Blog do Eliomar

Últimos posts

Artigo – Um ano da morte de Cristian Bruce

107 2

Com o título “Um ano da morte do garoto Bruce Cristian”, eis artigo assinado pelo presidente do Conselho de Direitos Humanos da OAB do Ceará, Fernando Férrer. Ele reclama por providências. Confira:

Há exatamente um ano, este conceituado Blog trazia em sua manchete a informação de um crime que chocou Fortaleza e o Ceará. Numa tarde de domingo, dia 25 de Julho de 2010, um homicídio mudaria a vida de uma família humilde da cidade de Maracanaú. Vitima de um disparo, Bruce Cristian de Souza Oliveira de 14 anos foi brutalmente assassinado, quando estava na garupa da moto do pai quando o policial do Ronda do Quarteirão Yuri da Silveira pediu para o veículo parar. Segundo testemunhas, o condutor não teria cumprido a ordem e o soldado atirou.

Um ano depois do homicídio, o acusado, que confessou o crime diante do delegado, continua solto.

Quem passa pelos cruzamentos da Desembargador Moreira e Padre Valdevino, sabem que na tarde de domingo o movimento de carros é pequeno. O tiro assustou os motoristas e despertou a atenção de quem mora próximo ao local. Logo dezenas de pessoas se aglomeraram em torno do garoto. Tentar salvar Bruce Cristian, seria uma tentativa em vão. Ele já estava morto. O trânsito parou. Todos queriam saber o que tinha acontecido ali.

Na cidade de Maracanaú, o velório de Bruce Cristian causava a comoção dos vizinhos e amigos. Muitos amigos chegaram e tentavam entender o porquê daquela morte trágica. A pergunta recorrente tentava responder o porquê do Policial do Ronda do Quarteirão ter vitimado o garoto, logo ele, um Policial que deveria ser treinado para defender as pessoas. Muito ainda esta por ser esclarecido.

O pai de Bruce Cristian, Francisco das Chagas, disse que não sente ódio do assassino de seu filho. Para ele a decisão de punir será da sociedade, e não dele. “Acredito na justiça de Deus!” A sociedade é quem deve decidir para onde ele vai, afirmou.

Têm-se respostas que muitos querem saber: onde está o Policial? Como se encontra o processo do garoto Bruce? A qualificação técnicas dos Policiais?

Impunidade só gera violência.

FERNANDO FÉRRER – Conselheiro e Presidente da Comissão dos Direitos Humanos da OAB/CE.

Fotossensor vira out-door nas esquinas de Fortaleza

133 2

Eis que arranjaram outra serventia para os fotossensores que povoam os principais cruzamentos de Fortaleza: espaço para publicidade. Em vias concorridas como as avenidas 13 de Maio, Carapinima e Universidade, esses equipamentos são usados para divulgar de tudo um pouco. Mas quem aproveita mesmo os espaços é o sobrenatural.

Ou melhor, os videntes, quiromantes, cartomantes e um grupo de gente que diz ver o futuro.

De qualquer, dá para o cidadão ver no presente, sem ler nas cartas, o que sobra: a poluição visual. Essa praga continua sem ocombate eficaz por parte da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam).

(Foto – Paulo MOska)

Ex-coronel acusado de pistolagem no Ceará e no Piauí deve voltar à prisão

O Tribunal de Justiça do Piauí determinou nesta sexta-feira (29) a imediata prisão do ex-coronel José Viriato Correia Lima, acusado de crimes de pistolagem no Ceará e no Piauí. Ele está em liberdade desde a terça-feira (26), para tratamento de saúde, por decisão judicial. Para o TJ, o juiz não ouviu o parecer do Ministério Público, além de não determinar uma escolta policial para o acusado, conforme determina o artigo 120 da Lei de Execução Penal.

De acordo com processos no Tribunal de Justiça do Ceará, o ex-coronel é réu em dois crimes de pistolagem no Estado, na condição de mandante. Ambos teriam como autor José Enilson Couras, o Courinha, que também é primo de Correia Lima.

