Blog do Eliomar

Últimos posts

Infraero investiu apenas 2% do Orçamento 2011

“Faltando quase três anos de um dos maiores eventos esportivos mundiais no Brasil, a Copa do Mundo de 2014, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) vai ter que correr para deixar pronto os aeroportos. Mas se depender do ritmo de desembolso da estatal isso não será muito fácil. Apesar do montante previsto de investimentos para este ano ser de R$ 2,2 bilhões, 51% superior ao ano passado, no primeiro bimestre de 2011, apenas R$ 53,8 milhões foram utilizados. Os dados foram divulgados, ontem, pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Caso a execução orçamentária fosse linear, a empresa já deveria ter realizado 16% do orçamento anual. No entanto, o percentual atingiu apenas 2% neste primeiro bimestre. Apesar da pequena execução orçamentária, o valor pago neste período é maior do que o  desembolsado no mesmo período de 2010. Analisando-se os primeiros bimestres desde 2005, o montante pago neste ano só é superado pelas aplicações em 2007.

Na última terça-feira (29), A Comissão de Infraestrutura do Senado afirmou que vai convocar a Infraero e autoridades gestoras do projeto Copa do Mundo de 2014, no Brasil, para dar explicações sobre o atraso das obras para a competição.

Vinculada ao Ministério da Defesa, a Infraero administra 67 aeroportos, 69 grupamentos de navegação aérea e 51 unidades técnicas de aeronavegação, além de 34 terminais de logística de carga. Estes aeroportos concentram aproximadamente 97% do movimento do transporte aéreo regular do Brasil, o equivalente a dois milhões de pousos e decolagens de aeronaves nacionais e estrangeiras.

O melhor desempenho das obras acontecem no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, com as duas frentes de trabalho já iniciadas em setembro de 2009: reforma do Terminal de Passageiros e conclusão do terminal de passageiros 2. Para estas obras estão previstos R$ 687,3 milhões, sendo que R$ 108,1 milhões já estão contratados e R$ 56,9 milhões foram, de fato, executados.

Em Brasília, para a primeira fase da Reforma e Ampliação Sul do Terminal de Passageiros e a construção do Módulo Operacional Provisório (MOP) para atender a demanda de passageiros nas salas de embarque e desembarque estão previstos R$ 11,4 milhões, mas até agora somente 1,8 milhão foi utilizado. As informações constam no cronograma divulgado pela Controladoria-Geral da União (CGU), no Portal da Transparência da Copa.

A assessoria de Comunicação da Infraero informou que até 2014 a estatal planeja investir R$ 5,2 bilhões nos aeroportos relacionados às cidades-sede da Copa. “O valor é para atender não apenas a demanda gerada pela Copa do Mundo, mas também aquela projetada para todo o setor aéreo brasileiro’. Segundo o cronograma da assessoria, a maioria dos projetos vai ser concluída no final de 2013.

Sobre a baixa execução de investimentos da estatal, a assessoria afirmou que o valor teve aumento de 68, 5% em relação ao mesmo período do ano passado. O órgão ainda explicou que neste ano, os investimentos serão ampliados. “A dotação deste ano é quase o dobro do ano passado”, esclarece.

O maior problema é de gestão, afirma ex-presidente da Infraero

O ex-presidente da Infraero Adyr da Silva afirmou que não é somente o problema do teto de investimentos que contribui para o caos aéreo. “Hoje a Infraero tem mais recursos do que ela consegue gastar”, afirma.

A maior dificuldade apontada pelo ex-presidente da Infraero é a falta de uma boa gestão. “Há uma verdadeira “dança das cadeiras”. Nos últimos dez anos, dez presidentes passaram pela estatal, desses, quase todos não eram do ramo e quando foram aprendendo tiveram que ir embora. É assim que pretendem resolver o problema dos aeroportos do Brasil?”, questiona. Além disso, Adyr explica que há falta de tecnologia na estatal. “Não existe tecnologia apurada como devia, e quando há, existe quantidade, mas não qualidade”, diz.

Alguns problemas como o controle no tráfego aéreo e dificuldades institucionais estão sendo resolvidos. “Com a criação da Secretaria de Aviação Civil, a Infraero está encontrando algumas soluções e o controle de tráfego, apesar de algumas dificuldades, está sendo aprimorado”, analisa.

