Blog do Eliomar

Últimos posts

PSDB nacional lança desafios 2012

Essa é da Agência Tucana

O presidente nacional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), deputado federal Sérgio Guerra, lançou em Manaus um desafio a toda a militância tucana: sair às ruas na campanha de 2012 para eleger mais de mil prefeitos.

O desafio foi feito durante cerimônia em que Guerra abonou a filiação de mais de 200 amazonenses ao PSDB. Entre eles, estão o vereador Mário Frota que, quando deputado federal, se destacou por combater o regime militar, o vereador Paulo de Carli, o ex-vereador Plínio Valério e o ex-senador Jefferson Praia.

Para reforçar o desafio, Sérgio Guerra destacou que, no Norte, os tucanos têm grandes chances de crescimento e de se fortalecerem em estados administrados por governadores do partido, como Roraima, Pará e Tocantins.

Falando também durante a cerimônia, o ex-líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio, conclamou os tucanos de Manaus a organizar “um projeto sem vaidades para a cidade”. “Vamos fazer isso sem colocar nomes ou pré-candidatos, mas um projeto para o bem-estar de todos os moradores de Manaus”.

A cerimônia foi prestigiada por representantes do PPS, PV, PMN e Partido Ecológico Nacional, que está em fase de organização. O ex-prefeito de Manaus, Serafim Correa (PSB), também esteve presente.

Índice de confiança do setor de serviços cai em setembro

Essa é do Portal Vermelho.org

De acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (5), os números reforçam “os sinais de um ritmo mais moderado na atividade do setor de serviços”, influenciado principalmente pelas perspectivas menos otimistas em relação aos próximos meses. Esse movimento já havia sido observado em agosto.

O Índice de Expectativas caiu 1,8% e chegou a 146,5 pontos, o menor patamar desde janeiro deste ano. O principal motivo para a diminuição do subíndice foi a piora das perspectivas do empresariado em relação à demanda por seus serviços nos próximos três meses. A proporção daqueles que preveem aumento da procura pelos seus serviços diminuiu de 51,2% para 50% de agosto para setembro; enquanto a parcela dos que esperam uma demanda menor aumentou de 4% para 5,9% do total.

Já o Índice da Situação Atual (ISA-S) teve elevação de 1,4%, para 116,8 pontos, porém permanece 3,8 pontos abaixo do nível do mesmo mês de 2010. Neste caso, o grau de satisfação com o nível de demanda atual foi o quesito que mais contribuiu para o aumento do subíndice. Entre as empresas entrevistadas, 23,3% avaliam a demanda atual como forte, pouco mais do que o índice de 22,6% observado no mês de agosto; enquanto 14,7% a consideram fraca, contra 16,4%.

Para calcular o ICS, a Fundação Getulio Vargas consultou 2.689 empresas.”

"O PMDB não pode ser coadjuvante", diz Danilo Forte

108 1

O deputado federal Danilo Forte (PMDB), em contato com o Blog, afirmou, nesta quarta-feira, que seu partido não pode ser coajudante no processo eleitoral de Fortsaleza. A reação foi em consequência de declaração dada pelo vice-governador Domingos Filho se posiconando contrário a uma candidatura própria dopartido à Prefeitura de Fortaleza em 2012. O vice acentuou que essa é uma posição pessoal.

“Temos experiência administrativa na Capital. Os últimos prefeitos – desde Ciro Gomes, foram do PMDB como Juraci Magalhães e Antõnio Cambraia. Os prjetos hoje tocados em termos de infraestururfa na manlha viária da cidaded, ainda são da época de Juraci”, diz Danilo.

Danilo diz que seu nome é para fomentar mesmo o debate entre aliados. “Não estou impondo  meu nome, mas quero um debarte, porque o PMDB  não pode ser  coadjuvante. Tem história e presença na gestão de Fortaleza.” O parlamentar avaliou que o probelma da cidade “é de gestão”, no que o PMDB tem grandes quadros como Aloisio Carvalo, João Melo e Marlon Cambraia e outros que foram secretários de Juraci e têm experiência administrativa”.

 O parlamentar disse que a bancada federal ésimpa´tica a essa tese e que os seis vereadores dopartido também veem com simpatia uma postulação  própria como forma de aumentar a força da bancada na Câmara Municipal.

