Blog do Eliomar

Últimos posts

"Padaria Espiritual" é tema de livro de Sânzio de Azevedo

Será lançado nesta segunda-feia, às 19 horas, o livro “Breve História da Padaria Espiritual”. O lançamento desse trabalho do poeta e pesquisador Sânzio de Azevedo, ocorrerá na Livraria Cultura. Na ocasião, Sânzio baterá um papo com a também escritora Socorro Acioli, mais uma publicação de Edições UFC.
A OBRA
Agora, Sânzio de Azevedo resgata uma dívida e entrega ao editor esta Breve História da Padaria Espiritual, que vem a ser uma versão concisa daquela tese de 1983. Resumida, mas ao mesmo tempo enriquecida com novas informações que o ensaísta coletou nos últimos anos, a Breve História enfeixa o essencial sobre os padeiros, suas fornadas literárias, sua estética e ousadias. O livro responde a uma demanda que se tornara premente. Era o pão que faltava no balaio da fortuna crítica que consagra o sodalício de Antônio Sales, Adolfo Caminha, Lívio Barreto, Rodolfo Teófilo, José Carlos Júnior…”
Ítalo Gurgel
SOBRE O AUTOR
Sânzio de Azevedo nasceu em Fortaleza em 1938. Iniciou-se em jornais cearenses, mas publicou seus primeiros livros em São Paulo, onde residiu por seis anos e foi revisor d’O Estado de S. Paulo. Licenciado em Letras pela UFC, nela exerceu magistério durante 30 anos. Em 1973, ingressou na Academia Cearense de Letras, em sua cadeira nº 1, cujo Patrono é Adolfo Caminha. Doutor em Letras pela UFRJ, teve como orientador Afrânio Coutinho. Seguramente, o maior pesquisador da Literatura Cearense, Sânzio de Azevedo publicou em diversas antologias, escreveu artigos e estudos para destacadas revistas e edições locais, nacionais e no exterior, além de apresentar vasta e diversa bibliografia, referência obrigatória para quem pesquisa na área. Citamos: Cantos da Longa Ausência (1966), A Padaria Espiritual (1970), A Academia Francesa do Ceará (1971), O Centro Literário (1973), Literatura Cearense (1976), Aspectos da Literatura Cearense (1982), O Modernismo na Poesia Cearense (1995), Para uma Teoria do Verso (1997), Cantos da Antevéspera (1999), O Parnasianismo na Poesia Brasileira (2004), Lanternas Cor de Aurora (2006), dentre outros.

SERVIÇO

Livraria Cultura – Avenida Dom Luís, 1010, shopping Varanda Mall.

Cantor Diassis Martins é atração na Expoece 2011

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=kNg3hqBicUk[/youtube]

O cantor Diassis Martins é atração na abertura da Expoce 2011, a partir das 18 horas deste domingo, no Parque de Exposições da Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Estado. Diassis é nome dos mais respeitados no Estado por difundir o forró pé-de-serra e tradições do povo nordestino.

EXPOECE

A previsão é de um público visitante de 270 mil pessoas durante os sete dias do evento e de um volume de negócios em torno de 12 milhões e 500 mil reais. Esses são alguns dados que demonstram a pujança da Expoece 2011, a exposição agropecuária de Fortaleza que chega à sua 57a edição e será aberta às 16 horas de domingo, dia 2.Tem também uma previsão de 1.800 animais para julgamento, 4.900 animais participantes, 550 expositores, 300 expositores de animais e 250 “stands” oficiais e privados. Quem expõe entusiasmado esses números é o presidente da Associação dos Criadores do Ceará, Paulo Hélder Braga, que ultimamente tem se dedicado com afinco à organização da Expoece ao lado da executiva da entidade Rejane Bastos.

