Blog do Eliomar

Últimos posts

Valcke vem ao Brasil no dia 12 e acha “infantil” Aldo não querer mais recebê-lo para tratar da Copa de 2014

83 3

O secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke, garantiu que virá ao Brasil no próximo dia 12 para continuar acompanhando os preparativos para a Copa do Mundo de 2014. Valcke classificou de “um pouco infantil” a decisão do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, de não recebê-lo mais para tratar da Copa por ter declarado que o país precisa levar “um chute no traseiro” por causa dos atrasos nas obras.

A declaração de Valcke foi feita ontem (3), em Londres, mesmo local onde, na véspera, ele fez as críticas que levaram Rebelo a considerar os comentários como “impertinentes e descabidos”, motivo pelo qual “o governo não aceitará mais o secretário-geral como interlocutor nesses assuntos da Fifa”. O ministro disse que vai conversar com o presidente da Fifa, Joseph Blatter, para pedir um novo interlocutor, já que Valcke, segundo ele, não será mais recebido no país.

“Agora, se o problema é eu ter feito uma declaração, enquanto nada evoluiu nos últimos cinco anos… Eu disse exatamente o que está acontecendo no Brasil, onde as coisas não estão bem encaminhadas. Se o resultado disso é que agora o governo não quer mais falar comigo e nem trabalhar comigo, acho um pouco infantil”, disse Valcke ontem na capital britânica em resposta a Rebelo.

(Agência Brasil)

Transfor diz que remendo em asfalto na Costa Barros foi colocado de acordo com as especificações técnicas

213 5

A assessoria de imprensa do Transfor envia para o Blog a resposta ao leitor Leonardo Carvalho, que na última terça-feira (28) reclamou da qualidade do asfalto colocado na rua Costa Barros. De acordo com o leitor, o asfalto recebeu um remendo com menos de 15 dias de colocado. Segundo o Transfor, o remendo teria sido colocado “para sanar imperfeições em um trecho que ainda não estava concluído”.

Confira a nota enviada pelo Transfor:

O caso apontado pelo leitor consistiu em uma correção na camada de revestimento asfáltico, determinada pela equipe técnica do Transfor, para sanar imperfeições em um trecho que ainda não estava concluído. A correção foi executada dentro das especificações técnicas, não trazendo prejuízo para a qualidade final da obra.

A Rua Costa Barros está sendo beneficiada com uma restauração completa na sua infraestrutura, incluindo serviços de drenagem, terraplenagem, recuperação das camadas de base do pavimento, construção de sarjetas, recapeamento asfáltico, sinalização horizontal e vertical, nivelamento e padronização das calçadas com piso intertravado de concreto e construção de rampas de acessibilidade.

Policiais civis e militares rejeitam proposta de reajuste salarial do governo do Paraná

A última proposta de reajuste salarial apresentada esta semana pelo governo do Paraná para as polícias Militar, Civil e Científica do estado não deve ser aceita. Os valores dos reajustes apresentam remuneração por meio do subsídio. O Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol) convocou para a próxima terça-feira (6) uma assembleia com seus filiados para discutir os índices apresentados.

O presidente do sindicato, André Luiz Gutierrez, adiantou que os valores ficaram longe do pleiteado, não contemplando a classe de base. O sindicato alega que foi criada uma tabela para os escalões mais baixos, que desestimula policiais que iniciam a carreira, e outra para os delegados – no caso dos delegados, a tabela sugerida foi atendida pelo governo.

O sindicato reivindica que um investigador de quinta classe inicie na corporação com salário de aproximadamente R$ 5.750. O subsídio inicial proposto pelo governo é R$ 4.020, podendo, de acordo com a tabela e com o passar do tempo, alcançar um subsídio de R$ 8.196, levando em conta promoções e progressões ao longo da carreira. A Polícia Civil chegou a decidir pelo indicativo de greve, mas foi obrigada a cancelar o movimento, considerado ilegal pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR).

Já a Polícia Militar descarta completamente um possível movimento grevista. “Queremos manter a situação numa legalidade absoluta. Até parece que o governo, ao não negociar, incentiva para que isso aconteça. A greve penaliza a sociedade e nós somos responsáveis por protegê-la”, disse à Agência Brasil o presidente da Associação de Defesa dos Direitos dos Policiais Militares (Amai), coronel Elizeu Furquim.