Até a manhã deste sábado (30), o mandado de prisão ainda não havia sido cumprido.

(Este Blog com informações do TJ-CE e do TJ-PI)

Só sobrou um dos sete diretores do Dnit

93 1

A rápida faxina no Ministério dos Transportes, que derrubou mais um funcionário nesta sexta-feira (29), obrigou a presidente Dilma Rousseff a tomar uma medida emergencial para evitar a paralisia da máquina administrativa.

A saída foi dar poderes para o Conselho de Administração do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) nomear uma diretoria temporária do órgão. Com a crise instalada no setor há quase um mês, sobrou apenas um dos sete diretores do Dnit.

A medida é necessária, na avaliação do Palácio do Planalto, porque os diretores efetivos indicados precisarão passar por sabatina no Senado, o que atrasará a posse deles no lugar dos afastados.

“Após as demissões, temos necessidade de garantir condições para que a administração do órgão possa ocorrer de forma regular”, explicou ontem o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos.

“O decreto dá condições ao Conselho de Administração do Dnit para designar, em condições específicas e em caráter transitório, até que sejam nomeados os novos diretores”, disse.

Segundo o ministro dos Transportes, a presidente Dilma Rousseff pretende indicar na semana que vem os diretores efetivos do Dnit, entre eles o novo diretor-geral, vaga anteriormente ocupada por Luiz Antônio Pagot, afastado em meio à crise. “A expectativa é que já se possa ter qual é o time de diretores para ser encaminhado para apreciação da Comissão de Infraestrutura do Senado”, afirmou o ministro. “Já estamos saindo da crise”, disse Passos.

A iniciativa de dar ao Conselho de Administração do Dnit poderes para escolher uma diretoria temporária é apenas um instrumento para o próprio ministro escolher nomes de confiança durante essa fase de transição.

O conselho é presidido pelo secretário-executivo do Ministério dos Transportes, Miguel Masella, braço direito de Paulo Sérgio Passos na pasta. O colegiado ainda é composto por representantes dos ministérios do Planejamento, da Fazenda e do próprio Transportes.

Queda

Ontem, caiu o 20º funcionário do governo após a revelação do escândalo de corrupção na área. O coordenador geral de Operações Rodoviárias do Dnit, Marcelino Augusto Santa Rosa, foi exonerado pelo ministro. Ele perdeu o emprego após reportagem do jornal O Globo mostrar o envolvimento de sua mulher em negócios com o Dnit. Segundo o jornal, a mulher dele, Sônia Lado Duarte Rosa, é procuradora de oito empresas contratadas pela autarquia, a maioria ligada à sinalização de rodovias.

(O POVO)

Cid no jantar da Fifa

Michel Platini, Joseph Blatter, Cid Gomes e Agnelo Pacheco.

O governador Cid Gomes participou, nessa sexta-feira, no Rio, de jantar oferecido pela Fifa para governadores e prefeitos das 12 subsedes da Copa 2014. Cid informou sobre as obras em Fortaleza e garantiu que está na briga para que o Castelão receba jogos da Copa das Confederações.

Cid confere neste sábado a festa do sorteio das eliminatórias para a Copa 2014, que saiu por R$ 30 milhões. No evento, o presiente da CBF, Ricardo Teixeira, que está sob acusação de vários escãndalos.

(Foto – J. Demetrius)

Escândalo dos banheiros – MP vai ouvir Camilo Santana, Jurandir Santiago e Joaquim Cartaxo

137 2

“O Ministério Público Estadual (MPE) listou os nomes das pessoas que podem estar envolvidas com denúncias de fraude na construção de banheiros em vários municípios do Ceará.

Até o fim da próxima semana, 19 pessoas devem prestar depoimento. Entre elas, o atual secretário das Cidades do Estado, Camilo Santana (PT), e os ex-secretários da pasta na gestão do governador Cid Gomes (PSB) – Joaquim Cartaxo (PT) e Jurandir Santiago (PT). Confira a lista completa na página 22.