Neste ano junto com a Expoece  acontecerá a Expobrasil – Exposição Nacional de Santa Inês e Anglonubiano com a realização de quatro leilões. Haverá a Feira Estadual da Agricultura Familiar e “shows” musicais com bandas de renome nacional, além de forró Pé de Serra e manifestações culturais, atividades que serão complementadas com parque de diversões, casa de mel, pesque e pague, casa de farinha/engenho, fazendinha, bodega, restaurantes e bares. A Expoece estará aberta à visitação pública durante toda a próxima semana no Parque de Exposições da Secretaria de Agricultura.

Ponto impresso começa a valer a partir desta 2ª feira

92 1
“A partir desta segunda-feira (3), as empresas com mais de dez empregados que já utilizam equipamentos de ponto eletrônico deverão oferecer ao empregado a possibilidade de imprimir o comprovante de entrada e de saída do trabalho. A obrigatoriedade de as empresas adaptarem os equipamentos de ponto eletrônico não precisa ser seguida pelos órgãos públicos. A regulamentação determina ainda que o equipamento de ponto eletrônico seja inviolável.

A entrada em vigor da Portaria 1.510 foi adiada três vezes para dar mais tempo às empresas de adequar os equipamentos. Desde a edição da portaria, em 2009, houve muitas divergências entre os setores sindicais e as confederações patronais. Para os sindicatos, a portaria vai evitar que os trabalhadores façam horas extras e não recebam por elas. Mas os sindicatos reconhecem como favorável a possibilidade de flexibilizar essas normas por meio dos acordos coletivos.

As entidades sindicais patronais argumentam que a adoção do ponto eletrônico impresso pode gerar altos custos, principalmente para as pequenas empresas, que teriam de comprar novos equipamentos ou adaptar os antigos.

O Ministério da Trabalho explica que a regra está sendo adotada para evitar fraudes na marcação das horas trabalhadas. O controle eletrônico já é previsto pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), mas faltava uma regulamentação que impedisse a alterações do registro de presença dos funcionários por meio de recursos tecnológicos.

Pela regulamentação, o sistema de ponto não pode fazer o controle de acesso do empregado ao setor onde trabalha nem das atividades dele dentro da empresa. Além disso, a portaria não permite limitação de horários para a marcação do ponto. O equipamento não pode permitir alterações ou extinção de dados.

Uma portaria editada posteriormente (3.73/11) permitiu a adoção de sistemas alternativos de controle de jornada de trabalho, desde que autorizados por convenção coletiva, mas esses sistemas não poderão admitir restrições à marcação do ponto, marcação automática, autorização prévia para marcação de horas extras e alteração ou eliminação dos dados registrados pelo empregado.

Confronto na Assembleia – Coordenador de Direitos Humanos esclarece itens de artigo

190 7

Do Coordenador Especial de Direitos Humanos, Marcelo Uchoa, recebemos nota em que ele procura pontuar alguns itens de artigo publicado no O POVO, sábado, e aqui também veiculado. O artigo tem o título “Excessos na Assembleia Legislativa”. Leia o que diz Uchoa:

Considerações sobre o artigo “Excessos na Assembleia Legislativa”

Em relação ao meu artigo “Excessos na Assembleia Legislativa” publicado ontem, 01/10/11, no Jornal O Povo), para que não fique o dito pelo não dito e vice-versa, tenho a dizer:
1º) Em respeito a aqueles que compõem as mesas de negociação da greve dos professores estaduais e que, de fato, estão conduzindo suas discussões, não entrei no mérito, em si, da greve, apenas foquei o confronto físico havido na Assembleia Legislativa, na última quinta-feira, daí o título “Excessos na Assembleia Legislativa”.

2º) Apesar disso, sobre o tema greve, em especial no serviço publico, já escrevi e publiquei bastante coisa, de modo que, creio, minha posição sobre o tema é de amplo conhecimento da sociedade cearense e principalmente do movimento sindical.

3º) À parte das peculiaridades expostas na mesa de negociação da greve, que envolvem aspectos políticos, jurídicos, técnicos, econômicos e financeiros, sobre as quais, repito, não quero me intrometer, defendo a constante e permanente valorização do magistério, não apenas pela importância e relevância do serviço que presta, mas também pela contribuição à qualificação do ensino. Saliento que, apesar de trabalhar na rede privada, também sou professor e conheço bem os sacrifícios da profissão.

