Blog do Eliomar

Últimos posts

Sérgio Novais reafirma: Eliane Novais é pré-candidata à Prefeitura

93 5

Sobre os debates que o PSB de Fortaleza resolveu promover em clima de separação – cidistas e sergistas, eis o que deixou no espaço dos comentário deste Blog o presidente municipal do PSB, Sérgio Novais:

Prezado Eliomar,

Louvada seja a democracia! Que bom que nossos “companheiros” neossocialistas estão aprendendo conosco a debater as grandes questões que afligem a sociedade e que a vida partidária vai muito além de favores ou da mera burocracia.

Com quem e quantos participaram da decisão da construção do aquário? Outros governadores visitados por “especialistas” neste tipo de obra a rejeitaram, porque conhecem e debatem com a sociedade as prioridades de seus estados.

E as nossas possantes e luxuosas Hylux? Estados mais ricos que o nosso adquiriram novas frotas, porém mais simples e aplicaram os recursos prioritariamente no capital humano, essencial para um bom policiamento.

Outro aspecto muito importante do jogo democrático é a exposição de nomes para aprovação ou rejeição da sociedade. Assim, lançam seus nomes à Prefeitura de Fortaleza os partidos PSOL, PCdoB, PSDB, PMDB, PT, PV, PSC e PDT. E nós, socialistas, que temos bons quadros, estamos sob censura de expor nossos candidatos. Por estas razões, mantemos a candidatura da deputada estadual Eliane Novais, que, acima de tudo, vem fazendo um mandato a serviço do povo.

* Sergio Novais
Presidente do PSB Municipal de Fortaleza e Sindicalista.

DETALHE – Nesta manhã de sábado, na Casa José de Alencar, o PSB e Fortaleza, ala cidista, realizou ciclo de debates sobre a cidade. O primeiro conferencista foi Ciro Gomes, irmão do governador Cid Gomes. O PSB de Sérgio Novais já fez um primeiro encontro com esse objetivo e marcou outro para o dai 27 próximo, no Hotel Sonata.

Assessor da prefeita aponta "esquizofrenia de professor" que, em artigo, critica Luizianne

93 14

O professor universitário Moacir Tavares, gestor municipal, mandou artigo em resposta ao artigo do professor João Arruda com críticas à gestão Luizianne Lins (PT). O artigo de Arruda foi intitulado de “O autismo de Luizianne Lins”, no que Moacir contesta. Confira:

A esquizofrenia ou distúrbio bipolar político do professor.

Como leitor assíduo do O POVO e deste Blog, acompanho com regularidade todos os artigos aqui escritos. Causou-me espanto o último assinado pelo professor João Arruda (veiculado neste sábado no jornal e neste Blog). Como o próprio Eliomar de Lima aponta, um homem que se diz de esquerda e com laços históricos com o movimento comunista no Brasil.

A prefeita Luizianne Lins escreve artigos de forma regular e apresenta ao meu juízo e ao da gestora uma análise política e técnica da atual administração municipal. Os dados apresentados semanalmente são eloqüentes e refutam na prática as críticas mais pesadas que de forma disfarçada e muitas vezes maldosas antecipam o pleito de 2012.

O texto é uma elegia ao senso comum lamentável, pois vindo de um professor universitário que tem obrigação de aproximações sistemáticas da verdade. Buscar fazer ciência, inclusive nas análises políticas. Afirmações tais como: “é notória a falta disso” ou pior “todo fortalezense sabe” são lamentáveis vindas de um integrante da academia quando insinuam que a avaliação feita por um indivíduo, uma cabeça é uma verdade assumida por todos. Aleivosia grosseira e demagogia pura. Desserviço ao processo histórico de forjar consciência crítica.

É risível quando o professor afirma que nossa cidade “antes bela e carismática” agora “está destruída”. Antes do que professor? Qual o corte temporal? Antes da existência de uma política para Juventude, que tem os CUCA como ícone. Talvez antes do TRANSFOR uma ação estruturante, negada em seu texto, que impactará na mobilidade urbana. Penso que deve ser antes da maior política habitacional já desenvolvida em nossa cidade, beneficiando as famílias que mais precisam.

