Blog do Eliomar

Últimos posts

Heródoto Barbeiro deixa a CBN e vai para a Record

98 2

“A Record acaba de contratar o jornalista Heródoto Barbeiro. Ele será o principal âncora do canal de notícias da rede, o Record News, que passará por grandes reformulações.

Com a contratação, Heródoto deve deixar a TV Cultura, onde está há mais de 20 anos, e a rádio CBN, que pertence às organizações Globo. A saída da CBN não será nada fácil, uma vez que Heródoto é um dos principais nomes da rádio e muito querido pelos seus ouvintes.

A estreia dele na Record News deve acontecer em abril.”

(Coluna Outro Canal – Folha)

P.S. Transcrevo a coluna Outro Canal, depois de ter conferido a dica do meu querido jornalista Nonato Albuquerque, no seu blog Gente de Mídia.

Energia elétrica – Deputados querem devolução de R$ 7 bi a consumidor

Chico Lopes (PCdoB) engrossa o movimento.

“Um grupo de deputados quer que as concessionárias de energia elétrica devolvam ao consumidor o que receberam indevidamente durante sete anos. Estimativa feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) aponta que um equívoco de cálculo fez com as empresas recebessem R$ 1 bilhão a mais por ano no período de 2002 a 2009. A devolução dos recursos, estimados inicialmente em R$ 7 bilhões, está prevista no Projeto de Decreto Legislativo 10/2011, apresentado na última quarta-feira (23) na Câmara.

Segundo a proposição, as distribuidoras cobraram na conta de luz, durante sete anos, uma contribuição com o pretexto de custear o fornecimento de energia em localidades e sistemas isolados do país. A cobrança foi considerada irregular pelo TCU. No último dia 25 de janeiro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou a decisão tomada em dezembro de 2009 de desobrigar as concessionárias de restituir os valores aplicados irregularmente.

A proposta apresentada na Câmara susta “os efeitos normativos” da agência reguladora. Na justificativa do projeto de decreto legislativo, os deputados que assinam a proposta acusam a Aneel de “negar o direito dos consumidores brasileiros de serem ressarcidos do erro da metodologia de cálculo que elevou ilegalmente as tarifas de energia elétrica” entre 2002 e 2009.

“Mas esse cálculo não levou em conta o crescimento do número de consumidores e as distribuidoras arrecadaram mais do que foi efetivamente gasto na manutenção desses sistemas. Essa arrecadação excedente é proibida pelas regras da Agência Nacional de Energia Elétrica”, aponta a assessoria do deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), um dos responsáveis pela apresentação do projeto. O parlamentar pernambucano disse ao Congresso em Foco que a iniciativa já reúne 180 assinaturas de parlamentares na condição de “co-autores” da matéria.

“No plenário, não tenho a menor dúvida de que vamos conseguir a aprovação, até porque é um direito dos consumidores brasileiros. Temos um apoiamento quase unânime”, avalia Eduardo, para quem o valor cobrado indevidamente dos consumidores pode dobrar, feitas as correções inflacionárias. “Não menos que R$ 7 bilhões – o Tribunal de Contas da União [TCU] disse que a dívida estava calculada em R$ 1 bilhão por ano [entre 2002 e 2009]. Mas esse valor pode chegar a R$ 15 bilhões. Só vamos ter essa certeza quando esse levantamento for finalizado pela Aneel.”

Segundo a justificativa do projeto de decreto legislativo, o pagamento indevido de tarifas fere dispositivos da Constituição, do Código de Defesa do Consumidor e da própria Aneel, na definição de direitos e deveres do consumidor, “em especial do direito ao ressarcimento pelos valores cobrados indevidamente (artigos 76 a 78 da Resolução Aneel n.º 456, de 2000; e o artigo 113 da Resolução Aneel nº 414, de 2010)”. Eduardo da Fonte diz que, em vez de funcionar como agência reguladora, a Aneel demonstra estar a serviço das distribuidoras de energia elétrica.”

