Blog do Eliomar

Últimos posts

Candidatos traçam estratégias para o 1º debate na TV

Chegou o dia de os adversários na disputa pela Prefeitura de Fortaleza ficarem cara a cara para discutir o futuro político da Capital. A TV O POVO realiza neste domingo (29), a partir das 18 horas, o primeiro debate televisivo entre os candidatos. Os concorrentes dizem estar tranquilos, mas cada um já traça estratégias para se dar bem no confronto.

Candidato que deverá ser um dos principais alvos de críticas, o petista Elmano de Freitas – apoiado pela atual prefeita, Luizianne Lins – aliviou a agenda da véspera para “relaxar e se concentrar”, conforme adiantou o coordenador da campanha, deputado estadual Antônio Carlos (PT). “Ele vai ter umas 24 horas para ficar tranquilo, dar uma estudada geral”, explicou.

Experiente em situações desse tipo, Inácio Arruda (PCdoB) fará atividades na manhã de domingo, mas “depois de meio-dia, ele vai tomar banho dar uma repassada geral nos dados” sobre Fortaleza, disse o também coordenador de campanha Luiz Carlos Paes (PCdoB).

Entre os demais participantes, a ordem é evitar ataques. “Esse debate do início é muito importante para os candidatos, primeiro, se apresentarem e discutirem os principais problemas em pauta. Não vou fazer confronto nem agora, nem daqui pra frente”, promete o candidato Roberto Cláudio (PSB), que tem como principal cabo eleitoral o governador Cid Gomes, do mesmo partido.

Fazer críticas duras, sem focar em adversários específicos, também será o mote de Moroni Torgan (DEM) e Renato Roseno (Psol). Esse último tentará demarcar que parte dos concorrentes apoiou politicamente a gestão da qual hoje se opõem, afirmou o coordenador da campanha, João Alfredo (Psol).

Já o candidato do DEM se prepara para possíveis críticas sobre o fato de ter passado temporada em Portugal, longe dos problemas de Fortaleza. “Mas, e quem esteve aqui o tempo todo, resolveu alguma coisa?”, questionou o assessor de imprensa e marketing de Moroni, Erivelto de Sousa.

SERVIÇO

TV O POVO, canal 48 (TV aberta), 23 (NET) e 11 (TV Show). Rádio O POVO/CBN (AM 1010)

No iphone: baixe grátis o aplicativo “TV O POVO”, na App Store

No Android: baixe grátis o aplicativo “TV O POVO” no Google play

(O POVO)

Estimulação elétrica do cérebro é testada como tratamento para obesidade mórbida

Uma pesquisa desenvolvida pelo Hospital do Coração de São Paulo (HCor) com apoio do Ministério da Saúde pode se transformar em uma nova opção de tratamento contra a obesidade mórbida. O procedimento usa um estimulador elétrico para atuar em uma região específica do cérebro ajudando o doente a perder peso. O mesmo método já é regulamentado para outros tratamentos, como para aliviar os sintomas do mal de Parkinson.

A diretora clínica de pesquisa neurológica do HCor, Alessandra Gorgulho, explicou que o método já foi testado com sucesso em macacos e suínos e agora será experimentado em seis pacientes. Segundo ela, o objetivo é verificar a tolerância do cérebro à estimulação contínua que provocou a diminuição de peso em suínos, provavelmente alterando o metabolismo.

Os testes deverão começar em 2013 e, nessa primeira fase, terminarem no final de 2014. Alessandra destaca que apesar do método já ser usado em outras terapias, “é a primeira vez que seres humanos serão implantados nessa região do cérebro [hipotálamo]”. A pesquisadora estima que serão necessários pelo menos dez anos de trabalho até que técnica possa ser aprovada para uso terapêutico contra obesidade mórbida.

O objetivo é que a técnica seja uma alternativa, menos invasiva, às cirurgias de redução de estômago. “A ideia não é conseguir um efeito tão dramático como o que se consegue com a cirurgia bariátrica”, explicou Alessandra. “Se a gente conseguir uma terapia que seja mais discreta, que não cause tantas alterações no organismo, me parece muito atraente”, completou.

Na estimulação elétrica, um marcapasso é conectado ao hipotálamo por uma incisão na parte frontal do crânio. Os eletrodos são ligados por fios que passam por baixo da pele ao gerador de estímulos, que funciona com bateria, na região da clavícula.