Por fim julgo que talvez seja antes da contratação por concurso público de 5.000 profissionais da saúde. Desculpe-me, preclaro professor, deve ser antes de cuidarmos da orla onde habitam pessoas pobres como é o Vila do Mar. Talvez antes da tarifa social, da atualização da frota de ônibus e da manutenção do valor da passagem mais barata de sistemas integrados do mesmo porte do Brasil.

A administração tem inúmeros avanços quando comparada a administrações anteriores ao projeto político em curso. Não vivemos um mar de rosas e muito ainda há que ser feito. Muito já foi feito. Críticas que apontam equívocos e honestas correções, quando necessárias, serão sempre muito bem recebidas.

O nobre e histórico professor sofre ao meu juízo de esquizofrenia política quando quer fazer os outros crêem em uma neutralidade que em absoluto não tem, pois talvez os vínculos históricos com outro partido necessitem de sua participação crítica. Não refuto a possibilidade de distúrbio político bipolar, pois usa os mesmos argumentos da direita e tenta valida-los com sua história bonita, diga-se de passagem, de homem de esquerda, não cola. Tem remédio.

* Moacir Tavares

Professor universitário, Mestre em Saúde Pública e gestor municipal.

Defensores públicos ameaçam greve a partir de 2ª feira

“Os defensores públicos federais de todo o país poderão deixar de trabalhar na próxima segunda-feira (08) como forma de protesto contra a demora da Presidência da República em indicar o novo chefe da Defensoria Pública da União (DPU). O mandato do atual chefe do órgão, José Rômulo Plácido Sales, acabou na sexta-feira (05) e ainda não houve indicação do substituto.

A ausência de comando na DPU, segundo os defensores, pode causar transtornos no atendimento a causas que envolvem órgãos ou empresas públicas federais, como o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Caixa Econômica Federal. Os defensores públicos dão assistência pública gratuita à população que não tem meios para pagar advogados.

A paralisação está sendo coordenada pela Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), mas a entidade ainda não sabe quantos dos 470 profissionais vão aderir ao movimento.

Assembleia

Na segunda, às 9 horas, a categoria vai se reunir em assembleia para debater que medidas serão tomadas para chamar a atenção para o problema. Mesmo que os defensores não estejam presentes, eles poderão votar as propostas por telefone ou por e-mail. A Anadef acredita que a demora mostra descaso do governo com a DPU.”

(Agência Brasil)

Secretário-executivo do Ministério da Agricultura pede demissão após matéria da Veja

“O secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Milton Ortolan, pediu demissão do cargo na tarde deste sábado. Número dois na estrutura da pasta, Ortolan disse ter entregue a carta de demissão ao ministro Wagner Rossi em caráter “irrevogável”. Ortolan decidiu deixar o cargo após a revelação, pela revista “Veja”, de que o lobista Júlio Fróes teria uma gravação em que ele exigia propina de 10% sobre contrato com o ministério.

Ainda segundo a reportagem, Ortolan foi responsável por levar Góes à primeira reunião na comissão de licitação do ministério, onde o lobista teria até sala própria. Lá, segundo a revista, ele elabora editais e escolhe as empresas prestadoras de serviço da Agricultura. Na carta de despedida, Ortolan negou as acusações e disse que terá como provar inocência. “Repudio as informações publicadas de que sou conivente com irregularidades e desvios de recursos no Ministério da Agricultura”, disse, em nota.

O demissionário afirmou que conheceu Fróes somente quando ocorreu o processo de contratação da Fundação São Paulo (PUC-SP) pelo ministério. “Chegou a mim como sendo um representante da PUC-SP”, afirmou. Ortolan também negou ter participado de reunião para discutir o pagamento de propina no setor de assessoria parlamentar do ministério, como diz a revista.

“Não participei e nem compactuo com ilegalidades. Tenho 40 anos de serviço público. Jamais fui acusado de conduta irregular. Sinto-me injustiçado e ofendido pelas suspeitas levantadas na reportagem”, afirma. O ministério da Agricultura está no centro do noticiário desde que Oscar Jucá Neto, irmão do senador Romero Jucá (PMDB) e conhecido como Jucazinho, disse em entrevista que há “bandidos” na Conab, e sugeriu que o ministro Wagner Rossi participava de esquemas de corrupção.

Obedecendo estratégia do PMDB, Rossi foi à comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados nesta semana e negou irregularidades na pasta e na Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Em nota, Rossi também negou hoje as acusações da reportagem em relação ao lobista. “Repudio as informações constantes da reportagem que tratam de Júlio Fróes, apresentado pela revista como meu amigo, segundo palavras atribuídas a ele. Nunca participei de reunião com este senhor. Não desfruta de minha amizade e nem de minha confiança”, disse.”

