Blog do Eliomar

Últimos posts

PT adia decisão sobre prefeito

64 1

Está nas mãos da Executiva do PT do Ceará o destino político do prefeito afastado de Senador Pompeu, o petista Antonio Teixeira. Mas, apesar da pressão de uma parte da sigla para que ele seja investigado na Comissão de Ética do partido, outros setores do grupo demonstram certo desconforto em jogar o prefeito na berlinda. É que Teixeira está preso, acusado de improbidade administrativa – por isso, está impedido de ser ouvido em um possível processo disciplinar no âmbito da legenda.

 Nesta quinta-feira (7), pelo segundo dia seguido, o PT decidiu adiar a reunião da Executiva que decidirá se deve haver abertura do processo. A justificativa oficial foi a falta de espaço na agenda da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, que é presidente estadual da sigla.

 Entretanto, de acordo com o secretário de Finanças do PT, Vaumik Ribeiro, o problema é que a Comissão de Sindicância ainda não concluiu o relatório que vai sugerir, ou não, uma apuração mais aprofundada do caso. A depender do que for concluído nessa instância, Teixeira pode até ser expulso da sigla.

 Para o 2º vice-presidente estadual do PT, Antônio Carlos Souza, a situação é delicada. “Eu não acho que abrir um processo disciplinar contra o prefeito seja uma condenação definitiva. Mas, pela minha formação democrática, uma investigação em que a pessoa não possa se defender é muito ruim”, ponderou.

 Um dos membros da Comissão de Sindicância, Isaac Gomes, também avaliou que Teixeira precisa ter direito à defesa. Na contramão do que afirmou Vaumik, ele disse que o relatório do grupo já está pronto, mas não pode ter o conteúdo adiantado até nova reunião da Executiva, até ontem sem data marcada.

 Embora a cúpula petista negue que a Executiva esteja tentando protelar a decisão, há indícios de que “cautela” tem sido a palavra de ordem na equipe. O POVO consultou o estatuto da legenda e verificou que, formalmente, o processo disciplinar é o primeiro passo para que se decida punir ou livrar qualquer filiado. Entretanto, a Executiva optou por instalar uma Comissão de Sindicância prévia, antes de abrir processo.

Pressa
Com discurso que vai de encontro com o dos demais petistas, o secretário de Formação do PT, Ilário Marques, foi o único ouvido pelo O POVO a defender a instauração imediata de um processo disciplinar.

 Ele foi além: defende que o prefeito seja afastado da sigla por 60 dias. “O PT tem de ser duro nesses casos”, opinou.

(O POVO)

Policiais mantêm greve

80 1

Os policiais civis decidiram peitar a Justiça e mantiveram a greve que chega nesta sexta-feira (8) ao sétimo dia. Na tarde desta quinta-feira (7), a presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpoci), Inês Romero, acompanhada pelos advogados Leandro Vasques, Raphael Bruno e Caio Dantas, esteve no Fórum Clóvis Beviláqua para oficialmente tomar conhecimento da decisão judicial que declarou a ilegalidade do movimento.

 Em contato com o juiz Paulo de Tarso Nogueira Pires, da 6ª vara da Fazenda Pública, os advogados do Sinpoci requereram ao magistrado a reconsideração da decisão e, paralelamente, ingressaram no Tribunal de Justiça do Estado com um recurso de agravo de instrumento contra o despacho do juiz.

 Inês garante que a paralisação está mantida. “Entramos com os recursos cabíveis e vamos aguardar”, afirmou. De acordo com o advogado Raphael Bruno, o juiz não tem competência para decidir sobre a greve da Polícia Civil.

 Ele explica que, conforme a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal de Justiça do Ceará, uma decisão sobre o assunto deve ser do TJCE. Inês Romero adiantou que a diretoria do Sinpoci deverá publicar edital convocando seus associados para, em assembleia, definir os encaminhamentos do movimento. A data provável é a da próxima segunda-feira. Mas, segundo ela, ainda não está confirmada oficialmente.

 Pela decisão judicial, o Sinpoci está sujeito a uma multa diária no valor de R$ 10 mil caso descumpra a determinação. O juiz Paulo de Tarso destacou em sua decisão que a greve da categoria gera perigo à ordem pública, à paz pública e à estabilidade das instituições.