A primeira pessoa já foi ouvida pelos promotores, no início da tarde de ontem, e outra foi dispensada. Trata-se do casal Jocélio Oliveira Dourado e Fátima Regina de Queiroz Dourado, respectivamente taxista e vendedora de churrasquinho, apontados como sócios-proprietários da Construtora Dourado Ltda, conforme O POVO adiantou ontem.

A empresa seria responsável pelo soerguimento dos banheiros em Pindoretama.

Jocélio afirmou, durante depoimento, não conhecer nenhum dos suspeitos de envolvimento no esquema de fraude e nem sequer conhecer Pindoretama. Ele admite, contudo, ser dono da empresa.

O taxista afirma que fundou a construtora em 2004. Ela teria funcionado numa sala da avenida Sargento Hermínio e se deslocado, posteriormente, para a rua Lineu Jucá, no bairro Vila União.

No ano seguinte, a empresa teria encerrado suas atividades, mas continuaria existindo. Ele comprovou, por meio da quebra do sigilo bancário da empresa, que não há movimentação financeira há seis anos.

Os promotores de Justiça Marcelo Pires, da comarca de Pindoretama, e Eloilson Landim, da Procuradoria de Crimes Contra a Administração Pública (Procap) dispensaram a vendedora de depor por entender que Jocélio já havia esclarecido o envolvimento do casal e por as notas fiscais apresentadas, até agora, estarem somente no nome dele.

No caso de Pindoretama, Pires diz que as investigações irão focar, agora, a circulação financeira dos recursos públicos. “Mapear onde esse dinheiro foi parar, identificar outros autores, verificar se houve utilização ilícita desses recursos e perseguir a restituição da integralidade desse valor”, elencou.

37 municípios

Ao todo, estão sendo investigados 56 convênios para a construção de banheiros em 37 municípios cearenses, acordados desde 2009.

Nem todos já foram notificados, mas a meta é que eles sejam ouvidos pelo Ministério Público até a sexta-feira da próxima semana, dia 5 de agosto.

Caso as pessoas notificadas não compareçam à Procuradoria e não justifiquem a ausência, poderão sofrer condução coercitiva (inclusive com uso de força policial) e até responder por crime de desobediência.”

(O POVO)

Lula tenta evitar demissão de Jobim, aquele que votou em Serra

80 1

“A presidente Dilma Rousseff ainda não engoliu a recente declaração do ministro da Defesa, Nelson Jobim, e estava inclinada a demiti-lo. Esta semana, Jobim deu entrevista assumindo publicamente ter votado, nas eleições presidenciais do ano passado, no adversário da petista, o tucano José Serra. Alguns ministros e até o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentam demover a presidente da ideia.

[Ontem] à noite, Dilma e Lula jantariam em Brasília. O assunto indigesto seria levado para a mesa. Neste sábado, a presidente terá uma conversa particular com Jobim no Rio, depois da solenidade de sorteio das chaves para a Copa de 2014.

Em evento no Rio [ontem], Lula saiu em defesa de Jobim e tentou minimizar o assunto.

– Nunca me preocupei em perguntar aos meus amigos em quem votam. Voto é uma coisa sagrada, é secreto, e cada pessoa vota em quem quer. Jobim não foi convidado para o meu governo por causa do voto dele. Foi convidado para o meu governo pelo que poderia fazer no Ministério da Defesa. Um homem da qualidade do Jobim, da competência do Jobim, é o único que vi em condições de construir um Ministério da Defesa, de aprovar o plano estratégico da Defesa, e acho que isso foi feito – disse Lula.

– Está cheio de gente que votou no Serra e gosta de mim hoje. Pode ter gente que votou em mim e gosta do Serra… A gente não pode fazer política achando que quem não votou na gente é pior do que quem votou.”