Os pisos apresentados pelo governo para a categoria estão muito distantes do que foi reivindicado, na avaliação dos policiais. Para um policial militar que ingressa na corporação, o subsídio inicial proposto pelo governo foi R$ 3.225,00, que, com o tempo, poderá chegar a R$ 4.838, caso não haja promoção para postos superiores (cabo, sargento, subtenente).

O maior posto da Polícia Militar, que é o de coronel, terá um valor de subsídio que varia entre R$ 14.354 e R$ 21.531, conforme o tempo de serviço. A reivindicação é a de que o soldado ingresse já ganhando R$ 4,5 mil. “Acumulamos perdas desde 1999 e, agora, chegou a hora de sermos tratados com respeito. Queremos valorizar os cargos mais baixos”, ressaltou o coronel. É preciso, segundo os policiais, também avançar nos índices de reajuste para os cargos intermediários.

(Agência Brasil)

Luizianne e o efeito bumerangue

160 5

Da coluna Menu Político, no O POVO, neste domingo (4), assinada pelo jornalista Luiz Henrique Campos:

Não devem estar sendo fáceis para a prefeita de Fortaleza Luizianne Lins os últimos dias. Aguentar calada as críticas do secretário Ivo Gomes e de outros próceres governistas, sobre impasses criados pelo município no que diz respeito a ações do governo estadual na Capital, é uma atitude que não condiz com seu perfil. Os que a conhecem desde a época de militância estudantil sabem bem que a atual presidente estadual do PT não é de levar desaforo para casa, muito menos de engolir sapos como faz a maioria dos políticos para atingir objetivos previamente traçados.

Por ter esse temperamento arrojado e agressivo às vezes, construiu sua carreira, angariou adeptos, fãs até, e chegou a ser prefeita de uma das mais importantes cidades do País. Como tudo tem dois lados, não faltam inconvenientes para quem age dessa forma, principalmente quando se ocupa um cargo como o dela. Fato, porém, que a prefeita parece querer ignorar nesses quase oito anos à frente dos destinos de Fortaleza. Do episódio registrado no começo de seu governo, quando não cumprimentou Lula durante solenidade oficial em Brasília, passando por processos traumáticos de eleições à presidência da Câmara Municipal, Luizianne tem abusado, digamos, dos arroubos, para conduzir seus gestos políticos.

Como a velha máxima de quem diz o que quer, ouve o que não quer, também é usual na política, foi justamente de um desses gestos que a prefeita sentiu o peso de suas próprias atitudes e recuou. O efeito bumerangue do lançamento do nome de Pimentel à Prefeitura, em provocação a Cid, foi o estopim que faltava para azedar a relação que já não andava bem. Mas por que Luizianne, tão boa de briga, silenciou sobre as críticas? Ora, bem sabe ela, e o PT, que sem o apoio do governador, o partido corre sério risco de perder a Prefeitura. Basta conversar com as pessoas nas ruas para compreender a opinião que se tem sobre a atual gestão.

Não à toa, o freio de arrumação proporcionado pela vinda de Dilma na semana passada foi mais comemorado por lideranças do PT, do que mesmo do PSB, o que desfaz a tese de que o maior prejudicado com o rompimento da aliança seria o governador Cid Gomes. É verdade, sim, que nesse caso, o governador enfrentaria a dura e profissional oposição dos petistas locais. Mas não implicaria, por exemplo, em problemas com a presidente Dilma. Já em relação a Prefeitura, a quebra da aliança deixaria o PT isolado, com o flanco aberto para que se potencializassem críticas sobre uma gestão que não tem lá esses índices tão favoráveis.

Ciro diz que PSB tende a romper com o PT em Fortaleza à revelia de Cid

402 9

Irmão do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), o ex-deputado, ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes, também do PSB, diz que, mesmo que Cid decida apoiar o candidato do PT a prefeito de Fortaleza, o partido tende a não segui-lo.

Em entrevista ao Poder Online quando estava a caminho de mais um ato público do PSB contra o PT local, Ciro disse que a prefeita petista Luizianne Lins tem feito “uma péssima administração” e que nenhum dos nomes até agora citados por ela para a sua sucessão serão aceitos pelo PSB.

Segundo Ciro, por ciúmes, Luizianne impediu a aplicação de R$ 300 milhões em verbas federais e estaduais em Fortaleza, assim como a instalação de um estaleiro com dois mil empregos diretos na cidade.

Poder Online – O governador Cid Gomes, seu irmão, parece que está para acertar o apoio ao candidato do PT para prefeito de Fortaleza, não é mesmo?