(Folha.com)

Polícia prende um dos homens mais procurados do Estado

68 1
“Juliene Justine da Silva, de 34 anos, vulgo “Dim”, considerado um dos homens mais procurados do Ceará, foi preso em sua casa, no Centro de Maracanaú, no Ceará, durante operação deflagrada por agentes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). Contra ele existiam seis mandados de prisão em aberto. Segundo a Polícia, ao notar a presença dos policiais, Juliene tentou fugir e trocou tiros com a polícia. Ele acabou baleado na coxa e foi socorrido para o Instituto Doutor José Frota (IJF). Com o acusado foram apreendidas duas pistolas .40 e um maçarico (instrumento de corte, que, quando utilizado por assaltantes, serve para arrombar caixas eletrônicos).
No momento da prisão, Juliene apresentou uma identidade falsa no nome de Egídio Nunes dos Santos, por isso será autuado também por uso de documento falso.
Durante investigações iniciadas há cerca de dois meses surgiram indícios que ele estava praticando arrombamentos a caixas eletrônicos em Fortaleza e na Região Metropolitana. Juliene já responde por roubos, homicídio, porte ilegal de arma e extorsão mediante sequestro.”
(Agência Estado)

Entrevistado agride jornalista da Veja

65 1

“A revista “Veja” afirmou que um de seus repórteres foi agredido por um entrevistado na tarde de quinta-feira (4), em Brasília. O ataque ocorreu no bar Beirute, um dos mais tradicionais da cidade. Segundo a revista, o entrevistado Júlio Cesar Fróes Fialho agrediu o jornalista Rodrigo Rangel após ser questionado sobre pontos de uma reportagem que será publicada neste fim de semana.

A 1ª Delegacia de Polícia Civil do DF, onde foi registrado o boletim de ocorrência, não quis revelar as circunstâncias da agressão. Ex-consultor do Senado, Fróes fundou o Instituto Antares de Ensino Superior e Projetos Educacionais para dar cursos de qualificação profissional na administração pública. Procurado, ele não respondeu.

Em Campinas, uma equipe de reportagem da EPTV, emissora afiliada da Rede Globo, também sofreu hostilidade ao abordar o ex-secretário de Comunicação da prefeitura Francisco de Lagos. Denunciado sob suspeita de formação de quadrilha, porque teria atrapalhado investigação de fraudes na administração, Lagos retirou o microfone da jornalista que tentou entrevistá-lo e empurrou a câmera do cinegrafista. “Não tenho o que falar”, disse o ex-secretário após reagir contra a equipe.

ANJ

A ANJ (Associação Nacional de Jornais) divulgou nota à imprensa na qual lamenta e condena a agressão cometida pelo o lobista Júlio Fróes contra o repórter Rodrigo Rangel, da revista “Veja”. O documento detalha a agressão sofrida pelo jornalista, que teria se passado em um restaurante de Brasília, onde ele entrevistava Fróes.

“A certa altura, o entrevistado passou a fazer ameaças, perguntando se o jornalista tinha mulher e filhos. Nesse ponto, Rangel encerrou a entrevista, mas ao se levantar foi puxado pelo braço, sofreu uma gravata e joelhadas no ventre e no rosto e foi jogado contra uma mesa. O jornalista, que teve um dente quebrado, fez exame no Instituto Médico Legal.” A entidade diz esperar que as autoridades apurem o caso, que classifica como “agressão e cerceamento ao livre exercício do jornalismo”.

(Folha.com)

Susto em shopping de Fortaleza

“Um estrondo provocado por uma mangueira de gás de cozinha da praça de alimentação do shopping Iguatemi, em Fortaleza, assustou clientes que estavam no local no início da tarde deste sábado, 6.

Segundo testemunhas, o barulho teria sido tão alto que provocou correria e gritos de quem estava no estabelecimento. Apesar do susto, não houve feridos e o problema foi controlado em seguida.

O POVO Online procurou obter informações com a direção do shopping, mas não obteve retorno.”