Sobre o ritmo no desembolso, Adyr afirma que é bem provável que a Infraero não utilize toda a verba. “Ainda há muita burocracia que envolve editais, contratos, etc. “Temos que ser realistas, o prazo para melhorar o sistema aéreo não é de três anos, pois tudo deve ser finalizado com antecedência, para que possa ser testado”, conclui.”

(Site Contas Abertas)

NO CEARÁ, a Infraero deverá investir R$ 179,5 milhões na construção de um novo terminal de passsageiros do Aeroporto Internacional Pinto Martins. A obra é para a Copa e o edital tem promessa de ser lançado neste mês.

Londres está pronta para as Olimpíadas de 2012

“Em plena Trafalgar Square, um dos pontos mais movimentados de Londres, um relógio faz a contagem regressiva para os Jogos de 2012 desde o dia 14 de março. A 481 dias da abertura, a cidade começa a entrar no clima olímpico. O comércio na Picadilly Circus ainda prefere vender suvenires do casamento real, mas no aeroporto de Heathrow e na estação de trem de St. Pancras já há lojas exclusivas de lembrancinhas da competição.

Mas para sentir a verdadeira atmosfera do evento é preciso seguir para o leste da cidade, na região outrora degradada de Stratford. Ali, as obras do Parque Olímpico estão a todo vapor – e dentro do cronograma, com mais de 80% já concluídas.

O Estado visitou as instalações do complexo duas semanas atrás. No coração do parque, o Estádio Olímpico está pronto. O último pedaço de grama foi colocado na terça-feira. As luzes funcionam desde o fim do ano passado. Ao todo, são 80 mil lugares. Além de abrigar a abertura e o encerramento dos Jogos, serão disputadas ali as provas de atletismo. Ao lado, se vê a estrutura da escultura de Anish Kapoor, feita em aço reciclado, que depois de pronta será a construção mais alta do Parque Olímpico, com 100 metros.

São outras duas construções, no entanto, que prometem dar o que falar em 2012. Assim como fez o Cubo D”Água de Pequim, em 2008, o Centro Aquático londrino promete impressionar o público por sua arquitetura arrojada, repleta de linhas arredondadas. Totalmente branco por fora e com capacidade para até 17.500 espectadores, receberá provas de natação, saltos ornamentais e nado sincronizado, além de parte do pentatlo moderno.

Outro provável queridinho do público é o VeloPark, também concluído. Em fevereiro, a equipe da Grã-Bretanha testou a pista, que promete ser uma das melhores do mundo. Com capacidade para 12 mil pessoas, o local receberá, em um anexo, também as competições de bicicross, modalidade estreante na Olimpíada. Ainda no quesito duas rodas, a pista de mountain bike, montada em Essex, também está pronta e foi testada, semana passada, por um grupo de atletas.

Legado. Para deixar tudo organizado até 27 de julho do próximo ano, 12 mil pessoas trabalham no canteiro de obras – 25% delas são moradores da região. Segundo Sarah Weir, chefe de artes do órgão responsável pela entrega das obras (ODA, na sigla em inglês), 10% desses trabalhadores não tinham emprego fixo havia pelo menos cinco anos.

Este é apenas um sinal de como as coisas devem mudar em Stratford. Depois dos Jogos, o Parque Olímpico se transformará em espaço de lazer e entretenimento para os moradores. Além da redução do Estádio Olímpico, outros pontos também serão alterados para se adequar às necessidades locais. A começar pela Vila Olímpica, cujos apartamentos ganharão cozinhas antes de serem vendidos – a preços acessíveis – para servir de moradia depois do evento.

O Lee Valley Park, parque vizinho ao complexo, será o responsável por administrar 20% do Parque Olímpico. O Centro de Águas Brancas, onde haverá provas de canoagem, será o único a ser usado pelo público antes mesmo do início das competições, já neste mês. A arena de hóquei – primeira da história dos Jogos a ter o piso azul – vai ser desmontada e reorganizada em Eton Manor, antigo clube desportivo do bairro que receberá o tênis paraolímpico e servirá de base de treinamento aquático. Com o fim dos Jogos Olímpicos, o local se transformará em quadra poliesportiva, com tênis e futebol de salão.

