Blog do Eliomar

Últimos posts

No Congresso, a queda de braço entre governistas e oposição

71 1

“As últimas semanas não foram lá tão alvissareiras para a presidenta da República, Dilma Rousseff. Longe disso. Os problemas se intensificaram depois da crise formada em torno da multiplicação de patrimônio do ministro-chefe da Casa Civil, Antônio Palocci. Revelado há cerca de 20 dias, paulatinamente o assunto, somado a outros fatores, vem agravando o racha entre PT e PMDB (maior partido da base à espreita por cargos no segundo escalão). Eterno descontente com o espaço que ocupa no poder central, o PMDB tem o álibi de poder, por meio da quantidade de representantes no Congresso, negar assinaturas de adesão e assim impedir a criação de uma eventual CPI do Palocci.

Nesse contexto, alguns episódios registrados nos últimos dias deixaram claro que, se a ampla maioria governista na Câmara e no Senado dá relativa tranqüilidade ao Planalto em termos de número para votações, a circunstância política e a temática dos debates podem equilibrar o jogo em favor da oposição.

Nas duas últimas semanas, derrotas significativas do governo no Parlamento tiraram o sono do chamado “núcleo duro” do governo. Destaque para a votação do novo Código Florestal Brasileiro, aprovado em 24 de maio; a “cochilada” da maioria governista que resultou na convocação de Palocci para prestar esclarecimentos, na Comissão de Agricultura da Câmara; e as duas medidas provisórias derrubadas em meio a cenas de vale-tudo na última quarta-feira (1º), quando senadores quase saíram no tapa em meio ao calor das deliberações plenárias.

O Código

Seguindo a ordem cronológica dos fatos, a fragilidade da aliança parlamentar em torno de Dilma ficou escancarada com a votação, e conseqüente aprovação, da emenda de plenário 164 (que propõe a manutenção de todas as atividades agrossilvopastoris consolidadas até 22 de julho de 2008 em áreas de preservação permanente), ponto polêmico do Código Florestal que contraria interesses governistas e ambientalistas. Evidenciado no discurso do líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), o racha na base ficou traduzido na rebelião peemedebista que garantiu os votos de que precisavam os ruralistas na Câmara.

Lembrando que o vice-presidente da República, Michel Temer, é peemedebista, Henrique subiu à tribuna do plenário e mandou um recado nas entrelinhas à presidenta Dilma. “Não sou do governo do presidente Lula. Sou do governo de Michel Temer e do governo da presidenta Dilma. Sou do governo do PT e do governo do PMDB. Não aceito que se diga que aqui se está derrotando o governo”, emendou o deputado, pedindo aos ministros do PMDB que não intercedessem junto aos membros da bancada peemedebista na Câmara para mudar seus votos.

Leia também:

* Código Florestal: bate-boca agrava racha na base
PMDB desafia Planalto sobre o Código Florestal

(Site Congresso em Foco)

Lívia Gomes comemora sucesso de sua revista eletrônica

437 2

Essa aí é Lívia Gomes, filha de Ciro e Patrícia Saboya, em clima de felicidade. Ela lançou, neste mês, a sua revista eletrônica “No patio” e vem obtendo boa receptividade.  Na publicação, entrevista com Marina Silva, um perfil do empresário Beto Studart, que virou o “cara” dos grandes empreendimentos no Estado, e a coluna de gente da sociedade.

O Nopatio.com.br promete novidades quentíssimas na próxima edição, avisa Lívia.

Ação da Mulher Pedetista comemora 30 anos de Brasil

A Ação da Mulher Trabalhista (AMT), organismo que congrega as mulheres pedetistas, está comemorando 30 anos de Brasil. No Ceará, a regional da entidade marcou para a próxima sexta-feira, a partir das 19h30min, na sede do PDT (Centro de Fortaleza), ato festivo.

Na coordenação, a dirigente da AMT do Ceará, Sislaine Simões, por sinal, mulher do ex-vice-prefeito de Fortaleza, Carlos Veneranda. Sislaine informa que o evento contará com a presença de grupo de pedetistas que terá à frente a presidente nacional da entidade, Miguelina Vcchio.

Presente também ao ato o presidente nacional interino do PDT, o deputado federal André Figueiredo.

