Blog do Eliomar

Últimos posts

FHC será estrela em programa nacional do PSDB

64 3

“O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso conduzirá o programa do PSDB em cadeia nacional de TV, que irá ao ar na próxima quinta-feira, dentro de uma arena, de onde responderá perguntas feitas por uma plateia, num estilo “programa de auditório”.

Depois de ter sido “escondido” na campanha eleitoral para a Presidência da República, FHC foi tratado no filme como a principal estrela do partido pela direção tucana.

Nem José Serra, candidato derrotado à Presidência, nem o senador mineiro Aécio Neves falarão no filme.”

(Agência Estado)

Secretaria de Administração do Município rebate vereador pedetista

Da Secretaria de Administração do Município de Fortaleza, este Blog recebeu nota que quer esclarecer declarações dadas neste espaço pelo vereador Plácido Filho (PDT) e que dizem respeito à data-base dos servidores municipais. Conifra:

Caro Eliomar de Lima,

A Secretaria de Administração do Município informa, por meio de sua assessoria de comunicação, que a antecipação da data-base de reajuste dos servidores ainda será objeto de discussão na negociação salarial deste ano. A Prefeitura de Fortaleza aguarda apresentação da pauta de reivindicações dos sindicatos para que seja iniciada a negociação, incluindo o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço de Saúde de Fortaleza (Sintsaf), o que deve acontecer até maio.

Especificamente sobre a antecipação da data-base a Prefeitura aguarda apresentação formal da proposta pelos sindicatos para que seja discutida. Atualmente, já encontra-se em andamento, desde dezembro de 2010, a negociação salarial com os servidores do ambiente educação, representados pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute).

Sem mais,

Assessoria de comunicação SAM.

Pimentel e Eunício tomam posse no Senado

80 1

Os senadores José Pimentel (PT) e Eunício Oliveira (PMDB) acabam de ser empossados durante solenidade em Brasília. No total, asumiram mandato 54 novos senadores.

Eunício trabalha para presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), enquanto Pimentel abriu a vice-presidência do Senado para Marta Suplicy (PT-SP).

Um grupo de cearenses prestigiou o ato. No lado empresarial, Fernando Cirino (Fiec) e os presidentes da CDL Fortaleza e da FCDL, Freitas Cordeiro e Honório Pinheiro.

Primeira vice-presidência do Senado fica com Marta Suplicy

90 1

“O senador José Pimentel (PT-CE) cedeu na queda de braço que travava com Marta Suplicy (PT-SP), e a ex-prefeita de São Paulo será a primeira a assumir o rodízio na 1º vice-presidência do Senado. Desta forma, Pimentel assumiria a função no segundo biênio. A eleição para os cargos na Mesa Diretora acontecem nesta terça-feira. José Sarney (PMDB-AP), que deve ser eleito, concorre com Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).

– Por sua competência como prefeita e ministra, estamos de parabéns em tê-la (Marta) como vice-presidente do Senado – disse Pimentel em entrevista à TV Senado, ao lado de Marta.”

(Globo Online)

A "Fortaleza Bela" de Luizianne

285 11

A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT) estreou, nesta terça-feira, nas páginas do O POVO, assinado artigo. Ela prometeu que isso será semanal e que vai expor suas ações, prestar esclarecimentos e debater assuntos importantes e do interesse do fortalezense. Confira o primeiro:

No início do nosso Governo, sentia que aquela era “hora de calar”! Aprendi na Bíblia (Eclesiastes 3) que “para tudo há um tempo determinado (…) tempo para nascer e tempo para morrer; tempo para plantar e tempo para colher (…) tempo para chorar e tempo para rir; tempo para lamentar e tempo para saltitar; (…) tempo para ficar quieto e tempo para falar.”

Somos amantes apaixonad@s de Fortaleza, que é Bela por natureza e pela natureza do seu povo. Somos a quarta capital brasileira em número de habitantes. Destes, cerca de 75% dependem dos serviços de saúde pública.