Carro-forte é assaltado no estacionamento de shopping

“Um carro forte foi assaltado na manhã deste sábado, 6, dentro do estacionamento do North Shopping, na avenida Bezerra de Menezes, em Fortaleza. Informações preliminares dão conta de que os criminosos levaram cerca de R$ 200 mil do blindado.
O crime aconteceu depois que quatro homens fortemente armados e em duas motos abordaram o veículo e renderam quatro vigilantes do blindado da empresa Nordeste. O bando tomou dois malotes do veículo e fugiu levando ainda quatro revólveres e um colete à prova de balas dos funcionários.
O dinheiro roubado seria utilizado para abastecer os caixas de um supermercado do shopping. Neste momento, a Polícia faz diligências para tentar identificar os foragidos.”
(POVO Online)

PT recua e aprova defesa da liberdade de expressão

54 2

A Executiva Nacional do PT aprovou nesta sexta-feira (5), no Rio, resolução defendendo a ampliação da liberdade de expressão no país, numa posição contrária à que o partido tinha no passado, quando chegou a propor o “controle social” da mídia. Texto preliminar elaborado pelos dirigentes petistas pede também a abertura dos arquivos da ditadura.

Sobre a liberdade de expressão e imprensa, o texto petista trata do “novo marco regulatório dos meios de comunicação”, defendendo a posição de “garantir e ampliar as possibilidades de livre expressão do pensamento, repudiar e impedir qualquer tipo de censura e garantir o amplo acesso da população a todos os meios, sobretudo os mais modernos, como a internet”.

O Diretório também aprovou o projeto de reforma política apresentado pelo relator da matéria na Câmara, Henrique Fontana (PT-RS), que veta as doações diretas a partidos e candidatos e cria o financiamento público exclusivo das eleições. O projeto prevê que empresas privadas e estatais doem recursos para um fundo nacional gerido pela Justiça Eleitoral, que também terá financiamento da União.

Vamos nós – Quem embarcou no projeto do controle social da mídia, também irá recuar no discurso?

(O GLOBO)

Vereador denuncia “arrastões” em filas de ônibus no Centro

103 12

Plácido Filho nas ruas do Centro

O vereador Plácido Filho (PDT) conferiu na noite desta sexta-feira (5) a denúncia do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro), conhecido como Sindicato dos Motoristas, sobre “arrastões” nas paradas de ônibus do Centro.

De acordo com a denúncia do Sintro, os ataques ocorrem principalmente na parada da rua 24 de Maio, entre as ruas Liberato Barroso e Pedro Pereira, nos horários de pico.

“Mas temos registros da ação dos assaltantes também na Praça Coração de Jesus e na Praça José de Alencar, essa última em crimes de furto (a vítima não percebe a ação)”, comentou Plácido Filho.

Pouco antes da chegada do vereador à rua 24 de Maio houve um corre-corre entre usuários e adolescentes em situação suspeita. “Parece que tentaram arrancar a bolsa de uma senhora e as pessoas próximas entraram em pânico”, contou o balconista José de Arimatéia Costa, 39, que disse ter presenciado a ação de três homens contra pessoas que esperavam o ônibus da linha João Pessoa, no início da semana.

“A gente já não sabe a quem recorrer. Uma vez tive que pedir ajuda a um segurança da igreja (evangélica) aí de frente para não ser assaltada. Mas, esses dias, a coisa tem melhorado. Vi motos da Polícia passando aqui em frente”, afirmou a vendedora Patrícia Rodrigues, 27.

Na última terça-feira, em pronunciamento na Câmara Municipal, Plácido Filho cobrou da Polícia Militar uma maior segurança na área e lamentou que a Prefeitura ainda não tenha iniciado o projeto da construção de paradas de ônibus.

“As paradas de ônibus em Fortaleza ainda são postes com uma placa. As mais modernas são do tempo da administração Juraci Magalhães, por meio de blocos de concretos, que sequer recebem manutenção. Enquanto isso, a população sofre com o forte sol, chuvas e também com a insegurança”, reclamou o vereador do PDT.

Aeroportos terão máquinas automáticas para alimentos e bedidas. Na lista, Pinto Martins

89 2

Aeroporto Internacional de Fortaleza.