 O POVO tentou ouvir o juiz na noite desta quinta-feira (7), mas o telefone não foi atendido pelo magistrado. No sexto dia da greve, ontem, em duas das 11 delegacias que atendas delegacias que atenderam ao público, a 13ª (Cidade dos Funcionários) e o 30º Distrito, no São Cristóvão, ocorreram situações em comum: um grande número de Boletins de Ocorrência (BOs) registrados e alguns flagrantes. Thanes Alessander, inspetor no 13º, informou que até 16h30min, 65 BOs haviam sido registrados além de um flagrante de tentativa de assalto e outro de tráfico de drogas.

 As duas ocorrências foram na área do 4º Distrito Policial, mas por conta da greve, foram atendidas pelo delegado Antunes Teixeira. No 30º DP, o inspetor Everardo Araújo disse que até 17 horas houve registro de 34 BOs e de dois flagrantes. Um relacionado a apreensão de meio quilo de maconha e outro a furto. No local, o almoxarife Sidney Sampaio tentava obter uma guia para exame de corpo de delito e foi informado que isso só será possível quando a greve terminar.

(O POVO)

MT – Pelo menos 25 obras afetadas com suspensão de licitações

“A suspensão das licitações em andamento de autarquias do Ministério dos Transportes determinada na terça-feira afetou pelo menos 25 obras, sendo 21 ligadas ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e quatro ligadas à Valec, responsável pela construção de ferrovias.

Ao todo, incluindo projetos, supervisão e assesoramento técnico de superintendências, entre outros, o número é de 45 editais suspensos nas duas autarquias: 39 no Dnit – considerando apenas os editais que passam pela sede em Brasília, sem, portanto, considerar as superintendências – e seis na Valec. Todos, porém, podem ser ainda retomados após a suspensão temporária.

Algumas dessas suspensões já foram informadas pelo Diário Oficial, mas outras ainda sairão em publicações nos próximos dias.

No caso do Dnit, entre as licitações suspensas há muitas no Estado do Ceará, cujo governador Cid Gomes havia feito severas críticas contra o Ministério dos Transportes, antes ainda da queda do ex-ministro Alfredo Nascimento.”

(Portal G1)

Xô, greve! Motoristas e empresários terão rodada de negociação nesta sexta-feira

75 2

“Motoristas, cobradores e fiscais de ônibus terão nova rodada de negociações com os empresários do transporte público na manhã desta sexta-feira, 8, na Superintendência Regional do Trabalho, em Fortaleza.

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-CE) e Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) já tiveram seis rodadas de negociação, onde foram acertadas 33 de 45 cláusulas de reivindicações dos trabalhadores.

De acordo com o Sintro, além de melhorias salariais, a categoria reivindica cesta básica, vale alimentação e plano de saúde. O sindicato pretende visitar terminais de integração de Fortaleza e distribuir uma carta aberta aos passageiros, onde explicam os motivos de uma possível paralisação.

No último sábado, 2, motoristas e cobradores decidiram decretar estado de greve, por conta de um impasse em relação o reajuste de salário anual. Segundo o Sintro, a categoria pediu 25% de aumento e vale refeição de R$ 8,50. Porém, o sindicato patronal ofereceu 6,3%, de acordo com a inflação.

Sobre a reunião desta sexta-feira, um dos diretores do Sintro, Tobias Brandão, não se mostrou otimista em relação às negociações. “De acordo com o que vem acontecendo, infelizmente, não esperamos avanços. Mas estamos flexíveis em consideração à população e à Superintendência, que nos pediu nova tentativa. Estamos abertos ao dialogo”, disse Tobias, em declaração à TV Diário.”

(O POVO Online)

IPECE – Varejo cearense em forte expansão

Estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Estatística do Ceará (IPECE), nesta tarde de quinta-feira, mostra que o varejo cearense está em expansão. Confira dados e o comentário que nos mandou o presidente do IPECE, Flávio Ataliba:

Caro Eliomar de Lima,

Em março de 2011 foi registrado o maior índice para o volume de vendas do varejo cearense de toda a série dessazonalizada, resultado da manutenção do ritmo de crescimento dessa atividade no Estado apesar da adoção de medidas governamentais de restrição ao crédito. Flávio Ataliba, Diretor Geral do IPECE, comenta que as vendas do varejo registraram altas sucessivas nos três primeiros meses do ano de 2011 com relação aos meses imediatamente anteriores ajustadas sazonalmente, reforçando a tendência de alta do índice já observada ao longo do ano de 2010. Na comparação do acumulado até março de 2011 com igual período de 2010, o varejo cearense registrou novamente taxa positiva de crescimento, todavia inferior àquela registrada em igual período do ano passado. No entanto, não se pode esquecer que o varejo local está registrando bom desempenho principalmente quando comparado a uma elevada base de comparação, visto que em igual período de 2010 foi registrada a maior alta para o referido período desde 2001. Comparado aos demais estados brasileiros, o varejo cearense ainda registrou a oitava maior alta no acumulado do ano, superior àquelas registradas pelas principais economias do nordeste brasileiro, Pernambuco e Bahia, revelando, assim, um maior dinamismo dessa atividade no Estado do Ceará.

Anthony Garotinho defende o PR atacando o PSDB e o DEM

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=UCcIeWJR-SI[/youtube]

O deputado federal Anthony Garotinho (PR/RJ) ocupou a tribuna da Câmara para rebater críticas do líder do PSDB, Duarte Nogueira (SP), ao seu partido, que viu Alfredo Nascimento cair do Ministério dos Transportes sob acusação de corrupção. Eis o texto da fala de Garotinho:

”Não aceito a crítica ao PR como partido. Ouvindo o deputado Duarte Nogueira falar, dá a impressão de que o PSDB é um partido de anjos. Esqueceu do período das privatizações, esqueceu daquele cidadão que privatizou as teles e que hoje anda fugido do Brasil, morando no Paraguai.

Vi com muita tristeza o meu querido ACM Neto atacar o Partido da República, se esquecendo de que do seu partido também fazia parte o ex-Governador do Distrito Federal, o Sr. Arruda. Não tente levar a questão para o lado partidário. Essa não é uma questão partidária, mas sim uma questão que deve ser tratada entre a Presidente da República e o Ministro. Não pode ser tratada como se fosse um problema do PR.

Pessoas de boa e de má índole existem em todos os partidos políticos. O PT é a maior prova disso. O PT, que viveu aqui pregando a moralidade, acabou sendo o partido do mensalão. Então, não venham aqui posar de vestais, porque pessoas corretas e incorretas existem em todos os partidos políticos.

E mais: diferente do Ministro Palocci que fugiu e não quis vir prestar depoimento nesta Casa nem no Senado, o Ministro Alfredo Nascimento se colocou à disposição para prestar todos os esclarecimentos, tanto no Senado quanto na Câmara.

Quero dizer isso bem à vontade. Não tenho nenhum cargo no Governo Federal. Não tenho nenhum cargo no DNIT. Não conheço as pessoas que estavam lá. Não vou admitir que se enxovalhe o partido. Isso eu não vou admitir. O Partido da República pode ter problemas? Tem!

Agora, não venha o PSDB aqui querer esquecer o que aconteceu no período de Fernando Henrique. Não venha o PT aqui querer esquecer o que aconteceu neste plenário na época do mensalão. Não venha o DEM aqui querer esquecer do escândalo do painel do vovô de quem falou aqui agora há pouco. Não venham, porque se vier vai ter troco.
Muito obrigado.”

Alfredo Nascimento é herança maldita de Lula, diz Tasso Jereissati

144 3

“Líderes do PSDB se reuniram no começo da tarde desta quinta-feira, em Brasília, no apartamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG), na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O presidente nacional do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra (PE), foi o primeiro a chegar ao local, seguido do anfitrião Aécio e do ex-senador Tasso Jereissati (CE), presidente do Instituto Teotônio Vilela.

Ao chegar ao encontro, Jereissati destacou que a queda de Alfredo Nascimento, demitido do Ministério dos Transportes por suspeitas de superfaturamento em obras da pasta, é uma “herança maldita” do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
“A presidenta vai ter muito trabalho porque tem um esquema muito espalhado de corrupção. É uma herança maldita que vem do governo Lula”, afirmou Tasso, emendando que a oposição “deve tratar o assunto com rigor, não com alegria”. “É um caso de Justiça. Desde o mensalão não há punição. A sociedade precisa reagir e a imprensa tem um papel fundamental”, disse ele.
Além da queda do ministro, os tucanos conversam sobre estratégias do PSDB, que ultimamente passa por turbulências internas. Recentemente, o presidente do PSDB mineiro, deputado federal Marcus Pestana, e o ex-governador de São Paulo José Serra protagonizaram uma discussão no gabinete do senador Álvaro Dias (PR). Serra cobrou explicações de Pestana sobre o porquê de o parlamentar mineiro ter falado mal dele.”

