Blog do Eliomar

Últimos posts

Por que Lula não foi ao jantar que Dilma ofereceu a Obama?

105 14

Com o título “Lula, o presidente em busca de um país”, eis análise que o jornalista Reinaldo Azevedo (Veja Online) faz sobre o não comparecimento de Lula a jantar que Dilma ofereceu a Obama com a presença de ex-presidentes como FHC. Confira:

Por que, afinal de contas, Lula não foi ao almoço com Barack Obama? A sua turma vazou para a imprensa que ele não queria ofuscar Dilma Rousseff. Huuummm… Naquele ambiente, ele ficasse tranqüilo: não havia a menor chance. E por várias razões: o oficialismo ama o poder e a caneta. Por mais “charmoso” e “atraente” que Lula seja, a estrela brasileira do encontro seria a presidente Dilma Rousseff, e o grande astro do evento, Barack Obama.

Estaria o Apedeuta bravo com Dilma a ponto de não comparecer? Seria contragimento por não falar inglês? Bobagem! Isso faria supor que Lula pode, em certos casos, duvidar de si mesmo, o que não é de sua natureza.

Ele não foi em razão de uma soma de motivações psicológicas e políticas.  Lula tem uma personalidade vingativa. Sempre foi assim. Ele resgatou alguns dinossauros da política e lhes deu vida nova; eram seus adversários no passado. Os casos mais notórios são José Sarney e Fernando Collor. Se fez amigos os inimigos, esmagou alguns aliados. Aqueles aceitaram se submeter à sua liderança; estes, em algum momento, ousaram resistir. Ele não engole até hoje a rejeição de Obama ao acordo nuclear com o Irã e não perdoa ao outro ser, afinal de contas, quem é: o líder mais poderoso do mundo (a despeito de sua ruindade). Se Lula pudesse, esmagaria o presidente americano. Como não pode, dá uma de malcriado.

Há mais. Ele foi convidado para uma festa na qual seria mero coadjuvante, tendo de dividir a cena com seus parceiros de nicho: os ex-presidentes. A história de que ele temia ofuscar Dilma tem de ser lida pelo avesso: porque sabia que esse risco, ali, não existia,  preferiu ficar em casa, roendo os cotovelos. E nem acho que tenha sido movido pela inveja. A exemplo do que se notou nos últimos dois meses de governo, quando passou a falar alucinadamente, está certo que lhe tomaram algo de seu.

O Lula real, como já disse aqui algumas vezes, deve mesmo acreditar que é o Lula do mito. No evento de ontem, ele seria só mais um. Tal papel não é compatível com a personagem que está na política há mais de 35 anos. FHC acabou sendo uma das figuras de destaque do dia porque sabe ser um ex-presidente. Ao chegar em casa, foi cuidar de outros assuntos. O Apedeuta não, coitado! Ele é hoje um presidente em busca de um país.

Kassab – Novo partido, o PSD, sai em três meses

“Um dia após anunciar sua saída do Democratas, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, afirmou ontem que seu novo partido, o PSD (Partido Social Democrático), será efetivamente criado dentro de dois ou três meses. Até lá, continuará filiado ao DEM, em uma condição “híbrida”.

“Teremos de dois a três meses de convivência com uma situação híbrida, de filiado ao partido anterior, mas caminhando para o partido futuro. Mas já estou me desligando dos cargos de direção no DEM”, disse ele.

O prefeito criticou seu atual partido por ter tido uma posição “errática” nos últimos anos. “O DEM teve uma postura de ser contra o governo qualquer que fosse a sua postura. E temos que entender que o Brasil é muito maior do que PT, PSDB, do que qualquer outro partido”.

(Portal Uol)

Obama no Brasil – Ponto alto deve ser discurso no Teatro Municipal

59 1

“Por volta das 20h20m de sábado o presidente Barack Obama e sua família pousaram no Rio de Janeiro. Da Base Aérea do Galeão, seguiram de helicóptero – o tradicional “Marine One” – para o campo do Flamengo, na Gávea, de onde foram de carro ao hotel Marriott, na Avenida Atlântica, em Copacabana, onde passariam a noite.

Ele foi recebido, cinco minutos depois do pouso, na pista da base área pelo governador Sérgio Cabral e a esposa e pelo prefeito Eduardo Paes, esposa e filhos. No caminho entre o avião presidencial americano e o helicóptero, o prefeito Eduardo Paes quebrou o protocolo para gravar um vídeo de Obama.