Ele deixa claro que uma postula peemedebista não deve ser vista como ruptura com o governador Cid Gomes ou o PT.

“A questão não é de ruptura. Se o PDT e o PCdo B, que são quantitivamente menores do a gente, lançam candidato, porque o PMDB não pode?”, reage,ressaltando que o pleito deve ser desegundo turno, no abriria para uma recomposição das forças aliadas nessa fase da disputa.

Greve dos professores – O diálogo também faz parte de projeto educativo

115 3

Eis artigo do professor e geógrafo José Borzachiello sobre a greve dos docentes estaduais e o clima de impasse com o Governodo Estado. Borzachiello lembra que não existe projeto educativo sem o professor, mas ressalta também que diálogo faz parte de projeto educativo. Confira: 

Os professores cearenses em greve revelam um lado obscuro da educação brasileira. Fala-se muito em escola e muito pouco em professores. E pensar que a escola pública já foi referência nesse País quando o professor era um bom partido, pois contava com um salário invejável. Marido de professora gozava de status respeitável. O Brasil se industrializou, cidades enormes cresceram como cogumelos e a sociedade clamava por educação. Ampliou-se o ensino público e as redes oficiais foram se consolidando. À medida que crescia, reduzia seu prestígio.

Falar em educação era falar de inauguração de escolas e ampliação do número de matrículas, sempre com farto aparato político-partidário. Esqueciam e esquecem, na maioria das vezes, do sujeito social que tem um enorme papel na transformação da sociedade – o professor. As políticas públicas da pasta da Educação voltaram-se mais para o problemas da super lotação das salas de aula e logo, logo instituíram os três turnos nas escolas, mutilando o ensino e impondo uma sobrecarga de trabalho ao professor. Nos países desenvolvidos funciona apenas um, em escolas de tempo integral. Como sujeito histórico essencial na formação integral dos educandos, cabe ao professor, o papel de ensinar, educar e acompanhá-los para o exercício pleno da cidadania.

A forte pressão provocada pela necessidade de novas matrículas de estudantes resultou no aumento da carga horária de trabalho do professor sem o respectivo aumento do salário. Aviltado em sua nobre atividade, muitos professores preferiram e preferem mudar de profissão, muitas delas com maiores possibilidades de progressão, salários mais altos, e exigências menores.

Entretanto, para nós professores, principalmente os que exercem a profissão no ensino fundamental e médio, é necessário muita motivação e dedicação. Muitos dizem e apregoam que o magistério é sacerdócio, é sacrifício. Enganam-se os que partem desta premissa. Magistério é uma profissão que exige conhecimento, qualificação e constante atualização. Que exige dignidade e condições satisfatórias de trabalho.

Não há projeto educativo sem o professor. Não adianta tentar imitar o modelo coreano ou de qualquer outro país do mundo que tenha alcançado o desenvolvimento. São sociedades onde o professor é figura de proa. É respeitado, é querido. Para eles todas as portas são abertas sem precisar bater ou empurrar.

O diálogo faz parte do projeto educativo. A escola precisa de amigos, mas precisa muito mais de professores. E os professores exigem e merecem respeito.

* José Borzacchiello da Silva, borza@secrel.com.br
Geógrafo e professor da UFC

——————————————————————————————————————-

VAMOS NÓS – Nesta quarta-feira, comemora-se o Dia Mundial do Professor.

Câmara pode aprovar o Estatuto da Juventude

79 1

Há sete anos tramitando na Câmara dos Deputados, o projeto do Estatuto da Juventude pode ser aprovado nesta quarta-feira. Uma articulação da Frente Parlamentar em Defesa da Juventude, liderada pelo deputado federal Domingos Neto (PSB), possibilitou que o projeto fosse colocado na pauta de votações da Casa.

A lei nº 4529/2004, que cria o Estatuto, vai nortear as políticas públicas voltadas para os jovens de todo o país. “Essa é uma prioridade da Frente Parlamentar em Defesa da Juventude desde a sua reinstalação, no início do ano. Nos mobilizamos para isso porque sabemos que não há como garantir direitos sociais aos jovens sem aprovação do Estatuto”, enfatiza Domingos Neto.

