Blog do Eliomar

Últimos posts

Paul McCartney se casará neste domingo, assegura jornal

Paul McCartney se casará neste domingo (9) com sua noiva, Nancy Shevell, no Registro Civil do bairro londrino de Westminster, o mesmo no qual em 1969 contraiu matrimônio com sua primeira mulher, Linda, informa neste sábado (8) o tabloide “Daily Mirror”.

Trinta convidados testemunharão o terceiro casamento de Paul, após o qual haverá uma discreta recepção nos jardins da casa do cantor em Londres, acrescenta o diário.

O ex-beatle, de 69 anos, ficou noivo de Nancy, de 52, no começo de 2011, após uma relação de quatro anos.

A primeira mulher do músico morreu em 1998, após lutar contra o câncer, e em 2002 Paul se casou com a ex-modelo Heather Mills, mas a relação terminou em divórcio em 2008 após uma longa batalha legal.

Nancy, que foi casada por 20 anos com o advogado Bruce Blakeman, é membro do conselho da Autoridade do Transporte Metropolitano de Nova York.

(EFE)

Secretários confirmam filiação no PTN

169 3

Os dois secretários municipais que deixaram o PSB – Fábio Braga (Regional I) e Récio Ellery (Regional V) – acertaram a filiação, ontem, ao Partido Trabalhista Nacional (PTN). Os dois pretendem ser candidatos a vereador, conforme a coluna mostrou ontem.

Saem, por um lado, sem espaço em função do racha na direção do partido – eles são ligados ao presidente destituído Sérgio Novais. Por outro, preocupados com o peso dos pré-candidatos a vereador. (Coluna Política / O POVO)

Vamos nós – Os dois secretários estariam na cota do PSB na aliança que reelegeu Luizianne Lins ou teriam sido nomeados pelo prestígio de Novais, junto à prefeita?

Lágrimas de crocodilo

167 5

“O Tasso não merecia passar o que está passando, por tudo que fez pelo Ceará. Não merecia ficar com dois deputados estaduais: um, porque é parente, e outro porque é doido e ninguém quer”, disse o ex-governador Ciro Gomes, ao ser entrevistado pela Rádio Campo Maior, de Quixeramobim, nesta semana, após palestra para empresários e lideranças políticas da região sobre Conjuntura Nacional.

A resposta foi a uma pergunta sobre a debandada de parlamentares do PSDB para o PSD, sigla alternativa do Palácio da Abolição. O PSDB ficou com apenas João Jaime, casado com sobrinha de Tasso, e com Fernando Hugo, que reagiu a essa crítica indireta de Ciro qualificando o ex-governador de “desocupado profissionalmente”.

(Vertical / O POVO)

Téo Menezes depõe e reafirma inocência

O deputado estadual Téo Menezes (PSDB) saiu sorrindo do Ministério Público Estadual na noite desta sexta-feira (7), afirmando estar tranquilo e confiante no trabalho dos promotores que investigam o escândalo dos banheiros. “Confio inteiramente na investigação deles”, disse Menezes, que está sendo investigado por suposta participação no esquema. Depois de adiar duas vezes o depoimento, ele negou mais uma vez qualquer envolvimento no escândalo e garantiu que não tem nenhuma vinculação às entidades as quais “estão querendo” vinculá-lo, “apesar de alguns presidentes terem ligações” com ele.

Com depoimento marcado para as 17 horas, o deputado chegou ao MPE 40 minutos mais cedo, com um hall de entrada quase esvaziado de repórteres. Acompanhado de advogados, seguiu até a antessala do gabinete da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) sem dar entrevista. A conversa com promotores da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap) durou até quase 21 horas.

À noite, um dos advogados de Teó Menezes, ao sair do elevador, olhou como estava o hall do prédio e ao constatar que ainda havia jornalistas, fechou à porta, subiu novamente e só depois saiu acompanhado do deputado.