Bem humorado, Obama seguido da esposa, filhas, sogra e da madrinha de uma de suas filhas, conversou por alguns minutos com Cabral e Paes enquanto caminhava em direção ao helicóptero.

O bom humor também era visível em toda a família. Michelle estava usando a quarta roupa do dia. Suas filhas, que pela manhã pousaram em Brasília usando casacos, desceram no Rio com roupas de verão, como bermudas e blusas leves.”

(O Globo)

"Alex Gardenal " e "Fabinho da Pavuna" devem ser transferidos para presídio federal até 3ª feira

“Fabinho da Pavuna” quando chegava ao Ceará.

A Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que são remotas as possibilidade de que Alexandre de Souza Ribeiro, o “Alex Gardenal”, e o comparsa Francisco Fabiano da Silva Aquino, o “Fabinho da Pavuna”, presos na noite da ultima quinta-feira, no Maranhão, fiquem em algum presídio da Grande Fortaleza. Se não houver contratempo, conforme o Coin, os dois deverão ser transferidos na próxima terça-feira,22, de Fortaleza para o presídio federal. Lá já esteve recolhido Fabinho da Pavuna.

Dos 10 presos resgatados do IPPOO II no dia 5 de fevereiro último, quatro já foram recapturados: Além de Alex Gardenal e Fabinho da Pavuna foram presos em São Paulo, Francisco das Chagas Rodrigues, o ‘’Zico” (estuprador) e Edson Barboda Andrade da Silva, o “Bocão”´ (assaltante).

A Polícia cearense apurou que o resgate dos presos do IPPOO II foi comandado por um membro do Primeiro Comando da Capital (PCC), uma facção criminosa paulistas.

Dois outros homens acusados de participar do resgate foram presos em Pernambuco. Um outro Eduardo Riedel Batista é de Fortaleza e está foragido, segundo disse ao O POVO, o delegado de Itaitinga, Sidney Furtado, que já tomou o depoimento de mais de 30 pessoas sobre o resgate dos presos.

A Polícia informou que foi Fabinho da Pavuna quem organizou o resgate. Na época ele estava foragido do Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS). Pavuna foi resgatado de uma viatura da Polícia Militar, quando era transportado para depor no Fórum da Comarca de Maracanaú. O comparsa Alex Gardenal, segundo a Polícia, planejou o resgate. Ele foi baleado por policiais civis ao reagir à prisão na BR-116. Depois de receber alta médica do IJF, foi levado para o IPPOO II de onde acabou sendo resgatado.

(Com POVO Online – Foto- Rafael Cavalcante)

Sistema Nacional de Transportes na mira do STF e Polícia Federal

Com o título ‘Desvio de R$ 50 milhões”, eis um dos destaques da revista IstoÉ desta semana. Trata de denúncias envolvendo o senador mineiro Clésio Andrade, presidente do Sistema Nacional de Transportes (SNT).

Nos próximos dias, o Supremo Tribunal Federal (STF) começará a analisar denúncias recebidas do Ministério Público de Minas Gerais, da Procuradoria da República e da Polícia Federal que envolvem o senador Clésio de Andrade (PR-MG) no desvio de aproximadamente R$ 50 milhões do Sistema Nacional de Transporte (SNT). O Sistema é comandado pelo senador há mais de dez anos e engloba a Confederação Nacional dos Transportes (CNT), o Serviço Social do Transporte (Sest), o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e o Instituto de Desenvolvimento, Assistência Técnica e Qualidade em Transportes (Idaq), que recebem contribuições sindicais de todo o País para a realização de cursos e outras ações em benefício dos trabalhadores do setor. Os promotores e procuradores que apuram o caso afirmam que o rastreamento do dinheiro do Sistema Nacional de Transporte indica que o senador cometeu os crimes de improbidade administrativa, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. Na última semana, ISTOÉ teve acesso a mais de 800 páginas dos processos que correm em segredo de Justiça. Os documentos revelam, de acordo com os promotores, uma intrincada engenharia contábil que teria sido montada pelo senador. A maior parte do dinheiro desviado, segundo parecer do Ministério Público de Minas, foi enviada do Idaq, do Sest e do Senat para o Instituto João Alfredo Andrade (Ijaa), uma entidade privada que tem entre seus sócios, o próprio Clésio de Andrade, seu pai e a irmã, Cléia.