 Ontem o projeto chegou a entrar na pauta de votações da Casa, mas a bancada evangélica pediu mais tempo para analisar a proposta. Pelo twitter, a deputada Manuela D’ Ávila (PCdoB-RS) agradeceu o empenho de Domingos Neto à frente da articulação.

(Também com Agência Câmara)

Bradesco terá enterro simbólico em Fortaleza

Com direito a caixa e carro funerário, o Sindicato dos Bancários do Ceará vai promover um “Cortejo Funébre” do Bradesco. Isso ocorrerá a partir do meio-dia desta quarta-feira.

O cortejo sairá da sede do Sindicato, situada no Centro, e se estenderá ate a agência do banco na avenida Santos Dumont, onde haverá protesto.

Haverá enterro simbólico do Bradesco, que, segundo os bancários, é o patrão da área e sempre entrava acordos.

IFCE de Limoeiro do Norte ganha nota máxima

Dois cursos de graduação do IFCE/Campus Limoeiro do Norte obtiveram nota máxima (5,0) na última avaliação do Ministério da Educação: Tecnologia em Alimentos e Tecnologia em Irrigação e Drenagem. 

Outros dois – Tecnologia em Saneamento Ambiental e Tecnologia em Mecatrônica Industrial, obtiveram a nota 4,0. Essas notas são resultado da visita que a Comissão de Avaliadores do MEC fez ao Instituto, ocasião em que foram avaliados projeto pedagógico, corpo docente e estrutura física.

O diretor-geraldo campus de Limoeiro doNorte, JoségFaçanha Gadelha, coemora e diz que esses resultados “colocam os cursos avaliados entre os melhores do País”.

SERVIÇO

Mais informações sobre os cursos no www.ifce.edu.br.

Corrupção na Bulgária pode ser entrave na relação com o Brasil

129 3

“Apesar de a presidente Dilma Rousseff ter desembarcado na terça-feira na Bulgária com status de líder de superpotência e discurso de promessas de aproximação com a terra de seu pai, a delegação brasileira admite nos bastidores que a corrupção no país é um obstáculo para a cooperação e uma saia-justa para a presidente. O Partido Socialista búlgaro foi acusado de usar recursos da União Europeia para financiar sua campanha eleitoral há alguns anos.

O resultado foi a suspensão do repasse de dinheiro para o país, o mais pobre do bloco, algo inédito na UE. O novo governo, da direita populista, não ficou isento dos escândalos e o país até hoje é considerado o mais problemático no bloco. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao tentar encontrar área de cooperação para propor aos búlgaros, o Brasil esbarrou justamente no fato de que transferir dinheiro para a Bulgária não é sinônimo de resultados. Uma das opções em estudo é fazer uma cooperação triangular, emprestando o know-how brasileiro em várias áreas públicas, mas insistindo que o financiamento venha de Bruxelas. Outra ideia é ajudar os búlgaros a desenvolver projetos que possam evitar o desvio de recursos.

Na prática, Dilma poria em sua política externa parte da imagem que já quer passar internamente e lhe vem garantindo certa popularidade. O fato de o governo Dilma já ter perdido ministros por causa dos escândalos de corrupção não foi ignorado pela imprensa local. A âncora de um jornal da BTV, principal rede de televisão privada, deixou claro que o que “une Brasil e Bulgária” também inclui a questão da corrupção. ”

(Estadão)

Vice-governador não quer PMDB disputando em Fortaleza

117 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=KW7a7l0UIFM[/youtube]

Se depender do vice-governador Domingos Filho, o seu partido, o PMDB, não disputará com candidato próprio a Pefeitura de Fortaleza em 2012. Ele defende a unidade da base aliada em tornodo governador Cid Gomes (PSB).

Essa posição de Domingos Filho acaba indo de encontro às pretensões do deputado federal Danilo Forte, que apregoa ser opção do PMDB para a disputa na Capital.

"Situação é desesperadora", diz ministro grego

“O ministro grego da Economia, Michalis Chryssohoidis, afirmou que a situação de seu país “é bastante desesperadora”, em uma entrevista que será publicada na quinta-feira na revista alemã Die Zeit. “Nossa situação é bastante desesperadora, porque reduzimos de forma sempre mais drástica a renda das pessoas. Os gregos vivem a situação atual de forma muito dolorosa”, declarou à revista, que divulgou um trecho da entrevista.