Em julho, mais uma edição do "Pirambu Festeiro"

Sob a coordenação da Federação dos Círculos Operários do Ceará (FECOECE), será realizada, no período de 5 a 9 de julho próximo, a terceira edição do “Pirambu Festeiro”. O evento, que ocorrerá no Parque Costa Oeste, antigo Kartódromo, em Fortaleza, tem como objetivo, segundo a organização, proporcionar lazer e cultura para a comunidade e reunir em torno de 10 mil pessoas por noite, em meio às apresentações de quadrilhas juninas profissionais e shows com bandas de forró.
O “Pirambu Festeiro” também contará com a Feira da Economia Solidária, oficina de design de figurino junino e a participação do ‘Arraiá da Terceira idade’.  Essas ações terão como foco incentivar a geração de renda extra, movimentando a economia local e contribuindo para a sustentabilidade dos moradores.
A estrutura do Pirambu Festeiro será formada por um palco principal, camarotes e barracas de artesanato e comidas típicas. E para garantir o evento este ano, a organização tem como parceiras a BV Financeira e a CAGECE.
SERVIÇO
Local – Parque Costa Oeste (antigo Kartódromo da Leste Oeste)
Informações: 8736-2494.

Anatel – "Gato" de luz gera mais de R$ 8,1 bi em prejuízos por ano no Brasil

103 1

“Mais de 27 mil gigawatts-hora, ou cerca de 8% do consumo do mercado elétrico brasileiro, são consumidos no país de forma irregular. O chamado “gato de luz” gera, todos os anos, um prejuízo médio de R$ 8,1 bilhões. Os dados são da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

De acordo com a Aneel, estão contabilizados todos os gatos e outras formas de receber luz irregularmente como “perdas não técnicas”. O cálculo foi feito com base em informações fornecidas por 61 das 63 distribuidoras de energia que atuam no país. Estão embutidos também os impostos que deixaram de ser arrecadados.

Na prática, diz a agência, o montante seria suficiente para abastecer todos os anos as 774 cidades atendidas pela Cemig Distribuição e as 217 cidades com fornecimento da Cemar (Companhia Energética do Maranhão). Ainda segundo avaliação da Agência, caso a prática não fosse comum, a Light, por exemplo, concessionária do Rio, poderia reduzir sua tarifa em até 18%, já que o custo do gato é repassado aos consumidores.”

(R7.com)

Polícia prende empresário e cartãozeiro por estelionato

372 3

A Polícia prendeu na tarde deste sábado (4), no bairro de Fátima, um empresário do ramo de obras públicas e um outro homem apontado pela própria Polícia como um dos clonadores de cartões bancários mais procurados no País.

De acordo com a Polícia, os dois estariam nas proximidades de uma agência bancária, na avenida Treze de Maio, quando foram surpreendidos com materiais para clonagem de cartões. De acordo ainda com a Polícia, o empresário é natural do município de Independência e o estelionatário do município de Novo Oriente, localizados no Sertão de Crateús, no sudoeste do Ceará. Os dois foram conduzidos ao 34º Distrito, assim como o material apreendido.

Segundo a Polícia, o clonador de cartões é um dos cinco cearenses que foram presos na operação “Boca de Lobo”, em novembro de 2006, em uma ação da Polícia Federal contra uma quadrilha que teria provocado o rombo de R$ 1 milhão em bancos federais no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. Ele voltou a ser preso, três anos depois, na cidade de Natal (RN), ao ser flagrado em uma agência bancária com um equipamento para clonagem de cartões, em Ponta Negra.

O Blog decidiu não divulgar os nomes dos dois acusados, pois as investigações sobre o caso terão início nesta segunda-feira (6).

(Com informações da Ciops/SSPDS e do DOE)

MEC e CGU vão investigar sobre livros didáticos com erros distribuídos para a rede pública

O Ministério da Educação (MEC) e a Controladoria-Geral da União (CGU) vão abrir uma investigação formal para identificar os responsáveis pela envio do material didático destinado à educação no campo que ensina que dez menos sete é igual a quatro.

Os livros foram impressos e distribuídos a alunos de escolas multisseriadas, ou seja, de séries diferentes, de escolas públicas da zona rural do país. A portaria será publicada nesta segunda-feira, no Diário Oficial da União.