4º) Quanto aos excessos cometidos pelos dois lados durante o confronto, como dito no texto, eles foram desproporcionais. Exatamente por isso, afirmei defender a criação de um destacamento policial específico, com habilidades, técnicas e competências apropriadas para lidar com movimentos de protesto político, os quais via de regra são pacíficos, legítimos e protegidos pela Constituição. Repetindo: a tolerância, não os excessos, deve ser a tônica da interação Estado e Sociedade Civil.

5º) Por outro lado, em razão dos argumentos destacados no artigo, que levam em consideração os limites dos direitos fundamentais, também defendo que a ordem institucional e o patrimônio público sejam respeitados. Apoiadores da manifestação, grevistas ou não, devem esforçar-se para não se excederem nestes limites.

6º) Finalmente, acredito que é hora de arrefecer os ânimos e retomar o diálogo. A luta é uma labuta coletiva. Persistir e acreditar sempre, desistir jamais!

Marcelo Uchôa
Coordenador Especial de Direitos Humanos/CE

Greve dos professores – PC do B divulga nota apregoando negociação

136 7

Com o título “Greve dos professores: a negociação é o caminho”, o PCdoB conclama ao entendimento”, eis nota repassada para o Blog pela direção estadual do partido em solidariedade aos docentes, mas apregoando a necessidade de diálogo com o Governo do Estado. Confira:

O atual ciclo de mudanças que vive o Brasil é resultado da trajetória de nosso povo para construir um país democrático, soberano, livre, desenvolvido e socialmente justo. Tal objetivo somente será atingido com a mobilização de amplos setores nacionais e com a luta dos trabalhadores e do povo. O entrelaçamento das lutas específicas dos diversos segmentos sociais com a defesa de bandeiras políticas nacionais impulsionará os avanços que o Brasil e o Ceará têm vivido nos últimos anos.
Neste contexto é que se dá a atual mobilização dos professores da rede pública estadual, em greve há quase dois meses. O PCdoB/CE, por meio de seus parlamentares, tem intermediado, desde o início, as negociações para que sejam atendidas as reivindicações da categoria, dentro das condições possíveis para o governo estadual. Nesse sentido desaprovam os atos de violência ocorridos recentemente na Assembleia Legislativa. Os comunistas consideram que o caminho efetivo para a solução do atual impasse passa pela persistente negociação, com serenidade e transigência, buscando o entendimento capaz de elaborar uma proposta comum entre professores e governo estadual, possibilitando a retomada das aulas e evitando mais prejuízos a milhares de estudantes.
Os comunistas consideram que a luta por melhorias efetivas na educação passa pela implementação plena da Lei do Piso Nacional do Magistério e mais ainda, com a realização de uma profunda reforma da educação e a ampliação dos investimentos públicos na área. Isto posto, deve ser amplamente apoiada a proposta da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) para que 10% do PIB sejam destinados para educação. Assim, união, estados e municípios terão melhores de condições pagar o salário justo a que têm direito os professores, bem como melhorar suas condições de trabalho e assegurar uma educação a altura das necessidades do país.
Fortaleza, 1º de outubro de 2011.

* Secretariado Estadual do PCdoB/CE.

Dilma recua e muda concessão de rodovia

108 1

O governo federal modificou o modelo de privatização de rodovias executado pela presidente Dilma Rousseff quando ela era ministra da Casa Civil, em 2007. A então ministra conduziu a privatização de sete lotes de estradas –a chamada 2ª fase da desestatização.

O modelo Dilma, explorado fartamente na campanha eleitoral de 2010, conseguiu obter contratos com baixos preços de pedágio e cronogramas curtos na entrega de grandes obras. Mas a fórmula não deu certo e resultou em sucessivos atrasos nas obras obrigatórias, protestos de usuários e ações do Ministério Público Federal contra a demora na melhoria das estradas.

A mudança veio neste mês, quando a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) lançou a concessão dos 475,9 km da BR-101 que cortam o Espírito Santo.