(Globo)

Copa 2014 – Veja vídeo do futuro Estádio Castelão

133 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=a84I3RQjOdw[/youtube]

Neste sábado, no Rio, a Fifa realizará o sorteio das eliminatórias da Copa 2014. O governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita Luizianne Lins (PT) estarão nessa festa, pois Fortaleza, como se sabe, é uma das 12 subsedes. O secretário especial da Copa, Ferrúcio Feitosa, também no evento, reafirmou que o estádio Castelão está em ritmo acelerado e que ficará prontinho, com tudo que tem direito, para o certame.

A briga vai ser tentar incluir o Castelão na futura Copa das Confederações.

Cinco empresas do Nordeste na final do Prêmio CNI de Inovação

Cinco empresas do Nordeste estão na final da primeira edição do Prêmio Nacional de Inovação, uma realização da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Movimento Brasil Competitivo (MBC). Ao todo, três empresas industriais do Ceará, uma do Rio Grande do Norte e outra de Pernambuco foram escolhidas para representar as 24 finalistas da premiação. As oito grandes vencedoras serão reveladas na próxima terça-feira, durante uma solenidade de entrega do Prêmio, em São Paulo.

Do Ceará, estão na disputa a Companhia Energética do Ceará (Coelce), a Piscis Indústria e Comércio, de Jaguariba, e a Geraldo de Sousa Mota, de Tauá. Do Rio Grande do Norte está a Isso-Blok Construção e Tecnologia, de Natal, e a Zenite Soluções em TI, de Recife.

Dividido em quatro categorias, o prêmio destaca negócios que internalizam métodos, técnicas e ferramentas nas áreas de Gestão da Inovação, Design, Desenvolvimento Sustentável e Competitividade. Em cada uma das áreas, será eleita uma ganhadora na modalidade de micro e pequena empresa, além da vencedora na modalidade de médio e grande porte.

Essa edição inaugural, que teve a participação de 427 inscritos, contou com o apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) através da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). O Prêmio visa disseminar novos produtos, processos e serviços que promovam a melhoria no ambiente organizacional e cultural das instituições brasileiras, aumentando os níveis da competitividade nacional.

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, o presidente do Conselho Superior e do diretor presidente do MBC, Elcio Anibal de Lucca e Erik Camarano, respectivamente, participarão da festa, que terá também o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, e o dirigente da FINEP, Glauco Arbix.

Apple tem mais dinheiro do que Tesouro americano

“O Tesouro americano tem atualmente menos dinheiro disponível do que a Apple, observa o blogueiro Matt Hartley, do jornal canadense “National Post”.

Ele notou que o Tesouro está com balanço operacional de US$ 73,768 bilhões, enquanto a Apple, segundo os dados mais recentes, tem US$ 75,876 bilhões em caixa.

O valor referente ao governo dos EUA corresponde a quanto o Tesouro tem à disposição neste momento, antes da elevação do limite do endividamento.

No entanto, o próprio Hartley reconhece, no texto, que os dois valores “não são diretamente comparáveis”. O dado sobre o Tesouro está relacionado a um “teto arbitrário de endividamento”, que pode ser elevado a qualquer momento, enquanto o da empresa corresponde à reserva que a companhia juntou e que não pode ser elevado por meio da lei.”

(Radar Econômico)

Secretário da Fazenda falará no CIC sobre Gestão Fiscal e Reforma Tributária

O secretário da Fazenda, Mauro Benevides Filho, dará palestra para o empresariado e representantes de associações de categoria, profissionais liberais e professores universitários na próxima segunda-feira.
Ele falará às 18h30min, no auditório da Fiec, sobre o tema “Gestão Fiscal do Estado e Reforma Tributária”.
A conferência do secretário faz parte do ciclo de palestras do Centro Industrial do Ceará, que tem na presidência Roseanne Medeiros.