Por isso, Fortaleza é a segunda capital que mais gasta em saúde no Brasil.

Nossa rede pública municipal é a terceira maior do País, com mais de 240 mil alunos. Foram abertas 139 creches, reformadas e ampliadas 285 escolas, e adquiridas e construídas mais 65. Já extinguimos 127 dos 155 anexos que existiam. Além do fardamento completo e de melhorias na merenda escolar. E seguimos investindo na educação pública. Em seis anos, aumentamos em 1436% a quantidade de alunos com deficiência nas escolas e oferecemos transporte escolar gratuito diariamente.

Já no transporte público, congelamos por quatro anos a passagem que hoje é a menor de sistema integrado do País. Além da integração temporal e da tarifa social aos domingos.

Estamos desenvolvendo a maior política habitacional de Fortaleza. São milhares de casas em construção, reformas, aluguéis sociais e regularizações fundiárias. As áreas de risco na nossa Administração diminuíram de 105 para 91. E os projetos habitacionais não param, urbanizando lagoas e espaços públicos.

Falei de algumas políticas de maior alcance em relação à maioria da população.

Na sequência, desejo tratar outros assuntos importantes. Pretendo toda terça-feira colaborar, através de ideias e esclarecimentos para o bom debate sobre a nossa Fortaleza. Uma cidade que começa a abrir os olhos para a sua vocação produtiva, que está resgatando a sua estima e hoje é a querida “Fortaleza do Brasil”!

Luizianne Lins – Prefeita de Fortaleza

VAMOS NÓS – Em seu primeiro artigo, Luizianne faz um balanço já conhecido de sua gestão. Ela também promete dialogar com todos, mas se esqueceu de um pequeno detalhe: não divulgou seu e-mail para receber sugestões e também críticas.

No Circo do Congresso, até luta de boxe

225 1

“O senador Eduardo Suplicy (PT-SP), 69, topou um desafio do ex-boxeador e deputado eleito Acelino Popó Freitas (PRB-BA), 35. O quebra-pau no Congresso, ao menos desta vez, é para ser levado na esportiva. Hoje de manhã, em recepção aos novos parlamentares, Popó brincou que chamaria dois “metidos a lutador de boxe”, Suplicy e o senador Magno Malta (PR-ES), com quem tem afinidades evangélicas, para um duelo no ringue. Popó ganhou uma vaga na Câmara com a saída do deputado Mário Negromonte (PP-BA), que virou ministro das Cidades.

Sua primeira batalha em Brasília já está marcada: um “amistoso” de boxe com Suplicy, nesta quinta-feira (3). O próprio Suplicy, ex-pugilista na juventude, passou as coordenadas hoje, via Twitter: “Às 8h, na academia de ginástica do Senado”. A academia, no entanto, passa por reformas. A assessoria de imprensa do senador avisou que eles procuram novo lugar para a peleja.

“Em 2004, Suplicy publicou artigo na Folha sobre sua relação com o boxe. Entre 8 e 12 anos, o jovem Eduardo treinou com Higino Zumbano, tio do icônico Eder Jofre, e tornou-se campeão da categoria leve. O treinamento se estendeu à adolescência. “Levava jeito”, afirmou Suplicy. “Fez-me bem para o resto da vida. Pulava corda. Fazia ginástica tipo sueca, saía para correr no parque, fazia rounds com sacos de areia, “punching-ball”, sombra e finalmente luvas, ou seja, o treinamento com os adversários.”

Excentricidade

Se concretizada, a luta com Popó entrará no rol de excentricidades do senador. Em 2009, Suplicy desfilou pelo Senado com sunga vermelha por cima do terno. O caso fez a corregedoria da Casa abrir uma investigação, que acabou arquivada. Em agosto de 2009, Suplicy comparou o Senado a um “jogo de futebol” e levantou cartão vermelho em protesto ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).No plenário, ele vira e mexe mostra seus dotes de cantor. O repertório é variado: Cat Stevens, Racionais MC’s, Bob Dylan e Geraldo Vandré.”

