Blog do Eliomar

Últimos posts

PIB do Ceará cresce mais que PIB nacional

“O Produto Interno Bruto (PIB) do Ceará cresceu 4,7% – a preço de mercado, no primeiro trimestre de 2011. O resultado alcançado superou a média percentual do Brasil, de 4,2%, comparando o mesmo período. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, pelo presidente do Instituto de Pesquisa Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba.

Na explicação do presidente da entidade, na comparação da economia cearense e brasileira pelo Valor Adicionado a preços básicos (sem inclusão dos impostos, o crescimento do estado nordestino foi “ainda maior”: 5,2%, ante 3,8% do Brasil.

Desempenho

O setor de agropecuária, dentre os demais analisados (Serviços e Indústria são os outros dois), foi o de melhor crescimento no primeiro trismestre do ano, com 26% em comparação ao mesmo período de 2010, quando a taxa ficou em 1,6% negativo. Resultados favoráveis a economia, embora seja o setor de menor peso na economia cearense.

O crescimento do setor agropecuário também ficou, conforme dito, “bem acima da média brasileira, que foi de 3,1%”.

O setor de serviços obteve índice de 5,4%, também superando a média nacional, que foi de 4% no primeiro trimestre de 2011, mas o resultado foi menor do que o obtido no primeiro trimestre de 2010, que foi de 8,5%.

Os destaques desse segmento foram os resultados obtidos pelo comércio, com taxa de crescimento de 10,5%, e de alojamento e alimentação, com 10,4%0. Também o setor de transportes obteve resultado de 7,5% e o de intermediação financeira de 5,2%.

Indústria cresce menos

O resultado do PIB do primeiro trimestre de 2011, no setor industrial, ficou em 1,2%. Abaixo da média brasileira, de 3,5%, e mesmo da média cearense de 2010: de 9,2%.

O presidente do Ipece, Flávio Ataliba, avalia que “a atividade industrial no Estado mantém a trajetória de crescimento, embora com um ritmo menor do que o observado no início de 2010”.

Ataliba explica que os motivos para o crescimento mais desacelerado “residem, especialmente, na base de comparação elevada e nos efeitos da política monetária restritiva adotada pela autoridade monetária no final do ano passado, como fatores preponderantes para a queda no desempenho industrial”.

Ressaltando ainda como conseqüências da queda, o aumento do endividamento das classes C e D e, consequentemente, uma perda verificada no consumo.”

(O POVO Online)

Militares articulam movimento para pressionar Câmara pela PEC 300

“A atual crise envolvendo o governo do Rio de Janeiro e integrantes do Corpo de Bombeiros pode ser só o início de uma escalada de protestos, que incluirão policiais de todo o país. A tensão cresce em várias frentes, como a greve da Polícia Civil de Minas Gerais, que se arrasta há um mês, e se junta a outros movimentos. Além do perigo que esse barril de pólvora representa para a segurança do cidadão, as centenas de milhares de servidores têm como reivindicação comum uma despesa extra de R$ 43 bilhões nos orçamentos da União e dos Estados.
Policiais civis e militares e bombeiros pressionam a Câmara dos Deputados a aprovar ainda neste ano a polêmica Proposta de Emenda Constitucional (PEC 300), que equipara o salário desses profissionais aos pago no Distrito Federal, os mais alto do Brasil. “O Planalto não cumpriu a promessa de colocar em votação o projeto logo após o segundo turno das eleições.
A presidente Dilma foi levada pela pressão de governadores e adia a solução para um impasse que pode levar ao caos da segurança pública”, alertou o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), autor da PEC 300, que já foi aprovada em primeiro turno.
Sobre o duro impacto nas contas federal e estaduais, caso a proposta seja levada adiante, Faria de Sá alegou que o problema precisa ser, necessariamente, avaliado na Câmara. Ele cobrou as indicações de membros para a comissão especial que discutirá com os governadores a forma de implantação do piso nacional de policiais e bombeiros. Para o parlamentar, “ninguém mais duvida que o salário inicial desses profissionais no Rio é de apenas R$ 950”.
Quase todos os estados, sobretudo os do Nordeste, já declararam não ter condições de arcar com o peso dos novos salários para bombeiros e policiais, um dos maiores efetivos de servidores ativos e inativos. Isso, apesar da promessa da União de criar um fundo para compensar, com até R$ 23 bilhões, o acréscimo anual nos contracheques das categorias.
Os governadores temem que o novo piso abra precedentes para que outras categorias cobrem os mesmos direitos, perdendo de vez o controle sobre suas políticas salariais. Eles argumentam que a PEC 300 conspira contra sua autonomia fiscal e contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, que limita os gastos com a folha de salários a 49% das receitas correntes líquidas — na média dos estados, essa relação está em 46,5%, mostrando o espaço mínimo para acomodar mais reajustes.
Em Minas Gerais, porém, o governador Antonio Anastasia (PSDB) abriu a porteira e anunciou aumento de 97% para bombeiros e policiais militares e civis. A correção será paga em parcelas até 2015.”