Para Téo Menezes, a Procap teve os esclarecimentos necessários. “Não tenho nenhum fato suposto, de nenhuma entidade, de nenhuma ajuda minha, de nenhuma entidade ter sido levada à Secretaria (das Cidades) por minha parte, nenhum recurso ter sido liberado pela secretaria por minha parte”, defendeu-se.

Procap

Depois de ouvir o deputado, a Procap garantiu que está bem próxima de esclarecer o que ocorreu com o dinheiro que deveria ter sido investido na construção de kits sanitários no Interior. De acordo com os promotores Luiz Alcântara e Eloílson Landim, o banco Bradesco está dificultando as investigações, já que os presidentes das associações já autorizaram o fornecimento de seus dados e movimentações bancárias e ainda assim os bancos não repassam os documentos. Segundo Landim, o Bradesco alega que precisa da autorização dos sócios de cada entidade para liberar as informações solicitadas. Só depois de receber os documentos, a Procap poderá formalizar a denúncia.

A Procap informou ainda que está empenhada não apenas em esclarecer o desvio dos recursos, mas também investigar a forma como foram celebrados os convênios e o porquê da exclusividade dos depósitos terem sido realizados em instituições financeiras privadas. Já o promotor Eloílson Landim informou que toda a prestação de contas que chegou a ser feita pelas instituições contratadas para a construção de kits sanitários é fraudulenta. “Se chegassem hoje com todos os banheiros feitos, ainda assim (as prestações de contas) seriam fraudulentas”, disse.

(O POVO)

CIC convida vice-presidente do IAB/CE para debate sobre Fortaleza

226 1

O professor e arquiteto José Sales é m dos conferencistas do Ciclo de Debates que o Centro Industrial do Ceará (CIC) está promovendo com o objetivo de discutir problemas e soluções para Fortaleza.

José Sales dará palestra às 19 horas da próxima segunda-feira, no auditório da FAC (Faculdades Cearenses), a partir das 19 horas. Abordará o tema “Fortaleza Integrada à sua Região Metropolitana”.

Bom ressaltar que Sales é também vice-presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil, regional Ceará, e crítico de muitas intervenções realizadas pela administração da prefeita Luizianne Lins (PT).

Atualmente, ele responde por projetos como o Plano Diretor de Teresina, Capital do Piauí.

(Foto – Paulo MOska)

Unimed é condenada a indenizar pais de criança que teve internação negada

427 14

“A Unimed Fortaleza foi condenada a pagar indenização no valor de R$ 50 mil aos pais de uma criança que faleceu depois de ter internação negada. A decisão foi da 8ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Conforme os autos, M.P.L.O.B., de seis meses de idade, deu entrada no Hospital Regional da Unimed, no dia 6 de dezembro de 2008. Depois de passar por exames, foi diagnosticada com pneumonia extensa e refluxo de grau IV.

Diante do quadro grave, a equipe médica solicitou a imediata internação da menina em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A Unimed não autorizou o procedimento alegando carência contratual. Os pais tiveram que levar a filha para outro hospital, em condução própria e sem qualquer acompanhamento médico, pois o plano de saúde não disponibilizou ambulância. A menina foi internada, mas não resistiu e faleceu.

Alegando negligência por parte da operadora, ajuizaram ação de danos morais e materiais. Na contestação, a empresa defendeu que o tratamento emergencial realizado no Hospital Regional “foi de acordo com a sintomatologia apresentada pela menor”. Ressaltou ainda que a paciente não tinha cumprido o período de carência contratual, razão pela qual negou a internação.

Em setembro de 2010, o Juízo da 1ª Vara Cível de Fortaleza determinou que a Unimed Fortaleza pagasse R$ 10 mil, a título de reparação moral. A indenização por danos materiais foi negada.

Objetivando reformar a sentença, os pais de M.P.L.O.B. ingressaram com apelação (nº 0015796-74.2009.8.06.0001) no TJCE. Ao julgar o processo, nessa terça-feira (04/10), a 8ª Câmara Cível majorou a quantia para R$ 50 mil. Segundo o relator, desembargador Carlos Rodrigues Feitosa, “o montante leva em conta a capacidade econômica da Unimed e a gravidade do abalo sofrido pelos pais, diante da perda da filha”.