Uma das ações avaliadas pelo STF tem origem na 33a Vara Cível de Belo Horizonte. Seu relatório final tem 18 páginas e é assinado por sete promotores do núcleo de Defesa do Patrimônio Público. Depois de fazer um rastreamento bancário envolvendo uma dezena de pessoas físicas e jurídicas, os promotores constataram que entre janeiro de 2003 e agosto de 2004, o Idaq recebeu R$ 46 milhões provenientes de arrecadação feita junto aos sindicatos do setor. “Desse dinheiro, R$ 31 milhões foram sacados na boca do caixa, sem que houvesse descrição da destinação dada ao dinheiro”, diz o promotor Eduardo Nepomuceno de Souza. “Não se tem notícia de cursos, campanhas ou outras ações promovidas pelo Idaq naquele período”, completa Souza. Um relatório sigiloso do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), do Ministério da Fazenda, datado de 3 de junho de 2004, ao qual ISTOÉ teve acesso, registra que uma empresa chamada Veículos Industriais do Brasil S.A., recebeu R$ 3,7 milhões do Idaq em uma conta do Unibanco em São Paulo. A investigação feita sobre essa empresa revela como o senador usa pessoas físicas e jurídicas para que o dinheiro do Sistema Nacional de Transporte acabe em suas mãos.

Registro realizado na Junta Comercial de Minas Gerais, já em poder da Polícia Federal, mostra que a Veículos Industriais do Brasil foi fundada em 1994 e tinha como sócios o senador Clésio de Andrade e Ronaldo Antônio Costa. Os promotores confirmaram a existência da sociedade com a declaração de renda prestada à Receita Federal pelo próprio Costa. Segundo os procuradores da República, os documentos também mostraram que a movimentação bancária do sócio do senador seria incompatível com sua declaração de renda. “Informamos que há movimentação de recursos incompatíveis com o patrimônio, a atividade econômica ou a ocupação profissional e a capacidade financeira presumida do cliente”, registra o relatório do Coaf. “São contas que não demonstram ser resultado de atividades ou negócios normais.” No mesmo documento, os auditores informam que os R$ 3,7 milhões repassados à Veículos Industriais do Brasil seriam usados para a compra de um avião.

Camilo Santana – O "Plano B" de Cid Gomes?

61 1

Já é mais do que perceptível a ação de marketing que está sendo feita em torno do nome de Camilo Santana, secretário estadual da Cidades. Tanto que ele é cogitado para disputar a Prefeitura em 2012 ou, em segunda opção, o Governo do Estado em 2014.

Conversando recentemente com Camilo Santana, este Blog ouviu dele uma frase que pode ser bem surrada na política, mas dá a sinalização do que pensa o secretário sobre esse quadro:

“Olha, eu sou um soldado do partido e vou seguir o que o meu partido decidir”. Mas o petista deixa claro que é amigo do governador Cid Gomes, que preside o PSB estadual.

Câmara Municipal faz pesquisa na Praia do Futuro sobre destino das barracas

O presidente da Câmara Municipal , Acrísio Sena (PT), e o presidente da Comissão de Deenvolvimento Econõmico, Turismo, Emprego e Renda, Gelson Ferraz (PRB), estarão neste domingo, a partir das 9 horas, acompanhando pesquisa a ser feita pelo Instituto Américo Barreira na Praia do Futuro. A pesquisa terá por objetivo ouvir a opinião dos turistas e fortalezenses sobre o que pensam com relação às barracas do local.

Segundo Acrísio Sena, a ação será feita por 20 pesquisadores treinados e que terão a meta de entrevistar 1.900 pessoas . “Hora de ouvir o que tem de bom e de ruim no seviço prestado pelas barracas e o que deveria ser feito com aquela área”, explica o president3 da Cãmara Municipal.

E aí, CUT e entidades populares, cadê os protestos contra o Imperialismo Americano?

93 3

Eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara, que aproveita a primeira visita de Obama ao Brasil para dar boas bordoadas em entidades como a CUT que, no passado, já estaria nas ruas protestando contra o Imperialismo Americano. Confira:

No, they can´t.

Houve tempo em que a presença de um presidente dos Estados Unidos atraía por toda parte centenas de pessoas para manifestações de protesto contra a ação deletéria daquele país sobre a autonomia dos povos.
 
No Brasil, o centro de operação dos protestos estava no movimento estudantil, cujos destacados militantes são agora pessoas de Estado – e não precisa citar outro exemplo: a presidente da república é uma delas.
 
