Blog do Eliomar

Últimos posts

Campus de Sobral terá mestrado profissional em Psicologia e Políticas Públicas

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) aprovou o mestrado profissional em Psicologia e Políticas Públicas do Campus da Universidade Federal do Ceará em Sobral.

O curso será o primeiro mestrado profissional do Campus da UFC em Sobral e contará com duas linhas de pesquisa: Clínica, Saúde e Políticas Públicas; e Educação e Políticas Públicas. Tem como objetivo geral formar profissionais em Psicologia e áreas afins para a investigação e a formulação de práticas profissionais, institucionais e políticas públicas situadas na intersecção entre Psicologia, Educação e Saúde.

O corpo docente do mestrado será composto por professores do Curso de Psicologia do Campus de Sobral, do Departamento de Psicologia da UFC, em Fortaleza, e da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). A seleção para a primeira turma ocorrerá em 2019.

Segundo o professor Pablo Pinheiro, coordenador do Mestrado Profissional em Psicologia e Políticas Públicas, o novo programa de pós-graduação “tem enorme potencial para trazer repercussões importantes para as políticas públicas em nível local e regional, a partir do desenvolvimento de novas tecnologias, metodologias e produtos. O corpo docente recebeu a notícia com muita alegria. Estamos prontos para enfrentar os desafios que a criação e o desenvolvimento de uma pós-graduação impõem”, afirmou.

Linhas de pesquisa

Conforme o projeto do curso, a linha de pesquisa em Clínica, Saúde e Políticas Públicas busca investigar o sofrimento psíquico que se manifesta na infância, no trabalho, no consumo de substâncias, no corpo, na institucionalização da loucura, na medicalização da vida e no cuidado familiar de doenças crônicas, de modo a preparar os profissionais de psicologia e áreas correlatas para intervir criticamente no campo das políticas públicas em saúde.

Já a linha de pesquisa em Educação e Políticas Públicas investiga os processos educacionais e sociais referentes às questões dos direitos humanos, da infância e juventude, das desigualdades e das práticas culturais, visando à capacitação profissional e à inovação diante das diversas demandas sociais nas políticas públicas.

(UFC)

Temer não concederá indulto de Natal

284 2

A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto confirmou joje (25) que o presidente Michel Temer decidiu não conceder indulto neste Natal. A extinção de penas é uma das competências privativas da Presidência da República prevista na Constituição Federal. Tradicionalmente, o perdão é dado nas festividades de fim de ano às pessoas condenadas ou submetidas a medidas de segurança.

A decisão do presidente ocorre a pouco menos de um mês da suspensão do julgamento no Supremo Tribunal Federal da validade do Decreto nº 9.246/2017 que concede indulto natalino e comutação de penas e dá outras providências.

O julgamento do indulto foi suspenso por pedidos de vista dos ministros Dias Tofffoli e Lux Fux. Até a interrupção, a maioria dos ministros do STF havia votado a favor da validade do decreto de indulto natalino: Alexandre Moraes, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio, Gilmar Mendes e Celso de Mello.

Votaram contra o indulto os ministros Luís Roberto Barroso, relator do julgamento, e Edson Fachin. Esses ministros se opuseram ao decreto porque a medida se estende a pessoas condenadas que haviam cumprido um quinto da pena – inclusive em casos de corrupção.

(Agência Brasil)

Araripe registra chuva de mais de 100 milímetros

O município de Araraipe, no Sul do Ceará, a 527 quilômetros de Fortaleza, registrou neste domingo (25) uma chuva de 102,4 milímetros, a soma de quase todo o volume dos outros 17 municípios com chuvas hoje.

Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), divulgados nesta tarde, que não apontaram chuva em Fortaleza.

Confira os municípios com maiores volumes de chuva neste domingo: Araripe (102,4 mm), Campos Sales (21 mm), Quixeré (18 mm), Ipueiras (15 mm), Icapuí (15 mm), Tauá (8,6 mm), Quiterianópolis (8 mm), Tambotil (8 mm) e Redenção (7,4 mm).