“Quinze aeroportos brasileiros contarão, até o final do ano, com máquinas automáticas de alimentos e bebidas. As máquinas poderão oferecer café, salgadinhos, refrigerantes e água, mas bebidas alcoólicas estão fora dessa iniciativa anunciada esta semana pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). O objetivo da novidade é oferecer ao público opções mais baratas de alimentação, em relação à média de valores praticados nas lojas dos aeroportos. “Nessas máquinas, o valor é mais baixo. A ideia é forçar a redução dos preços”, afirma o diretor comercial da Infraero, Geraldo Moreira Neves.

A concessão de áreas ocorrerá por meio de licitação. A Infraero estabeleceu a cobrança de R$ 500 mensais, por máquina. O valor inclui também a concessão de uma pequena área de depósito. Os preços dos produtos oferecidos ao público terão de ser semelhantes aos praticados no mercado local (e não aos preços dos aeroportos). “Se isso não for cumprido, pode ser objeto de rescisão contratual”, destaca Neves. Segundo ele, os demais estabelecimentos comerciais instalados nos terminais não poderão reclamar, pois não têm direito de exclusividade.

Ao todo, serão 143 máquinas distribuídas nos aeroportos de Guarulhos, Congonhas e Viracopos (SP); Galeão e Santos Dumont (RJ); Confins e Pampulha (MG); Fortaleza; Recife; Brasília; Cuiabá; Manaus; Salvador; Porto Alegre e Curitiba. As concessões serão realizadas por lotes. Quem vencer a licitação para atuar no aeroporto de Recife, também operará em Fortaleza, por exemplo. As máquinas serão distribuídas tanto nas áreas de acesso geral ao público como nos setores de embarque, que têm acesso restrito, explica Neves. Posteriormente, a possibilidade de implantação das máquinas automáticas será ampliada aos demais aeroportos administrados pela Infraero.

“O vencedor precisará ter um técnico atendendo 24 horas por dia, abastecimento diário, logística e manutenção preventiva”, afirma Neves. Além de notas e moedas, a Infraero espera que as empresas instalem máquinas que aceitem, também, pagamento por meio de cartão de crédito. O processo de licitação, na modalidade de pregão presencial, terá a abertura das propostas no dia 16 deste mês, em Brasília. Se não houver percalços no cronograma, as máquinas estarão operando no início de novembro.”

(Agência Estado)

VAMOS NÓS – Eis uma medida que chega muito tarde. Não tem que aguente a carestia da comida e bebida nesses terminais aeroportuários.

PF apreende carga de explosivos que pode ter relação com arrombamentos de caixas eletrônicos

“Mais de 120 bananas explosivas armazenadas clandestinamente em uma fazenda no município de São João do Jaguaribe, no Vale Jaguaribano, foram apreendidas, nesta sexta-feira, 6, em operação da Polícia Federal no Ceará.

A Polícia investiga agora se há alguma relação dos explosivos com quadrilhas especializadas em arrombamentos de caixas eletrônicos que vêm ocorrendo no Estado.

Um homem foi conduzido à Sede da Superintendência da PF e o material apreendido foi encaminhado ao 2º Cia do 10º Depósito de Suprimento no município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Segundo a assessoria da PF, além dos explosivos, foram encontrados 54 temporizadores e 237 estopins de um metro de comprimento com espoletas acopladas.”

(O POVO Online)

O autismo político de Luizianne Lins

177 12

Com o título “O autismo político de Luizianne Lins“, o professor universitário João Arruda, que é de esquerda, bate duro nos artigos que a prefeita tem publicado no O POVO semanalmente. Para ele, pura ação promocional dela. Confira o teor:

Como leitor assíduo do O POVO, tenho acompanhado os artigos assinados pela prefeita de Fortaleza Luizianne Lins às terças-feiras. Sem muito esforço, dá para perceber uma certa regularidade em seus conteúdos: autopromoção administrativa e uma dificuldade quase genética de assimilar as críticas à gestão municipal.

A sensação que nos passa é a de que a nossa gestora subestima a capacidade e o direito da população fortalezense de indignar-se frente a sua sofrível administração. Toda manifestação crítica da sociedade é sempre lida e interpretada como oriunda da oposição psdbista e dos seus aliados de direita, como uma antecipação descabida da disputa eleitoral de 2012.

Ora, é notória a falta de planejamento administrativo na atual administração. O fortalezense comum sabe que a sua cidade é pessimamente administrada. Nossa educação foi avaliada como uma das piores do nosso Estado: ficou no centésimo octogésimo lugar entre os 184 municípios avaliados. O sistema de saúde municipal é caótico, faltando medicamentos, profissionais da saúde e equipamentos hospitalares. Além da crônica crise estrutural do Instituto Dr. José Frota (IJF), os Frotinhas e Gonzaguinhas estão sucateados e impróprios para funcionamento.