Já o velódromo terá 6 mil lugares removidos e servirá como um complexo ciclístico, inclusive com circuito de mountain bike. Houve também uma preocupação de que a obra fosse sustentável. No caso do VeloPark, os restos de madeira da construção se transformarão em um barco de 30 pés. Chamado de Projeto Barco, faz parte de uma série de iniciativas idealizadas por 12 comissões artísticas espalhadas pela Grã-Bretanha com foco na Olimpíada de 2012.”

(Agência Estado)

Cid antecipa ato de inauguração do Hospital do Cariri

O governador Cid Gomes (PSB) decidiu antecipar o ato de inauguração do Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, que estava previsto para o próximo dia 9. Segundo a sua assessoria de imprensa, ocorrerá agora no próximo dia 8, a partir das 19 horas.

A mudança da data ocorre porque no dia 9 o governador comandará o pregão presencial do edital de recuperação do canal do rio Granjeiro, da cidade do Crato, a partir das 9 horas.

Esse pregão envolverá o total de R$ 2,4 milhões para esse projeto de um total de R$ 4 milhões previstos para ações também em termos de infra-estrutura em pontos do município, como o Centro, destruidos pelas chuvas.

Nos 100 primeiros dias de Dilma, movimentos sociais reclamam da política econômica

117 1

“Meses depois da intensa mobilização eleitoral dos movimentos sociais e sindicais para levar Dilma Rousseff ao Planalto, as entidades expressam desgosto com os primeiros cem dias de mandato da presidente e decidiram unir esforços para organizar manifestações, greves e invasões de terra, num movimento já batizado de “guerra contra a agenda regressiva” do terceiro mandato petista.

A ordem é ampliar a tradicional jornada de lutas dos grupos de esquerda, que ganha neste ano o inusitado reforço das centrais de trabalhadores Força Sindical e UGT.

O manifesto do grupo será lançado no próximo dia 26 e terá como bandeira principal a crítica à política econômica da presidente. Por enquanto, as principais queixas são o corte de R$ 50 bilhões do Orçamento e a falta de negociação e aumento real do salário mínimo de 2011.

O principal articulador da “resistência” é a CMS (Coordenação dos Movimentos Sociais), formada, entre outros, pela CUT (Central Única dos Trabalhadores), o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) e a UNE (União Nacional dos Estudantes). Em resolução aprovada no fim de fevereiro, o grupo fez alusão ao estelionato eleitoral:

“As ações implantadas nesse início de mandato pela equipe econômica, sob justificativas do controle da inflação e das contas públicas, seguem num caminho diferente do apontado pelas urnas e reproduzem a pauta imposta pelos interesses do setor financeiro”.

“O governo vai nos procurar”, disse Artur Henriques.”

(O Globo)

Negócios no ar e na terra

Disraeli agraciado por Eduardo Campos.

O empresário cearense Disraeli Ponte, controlador da Easy Taxi Aéreo, está ampliando seus negócios agora como franqueado da Localiza Rent a Car no Estado.

Depois de filiais em Juazeiro do Norte e Sobral, implantará ponto em Tianguá. Ele diz que segue determinação da direção nacional do grupo, que se baseou em pesquisa a partir do uso do cartão de crédito naquela banda do Ceará.

Em termos de operações  aéreas, Disraeli opera também em Pernambuco onde, ano passado, chegou a ser homenageado pelo governador Eduardo Campos. Ele liberou uma de suas aeronaves para ajudar no socorro aos atingidos pelas chuvas naquele Estado.

Os 100 primeiros dias de Dilma – Só de solução de pepinos deixados por Lula?

77 2

Os 100 primeiros dias da gestão Lula na avaliação dos jornalistas Gerson Camarotti e Diana Fernandes, no O Globo:

“O capital político ainda intacto, a folgada maioria parlamentar e um estilo firme na condução da máquina deram a presidente Dilma Rousseff, nesses primeiros cem dias a serem completados no próximo domingo, a segurança para tentar fazer um governo diferente, com marca própria. Mas não muito diferente.

Repetiu vícios de seus antecessores ao nomear políticos para cargos técnicos e passou por cima de promessas feitas na campanha eleitoral, como a de que não faria um ajuste fiscal.