(Agência Brasil)

Nenhum candidato é carta fora do baralho

210 2

Da coluna Menu Político, no O POVO deste domingo (29), pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

A pesquisa O POVO/Datafolha mostra, apesar da dianteira folgada de Moroni Torgan (DEM), quadro totalmente em aberto em relação a sucessão à Prefeitura de Fortaleza. Nessa corrida, porém, não há como negar que Roberto Cláudio (PSB) e Elmano de Freitas (PT) possuem hoje trunfos na manga que poderão lhes garantir vantagem na chegada ao segundo turno. Enquanto Moroni (DEM), Inácio Arruda (PCdoB), Heitor Férrer (PDT), Marcos Cals (PSDB) e Roseno (Psol), para citar os mais competitivos, fazem suas atividades de forma quase franciscana, no caso do candidato do governador, tem sido a campanha mais profissional até agora, mesmo com atropelos em termos de infrações à legislação eleitoral. O apoio de Cid Gomes e a massificação de seu nome com o tempo colocam ainda o presidente da Assembleia com chances consideráveis na disputa. Em menos de um mês de campanha aparecer com 5% das intenções de voto não foi à toa.

No que diz respeito a Elmano, a força de Lula e do PT em Fortaleza, já são, por si, elementos importantes em termos de vantagem sobre os demais. O dilema vai ser lidar com a rejeição a prefeita Luizianne Lins, apesar de vir apresentando ligeira queda. Como Duda Mendonça afirmou que pretende reforçar na campanha o que foi feito pela Prefeitura na cidade, não há como desvincular a figura da prefeita do candidato petista. Esse será o grande desafio. Focar nas obras da gestão municipal é fazer a defesa cega de uma administração que peca por vários outros erros, como o clientelismo, o desfecho com o cumprimento de prazos, e a incapacidade de apresentar soluções objetivas para problemas concretos. Além disso, como a pesquisa também mostrou, saúde, educação e segurança são as principais preocupações do fortalezense. E, nesses campos, o PT no Município tem muito pouco a usar na propaganda eleitoral.

De todo modo, Elmano não pode ser considerado carta fora do baralho. A militância petista é capaz de se superar quando ferida nos brios. Não por acaso, os duros ataques aos Ferreira Gomes têm o objetivo de criar um inimigo. Entender uma possível administração Roberto Cláudio como secretaria do governador, portanto, vai na linha do inimigo a ser derrotado a qualquer custo. E o PT sabe trabalhar bem isso. O risco é esquecer que o candidato de Cid não é o único, como também querer jogar para baixo do tapete que PT e PSB foram aliados nos cinco anos. Mas isso é uma missão para os marqueteiros, muito bem pagos, por sinal.

Presidente da Etufor avalia transporte público como “de bom pra lá”

2648 5

O presidente da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), Ademar Gondim, avalia o atendimento do transporte público em Fortaleza como “de bom prá lá”. A avaliação pessoal do dirigente está na matéria do O POVO deste domingo (29), quando a população cobra melhoria nos ônibus.

“Temos um milhão de passageiros por dia. Se 0,1% ficar insatisfeito, serão 30 mil no mês. Se você perguntar, a pessoa só lembra do dia em que foi mal atendida. A memória é sempre para o dia ruim”, justifica Ademar Gondim.

Em março do ano passado, durante um debate sobre o Sistema Integrado de Transporte em Fortaleza, na Câmara Municipal, o presidente da Etufor disse que havia uma pesquisa em que a população de Fortaleza se mostrava satisfeita com a qualidade do serviço do transporte coletivo. De acordo com o dirigente, “o grau de satisfação é de bom para cima”.

Diante da reação da bancada da oposição e de alguns vereadores da própria base da prefeita, que também duvidaram da pesquisa, Ademar Gondim recuou e disse que não sabia se a pesquisa realmente havia sido feita. “Apenas ouvi falar”, desculpou-se.

O líder da oposição na Câmara Municipal, vereador Plácido Filho (PDT), elaborou requerimento para que o dirigente da Etufor apresentasse a pesquisa ou que se desculpasse perante a população de Fortaleza, que todos os dias é maltratada com a longa espera pelos ônibus, com a superlotação e com o estrangulamento dos terminais. O requerimento nunca entrou em pauta.