Ao contrário dos editais anteriores, o da BR-101/ES elimina grandes obras nos primeiros anos de concessão. A concessionária terá até 23 anos para entregar a duplicação de 418 km da estrada. Até 2022, precisam ficar prontos somente 207 km de duplicação. Um trecho de 35 km só precisa estar concluído por volta de 2035.

(Folha)

A Dica do Demitri

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=y7sMZZuVAuo[/youtube]

Neste domingo, a partir das 16 horas, tem espetáculo para o papai e para os filhinhos. “Detestinha”, o bicho que detesta ler, é a pedida do Circo Tupiniquim, que fica na CE-040, altura do quilômetro 12, pertinho das Tapioqueiras. A dica é do jornalista, ator e escritor Demitri Túlio.

Ex-PM é assassinado em Fortaleza

“Um ex-policial militar de 23 anos foi morto a tiros, na madrugada deste domingo, 2, no bairro Bonsucesso, em Fortaleza. Informações preliminares apontam que o crime tem características de pistolagem.

De acordo com o relações públicas da PM, tenente-coronel Fernando Albano, o crime aconteceu por volta das 22h20, quando um homem em uma moto se aproximou da vítima e efetuou pelo menos um disparo contra o ex-PM.

Murilo Brito Costa morreu no local do crime, enquanto o acusado fugiu sem ser identificado. A vítima estaria a caminho da residência de uma ex-namorada, na rua Diogo Correia, no bairro Bonsucesso.

Ainda segundo o tenente-coronel Albano, Murilo havia sido afastado dos quadros da Polícia Militar no último dia 5 de setembro. A execução do ex-PM será investigada pela Divisão de Homicídios de Fortaleza. ”

(POVO Online)

58% das empresas ignoram conceito de sustentabilidade

Negócios que se dizem sustentáveis ganham pontos com o consumidor, e os microempresários sabem disso.

O que eles desconhecem, contudo, é o próprio conceito de sustentabilidade, aponta a primeira sondagem do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) sobre o tema, feita com 3.058 micro e pequenas empresas do país em agosto deste ano.

Do total de entrevistados, 58% afirmaram não ter conhecimento algum sobre o assunto. Ainda assim, 47% deles disseram que a questão representa oportunidade de ganho, e 79% pontuaram que ser sustentável atrai clientes.

A incoerência é “reflexo do pouco conhecimento [do empresário]”, avalia o diretor técnico do Sebrae Nacional, Carlos Alberto dos Santos.

“As empresas têm dado muita atenção à questão ambiental, mas a sustentabilidade também tem como base aspectos sociais e econômicos”, diz o professor Clovis Armando Alvarenga Netto, coordenador do curso de ecodesign, da Fundação Vanzolini.

A sustentabilidade alia projetos ambientais a sociais (como oferta de cursos e outros planos que se destinam às pessoas da região da empresa) -que precisam auxiliar o empreendimento a gerar lucro. “Se não for assim, não será sustentável”, reforça Alvarenga Netto.

Por acreditarem que o conceito está unicamente ligado à questão ambiental, empresários têm dificuldades de implantar práticas efetivas.

(Folha)

Blog ganha homenagem no V Tweetfor

186 3

Durante o V Tweetfor, realizado nesse sábado, no Marina Park Hotel, o “Blogdoeliomar” ganhou, dos organizadores do evento troféu em reconhecimento ao número de acessos e credibilidade em Fortaleza. Este repórter, em clima de 5 anos de blogagens, recebeu a honraria das mãos de Deodato Ramalho, twitteiro e secretário municipal do Meio Ambiente.

A organização do V Tweetfor ainda homenageou os jornalistas Roberta Fonteles (O POVO), por participação em todos os eventos do Tweetfor, e Paulo César Norões (Sistema Verdes Mares) e o advogado Leandro Vasques (Caace), estes também são apoiadores do evento desde sua pimeira edição.