Por outro lado, surpreendeu por conseguir aliviar as tensões políticas e ampliar a base de apoio no Congresso, ao mesmo tempo em que enfrentou e desmontou lobbies de parlamentares e sindicalistas, como o do salário mínimo maior.

Na economia, há a avaliação positiva de que a presidente deu provas de que se concentra em reduzir gastos públicos e conter a inflação, fazendo um corte forte no Orçamento, de R$ 50 bilhões.

Na política externa, fez gestos e ações que indicam correção de rumo, especialmente no que diz respeito aos direitos humanos e ao Irã, aproximando-se mais dos Estados Unidos. No campo social, ainda não lançou seu grandioso programa de erradicação da miséria mas promoveu medidas setoriais.

O comportamento discreto e o perfil técnico respaldam o discurso da oposição no início de governo, que tem sido favorável, com poucas ressalvas. Sinais visíveis desta distensão foram os dois encontros que teve com o ex-presidente Fernando Henrique, um deles no almoço para o presidente americano, Barack Obama.

– Na campanha, ela não disse que faria concessão nos aeroportos, não queria levar o carimbo de privatista. Também negou ajuste fiscal. Agora, o corte atinge até concursos públicos, medida que era atribuída, na campanha eleitoral, ao tucano José Serra. O discurso de campanha é bem diferente do exercício de governo – diz o cientista político David Fleischer, da UnB.

– Nesses primeiros cem dias, Dilma leva vantagem em relação aos antecessores. Fazer uma comparação com o início do governo Lula é desleal. A situação econômica agora é muito mais tranquila. Além disso, Dilma tem uma base governista bem mais ampla, contra uma oposição menor e desorganizada. O grande desafio será lidar com os aliados, inclusive PT e PMDB.

(O Globo)

Inácio é relator do projeto que cria seis novas Varas do Trabalho para o Ceará

76 3

O senador Inácio Arruda (PCdoB) foi designado relator, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, do projeto que cria mais seis Varas do Trabalho para o Ceará. A matéria já foi aprovada na Câmara dos Deputados e prevê quatro Varas para Fortaleza e duas para o Interior.

Na última semana, o Conselho Superior de Justiça do Trabalho aprovou mais 11 Varas para o Estado, cabendo ao Tribunal Superior do Trabalho elaborar mensagem nesse sentido e enviar para o Congresso.

Nessa articulação, o presidente do TRT-7ª Região, desembargador federal Cláudio Pires.

A criação de novas Varas do trabalho significará concurso público para juízes e servidores.

Sest/Senat fecha 2010 em alta

111 1

O presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (Cepimar), Davi Oliveira, comemora: o Sest/Senat, sistema social e de capacitação ligado à entidade, fechou 2010 em alta.

Segundo Davi, o Sest-Senat treinou 1.619 alunos em 15 cursos de vários setores ligados à área do transporte, registrando um crescimento superior a 10% no atendimento, se comparado a 2009.
Até noções de perícia de trânsito constou entre os cursos.

O Sistema Sest-Senat também realizou ano passado uma série de eventos voltados para a prevenção, entre motoristas, das doenças sexualmente transmissíveis.

Mensalão – Líder do Governo não vê novidades no relatório da PF

75 1

“O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que não há nenhuma novidade no relatório final da Polícia Federal sobre o mensalão, que diz que houve uso de dinheiro público para abastecer um esquema fraudulento e que até a segurança do ex-presidente Lula foi paga com recursos do valerioduto. “O que houve foi um erro que já pagaram: foi o caixa dois de campanha eleitoral”, disse Vaccarezza ao Congresso em Foco, na tarde deste sábado (2), ao comentar reportagem da revista Época. “Não houve corrupção. Não digo que isso é correto, mas tem que ser julgado como caixa dois.”

O líder petista disse que a CPI dos Correios, em 2005, já havia identificado que o segurança de Lula Freud Godoy havia recebido dinheiro do empresário Marcos Valério para pagar despesas da campanha eleitoral de 2002 e do governo de transição. “Isso são notícias velhas”, afirmou ele, por telefone.