(Correio Braziliense Online)

Sindicato APEOC divulga nota de solidariedade aos professores municipais em greve

95 4

Este Blog recebeu nota do Sindicato Apeoc, que trabalha em favor dos docentes estaduais, em solidariedade aos professores em greve no município. Eis a nota:

NOTA DO SINDICATO-APEOC EM SOLIDARIEDADE AOS PROFESSORES DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA

A luta da classe trabalhadora tem, no instrumento legítimo da greve, uma de suas principais armas de reivindicação e, quando se esgotam todas as possibilidades de negociação, a greve é o último recurso para que os patrões e os governos cumpram os direitos reivindicados pelos trabalhadores.
Nós, educadores (as), como integrantes desta classe, também temos na negociação e na greve nossos instrumentos de luta, justa e responsável.
Dessa forma, nós que fazemos o Sindicato APEOC (como qualquer outra entidade sindical de luta), reafirmamos: defendemos o princípio legítimo da greve, quando se faz necessário.
A categoria de profissionais da educação do município de Fortaleza encontra-se em greve há mais de 40 dias, buscando um desejo que unifica toda a nossa classe: a luta pela imediata implantação do Piso Salarial para os trabalhadores (as) em educação no país.
O Piso é uma luta histórica de nossa categoria, através da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação/APEOC, que foi aprovada por unanimidade pelo Congresso Nacional, sancionada pelo presidente Lula e julgada constitucional pelo STF, mas que é repudiada pelos governos de plantão. Sejam eles de esquerda ou de direita, numa clara demonstração de completa falta de respeito e de valorização ao profissional da educação.
No período eleitoral, a educação sempre é colocada como prioridade pelos políticos, mas, quando eleitos, o que vimos são os governos criarem todas as formas possíveis de artimanhas para burlar a maior conquista da nossa categoria. É revoltante e vergonhoso presenciar todas essas cenas, principalmente, quando parte de quem sempre defendeu a educação e que, hoje, se esquece disso!
Neste sentido, a direção do Sindicato-APEOC vem, através desta Nota, prestar irrestrita solidariedade aos professores e professoras da rede municipal de ensino da capital, que, ontem, sofreram uma brutal e covarde agressão por parte da Guarda Municipal de Fortaleza, convocada pela presidência da Câmara de Vereadores para reprimir e impedir que a categoria, em greve, fosse exercer democraticamente seu pleito: lutar por seus direitos, exigir que a mensagem do Executivo Municipal, que burla algumas conquistas da lei do Piso, não fosse aprovada.
Para nós do Sindicato-APEOC, não há nenhuma resposta oficial que possa justificar a selvageria promovida na Câmara Municipal, no dia de ontem.
Infelizmente, este ato de intransigência por parte dos poderes Legislativo e Executivo, em âmbito municipal, mancha de sangue a, até então, bela e respeitável, história de alguns companheiros (as) construída ao longo de anos de luta.
O Piso é Lei, e quem não a cumpre se torna um(a) fora da lei!
SINDICATO APEOC.

Assembeia Legislativa promove fórum sobre cinema

“O Cinema Brasileiro no Contexto Audiovisual Contemporâneo” é o tema do IVº Fórum de Ideias Inovadoras em Política Públicas (FIP), promovido pelo Instituto de Estudos e Pesquisas para o Desenvolvimento (INESP), da Assembleia Legislativa nesta quinta e sexta-feira. A abertura do evento será realizada no Complexo de Comissões da Casa e contará com as participações do presidente da Agência Nacional de Cinema, José Rangel, da secretária do Audiovisual do Ministério da Cultura, Ana Paula Santanna e do fotógrafo dos filmes “Era do Gelo” e “Rio”, Renato Falcão. Os demais debates acontecem na Casa Amarela Eusélio Oliveira.