Ciro Gomes – Não sei, não. Há muitas variáveis ainda. O Cid está disposto a fechar com o PT desde que seja um candidato também da confiança dele e, sobretudo, capaz de promover uma grande mudança na cidade, promover a retomada do desenvolvimento e a melhoria dos serviços públicos que estão sucateados por aqui.

Poder Online – Esses nomes que estão sendo colocados pela prefeita Luizianne Lins?

Ciro Gomes – Esses nomes que a prefeita Luizianne tem falado? Nem pensar! Nenhum deles.

Poder Online – Mas há hipótese de o PSB não apoiar o candidato do PT se o governador fechar com a Luizianne?

Ciro Gomes – Claro que há. O próprio Cid já falou que não terá o controle sobre o Diretório do partido, se não for uma conversa muito bem azeitada do PT com o PSB. O partido está na ponta dos cascos. E o Cid, nesse aspecto da aliança, tem sido uma voz isolada.

Poder Online – Mas por quê?

Ciro Gomes – Porque Fortaleza tem sido muito mal administrada. No campo da Educação, basta lembrar que o ano letivo de 2011 começou em setembro último. É um absurdo! Aqui, todos os diretores de escolas são indicados por vereadores, por cabos eleitorais. Uma coisa do século 19. Dos 184 municípios do Ceará, segundo ranking do Ministério da Educação, Fortaleza está no 180º lugar.

Poder Online – Verdade?

Ciro Gomes – Pior. Na Saúde, estamos na 5ª pior colocação no país. Há R$ 300 milhões em obras de saneamento básico cuja utilização foi obstaculizada pela prefeita do PT por mero ciúme. Incluindo aí verbas federais.

Poder Online – Mas como obstaculizadas?

Ciro Gomes – De várias formas: ela não dá licença para obras, não emite alvarás… Recentemente, Luizianne impediu a instalação aqui do Estaleiro Promar, que geraria cerca de dois mil empregos diretos na construção de embarcações. O estaleiro foi para Pernambuco. É o segundo que está sendo instalado por lá. Tínhamos passado três anos brigando pelo estaleiro e a prefeita, por mero ciúme, porque estava viajando quando a decisão foi tomada, resolveu impedir.

Leia a entrevista completa de Ciro Gomes em http://colunistas.ig.com.br/poderonline/2012/03/04/ciro-diz-que-psb-tende-a-romper-com-pt-em-fortaleza-a-revelia-de-cid-gomes-e-acusa-aliados-de-vinganca-contra-a-faxina-promovida-por-dilma-rousseff/

(Portal IG)

Aliança e pragmatismo

139 5

Da coluna Concidadania, do O POVO, neste domingo (4), assinada pelo jornalista Valdemar Menezes:

A visita da presidente Dilma Rousseff a Fortaleza foi o grande fato político da semana que passou. Embora oficialmente o objetivo não fosse esse, na verdade, foi usada para diminuir mais as arestas entre integrantes da aliança local. Terá efeito duradouro? Veremos. Resta saber se o grupo “pragmático” do PT – que coloca o aspecto eleitoral acima de tudo – será vencedor na disputa interna do partido. O “pragmatismo”, como se sabe, é a praga que atingiu os partidos socialistas europeus (aparentados ideologicamente com o PT), levando-os a não mais se distinguirem dos partidos liberais, na prática.

Manter a aliança é importantíssimo. Mas, não, se o seu preço for a descaracterização do(s) partido(s) que tem (têm) compromisso com a defesa dos interesses populares – contrapõem os críticos. E argumentam: um partido com esse perfil ideológico tem de deixar claro para seus aliados que se houver um choque eventual entre os interesses da Cidade e os de algum grupo econômico circunstancial, a sua opção será ao lado do interesse público. O temor de alguns é que a corrente “pragmática” do PT sacrifique esse princípio em nome da “unidade” e, assim, o partido corra o risco de ser escorraçado, no futuro, como estão sendo seus congêneres europeus, se esquecer compromissos históricos. Uma das perguntas é como se posicionará cada lado da aliança diante de previsíveis confrontos com a especulação imobiliária.

Homem considerado líder de assalto a banco em Catarina é baleado, diz Polícia

139 1

“O homem considerado o líder da quadrilha que assaltou o Banco do Brasil de Catarina foi baleado na manhã deste domingo, 4, em nova troca de tiros com a Polícia no municipio de Acopiara. As informações são do Comando de Policiamento do Interior (CPI).

