceará. Com a contratação de novos agentes e a melhoria da infraestrutura, é possível “o Estado sair da zona de risco médio para a zona livre de febre aftosa com vacinação”, disse.

O Ceará tem 2,5 milhões de animais, entre bovinos e bubalinos (búfalo) e 140 mil produtores. A vacinação de todo esse rebanho significa, além da classificação de zona livre a doença, a abertura do comércio para outros estados do Brasil.”

(Site do Governo)

CPI da Telefonia pede a Anatel informações sobre faturamento das empresas do setor

“Está agendada para a próxima quarta-feira (23), a segunda reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Telefonia Móvel. Na programação, está prevista a ouvida de representantes do Procon estadual e do Ministério Público estadual. Como resultado do primeiro encontro, algumas providências já começaram a ser tomadas, particularmente junto à gerência regional da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a qual se comprometeu a enviar os dados necessários para subsidiar o andamento dos trabalhos da CPI.

Por meio de ofícios foram solicitados à Anatel o encaminhamento de vários documentos como: planilhas e relatórios técnicos sobre os 16 indicadores de desempenho das operadoras; diagnósticos sobre os quatro principais indicadores; quantidade de usuários de telefonia móvel por região do Estado; quantidade de antenas, ativadas e desativadas, por região em Pernambuco; cópia dos contratos de concessão pública das operadoras de telefonia móvel e das atuações técnicas realizadas pela Anatel junto às operadoras, as quais implicaram em multa.

A Comissão solicitou, ainda, à Anatel informações sobre o faturamento das operadoras de telefonia móvel em Pernambuco e a estrutura disponível no Estado para a fiscalização das referidas empresas.  “São informações estratégicas. Com elas em mãos, a Comissão poderá agir de forma mais estratégica e organizada, montado uma agenda de trabalho mais direcionada”, avalia o presidente da CPI, deputado Betinho Gomes.”

(Com Agências)

Mototaxistas denunciam quedas por causa da altura de calçada

127 4

Altura de calçada tem provocado quedas em pedestres na Praça José de Alencar

Duas a três pessoas caem todo dia quando tentam atravessar o cruzamento das ruas General Sampaio com Liberato Barroso, no Centro, ao lado do Theatro José de Alencar. O alerta é de um grupo de mototaxistas, que faz parada em frente à praça.

Segundo os mototaxistas, a grande altura da calçada da praça José de Alencar, com cerca de 40 centímetros, é o principal motivo das quedas. O maior número de vítimas é de pessoas obesas ou da terceira idade.

De acordo ainda com os mototaxistas, comerciantes e pedestres já solicitaram aos fiscais da Prefeitura uma redução na altura do calçadão da praça. Mas há anos aguardam a obra.

Ciro desafia Eduardo Campos

175 11

“Ao anunciar, ontem, numa entrevista ao VOL, que pode, mais uma vez, disputar à Presidência da República, o ex-ministro Ciro Gomes acabou de vez com o sossego do governador Eduardo Campos, que até então voava no plano nacional em céu de brigadeiro.

Ciro se apresentou como mais preparado do que o seu concorrente dentro do PSB e passou a idéia de que, para se colocar como uma alternativa ao País é preciso, antes de qualquer coisa, conhecer as peculariedades desta grande nação tropical.

Na prática, ter mais estrada, na medida em que destaca o fato de já ter passado em 380 cidades mineiras, 200 municípios do Rio Grande do Sul, ou conhecer o que está se passando no Vale do Jequitinhonha ou saber de cor as saídas econômicas para o colapso do criatório de gado intensivo, além da competição desigual do arroz do Uruguai em relação ao arroz do Rio Grande do Sul.

Ciro fala com conhecimento de causa, é muito preparado, já disputou duas eleições presidenciais, foi o melhor prefeito de Fortaleza, liderou o ranking dos governadores do Datafolha quando governou o Ceará e fez sua marca como ministro da Fazenda.

Mas, se quiser tentar novo voo nacional terá que procurar outra legenda.”

(Blog do Magno Martins)

Filme Amanhecer deve ocupar metade das salas de exibição do País

144 2
Do Blog do Leo Zain:

Leio que Amanhecer deve ocupar “pelo menos” 1100 salas em seu lançamento. O circuito brasileiro dispõe de aproximadamente 2200 salas.
Ou seja, 50% do circuito nacional será ocupado pelo filme.
Pode-se deduzir que muitos filmes, que estavam dando boa média de público, serão expulsos do mercado pela chegada do mega lançamento. Como perguntar não ofende, eu pergunto: essa é uma prática razoável de mercado?
Como é possível ter um circuito exibidor saudável quando metade dele é ocupado por um único lançamento? Como fica a saudável diversidade cultural, que só existe com a pluralidade de lançamentos e sua permanência nas telas?
Não custa lembrar que a nossa vizinha Argentina, tantas vezes por nós ironizada, lançou um imposto progressivo sobre esses lançamentos gigantes. Quanto maior o número de cópias mais se paga.
Dá para imaginar algo semelhante no Brasil sem que os “liberais” de sempre venham brandir o tema da liberdade de expressão e da livre circulação dos produtos culturais?
Não se dão conta de que uma ocupação militar do mercado, como essa, é que é o verdadeiro atentado à livre circulação das (outras) obras?
* Sobre a Argentina, vejam este link: http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/201…
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Pkb1r5OmpAc&feature=fvst[/youtube]

Tribunal Penal Internacional diz que Líbia deve entregar filho de Gaddafi

O TPI (Tribunal Penal Internacional) diz ter recebido confirmação das autoridades líbias sobre a prisão de Saif al Islam, filho do ex-ditador do país Muammar Gaddafi. Um porta-voz do TPI, Fadi El Abdallah, disse à BBC que a Líbia tem agora uma obrigação legal de entregá-lo ao tribunal. Al-Islam, de 39 anos, é o último membro importante da família Gaddafi a ser preso ou morto. Ele é procurado por supostos crimes contra a humanidade cometidos durante o levante contra o governo de seu pai.

O local onde o julgamento acontecerá será escolhido por juízes do Tribunal Penal Internacional, após negociações com as autoridades líbias, segundo El Abdallah. Imagens exibidas na TV do país mostraram um homem que seria Al Islam deitado em um sofá, com alguns dedos da mão direita enfaixados, mas aparentando estar bem de saúde.

Segundo o ministro da Justiça do CNT (Conselho Nacional de Transição), Mohammed al Allagi, Saif al-Islam foi encontrado no deserto, perto da cidade de Obari, no sul do país. No momento da prisão, ele estaria acompanhado de seguranças e tentando escapar para Níger. Al Islam teria sido levado de helicóptero para Zintan, no norte do país.

O filho de Gaddafi estava foragido desde que as forças do CNT tomaram a capital líbia, em agosto. Sua prisão foi comemorada nas ruas de Trípoli, já que Al Islam chegou a ser visto como um possível sucessor de Gaddafi devido à sua retórica durante as revoltas populares. No entanto, anteriormente al-Islam era visto como o mais liberal dos filhos de Gaddafi e foi cortejado por autoridades ocidentais.

O coronel Muamar Gaddafi foi morto no dia 20 de outubro, durante uma batalha final em sua cidade natal, Sirte. O governo interino da Líbia lançou um inquérito para apurar as circunstâncias de sua morte.

(BBC Brasil)

Governo reserva R$ 6 bi para emendas

82 1
“O governo vai abrir o cofre para enfrentar votações importantes no Congresso, a partir da próxima semana. Dos R$ 11,9 bilhões que foram liberados ontem pela equipe econômica para gastos do Executivo, cerca de R$ 6 bilhões devem ser reservados ao pagamento de emendas parlamentares, principalmente para senadores. O Palácio do Planalto não quer correr riscos no Congresso às vésperas de votações cruciais, como a que estica a validade da Desvinculação das Receitas da União (DRU) até 2015.

A presidente Dilma Rousseff pediu aos líderes da base aliada todo o empenho para aprovar a prorrogação da DRU, mecanismo que permite ao governo gastar como quiser 20% das receitas orçamentárias. Na tentativa de convencer deputados e senadores, Dilma recorreu até mesmo ao argumento dos efeitos imprevisíveis da crise internacional, que deve ser de longa duração.

A emenda que renova a DRU foi aprovada em primeiro turno na Câmara, mas passará de novo pelo crivo dos deputados, na terça-feira, antes de seguir para o Senado. Na lista das prioridades do governo – que corre contra o tempo para não ser surpreendido no Congresso – estão, ainda, a proposta que institui um fundo de Previdência para os servidores e o Orçamento da União. Todos os projetos precisam receber sinal verde tanto da Câmara como do Senado.

Ajuste. Em fevereiro, um mês após tomar posse, Dilma anunciou corte de R$ 50 bilhões nas despesas para enfrentar um período de “vacas magras”.

O aperto provocado pelo ajuste fiscal só ganhou uma folga ontem, quando o Ministério do Planejamento liberou R$ 12,1 bilhões para os três poderes. Deste total, R$ 11,9 bilhões foram para o Executivo.”

(Agência Estado)

É com essa margem de manobra que as ministras Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) trabalham para pagar emendas e aumentar investimentos em programas sociais. Diante de uma crise política atrás da outra, Dilma pretende fechar o ano com uma agenda positiva.

Alguém atentou que esta senhora faz hoje 122 anos?