O órgão julgador decidiu também que a reparação material é devida. Com isso, o plano de saúde deve pagar pensão mensal de 2/3 do salário mínimo no período em que a menor estaria entre 14 e 25 anos. Dos 25 aos 65 anos, esse valor será reduzido para 1/3. “No que tange aos danos materiais, a súmula 491 do Supremo Tribunal Federal é clara ao afirmar que é indenizável o acidente que cause a morte de filho menor, ainda que não exerça trabalho remunerado”, explicou o relator.”

(TJ-CE)

Luizianne Lins inaugura nesta 2ª feira o Conjunto Sabiá

239 1

A prefeita Luizianne Lins (PT) vai inaugurar oficialmente, às 16 horas de segunda-feira, o Conjunto Sabiá (Bairro Passaré). Do total de 56 moradias entregues, 41 foram destinadas a garis e as demais para moradores que viviam ao redor de onde o habitacional foi construído. O conjunto, projeto da Fundação Habitafor que custou R$ 1,84 milhão,  conta com centro comunitário, Estação de Tratamento de Esgoto e quadra de areia. Nas proximidades do conjunto, escolas públicas municipal e estadual, posto de Saúde, ruas recentemente pavimentadas, transporte acessível com duas linhas de ônibus em funcionamento normal.

São 32 apartamentos com dois quartos, 20 com três quartos e quatro com três quartos e banheiros adaptados para idosos e pessoas com deficiência. Os beneficiados não pagam Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e condomínio. As únicas despesas obrigatórias são as contas de água e luz, e os beneficiados podem procurar a Cagece e a Coelce para aderirem aos programas das companhias para redução das tarifas.

SERVIÇO

Conjunto Sabiá – Rua das Aroeiras, 936, esquina com Avenida dos Paroarás – Passaré, Regional VI, ao lado do Hospital Sara Kubitschek.

Justiça diz que Caixa não pode negar crédito a inadimplente

“Clientes que deixaram de pagar empréstimos há mais de cinco anos não podem ter o crédito restringido pela Caixa Econômica Federal. Por unanimidade, a Terceira Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) determinou que qualquer informação negativa de correntistas inseridas em cadastro ou banco de dados interno antes desse prazo não pode ser usada na concessão de empréstimos e financiamentos. Caso o cliente tenha o crédito rejeitado, o banco também terá de apresentar uma justificativa.

A decisão é válida para todo o país e tem como base o Código de Defesa do Consumidor. A legislação, de acordo com o tribunal, estabelece que os cadastros de consumidores não podem conter informações negativas de mais de cinco anos e garante acesso a esses dados pelos clientes. O Ministério Público Federal, autor da ação, alega que essa norma tem como objetivo impedir que o consumidor seja eternamente punido por fatos antigos, o que configura pena de caráter perpétuo, proibida pela Constituição Federal.

O processo teve origem na 8ª Vara da Justiça Federal no Ceará, que condenou o banco em primeira instância. A Caixa recorreu no TRF-5, onde também perdeu a ação, mas decidiu contestar novamente a sentença por meio de embargos de declaração. Para o TRF-5, a decisão não prejudica os riscos de negócio da Caixa, porque a instituição pode continuar a avaliar o perfil, a renda e o endividamento do cliente, desde que não sejam considerados dados de mais de cinco anos. Procurado pela Agência Brasil, o banco não informou se foi notificado nem se recorrerá da decisão no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

(Agência Brasil)

Ministro da Integração transfere domícilio para ser candidato a prefeito do Recife

O PSB de Pernambuco anunciou oficialmente, nesta sexta-feira, a transferência dos domicílios eleitorais do ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, de Petrolina para o Recife, dentro das últimas deliberações da direção estadual do PSB de Pernambuco, relacionadas com o fechamento do prazo de filiação partidária.