(Blog Presidente 40)

Sisu na UFC – Segunda chamada na 6ª feira

“Quem ainda aguarda uma vaga na Universidade Federal do Ceará (UFC), atenção! O resultado da segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) está previsto para sair na próxima sexta-feira. Ontem, terminou o prazo para os classificados na primeira chamada se matricularem na UFC. A matrícula das vagas remanescentes será realizada nos dias 8 e 9 de fevereiro, das 8h30min às 11h30min e das 14 às 17 horas.

A UFC ofereceu 5.724 vagas para todo o País, distribuídas entre 102 cursos em Fortaleza, Sobral, Quixadá e na região do Cariri. A expectativa da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) é de que 65% das vagas tenham sido preenchidas na primeira chamada. “Essa é a média das edições passadas do Sisu”, informa o coordenador de Planejamento, Informação e Comunicação da Prograd, Miguel Franklin, responsável pelo Sisu na UFC.

Franklin esclarece que, se alguém foi classificado na primeira chamada para a primeira opção e deixou de comparecer à matrícula, já está fora do sistema. Para aqueles que foram classificados apenas para a segunda opção e ainda não se matricularam, podem pleitear a primeira opção na segunda chamada. Quem garantiu a matrícula do segundo curso poderá ainda continuar concorrendo à vaga da primeira opção.

“Quando vier se matricular, automaticamente a matrícula da segunda opção será cancelada”. O cancelamento ocorre por causa da lei federal 12.089/09, que proíbe a ocupação de duas vagas (graduação) no ensino superior público. Após a segunda chamada, o estudante tem ainda a chance de conseguir uma vaga na terceira chamada. A previsão é que o resultado seja divulgado no próximo dia 13. A matrícula está programada para os dias 15 e 16 de fevereiro.”

(O POVO)

O recado de Adísia para o novo secretariado

A jornalista Adísia Sá assina artigo no O POVO desta terça-feira intitulado “Aos novos secretários”. São 26 pastas pra tudo que é função administrativa e, claro, gosto político. Confira: 

Pois é, país rico é outra coisa: há de sustentar 37 ministérios, departamentos, agências. Estado rico também não fica atrás: Ceará mantém 26 secretarias, departamentos, agências. Quem assume leva seu pessoal de confiança e quem sai pede que não se ponha pra rua a turminha ali colocada. Tudo fica na mesma: entra e não sai, sai e deixa “herdeiros”. Pelo visto, só as fotos oficiais são retiradas…

E já alguma coisa.

Mas falando em secretários- e como sei que poucos políticos cearenses leem Maquiavel, me debrucei no “Príncipe” e preparei este presentinho para os novos condutores do Estado.

1 – São indispensáveis o apoio e a simpatia dos funcionários, os ingressos e os egressos: eles ou movimentam ou emperram
a máquina.

2 – Atenção ao comportamento dos chefes e diretores: há os que não se adaptando às novas ordens, resmungam, criticam, boicotam as suas determinações. São nocivos à sua gestão.Ou os desloquem para setores abaixo de onde estavam ou os afaste definitivamente, encaminhando-os a quem de direito.

3 – Manter as linhas administrativas ou mudar as que emperram a máquina;

4 – Ser presente e atento ao que se passa a seu redor. Diziam os antigos:”o olho do dono engorda o boi”. Sem tomar o aforismo ao pé da letra, adeque-o ao momento;

5 – Afastar-se só quando convocado pelo governador: ausente não vê o andamento da máquina, não sabe quem a emperra ou agiliza;

6 – Não esquecer o conselho do Rei, ao filho Pedro: ponha a coroa na cabeça, antes que alguém o faça… na própria.