O acusado, conhecido por “Zé Roberto”, ainda estaria escondido no matagal do munícipio, junto a outro comparsa. Nesta manhã, um helicóptero do Ciopaer partiu da Capital para auxiliar nas buscas pelos dois fugitivos.

No último sábado, 3, outros quatro integrantes do bando foram mortos em troca de tiros com a Polícia, também em Acopiara. De acordo com o CPI, os suspeitos estavam escondidos em um matagal desde o início da semana e seriam resgatados na manhã de ontem, quando foram interceptados pela PM.

O assalto

Na manhã do último dia 27, cerca de seis homens fortemente armados invadiram o Banco do Brasil de Catarina e renderam funcionários e clientes. Eles fugiram levando dois reféns, além de todo dinheiro dos caixas da agência. Antes da ação, o bando metralhou a delegacia da cidade. Um dos policiais, o cabo Alves Neto, de 28 anos, foi atingido por vários disparos e morreu no local.”

(O POVO Online)

MEC anuncia 633 unidades do ProInfância, mas só entrega 221

136 1

Embora o Ministério da Educação (MEC) anuncie que já entregou 633 creches e pré-escolas desde o lançamento do ProInfância, programa que pretende construir 8,9 mil unidades até o fim de 2014, o número real é bem menor. O MEC diz não saber quantas creches efetivamente estão em funcionamento, já que a gestão, após o término das obras, cabe às prefeituras.

Mas um balanço do próprio MEC revela que, até o mês passado, só 221 unidades estavam 100% prontas. Se forem consideradas outras 37 que apareciam com pelo menos 99% de execução — caso do estabelecimento de Angra dos Reis, inaugurado em janeiro pela presidente Dilma Rousseff e pelo então ministro Fernando Haddad —, o total sobe para 258.

Leia mais em http://oglobo.globo.com/pais/mec-anuncia-633-unidades-do-proinfancia-mas-so-entrega-221-4174634

(O Globo)

O POVO há 80 anos: Teremos iluminação nas ruas de Fortaleza

“Fomos hoje informados de que a Ceará Gas Compani havia feito uma proposta ao governo do Estado no sentido de passar a fornecer iluminação elétrica para as ruas e praças desta capital. Procurámos o exmo. sr. desembargador Olívio Câmara que nos esclareceu a respeito”.

(O POVO / Há 80 anos)

Vamos nós – 80 anos depois e ainda tem gente atrás de colocar “um poste”.

Ceará vai conhecer sistema de segurança das Olimpíadas de Londres

Uma comissão do Governo do Estado viaja nesta segunda-feira (5) para Londres, para conhecer o sistema de segurança da Inglaterra, preparado para as Olimpíadas deste ano na capital inglesa. A visita tem como objetivo conhecer o aparato de segurança nos estádios e hotéis, que deverá ser empregado em Fortaleza na Copa de 2014. A comissão permanecerá em Londres até a próxima quarta-feira (7).

Entre os integrantes da comissão está o comandante da PM, coronel Werisleik Matias, que espera se inteirar também sobre o credenciamento de jogadores, imprensa e pessoal de apoio aos jogos, além dos equipamentos utilizados no evento, a escolta e proteção de VIPs e operações para a mobilidade urbana.

(Com informações da PMCE)

Bancos se preparam para aumento da inadimplência

Os bancos se preparam para uma continuação no aumento dos calotes de consumidores e empresas nos próximos meses, informa reportagem de Érica Fraga publicada na Folha deste domingo (40.

A íntegra da reportagem está disponível para assinantes do jornal e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

A recente elevação das reservas destinadas a cobrir prejuízos com inadimplência e dos juros cobrados nos empréstimos indica cautela das instituições financeiras.

Dados do Banco Central mostram que as provisões para empréstimos de recebimento duvidoso feitas pelo sistema financeiro como um todo cresceram a um ritmo superior à expansão do estoque de crédito em dezembro. A tendência se repetiu em janeiro.

É a primeira vez que isso ocorre desde 2009, quando os bancos começaram a elevar suas provisões em consequência dos estragos provocados pela crise mundial.

Os balanços dos bancos referentes a 2011, divulgados nas últimas semanas, mostraram que o temor da inadimplência teve impacto negativo nos lucros.

As provisões para créditos duvidosos de 23 bancos de grande e médio porte cresceram 42,2% em 2011.