(Com Agências)

Mais de 20 gatos aparecem mortos em ponto da periferia de Sobral

227 4

Quase 20 gatos foram mortos e jogados num terreno na periferia de Sobral, na última sexta-feira 03. Imagens feitas pelo fotógrafo Wellington Macedo, ganham repercussão nas redes sociais e já mobilizam alunos e professores dos cursos de Medicina Veterinária e Biologia de Sobral.

Para o professor de Medicina Veterinária Wendel Goiana da Silva, que já organiza seus alunos para uma visita pessoal ao local do crime, o caso deve ser investigado com perícia do local, e o criminoso identificado e punido exemplarmente.

O repórter fotográfico Wellington Macedo recebeu a informação do crime na manhã deste sábado e ao chegar no local, ainda encontrou alguns animais agonizando com ferimentos pelo corpo.

“Uma cena cruel, é nítido que foram mortos com pancadas, alguns estão com a cabeça machucada e existe marcas de sangue no local”, conta Macedo. Cerca de 18 animais estão no local, mas segundo informações do aposentado Humberto Ricardo Pimenta (44), mais gatos podem ter sido jogados no matagal próximo onde foram encontrados. Ainda segundo Humberto, a ossada de outros 20 gatos estão espalhados pelo local. O caso ainda não chegou ao conhecimento da polícia ambiental.

Segundo um morador, esta é a segunda vez que animais desta espécie são sacrificados e jogados no local, segundo ele, mês passado, outros 25 foram cruelmente mortos e abandonados no mesmo terreno.

Praça da Juventude na Comunidade do Dendê teve emendas de parlamentar petista

70 3
O projeto Praças da Juventude para a Comunidade do dendê (Bairro Edson queiroz), com visita a ser feita nesta segunda-feira pela prefeita Luizianne Lins (PT), contou com apoio do deputado federal Eudes Xavier (PT). Através de emendas individuais ao Orçamento da União (2008 e 2009), o parlamentar destinou cerca de R$ 4,5 milhões para a implantação do projeto, que vai se estender também aos bairros da Serrinha e Bonsucesso.
A primeira praça, a do Dendê, já estão em fase final de execução e a expectativa, segundo Eudes Xavier, deve ser entregue aos moradores ainda neste primeiro semestre.
“A construção das Praças da Juventude foi uma das prioridades do nosso primeiro mandato. Fizemos questão de ajudar a prefeita Luizianne Lins nesse importante projeto para a juventude fortalezense, pois entendemos que os jovens carentes da nossa cidade precisam de incentivos para mostrar seu potencial”, diz para o Blog o petista.
DETALHE – Eudes Xavier continua morando no Dendê.

Vem aí a Copa de Futebol Colegial 2011

A Liga Park, que tem à frente o desportista Célio Silva e sede no bairro Parquelândia, em Fortaleza, fará reunião de olho na Copa de Futebol Colegial 2011 no próximo sábado, a partirdas 18 horas, no Colégio Gustavo Braga. O certame vai reunir nas férias de julho times de futebol nas categorias 13 e 15 anos. Devem participar os representantes de times de futebol de projetos sociais, clubes, escolinhas, escolas e colégios.
Na pauta da reunião, a apresentação da Liga Park e sua programação 2011, leitura e esclarecimentos de duvidas sobre o regulamento, arbitragem, locais de jogos, dias e horários de jogos, sorteio dos grupos e sorteio da primeira rodada.
SERVIÇO
Colégio Gustavo Braga
Av. João Pessoa, 4680 – Damas
87390287 / 87677261.

Praias no Ceará devem desaparecer em dez anos, diz estudo

49 1

Pelo menos quatro praias do litoral cearense deverão desaparecer nos próximos dez anos. Essa é a conclusão de uma série de estudos de pesquisadores do Labomar (Instituto de Ciências do Mar), da Universidade Federal do Ceará, que concluíram que, nessas localidades, o Atlântico tem avançado a impressionantes dez metros por ano.

As praias onde têm acontecido maior avanço do mar são as de Barreira (Icapuí), Caponga (Cascavel), Icaraí (Caucaia) e Morgado (Acaraú). A situação é tão grave que em abril a prefeitura de Cascavel decretou situação de emergência por causa da violência das ondas, que destruíram parcialmente barracas de praia e casas de veraneio.