(Foto: Arquivo)

Bolsonaro diz que terá parceria com Israel para dessalinizar água

O presidente da República eleito, Jair Bolsonaro, disse hoje (25) que fará parcerias com Israel para beneficiar o Nordeste com projetos de dessalinização de água. Por meio de seu perfil no Twitter, Bolsonaro afirmou que o futuro ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, visitará em janeiro instalações de dessalinização, plantações e o escritório de patentes no país do Oriente Médio.

Ainda em janeiro, espera-se que seja implantada no Nordeste brasileiro uma instalação piloto para tirar água salobra de poços, dessalinizar, armazenar e distribuir para a agricultura familiar da região.

“Também estudamos junto ao embaixador de Israel e empresa especializada testar tecnologia que produz água a partir da umidade do ar em escolas e hospitais da região. Poderemos, inclusive, negociar a instalação de fábrica no Nordeste para venda desses equipamentos”, escreveu no Twitter.

(Agência Brasil)

Princípio de rebelião em complexo de delegacias em Fortaleza deixa um preso morto

Cleber Augusto de Oliveira, de 53 anos, foi encontrado morto por policiais dentro de cela no Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro Aeroporto, em Fortaleza. O homem teria sido morto com um objeto contundente durante rebelião realizada pelos presos do local na manhã desta terça-feira, 25. Cleber cumpria pena por estupro de vulnerável.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os detentos tentaram fugir danificando celas, mas não obtiveram êxito. Policiais militares do batalhão de Polícia de Choque foram acionados para conter os homens que participavam da rebelião. Equipes estão no local fazendo o reparo das celas e a situação já foi controlada, segundo o órgão.

Para Cláudio Justa, presidente do Conselho Penitenciário do Ceará (Copen), a situação dos presos nas cadeias do Code é “potencialmente explosiva”, denúncia feita também pelo Sindicato dos Policiais Civis. Ele afirma que o local é superlotado e que configura em manutenção irregular de presos. Justa explica que os detentos deveriam estar cumprindo pena em unidades prisionais, e não em delegacias de polícia.

O POVO Online questionou a secretaria sobre a quantidade de presos mantidos no complexo de delegacias, mas o órgão não informou. Por meio de nota, a SSPDS disse solicitar novas vagas no sistema prisional do Estado semanalmente para a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) com o intuito de transferir os presos, conforme decisão judiciais.

(O POVO Online)

Bolsonaro atribui comprimento da faca ao tamanho do cargo

252 3

“Ó, se eu der essa daqui em você, você vai ser presidente da ONU”, disse o presidente eleito Jair Bolsonaro, nessa véspera de Natal, ao apontar uma faca de churrasco contra o churrasqueiro que preparava a carne na base naval Restinga de Marambaia, no Rio de Janeiro.

A associação do presidente eleito de agressão a um cargo eletivo foi motivada pela lembrança do ataque que sofreu em setembro último, em Juiz de Fora (MG), quando foi ferido a faca durante um ato de campanha. Mesmo ausente dos debates e da própria campanha, Bolsonaro foi eleito Presidente da República.

Apesar da indevida associação e de apontar uma faca para um churrasqueiro, que se encolhe com a aproximação da faca, Bolsonaro teve suas imagens divulgadas pela própria assessoria.

(Foto: Reprodução)

Feliz o quê?

Em artigo sobre o período natalino, o jornalista Haroldo Barbosa aponta que a falta de diálogo fomenta a hipocrisia mercantilizada no Natal. Confira:

Um amigo jornalista me enviou uma mensagem via WhatsApp com um “Feliz” seguindo de um emoji de uma árvore de natal. Achei a iniciativa singela e plagiei descaradamente.

Reenviei a mesma mensagem a pessoas próximas. Uma delas, um professor, me respondeu com “E o restante do ano? E os 365 dias seguintes? E os anos perdidos? E as perspectivas dos anos que virão com esse sistema esmagando os(as) trabalhadores(as) de todo o mundo e dilapidando a Natureza?”.