(Portal Uol)

NO CEARÁ, o deputado federal Chico Lopes (PCdoB) engrossa esse grupo de parlamentares que questiona reajustes da tarifa de energia elétrica. Essa luta do parlamentar é antiga e, em reajustes definidos pela Aneel para a Coelce, Lopes, ao lado do deputado estadual Lula Morais, sempre questiona na Justiça. Na próxima semana, Lopes e Lula deverão ir ao TRF-5ª Região conferir como vai processo que movem contra a Coelce.

O avião de luxo de Dilma

658 3

Parte interna da aeronave.

Eis um dos destaque da revista IstoÉ desta semana: o avião de luxo que a Embraer emprestou para a presidente Dilma Rousseff.

As amargas lembranças deixadas pelo Sucatão, o carinhoso apelido do Boeing 707 que serviu à Presidência da República entre 1986 e 2005, parecem mesmo ter ficado no passado e na memória daqueles que voaram no avião, fabricado no fim da década de 60. Após quase ter matado de susto o então vice-presidente Marco Maciel quando uma de suas turbinas simplesmente pegou fogo em pleno voo para a China, em 1999, o Sucatão foi finalmente trocado por um moderno Airbus 319. Depois de correr o mundo levando o presidente Lula e sua comitiva nos últimos oito anos, a aeronave, que também ganhou um simpático apelido – Aerolula –, não vai poder voar pelo menos nos próximos 30 dias, por conta de manutenções. Dilma, no entanto, não precisará recorrer aos préstimos do Sucatão nem de seus primos menores, os Sucatinhas, em suas viagens pelo Brasil ou mundo afora. A Embraer emprestou, sem nenhum custo para a Presidência da República, um de seus aviões mais caros, o Lineage 1000, uma aeronave preparada para servir xeques árabes, bilionários russos ou magnatas do mundo dos negócios. Repleto de luxos, extravagâncias e conforto, o avião mais se parece com um palácio voador. Trata-se de uma ação que promove a empresa brasileira no Exterior e ao mesmo tempo não traz gastos ao governo.

Durante a manutenção do Ae­ro­lula, Dilma até poderia usar outros dois jatos executivos da Presidência. Trata-se de duas aeronaves da Embraer, modelo ERJ 190, uma espécie de primo pobre do Lineage 1000. Os dois aviões, no entanto, também estão com manutenção programada para este ano e, em algum momento, terão que ir para o hangar. Para não causar contratempos aos deslocamentos de Dilma, o Grupo de Transporte Especial, uma divisão da Força Aérea Brasileira dedicada a prestar serviços ao governo, ficará com o Lineage 1000, uma aeronave de mais de US$ 50 milhões, por quase um ano. Com este jato executivo, Dilma poderá fazer viagens internacionais de média duração sem escalas. Com os tanques cheios, o Lineage pode levar a presidente e sua comitiva de Brasília a Paris, por exemplo. Com ele, a presidente também poderá participar da abertura da Assembleia-Geral da ONU, em Nova York, sem precisar parar em nenhum país da América Central para reabastecer.

Mas o que realmente impressiona no Lineage 1000 não são suas características técnicas, seu desempenho ou mesmo o fato de tudo isso ter sido fabricado aqui mesmo no Brasil. É na configuração interna que o avião que Dilma agora tem a sua disposição se destaca. Com capacidade para apenas 19 pessoas, a aeronave é uma espécie de suíte presidencial voadora. Tendo cinco áreas privativas, a decoração foi feita com o que há de mais luxuoso no mundo: tapetes de lã de carneiro, sofás de lã irlandesa, mesas de madeira de lei e televisores de cristal líquido sensíveis ao toque. São quatro salas, todas com conexão de alta velocidade à internet: uma de jantar, uma de estar, uma apenas para reuniões e até um escritório particular. Quando se cansar de discussões complexas com sua equipe, Dilma ainda poderá dormir em uma cama tamanho king-size ou relaxar tomando uma ducha. Por enquanto, Dilma é a primeira brasileira a desfrutar de toda essa mordomia. Até agora, apenas oito unidades dos Lineage 1000 foram entregues pela Embraer.”