Para o presidente da Assembleia, deputado Roberto Cláudio, “o momento é mais que oportuno para debater a indústria de cinema no País. Todos os estudos indicam que a indústria do audiovisual é um setor estratégico no mundo, tanto em suas dimensões econômicas como cultural”. O parlamentar acredita que a Assembleia, enquanto espaço de debate público, deve incorporar as discussões centrais da cultura contemporânea.

O objetivo do IV FIP é refletir a produção de cinema no País, identificando os cenários que se apresentam no contexto geral do campo audiovisual contemporâneo. A quarta edição do FIP envolverá debates que visam construir um painel das principais questões colocadas pela experiência contemporânea do audiovisual no Brasil, na perspectiva de reunir indicativos que possam dialogar com a atual experiência cearense. O IV FIP acontece por ocasião do 21º Cine Ceará, numa parceria com a Universidade Federal do Ceará.

O presidente do INESP, Paulo Linhares, observa a importância do debate, num momento em que o estado do Ceará vivencia uma nova experiência de desenvolvimento. “A cultura qualifica e potencializa os processos de desenvolvimento. O cinema é hoje a atividade econômica e cultural que ocupa lugar central no mundo contemporâneo” – observa Paulo Linhares.

PROGRAMAÇÃO

Quinta-feira (09/06) – manhã
Hora: 9h30
Local: Plenário 13 de Maio (Assembleia Legislativa)

Debate: O cinema brasileiro no contexto audiovisual contemporâneo
Renato Falcão – diretor fotográfico de A era do gelo e Rio
Manoel Rangel – presidente da Ancine
Ana Paula Santana – secretária do Audiovisual
Secretário de Cultura do Ceará: professor Francisco Pinheiro
Presidente INESP: Paulo Linhares
Presidente Cine Ceará: Wolney Oliveira

Quinta-feira (09/06) – tarde
Hora: 15 às 17 horas
Local: Cine Benjamin Abrahão – Casa Amarela Eusélio Oliveira – UFC

Debate: Os novos atores das tramas digitais: animação, games e cibercultura

Moderador: Tibico Brasil (BNB)
Sérgio Nesteriuk – Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA);
Clélia Bessa – Associação Brasileira de Produtores Independentes de TV (ABPI-TV);

Sexta-feira (10/06) – manhã
Hora : 9 às 11 horas
Local: Cine Benjamin Abrahão – Casa Amarela Eusélio Oliveira – UFC
Debate: O lugar da formação audiovisual no cenário cultural contemporâneo
Moderador: Prof. Valdo Siqueira (Unifor)
Prof. Eduardo Paiva (Unicamp)
Profa. Eliany Salvatierra (UFF)
Prof. Marcelo Dídimo (UFC)
Profa. Elisabete Jaguaribe (Unifor)
Prof. Lenildo Gomes (Vila das Artes)

Sexta-feira (10/06) – tarde
Hora : 15 às 17 horas
Local: Cine Benjamin Abrahão – Casa Amarela Eusélio Oliveira – UFC

Debate: A produção brasileira e os novos nichos de mercado

Moderadora: Maria do Rosário Caetano
Luiz Zanin – Estadão
Rodrigo Fonseca – O Globo
Glauber Filho – Cineasta
Petrus Cariry – Cineasta

Sábado (11/06) – tarde
Hora: 14h às 17h
Local: Cine Benjamin Abrahão – Casa Amarela Eusélio Oliveira – UFC

Debate: O Brasil e o Nordeste – cenários diversos para o desenvolvimento da economia do audiovisual

Moderadora: Profa. Elisabete Jaguaribe – UNIFOR
Rosemberg Cariry – Cineasta
Carla Francine – Coordenadora de Audiovisual da Secretaria de Cultura de Pernambuco
Isabela Cribari – Diretora de Cultura da Fundação Joaquim Nabuco (PE)
Luiz Carlos Barreto – Cineasta

(Site da AL-CE)

Dilma quer se aproximar mais do Congresso

“O senador Armando Monteiro (PTB) teve uma longa conversa com a presidente Dilma Rousseff, nesta terça-feira, durante o almoço com a bancada do PTB, no Palácio da Alvorada. Ele teve a oportunidade de trocar idéias sobre temas nacionais e fazer sugestões a Dilma, a exemplo da importância de se iniciar a reforma tributária com a ampliação dos benefícios às micro e pequenas empresas. De acordo com Armando, a presidente mostrou disposição de iniciar uma reforma por áreas, e que está acertando as últimas decisões dentro do governo para elaborar as propostas.