Argumentei que a gente teria muitos dias à nossa frente para lutar e que um dia de trégua não mata ninguém né? Ele respondeu que “Não poderia ser outro dia? Por exemplo, o Dia de Finados pra gente lembrar do barbudo alemão? Natal é o dia mundial da hipocrisia mercantilizada.”

Faço essa pequena crônica pensando no seguinte: no ano que termina, nós que somos contra o sistema e a hipocrisia mercantilizada, não conseguimos fazer valer nossas narrativas, basicamente porque não houve diálogo. Houve sim um festival de fraudes, mentiras e brutalidade que começou antes da eleição e continua depois dela. E se não modularmos nosso discurso e encontramos alternativas para dialogar, será ainda mais difícil enfrentar esses 365 dias bicudos sob um governo claramente fascista que elegeu como alvos prioritários educadores, jornalistas, ativistas de esquerda, trabalhadores e pobres.

Ano passado, conversando com outro jornalista no Twitter sobre o texto “Natal usurpado” (http://encurtador.com.br/koxE6), lá pelas tantas ele pediu “Apascente seu coração neste Natal, @Haroldob, leia as entrelinhas e frua da beleza do texto de Carlo Tursi.”

Não apascentei meu coração. Continuo achando, como meu amigo professor, que o natal é uma festa comercial, impulsionada pela Igreja Católica que canibalizou uma série de tradições de outros povos e que há muita hipocrisia.

Mas também acho que não há mal nenhum em desejar feliz natal (até a estranhos) e aproveitar este momento para uma pausa merecida, para confraternizar, fortalecer nossos laços de amizade e refletir sobre as contradições do mundo em que vivemos e do que teremos de enfrentar. Como disse o poeta Sérgio Vaz “Abra os braços. Segure na mão de quem está na frente e puxe a mão de quem estiver atrás”. Feliz natal!

Haroldo Barbosa, jornalista

Na Missa do Galo, papa Francisco condena ganância e acúmulo de bens

Ao rezar a Missa do Galo, na Basílica de São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco condenou a ganância e o acúmulo de bens. Ele ressaltou que o nascimento de Jesus Cristo leva à reflexão sobre um novo modelo de vida baseado no compartilhamento, na doação e, sobretudo, no fim da ganância.

Segundo o pontífice, o homem “se tornou ganancioso e voraz”. De acordo com ele, muitos acreditam que o sentido da vida se sustenta em acumular bens. “É o momento decisivo para mudar o curso da história”, advertiu o papa.

O papa Francisco fez um chamamento para cada um mude a história por meio de si mesmo. “Mude a história a partir de cada um de nós”, disse. “O centro da vida não é mais o meu eu faminto e egoísta, mas aquele que nasce e vive por amor.”

De acordo com o pontífice, todos devem se perguntar sobre seu modo de vida e o que transformar para melhor. “[Será que] eu realmente preciso de muitas coisas, receitas complicadas para viver? “Posso fazer sem muitos contornos supérfluos, para escolher uma vida mais simples?”, sugeriu.

O papa Francisco ressaltou ainda que Cristo “não gosta” de preguiçosos nem sedentários. “O Senhor ama ser esperado e não pode ser esperado no sofá, dormindo. De fato, os pastores se movem: eles foram sem demora.”

(Agência Brasil)

Escola Municipal Haroldo Jorge – Alunos participam de festa natalina e recebem presentes

215 1

Alunos do ensino infantil da Escola Municipal Haroldo Jorge, no bairro Vila União, encerraram as atividades escolares com a festa que simbolizava o nascimento de Jesus Cristo.

As crianças também foram presenteadas com brinquedos arrecadados em uma campanha organizada pelas professoras Erica Abreu e Loneide Lima.

O engajamento das educadoras completou dois anos, que contou ainda com o envio de cartinhas de agradecimento, por parte dos alunos, direcionadas aos amigos das pedagogas que colaboraram com a festa.

“Queremos acima de tudo fortalecer esse vínculo natalino, explicando o real significado do Natal às crianças, além de levar alegria na entrega de lembranças”, disse Erica Abreu.