Ministro da Saúde reúne prefeitos do Ceará

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, reuniu na manhã deste sábado (26), no auditório da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), prefeitos e secretários dos municípios cearenses para  conhecer as ações de combate à dengue no Estado e reforçar a mobilização. O Ceará é apontado como um dos 16 Estados com alto risco de epidemia este ano.

Entre os prefeitos presentes ao encontro estava Acrísio Sena, que substitui desde a última quinta-feira (24) a prefeita Luizianne Lins, que pediu licença do cargo por 10 dias para exames de saúde.

Após o evento, o ministro foi recebido pelo vice-governador Domingos Filho para almoço.

Sinduscon se manifesta sobre licitação milionária e aponta empreitada de obras

82 1

“Não há como uma única construtora dar conta de todos os serviços solicitados pela Prefeitura. Então, o que vai acontecer? Muitas obras serão empreitadas a outras construtoras. E, claro, o custo dessas obras será bem acima do valor real, pois cada construtora irá querer ganhar o seu percentual sobre o serviço a ser executado. Isso, dificilmente ocorreria em caso de licitação para cada obra, pois as pequenas e médias construtoras poderiam realizar o serviço, sem qualquer tipo de repasse para a construtora que as contratou, já que o contratante seria a própria Prefeitura”.

A manifestação é do presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE), Roberto Sérgio, na manhã deste sábado (26), sobre a intenção da Prefeitura de Fortaleza em lançar uma única licitação, no valor de até R$ 99,2 milhões, para a execução de todas as obras da cidade. O contrato teria vigência de um ano.

A declaração do dirigente vai de encontro ao posicionamento do coordenador de projetos especiais da Prefeitura, Geraldo Accioly, que disse que o modelo desejado pela administração municipal sairia mais barato, além de dar agilidade ao processo.

“Muitas vezes, as obras são empreitadas até três ou quatro vezes. Construtoras passando o serviço para outras construtoras. Além de encarecer demais o custo da obra, também levará muito tempo até o início da obra”, ressaltou o líder da oposição na Câmara Municipal, vereador Plácido Filho (PDT), que na última quarta-feira (23) denunciou no plenário da Casa que a licitação iria favorecer uma grande construtora, em detrimento às demais que teriam condições de realizar obras de menor porte.

Na quinta-feira (24), a Prefeitura decidiu adiar a licitação.

A tesoura cidista

92 1

Dentro da meta de reduzir R$ 500 milhões de custeio, o Governo do Estado não brinca. Depois do corte de 215 terceirizados no Instituto Centec, prática que está se estendendo a todas as secretarias e órgãos vinculados, Cid Gomes reiterou, durante os dois dias da primeira reunião com a equipe, na Residência Oficial, que esse remédio amargo terá que ser aplicado sem exceção.

Segue o mesmo receituário aplicado pela presidente Dilma Rousseff, que cortando R$ 50 bilhões, gera impacto nos Estados e municípios. Essa onda de corte vem provocando no âmbito estadual situações emblemáticas. Nesta semana, o presidente do Sine/IDT, Francisco Diniz, que já presidiu a CUT/CE, demitiu 21 celetistas. Ele chegou a chorar, ao fazer o comunicado. Disse ter sido esse um dos piores momentos de sua vida. Agora, imagine para quem foi pra rua.

(Vertical / O POVO)

Cid pede dispensa de multa

Passados quatro meses das eleições, as batalhas na Justiça Eleitoral ainda continuam. Na última quinta-feira, o governador Cid Gomes (PSB) recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o pagamento de uma multa de R$ 42.564,00, aplicada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), durante a campanha eleitoral de 2010.

 O motivo apresentado pelo TRE para a aplicação da multa foi o possível benefício de Cid e Domingos Filho (PMDB) – então candidatos a governador e vice, respectivamente – com publicidade institucional afixada em veículos oficiais que serviam como transporte escolar para alunos da rede pública quando faltavam menos de três meses para as eleições do ano passado.

“Escola Estadual de Educação Profissional: da carteira da escola para a carteira de trabalho. É o Governo do Estado construindo um novo Ceará”. Essa era a frase contida nos veículos.