A mobilidade urbana também é caótica. Durante toda a sua administração, fora alguns arremedos, não foi realizada uma só obra estruturante.

Quem tem a infelicidade de fazer uso dos transportes coletivos conhece os transtornos dos terminais, a superlotação e os atrasos das nossas linhas. Nossa Fortaleza, a eterna desposada do sol, antes bela e carismática, encontra-se feia, suja e esburacada. Não
é por acaso que a nossa autoestima encontra-se em estado deplorável.

Enquanto isso, a administradora municipal não admite nenhuma crítica e avalia sua administração como referência para o Brasil. Esquece que a sua administração foi a que teve a pior avaliação entre as dez maiores capitais do Brasil, segundo recente pesquisa do Datafolha. Por esses e outros motivos não citados, é que sou levado a acreditar que a nossa gestora sofre do terrível mal de autismo político.

* João Arruda

Professor universitário

Fortaleza tem a terceira maior inflação do País

A inflação de Fortaleza no mês de julho, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi a terceira maior do País, sendo superada apenas por Brasília e Salvador. A taxa passou de 0,22%, em junho, para 0,32% e no acumulado do ano chegou a 3,90%.

O resultado foi influenciado principalmente pelo aumento de itens incluídos nos grupos despesas pessoais, habitação e transportes, sem falar que a queda dos alimentos e bebidas foi de apenas 0,02% contra os 0,34% da taxa nacional que fechou em 0,16% no mês e em 4,04% no acumulado, considerando o período de janeiro a julho.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira (5), as maiores altas foram verificadas nos preços do aluguel residencial, artigos de limpeza, empregado doméstico, recreação e hotel que passou de -1,65% em junho para 22,43%. O etanol aumentou 3,62% e a energia elétrica residencial também ficou mais cara (0,32%) por causa da elevação das contribuições do PIS e Cofins.

(O POVO)

Contran muda regra do transporte de gás e água mineral em "cangalhas"

“O transporte de botijões de gás e de galões de água sobre o banco de motocicletas e motonetas ou em acessórios laterais, conhecidos como “cangalhas”, está proibido desde ontem, como determina lei federal 12.009, de 2009. De acordo com Eder Freitas, presidente da Associação dos Revendedores de Gás e Água Mineral (Aregás) o artigo 12 da lei 12.009 e o artigo 12 da Resolução 356, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada em 2 de agosto de 2010, estabelecem que “é proibido o transporte de combustíveis, produtos inflamáveis ou tóxicos e de galões nos veículos de que trata este artigo, com exceção de gás de cozinha e de galões contendo água mineral, desde que com o auxílio de side-car, nos termos de regulamentação do Contran”. Outra forma de transporte permitida é a feita com triciclos.

De acordo com Freitas, as motocicletas e motonetas que não se enquadrarem na legislação receberão multa de R$ 179 e os condutores cinco pontos na carteira de habilitação mas, num primeiro momento, não serão apreendidas. O presidente da Aregás afirmou que, apesar da resolução ter dado prazo de 365 dias para as empresas se adequarem, apenas 5% dos 100 revendedores de gás e galões de águas de Rio Preto capacitaram-se para atender à nova lei. A adaptação dos veículos implicaria gasto de até R$ 2,5 mil por moto ou motoneta. Freitas afirmou que outra alternativa para a entrega de gás, no caso das pequenas empresas, são as camionetes, mas isso aumentará significativamente o custo por quilômetro rodado para a entrega.

O proprietário da empresa Robust, que fábrica semirreboques afirmou que está havendo confusão no entendimento da legislação. Ele argumenta, também com base na resolução 356 do Contran, que o artigo 13 prevê que é permitida o “transporte de carga em side-car ou semirreboques deverá obedecer aos limites estabelecidos pelos fabricantes ou importadores dos veículos homologados pelo Denatran”. Freitas explicou que o artigo 13 da Resolução refere-se a carga e não a botijões de gás ou galões de água mineral. O Diário entrou em contato com a Polícia Militar para falar sobre o assunto, mas não obteve retorno.”