O senador pernambucano diz também que Dilma demonstrou preocupação em melhorar a interlocução com o Congresso Nacional. “Ela fez questão de sinalizar que o governo vai dialogar mais com as Casas Legislativas, que os ministros estarão mais presentes, mais próximos. A realização de um almoço como este é uma forma objetiva das suas intenções de estreitar o relacionamento conosco”, constata.

A Expansão do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (Pronatec) e a implementação de propostas contidas na agenda legislativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) também foram assuntos abordados. Ainda segundo Armando, Dilma confirmou as manifestações que já têm feito de que pretende vir em breve a Pernambuco.”

(Blog da Folha)

Cid diz que se rende ao STF e vai pagar piso nacional dos professores

100 5

O governador Cid Gomes (PSB) anunciou nessa tarde de quarta-feira, 8, que vai pagar ainda neste mês piso nacional dos professores. “Eu me rendo à decisão do Supremo Tribunal Federal”, disse o governador ao participar de audiência publica da comissão especial que trata da elaboração do Plano Nacional de Educação.

Cid Gomes, ao lado da secretária de Educação, Izolda Cela, expôs dois projetos exitosos no Ceará. Foram eles o “Alfabetização na Idade Certa” e a difusão de escolas profissionalizantes no Interior.

Acompanharam a audiência com o governador nessa comissão 15 deputados federais cearenses e o secretário da Fazenda, Mauro Filho.

Caso Battisti – STF começa o julgamento

“O plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) começou a analisar, por volta das 14h30 desta quarta-feira, o caso de Cesare Battisti. O ex-ativista italiano está preso no Brasil desde 2007 e foi condenado à revelia pelo governo da Itália por terrorismo.
A Corte vai analisar uma reclamação e uma petição avulsa ao processo de extradição. Na primeira, o governo da Itália pede ao Supremo que faça cumprir uma decisão tomada em 18 de novembro de 2009, quando, por maioria, os ministros do STF autorizaram a extradição de Battisti para a Itália.
Na ocasião, os ministros do STF concluíram que, apesar da decisão pela extradição, caberia ao presidente da República determinar a entrega ou não do ex-ativista às autoridades italianas. Tal conclusão, porém, estabeleceu a ressalva de que se observasse o tratado de extradição firmado entre os dois países. Diante da controvérsia jurídica, no entanto, o caso volta à análise da Suprema Corte.
Na petição avulsa, a defesa de Battisti pede a expedição de alvará de soltura para o ex-ativista, sob a alegação de que, com a decisão do presidente da República de não extraditá-lo, não caberia mais a manutenção da custódia para a extradição.
Para a defesa, a jurisdição do STF se esgotou após o julgamento do processo em 18 de novembro de 2009, “cabendo aos órgãos do Poder Executivo a responsabilidade por dar cumprimento à decisão presidencial”.
O ministro Gilmar Mendes, relator dos dois processos que abrem a pauta de julgamentos do STF nesta quarta-feira, chegou a negar, em decisão monocrática (individual), o pedido de soltura a Battisti. Na avaliação do ministro, o processo tramitou de forma regular na Corte e não haveria “qualquer excesso de prazo imputável ao STF”, no caso.
Assim, ao salientar que a análise final da questão estaria próxima por parte do colegiado da Suprema Corte, o ministro rejeitou a liminar com o pedido de soltura formulado pela defesa de Battisti.
Entre 1976 e 1979, Battisti foi membro do PAC (Proletários Armados pelo Comunismo), organização de esquerda que se envolveu em quatro mortes – Antonio Santoro, Lino Sabbadin, Andrea Campagna e Pierluigi Torregiani. O italiano nega os crimes.”

(Folha.com)

Parlamentar cearense cobra Reforma Agrária

Aproveitando audiência pública da Câmara dos Deputados que discutiu a violência no campo, o deputado federal João Ananias (PCdoB) condenou tantas mortes de trabalhadores vítimas da pistolagem, mas também vítimas do processo de êxodo rural. Mostrou-se indignado com assassinatos de lideres registrados no Pará.