DETALHE – Segundo a pesquisa Datafolha/O POVO (ver gráfico), 75% da população em algum momento do dia usa o ônibus para se deslocar. Então, não há essa história de projetos para estimular o uso do ônibus para desafogar o trânsito. Tem que melhorar a qualidade do serviço dos ônibus e trabalhar a malha viária da cidade. O resto é discurso para se eximir da responsabilidade.

Sabatina da diretora-geral da ANP está marcada para o dia 9

A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) marcou para o dia 9 de agosto (quinta-feira) a sabatina da engenheira Magda Chambriard, atual diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), cujo mandato de quatro anos na instituição termina em novembro. Ela foi nomeada para a diretoria-geral em abril, substituindo em definitivo Haroldo Lima, cujo mandato se encerrara em 11 de dezembro de 2011. Desde então, o cargo vinha sendo ocupado interinamente pelo diretor Florival Rodrigues de Carvalho.

A Constituição atribui ao Senado Federal competência privativa para aprovar previamente, por maioria absoluta e voto secreto, após arguição em sessão pública, a escolha de titulares de cargos que a lei determinar, como é o caso dos diretores de agências.

Engenheira civil, Magda Chambriard tornou-se diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em março deste ano, substituindo Haroldo Lima, cujo mandato se encerrou em 11 de dezembro de 2011. Magda, que integra a direção da agência desde 2008, é pós-graduada em Engenharia Química pela Coppe/UFRJ (1989), em Engenharia de Reservatórios e Avaliação de Formações (1980) e Engenharia de Reservatórios e Produção (1983), ambas pela Universidade Corporativa da Petrobras.

(Agência Senado)

Dilma parabeniza Sarah Menezes e Felipe Katadai por medalhas conquistadas no judô

A presidenta da República, Dilma Roussef, parabenizou os atletas brasileiros que conquistaram medalhas nesse sábado (28) nas Olimpíadas de Londres. Depois de participar da cerimônia oficial de abertura dos Jogos, Dilma, disse, por meio de nota, que recebeu com satisfação a “feliz notícia” do ouro da judoca Sarah Menezes, e do bronze de Felipe Kitadai.

“Em nome de todos brasileiros, quero parabenizar os dois atletas pela brilhante conquista. O Brasil comemora a vitória de seus atletas e o governo se orgulha de ter contribuído para essa conquista com o Programa Bolsa Atleta, que vem tendo importante papel na profissionalização de nossos esportistas”, disse a presidenta.

Já depois do embarque de Dilma, outro brasileiro, o nadador Thiago Pereira, conquistou a medalha de prata nos 400 metros medley.

(Agência Brasil)

Oito pessoas morrem em queda de avião

Oito pessoas morreram com a queda de um avião bimotor em Juiz de Fora (MG). O acidente aconteceu na manhã deste sábado. Não houve sobreviventes.

A aeronave levava executivos e funcionários da empresa Vilma Alimentos, que fica em na cidade mineira de Contagem. A caixa preta foi localizada e vai auxiliar nas investigações sobre as causas do acidente. As informações são do site Terra.

Ex-deputado Roberto Jefferson passa bem após cirurgia para retirada de tumor

Durou oito horas a cirurgia a que foi submetido neste sábado, 28, o advogado e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, 59 anos, no Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul da capital fluminense. A intervenção começou às 7h, para retirada de um tumor no pâncreas e transcorreu dentro do previsto, sem qualquer anormalidade, de acordo com o boletim médico assinado pelos médicos José de Ribamar Saboia, Alexandre Prado de Resende e Áureo Ludovico de Paula.

Segundo eles, o procedimento teve uma complexidade acima do usual, por causa de uma cirurgia bariátrica prévia. “A cirurgia realizada foi uma gastroduodenopancreatectomia cefálica (retirada de parte do estômago, parte do pâncreas, duodeno e parte do canal biliar). Além disso, os médicos retiraram os linfonodos regionais (gânglios linfáticos)”. A cirurgia bariátrica (redução de estômago) a que o ex-deputado foi submetido em 2000 teve que ser desfeita pelos médicos.