A representação contra Cid foi apresentada pela coligação “Pra Fazer Brilhar o Ceará”, que tinha o ex-governador Lúcio Alcântara (PR) como candidato ao Governo do Estado.

Recurso

No recurso, o governador e o vice afirmam que a publicidade ocorreu antes do período vedado pela lei eleitoral, que é o dia 6 de julho. A defesa de Cid citou, ainda, decisões do TSE e do TRE de outros Estados que permitem a publicidade colocada antes da data proibida, desde que não haja identificação de autoridades, servidores ou administrações cujos dirigentes estejam em campanha.

O recurso será analisado pelo ministro Hamilton Carvalhido, que vai proferir decisão monocrática sobre o caso. Se a deliberação do ministro for para o pagamento da multa, a defesa do governador reivindica, então, que o valor seja reduzido ao mínimo previsto em lei, que é de R$ 5.320,50.

(O POVO)

Funcionários reclamam de terceirizações no BNB

“Funcionários e direção do Banco do Nordeste (BNB) estão em pé de guerra por conta das terceirizações no banco, em diversas áreas, mas que seriam notadamente numerosas nas atividades de Tecnologia da Informação. A instituição, no entanto, garante que segue as normas para órgãos da administração federal e as recomendações do Tribunal de Contas da União.

Em uma nota, divulgada na semana passada, a Associação dos Funcionários do BNB alega que “estudo feito a partir de dados obtidos por vários sindicatos com o BNB na base revelam elevado grau de terceirização no BNB”, e sustenta que “na Direção Geral do Banco, em Fortaleza, o número de terceirizados chega a ser maior que o número de funcionários concursados”.

As críticas recaem especialmente sobre a área de TI por conta de um concurso realizado no primeiro semestre do ano passado para a contratação de 165 funcionários. Porém, segundo a associação, nenhum foi convocado, enquanto contratos foram recebendo aditivos de ampliação de validade.

A direção do BNB, no entanto, alega que como se trata de um banco federal, as contratações só podem ser feitas com autorização do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest), do Ministério do Planejamento. Como a autorização não veio, só pode haver convocações em casos de aposentadoria de funcionários.

“Por orientação do TCU, nós até mudamos a forma de contratação na área de TI. Já chegamos a ter 300, mas hoje não temos mais pessoas alocadas no banco. O que existe são contratos de prestação de serviços. Nesse caso, nem tenho como saber quantos os terceirizados a fábrica de software está usando, por exemplo, porque o que existe é uma ordem de serviço”, explica o diretor administrativo e de TI do BNB, Stélio Gama.

Por isso, como emenda o superintendente de TI do banco, Cláudio Reginaldo, o BNB entende que cumpre as diretrizes da administração federal para esse tipo de contratação. “Fazemos como manda o figurino. Temos um Planejamento Estratégico de TI e toda a gestão, a inteligência de TI, é feita por funcionários. Além disso, criamos uma estrutura, também interna, de acompanhamento dos contratos.”

Segundo um levantamento dos contratos de TI do BNB, a instituição conta hoje com pelo menos 11 deles, que somam R$ 52 milhões em diferentes serviços – infraestrutura, suporte, segurança, etc. Um deles, com a BRQ, está sendo encerrado, e um novo pregão já está em andamento.

Mas se o BNB indica que segue as normativas da administração pública para a área de TI – em especial, manter a gestão com funcionários e administrar os contratos de serviço – dois sindicatos de bancários, em Alagoas e no Ceará, apresentaram denúncias ao Ministério Público do Trabalho contra as terceirizações. Uma delas tenta obrigar o banco a contratar os funcionários aprovados no concurso do ano passado.