Cerca de dois mil twitteiros passaram pelo Marina Park. Uma feijoada, com direito a show de bandas como “O Verbo”, serviu para marcar o congraçamento de pessoas que se dedicam a formar amigos, difundir novidades ou fazer jornalismo por meio das redes sociais na Capital. Alfredo Marques, Sávio Queiroz e Lindival Freias Júnior, à frente do Tweetfor, tiveram uma certeza pelo que conferimos: a festa consolidou-se como importante marco entre aqueles que se propõem a difundir as redes sociais e a promover uma comunicação alternativa ou interativa com as mídias tradicionais.

Aqui divido o prêmio com minha mulher, Socorro França. Sem a sua compreensão, horas de dedicação e muita paciência, jamais chegaríamos a estes cinco anos de trabalho na blogosfera. É preciso ter amor ao que faz, saúde e, principalmente, alguém com quem a gente possa dividir as dificuldades, mas, claro, as alegrias. Nosso filho, Vinícius França, que assina o blog “Viniblues.blogspot.com” também esteve conosco nessa festa do V Tweetfor

DETALHE – O Blogdoeliomar também pode ser acessado na área de blogs do OPOVO Online.

(Fotos – Paulo MOska)

Comentário do Felipão

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Bi8eHMYlSbY[/youtube]

O Ceará enfrenta, a partir das 16 horas deste domingo, o Atlético Mineiro. É mais um jogo importante para a equipe cearense, neste Brasileiro, Série A, como avalia o jornalista Felipe Araújo. Hora também do alvinegro acabar com a síndrome da cancela.

Três jovens são assassinados na madrugada deste domingo no Ceará

“Três homicídios marcaram a madrugada deste domingo, 2, no Interior do Ceará. Segundo os dados do Comando de Policiamento do Interior (CPI), os crimes foram registrados nos municípios de Juazeiro do Norte, Jaguaribe e Caririaçu.

Em Juazeiro, no Cariri cearense, Julio Neto Silva Magalhães, de 22 anos, foi assassinado com dois tiros que teriam sido efetuados por Jackson Matias da Silva, 21. De acordo com o cabo Fabiano, do CPI, a vítima estava em um bar no Centro do Município quando iniciou uma discussão com o acusado.

Durante a briga, Jackson teria efetuado vários disparos contra a vítima, que acabou morrendo com duas perfurações na cabeça e no tórax. O acusado não tinha passagem pela Polícia, enquanto Julio já respondia por ameaça de morte.

Já no município de Caririaçu, também no Cariri cearense, a vítima foi Marcos Alberto Silva Santana, de 22 anos. O jovem estava em uma festa no município, onde foi iniciada uma briga generalizada.

Durante a pancadaria, Marcos foi atingido com uma facada no tórax, e morreu no local do crime, sem tempo de ser socorrido. De acordo com o cabo Fabiano, a Polícia investiga o caso para tentar identificar o responsável pelo crime.”

(POVO Online)

Em Jaguaribe, no Vale Jaguaribano, José Evangelista Ataliba, conhecido como Zé das Carroças, de 24 anos, foi morto a tiros enquanto bebia em um bar na zona rural do Município. O crime foi praticado por um homem não identificado, que fugiu a pé após cometer a execução.

Equipe do Samu fica desfalcada

121 1

Três dos sete médicos de plantão no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) não compareceram ao plantão deste sábado (1º). Eles fariam parte do grupo de profissionais que pediu descredenciamento do Samu.

Embora não sejam contratados oficialmente, os médicos cumprem escala fixa semanal, trabalhando como prestadores de serviço. Ao todo, 20 profissionais teriam deixado de prestar serviço ao município, segundo lista divulgada pelos médicos.

A categoria alega atraso no pagamento do salário, não reconhecimento de vínculo empregatício (eles não têm direito a férias, 13º salário ou licença em caso de saúde) e falta de estrutura de trabalho.

O diretor clínico do Samu de Fortaleza, Messias Simões, diz que a decisão de se descredenciar é “pessoal” de cada médico. Ele explica não ser possível confirmar se os 20 profissionais se desligaram do cargo. “Isso a gente só vai saber a cada dia, de acordo com a escala”, afirma. O diretor não informou a quantidade total de médicos que trabalha no Samu atualmente.