João Ananias lembrou que a luta tem de ser para que se faça justiça no campo: “Justiça no campo é dividir melhor a terra;  justiça no campo é reforma agrária ampla e irrestrita, para garantir ao povo lugar para trabalhar. Os trabalhadores do campo sabem cultivar a terra, sabem nela produzir, e conservando-a, como fizeram historicamente”.

Em nome do PCdoB, João Ananias se solidarizou com aqueles que foram vitimados brutalmente e reforçou que a luta pela reforma agrária não está fora de moda.  Ele ressaltou que só com a reforma agrária será possível diminuir a tensão no campo, o êxodo rural, garantir a paz, sem desistir de punir os responsáveis pelas mortes dos trabalhadores rurais.

PTC pede anulação de sessão da Câmara Municipal que aprovou piso dos professores grevistas

81 5

A bancada municipal do PTC deu entrada, nesta quarta-feira, junto à Fazenda Pública da Comarca de Fortaleza, numa ação cautelar inominada, com pedido de liminar, pedino a anulação da sessão realizada pela Câmara Municipal, na terça-feira, que aprovou mensagem da prefeita Luizianne Lins (PT) tratando sobre reajuste e pagamento do piso dos professores em greve.

Segundo o vereador Marcelo Mendes, o pedido pede a anulação “porque houve desrespeito ao Regimento Interrno e à Resolução 1589, no seu parágrafo 1º – inciso 2ª, do artigo 5º. Ou seja, não se verificou a convocação formalmente de todos os vereadores para a votação.

O vereador Edson Nogueira (PTC), por exemplo, informa que esteve durante toda a manhã de terça-feira na Câmara Municiapl, quando não houve sessão. “A sessão acabou ocorrendo à tarde sem que houve onvocação”, disse.

Jás os vereadores Átila Bezerra e Marcelo Mendes estão no Fórum Clóvis Bevilaqua conversando sobre a ação com magistrados buscando, segundo adiantaram para o Blog, celeridade na liberação da liminar.

Essa ação precede uma futura ação declaratória de nulidade de ato administrativo que o PTC vai patrocinar.

Conab prevê safra recorde no País

“A boa influência do clima e a ampliação das áreas de cultivo de algodão, feijão, soja e arroz fizeram com que a previsão da safra de grãos 2010/2011 fosse revista mais uma vez para cima, com expectativa de colheita de 161,5 milhões de toneladas. Os números, divulgados hoje (8) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), são do nono levantamento da safra.

Em relação à safra 2009/2010, quando foram colhidas 149,2 milhões de toneladas de grãos, houve crescimento de 8,2% (12,2 milhões de toneladas) e, na comparação com o oitavo levantamento, divulgado há um mês, o aumento foi de 1,25%, ou cerca de 2 milhões de toneladas. A área cultivada, entre o ciclo passado e o atual, teve expansão de 3,8% (1,82 milhão de hectares), atingindo 49,2 milhões de hectares.

Somente a área de algodão passou de 836 mil hectares para 1,39 milhão de hectares, um aumento de 66,4%, influenciado principalmente pela recuperação dos preços internacionais. Com isso, a produção deve passar das 800 mil toneladas de pluma da safra passada para 2 milhões de toneladas nesta. A área de feijão deve crescer 7,1%, passando de 3,6 milhões para 3,9 milhões de hectares, tendo como resultado aumento de 14,3% na produção, que pode chegar a 3,8 milhões de toneladas.

A área de soja, com aumento de 2,9%, passou de 23,4 milhões para 24,1 milhões de hectares, com impacto positivo de 9,2% (6,3 milhões de toneladas) sobre a produção, que chegou a 75 milhões de toneladas, com sua colheita já concluída. O arroz, um dos poucos produtos alimentícios com preços em baixa, teve aumento de área de 3,6%, chegando a 2,86 milhões de hectares, e da produção em 18,4%, passando de 11,7 milhões de toneladas na safra passada para 13,8 milhões na atual, superando em 1 milhão de toneladas a demanda interna anual do país.