Apesar dos agravantes hoje inexistentes, como o clima radical da Guerra Fria e a ditadura militar, no fundamental, quase nada mudou no modo como a América pensa o seu papel e trata o resto do mundo.
 
Sob o pretexto de combater regimes autoritários, impõe ocupações militares em países que contrariam seus interesses. No Iraque, por exemplo, com alegadas motivações de eliminar armas químicas sabidamente inexistentes.
 
Por outro lado, revela quão retórica é sua defesa dos ideais democráticos ao dar sustentação a ditaduras de longa duração em outros países – pretorados instalados próximos a regiões refratárias à causa imperialista.
 
Comunismo ao chão, o argumento fantasmagórico de combatê-lo perdeu força como motivação para intervenções arbitrárias, enquanto se expandia o circuito das economias liberais, com oportunidades para novos atores.
 
Logo, a América, grande vencedor da Guerra Fria, também perdeu alguns anéis quando o inimigo assinou sua rendição. Passa hoje um processo de adaptação, mas longe de recuar na medida da expectativa internacional.
 
É, contudo, e o será por muito tempo, por sua expressão econômica e afinidades culturais, um parceiro necessário, embora ainda fiel à sua prática de usurpação – o termo é forte apenas para quem desconhece os números.
 
Decepciona que a CUT, antes tão independente, tenha recuado em seu propósito de mobilizar militantes para uma manifestação pública de desagravo à política externa dos EUA durante a visita de Barack Obama.
 
Grave é que o recuo tenha se decidido sob pressão daquela mesma geração que, agora aboletada no poder, quer recepcionar Obama com uma aparência de uniformidade estranha à paisagem pública dos países democráticos.
 
Nem precisaria evidenciar que ao governo brasileiro cabe receber chefes de Estado com cordial dignidade, ainda mais a um parceiro tradicional e num momento de aproximação necessária aos interesses comuns. Ponto.
 
Mas é perverso, danoso à democracia, o peleguismo explícito de uma central sindical que se atrela às razões do Estado, silenciando um sentimento cuja expressão é necessária e, mesmo que não o fosse, ainda assim legítimo.
 
Quem diria que o governo de Lula, um sindicalista que entrou para a história como líder de uma vigorosa reação ao peleguismo, tenha deixado como legado ao país um sindicalismo não muito diferente do que encontrou.  
 
A crença de que possa haver um “peleguismo do bem” é prima legítima daquela outra, de que “o fim justifica os meios” – ambas sacramentadas na pia batismal da tirania, de cuja água, turva, um democrata vacinado não bebe.
 
* Ricardo Alcântara,
 
Publicitário e poeta.
 
(Foto Portal Uol)

"Lei do Paredão" em vigor a partir da próxima semana. Vai ajudar a fiscalizar?

220 1

“A chamada “Lei dos Paredões”, que proíbe o uso de aparelhos de som automotivo de alta capacidade em Fortaleza, foi incluída na edição do Diário Oficial do Município do dia 17 de março. No entanto, a circulação da edição datada da última quinta-feira deve ocorrer só na próxima terça-feira, 22. Assim, a lei, aprovada pela Câmara Municipal no fim de fevereiro, finalmente entrará em vigor. As informações são do vereador Guilherme Sampaio (PT), autor da lei.

Na quarta-feira, o parlamentar tem reunião marcada com o secretário do Meio Ambiente do Município, Deodato Ramalho, que ficará responsável por coordenar a fiscalização da lei no âmbito da Prefeitura. Eles discutirão a regulamentação da lei. Além disso, haverá novas reuniões com os órgãos de fiscalização e também com a Polícia, para afinar os procedimentos relativos, por exemplo, à apreensão de equipamentos usados irregularmente.

Ontem, Guilherme participou de encontro com vereadores de todo o Estado, promovido pela União dos Vereadores do Ceará (UVC), para fazer exposição sobre seu projeto. Em Palmácia, já foi aprovada lei de teor semelhante. Vários outros parlamentares demonstraram intenção de levar a lei para seus municípios. Já há propostas de leis similares no âmbito estadual e federal.”

(O POVO)

Comerciante de Sobral é preso em São Paulo por esquema milionário de cargas roubadas

Um comerciante de Sobral (Zona Norte do Ceará), de 40 anos de idade, foi preso nesta sexta-feira, em São Paulo, acusado de desenvolver um esquema milionário de interceptação de cargas roubadas.