A escala diária é sempre de sete médicos. Cada equipe trabalha 12 horas. Os três profissionais a menos ontem deixaram o atendimento de urgência ainda mais caótico. “São três mil ligações por dia. A gente tem que priorizar”, diz Messias.

(O POVO)

O tempo conspira contra

97 2

A pouco mais de um ano das eleições de 2012, a oposição à prefeitura de Fortaleza parece dormir em berço esplêndido. Sem presença forte nos setores sociais e sem agenda de propostas, os partidos contrários a atual gestão não conseguiram nem mesmo ainda sugerir ao eleitor um nome. Por falar em nomes, esses só tem surgido da própria base de apoio da prefeita ou de dentro do Partido dos Trabalhadores.

Até os chamados balões de ensaio a oposição não tem tido perna para lançar. No PSDB, a renovação imaginada com a eleição de uma jovem direção municipal parece não ter empolgado. Já o presidente estadual, Marcos Cals, se mostra cansado, mais preocupado em garantir às bases da legenda no interior, sob a mira do PSD.

A partir desse quadro, fica cada vez mais difícil se considerar a possibilidade da alternância de poder no próximo pleito, principalmente se o governador Cid Gomes fechar com o PT. Resta aguardar que pelo menos não venha a ser eleito um poste.

(Menu Político/O POVO)

Enigma

Há dias peço a meus guias espirituais que me iluminem para compreender as declarações da vereadora Eliane Gomes quando disse que seu partido, o PCdoB, terá candidatura própria à sucessão municipal em 2012, mas não fará oposição à prefeita Luizianne Lins e sua gestão. Acha, inclusive, que a Prefeitura registra muitos avanços. Se o PCdoB integra a aliança de sustentação da Prefeita; se tem representante na equipe administrativa, no caso o Secretário de Esportes, Evaldo Lima; se admite que o PT administra bem, como apresentará aos eleitores a sua candidatura?

O candidato teria de fazer uma campanha apontando para a continuidade administrativa, mesmo tema, obviamente, do candidato ungido por Luizianne. E o escolhido de dona Loura, certamente, não será o senador comunista Inácio Arruda. Em tempo: nos bastidores do Paço Municipal fala-se que Waldemir Catanho, o primeiro-ministro, andou caindo para a “4ª divisão” entre os cotados para ser o candidato da Prefeita. O candidato in pectore da vez é Elmano de Freitas, secretário de Educação, e pertencente à mesma ala de Luizianne dentro do PT, a Democracia Socialista, para os íntimos, DS.

(Bric-à-Brac/O POVO)

Ministro das Cidades é excluído de decisões de sua própria pasta

“O ministro das Cidades, Mário Negromonte, passou a ser tratado na Esplanada dos Ministérios como se fosse um fantasma.

Ele deixou de ser chamado para reuniões sobre os preparativos para a Copa 2014, tem recebido menos recursos do que outros grandes ministérios e não influi mais no desenho dos principais programas da sua área, como o Minha Casa, Minha Vida.

Negromonte nem sequer foi informado quando a presidente Dilma Rousseff convocou três outros ministros para discutir os projetos de transporte associados à Copa, antes do feriado de Sete de Setembro.

A ausência de Negromonte, cuja pasta é responsável por analisar e aprovar essas ações, foi estranhada pelos outros ministros, que viram ali um sinal de esvaziamento do poder do colega, que na época era alvo de várias acusações de irregularidades.

Dias depois, quando as mudanças nos projetos foram anunciadas, Negromonte foi questionado pela imprensa sobre os efeitos das desapropriações para as obras. Ele não soube o que responder.”