A explicação para esse tipo de reação do mar é que, ao ter sua rota modificada em determinado ponto do litoral, por exemplo, com a instalação de um píer para atracar embarcações, as correntes marítimas buscam se adaptar, mas gastando a mesma energia e força de antes. Com isso, o fluxo contido de um lado recai sobre outro ponto, que passa a sofrer com uma erosão mais intensa.

A natureza, porém, também tem sua parcela de culpa. Segundo Parente, estudos financiados pela Unesco já mostram que a subida do nível do mar leva também ao aumento da velocidade dos ventos. Com rajadas mais fortes, a força das ondas aumenta exponencialmente. E, no Brasil, o efeito dessa aceleração dos ventos deverá ser sentido, sobretudo, no Nordeste.

(UOL)

Cid vai receber professores estaduais nesta 2ª feira

116 1

O governador Cid Gomes (PSB) vai abrir agenda nesta segunda-feira para receber a diretoria do Sindicato Apeoc. A entidade vai apresentar uma série de reivindicações e, segundo Anísio Melo, presidente do sindicato, cobrar do governador a aplicação do piso nacional dos professores com a manutenção dos índices de diferença de remuneração entre os diversos níveis de titulação acadêmica.

“Vamos cobrar ainda a aplicação de gratificações por dedicação exclusiva de professores, o aumento na regência de classe de 10% para 30% do vencimento-base e mais agilidade nos processos de progressão nas carreiras dos docentes”, adiantou Anisio.

Conforme o líder sindical, na próxima quarta-feira, no Ginásio Paulo Sarasate, os professores do estado farão assembleia geral para debater o encaminhamento das propostas. Anísio Melo lembra que a categoria continua mobilizada e não descarta nem greve para obter conquistas.

O deputado federal Artur Bruno (PT) é aguardado nesse encontro como espécie de mediador.

Contra o Novo Código Florestal e em Defesa da Amazônia

62 2

Eis artigo da professora e ambientalista Vanda Claudino Sales, nome dos mais representativos na luta pela preservação do meio ambiente  no Pais. Ela apela à sociedade por mobilização contra o novo Código Florestal. Confira os argumentos dela:

O novo Código Florestal brasileiro, se for aprovado no Senado Federal, decretará o fim da Amazônia. Essa certeza vem dos números: o desmatamento cresceu 500% no Mato Grosso no mês de maio, durante a votação do substitutivo do relator na Câmara dos Deputados.

A Amazônia é a maior floresta do mundo. Ela está quase totalmente situada no Brasil, país que deveria tomar todas as precauções necessárias para salvaguardá-la, pela grandeza que ela representa em termos de biodiversidade, de recursos hídricos, de controle climático. Mas, ao contrário, estamos vendo os líderes políticos desse país, em conjunto com setores da sociedade que visam única e exclusivamente o lucro imediato, depredarem esse que é o maior patrimônio natural da humanidade!!

Várias entidades e organizações da sociedade civil, assim como cidadãos e cidadãs, já expressaram indignação acerca da destruição da Amazônia a partir da aprovação do novo Código Florestal. Mas, há um aspecto que vem sendo pouco tratado: se a Amazônia for destruída, para além da perda da biodiversidade, estaremos, todos nós, diante de uma situação ainda mais catastrófica, que é aquela associada à ampliação do Aquecimento Global!

Nos últimos tempos, a mídia deixou de falar no Aquecimento Global, e as pessoas pararam de pensar no assunto. A Ciência, no entanto, avança nesse aspecto, e no meio científico, há praticamente unanimidade sobre a veracidade do Aquecimento Global, assim como em relação às consequências nefastas para a humanidade resultantes dessa situação climática. A FLORESTA AMAZÔNICA SEQUESTRA CARBONO DA ATMOSFERA, e vem garantindo que as mudanças climáticas resultantes do Aquecimento Global não ocorram de forma ainda mais catastrófica do que já estão ocorrendo!!