(Folha)

Após assumir candidatura, Serra sobe e vai a 30 pontos

120 2

O ex-governador José Serra subiu nove pontos percentuais na pesquisa de intenção de votos para a Prefeitura de São Paulo após assumir que quer ser o candidato do PSDB na eleição de outubro.

Levantamento feito pelo Datafolha entre quinta-feira (1º) e sexta-feira (2) mostra Serra com 30% dos votos num cenário em que estão os principais postulantes ao cargo.

No fim do mês de janeiro, ele tinha 21%.

Em segundo fica Celso Russomanno (PRB), com 19%. O petista Fernando Haddad obtém apenas 3%.

Serra lidera em todos os cenários em que participa.

O Datafolha ouviu 1.087 eleitores. A pesquisa, que tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, foi feita na semana em que Serra teve muita exposição devido ao anúncio de que queria concorrer.

Leia mais em http://www1.folha.uol.com.br/poder/1056761-apos-assumir-candidatura-serra-sobe-e-vai-a-30-pontos.shtml

(Folha)

Leitor denuncia: aumenta número de moradores de rua na praça do Dragão do Mar

189 1

Caro Eliomar de Lima,

Continua crescendo o número de moradores de rua instalados na praça do Centro Dragão do Mar. Inclusive o fato já foi noticiado pelo O POVO (http://www.opovo.com.br/app/fortaleza/2012/01/27/noticiasfortaleza,2774465/moradores-de-rua-ocupam-praca-do-centro-dragao-do-mar.shtml), mas até agora nenhuma providência parece ter sido tomada pelas autoridades competentes, já que a situação se agrava dia após dia! Essas pessoas merecem uma moradia digna.

Do leitor

Vitor Soares

Livros infantis para deficientes visuais são distribuídos a escolas e bibliotecas públicas do país

Dez novos títulos de livros infantis em braille e letras em alto relevo estão sendo distribuídos para 5 mil bibliotecas, escolas e organizações de todo o país, por meio da Fundação Dorina Nowill para Cegos em parceria com a Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil.

A primeira tiragem dos livros, de 35 mil exemplares, teve o apoio de empresas privadas. Os autores e ilustradores tiveram a orientação dos profissionais especializados da fundação para criar histórias e desenhos que pudessem ser reproduzidos com letras ampliadas em braille e imagens divertidas em relevo, para permitir que crianças cegas e com baixa visão lessem livros.

De acordo com a gerente-geral de Operações da Fundação Dorina Nowill, Susi Maluf, o projeto é acessível para todos. “Mais que promover o acesso à informação, o importante também é produzir livros que sejam totalmente inclusivos. Os livros precisam atender tanto à pessoa que não enxerga quanto à que enxerga”.

Os organizadores do projeto pretendem lançar, no segundo semestre, novas tiragens de livros com recursos de acessibilidade. A gerente operacional da fundação revela que o próximo passo será a audiodescrição. “Esse recurso transforma as imagens em palavras. Enquanto a pessoa passa a mão na figura em relevo, vai ouvir o que ela representa”.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem mais de 6,5 milhões de deficientes visuais no Brasil. As obras também estão disponíveis no site da fundação.

(Agência Brasil)

Serra lidera pesquisas em São Paulo

“O ex-governador José Serra subiu nove pontos percentuais na pesquisa de intenção de votos para a Prefeitura de São Paulo após assumir que quer ser o candidato do PSDB na eleição de outubro. Levantamento feito pelo Datafolha entre quinta e sexta-feira mostra Serra com 30% dos votos num cenário em que estão os principais postulantes ao cargo. No fim do mês de janeiro, ele tinha 21%.

Em segundo fica Celso Russomanno (PRB), com 19%. O petista Fernando Haddad obtém apenas 3%. Serra lidera em todos os cenários em que participa.

No mais enxuto, em que concorreriam apenas ele, Gabriel Chalita (PMDB) e Haddad, alcança 49% do total de votos, o que liquidaria a eleição no primeiro turno, já que esse percentual representa mais que a soma de votos dos demais pré-candidatos.

O Datafolha ouviu 1.087 eleitores. A pesquisa, que tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, foi feita na semana em que Serra teve muita exposição devido ao anúncio de que queria concorrer.”

(Folha.com)

Câmara dos deputados votará Novo Código Florestal na 3ª feira

“A votação do novo Código Florestal brasileiro, marcada para a próxima terça-feira (6), na Câmara dos Deputados, vai enfrentar fortes resistências dos setores ambientalista e científico. Mesmo assim, o governo não abre mão de ver a matéria aprovada definitivamente, como está, nesta semana.