(Foto: Divulgação)

Tsunami na Indonésia – Passa de 400 o número de mortos

A cada dia aumenta o número de vítimas em decorrência do tsunami desencadeado após erupção do vulcão Anak Krakatau, na região costeira da Indonésia. O balanço mais recente divulgado hoje (25) é de 429 mortos e 1.459 feridos, além dos desaparecidos.

O tsunami, registrado há três dias, destruiu 882 casas, 73 hotéis, vilas e edifícios localizados no litoral. De acordo com o porta-voz da Agência Nacional de Gerenciamento de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, 16.082 pessoas foram deslocadas.

O desastre também destruiu um porto marítimo e 434 navios e embarcações nos distritos de Pandeglang e Serang mais atingidos na província de Banten, e nos distritos de Lampung Selatan, Panawaran e Tenggamus na província de Lampung.

Buscas

As buscas se estendem por terra e mar entre as ilhas de Java e Sumatra, já que muitas vítimas teriam sido arrastadas pelas ondas. “Os navios que procuram as vítimas já recuperaram vários corpos no mar”, disse Sutopo.

Mais de 2 mil soldados e policiais, além de pessoal do escritório de busca e salvamento e do escritório da agência de gestão de desastres participaram de uma operação de socorro emergencial.

Falhas
O porta-voz admitiu que falhas no sistema de alerta contribuíram para o agravamento da situação. “A ausência e o fracasso dos primeiros sistemas de alerta de tsunamis contribuíram para as enormes baixas porque as pessoas não tiveram oportunidade de serem deslocadas.”

A agência de meteorologia e geofísica proibiu atividades nas áreas costeiras após o tsunami.

Em 26 de dezembro de 2004, um enorme tsunami desencadeado por um poderoso terremoto atingiu países ao longo do Oceano Índico, matando 226 mil pessoas, incluindo 170 mil na província de Aceh, na ponta norte da ilha de Sumatra, na Indonésia.

Vulcão

A área do vulcão Anak Krakatau está cercada de estâncias turísticas, uma zona industrial, uma movimentada faixa de navegação e algumas áreas residenciais. No sábado, ondas de 4 a 5 metros atingiram a costa.

Anak Krakatau é um dos 129 vulcões ativos na Indonésia, uma vasta nação de arquipélagos que abriga 17,5 mil ilhas, situada em uma zona propensa ao terremoto do chamado Anel de Fogo do Pacífico.

(Agência Brasil com informações da Xinhua, agência pública de notícias da China).

Projeto “Terça de Graça” vai estar de volta em janeiro

O projeto “Terça de Graça” estará de volta em janeiro, no Cineteatro São Luiz.

O produtor cultural e humorista Bené Barbosa – o conhecido Papudim, conseguiu apoio via Lei de Incentivo à Cultura do Estado, e ainda o apoio da Enel Distribuição.

O primeiro show será do humorista Eri Soares, com data a ser divulgada em breve.

DETALHE – Haverá também oficina de formação de humoristas.

(Foto – Reprodução do Youtube)

 

“Saio com a alma leve e a consciência do dever cumprido”, diz Temer

Em seu último pronunciamento de Natal, o presidente Michel Temer agradeceu hoje (24) a todos os brasileiros, inclusive os que não o apoiaram. Também disse que não poupou esforços nem energia, destacou os avanços obtidos na sua gestão e as reformas negociadas. Ele desejou a todos um Feliz Natal e disse que deixa o governo “com a alma leve e a consciência do dever cumprido”.

“Saio com a alma leve e a consciência do dever cumprido. De coração, de coração mesmo, o meu muito obrigado a todos vocês e uma feliz noite de Natal. Fiquem com Deus, fiquem em paz”, afirmou Temer, que no dia 1º de janeiro de 2019, ele entrega a faixa presidencial para Jair Bolsonaro, eleito em outubro deste ano.

Temer disse ainda que “cabe ao tempo demonstrar” o que fez durante os dois anos e meio que esteve à frente do governo. O pronunciamento foi ao ar em cadeia nacional de rádio e televisão às 20h30 e durou aproximadamente três minutos.