169 3

Pois é! Neste sábado (19) a bandeira do Brasil completa 122 anos. A data foi instituída quatro dias após a proclamação da república, em uma homenagem ao símbolo máximo da pátria. Lembro que em meu tempo de escola o Dia da Bandeira era recheado de homenagens e não era somente porque naquela época o país era governado por militares. Havia realmente um sentimento de patriotismo.

Mas eis algumas condutas que valem a pena lembrar:

Quando várias bandeiras são hasteadas em nosso país, a brasileira deve ser a primeira a chegar ao topo do mastro e a última a descer.

Quando uma bandeira brasileira fica velha, suja ou rasgada, deve ser imediatamente substituída por uma nova. A bandeira velha deve ser recolhida a uma unidade militar, que providenciará a queima da mesma no dia 19 de novembro.

 Caso a bandeira fique hasteada no período noturno, ela deve ser iluminada.

(com enciclopédias)

Árbitro carioca tem dado sorte aos cearenses

Foram duas vitórias e um empate a favor de Ceará, Fortaleza e Icasa. Nenhuma derrota. Esse é o retrospecto do árbitro carioca Gutemberg de Paula Fonseca, que neste sábado (19) volta a apitar seu quarto jogo que envolve um clube cearense, quando estará à frente de Grêmio x Ceará, no estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS), pela antepenúltima rodada do Brasileirão.

A sorte do apito carioca é tudo que o Vozão precisa para deixar a zona de rebaixamento, pelo menos até este sábado, embora sites de apostas online apontem o Ceará com apenas 15,2% de chances de vitória.

A última vez que Gutemberg de Paula apitou uma partida com time cearense foi no dia 6 deste mês, na vitória do Vozão sobre o Avaí, por 2 a 1, em pleno estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC), quando o Ceará deixou a zona de rebaixamento na última vez.

Antes, o árbitro carioca conduziu a goleada do Fortaleza sobre o CRB, por 4 a 0, no estádio Presidente Vargas, no dia 17 de setembro, quando o time tricolor se livrou do rebaixamento para a Série D. A partida até hoje é alvo de polêmica sobre uma suposta abertura da equipe alagoana, mas o STJD julgou o resultado como legítimo.

A primeira vez que Gutemberg apitou uma partida com um clube cearense foi no dia 6 de agosto deste ano, pela Série B, quando o Icasa arrancou um empate heróico diante do ABC, em 1 a 1, em Natal.

A sorte do árbitro carioca poderá compensar um pouco a infelicidade do árbitro paulista Oscar Roberto de Godói, que em 2004 tirou o título do Vozão de campeão da Copa do Brasil, diante de uma arbitragem desastrosa, em pleno estádio Olímpico.

Preso na Líbia, filho de Gaddafi aparece com curativo na mão

A rede de TV internacional “Libya” mostrou neste sábado (19) a primeira foto do filho do ditador Muammar Gaddafi, Saif al-Islam, supostamente feita após sua detenção, na qual ele aparece reclinado em um sofá, aparentemente em bom estado de saúde, mas com curativos em três dedos da mão direita.

Na foto, o filho de Gaddafi –cuja detenção foi anunciada neste sábado– aparece vestido com uma camisa de manga longa e com uma manta marrom sobre as pernas. As imagens mais recentes de Al Islam eram de 21 de agosto, horas depois que foi anunciada sua suposta detenção, que depois foi desmentida.

O filho de Gaddafi foi preso neste sábado na região de Obari, a 800 quilômetros ao sul de Trípoli, por uma brigada de combatentes da cidade de Zintan, situada a 150 quilômetros ao sul da capital.

No início deste mês, o TPI disse ter recebido informações de que Al Islam poderia tentar fugir da Líbia com a ajuda de mercenários.

(EFE)

São Paulo terá consultório móvel para tratar viciados em crack, diz ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha (PT), disse que enviará dinheiro, até o próximo mês, para que a cidade de São Paulo implemente consultórios móveis especializados no atendimento de viciados em drogas.

As unidades –chamadas “consultórios de rua”– são como “trailers” que funcionarão 24 horas. As equipes, compostas por médicos, enfermeiros e psicólogos, terão autonomia para decidir pela internação involuntária dos pacientes, disse o ministro. “Se o profissional de saúde avaliar que aquela pessoa corre risco de vida, nós temos protocolos claros da internação involuntária, inclusive defendida pela Organização Mundial da Saúde”, afirmou.

No Brasil, segundo Padilha, já há 80 consultórios de rua em cidades grandes. São Bernardo, Osasco, Goiânia e Brasília são algumas das cidades pioneiras no projeto, iniciado em 2010

Lula, Dilma e eleição

Padilha falou sobre polêmica suscitada com o início do tratamento que o ex-presidente Lula faz de um câncer na laringe. Para ministro, o plano médico do líder petista deve custear o tratamento porque foi pago regularmente. Mas disse que a polêmica é oportuna para levantar debate sobre necessidade de se melhorar do SUS.