7 – Estimular e louvar os bons servidores e criticar, com palavras leves os que não afastáveis (são os famosos apadrinhados);

8 – Presente, “atalha os males com bastante antecedência” (M), , ausente ou distante, ao tomar conhecimento da situação(fatos), “debalde tentará debelá-los “ (M)

9 – “ Quem consegue distinguir os males apenas começam a surgir, fácil é destruir” (M)

10 – Assumindo a pasta, ali não tem amigos, deve, então, atentar para quem se aproxima de sua mesa…

Adísia Sá – Jornalista

adisia@secrel.com.br

Novo Congresso, velhas práticas

79 1

“Num clima de revolta e traição na base aliada, insatisfeita por causa de cargos e liberação de emendas, o PT tenta evitar hoje que esse clima contamine a disputa entre o petista Marco Maia (PT-RS) e Sandro Mabel (PR) pela presidência da Câmara dos Deputados. Já sabendo que a presidente Dilma Rousseff só espera passar a eleição de hoje para anunciar cortes e minar alguns feudos peemedebistas como Furnas, o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), aliado de primeira hora do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mandou recados duríssimos para o governo: não aceitará ser um aliado incômodo e vai brigar por cargos para o partido.

Já de olho na reabertura das indicações do segundo escalão no governo, Henrique Alves, reconduzido pela quinta vez ao cargo de líder do PMDB, aproveitou ontem a reunião da bancada para reclamar dos ataques desferidos contra o partido e da perda de cargos nas estatais.

Ele avisou que não aceitará que o PMDB seja achincalhado.”

(O Globo)

BNB divulgará Balanço 2010

56 1

O Programa Nacional de Agricultura Familiar do BNB aplicou R$ 1,1 bi ano passado. O dado é do balanço que o presidente do banco, Roberto Smith, divulgará nesta terça-feira, às 10 horas, durante entrevista coletiva em seu gabinete (Bairro Passaré).

Além desse dado, Smith divulgará o saldo dos programas de economia solidária da Instituição como o CrediAmigo e o AgroAmigo.

Setores empresariais e políticos estão torcendo para que Roberto Smith emplaque mais quatro anos. Dizem que ele retomou o diálogo com os funcionários e com vários segmentos da sociedade civil, além de ter arejado a imagem do banco.

Governadores como Cid Gomes (PSB) endossaram, com documento e tudo, a permanência de Smith no cargo.

Eudes Xavier, o último parlamentar a embarcar para a festa da posse

O deputado federal Eudes Xavier (PT) foi o último parlamentar cearense a embarcar para a festa da posse que ocorrerá nesta terça-feira, em Brasília. O parlamentar seguiu nesta madrugada osem paletó. Vai trocar de roupa momentos antes da solenidade. 

“Fiz questão de viajar usando a camisa da luta pela aprovação da pEC-300. Essa luta é uma questão de justiça com uma categoria essencial para todos”, explicou Eudes Xavier, referindo-se à emenda constitucional nº 300, que garante a equiparação salarial dos PMs e bombeiros de todo o País aos Pms e bombeiros do Distrito Federal, os mais bem pagos atualmente.

Eudes deixou claro que essa matéria é uma das prioridades do seu mandato e que está otimista quanto a sua aprovação. “Nós entendemos que R$ 1.500 para um policial é pouco pelo que ele faz e pela importância de sua missão. Cremos que R$ 2.500 seria um salário digno”, concluiu o petista.

O Homem da Chuva 2

Eduardo Sávio, que foi aprovado em concurso público para professor do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da Universidade Federal do Ceará, vai continuar presidindo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Ele acabou aceitando convite que lhe foi feito pelo secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado, René Barreira.

Sávio, no entanto, quer, nesse novo mandato, centralizar esforços não apenas na conquistar de novos equipamentos de pesquisa para o órgão. Priorizou luta por um plano de cargos, carreiras e salários para a Funceme que, nos últimos anos, vem perdendo técnicos por causa da baixa remuneração. Doutores e mestres ali não recebem mais de R$ 3.500,00.

Egito – Mais de um milhão sairão às ruas para pedir renúncia de Mubarak

“O duelo entre o presidente egípcio, Hosni Mubarak, e os manifestantes que exigem sua renúncia desde a semana passada, enfrenta nesta terça-feira um teste decisivo, com a convocação de protestos que pretendem reunir um milhão de pessoas.