Os técnicos da Conab fizeram a pesquisa entre os dias 16 e 21 de abril consultando representantes de cooperativas e sindicatos rurais, de órgãos públicos e privados nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, e de parte da Região Norte. Na próxima semana, o governo lançará o Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012, detalhando as linhas de financiamento para os R$ 107 bilhões destinados à agricultura empresarial e os R$ 16 bilhões para a agricultura familiar.”

(Agência Brasil)

Pão de Açúcar é condenado a indenizar cliente furtado no estacionamento

142 1

“A Companhia Brasileira de Distribuição – Pão de Açúcar terá que pagar R$ 4.999,00 de indenização por danos morais e materiais ao cliente C.C.S., que teve notebook, celulares e outros objetos furtados de dentro do veículo que estava estacionado no supermercado. A decisão é da 1ª Turma Recursal do Fórum Professor Dolor Barreira.

De acordo com os autos, no dia 8 de outubro de 2007, o empresário estacionou o veículo no supermercado Pão de Açúcar, situado na Avenida Washington Soares, bairro Edson Queiroz, para realizar compras. Ao retornar, percebeu que o automóvel havia sido arrombado e um notebook, dois aparelhos celulares e talão de cheques haviam sumido.

Ao perceber o furto, acionou a Polícia e a gerência do supermercado, mas, segundo ele, nada foi resolvido. Afirmou ainda que os arrombadores danificaram a fechadura de uma das portas e o vidro traseiro esquerdo.

Sentindo-se prejudicado, ingressou com ação de indenização junto ao Juizado Especial Cível e Criminal (JECC). Em contestação, a empresa alegou que os veículos ou objetos em seus interiores são de responsabilidade da empresa administradora do shopping onde o supermercado está situado.

Ao analisar o caso, o juiz José Evandro Nogueira Filho, da 9ª unidade do Juizado Especial Cível e Criminal (JECC) da Comarca de Fortaleza, condenou, em outubro de 2009, a empresa ao pagamento de R$ 2.999,00 de indenização por danos materiais, pelo computador, único bem que o autor apresentou nota fiscal e R$ 2 mil por reparação moral.

Inconformado, o Pão de Açúcar ingressou com apelação (nº 257-33.2008.8.06.0024/1) junto às Turmas Recursais pleiteando a reforma da sentença. O relator do processo, juiz José Edmilson de Oliveira, negou provimento ao recurso, mantendo a sentença de 1º Grau.

O magistrado ressaltou em seu voto ter sido “evidenciado de forma inequívoca o defeito na prestação de serviço, consistente na negligência e na abstenção do dever de vigilância”. Com esse entendimento, em sessão realizada nessa segunda-feira (06/06), a 1ª Turma manteve, por unanimidade, a decisão de Juízo de 1º Grau.”

(Site do TJ-CE)

Alô, Infraero!

99 2

Virou rotina. No estacionamento do Aeroporto Internacional Pinto Martins, táxi chega ali e ocupa vaga de idosos. O pior é que a turma da segurança não adota providências. Com tantas vagas pelo local, tem que ocupar essa reservada?

Será mais um “piratinha”?

(Foto – Paulo Moska)

Brasil sem Miséria – Sintaf/CE e Laboratório de Estudos da Pobreza divulgam estudo

“A quem se destina o Plano Brasil sem Miséria?” é o nome de uma pesquisa que o Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf) e o Laboratório de Estudos da Pobreza (LEP/UFC) divulgarão, nesta quinta-feira. A divulgação ocorrerá a partir das 15 horas, na sala de reunião do Curso de Pós-Graduação em Economia (Caen), da UFC. 

Em seu décimo relatório de pesquisa, o LEP objetiva identificar o perfil das famílias que serão atendidas pelo “Plano Brasil Sem Miséria”, do governo federal. O relatório apresenta ainda uma análise comparativa das condições domiciliares das famílias em situação de extrema pobreza entre os estados. A pesquisa utilizou os dados preliminares do Censo de 2010.

SERVIÇO 

* Sala de reunião do CAEN  – Avenida da Universidade 2700, 2º Andar (Benfica).

Haja fotossensor!! Mais 4.850 carros entram no trânsito de Fortaleza

154 2

A venda de carros novos em Fortaleza registrou 6%, em maio último. Isso quer dizer que mais 4.850 veículos entraram no trânsito da Capital.

A informação é do presidente da Federação Nacional dos Revendedores de Veículos Novos (Fenabrave), regional do Ceará, Fernando Pontes.