“Quando veremos a luz no fim do túnel? Não podemos responder”, completou Chryssohoidis. “O governo (grego) está totalmente isolado com esta política de reformas. A oposição afirma que poderia renegociar nossas condições de crédito. E a esquerda radical quer abandonar a UE. Estamos sozinhos”, afirma.

“Nosso principal problema é o da insegurança, alimentada pelas especulações incessantes no mundo inteiro sobre uma falência iminente do país. Uma falência em um país da zona euro seria uma catástrofe porque teria um efeito dominó. Mas se for apenas por esta razão, não podemos decidir sozinhos sobre uma suspensão de pagamentos”, completou.”

(Portal Terra)

Recapeamento asfáltico na hora do rush? Ninguém merece

136 7

Trecho da rua Romeu Martins (Montese), às 13h10min de terça-feira.

Tudo bem que a Prefeitura esteja recuperando asfalto em vários pontos da cidade e dando nova pincelada nas grandes avenidas, dentro do objetivo de termos a “Fortaleza Bela”, mas precisa fazer o serviço nos horários mais inconvenientes?

Há intervenções ocorrendo na hora do rush e que provocam confusão e engarrafamentos.  Nessas horas, muitos motoristas protestam com razão. E alguns não poupam nem a prefeita.

Bem, com buraco ou em buraco, todo mundo reclama.

(Foto – Paulo MOska)

Sob pressão, professores temporários voltam à sala de aula

87 6

Com a ameaça de demissão feita pelo Governo do Estado, há professores temporários voltando à sala de aula. Esse segmento não tem a menor segurança como trabalhador e acaba refém da pressão política, denunciam lideranças do movimento dos docentes.

Há escolas onde professor temporário está comparecendo ao trabalho, mas em classe só aparece meia dúzia de alunos, pois entidades estudantis se solidarizam com os grevistas.

Dessa situação, fica a pergunta: vale esse tipo de atividade? A legislação exige que esteja em sala de aula pelo menos a metade da turma, o que nem sempre acontece.

Alguns professores querem que o Ministério Público Estadual faça blitz nas escolas.

Dilma inicia agenda na Bulgária

“A presidente do Brasil, Dilma Roussef, colocou uma coroa de flores com as cores da bandeira brasileira no túmulo do soldado desconhecido em Sofia nesta quarta-feira, no primeiro ato de uma visita de dois dias à Bulgária, onde deverá impulsionar a cooperação econômica entre os dois países. Diante deste monumento, Dilma foi recebida oficialmente por seu anfitrião, o presidente da Bulgária, Georgi Parvanov, com honras militares e os hinos das duas nações.

Vestida com saia negra e jaqueta de tons marrons, Dilma passou em revista os soldados da guarda do país balcânico, a quem cumprimentou em búlgaro – “Zdraveite, gvardeyci” (saudações, soldados da guarda) – antes de colocar a coroa de flores. Depois, após subir a um palanque junto a Parvanov, foi homenageada com um desfile acompanhado de uma banda militar.

Segundo manifestaram fontes da Presidência búlgara, Sofia espera que esta visita sirva para a promoção da cooperação econômica com o Brasil, e que o desenvolvimento das relações bilaterais nas esferas da ciência, da educação e da tecnologia centrem o encontro a portas fechadas que manterão nesta manhã Dilma e Parvanov.

Após a reunião, devem ser assinados acordos no campo da economia e da tecnologia da informação. Dilma também se reunirá com o primeiro-ministro búlgaro, Boiko Borisov, que oferecerá um almoço à presidente brasileira.Pela agenda da visita, que na quinta-feira coincidirá com os 50 anos do estabelecimento das relações diplomáticas entre as duas nações, Dilma participará na tarde de hoje de um fórum de empresários dos dois países.

Na quinta-feira, Dilma visitará Gábrovo, a cidade onde nasceu seu pai, Pedro Rousseff, e lá se reunirá com alguns de seus familiares, assim como com autoridades municipais. Além disso, a presidente visitará a exposição sobre sua família no Museu Regional de História sob o título: “As Raízes Búlgaras de Dilma Rousseff.”

(Folha.com)

Royalties – Líderes apostam num acordo e adiam votação

José Pimentel – líder do Governo no Congresso.