Mais de 5.000 pessoas chegaram durante a madrugada ao centro do Cairo, onde muitas delas passaram a noite, apesar do toque de recolher. “Fora Mubarak”, gritavam os manifestantes na Praça Tahrir (Praça da Libertação), epicentro da revolta contra o regime.

Helicópteros militares sobrevoavam a cidade e os soldados mobilizados na capital desde sexta-feira controlavam os pontos de acesso.

Mas o Exército destacou na segunda-feira que considera legítimas as reivindicações do povo e anunciou que não usará a violência contra os manifestantes. “A liberdade de expressão de forma pacífica está garantida para todos”, afirmou o porta-voz do Exército.

Quase 50 Organizações Não Governamentais (ONGs) egípcias de defesa dos direitos humanos pediram a Mubarak “que se retire do poder para evitar um banho de sangue”.

Mubarak, 82 anos, no poder desde 1981, esboçou nos últimos dias gestos de abertura, mas não conseguiu aplacar os protestos que deixaram pelo menos 125 mortos e milhares de feridos desde a terça-feira da semana passada.

Os organizadores dos protestos também convocaram uma greve geral, iniciada na segunda-feira, em um país já paralisado, com a Bolsa e os bancos fechados, os postos de gasolina sem combustíveis e os caixas automáticos vazios.”

(JB Online)

Prefeita promete ficar mais próxima do seu secretariado

81 1

“A menos de dois anos do fim de sua segunda gestão, a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), garantiu que vai acompanhar mais de perto as obras para que cumpram prazos e possam ser finalizadas, antes do término de seu mandato. Ontem, ela realizou a segunda reunião com o seu secretariado em menos de 15 dias e, conforme O POVO apurou, chegou a reconhecer que esteve distante, e prometeu “mudar isso”.

“Nesse tempo final é só para isso. Nós vamos cobrar dia-a-dia, a execução das obras que já estão em curso e dia-a-dia o comportamento dos secretários para que essas obras não atrasem”, declarou Luizianne, após a solenidade de posse dos delegados escolhidos pelas comunidades para o Orçamento Participativo, que ocorreu logo após a reunião com o primeiro escalão da Prefeitura.

Em público, porém, a prefeita negou que estivesse distante, mas reconheceu que teve de se ausentar para buscar recursos. “Eu não fiquei distante de forma alguma, mas eu priorizei ir atrás de recursos que a Prefeitura não tinha”, disse ela, alegando que nessas viagens conseguiu quase R$ 2 bilhões para “permear” os “grandes projetos desenvolvidos agora”.

O coordenador da Comissão de participação Popular e braço direito da prefeita atualmente, Elmano de Freitas, afirmou que antes – seis anos – foi a “fase de preparação” do segundo mandato e que agora é a “fase de execução”. Ele garantiu que 100% das demandas do Orçamento Participativo de 2010 devem ser realizadas até o fim deste ano.

Reformas de praças e obras de pavimentação estão entre as principais obras a serem executadas pela Prefeitura.

Além disso, Luizianne teria orientado seus secretários a não anunciarem novas obras. A prioridade, segundo o líder da prefeita na Câmara Municipal, vereador Ronivaldo Maia, que também participou do encontro, é terminar o que se começou. “Ela quer, de forma planejada, executar. Mas que a gente dê um passo que a perna alcance. Se não tem condições de finalizar, é melhor nem começar”.

Conforme Ronivaldo, Luizianne teria dito que este é o “momento também de falar”, de mostrar, segundo ele, as “missões cumpridas”.

Já em pleno vapor, a cobrança aos secretários começou na reunião de duas semanas atrás. Já ontem, cada titular de Secretaria Executiva Regional (SER) foi orientado a levar projetos específicos de reformas de suas praças, conforme as demandas do OP.