A coleta de material na hora da cirurgia indica que o tumor não é maligno. “O resultado preliminar do material cirúrgico, feito pelo patologista Wilhermo Torres, foi de tumor papilar mucinoso ductal, com displasia de baixo grau. Isso quer dizer, que neste exame inicial não há sinais de malignidade. Será necessário aguardar o resultado definitivo da análise do material e o exame imuno-histoquímico para a conclusão do diagnóstico”, diz o boletim.

O ex-deputado Roberto Jeferson é réu no julgamento do mensalão previsto para começar na próxima quinta-feira, 2, no Supremo Tribunal Federal.

(Agência Brasil)

Londres 2012: Thiago Pereira fica com a prata na prova de 400 metros medley

Thiago Pereira chega em segundo lugar na prova de 400 metros medley, conquistando a medalha de prata para o Brasil. O americano Ryan Lochte venceu a disputa com a marca de 4 minutos, 5 segundos e 18 centésimos. Só neste sábado, 28, o Brasil conquistou  três medalhas, em Londres.

O japonês Kosuke Hagino levou o bronze. O americano Michael Phelps, outro favorito na prova, chegou em quarto lugar. As informações são da BBC Brasil.

Acompanhe a cobertura de Londres 2012 no portal Esportes O POVO.

 

 

Resolução da Anvisa sobre venda de medicamentos em gôndolas não será revista, diz ministro da Saúde

A resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que autoriza a venda de medicamentos isentos de receita médica em gôndolas de farmácias e drogarias não será mudada, disse neste sábado (28) o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que participou de evento na cidade de Ceilândia, no Distrito Federal, sobre o Dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) informou nessa sexta-feira (27) que pretende recorrer à Justiça para tentar reverter decisão da Anvisa. O CFM argumenta que todos os tipos de medicamento trazem algum risco, mesmo aqueles que são vendidos sem exigência de receita médica. Por isso, o conselho alerta para a necessidade de haver sempre uma orientação e prescrição para a venda.

De acordo com Padilha, a decisão do Ministério da Saúde e da Anvisa partiu de um estudo técnico que avaliou se a proibição da venda de medicamentos na prateleira contribuía para a automedicação. O trabalho mostrou, segundo o ministro, que a decisão anterior, de proibir a venda nas gôndolas, não contribuiu para diminuir o problema e gerou outro impacto: a redução do poder de escolha do consumidor.

Ministério da Saúde e Facebook anunciam parceria para incentivar doação de órgãos no Brasil

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o vice-presidente do Facebook na América Latina, Alexandre Hohagen, lançam, nesta segunda-feira (30), uma nova funcionalidade no perfil dos usuários do Facebook que pretende incentivar a doação de órgãos no país.

Com esta parceria, o Ministério quer reforçar a importância da doação nas redes sociais.  Durante a coletiva, Padilha também apresentará o balanço de doações e transplantes realizados no primeiro quadrimestre de 2012.

Vereador se apropria de obra do Estado, sem receio do “cocô de cavalo”

397 12

O vereador do PTN, Antônio Henrique, utiliza como material de campanha um informativo datado de maio deste ano. O impressionante é que o vereador afirma que levou para a periferia de Fortaleza uma obra do Governo do Estado.

Segundo o informativo do vereador, que é distribuído nas comunidades com o seu material de campanha, ele idealizou a escola profissionalizante na Cônego de Castro e realizou todos os trâmites para que a escola operasse. A atuação do Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, seria papel de coadjuvante.

“Cocô de cavalo”

Antônio Henrique não deve ter acompanhado o estresse do governador Cid Gomes, em dezembro de 2008, durante a cerimônia de assinatura da ordem de serviço para a instalação da roda óptica do Cinturão Digital.

Na época, Cid Gomes indispôs-se com o presidente da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice), Fernando de Carvalho, que se apresentou como idealizador do projeto e em discurso colocou o Governo como mero “financiador”.

“O amigo aqui me resumiu a um simples cocô de cavalo”, irritou-se o governador, ao reclamar para si a autoria do projeto. “A idéia é minha”!

Moroni faz caminhada nos arredores da Praça da Estação

O candidato do DEM à Prefeitura de Fortaleza, Moroni Torgan, conversou no Centro com a população na manhã deste sábado (25), acompanhado do vice Lineu Jucá.

Durante a caminhada no entorno da Praça da Estação, Moroni falou dos problemas relacionados ao transporte público e a falta de estrutura das praças. Já o médico Lineu Jucá reforçou propostas para o setor da saúde.