Empresa Número contrato Objeto Vigência Prorrogação Acréscimo Valor Original
Stefanini 2009/097 Serviços especializados infra 27/04/2009 até 26/04/2011 Não   R$ 14.339.890,00  
Politec 2009/114 Desenvolv. de sistemas 27/04/2009 até 26/04/2011 Não   R$ 10.582.710,84  
Politec 2009/062 Desenvolv. sistema micro créd. Rural 16/03/2009 até 15/04/2010 Sim, até 15/04/2011 R$ 137.460,77 R$ 753.505,82 R$ 616.045,05
BRQ 2008/253 Desenvolv. de sistemas 06/06/2008 até 05/06/2010 Sim, até 05/06/2011   R$ 8.333.122,38  
BRQ 2008/276 Suporte IBM Websphere 24/06/2008 até 23/06/2010 Sim, até 23/06/2011   R$ 4.726.080,00  
BRQ 2008/205 Suporte técnico DB2 05/05/2008 até 04/05/2010 Sim, até 04/05/2011   R$ 1.198.620,00  
CAST 2008/334 Desenvolv. de sistemas mainframe 05/08/2008 até 04/08/2010 Sim, até 04/08/2011   R$ 4.533.024,00  
IVIA 2006/395 Contratação serviços designer gráficos 20/11/2006 até 19/11/2007 Sim, até 19/11/2011 * Teve 08 aditivos R$ 852.216,00  
Disec 2006/235 Suporte à segurança da informação 01/08/2006 a 31/07/2008 Sim, até 31/07/2011 * Teve 11 aditivos R$ 2.251.105,92  
Disec 2009/040 Suporte à segurança da informação 12/03/2009 até 11/03/2011     R$ 793.200,00  
Synapsis Brasil 2010/511 Gerenciamento de Incidentes de aplicativos 01/12/2010 até 30/11/2012 Não   R$ 3.734.990,76  
Total           R$ 52.098.465,72  
* A maioria dos contratos antigos, foi repactuado o preço, entretando não é possível estabelecer os valores.

(Convergência Digital)

TCU detecta irregularidades graves no ProJovem

“Criado com o objetivo de incluir jovens brasileiros no mercado de trabalho, o Programa Nacional de Inclusão de Jovens, Projovem, recebeu nesta semana um certificado negativo do Tribunal de Contas da União (TCU). De acordo com auditorias realizadas pelo tribunal, o programa apresenta falhas graves como baixa frequência de fiscalização, ausência de procedimentos padronizados e falta de planejamento das ações. Também foram constatadas irregularidades graves como o pagamento a beneficiários que não se enquadram nos critérios de seleção do programa, além de pagamentos duplicados a bolsistas.

O volume de recursos fiscalizados envolveu aproximadamente R$ 878 milhões repassados aos entes parceiros do Projovem nos exercícios de 2008 a 2009. O montante representa, no entanto, apenas um quarto dos R$ 3,5 bilhões desembolsados pelo programa nos últimos seis anos. Segundo o tribunal, as falhas mais comuns às quatro modalidades do programa (Projovem Adolescente, Projovem Campo, Projovem Urbano e Projovem Trabalhador) são a baixa frequência de fiscalização, a ausência de procedimentos padronizados, a falta de planejamento das ações e a não circulação de informação entre os órgãos centrais e os estados sobre os trabalhos realizados.

Além dessas deficiências, foram detectados outros problemas na execução local do Projovem, como instalações físicas inadequadas, ausência de distribuição de lanches, despesas não comprovadas, movimentação irregular na conta específica e ausência de ajuste de valores no repasse de recursos para entidades conveniadas ou contratadas.

A efetividade do Projovem, explica o ministro relator Augusto Sherman, depende primordialmente da comprovada frequência dos alunos às aulas presenciais. Segundo as normas, admite-se o máximo de 25% de ausência em relação à carga horária nas modalidades Urbano e Trabalhador e o máximo de 30% na modalidade Adolescente. No entanto, em visita aos municípios os auditores identificaram que a falta de informações suficientes para verificar a frequência atingiu 50% dos municípios visitados no caso da modalidade Adolescente, 25% no Projovem Urbano e 55% no Projovem Trabalhador.”

(Contas Abertas)

Guarani de Juazeiro pode fazer história neste sábado, diante do Fortaleza

115 2

Terceiro colocado na classificação geral do Campeonato Cearense de Futebol, o Guarani de Juazeiro poderá fazer história neste sábado (26), no Castelão, diante do Fortaleza, pela semifinal do primeiro turno.