(Portal iG)

TV O POVO comemora 4 anos neste sábado

Os quatro anos da TV O POVO serão comemorados neste sábado com a exibição, às 20 horas, do especial “4 em 48”. O título é uma “brincadeira’ com os quatro anos da TV e os 48 minutos de duração do documentário, além de dar ênfase ao 48, que é o número do canal na tv aberta”, explica o jornalista Aislan Nogueira, responsável pelo texto e produção, com edição de André Silvestre.
O documentário resgata parte da história da emissora, que mesmo com pouca idade, já possui um importante material sobre a cidade. Logo nos primeiros meses, a TV O POVO exibiu o Reveillon, fez a maior cobertura das eleições em 2008, sendo a primeira emissora a entrevistar a prefeita reeleita Luizianne Lins e também a cobertura do Carnaval 2008 (quando aconteceu a queda das arquibancadas, na avenida Domingos Olímpio).
Os condutores da história são os próprios colaboradores, por meio de entrevistas com Luciana Dummar, Dummar Neto, Arlen Medina, Marcos Tardin, Paulo Linhares, Isabel Andrade, Selma Vidal, Kamila Fernandes e outros. O material traz ainda os “bastidores” de quem faz a TV: técnica, edição, reportagem, arte, camarim e produção.
O programa de menor duração na emissora, os que não foram ao ar, os projetos especiais e os documentários produzidos pela casa também serão mostrados no especial. Os telespectadores poderão – ainda – saber as próximas novidades da emissora.
SERVIÇO
Exibição: Sáábado, às 20 horas, com reprise domingo, às 16 horas.
Canal 48 (tv aberta), 11 (TV Show) e 23 (Net).

Cagece manda nota para Blog explicando consumo de água da Residência Oficial

63 1

Sobre post relacionado ao gasto da Residência Oficial com água, o que ficou definido em contrato entre o Governo e a Cagece, recebemos nota de esclarecimento:

Caro Eliomar de Lima,
A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), vem em nota informar que o valor do contrato, publicado em Diário Oficial do último dia 1º de julho, refere-se aos imóveis da Residência Oficial, Palácio Abolição, Mausoléu Castelo Branco e Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança). A Companhia esclarece ainda que a formalização dos serviços prestados pela Cagece surgiu de uma orientação da Controladoria Geral do Estado para o Governo do Estado, com o objetivo de dar mais transparência a estes gastos, a partir de um contrato com os valores das despesas com abastecimento de água/esgoto, por exemplo. Os valores publicados no D.O são estimados e foram calculados a partir do histórico de consumo.
No entanto, a Companhia ressalta que será cobrado apenas o valor do consumo real do Palácio, medido mensalmente através do hidrômetro por um leiturista da Companhia.
Atenciosamente
Assessoria de Imprensa da Cagece.
VAMOS NÓS – Tudo bem que a Cagece mande resposta, mas quem deveria dar explicações sobre tanto gasto de água era o Governo.

Após 15 anos, ex-prefeito de Boa Viagem é denunciado por suposto desvio de verba

“O ex-prefeito do município de Boa Viagem, Antônio Argeu Nunes Vieira, foi denunciado, nesta quinta-feira, 7, pelo Ministério Público Federal (MPF) por apropriação de recursos públicos. Argeu Vieira foi prefeito do município há 15 anos.

De acordo com o procurador da República Luiz Carlos Oliveira Júnior, autor da denúncia, Vieira seria o responsável pelo desvio de verba destinada à compra de alimentos para idosos.

Se condenado pela Justiça Federal, o ex-prefeito poderá ter de cumprir pena de reclusão de dois a 12 anos e ficar impossibilitado de exercer cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, por uma prazo de cinco anos.