Segundo a Polícia paulista, o cearense encontrava receptadores para cargas roubadas, principalmente de materiais esportivos. De acordo ainda com a Polícia, no momento da prisão, o acusado negociava com um homem de 63 anos de idade uma carga de materiais esportivos e sanduicheiras.

A Polícia procurava prender o comerciante desde o ano passado, quando a cada 10 dias ele saia de Sobral a São Paulo, para negociar os produtos roubados. Dois depósitos foram estourados e a Polícia recuperou a carga tomada de assalto em Campo Limpo Paulista e Louveira, nos meses de agosto e dezembro do ano  passado.

(Este Blog com agências)

A lição que vem do povo japonês

76 2

Eis artigo do professor Antonio Mourão Cavalcante que foi publicado no O POVO deste sábado e em seu Blog (POVO Online). Mourão nos leva a uma reflexãosobre as dificuldades enfrentadas no momentopelo povo japonês. Confira:

A catástrofe que se abate sobre o povo japonês tem sensibilizado o mundo inteiro. De todos os cantos, um olhar de preocupação e medo. Uma sensação amarga e tétrica de fim do mundo. A um observador mais atento, chama atenção a maneira serena e solidária como aquele povo consegue enfrentar adversidades tão cruentas. Não se tem registrado cenas de pânico ou desespero.

O jornalista Philippe Mesmer, do Le Monde, radicado a muitos anos no Japão, conversou, num chat, com leitores franceses. Uma das perguntas insistentes foi: como o povo japonês consegue mostrar tanta coesão? Isso é fruto de treinamento? Preparação para enfrentar adversidades?

A resposta convida a uma grande reflexão: “Eu penso que eles reagem dessa forma por causa da educação. Desde pequenos, a escola lhes transmite o valor do grupo. Aprendem a fazer coisas juntos, a viver em grupo, a viver em sociedade. Pertencer a um grupo é importante na sociedade japonesa. E eu explico a calma, a ausência de pânico dos japoneses por esta educação que faz com que eles prefiram se mobilizar juntos, suportar juntos do que perturbar o conjunto da sociedade. Eu creio que existe uma forte coesão entre os japoneses.(…) E, até agora eu ainda não ouvi falar de movimento de pânico.”

Não desejo fazer comparações. Estas quase sempre são odiosas. Mas, como pauta do livre pensar, bem que poderíamos trazer o caso para a realidade brasileira. Será que – em nossas famílias, comunidades e sociedade – estamos construindo, com os nossos jovens, a busca de um “viver juntos”? Partilhamos sentimentos, sonhos, decepções e vitórias? Ou estimulamos a competição? O “levar vantagem em tudo”. O salve-se quem puder. O importante é ganhar?

No Japão, o povo soube construir uma nação, edificar um progresso fabuloso, onde tudo parecia extremamente adverso. E, agora, nessas horas de dor e mobilização, eles sabem enfrentar juntos e fazer da solidariedade sua força maior. Lembrei-me da música de Antonio Carlos Jobim (Wave): ”É impossível ser feliz sozinho!”

* Antonio Mourão Cavalcante – Médico, antropólogo e professor universitário.

a_mourao@hotmail.com

Cid Gomes lançará "São José III" em Sobral

“O Projeto São José, uma iniciativa de combate à pobreza no Interior cearense, com apoio do Banco Mundial, está completando 16 anos. Criado no segundo Governo Tasso Jereissati, chega agora à sua terceira edição, com lançamento em Sobral, neste domingo, pelo governador Cid Gomes. Avaliado pelo banco, o projeto foi apontado como “exitosa e eficaz no combate a desigualdades regionais no Estado”.

O estudo analisou o período de 1992 a 2002 no qual foram investidos R$ 235 milhões, beneficiando 1 milhão 432 mil pessoas com ações como, por exemplo, eletrificação rural, sistemas comunitários de abastecimento de água, mecanização agrícola, habitação rural em assentamentos e projetos produtivos como casa de farinha.

Ao chegar a essa nova edição, conclui-se que, de fato, o Projeto São José, ideia do professor Pedro Sisnando Leite respaldada por decisão política de Tasso, está dando frutos.”

(Coluna Vertical,do O POVO)

DETALHE – Neste sábado, Cid Gomes é um dos convidados do almoço que Dilma oferecerá a Obama.