Em caso de vitória, o time juazeirense assegura, no mínimo, a segunda colocação na competição. Posição nunca antes alcançada pelo Guarani. Um quarto lugar, em 1979, e uma quinta colocação, em 1992, foram as melhores campanhas do clube na Primeira Divisão do Estadual.

O Guarani tem o artilheiro do campeonato, Niel (7 gols), além do segundo melhor ataque (23 gols), atrás somente do adversário deste sábado, o Fortaleza (25 gols). A folha do clube é de R$ 90 mil, mais R$ 40 mil de encargos sociais.

Polícia prende assassino de comerciante, horas após o crime de latrocínio

Policiais da 3ª Companhia do 6º Batalhão (Maracanaú) prenderam em flagrante, na noite desta sexta-feira (25), na Colônia Antônio Justa, também em Maracanaú, na Região Metropolitana, o latrocida Ednaldo Gomes, o Ló, 20 anos, após um grande cerco policial na localidade.

Segundo o comandante da companhia, tenente-coronel Jeovani Pinheiro, o acusado teria cometido um crime de latrocínio (roubo seguido de morte), horas antes, no município de Maranguape. De acordo ainda com o comandante, a vítima foi o comerciante José Valdenir Barbosa Bezerril, 46 anos, proprietário do Mercadinho de Deus.

Testemunhas contaram que o comerciante foi atingido com um tiro na nuca, no momento em que se virou para o acusado. Para a Polícia, o bandido teria interpretado a ação da vítima como reação ao assalto.

Na fuga, segundo a Polícia, o acusado ainda roubou duas bicicletas, sendo uma delas das mãos de uma criança. Ele foi preso no momento em que descia de uma topique.

“Quando adolescente, o Ló (Ednaldo Gomes) cometeu um homicídio. Ele já é conhecido da Polícia, apesar da pouca idade”, acrescentou para este Blog e tenente-coronel Jeovani Pinheiro.

Bugue nas dunas: Semace e Prefeitura de Aracati na mira do Ministério Público

A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), a Prefeitura de Aracati e a Associação de Bugueiros de Canoa Quebrada estão na mira do Ministério Público Estadual, diante dos passeios de bugues nas dunas.

Uma ação civil pública, nesta sexta-feira (25), quer a imediata suspensão dos passeios nas dunas, até que a Semace efetive o licenciamento de uma trilha para esse tipo de atividade. O descumprimento pode gerar multa diária de R$ 50 mil.

Em Aracati, apenas bugueiros credenciados podem guiar os veículos. E somente em trilhas definidas pela Prefeitura. Mas não foi o que ocorreu no fim do ano passado, quando uma turista portuguesa morreu nas dunas de Canoa Quebrada, em um capotamento. O marido da vítima era o condutor.

Ainda em 2010, outros dois acidentes resultaram na morte de turistas, um em Paracuru e o outro em Caucaia.

Primeira eleição a presidente do Brasil foi há 120 anos

Com 56% dos votos, o marechal Manuel Deodoro da Fonseca foi eleito o primeiro presidente do Brasil, há exatos 120 anos.

A votação, que ocorreu no dia 25 de fevereiro de 1891, foi indireta, apesar da Constituição da recém-formada República no Brasil determinar eleição direta. Como naquela época já existia o “jeitinho brasileiro”, as disposições transitórias da Constituição previam eleições indiretas para o primeiro governo.

Também naquela época o candidato poderia concorrer ao cargo de presidente e, ao mesmo tempo, de vice-presidente. Como ocorreu com o marechal Floriano Peixoto, que recebeu apenas três votos para presidente, mas 153 para vice-presidente.

Deodoro da Fonseca foi eleito com 129 votos, seguido por Prudente de Morais, com 97 votos.

Dnocs reassentará famílias das terras da barragem Figueiredo

O diretor-geral do DNOCS, Elias Fernandes, anunciou, nesta sexta-feira, que, em parceria com o Governo do Estado, já deu início à construção das casas do reassentamento das famílias atingidas pela construção da barragem Figueiredo nos municípios de Alto Santo e Iracema, uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento. A barragem está em fase de conclusão e terá capacidade de acumular 520 milhões de metros cúbicos de água.