Cearense ex-catador de lixo, que comoveu o País com história de extrema miséria, volta a ser preso por estelionato

Foto da matéria do O POVO

Há exatos 12 anos, o fortalezense Jocélio de Araújo Silva, então com 44 anos, foi preso após tentar sacar o seguro-desemprego, por meio de fraude. Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, “a fraude consistiu em falsificações em sua Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), bem como em guias de comunicação de dispensa – CD”.

Mas o caso somente ganhou repercussão nacional, em agosto de 2002, durante o julgamento na 12ª Vara Federal. O réu não somente foi absolvido, como ainda foi chamado na sentença de “homem forte, não desistiu, não entregou os pontos, não abandonou os seus, tampouco agiu com violência ou grave ameaça a outrem”.

Tamanha comoção foi fundamentada em uma matéria do O POVO (Polícia Militar impede trabalho dos catadores de lixo), publicada antes da data do crime, na época da desativação do aterro do Jangurussu. Na matéria, Jocélio de Araújo Silva, então catador de lixo, disse que “quem fez isso com nós não sabe a vida que a gente leva nesse lixo para os filhos não morrer de fome”. O texto destacou também que Jocélio de Araújo Silva era pai de oito crianças. O então catador ainda apareceu na foto com outros catadores, à procura de comida em uma área não policiada.

Em sua alegação final, o juiz da 12ª Vara Federal declarou: “É claro que esse homem não é um tolo. A vida não o fez assim porque se o fosse, iria pedir esmola. É um forte, é determinado, tem noção de que não pode lesar ninguém. Deu continuidade à sua existência. Para ele, todos os conceitos, ou quase todos, estão perdidos. Em seu admirável sentido prático, em seu fino discernimento, vincula-se às coisas essenciais, os conceitos relativos estão perdidos. Não merece condenação. O Estado o excluiu – decretou sua condenação máxima material – e somente apareceu para se redimir, na pele do sistema repressivo acusatório, para o condenar juridicamente através de palavras. É um homem livre, e o Estado não mais tem os meios de o atingir”.

Sem final feliz

Mas o que poderia ser a história de um herói acabou confirmando as acusações do Ministério Público Federal. O cearense voltou a se envolver com crimes de estelionato, o que lhe rendeu novas prisões.

A última ocorreu nesta quinta-feira (28), no município de Barras, a 122 quilômetros de Teresina, após Jocélio de Araújo Silva ser flagrado no interior de uma agência bancária com documentação falsa e três CPFs.

Segundo a Polícia do Piauí, o cearense faz parte de uma quadrilha interestadual especializada em golpes de empréstimos bancários. No momento da abordagem, o acusado estava na companhia de dois suspeitos, que conseguiram fugir. De acordo com o delegado Humberto Mácola, o grupo estava prestes a concretizar três empréstimos no valor de R$ 5 mil, cada.

Já a Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), especializada da Polícia Civil do Ceará, aponta Jocélio de Araújo Silva como um dos principais integrantes do bando de Gidalton Cavalcante Queiroz, o Tom, 31, um dos maiores estelionatários do Nordeste, preso em fevereiro deste ano, na Messejana, por policiais da DDF.

Entre uma das maiores ousadias da quadrilha está o golpe de empréstimo consignado contra funcionários do alto escalação da Sefaz-CE e da Polícia Militar do Ceará.

Proposta que destina 50% do Pré-Sal para a educação na pauta pós-recesso

A proposta que destina 50% do Fundo Social do Pré-Sal para a educação está na pauta da reunião da próxima quinta-feira (4) da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI). De autoria do senador Inácio Arruda (PCdoB), a proposta recebeu voto favorável da relatora, senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), e ainda será examinada pelas comissões de Educação, Cultura e Esporte (CE) e de Assuntos Econômicos (CAE), nesta última em decisão terminativa. Decisão terminativa é aquela tomada por uma comissão, com valor de uma decisão do Senado.