Em 1996, quando Argeu Vieira era prefeito, o município de Boa Viagem firmou convênio com o Ministério da Previdência e Assistência Social para o repasse de cerca de R$ 18 para o atendimento de idosos em regime de externato. O dinheiro deveria ter sido utilizado para a compra de alimentos. A prefeitura chegou a encaminhar prestação de contas, mas ela foi reprovada.

Supostas irregularidades
A reprovação das contas se deu em função de irregularidades constatadas pelo próprio Ministério. Durante fiscalização realizada no Município por técnicos do órgão, ficou constatado que as pessoas que seriam beneficiadas não receberam nenhum alimento. Também não foi encontrado nenhum material estocado no almoxarifado da prefeitura, mesmo tendo a administração municipal apresentado notas fiscais de compra dos alimentos.

Em virtude dos problemas detectados, Antônio Argeu Nunes Vieira já recebeu condenação do Tribunal de Contas da União, que julgou as contas irregulares e determinou que o ex-prefeito devolvesse o dinheiro referente ao convênio com correção monetária e demais encargos legais. As informações são do Ministério Público Federal (MPF).”

Furto ao Banco Central

Em novembro de 2008, o ex-prefeito foi preso na sede da Polícia Federal, em Fortaleza, acusado de ser um dos financiadores do furto de R$ 164,7 milhões ao Banco Central da Capital, em 2005. Já neste ano, ele foi condenado, em primeira instância, a 49 anos de prisão.

(O POVO Online)

O trem da história

Túlio Muniz, um dos autores.

Já à venda o livro “Os descaminhos de ferro do Brasil”. Trata-se de um trabalho de pesquisa feito pelo engenheiro José Hamilton Muniz, aposentado da extinta RFFSA, e pelo jornalista Túlio Muniz, historiador e doutor pela Universidade  de Coimbra.

Além de um resgate da memória do transporte ferroviário, a publicação aborda o turismo ferroviário, as relações público-privadas da área e até a tão aguardada Ferrovia Transnordestina.

SERVIÇO

Onde comprar – Oboé Cultural, Livraria Acadêmica e Museu do Ceará.

PSOL quer a cassação de Alfredo Nascimento

“O PSOL deve entrar ainda nesta quinta-feira (7) com uma representação no Conselho de Ética contra o ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento, que pediu demissão ontem do cargo após denúncias envolvendo a pasta e seus familiares.

O pedido de abertura de investigação, assinada pelo líder do PSOL no Senado, Randolfe Rodrigues (MA), pode levar à cassação do mandato de senador, que Nascimento deve reassumir com sua saída do governo.

Rodrigues argumenta que, mesmo fora do Senado, Nascimento quebrou o decoro parlamentar.

– Ele é senador. Estava licenciado das atividades do Senado. E a conduta ética do parlamentar é tão ou mais rigorosa que de qualquer membro de qualquer um dos outros Poderes, do Executivo ou Judiciário.

Para fundamentar o pedido, Randolfe deverá juntar reportagens dessa semana que levaram à queda da cúpula dos Transportes e depois do próprio ministro. Ele falou em “malversação de recurso público” e “corrupção” para motivar sua decisão.

A primeira reportagem, da revista Veja, denunciava um suposto esquema de pagamento de propina e direcionamento de licitações em obras de rodovias e ferrovias contratadas pela pasta.

Ontem, o jornal O Globo mostrou investigação do Ministério Público Federal no Amazonas de possível enriquecimento ilícito do filho de Nascimento, Gustavo Pereira. Sua empresa, a Forma Construções, aumentou seu capital em 86.500%, passando de R$ 60 mil para R$ 52,5 milhões em menos de dois anos.

Ao pedir demissão à presidente Dilma Rousseff na tarde de ontem, Nascimento divulgou nota se disponibilizando a prestar esclarecimentos junto à Procuradoria-Geral da República sobre sua gestão nos Transportes, com abertura de seus sigilos bancário e fiscal.

Após as primeiras denúncias, no início da semana, Nascimento negou, em nota, que tenha autorizado qualquer “ato político-partidário envolvendo ações e projetos do Ministério dos Transportes.