A primeira batalha a ser enfrentada pelos defensores do texto será com a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que já se manifestou contrária à proposta da forma como saiu do Senado. Os cientistas da SBPC querem mudanças na matéria e o veto de alguns trechos colocados pelo senador Jorge Viana (PT-AC) – que foi o relator do projeto no Senado.

Um dos pontos que mais preocupam os cientistas é a redução das áreas de preservação permanente (APP) nas margens de rios. Um documento entregue pela SBPC ao relator da matéria na Câmara, deputado Paulo Piau (PMDB-MG), e apoiado pela deputada Janete Capiberibe (PSB-AP), aponta que as APPs serão reduzidas em 50% com o novo texto.

Esse e outros trechos teriam que ser suprimidos pelo relator, na opinião dos cientistas. Caso isso não ocorra, a SBPC fará uma movimentação social para pressionar a presidenta Dilma Rousseff a vetar o projeto.

Paulo Piau, por sua vez, explicou à Agência Brasil que não pode incluir novas mudanças no projeto, uma vez que ele já passou pela Câmara e pelo Senado, e, agora, será apenas revisto. “Recebi um documento deles. Tudo aquilo que for importante para a gente colocar dentro do que foi negociado e que for permitido pelo regimento, a gente pode colocar. Mas eles pedem muita coisa que não é mais possível”, justificou.

Segundo o relator, as discussões sobre o novo código não serão encerradas com a votação de terça-feira. Uma série de outros projetos relacionados ao assunto deverá surgir, segundo o relator. É o caso, por exemplo, de proposições que tratam da agricultura irrigada, setor que não recebeu atenção especial no código que está para ser votado. Para Piau, os parlamentares deverão “rever [o tema] após a revisão”. “Muita coisa vai continuar sendo discutida. A discussão não se esgota agora”, avaliou.

Sobre a promessa de manifestações em todo o país pedindo que a presidenta Dilma vete o projeto, caso ele seja aprovado, Piau diz que é uma posição política e não acredita que a pressão dê resultados. Ele também não deve mexer no texto para atender aos parlamentares do Amapá sobre a redução das reservas legais em terras indígenas no estado.

Independentemente de os deputados suprimirem alguns dispositivos ou manterem integralmente o texto enviado pelo Senado, a matéria terá votação conclusiva na Câmara e será encaminhada, na sequência, para sanção presidencial.”

(Agência Brasil)

Roberto Cláudio participa de evento político no bairro Antônio Bezerra

188 7

O governador em exercício Roberto Cláudio (PSB) foi enfático, nessa noite de sábado, ao falar durante mais um evento do projeto “Atitude 40”, do seu partido, que objetiva oilizar as bases para as próximas eleições. Em ato no bairro Antônio Bezerra, afirmou:

“Estou aqui como socialista para discutir os anseios e os sonhos da nossa cidade. Estou aqui porque queremos lutar pela dignidade de nossa gente”.

O “Atitude 40” conta com a presença do presidente municipal da legenda, Karlo Kardoso, e de lideranças do partido como o ex-governador Ciro Gomes.

Quatro suspeitos de assalto ao BB de Catarina morrem em tiroteio com a Polícia

“Quatro suspeitos de terem participado do assalto ao Banco do Brasil de Catarina– que resultou na morte de um Policial Militar – morreram em um troca de tiros com a Polícia em Acopiara, na manhã deste sábado, 3.

Segundo informações do coronel Gomes Filho, do Comando de Policiamento do Interior (CPI), um grupo de assaltantes ainda estava escondido em Catarina desde o dia do assalto, no último dia 27. Uma van que foi utilizada no resgate do grupo tentou furar um bloqueio policial e houve troca de tiros.

Ainda conforme o coronel, quatro assaltantes foram baleados e morreram. Outros dois conseguiram fugir. A operação teve o auxílio de um helicóptero do Ciopaer.

O assalto

Na manhã do último dia 27, cerca de seis homens fortemente armados invadiram o Banco do Brasil de Catarina e renderam funcionários e clientes. Eles fugiram levando dois reféns, além de todo dinheiro dos caixas da agência. Antes da ação, o bando metralhou a delegacia da cidade. Um dos policiais, o cabo Alves Neto, de 28 anos, foi atingido por vários disparos e morreu no local.”

(POVO Online)