Elmano de Freitas, por sua vez, informou que haverá um cronograma Conselho Geral do Orçamento Participativo terá reuniões com cada secretário para que estes prestem contas da execução das obras.

Aos delegados do OP, Luizianne fez discurso emotivo, colocando para eles a responsabilidade e, chamando-os a colaborar com o Governo, pediu mais “maturidade”. “Orçamento Participativo não é movimento social à parte, É instrumento de gestão”.

(O POVO)

Na Assembleia, oposição fica maior, mas está tudo dominado

81 2

“Além de dar um segundo mandato ao governador Cid Gomes (PSB), o eleitorado cearenses deu-lhe também, pelo voto, uma Assembleia Legislativa um tanto mais desafiadora que a composição legislativa com a qual Cid conviveu durante seu primeiro mandato. O eleitor que foi às urnas em outubro do ano passado fortaleceu a bancada de oposição ao governador, que, ainda assim, permanece francamente minoritária: aumentou de três para nove parlamentares.

Esses e os outros 37 deputados estaduais tomam posse de seus mandatos hoje, a partir das 10 horas, no plenário da Assembleia. Será a primeira sessão da 28º legislatura (2011-2014), em que os deputados deverão confirmar a opção de Cid Gomes por Roberto Cláudio (PSB) para a presidência da Casa.

Na prática, a oposição três vezes maior não deve trazer consequências graves ao Governo. Cid, afinal, continua com uma larga maioria de apoios entre os parlamentares estaduais: 34 dos 46 deputados jogam no time do governador, o que – em tese – deve lhe garantir aprovações tranquilas em votações de mensagens e projetos interessantes ao Governo.

Na 27º legislatura, apenas Heitor Férrer (PDT), Adahil Barreto (PR) e Vasques Landim (PR) se aventuraram em fazer oposição a um governismo tranquilo e estável.

No pacote de novidades que a Assembleia apresenta nesta 28º legislatura, está ainda a atuação de 19 novos rostos que transitarão pelo plenário da Casa.

Nessa lista, nomes que nunca passaram pela Assembleia – como o do ex-presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Tin Gomes (PHS) – e outros já experientes do legislativo cearense, como a ex-senadora Patrícia Saboya (PDT).

Quatro ex-vereadores de Fortaleza, eleitos em 2008, também tomam posse hoje: Paulo Facó (PTdoB), Mário Hélio (PMN), Eliane Novais (PSB) e Roberto Mesquita (PV).

Bancadas

Se nas últimas décadas o PSDB era dono da maior bancada na Assembleia, agora é o PSB – partido presidido no Ceará por Cid Gomes – que domina a maior bancada na Casa, com 11 parlamentares, rompendo a hegemonia que se estabeleceu no início da década de 90. O PSDB inicia o novo período da Assembleia rebaixado à segunda posição no ranking dos maiores agrupamentos partidários na Casa: 7 tucanos tomam posse hoje, todos oriundos da legislatura passada.

O partido, entretanto, ainda enfrenta questionamentos internos quanto a posição que terá diante do governo. Isso porque alguns nomes defendem que o partido esteja próximo do governo, enquanto outros não abrem mão de se opor ao grupo político que derrotou o ex-senador Tasso Jereissati (PSDB), seu líder-mor, nas últimas eleições. Pelo menos dois dos 7 tucanos que tomam posse hoje já expuseram a simpatia pelo governo: Osmar Baquit (PSDB) e Gony Arruda (PSDB) – que, inclusive, aceitou convite de Cid para comandar a Secretaria do Esporte (Sesporte) no governo estadual.

Na sequência das maiores bancadas, além de PSB e PSDB, estão PT e PDT, cada um com quatro parlamentares, e PMDB, com três deputados estaduais – incluindo Neto Nunes, cuja candidatura havia sido barrada em função da Lei Ficha Limpa.