Os líderes partidários no Congresso Nacional decidiram adiar para o próximo dia 26 a votação do veto presidencial à emenda que modifica os critérios de distribuição dos royalties do petróleo.  A decisão foi tomada nessa terça-feira, durante reunião com os presidentes Marco Maia (Câmara dos Deputados) e José Sarney (Senado). O objetivo é chegar a um acordo que evite uma disputa judicial no Supremo Tribunal Federal.

O líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT), afirmou que “a decisão sobre os royalties cabe ao Congresso e o adiamento contribui para que as negociações em torno de um acordo prossigam”.

No dia 19, o Senado deverá votar um texto alternativo considerando os 20 projetos em tramitação e a proposta do senador Wellington Dias (PT/PI). Aprovada, a proposta segue para a Câmara dos Deputados.

Durante o encontro, o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT/RS), assumiu o compromisso de não enviar mais medidas provisórias para o Senado até que a Casa conclua a votação dos royalties.

A decisão permite que a pauta do Senado não seja trancada, uma vez que as MPs têm prevalência sobre as demais matérias.

Receita e Participações

A principal proposta em discussão reduz a receita da União de 30% para 20%, e as participações especiais, de 50% para 46%. A União ficaria com R$ 8,8 bilhões. Os estados produtores teriam direito a R$ 11,8 bilhões, mesmo valor pago em 2010 e não perderiam receita. O restante, R$ 8,4 bilhões, iria para os estados e municípios não produtores.

A estimativa do governo é de que as receitas com os royalties cheguem aos R$ 28 bilhões no ano que vem. Os recursos também seriam vinculados a gastos com educação, saúde, infraestrutura e ciência e tecnologia.

(Com Agência Senado)

Líder do PT no Senado defende atribuições do CNJ

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT-), saiu em defesa da manutenção dos poderes de fiscalização do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Foi durante discurso na Casa, nessa terça-feira, ao apoiar as competências de controle do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – criado por meio da Emenda Constitucional 45. “O órgão é indispensável”, afirmou Costa.

“O órgão de controle da magistratura saiu do papel e virou realidade para dar transparência ao trabalho do Judiciário brasileiro, reduzindo a impunidade, fiscalizando e corrigindo o trabalho dos juízes que se desviam de suas funções ou não se pautam pela ética no exercício do dever”, disse. “CNJ realizou sindicâncias, inspeções e correições em situações de falta grave dos magistrados. Também tem sido responsável pelo combate ao nepotismo nos tribunais. Luta para que crimes cometidos por magistrados não sejam acobertados pelo corporativismo”, completou o senador.

Humberto Costa também demonstrou apoio à Corregedora do CNJ, Eliana Calmon, que se manifestou recentemente em defesa do órgão. “Apesar do tom de desabafo de suas recentes declarações, a ministra acertou ao fazer a defesa veemente do papel do Conselho Nacional de Justiça”, destacou ele.

A corregedora-geral de Justiça causou polêmica ao declarar que a ação da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB) seria um “caminho para a impunidade da magistratura” e que a Justiça esconde “bandidos de toga”. O Supremo Tribunal Federal (STF) está prestes a julgar Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), movida pela AMB, que contesta a Resolução 135 do CNJ. A regra trata da aplicação de procedimentos para investigar juízes suspeitos de praticar crimes. A AMB propõe a retirada de poder que o CNJ detém para punir e fiscalizar juízes por má conduta.”

(Com Agências)

Prefeitura negocia empréstimo de UR$ 100 milhões

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=iX-opJstDMQ[/youtube]

A secretária do Turismo de Fortaleza, Patrícia Aguiar, seguiu, nesta madrugada de quarta-feira, para Brasília. Na agenda dela, negociações finais em torno de U$ 100 milhões para os projetos de reitalização da Beira Mar e da Praia do Futuro. Ela terá contatos no Ibama, Ministério do Turismo e Cooperação Andina de Fomento.

Congresso Nacional adere ao movimento "Outubro Rosa"

“O Congresso Nacional receberá iluminação especial na noite de hoje (5). A cor rosa, que alerta para o problema do câncer de mama no mundo, tomará conta do Senado e da Câmara dos Deputados. A iniciativa integra as ações do Outubro Rosa, movimento mundial de mobilização pela conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença.