Ele reconhece que o trânsito da Capital não aguenta, mas observa que cabe às autoridades investirem em mobilidade urbana.

VAMOS NÓS – Haja fotossensor!!

Locaban esclarece para Blog caso do mau cheiro que prejudicava escola em Messejana

476 2

De Jorge Saad Kalifa, proprietário da Locaban Banheiros Químicos, recebemos nota de esclarecimento sobre queixa feita neste espaço por alunos de escola situada em Messejana a respeito de mau cheiro que poderia vir dessa empresa. Confira: 

Caro jornalista Eliomar de Lima,

Como sou leitor diário do seu Blog, surpreendi-me com uma noticia dada neste espaço, que passo a destacar agora. Sou Jorge Saade Kalifa, proprietario da empresa LOCABAN, de banheiros quimicos. Fomos injustamente responsabilizados por uma situação que não tivemos nenhuma responsabilidade, inclusive sendo citado em seu Blog. Para desfazer esta injustiça e pelo dever da verdade, esclareço a realidade:

Há cerca de 10 dias começou a surgir, especialmente pela manhã e por causa da direção dos ventos, um cheiro insuportável meio parecido com podridão de fossas, na região onde está funcionando nossa empresa, em Messejana, na rua Padree Pedro Alencar, 2230 . Como nossa empresa é de banheiros químicos, algumas pessoas desconhecedoras de como funciona nosso negócio, acharam que era proveniente dos banheiros quimicos. Mas isso não é verdade. O que aconteceu foi que, há cerca de uns 15 dias, um caminhão, com carga de feijão, virou embaixo do viaduto de Messejana. Essa carga caiu junto a um tipo de um lago que existe no local. Com o passar dos dias, veio a decomposição da carga e, aí sim, criando essa podridão.

Fomos chamados à Regional VI, acerca da denúncia feita pela diretora da escola e levamos o pessoal da área do Meio Ambiente primeiramnete à nossa empresa e, depois, ao local onde o caminnhão havia capotado. Não foi difícil para o pessoal da Regional VI verificar que nossa empresa nada tinha a ver com essa situação. Inclusive, fizemos o mesmo com a diretora da escola, que também verificou que nossa empresa não era a geradora do mau cheiro.

Mas resolvemos tomar uma iniciativa inédita : em homenagem à Semana do Meio Ambiente e sendo nossa empresa uma protetora do meio ambiente, possuindo todas licenças necessarias, inclusive com qualificaçao internacional de meio ambiente e prestes a obter a qualificação do ISO 14.000 – que é de MEIO AMBIENTE, resolvemos tomar a iniciativa de efetuar a limpeza do local. Com a parceria da Regional VI, que mandou caminhão de limpeza e equipe, e do DNIT e Polícia Rodoviária Federal, mandamos seis caminhões de retirada de resíduos líquido e fizemos a limpeza do local durante todo o sábado, inclusive retirando o resto do feijão que ainda estava no local, e com a posterior higienizaçao do local.

Fizemos esse serviço, que foi uma grande operação que envolveu mais de 50 funcionários da LOCABAN, sem nenhum onus para o Poder Público. Apenas queríamos resolver esse problema, que estava incomodando toda a comunidade.

Acho que não resta mais nenhuma dúvida de nossa inocência e gostaríamos de seu posicionamento no seu Blog para não ficar gravado um lado da história, afinal este assunto esta na Internet e me incomodou profundamento por não ser verdade. Como confio em seu posicionamento de jornalista de integridade, pois tenho plena consciência do grande profissional que voce é, que gostaria da divulgação da nossa verdade. Desde já coloco-me à sua disposição, com protestos de estima e consideração.

LOCABAN
Jorge Saade Kalifa.

P.S.   Na Locaban não existem detritos ou restos de detritos dos banheiros, pois somos proibidos de levar estes detritos ou transportá-los. Os banheiros são sugados no local do evento e saem e retornamda Locaban vazios. Daí ser impossível que fosse nossa empresa a causadora do problema.