Porém, Vaccarezza negou que houvesse uso de dinheiro público no esquema.  Em dezembro do ano passado, quando ele estava prestes a deixar a Presidência, Lula disse que o mensalão era “uma farsa”. “Ele quis dizer que não tinha dinheiro público, que não tinha corrupção, uma ação sistemática”, afirmou Vaccarezza ao site.

Envolvimento direto

O líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP), entendeu o relatório final como uma confirmação do envolvimento dos petistas com o mensalão. “Isso só ratifica a existência do mensalão e o envolvimento direto dos petistas”, atacou o tucano, em encontro de governadores em Belo Horizonte.

“O PT tem que apresentar suas declarações, suas explicações”, disse ele ao Congresso em Foco.

O presidente do PPS, deputado Roberto Freire (SP), anunciou neste sábado que o partido estuda fazer uma representação no Ministério Público para abrir uma nova ação penal com as novas informações do relatório da PF, citadas pela revista Época. Entre os “alimentadores” e beneficiários do valerioduto, aparecerem o banqueiro Daniel Dantas, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR) e o ministro do Desenvolvimento Fernando Pimentel.

“O país tem o direito de saber tudo sobre esse escândalo e também quer ver punidos aqueles que estiveram envolvidos nele”, afirmou Freira, em comunicado à imprensa. Na semana que vem, orientado por seus advogados, o PPS decide se vai ou não ao Ministério Público, solicitar que uma nova denúncia seja oferecida ao Supremo Tribunal Federal.

Previdência

Em 2006, então procurador geral da República Antônio Fernando de Souza denunciou 40 pessoas, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, por envolvimento em uma “organização criminosa”. Ele sustentou perante o Supremo Tribunal Federal (STF) que deputados receberam dinheiro do valerioduto para votarem com o Palácio do Planalto na reforma da Previdência, em 2003. Parte dos valores, porém, serviu para bancar despesas particulares e fazer acertos de campanha eleitoral.”

*Quer mais? Clique:

Valerioduto usou dinheiro público e pagou segurança de Lula em 2002

Propina ou caixa dois?

Tudo sobre o mensalão

Associação 64/68 Anistia e Instituto Frei Tito visitarão o "Lula" de São Gonçalo

114 6

Membros da Associação 64/68 Anistia e o Instituto Frei Tito de Alencar visitarão, neste domingo, o operário Antonio Manoel Lopes, que está preso na cadeia da Unidade de Segurança Integrada (USI) de São Gonçalo do Amarante desde 21 de março. Antonio Manoel foi indiciado por ser apontado como um dos líderes do incêndio registrado no alojamento dos trabalhadores da empresa Enesa Engenharia, responsável pelo canteiro de obras da Termelétrica Energia Pecém (UTE-Pecém). O incêndio ocorreu no dia 15 do mês passado. Houve perdas materiais.

O grupo se deslocará às 8 horas da praça do Liceu do Ceará, segundo informa para o Blog o membro da Comissão Nacional de Anistia, do Ministério da Justiça, Mário Albuquerque. O objetivo é conferir as condições de Antonio Manoel e se inteirar melhor da acusação que pesa sobre o operário.

O trabalhador ficou conhecido como “Lula” pelos companheiros, em função da liderança que exerceu na paralisação dos cerca de 3 mil funcionários da UTE-Pecém há duas semanas. O delegado Cleófilo Rodrigues Aragão – que pediu a prisão de “Lula” -, informou ao O POVO que o inquérito já foi entregue à Justiça. Além de ter sido indiciado por suposta participação no incêndio, ele poderá responder por formação de quadrilha e por suspensão ou abandono coletivo de trabalho.

Segundo Aragão “dois ônibus que transportavam os funcionários já coagidos pelos motoristas, foram para o alojamento, que fica distante do canteiro de obras. Lá, tomaram as chaves dos ônibus e depois atearam fogo nos alojamentos. O Antonio seria uma das pessoas envolvidas. Teria ajudado a incendiar os alojamentos e devolvido a chave dos ônibus a um funcionário da empresa”. O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplanagem em Geral no Estado do Ceará (Sintepav-CE) pôs o advogado Kenedy Ferreira para cuidar do caso. O responsável por decretar a prisão preventiva de Antonio Lopes foi o juiz titular do fórum de São Gonçalo do Amarante, Fábio Medeiros Falcão. 