Bezerra passou esta sexta-feira no Ceará, quando firmou termo de cooperação com o Governo do Estado, que deverá viabilizar o projeto Cinturão das Águas. Esse projeto viabilizará a distribuição das águas da transposição do rio São francisco no Ceará. Ele também visitou o perímetro irrigado Tabuleiro de Russas, onde assinou edital da segunda etapa. Ainda fez reunião na sede do Dnocs sobre obras do PAC no Estado.

Em Petrolina, cidade do ministro, nada muda em tese, uma vez que o filho, o deputado federal Fernando Bezerra Filho, deve ser o candidato do PSB. No caso, FBC fica chateado com a traição ao projeto de eleição do filho.

(Este Blog e JC Online)

Encontro Nacional Marista encerra debates

O II Encontro Nacional das Instituições Maristas de Educação Superior chegou ao fim nesta sexta-feira, no Gran Marquise Hotel. O saldo do evento, que abordou o tema “Excelência e Sustentabildiade no Ensino Superior: Cenários Nacionais e Internacionais”, foi considerado positivo por reitores, diretores e gestores das sete Instituições brasileiras ligadas à Rede de Ensino Marista.

Para a professora Manuela Suassuna, diretora acadêmica da Faculdade Católica do Ceará, Instituição acolhedora do evento, o encontro possibilitou, além de uma maior integração das universidades e faculdades maristas, importantes debates sobre o posicionamento das Instituições de Ensino católicas frente aos atuais processos de globalização.

“Aqui pudemos discutir o posicionamento das nossas instituições frente ao atual contexto nacional e internacional da educação superior. Reafirmamos também o nosso compromisso em não abrir mão da qualidade da formação dos nossos estudantes, ainda mais diante de um cenário cada vez mais competitivo que envolve o ensino privado. Além disso, nos situamos sobre as Políticas Públicas adotadas atualmente no Brasil para a educação superior, ressaltando o que diz respeito, mais precisamente, a rede privada de ensino”, diz Manuela.

Durante três dias de evento, foram mais de dez conferências e mesas de trabalho sua programação. Alguns dos palestrantes do evento foram os reitores da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Irmão Ivo Juliatto, e da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Irmão Joaquim Clotet.

(Foto – Divulgação)

Governo reedita MP que garante crédito para criação e reforma de cinemas

“O governo federal reeditou a MP nº 491/10, que determina ao poder público conceder uma linha de crédito para a criação e reforma de espaços de cinema e compra de equipamentos com a redução de impostos. A deputada Federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ) aproveitou para apresentar emenda ao texto. O objetivo, segundo a parlamentar, é aperfeiçoar a iniciativa, resgatando alguns benefícios contidos na proposta editada no fim do governo Lula e que perdeu validade por não ter sido votada pelo Congresso em tempo hábil. “É uma conquista importante para o setor cultural e, sobretudo, à sociedade. Mas, também é importante que busquemos preservar a essência da proposta anterior”, diz.

A matéria voltou à Câmara dos Deputados na forma da MP nº 545.  De acordo com o texto, o programa visa facilitar o acesso da população ao cinema, promovendo o barateamento dos ingressos e a abertura de salas de exibição em cidades de médio porte e em bairros populares de grandes cidades. O programa visa oferecer opções para espectadores de classes sociais hoje afastadas do cinema, principalmente as classes C e D.

A MP determina que o Poder Público estabeleça uma linha de crédito para a criação de espaços de cinema, permitindo que a iniciativa privada faça projetos para a construção de novas salas, reformas de atuais e compra de equipamentos com a redução de impostos. Caberá à Agência Nacional de Cinema (Ancine) editar as normas e estabelecer os requisitos para tanto. O programa facilitará o acesso da população ao cinema ao promover a abertura de salas de exibição em cidades de médio porte e em bairros populares de grandes cidades.

A emenda apresentada pela deputada Jandira Feghali (PCdoB/RJ) busca restabelecer texto contido na Medida Provisória nº 491/10, uma vez que a MP nº 545 voltou a tramitar desconsiderando dispositivos que tratam da isenção fiscal. “Isso é essencial para alcançar a meta de instalação de salas de cinema em localidades que não têm perspectivas sem esse incentivo”, observou.”