(Folha)

Ator José de Abreu vê redes sociais como importantes no campo da política

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=h8Z_2mPqFRk[/youtube]

O ator José de Abreu está no Ceará. Aqui, ele participou do V Tweetfor, no Marina Park Hotel, ocasião em que falou sobre suas participações em eventos que congregam militantes das redes sociais. O ator, bom destacar, ganhou nessa noite de sábado, jantar de amigos como o secretário do Meio Ambiente e Controle Externo, Deodato Ramalho, no qual compareceu a prefeita Luizianne Lins.

Marina participa do V Tweetfor e não fala em novo partido

“A ex-senadora Marina Silva, que, recentemente, desfiliou-se do Partido Verde (PV), ainda não fechou questão sobre a criação de nova legenda que abrigue seu projeto político. Ela disse que continuará à frente do Movimento Transição Democrática até que haja “densidade” para a concepção de nova sigla. “Não se faz um partido por causa de eleição. No futuro, poderá até ter um partido, mas isso não é meu objetivo”, garantiu.

Marina esteve ontem em Fortaleza, cumprindo agenda em eventos com o grupo dissidente do PV. Ela também participou do V Tweetfor, encontro que reuniu usuários da rede de microblogs Twitter na Capital, além de líderes políticos locais, no Marina Park Hotel. O objetivo foi discutir a relação das redes sociais na Internet com as eleições municipais de 2012.

Em entrevista, ela afirmou que “se com partidos que discutiram tanto, metabolizaram tanto as ideias, como o PV, PT e PSDB, deu no que deu, imagine fazer um partido só por causa de eleição”, completou Marina, que foi 3ª colocada nas eleições presidenciais de 2010.

Ela destacou que a ex-senadora Heloísa Helena (Psol) está integrada ao grupo, mas não confirmou se há planos para que as duas componham a mesma sigla.

Redes virtuais

Recém-empossado como presidente municipal do PSB, Karlo Kardoso também esteve no V TweetFor. Em discussão sobre o uso da Internet para as eleições do ano que vem, ele destacou que ainda falta à maioria dos candidatos absorver uma rede de mão dupla da Web, que ajuda, mas também atrapalha.

Já o ex-governador Lúcio Alcântara (PR) avaliou que a Internet ainda enfrenta problema de credibilidade. “Na campanha política o que pode dar muita credibilidade a um candidato é a (difusão de) imagem, como nesse caso do confronto da Polícia com os professores na Assembleia”, mencionou.

Debateram, ainda, o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR), o secretário nacional do PT, Renato Simões, o presidente da Câmara Municipal, Acrísio Sena, o secretário de Meio Ambiente de Fortaleza, Deodato Ramalho, e o ator José de Abreu.”

(POVO)

Cabral pede a Dilma que governo comande negociação da partilha dos royalties

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, se reuniu neste sábado (1º) com a presidenta Dilma Rousseff e pediu para que o governo federal comande o processo de discussão sobre a divisão dos royalties do petróleo. Na quarta-feira (5), ocorrerá a sessão do Congresso que vai analisar o veto do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva à emenda que determina a divisão igualitária dos royalties entre estados e municípios produtores e não produtores.

“A presidenta está atenda e acha que não é o momento para esse debate, que é impróprio, e está conversando isso com os líderes”, disse Cabral. O governador também fez um apelo ao presidente do Senado, José Sarney, para adiar a votação. “Faço um apelo ao Congresso, ao presidente Sarney, para que [o veto presidencial] não seja votado assim”.

Cabral disse que, caso o veto seja derrubado, no dia seguinte ele a presidenta Dilma recorrerão ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão. Ele voltou a afirmar que estado do Rio não abre mão das receitas dos poços de petróleo já licitados. “Isso está em lei”. A divisão igualitária dos royalties, para ele, “é uma violência contra o povo do Rio de Janeiro”.

O governador disse ainda que “o governo brasileiro tomou a decisão equivocada quando mudou a legislação” do setor de petróleo para criar um novo marco regulatório para o pré-sal. Cabral teve uma audiência reservada com a presidenta Dilma após a reunião que tiveram com o presidente mundial da Renaut-Nissan, Carlos Ghosn, que anunciou investimentos em duas fábricas no país.

(Agência Brasil)