“[Quero] agradecer a todos os brasileiros. Indistintamente. Aos que me apoiaram e também aos que não me apoiaram. Porque democracia é isso. É poder pensar e provar que é possível fazer mais pelo Brasil e pela vida de todos, independentemente das dificuldades, das barreiras impostas”, disse.

Segundo Temer, cada dificuldade enfrentada foi válida. “Valeu cada obstáculo vencido, cada momento vivido, cada conquista feita”, afirmou. “Podem estar certos de que não poupei esforços, nem energia e sei que entrego um Brasil muito melhor do que aquele que recebi. Ficam as reformas e os avanços, que já colocaram o nosso país em um novo tempo.”

O presidente ressaltou que é desejo de todos ter um Brasil “cada vez mais próspero e cada vez mais fraterno, cada vez mais igual”. De acordo com ele, em meio a tantos desejos, é necessário agradecer a Deus.

“[Quero] agradecer a Deus por ter me dado oportunidade, a honra de servir ao meu país. Agradecer por ele ter me dado serenidade para cumprir a missão que me foi designada. Agradecer por ele ter me permitido fazer valer a Ordem e Progresso estampado na nossa bandeira e que se tornou a marca da nossa gestão.”

Temer também agradeceu à família e aos ministros. “Toda a minha equipe, homens e mulheres de valor, que estiveram em todos os momentos ao meu lado e sempre me ajudaram a dar a volta por cima.“

(Agência Brasil)

Funai pede reforço após ataque a base de proteção a índios isolados

A Fundação Nacional do Índio (Funai) pediu reforço da Polícia Militar do Amazonas e do Exército depois que homens armados atacaram uma base de proteção a índios isolados da Terra Indígena Vale do Javari, no oeste do estado do Amazonas, próximo à fronteira com o Peru.

Em nota divulgada hoje (24), a Funai confirmou que na madrugada do último sábado (22) homens não identificados alvejaram um flutuante da fundação e trocaram tiros com policiais militares que participavam de uma operação de rotina para coibir a ação ilegal de caçadores, pescadores.

A reportagem não conseguiu contato com representantes da PM e do Exército. A Funai destacou que o ataque “colocou em risco indígenas, servidores e policiais”.

A base instalada na confluência dos rios Ituí e Itacoai é uma das três existentes na Terra Indígena Vale do Javari. Localizada em uma região acessível apenas por via fluvial ou aérea, a reserva indígena de mais de 8,5 milhões de hectares (cada hectare corresponde, aproximadamente, às medidas de um campo de futebol oficial) abrigava a cerca de 7 mil índios, em 2010.

De acordo com a Funai, a terra indígena concentra o maior número de povos indígenas isolados da região. Ou seja, de grupos que, por vontade própria, evitam o contato ou tem pouca interação com as comunidades não-indígenas circundantes. Embora devam garantir o direito destes índios a seus territórios e protegê-lo da ação de invasores, a Funai e o Estado brasileiro procuram só estabelecer contato quando a sobrevivências destes grupos estejam severamente ameaçada.

Ao menos 17 diferentes grupos de índios isolados já foram registrados no interior da terra indígena – o que, se confirmado, corresponderia à maior concentração de grupos isolados em uma mesma reserva. Além destes, vivem na área, indivíduos das etnias Marubo, Kulina, Kanamari, Mayrouna e dos grupos Korubos e Tsohom Dyapá, ambos de recente contato.

Em seu site, a Funai explica que o isolamento pode ser uma opção coletiva adotada por alguns grupos indígenas que, no passado, sofreram com os impactos negativos decorrentes do contato com não-índios, como doenças típicas de populações urbanas, violência física e a espoliação de recursos naturais.

Em junho deste ano, representantes de 27 povos indígenas e de organizações indigenistas do Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Venezuela participaram, em Brasília, do II Encontro Internacional Olhares sobre as Políticas de Proteção aos Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato. Ao final do evento, aprovaram um documento no qual reafirmaram os “retrocessos” no tocante à promoção e garantia dos direitos dos povos indígenas em todos os países, “com efeitos particularmente graves para os povos em isolamento e contato inicial”, em particular na Bacia Amazônica.