(Com PCdoB)

PT divulga nota e não diz se pedirá na Justiça mandato de Salmito Filho

180 4

Adiós, compañeros!!!

O Partido dos Trabalhadores enviou para este Blog resolução que tratou sobre a saída de Salmito Filho, ex-presidente da Câmara Municipal, da legenda. A resolução diz que o partido, em nenhum momento, fez perseguição ao veredor. Confira:

O Diretório do Partido dos Trabalhadores de Fortaleza, reunido neste 7 de outubro de 2011, vem a público manifestar-se sobre a alegativa do Vereador Salmito Filho de que sofria discriminação pessoal e perseguição política do partido para justificar sua desfiliação.

Considerando os termos da declaração, afirmarmos que o ex-filiado jamais sofreu, no âmbito do Partido dos Trabalhadores ou por seus membros, qualquer forma de exclusão, perseguição e/ou discriminação. Ao contrário, teve sempre as suas posições respeitadas, mesmo quando essas destoavam da posição majoritária da bancada do Partido ou de sua Executiva.

Causa-nos estranheza na argumentação apresentada o fato de que, mesmo assumindo na Executiva o cargo de segundo vice-presidente do PT municipal, o Vereador se encontrava ausente, há mais de um (01) ano, sem justificativa, de suas reuniões.

Importante registrar que, ao longo dos últimos meses, o ex-filiado adotou uma atitude de isolamento em relação à bancada e a direção do Partido, não tendo procurado em nenhum momento essas instâncias com o objetivo de discutir sua situação partidária, mesmo quando convidado a participar das reuniões da Executiva Municipal.

O PT é um partido reconhecido por sua democracia interna, fruto da construção histórica de nossa militância. Nossa organização, Regimento e Direção reafirmam o valor da pluralidade e da livre expressão de posições políticas no debate interno, o que só enriquece e fortalece nossa cultura partidária. Nesse sentido, entendemos que as declarações do ex-filiado expressam uma pretensão de justificar sua decisão, sem encontrar nenhum fundamento na realidade dos fatos.

EXECUTIVA MUNICIPAL DO PT.

VAMOS NÓS – Por essa nota, conclui-se que Salmito não sofrerá perseguição. Ou seja, o PT não vai reclamar seu mandato no tapetão.

Após 63 dias em greve, professores decidem voltar às atividades

“Após 63 dias em greve, os professores da rede estadual de ensino decidiram, nesta sexta-feira, 7, voltar às atividades. A decisão foi tomada há pouco em assembleia realizada pela categoria, no ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza.

Enquanto parte dos docentes defendia a continuidade da greve, outro tanto votou pela suspensão das paralisações. E, após duas horas de assembleia entre a categoria, o comando de greve apontou que a maioria dos votantes decidiu pela volta dos professores às salas de aula.

A decisão, no entanto, não agradou a todos e gerou protestos entre a categoria. Docentes que estavam no ginásio Paulo Sarasate afirmavam que a decisão foi injusta e que deveria haver uma recontagem dos votos devido a semelhança entre os dois resultados.

Com o fim da greve, a categoria deve se reunir com o Governo do Estado na próxima segunda-feira. Em um mês, haverá nova assembleia para analisar possíveis avanços nas negociações. Apesar de voltarem às atividades, os professores ameaçam iniciar novas paralisações caso a discussão com o Governo não avance.

O fim da greve acontece um dia após representantes do sindicato Apeoc se reunirem por 6 horas com o chefe de gabinete do governador, Ivo Gomes, e com a secretária da Educação, Izolda Cela.”

(O POVO Online)

Copa 2014 – Líder do Governo diz que Governo pode recuar da meia-entrada

“O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que deverão ser feitas alterações no Senado no projeto do Estatuto da Juventude em relação à previsão de meia-entrada para estudantes de até 29 anos em eventos culturais e esportivos. O projeto foi aprovado ontem pela Câmara e torna o direito uma lei federal, o que pode atrapalhar a negociação do governo com a Fifa em relação à Lei Geral da Copa.