Dúvida

Na lista dos deputados que tomam posse hoje a única pendência é o deputado Neto Nunes (PMDB), cuja candidatura ainda pode ser derrubada pela Justiça, o que tornaria inválidos os votos recebidos por Neto e o tiraria dos quadros da Assembleia. Sua posse, hoje, está assegurada por uma liminar do juiz eleitoral Raimundo Nonato. Nunes foi condenado por captação de voto e gastos ilícitos de recursos nas eleições de 2006.”

(O POVO)

PAC tapou rombo de R$ 11,7 bi em 2010

74 2

“A equipe econômica prometeu até os últimos dias de 2010 – mas não conseguiu – cumprir a meta de superávit primário das contas do setor público. Mesmo com forte crescimento econômico, arrecadação recorde, e uso de manobras contábeis que engordaram o caixa, o governo ainda teve de recorrer ao artifício de desconsiderar parte das despesas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para cumprir a meta.

Embora o resultado, o segundo menor do governo Lula, já fosse esperado pelos analistas, a divulgação dos números finais ontem pelo Banco Central (BC) alimenta as dúvidas sobre a promessa do governo de que 2011 será ano de ajuste fiscal.

Cada vez mais, o mercado quer ver o governo apresentar um pacote fiscal que vá além de um mero contingenciamento das despesas do Orçamento.

Como antecipou o Estado no dia 25, o setor público (que reúne o Governo Central, Estados, municípios e empresas estatais) fechou 2010 com superávit primário de 2,78% do Produto Interno Bruto (PIB) – 0,32 ponto porcentual abaixo da meta. Para que o alvo fosse atingido oficialmente, a diferença – de R$ 11,7 bilhões – foi coberta pelas despesas pagas do PAC.”

(Estadão)

Sílvio Santos vendeu o banco Panamericano

86 1

“O empresário Silvio Santos anunciou na noite desta segunda-feira (31) que fechou a venda do banco Panamericano. Em nota, o BTG Pactual confirmou, pouco depois, ter acertado a compra da fatia do apresentador na instituição.

“Vendi o banco, claro. Não podia deixar de vender o banco. Porque o meu banco não deu prejuízo pra ninguém. O meu banco teve um bom comportamento. Talvez tivesse sido mal administrado, e essa má administração provocou aquilo que todos vocês conhecem”, afirmou ele aos jornalistas.”

(Portal G1)

André Figueiredo escapa da cassação

“O deputado federal André Figueiredo (PDT) foi absolvido ontem no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do processo de cassação que era réu, por três votos a dois, após a decisão ter sido revertida. Os juízes Cid Marconi, Luciano Lima Rodrigues e Raimundo Nonato Silva Santos votaram contra a cassação e da pena de inelegibilidade de oito anos do parlamentar. Votaram a favor o desembargador e relator do processo demar Mendes Bezerra e o juiz Jorge Luís Girão Barreto.

Na última terça-feira, 25, quando a votação estava quatro a zero para a cassação de André Figueiredo, e faltava apenas o voto do juíz Cid Marconi para o encerramento do julgamento, ele pediu vistas do processo. Ontem, ao votar, outros juízes acompanharam-no e mudaram a sentença.

A justificativa, nas palavras do juíz Luciano Lima Rodrigues, é que “faz-se necessário a existência de provas robustas que comprovem a culpa do deputado, não sendo suficiente mera presunção de que ele captou esses sufrágios”. Além de provas insuficientes, os juizes julgaram que as acusações dos autos são de antes do registro da candidatura de André, em julho de 2006.

“Eu sempre acreditei na justiça”, disse o deputado federal, ao saber da reversão da sentença. “Meu mandato foi obtido legalmente e essa acusação é uma perseguição a minha pessoa”, falou, em entrevista por telefone.

O procurador regional eleitoral Alessander Sales disse “não entender a confusão de datas feitas pelos juízes” e garantiu que vai ver o acórdão da decisão para verificar em que momento houve a compra de votos, se antes das eleições, durante a campanha ou depois do pleito. Mesmo assim, Sales questiona: “O TRE está querendo dizer que comprar votos antes das eleições pode? Isso é um absurdo”.

(O POVO)