(Agência Brasil)

Eduardo Diogo cotado para presidir o BNB, com apoio de político e empresários cearenses

809 6

O advogado Eduardo Diogo, ex-secretário do Planejamento e Gestão no Governo Cid Gomes, é um dos nomes cotados para presidir o Banco do Nordeste no Governo Jair Bolsonaro.

Eduardo Diogo recebe o apoio do presidente da Fiec, Beto Studart, do empresário Edson Neto, do Grupo Edson Queiroz, e do deputado federal eleito Heitor Freire, do mesmo partido de Bolsonaro.

(Foto: Arquivo)

Paulo Guedes e CNI não vão comer o mesmo peru de Natal

Quem acompanha de perto as conversas entre o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, e sua equipe garante que a vontade da turma de “passar a faca no Sistema S” só se equipara ao desejo de ficar a léguas de distância do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade.

É o que informa o jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

A CNI, com suas federações, está possessa com a decisão de Guedes de cortar 30% da verba do Sistema S, o que pode chegar a 50%, caso não haja acordo.

(Foto – Agência CNI Brasil)

Zezinho Albuquerque só pensa naquilo: ficar no comando da Assembleia Legislativa

Marminino!!

Certeza. Zezinho Albuquerque, atual presidente da Assembleia Legislativa, só pensa num só objetivo: ficar onde está, a partir de 2019.

Indagado pela reportagem deste Blog se um cargo no estafe estadual mudaria seus planos, foi direto: “Não!”

Resta saber se o governador Camilo Santana (PT) vai incorporar a figura de Papai Noel e fazer com que esse desejo de Zezinho, que se comportou bem à frente da Casa, diga-se de passagem, se transforme em realidade.

(Foto – Arquivo)

A Sociologia do Natal

Com o título “A Sociologia do Natal”, eis artigo de Armando Bispo, pastor sênior da Igreja Batista Central de Fortaleza. Tempo de olhar bem mais além do que o Papai Noel da propaganda. Confira

Jesus nasceu em Belém, ocasião em que sua família se deslocou de Nazaré para a Judéia para um recenseamento romano para controle de impostos.

José arrisca levar consigo a grávida Maria, pois deixá-la seria um risco de submetê-la à hostilidade dos que não compreendiam como uma noiva e prometida ao marido, poderia estar grávida.

Um aparente atraso fez com que não encontrassem lugar em casas sempre abertas a hospedar parentes e peregrinos como era de costume, assim improvisaram uma manjedoura numa estrebaria, abrigo de animais, próximo à casa com algum conforto térmico. Ali nascia o menino Jesus – o Messias, o Salvador.

Os atores e as circunstâncias da história bíblica ainda estão entre nós, reconhecê-los é vital para se resgatar o lugar de proeminência do Cristo e renovar a esperança do poder libertador da mensagem do Natal.

Os presépios relembram a cena, mas não revelam o real significado do nascimento de Jesus, pois o protagonismo é o Noel inspirado em Nicolau de Mira, o holandês transformado em garoto propaganda pela indústria americana.

Os Césares de hoje são os que taxam o povo de modo abusivo para se manterem no poder associados às elites, aos criminosos e aos corruptos que ignoram os sofrimentos, os dramas e as dores dos que estão isoladas nos bairros, nos corredores dos hospitais e nas filas do serviço público moroso e burocrático.

Não há lugar para os carentes e excluídos na hospedaria da nossa agenda, pois os tornamos invisíveis e distantes para mantê-los como e onde estão.

Contudo, vejo nos pobres e humildes a fome por pão e justiça e a capacidade de compreender como José o plano do Deus Justo e Misericordioso, na medida que mesmo na pobreza abrigam, repartem, amam e protegem as vítimas da violência e do desamor que prevalecem na Judéia, como também por aqui.

Agora é Natal e ainda podemos fazer renascer a esperança de enxergar o outro, decidindo amar e acolher os invisíveis excluídos das nossas agendas e hospedarias! “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens aos quais ele concede seu favor” – Lucas 2:14.

*Armando Bispo

bispo@ibc.org.br

Pastor Sênior da Igreja Batista Central de Fortaleza.