Vaccarezza admitiu que houve erro ao deixar passar o projeto com a previsão de meia-entrada sem deixar a responsabilidade de regulamentação para Estados e municípios. “Se teve algum erro ao encaminhar, foi meu. Nós fizemos alguns ajustes, mas não neste ponto”.

O líder do governo afirmou que a intenção é deixar a meia-entrada como é hoje, a cargo de Estados e municípios. “Não estamos discutindo o conteúdo, eu sou a favor da meia-entrada, o que estamos debatendo é se deve ser uma legislação nacional ou estadual”.

O “erro” só foi descoberto nesta manhã. Para votar o projeto ontem, foi incluído em relação ao desconto de 50% na passagem de ônibus a previsão de que isso deve ser regulamentado por Estados e municípios, mas esqueceu-se de colocar esta mesma previsão em relação a meia-entrada em eventos. “Temos de corrigir este ponto no Senado”, disse Vaccarezza após ser avisado por assessores do texto final.

Para o líder do governo, não seria correto colocar em legislação nacional essa previsão porque poderia aumentar o preço de ingressos. “Se você der meia-entrada para todos, o preço vai ser integral”. Ele observou que o Estatuto do Idoso já prevê esse direito para quem tem mais de 60 anos.

Vaccarezza destacou que, mesmo com a aprovação de uma lei federal sobre o tema, é possível que a Lei Geral da Copa retire a vigência da meia-entrada nos eventos da Fifa. “O Estatuto é perene, a Lei Geral da Copa, em 2015, já não terá mais importância nenhuma, não é algo pra sempre”.

A Fifa está em disputa pelo governo porque não aceita a meia-entrada nem para estudantes, nem para idosos. Até o momento, o Executivo tem a posição de defender o direito para os idosos e terceirizar para Estados e municípios a decisão relativa aos estudantes.”

(IstoÉ)

McDonald's – Câmara dos Deputados vai apurar denúncias contra rede

O deputado federal Eudes Xavier (PT) deu entrada, na Câmara dos Deputados, num requerimento que pede a realização de audiência pública para apurar uma série de denúncias de cunho trabalhista contra a  rede de fast-food  Mc Donald’s. Segundo o parlamentar, que integra a Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, as denúncias foram feitas pelos próprios funcionários da rede em São Paulo.

Eles denunciam jornada de trabalho excessiva, maus tratos, contratação de menores e a chamada jornada móvel que a empresa adota em todo o País com hora de trabalho estipulada em R$ 2,52, muitas vezes inferior a um salário mínimo mensal.

“Essa prática afronta a Constituição Brasileira, que é bem clara: nenhum trabalhador poderá receber salário mínimo inferior ao vigente no País. Vamos investigar essas denúncias detalhadamente “, promete Eudes Xavier.

(Foto – Paulo MOska)

Seis Estados brigam por fábrica de telas de iPhones e iPods

Do Blog de Sonia Racy

Errou quem achou que a Foxconn havia desistido do Brasil. Dirigentes top da empresa desembarcam no País semana que vem, segundo contou hoje Aloizio Mercadante. Vêm aprofundar entendimentos  dos últimos meses, visando construir por aqui fábrica de telas touchscreen – produto que montam, atualmente, somente no Oriente. “Já temos oferta de seis governadores de Estado para abrigar a nova empresa”, assegura o ministro.

Este seria o começo de um complexo maior, de US$ 12 bilhões, conforme projeto anterior.

Para instalá-la, segundo Mercadante, precisam de área de 1,5 km, fornecimento anual de 4 GW de energia e aeroporto internacional por perto. Vale lembrar que a Foxconn é dona de unidade em Jundiaí (SP), onde já está fabricando iPhones e iPods.

Prefeito de Quixadá troca PT pelo PSB

Rômulo (ao fundo) durante entrevista ao Sistema Monólitos, em Quixadá.