Com efeito, o desgelo das calotas glaciais, produzindo cheias impensáveis em vários países da Ásia, a desertificação atingindo com cada vez maior intensidade as áreas semi-áridas e áridas e inclusive úmidas, as enchentes e os deslizamentos gerando catástrofes no mundo inteiro, os ciclones e os furacões aumentando de frequência e intensidade, o nível do mar subido e produzindo erosão nas zonas costeiras mundiais, dentre outras situações, nos indicam que o Aquecimento Global é um fato já em curso!! PRECISAMOS DA AMAZÔNIA PARA CONTROLAR O AQUECIMENTO GLOBAL!! PRECISAMOS DA AMAZÔNIA PARA RETIRAR O CO2 QUE NOS SUFOCARÁ!! De outra forma, padeceremos todos diante de situações climáticas cada vez mais rigorosas!.

Assim, venho conclamar a todos e a todas a fazermos uma ampla mobilização nacional e internacional, na perspectiva de tentar impedir que o Código Florestal aprovado na Câmara dos Deputados seja consolidado no Senado Federal. Vamos, todas as entidades, todas as organizações, todas as sociedades científicas e não científicas, todas a pessoas da sociedade civil, vamos nos unir e tentar reverter essa situação!!! Vamos formar uma frente para irmos à Brasília falar e pressionar senadores, vamos chamar a atenção do mundo para essa causa, vamos lutar com toda a nossa força para tentar impedir a catástrofe, vamos buscar um mundo onde as mudanças climáticas não sejam drama diário e onde o verde natureza possa existir!!!

* Vanda de Claudino Sales,
Geógrafa,Professora do Departamento de Geografia da UFC

Caso Palocci – Dilma ouvirá Lula antes de tomar uma decisão

“A presidente Dilma Rousseff vai consultar a opinião de seu antecessor, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e de outros aliados antes de decidir se demite ou mantém o ministro Antonio Palocci na chefia da Casa Civil, informa reportagem publicada na Folha deste domingo.

Lula chegou na sexta-feira ao Brasil, depois de uma viagem a Cuba e à Venezuela. Ele e Dilma tinham combinado conversar durante o fim de semana, algo que tem se tornado rotineiro.

No Palácio do Planalto, a avaliação geral é que as entrevistas de Palocci à Folha e ao “JN”, da TV Globo, foram dadas tarde demais. Por essa razão, o impacto seria insuficiente para debelar a crise política que se formou no governo nas últimas três semanas.

Folha revelou em 15 de maio que Palocci multiplicou seu patrimônio em 20 vezes nos últimos quatro anos. Em 2010, ele faturou R$ 20 milhões com uma empresa de consultoria, a Projeto. O ministro se recusa a revelar a identidade de seus clientes e detalhes sobre os serviços que prestava.”

(Folha)

Caso Palocci – Bernardo, Miriam e Maria das Graças Foster já cotados para lugar de ministro

“A situação cada vez mais delicada envolvendo o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, está fazendo a presidente Dilma Rousseff (PT) pensar em possíveis substitutos para assumir a pasta, caso Palocci tenha de ser ejetado do governo. A Folha de S. Paulo deste sábado apurou que Dilma pensa num ministro de “perfil mais técnico” e a lista engloba os nomes da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, a diretora da Petrobras, Maria das Graças Foster e o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.
Trocando a gestão da Casa Civil, caso a crise se agrave, Dilma deve mexer também na pasta de Relações Insitucionais, trocando o ministro Luiz Sérgio. O nome mais cotado é o do atual ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que já comandou a pasta no governo Lula. Mas há outros nomes sendo sondados, como o deputado Canddio Vaccarezza, que hoje é líder do governo na Câmara. Outra possibilidade é entregar a pasta ao PMDB, do vice-presidente Michel Temer. Essa medida seria uma estratégia para evitar rebeldia do aliado, como aconteceu na votação do Código Florestal na Câmara, no mês passado.”
(Agência Brasil)

Ministro dos Portos ganha festa de aniversário em Sobral

Leõnidas apagando as velinhas.

O secretário nacional dos Portos e ex-prefeito de Sobral Leônidas Cristino comemorou, neste sábado, seu aniversário. Foi durante festa no tradicional “Beco do Cotovelo”. Leônidas, entre familiares, amigos e lideranças políticas como o deputado federal José Linhares (PP) e o prefeito sobralense, Clodoveu Arruda (PT), ganhou churrasco no Clube Palmeiras.

O acesso foi gratuito e centenas de pessoas prestigiaram as homenagens. O ministro ganhou também um bolo presenteado por uma moradora do distrito de Aracatiaçu.