(R7.com)

CNJ marca reunião para definir pauta da próxima Semana Nacional da Conciliação

“O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza em Brasília, na próxima terça-feira, reunião com o comitê gestor do Movimento Nacional pela Conciliação com o objetivo de definir as diretrizes para a próxima Semana Nacional de Conciliação – esforço concentrado do Judiciário na realização de audiências com o propósito de buscar entendimento entre as partes e disseminar, no país, a cultura da resolução dos conflitos judiciais por meio da pacificação. A reunião tem o intuito de avaliar, também, o cumprimento da  Resolução 125, do Conselho, nos estados, bem como as estratégias para orientação aos tribunais sobre o tema. 

A  Resolução 125 determinou  a todos os tribunais brasileiros a criação de centrais e núcleos de conciliação de processos. Desde março passado, uma equipe de juízes designada pelo CNJ percorre o país para  verificar se as centrais e  os núcleos foram corretamente instalados e se o trabalho atende ao que foi determinado pelo Conselho.

Demandas de massa – a partir do balanço a ser feito, o CNJ também pretende dar continuidade às reuniões e contatos com entidades empresariais e de classe com o objetivo de definir os apoios para a próxima Semana Nacional da Conciliação. Isso porque  o objetivo da semana deste ano,  de acordo com a coordenadora da mobilização no âmbito do Conselho, conselheira Morgana Richa, é focar as audiências de conciliação nas chamadas demandas de massa, que envolvem grandes números de partes – em geral ações coletivas movidas por consumidores.

Por conta disso, CNJ já tem mantido contatos com a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), entidades públicas e algumas das principais instituições financeiras do país. De acordo com a conselheira Morgana Richa, o momento é de consolidar a política nacional de conciliação no país. A semana nacional de conciliação deste ano, que ocorrerá em sua sexta edição, está marcada para o período de 28 de novembro a 3 de dezembro.”

(Site do CNJ)

Sinduscon comemora aumento na oferta de empregos

O setor da construção civil cearense fecha o primeiro semestre ofertando mais de 40 mil empregos, segundo o vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil, (Sinduscon), Heitor Studart.

Segundo explica, por conta das obras públicas, que são muitas patrocinadas pelo governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza em razão da Copa 2014, e também em razão do boom da área imobiliária da Capital.

Heitor adianta que as orbas públicas estão turbinando o segmento e que a previsão é de aumentar o resultado, porque o “Programa Minha Casa, Minha Vida”, do governo Dilma, começa a deslanchar.

Já o segmento dos corretores de imóveis endossam essa previsão do Sinduscon e apostam que fecharão 2011 com um aumento nas vendas da ordem de 10%, de acordo com o diretor do Creci-CE, Armando Cavalcante.

Centenário de Juazeiro do Norte terá Congresso sobre História da Educação do Ceará

208 1

Estão abertas, até o próximo dia 13, as inscrições para o X Congresso de História da Educação do Ceará, que neste ano será realizado de 25 a 28 de setembro, em Juazeiro do Norte (Região do Cariri). O tema será “Discursos, Ritos e Práticas: a Educação Popular, Cívica, Midiática e Religiosa na Perspectiva Comparada”. O evento é organizado pelo Grupo de Pesquisa e Estudos em História e Memória da Educação no Cariri/Urca.

O congresso reunirá pesquisadores de várias universidades e a abertura dos trabalhos ocorrerá dia 25 de setembro, às 19 horas, no Memorial Padre Cícero, com a conferência do professor Eduardo Diatahy Bezerra de Menezes sobre o tema do evento. O encontro integrará o calendário oficial das comemorações de 100 anos de fundação de Juazeiro do Norte, com atividades no Memorial Padre Cícero e no Colégio Salesiano. Ao todo, são 28 palestras e cinco mesas-redondas.

SERVIÇO

Informações no www.urca.br/xche/

E-mail xchec2011@urca.br

(Com site UFC)

CGU nomeia equipe para auditar licitações e contratos no Ministério dos Transportes

“O ministro chefe da Controladoria-Geral da União, Jorge Hage, designou oito servidores da CGU para auditar as licitações, contratos e execução de obras que deram origem às denúncias sobre irregularidades no âmbito do Ministério dos Transportes e órgãos vinculados.

A portaria foi publicada hoje (7) no Diário Oficial da União. O grupo tem até 31 de agosto para concluir o processo de auditoria nas licitações que já foram suspensas.

Além disso, um servidor da CGU foi nomeado só para acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos da comissão de sindicância, designada pelo ex-ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento.”

(Agência Brasil)