Juizado funciona neste domingo durante partida entre Fortaleza e Treze/PB

O Juizado do Torcedor funcionará durante o jogo entre Fortaleza e Treze da Paraíba, válido pela Série C do Campeonato Brasileiro. A disputa será na tarde deste domingo (29), no Estádio Presidente Vargas (PV).

A magistrada Maria José Bentes Pinto, titular do 4º Juizado Especial Cível e Criminal, atenderá a partir das 16h. O plantão da Justiça já atuou em 12 partidas no PV, entre jogos da Copa do Brasil e dos Campeonatos Cearense e Brasileiro (séries B e C).

O serviço registrou 14 casos de tumultos, prática e incitação à violência, invasão de campo, porte de drogas e venda ilegal de ingresso. Nas últimas quatro partidas, nenhuma ocorrência foi registrada.

O Juizado do Torcedor é uma determinação do presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador José Arísio Lopes da Costa, e foi instituído pelo diretor do Fórum Clóvis Beviláqua, juiz José Krentel Ferreira Filho.

(TJCE)

Triste equiparação

Da coluna Política, no O POVO deste sábado (28), pelo jornalista Érico Firmo:

O POVO dessa sexta-feira (27) mostrou o quão tristemente próximas estão a administração estadual e a municipal em relação à saúde pública em Fortaleza.O Instituto José Frota (IJF) é o já conhecido caos e o Hospital Geral (HGF) está longe de ser referência aceitável.

A notícia de que o Hospital de Messejana também está saturado e não tem mais condições de receber mais pacientes afeta um dos raros exemplos de qualidade de ponta na saúde pública.

O presente debate e jogo de empurra é extremamente rasteiro e eleitoreiro. A crise é sistêmica, não há culpas isoladas, tampouco mocinhos nessa história. A esse respeito, não apenas os candidatos governistas têm explicações a dar, mas também o PCdoB de Inácio Arruda, legenda que comanda a saúde estadual há cinco anos e meio.

O preço da fidelidade cega

114 3

Em artigo no O POVO deste sábado (28), o editor adjunto do Núcleo de Conjuntura do O POVO, Luiz Henrique Campos, comenta da postura de petistas em Fortaleza, que nos últimos anos se aproveitam dos bônus da imagem de Lula, mas se eximem dos ônus de seu governo. Confira:

A decisão da Justiça Eleitoral proibindo o uso das imagens de Lula e da presidente Dilma Rousseff (PT) por partidos que não apoiem a candidatura de Elmano de Freitas é correta do ponto de vista legal, mas questionável na perspectiva da fidelidade ao ex-presidente. Não que tenham sido todos, mas um grupo de petistas em Fortaleza tem ao longo dos últimos anos, no que se refere a Lula, se aproveitado dos bônus e se eximido inteligentemente dos ônus de seu governo.

Basta voltar no tempo para entender esse processo de esperteza política. Quem não lembra, por exemplo, da famosa vaia ao candidato a vice José Alencar quando este representou uma das grandes cartadas para Lula começar a ganhar fatia da sociedade refratária ao seu nome? E as rebeldias marxistas esotéricas da prefeita, que, em determinado evento em Brasília, recusou-se a cumprimentar Lula em uma mesa? Isso, sem falar no silêncio quando o governo mais precisou de apoio, como na reforma previdenciária e na crise do mensalão.

Do outro lado, Inácio, que não era do PT, recebeu a pecha de exterminador de velhinhos por votar com o governo na reforma da Previdência e em outros temas desgastantes. Também recebeu toda a carga negativa como relator da CPI das ONGs, frontalmente favorável ao governo. Estava certo o senador? Talvez, não. Mas o fato é que foi fiel e paga hoje com o desgaste de sua imagem.

Da mesma forma, não se pode negar a contribuição que Cid e Ciro deram ao governo Lula em momentos de grandes dificuldades. Na eleição de Dilma, basta comparar a participação do governador e da prefeita na campanha para ver quem mais contribuiu para o resultado em Fortaleza.

Mas a nossa política não é feita de pedaços de história e sim de interesses presentes.

E aqui, agora, Lula é a tábua de salvação do candidato que representa a manutenção do grupo de Luizianne no poder. E, se é assim, vale tudo, até porque, como dizia ACM, é melhor apanhar de cima do que bater quando se está por baixo.