O Outubro Rosa chegou ao Brasil em 2008 por iniciativa da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama). O movimento prevê ações durante todo o mês em várias cidades do país, entre elas a iluminação de prédios e monumentos históricos na cor rosa, como o Cristo Redentor e o Santuário Nossa Senhora da Penha, no Rio de Janeiro.

Em Brasília, além da iluminação do Congresso Nacional, a programação do Outubro Rosa inclui palestra nesta quinta-feira, às 9 horas, na Câmara dos Deputados, aberta a funcionários, congressistas e à comunidade em geral.”

(Agência Brasil)

Chávez – Popularidade vai a 60%

92 1

“A popularidade do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disparou e subiu pelo menos dez pontos percentuais entre os meses de julho e setembro. S egundo uma pesquisa da empresa venezuelana Datanalis, o presidente tem o apoio de 58.9% da população, apesar das incertezas sobre seu estado de saúde.

Para o diretor da Datanalisis, Luis Vicente Leon, o aumento do prestígio do presidente pode estar relacionado à simpatia e à solidariedade dos venezuelanos diante do câncer que Chávez enfrenta.

A pesquisa ouviu 1.300 pessoas, e a margem de erro é e 2,7 pontos percentuais.”

(Globo)

PSDB indica quatro "prefeituráveis" e dispara críticas contra Cid e Luizianne Lins

110 2

Marcos Cals é prefeiturável mesmo.

“Na primeira reunião do diretório regional do PSDB no Ceará com os pré-candidatos a vereador para 2012, a cúpula do partido anunciou como pré-candidatos à Prefeitura de Fortaleza os nomes de Marcos Cals, presidente estadual da sigla, do deputado estadual Fernando Hugo, do presidente do PSDB de Fortaleza, Pedro Fiúza, e do ex-secretário da Infraestrutura do Estado, Maia Júnior.

O escolhido deve ser apresentado em novembro, mas é quase certo que o candidato seja Marcos Cals, possibilidade admitida pelo próprio Cals e que já é consenso entre os líderes do partido. “O meu nome está sendo discutido pra valer”, disse Cals, que acrescentou que “o que já está definido é a candidatura própria (do PSDB)”.

“Marcos deve ser o prefeito de Fortaleza”, disse Fernando Hugo aos pré-candidatos a vereador, destacando a votação que o tucano obteve na Capital no pleito de 2010 (cerca de 230 mil votos), quando concorreu ao Governo.

Apesar de considerar que ainda não é o momento de articular uma coligação, Marcos Cals disse que já há conversas com o PPS, DEM, PTC e PR. Segundo Hugo, se Cals for o candidato a prefeito, há chances de o ex-deputado federal Moroni Torgan (DEM) concorrer a uma vaga na Câmara em uma eventual coligação com o PSDB.

A meta do partido, que tem hoje apenas um representante na Câmara Municipal, é eleger até quatro parlamentares. Já no caso de uma coligação, o objetivo é eleger até sete.

Até a reunião de ontem, o PSDB contava com 47 pré-candidatos a vereador. As filiações serão feitas até a próxima sexta-feira (7). Nas conta do partido, para se eleger um vereador em Fortaleza é preciso de cinco mil votos.

Críticas

Durante a reunião, Fernando Hugo criticou a gestão da prefeita Luizianne Lins (PT) dizendo que no fim de seu mandato, a prefeita está realizando “obras cosméticas” para “maquiar a cidade”. E disse que os candidatos a vereador pelo PSDB devem se empenhar para captar votos do PT e do PSB.

Já Marcos Cals criticou a postura do governador Cid Gomes (PSB) diante dos últimos escândalos envolvendo o Governo. “Cid não se manifesta sobre os banheiros. Ficou calado. Sobre o crédito consignado, também. Aos professores, cadê? O governador não dá satisfação”.

(O POVO)

Leitor faz adendo à enquete do Blog

Do leitor Hélio Costa, recebemos a seguinte obsevação:
 
Caro Eliomar, estou escrevendo para lhe falar que a enquete publicada em seu blog sobre a greve dos professores está boa, mas estaria melhor ainda se você estivesse colocado a opção ALUNOS, pois em minha opinião quem mais sairão perdendo são eles.

* Do leitor assíduo do seu Blog,

Hélio Costa

VAMOS NÓS – Caro Hélio, a sua observação foi correta. Que nossos leitores participem da enquete.