O prefeito Rômulo Carneiro, de Quixadá (Sertão Central), bem com o seu irmão, Cléber Júnior, presidente da Câmara Municipal, deram adeus ao Partido dos Trabalhadores. Rômulo foi para o PSB, partido do governador Cid Gomes, e seu irmão, para o Partido da Pátria Livre (PPL). Ambos se diziam “sufocados” pelo PT, que, nessa cidade, tem como liderança maior o ex-prefeito Ilário M Marques.

Rômulo saiu porque quer a reeleição, o que estava sob ameaça de Ilário, andou admitindo entrar na peleja.

Ilário tem maioria no diretório municipal. Rômulo queria que houvesse prévias no partido, o que não estava sendo possível. Já o vereador Cleber Júnior, adiantou que é pretensão dele fortalecer o PPL em Quixadá.

(Com Sistema Monólitos)

Correios – Negociações fracassam e greve continua

“A nova tentativa de um acordo entre sindicalistas e a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) fracassou nesta sexta-feira (7), estendendo a greve dos Correios pelo menos até a próxima terça-feira (11). O presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), João Orestes Dalazen, decidiu que o dissídio à categoria será definido em julgamento.

A paralisação pode acabar antes do julgamento se houver um acerto entre as partes. Dalazen afirmou que se isso não acontecer, a decisão da tarde de terça-feira dará fim à greve, com estipulação do dissíduo e de eventuais compensações a serem feitas pelos funcionários.

Na terça-feira (4), as partes chegaram a um acordo no TST, mas nas assembleias os funcionários rejeitaram a proposta. Nesta tarde, de acordo com Dalazen, nenhum das partes avançou na busca por um acordo. Entre as principais divergências estão o valor do abono, a data para um aumento real dos salários e o desconto dos dias parados em razão da greve.

O secretário-geral da Fentect (federação , José Rivaldo, afirmou que “há esperança de um acordo na segunda-feira antes do julgamento no TST”. “Os trabalhadores vão ser esclarecidos do risco de termos de compensar todos os dias de paralisação, e não apenas os seis que negociamos”, disse. A jurisprudência da Corte considera suspensos os contratos de trabalho durante movimentos grevistas.

O vice-presidente dos Correios, Larry de Almeida, também disse confiar em um acordo até a data do julgamento. “Nós aceitamos as duas propostas feitas pela conciliação no TST. Lamentamos que tenham rejeitado”, disse. Segundo ele, cerca de 35 mil dos 107 mil servidores dos Correios estão trabalhando aos finais de semana para compensar os atrasos.

Até agora cerca de R$ 160 milhões de correspondências estão acumulados para entrega. Os Correios afirmam que a greve atinge 20% dos seus funcionários. Os grevistas dizem que adesão chega a 70%.

Ontem, o TST determinou que os sindicatos deveriam manter em atividade pelo menos 40% de seu quadro de funcionários para garantir o serviço durante a greve convocada há 24 dias.”

(Folha.com)

EUA – Desemprego com taxa acima de 9%

“O governo dos Estados Unidos informou hoje (7) que a taxa de desemprego no país mantém-se acima dos 9% – cerca de 14 milhões de desempregados – apesar de 103 mil postos de trabalho terem sido criados no país, no mês passado. Das pessoas que conseguiram uma ocupação, 45 mil eram funcionários em greve da empresa de comunicações Verizon, que voltaram ao trabalho.

Segundo analistas, as empresas norte-americanas estão pessimistas em relação às perspectivas econômicas no país e à crise da dívida na Europa. De agosto a setembro, o número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos aumentou em mais de 2 mil.

No mês passado, o Departamento do Trabalho norte-americano informou que 414.750 mil trabalhadores desempregados recorreram ao governo. O departamento registrou um total de 3,73 milhões de pedidos de auxílio-desemprego no acumulado do ano até a primeira semana de setembro.

No final do mês passado, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou um pacote de medidas para estimular a economia nacional e o mercado de trabalho, impondo cortes de despesas públicas e aumento de impostos.”

(Agência Brasil)