Sobre a participação do PT na próxima eleição presidencial, em 2014, Padilha afirmou que a decisão “vai acontecer no momento certo” e que caberá à presidente Dilma conduzir as discussões.

(Folha)

Ceará lidera fraudes em transações virtuais de crédito

O Ceará ocupa o topo do ranking percentual de fraudes ou tentativa de fraudes em transações virtuais feitas com cartões de crédito. Em pesquisa com dados de 2010, a empresa Clearsale avaliou as 26 Unidades da Federação (UFs) e o Distrito Federal. É dela o gerenciamento de 80% dos dados do e-commerce (comércio eletrônico) brasileiro. Da amostragem de 115.612 operações do Estado avaliadas, 15% apresentaram clientes com informações pessoais utilizadas de forma indevida por terceiros em mais compras. Em alguns casos, a transação foi efetivada. Em outros, não foi concluída.

A estatística desconsidera bancos ou bandeiras. Mas alerta para a fragilidade da rede de vendas digitais, onde quase nunca é exigida a apresentação de senhas, assinaturas ou documentos de identificação. Basta dispor de informações básicas do cartão, como nome do proprietário, números, data de validade e código de segurança do verso. “Em qualquer lugar que você usa, se anotam as sequências. Posteriormente podem comprar como se fosse você”, alerta o gerente da Clearsale, Rafael Lourenço.

Ações em sites de companhias aéreas não foram contabilizadas. Somente clientes ativos em compras na Internet desde 2009 entraram na análise. “Para chegarmos ao resultado, somamos as fraudes que evitamos – com um analista que confirmou o ilícito – e as concretizadas através dos pedidos de estorno”, acrescenta Lourenço.

A Bahia aparece logo após o Ceará, com problemas em 12% das 293.387 operações inspecionadas. Alagoas (8%), Rio Grande do Norte (8%), Distrito Federal (7%) e Pará (7%) fecham a lista dos mais incidentes. “Existe site feito só para esse tipo de golpe, porque o mais comum crime organizado tem segmento de captura de dados. As pessoas devem comprar em lojas confiáveis. De preferência, que existam no mundo físico”, sugere o diretor de inteligência da Clearsale, Bernardo Lustosa.

Em nota enviada ao O POVO, a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) disse que as perdas com fraudes eletrônicas subiram 36% no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2010.

Ano passado, o prejuízo foi de R$ 504 milhões – contra R$ 685 milhões deste ano. A entidade atribui isso a três fatores: maior utilização da Internet como meio de pagamento de contas, inexistência de legislação para punir esse tipo de crime e descuido dos usuários em relação a procedimentos de segurança. Porém, assegura que os “bancos procuram conscientizar seus cliente e publicar dicas de segurança em seus sites”.

(O POVO)

Onze presos fogem do 29º DP; Dois são recapturados

Onze presos fugiram no fim da noite desta sexta-feira, 18, do 29º Distrito Policial, na Pajuçara. Dois deles já foram recapturados, de acordo com informaçõs do distrito.
Segundo o inspetor Ricardo, do 29º DP, os presos arrombaram a cela e fugiram. Havia 12 detentos no local. Um deles não escapou por motivos de saúde, segundo o inspetor. A cela teria capacidade para apenas quatro homens.

Apenas um policial estava de plantão no momento da fuga. De acordo com a Polícia, ele foi rendido pelos presos.

Um dos presos recapturados foi transferidos para a Delegacia Metropolitana de Maracanaú.

(POVO ONline)

De quem os excessos partem, da mídia ou dos ministros?

Como no dilema sobre a primazia do ovo sobre a galinha, ou vice-versa, é difícil saber se a imprensa desestabiliza o ministério de Dilma Rousseff com as denúncias em sequência, ou se os próprios ministros cavam as próprias sepulturas, com tantas tramoias em que se envolvem. No fim de semana passado, cada uma das grandes revistas semanais trouxe sua própria acusação contra membros dos primeiros escalões governamentais. Hoje, deve haver novo round.

Carlos Lupi já estava com a cabeça a prêmio no Ministério do Trabalho. O teste deste fim de semana pode ser decisivo. As grandes revistas apostam perigosa corrida em busca de denúncias. Muito do que se publicou demonstrou inconsistência posteriormente. Notadamente, as denúncias envolvendo diretamente o ex-ministro Orlando Silva. Outras tantas se mostraram procedentes. E raramente as respostas foram minimamente satisfatórias. Nesse capítulo, Lupi abusou do direito de meter os pés pelas mãos. Claro está que ele fez o que não devia e tenta agora remendar o erro. Cedo ou tarde cairá.

(Coluna Política/O POVO)