Quando tramita terminativamente, o projeto não vai a plenário: dependendo do tipo de matéria e do resultado da votação, ele é enviado diretamente à Câmara dos Deputados, encaminhado à sanção, promulgado ou arquivado. Ele somente será votado pelo plenário do Senado se recurso com esse objetivo, assinado por pelo menos nove senadores, for apresentado à mesa. Após a votação do parecer da comissão, o prazo para a interposição de recurso para a apreciação da matéria no plenário do Senado é de cinco dias úteis.
Pela proposta (PLS 138/11), que altera a Lei 12.351/10, 80% desse percentual deverá ser destinado à educação básica e à educação infantil. Além disso, o Poder Executivo ficará liberado de edição de nova lei para liberação de recursos para gastos de recursos relativos ao “principal” do Fundo Social.
Vanessa Grazziotin explica no relatório que Inácio Arruda, ao justificar a proposição, enfatizou a importância de ampliar os recursos destinados à educação como pré-requisito para melhorá-la em qualidade e em quantidade. Ele disse ainda que a proposta é consistente com o Plano Nacional de Educação 2011/2020, em tramitação no Congresso, e com o objetivo de movimentos sociais como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira de Estudantes Secundaristas. Essas entidades querem elevar os gastos com educação para 10% do Produto Interno Bruto (PIB).

(Com Agência Senado)

Lista do trabalho escravo tem 251 empregadores

“Quarenta e oito pessoas foram incluídas no cadastro de empregadores autuados por exploração do trabalho escravo. Conhecido como lista suja do trabalho escravo, o cadastro, atualizado hoje (29) pelo Ministério do Trabalho, tem 251 infratores que exploram trabalhadores em situação análoga à de escravo.

Do total, quinze empregadores tiveram seus nomes retirados da lista, dois por decisão judicial transitada em julgado e dois de forma temporária por ação liminar.

Os nomes são mantidos na lista nos caos em que o empregador não quitou as multas impostas pela fiscalização do trabalho, por reincidência, e nos casos de ações que estejam tramitando no Poder Judiciário. O ministério informou que também há pessoas que recorrem ao Poder Judiciário para ter seu nome excluído da lista e, em cumprimento à decisão judicial, o nome é imediatamente retirado.

Segundo o ministério, nesta atualização, foram analisados os relatórios de fiscalização e pesquisados dados das superintendências regionais do trabalho e emprego entre outros órgãos. Também foi consultado o Sistema de Acompanhamento do Trabalho Escravo do ministério.

Enquanto o empregador está com o nome no cadastro, ele não recebe financiamentos com recursos públicos. Além disso, o setor privado penaliza os infratores por meio do Pacto Nacional com medidas restritivas de relacionamento comercial.

* Lista completa dos infratores foi liberada pelo MT em seu site

BNB dá desconto na liquidação de dívidas de 367 mil produtores rurais

“Até o dia 30 de novembro deste ano, 367 mil produtores rurais têm direito de liquidar suas dívidas no Banco do Nordeste, fazendo jus a descontos que variam de 45% a 85%, a depender do município onde se localize o empreendimento, no âmbito da Lei 12.249/2010.

A medida beneficia os mutuários do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), micro, pequenos e médios produtores rurais, bem como suas cooperativas e associações, detentores de operações rurais contratadas até 15 de janeiro de 2001, com valor original de até R$ 35 mil.

Desde a promulgação da lei, em junho de 2010, cerca de 250 mil operações já foram liquidadas. Além dos descontos, o recálculo das operações é feito sem cobranças de juros de atraso, multa ou sanção. “O cliente poderá reduzir ou liquidar seu endividamento e voltar a operar com o BNB, após recuperar sua capacidade de pagamento”, explica Mozart Rolim, gerente em exercício do Ambiente de Terceirização e Cobrança de Crédito.

Só no Ceará, 42 mil clientes têm direito de renegociar a dívida. O BNB tem mobilizado, em todas as áreas que atua, agências e seus parceiros (sindicatos, federações e entidades de classe) e realizado reuniões com associações de produtores rurais, câmaras municipais e imprensa para esclarecer os aspectos da Lei, com vistas à adesão do maior número de clientes enquadráveis.