Obama atrasa em compromisso com Dilma

Com 27 minutos de atraso, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou ao Palácio do Planalto para se reunir com a colega brasileira, Dilma Rousseff, na manhã deste sábado (19). Depois de passar as tropas em revista, ele subiu a rampa – uma honraria reservada a poucos líderes internacionais – e foi recebido na entrada do prédio pela mandatária com um aperto de mão.

Desde as 10h10, Dilma aguardava Obama no 2º andar do Palacio do Planalto. Usando echarpe, salto alto – aparentemente desconfortável – e um vestido vermelho, ela desceu para a entrada às 10h17, ao lado do ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota. Diante deles, uma praça dos Três Poderes completamente vazia – por questão de segurança.

Obama chegou ao escritório do governo acompanhado da mulher, Michelle, e das filhas, Sasha e Malia. Sob forte esquema de segurança, o americano pousou na Base Aérea da capital federal por volta das 7h40 em seu Air Force One – o avião presidencial dos EUA. Em seguida ele se dirigiu para seu hotel, onde descansou por mais de uma hora.

(UOL)

A visita de Obama ao Brasil

Obama desembarcou ao lado da família: a primeira-dama Michelle e as filhas Malia e Sasha. 

“Brasil e Estados Unidos assinaram dez acordos, incluindo as áreas esportiva, energética, aeroespacial e educacional neste sábado (19), pouco antes de o presidente americano, Barack Obama, encontrar-se com sua colega brasileira, Dilma Rousseff. O mandatário chegou a Brasília por volta das 7h30, para uma viagem que inclui Chile e El Salvador.

No Palácio Itamaraty, os ministros Antonio Patriota (Relações Exteriores) e Edison Lobão (Energia) e o presidente da Capes, Jorge Almeida Guimarães, assinaram acordos junto do embaixador americano Thomas Shannon. Dilma e Obama, mais tarde, vão ratificar os acertos entre os dois países.

Um dos acordos cria a  Comissão Brasil-Estados Unidos para Relações Econômicas e Comerciais para promover “a remoção de obstáculos desnecessários ao comércio bilateral e ao investimento”. A padronização de medidas fitossanitárias e visitas mútuas anuais estão entre as políticas acertadas pelos países.

Outro acordo sacramenta a disposição americana de investir na Copa do Mundo de 2014 e nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Os EUA, que desejam receber o evento futebolístico em 2026 e que investem pesadamente em esportes olímpicos, vão junto do Brasil promover parcerias público-privadas e programas de ensino de inglês, entre outras medidas.

Os países assinaram ainda um acordo para facilitar o tráfego aéreo para empresas brasileiras e americanas. O acordo visa reduzir custos operacionais e desburocratizar as viagens, permitindo que aviões sobrevoem o espaço aéreo dos dois países sem obrigação de pousar.

Acertos nas áreas aeroespacial e cooperação técnica na área trabalhista também foram assinados pelos ministros, antes dos presidentes. Os dois países deverão desenvolver programas aeroespaciais conjuntamente, por meio da AEB (Agência Espacial Brasileira) e da Nasa.”

(Portal Uol)

Por uma Ronda contra o barulho. Pelo amor de Deus!

89 6

Recebemos, nesta manhã de sábado, do jornalista Laécio Caporalini o seguinte desabafo contra o Ronda do Quarteirão:

Parece incrível, mas, estando com uma pessoa doente em casa e, em virtude do som altíssimo que vem do Posto Texaco em frente ao Siara Hall, ligo para o Ronda do Quarteirão desde às duas horas.

Agora são três e quinze e sabem o que aconteceu? Nada! E ainda tem político dizendo-se votar pela extinção desta praga alencariana.

Como se não bastassem os buracos, a sujeira, a falta de estrutura, ainda temos que conviver com falta de respeito e policiamento.

Fortaleza Bela? Faz-me rir.

* Laércio Caporalini.

"Alex Gardenal" e "Fabinho da Pavuna" podem fugir de novo. Presídios do Ceará sem estrutura

“A preocupação agora é onde manter em segurança Alexandre de Sousa Ribeiro, o Alex Gardenal, e Francisco Fabiano da Silva Aquino, o Fabinho da Pavuna. Essa é uma inquietação ainda não resolvida pela área da segurança no Ceará. Os presídios no Estado não têm estrutura para comportar pessoas que exigem um esquema de segurança máxima.