(Com Agências)

Ceará elabora plano de saneamento para receber transposição das águas do Velho Chico

A Secretaria de Recursos Hídricos do Estado (SRH) tem até o fim deste mês para elaborar um plano de saneamento para todos os municípios por onde passará a obra de transposição do rio São Francisco. O projeto será apresentado ao ministro do Planejamento, Fernando Bezerra, em Brasília, que encaminhará à presidente Dilma Rousseff as necessidades de cada município.

Os estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba também estão com a mesma demanda. A governadora Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte, já adiantou que espera a destinação de recursos para esgotamento sanitário no percurso dos canais.

Segundo o Ministério do Planejamento, mais de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas no semi-árido nordestino com a transposição das águas do Velho Chico.

(Este Blog com informações do Ministério do Planejamento)

Japão relembra 66 anos da bomba atômica que arrasou Hiroshima

O Japão lembrou neste sábado (6) as vítimas da bomba atômica que arrasou Hiroshima, há 66 anos, em cerimônia que o primeiro-ministro do país, Naoto Kan, aproveitou para questionar “o mito da segurança” da energia nuclear.

Às 8h15min (horário local), um minuto de silêncio só rompido por várias badaladas lembrou no Parque Memorial da Paz de Hiroshima o momento em que a bomba caiu sobre a cidade e acabou de forma imediata com a vida de 120 mil de seus habitantes.

Representantes de cerca de 70 países –incluindo os Estados Unidos– e da ONU estiveram entre os quase 50 mil presentes na homenagem, entre eles idosos que sobreviveram à bomba e seus familiares.

Na cerimônia foram acrescentados 5.785 novos nomes à lista das pessoas que perderam suas vidas direta ou indiretamente pela tragédia de Hiroshima, em balanço que chegou então ao total de 275.230 mortos.

(Folha)

Na Segurança rural… é só hilux

81 5

“O que falta para a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado combater, de forma eficaz, as quadrilhas que assaltam bancos no Interior do Estado? A SSPDS, pelo visto, não percebeu que, em todo fim ou começo de mês, há sempre uma ação espetacular, que coincide com o período em que ocorre o pagamento de aposentados.

A Coordenadoria de Inteligência não consegue ler números, traçar rotas e o modus operandi desse tipo de crime? O que se vê são ações que desmoralizam as pequenas guarnições das cidades atacadas. Virou balela divulgar que há barreiras de policiais nas divisas com outros Estados.

Quem quiser fazer o teste é só viajar rumo ao Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba Piauí e não encontrará uma blitz ou posto avançado.

O pior: nos municípios que sofreram esses ataques, nada mudou. Ou pouca coisa mudou. Como o contemplar de um desfile de hilux.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Se Wagner Rossi cair da pasta da Agricultura, Temer indica companheiro de Congresso

98 1

“O PMDB tem um nome pronto para a Agricultura se o ministro Wagner Rossi cair em decorrência do desgaste provocado por denúncias. O líder do governo no Congresso, Mendes Ribeiro (RS), é o primeiro da fila de interessados.

Em favor dele pesa o fato de que, se assumir um cargo no primeiro escalão, a vaga na Câmara fica com suplente Eliseu Padilha, ex-ministro dos Transportes e grande amigo de Michel Temer, padrinho da nomeação de Rossi.

Se perde o afilhado na Esplanda, o vice-presidente ganha um velho companheiro no Congresso.”

(Blog Política – Revista Época)

Secretaria da Saúde entrega maternidade do Hospital da Polícia Militar na 2ª feira

A Secretaria da Saúde do Estado inaugura, na próxima segunda-feira, a maternidade do Hospital Geral da Polícia Militar. Com 22 leitos e cinco berçários de médio risco, a maternidade já receberá internações. A inauguração está marcada para as 8h30min pelo secretário da Saúde, Arruda Bastos.

Segundo Bastos, o setor ganha mais um obstetra e passa a funcionar com dois especialistas e o número de médicos neonatalogistas dobra de quatro para oito. Por mês, devem ser realizados 200 partos na maternidade, que recebeu nova pintura, ganhou novas instalações elétricas, hidraulicas e sanitárias.

DETALHE – A maternidade do Hospital Geral da Polícia Militar era da Secretaria de Segurança e Cidadania e desde o dia 1º de junho deste ano foi incorporada à rede de hospitais da Secretaria da Saúde do Estado.