Setorial de Educação do PT destaca em nome avanços pró-docentes municipais

115 14

A CUT-CE divulgou  nota de solidariedade aos professores municipais grevistas. Num contraponto, o Setorial de Educação do Partido dos Trabalhadores nos manda uma avaliação sobre o aspecto positivo de propostas aprovadas na Câmara Municipal em favor dessa categoria. Eis o que diz nota desse setor petista:

O Setorial de Educaçao do PT reconhece e agradece a atuação coesa, responsável e democrática de seus três vereadores – Acrísio Sena, presidente da Câmara, Guilherme Sampaio, líder do PT, e Ronivaldo Maia, líder da prefeita, na condução do processo de negociação em torno da proposta de adequação dos vencimentos-base dos servidores do Núcleo de Atividades Específicas de Educação, do Plano de Cargos, Carreiras e Salários, do Ambiente especialidade Educação do Município de Fortaleza, à Lei n. 11.738/08.

O Setorial de Educação do PT percebe avanços na implantação da Lei do Piso ( nº 11.738/08),  na Prefeitura Municipal de Fortaleza  , veja  porque:

1-Data Base: Fica estabelecido 1º de janeiro como data base da categoria.

2- Valor do Piso: Nenhum professor (a) com jornada 200 horas de trabalho  ganhará menos que:

R$ 1635,83, com nível médio.

R$ 1942,69, com graduação.

R$ 2423,89, com especialização.

R$ 2921,29, com mestrado.

R$ 3464,20, com doutorado.

3-Jornada de Trabalho: Passa de 240 para 200 horas, sem redução de salário.

4-Hora atividade – Será criada uma comissão com representantes da categoria de professores, SME e Comissão de Educação da Câmara para a garantia de 1/3 da jornada de 200 horas para atividades de planejamento, já assegurado 1/5 a partir de 2012.

5- Progressão na Carreira:

a)     Horizontal (Estágio de Carreira): Ficará assegurada a variação de :

21,13% entre o nível médio e a graduação;

24,77% entre a graduação e a especialização;

20,52% entre a especialização e o mestrado;

16,26% entre o mestrado e o doutorado.

b)    Vertical: ainda este ano os professores poderão ter duas progressões: uma por qualificação (2%), que será realizada em agosto de 2011 e outra por tempo de serviço (2%), que será realizada em outubro de 2011.

Que o direito a apreender, direito dos mais de 230 mil educando de todas as idades da Rede Municipal de Fortaleza, prevaleça.

* Raimundo de Brito Neto,                                                                                                                                       

Coordenador do Setorial de Educação do PT.                                                                                            

Vereador do PSOL quer MP apurando ação da Guarda Municipal contra professores

97 10

O vereador João Alfredo (PSOL) informou, nesta quarta-feira, que vai entrar com representação junto ao Ministério Público Estadual para que apure a ação “truculenta” da Guarda Municipal contra professores municipais grevistas que faziam ato reivindicando acesso ao plenário da Câmara Municipal para acompanhar matéria do interesse da categoria.

Durante sessão, João Alfredo voltou a repudir a ação da Guarda Municipal e disse que quer o MP apurando os fatos e buscando a responsabilização de dirigentes e gestores que deram as ordens. João Alfredo disse ter sido vítima dos guardas e que também levou spray de pimenta nos olhos.

“Repudio a ação mais truculenta da guarda. Foi o episodio mais lamentável da história desta Câmara. Vou até as ultimas consequências para fazer justiça e apurar as responsabilidades”, afirmou, em pronunciamento na Câmara, o vereador João Alfredo.

OFENSIVA

João Alfredo informou também que seus assessores parlamentares estão fazendo agora mandado de segurança para tentar anular a sessão de ontem que aprovou projeto no âmbito do Magistério. O principal argumentos é que a ação feriu o regimento interno da Câmara, não obedecendo as regras do processo legislativo.

Ministro do Turismo visitará obras na Praia do Futuro

71 2

Essa é do site da Prefeitura de Fortaleza:

Nesta quarta-feira (8), a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, receberá o ministro do Turismo, Pedro Novais, para uma visita, a partir das 14 horas, à obra da Praça do Futuro (antiga 31 de Março). O espaço será totalmente requalificado pela Prefeitura de Fortaleza, e se transformará numa grande praça esportiva, com quadras, campos de areia, ciclovia, pista de cooper e equipamentos de ginástica.

A Praça do Futuro é uma das quatro intervenções do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) em Fortaleza, que, no total, investirá mais de 200 milhões de reais nos principais corredores turísticos da cidade.