Estão sendo construídas 120 casas de igual padrão, com área de 100 m², sendo 33 na comunidade de São José dos Famas, 55 na Agrovila e 32 na comunidade de Boa Esperança. Segundo o diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Produção do DNOCS, Rennys
Frota, que visitou o local, as famílias dessas comunidades serão beneficiadas também “com postos de saúde, praça, escola, quadra de esporte, creche, igreja, saneamento e toda a infraestrutura necessária para se ter uma condição de vida com qualidade”.

Elias Fernandes adiantou que o DNOCS, juntamente com o Instituto do Desenvolvimento Agrário do Ceará (IDACE), pretende inaugurar e entregar as 33 primeiras casas até o fim do mês de março.

Kadafi pede que seguidores protejam a Líbia e o petróleo do País

“O ditador líbio Muamar Kadafi discursou nesta sexta-feira a multidão reunida da Praça Verde, no centro de Trípoli, e pediu que os seus seguidores protejam a Líbia e o petróleo do país, em meio a relatos de que vários poços teriam caído nas mãos de opositores . Em tom desafiador, o ditador, que está há 41 anos no poder, prometeu “triunfar contra os inimigos”.

– Se eles quiserem, nós vamos lutar – disse Kadafi.

Milícias leais ao líder líbio abriram fogo nesta sexta-feira na capital, em uma tentativa de dispersar novos protestos contra o ditador , informaram testemunhas a agências de notícias e jornais estrangeiros. Um morador de Trípoli disse que pelo menos cinco pessoas morreram na área de Janzour, no oeste da cidade. Segundo a rede al-Jazeera, dois manifestantes foram mortos.

A TV estatal nega. Também há relatos de que tropas à paisana se infiltraram em um protesto em frente a uma mesquita na região central da capital e fizeram disparos para o alto. Um morador disse que partes da capital estão sob controle da oposição.

– Algumas áreas estão sob controle da oposição, outras, basicamente aquelas ao redor de Bab al-Azizia, estão sob controle de partidários de Kadafi e de forças de segurança – afirmou o morador, fazendo referência à área onde Kadafi vive. – Nós estamos ficando em casa. É muito perigoso sair em Trípoli.

A violenta repressão a manifestantes levou os países da União Europeia (UE) chegaram nesta sexta-feira a um consenso sobre a imposição de sanções à Líbia . Autoridades concordaram com embrago à venda de armas, congelamento de bens e proibição de viagem à nação do norte da África. A formalização da decisão só será feita no começo da próxima semana.

O Conselho de Segurança da ONU se reúne à tarde para discutir possíveis sanções ao país africano. A entidade afirmou nesta sexta-feira que a escalada da violência na Líbia chegou a níveis “alarmantes”.

(O Globo)

Ministério da Saúde libera R$ 200 milhões para Hospitais Universitários

80 1

“O Ministério da Saúde disponibilizou recursos no montante de R$ 200 milhões para 45 hospitais universitários, em diversos estados, para o exercício deste ano. A medida faz parte do programa nacional de reestruturação e revitalização dos hospitais universitários federais integrados ao Sistema Único de Saúde (SUS). A portaria foi publicada hoje (25) no Diário Oficial da União.

O valor, que será incorporado ao teto financeiro anual dos estados, municípios e do Distrito Federal, será repassado a partir de março pelo Fundo Nacional de Saúde. Os recursos serão transferidos em três parcelas, até maio.

Os hospitais funcionam como centros de formação de especialistas e de qualificação. De acordo com o Ministério da Saúde, os hospitais universitários são importantes para o atendimento de média e alta complexidade (consultas, exames, cirurgias e tratamentos mais complexos).”

 (Agência Brasil)

Cid convoca professores para a UVA

73 1

O governador Cid Gomes (PSB) assinou, nesta sexta-feira, ato convocando 21 professores efetivos para a Universidade Vale do Acaraú (UVA), que vive sob ameaça de paralisação por falta de docentes.

Segundo a assessoria dele, a posse ocorrerá no dia 1º de  março em ato no Campus da UVA, em Sobral (Zona Norte).

Ufa!