O superintendente em exercício da Área de Recuperação de Crédito, Edilson Ferreira, destaca que esta é uma ótima oportunidade para os pequenos produtores rurais liquidarem suas dívidas.“Os clientes que tenham dívidas em atraso no BNB e desejem conhecer as alternativas para regularização, devem procurar o Banco, pois o BNB tem vários mecanismos de renegociação e, com certeza, o cliente poderá sair com a solução para o seu caso específico”, complementa.”

(Site do BNB)

Voo 447 – Parentes criticam relatório sobre acidente

“A Associação dos Familiares das Vítimas do Voo 447 da Air France criticou hoje (29) o relatório divulgado pelo Escritório de Investigações e Análises da França (BEA) e disse que o documento pretende isentar de responsabilidade as empresas envolvidas no acidente. Em maio de 2009, o Airbus que saiu do Rio de Janeiro com destino a Paris caiu no Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo.

O presidente da associação, Nelson Faria Marinho, criticou o relatório que apontou que erros dos pilotos durante o voo determinaram a queda da aeronave.

“Nós repudiamos o relatório que acusa o piloto que nada tem a ver. O BEA nada mais é do que um órgão francês, e a França é dona da Airbus e da Air France. Estão se defendendo, preservando empregos na França. Eles não podem admitir porque isso afeta a venda de aviões”, disse.

Segundo a investigação, os pilotos não reagiram de maneira correta para evitar a queda de altitude do avião, quando os sensores da aeronave deixaram de funcionar. Ainda de acordo com o presidente da associação, o BEA, responsável pelas investigações e órgão ligado ao Ministério dos Transportes da França, caiu em contradição com a divulgação do relatório.

“Ele diz que o Pitot, que é o sensor de velocidade, deu defeito. Já admitiu isso. Se o Pitot deu defeito, o problema é mecânico e não do piloto. Se não fosse a falha da peça, o avião não ia cair. Com a falha do Pitot, deu problema no computador de bordo, que desligou o piloto automático e o avião caiu em três minutos e meio. O problema é do avião”, afirmou.

Marinho disse também que os processos contra as empresas estão parados. Ele aguarda uma reunião com a presidenta da República, Dilma Rousseff, já que a autorização dela é necessária para que o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) entre na investigação.”

(Agência Brasil)

Lula: Dilma só não disputará reeleição se não quiser

“O Brasil tem uma candidata a presidente em 2014: Dilma Roussef”. Foi o que disse nesta sexta-feira, 29, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao negar qualquer possibilidade de concorrer nas próximas eleições. “Acho que já cumpri minha tarefa neste país.”
De acordo com Lula, Dilma só não concorrerá à reeleição se não quiser. “Como dizia [o deputado] Ulysses [Guimarães], a política é como um bom trago. Você acha não vai gostar, mas gosta. É uma doença”, assinalou ele, após fazer palestra na Escola Superior de Guerra (ESG), no Rio.
“Mas acho que a Dilma não está preocupada com isso, não. Ela está preocupada em trabalhar e mostrar sua competência”, acrescentou o ex-presidente.
Lula também comentou a declaração do ministro da Defesa, Nelson Jobim, de que votou em José Serra para presidente.
“O Jobim não foi convidado para o meu governo por seus votos, mas pelo que ele poderia fazer no Ministério da Defesa. Pela sua competência e qualidade. Em quem ele votou, é irrelevante. Está cheio de gente que votou no Serra e não gosta mais dele ou que votou em mim e não gosta mais de mim.”
O ex-presidente elogiou as decisões da presidenta Dilma sobre as suspeitas de corrupção no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).
“O importante é que na medida que haja uma denúncia, você investigue, apure. Se as denúncias forem verdadeiras, quem cometeu o erro paga. Se a pessoa for inocente, ela volta para o seu trabalho.”

(Agência Brasil)