Bom lembrar que Leônidas Cristino é homem da confiança dos Ferreira Gomes e nome, inclusive, sempre listado entre os governamentáveis de 2014.

(Foto – Cedido por Wellingot Macedo – direto de Sobral)

MEC reconhece erros em livro didático e diz que vai investigar

O Ministério da Educação (MEC) e a Controladoria-Geral da União (CGU) vão abrir uma investigação formal para identificar os responsáveis pela envio do material didático destinado à educação no campo que ensina que dez menos sete é igual a quatro. Os livros foram impressos e distribuídos a alunos de escolas multisseriadas, ou seja, de séries diferentes, de escolas públicas da zona rural do país. A portaria será publicada na segunda-feira, 6, no Diário Oficial da União.
Em comunicado oficial, o MEC reconhece que “erros de diagramação, editoração e revisão” foram constatados em fevereiro, por especialistas contratados pelo órgão. Com isso, “os professores de educação no campo foram orientados, então, a utilizar somente livros didáticos em suas aulas”.
No entanto, a suspensão do uso do material didático só ocorreu na quinta-feira, 2, pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, após denúncia do jornal O Estado de S.Paulo, que publicou nessa sexta-feira, 3, que foram gastos R$ 13,4 milhões na impressão do material didático com conteúdo errado. Os livros foram distribuídos para cerca de 40 mil classes, que atendem 1,3 milhão de alunos.
No segundo semestre do ano passado, foram encontrados erros graves em 200 mil exemplares da coleção Escola Ativa. No total, foram impressos sete milhões de livros da coleção. A nota oficial minimiza o erro ao afirmar que “o programa Escola Ativa atinge a menos de 1% dos estudantes de escolas públicas de educação básica em todo o país”.
Para analisar o material, o MEC contratou uma comissão de professores universitários que “chegaram à conclusão de que uma nova versão do material de apoio do programa Escola Ativa só poderá ser reutilizada depois de uma discussão com os coordenadores do programa, no próprio MEC”.
Não existe previsão de quando a investigação deve ser concluída, o prazo normal varia entre 30 dias, além de prorrogação pelo mesmo período.
(Agência Brasil)

Revista Veja – Palocci mora em apartamento em nome de laranja

114 1
A Revista Veja deste fim de semana traz entre seus destaque mais um dado para esquentar a fervura da panela política na qual está mergulhado o ministro Antonio Palocci. Informa que ele mora num apartamento em nome de um laranja, segundo informa o jornalista Fernando Rodrigues, em seu blog no UOL:
Como se não bastassem todos os problemas que já enfrenta, o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, agora terá também de explicar como pode morar em um apartamento em São Paulo em nome de um laranja, segundo reportagem da revista “Veja”.
Palocci vive num apartamento há quatro anos. O imóvel tem 640 metros quadrados. O dono é uma “empresa de fachada que está em nome de um laranja de 23 anos, que mora em um casebre de fundos na periferia de Mauá, no ABC paulista, ganha R$ 700 por mês e teve o celular bloqueado por falta de pagamento”, diz a reportagem de “Veja” de hoje (4.jun.2011).
O valor do apartamento, em Moema, seria de R$ 4 milhões.
Segundo “Veja”, o dono do apartamento é a Lion Franquia e Participações Ltda. Essa empresa pertence formalmente a Dayvini Costa Nunes, com 99,5%, e Felipe Garcia dos Santos, com 0,5%. Felipe tem 17 anos e foi emancipado no ano passado. Ambos seriam “laranjas”, pessoas que tiveram seus nomes usados para encobrir o verdadeiro proprietário.
Dayvini chegou a negar ser dono do imóvel, depois recuou. Segundo “Veja”, o rapaz disse estar atormentado. “Não consigo dormir, por causa dessas coisas que envolvem pessoas com quem não tenho como brigar, como o Palocci, entendeu? Eu não tenho como bater de frente com essas pessoas. Sou laranja”, afirmou o rapaz.
É possível que o ministro não tenha nada a ver com essa história? Sim, claro. Pode ter alugado o apartamento e paga o aluguel a uma imobiliária. OK, mas é sempre um solavanco a mais na atual crise. E em política, como se sabe, tudo o que tem de ser explicado não é bom.