A informação foi confirmada pelo titular da Coordenadoria do Sistema Penitenciário (Cosipe), Bento Laurindo. “O Governo trabalha para que o presídio (de segurança máxima) fique pronto”. Laurindo informou que um presídio desse porte deve ser construído no local onde hoje funciona o Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS). A previsão é que o IPPS seja desativado até 2012, mas ainda não há prazo para o funcionamento da nova unidade, com capacidade para 250 detentos.

“Se ficarem aqui, eles fogem”, comentou o delegado Francisco Crisóstomo, diretor do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Secretaria da Segurança do Ceará. Com vários problemas estruturais e ainda com a falta de agentes prisionais, mantê-los no Ceará é um risco. Por enquanto, os criminosos ficarão à disposição da Superintendência da Polícia Civil – onde permanecerão presos, até que seja concluído o inquérito que apura a fuga ocorrida no último dia 5 de fevereiro. Na ocasião, 10 presos escaparam do Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira II. O grande receio é que ocorra uma nova fuga.

Essa foi a terceira vez que Gardenal conseguiu escapar. Pavuna fugiu duas vezes, segundo Laurindo. Na ocasião em que Gardenal e outros nove presos foram resgatados, Pavuna teria participado diretamente da ação.

Bento Laurindo não descartou a possibilidade de fazer pedido ao Ministério da Justiça para enviá-los a uma das quatro penitenciárias federais. A decisão dependerá, segundo ele, de várias esferas, principalmente a nacional.

O coordenador manteve cautela e disse que seria escolhida a unidade que ofereça a melhor segurança. Laurindo preferiu não dar detalhes do esquema de segurança.

Enquanto estiverem na Superintendência, para garantir a segurança, deve ser aumentado o número de policiais Civil e Militar. A Sejus, então, terá um prazo maior para definir onde alocar os detentos. “Como eles são presos muito experientes, é preciso maior cuidado”, admitiu Laurindo.

Laurindo reconhece que a superlotação aumenta o risco de fuga. Como outro fator agravante, o número deficiente de agentes prisionais piora o controle dos presos. “Com certeza facilita (as fugas) e dificulta o trabalho de reinserção social”, pontua.”

(O POVO)

Acidente da Gol – Parentes de vítimas organizam protesto contra Obama

“Parentes das vítimas do acidente com o avião da Gol (voo 1907) programam dois protestos pacíficos, em Brasília e no Rio de Janeiro, neste fim de semana durante a visita do presidente norte-americano, Barack Obama, ao Brasil. De acordo com a representante da Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo 1907, Rosane Gutjahr, na capital fluminense, os manifestantes caminharão, no domingo (20), pela orla de Copacabana, na zona sul, com faixas, camisetas e cartazes pedindo a cassação da licença dos dois pilotos norte-americanos acusados de serem os responsáveis pelo acidente. Também estão marcados protestos para este sãbado (19), em frente ao Palácio do Planalto, na capital federal.

“Sabemos que a punição não vai trazer de volta nossos parentes, mas a gente precisa cobrar uma reparação moral. O Obama, até mesmo em seu discurso de posse, se mostra um defensor dos direitos humanos. Queremos ver isso na prática”, disse Rosane, que mora em Curitiba e não vai acompanhar a manifestação porque tem pânico de avião desde o acidente. O marido dela, Rolf Gutjahr, morreu na tragédia.

O acidente ocorreu em 2006, quando o jato Legacy, pilotado por Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, chocou-se com o boeing da Gol, deixando 154 mortos.

O interrogatório com os dois pilotos está marcado para os dias 30 e 31 de março. Eles serão ouvidos nos Estados Unidos, por videoconferência, na sede da embaixada brasileira em Washington. Aqui no Brasil, o juiz federal Murilo Mendes, responsável pelo caso, e as partes envolvidas ficarão na sede do Departamento de Recuperação de Ativos, no Ministério da Justiça, em Brasília (DF).”

(Agência Brasil)

À mestre com carinho

72 1

A professora e educadora Luiza de Teodoro, que integra o Conselho de Orientação do Ensino Religioso do Ceará e é diretora pedagógica da Faculdade Contemporânea do Ceará, está completando 80 anos.

Por conta disso, ganhará missa de ação de graças na próxima terçã-feira, às 19 horas, na Igeja do Pequenio Grande, ocasião em que haverá também um recital.

Em seu currículo, consta também a Medalha Paulo Freire, da Câmara Municipal de Fortaleza, e a Medalha Educação, da Assembleia Legislativa.