“LULA DE SÃO GONÇALO” 

Lula é natural de São Luiz (MA) e está há cerca de dois meses no Ceará. Morava no alojamento que foi incendiado. “Foi apenas uma denúncia. Não tem uma testemunha de que foi ele que ateou fogo. Consta no inquérito que foi preso em flagrante, mas foi preso sete dias depois do incêndio”, defendeu o presidente do Sintepav, Raimundo Nonato Gomes.

Relatório da PF diz que houve Mensalão

“Relatório final da Polícia Federal sobre o escândalo do mensalão confirma que existiu o esquema de desvio de dinheiro público e uso para a compra de apoio político no Congresso. Com 332 páginas, o documento foi produzido por ordem de Joaquim Barbosa, o ministro que relata o julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal.

A PF entregou o relatório a Barbosa no final de fevereiro. O ministro já repassou o documento à Procuradoria Geral da República. O documento da PF é a mais importante peça produzida pelo governo federal sobre o mensalão. Mais rumoroso escândalo dos dois mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ele foi revelado pela Folha em 2005.

O relatório é um balde de água fria nos políticos e partidos que se esforçam para esvaziar a denúncia feita pela PGR em 2006 e acolhida pelo STF. O próprio ex-presidente Lula havia dito, ao deixar o Planalto, que iria provar que o mensalão “foi uma farsa”.

O julgamento no STF deve ocorrer no ano que vem. São 38 réus, entre eles o ex-ministro José Dirceu. O relatório da PF confirma que houve o esquema de corrupção. Diz que agências e outros negócios do publicitário Marcos Valério desviavam verba pública por meio de contratos superfaturados ou fictícios. O dinheiro ia parar na conta de políticos de cinco partidos, num reparte que era organizado pela cúpula do PT.

O dinheiro, segundo confirma a PF, era destinado ao financiamento de campanhas eleitorais ou ao uso pessoal desses políticos. A Folha procurou neste sábado a Polícia Federal, a Procuradoria Geral da República, o ministro Joaquim Barbosa e o Ministério da Justiça. Eles não quiseram fazer comentários a respeito do conteúdo do relatório da PF.”

(Folha.com)

Berzoini estará em Fortaleza no próximo dia 11

103 3

O ex-presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, deputado federal Ricardo Berzoini (SP), estará em Fortaleza no próximo dia 11. Será um dos convidados da festa de inauguração do Jardim Japonês, obra da administração petista de Luizianne Lins fincada na avenida Beira Mar como uma homenagem ao centenário da migração japonesa no Brasil, que foi em 2008.

Ricardo Berzoini ainda cumprirá programação partidária com o deputado federal José Nobre Guimarães, em local a ser definido.

Bom lembrar: Berzoini trabalhou contra a primeira candidatura de Luizainne Lins para a prefeitura de Fortaleza. Na época, queria o hoje senador Inácio Arruda (PCdoB).

Aécio Neves – PT quer "País a serviço do partido"

57 1

“O senador Aécio Neves (PSDB-MG) criticou fortemente na manhã deste sábado a criação do Ministério da Micro e Pequena Empresa pela presidente Dilma Rousseff. Ele disse que a decisão mostra a diferença de “concepção” que PT e PSDB têm do Estado.

“Hoje mesmo os jornais ilustram de forma clara aquilo que tenho dito permanentemente. O PT tem uma visão diferente da nossa. Nós achamos que um partido político tem de estar a serviço de um país. O PT acha que o país tem de estar a serviço de um partido político”, afirmou. Ele chamou a criação da pasta de “escárnio com a população brasileira”.

“Essa notícia de que a presidente da República criará mais um ministério para acomodar um dirigente partidário que não foi eleito, não teve votos para o Senado da República, é um escárnio com a população brasileira.” Ele afirmou que “as micro e pequenas empresas precisam de apoio, mas não de mais uma estrutura burocrática”.”

(Folha.com)

Um Blog que valoriza o pop rock nacional

109 1

Eis aí o grande Renato Russo, compositor magistral que fez história com o “Legião Urbana”. Ele é um dos destaque na lista de músicas do rock nacional elaborada por nosso querido Vinícius França, em seu Blog. Isso mostra que Renato, que nos deixou, continua mais atualizado do que nunca. Na lista do Vini, ainda: Capital Inicial, Skank, Strike, Paralamas do Sucesso e outros.

Pois é, o Vini, do alto dos seus 13 anos, tem gosto bem legal.

Ah, o Blog dele é www.viniblues.blogspot.com

Já o link da playlist é http://viniblues.blogspot.com/2011/03/playlist-poprock-nacional.html

Dilma protela nomeação e Cid segue mesmo roteiro

107 2

O que o governador Cid Gomes (PSB) e a presidente Dilma Rousseff (PT) têm em comum em se tratando de nomeações? Bem, três meses já se passaram e Dilma não conseguiu ainda um titular para a Secretaria Nacional de Aviação. Em discurso de posse, ela até avaliou ser fundamental “melhorar e ampliar nossos aeroportos para a Copa e a Olimpíada. Mas é mais que necessário melhorá-los já”. Nada saiu até agora.

Já Cid Gomes vem, nesse mesmo tempo, empurrando a decisão sobre quem assumirá duas funções importantes para o futuro econômico do Estado: quem comandará a Agência de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Adece) e quem vai tocar a Zona de Processamento das Exportações (ZPE).

Cid até disse não ter pressa e tudo vai ficando na mão de interinos.

Ou seja, na mesma situação em que se encontra uma pasta importante e que, nas últimas administrações, ganhou dimensão: a Cultura.

Metrô do Cariri terá nona estação

Uma das estações do Metrô do Cariri.

Está marcada para esta segunda-feira, às 15 horas, na Procuradoria Geral do Estado (PGE), em Fortaleza, a licitação dos serviços de engenharia para a construção da estrutura da nona estação de embarque e desembarque do Metrô do Cariri. Trata-se de um VLT – Veículo Leve sobre Trilhos, que liga Juazeiro do Norte ao Crato ao longo de 13,6 quilômetros. A Comissão Especial de Licitação vai receber os documentos de habilitação e as propostas comerciais das empresas candidatas.

Pelo edital, que está disponível no site da PGE, o valor de referência para a obra é R$ 497.440,92. Será declarada vencedora a empresa que apresentar a proposta de menor preço global entre as classificadas. Pelo documento, a vencedora terá 120 dias, contados a partir do quinto dia útil da emissão da ordem de serviço, para concluir o serviço.

A estação ficará localizada em frente à nova escola profissionalizante que está sendo construída pelo Governo do Estado em Juazeiro do Norte. A estrutura será tipo tubular, semelhante às oito estações já existentes: Juazeiro, Teatro, Crato, Fátima, São Pedro, São José, Muriti e Padre Cícero.

(Com Seinfra)

DETALHE – Com essa nova estação, a expectativa é de que o fluxo de passageiros aumente.

Xuxa e o fim de uma novela

“Acaba de chegar ao fim uma investigação criminal requerida por Xuxa Meneghel — com final feliz para a apresentadora. O inquérito conduzido pela Delegacia de Combate aos Crimes de Informática do Rio de Janeiro conseguiu identificar o autor e propagador de mensagens eletrônicas contendo textos e imagens pornográficas.

Todos tinham Xuxa como protagonista. Havia até uma videomontagem pornô.

O criminoso é um jovem morador de Piracicaba (SP). Ousado, ele enviou os e-mails até para a Fundação Xuxa.”

(Veja Online – Radar)

Cine Ceará terá mostra paralela em Juazeiro do Norte

O XXI Cine Ceará ocorrerá de 8 a 15 de junho próximo não mais no Cine São Luiz, que passa por reforma, mas no Theatro José de Alencar. Confirma o coordenador do evento, Wolney Oliveira, explicando que o Cine São Luiz vive momento de obras, pois abrigará organismos estaduais como a Secretaria da Cultura. 

Wolney aproveitou para infomrar que o Cine Ceará 2011 terá uma novidade: vai contar com mostra paralela no Interior do Estado.

“Nós teremos um festival em Juazeiro do Norte, no Memorial Padre Cícero, com filmes sobre o religioso. Esse festival integra a programação do centenário de Juazeiro do Norte”, adiantou o cineasta, destacando o apoio do prefeito juazeirense Manuel Santana.

(Foto – Paulo MOska)