Blog do Eliomar

Últimos posts

Cid assina contrato de aquisição do Cine São Luiz

175 1

O governador Cid Gomes assina nesta segunda-feira, às 14 horas, o contrato de aquisição do Cine Teatro São Luiz, que pertencia à família de Luiz Severiano Ribeiro.

O ato ocorrerá no palco do cinema com a presença do secretário estadual da Cultura, Francisco Pinheiro, de artistas, cinéfilos e dirigentes de entidades públicas e privadas que atuam no campo cultura.

Ministro do Esporte ainda está na marca do pênalti

“A anunciada manutenção do ministro do Esporte, Orlando Silva, não é garantia de sua permanência na pasta. Sua continuidade no governo vai depender da capacidade de Orlando estancar as denúncias e de enfrentar o bombardeio de depoimentos dos seus acusadores na Polícia Federal e na Câmara dos Deputados esta semana.

O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse no domingo que a presidente Dilma Rousseff não cedeu ao “clima de histeria” instalado na mídia, mas frisou que ela aguardará os próximos dias para ver o rumo dos acontecimentos:

– A presidente vai avaliar, aguardar os próximos dias. Ela tomou uma decisão (na sexta-feira), mas não dá para dizer que temos uma posição definitiva. Ela se recusa a entrar na onda sem fim. A presidente quer ter o direito de fazer a avaliação com calma, atendendo aos princípios da defesa. O governo não quis entrar no clima de histeria. A presidente teve uma atitude de cuidado, de não se prejulgarem os fatos. Transformar a acusação em confirmação não dá. A presidente já disse: “Assim não dá, não vou embarcar” – disse Carvalho ao GLOBO.

Dilma deve conversar nesta segunda-feira, em Manaus, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a situação de Orlando, ainda na berlinda. A oposição, por sua vez, quer a saída imediata do ministro e acusa Dilma de estar sendo leniente e comprometendo sua imagem positiva de quem quer fazer “faxina” contra a corrupção.”

(Globo)

PGM recorre de decisão da Justiça que permitia desmatar em área do Cocó

203 1

A Procuradora Geral do Município recorreu, nesta segunda-feira, ao presidente do Tribnal de Justiça do Estado,desembargador José Arízio Lopes, da decisão dojuiz Francisco das Chagas Barreto, da 2ª Vara da Fazenda Pública que autorizou desmatar e construir na Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) do Cocó.

Em termos práticos, o juiz Francisco Chagas Barreto Alves determinou que a Prefeitura de Fortaleza concedesse licenciamento ambiental para o loteamento Jardim Fortaleza, no bairro Cocó, área nobre da capital cearense.

Segundo a PGM,em um primeiro momento, a decisão contraria a lei municipal 9.502/2009, de autoria do vereador João Alfredo (PSOL), que há pouco mais de dois anos criou a Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie) nas Dunas do Cocó. A lei proíbe construções, interferências e intervenções que modifiquem o meio ambiente.

O despacho do juiz atendeu a uma ação civil pública da Associação Cearense dos Empresários da Construção e Loteadores (Acecol), solicitando que a prefeitura acatasse o traçado urbanístico relativo ao loteamento Jardim Fortaleza. Para o juiz, a lei municipal “é inconstitucional”

Carlito Matos gravará DVD ao vivo

Carlito e seu último CD, uma homenagem a Clara, sua neta.

O cantor e compositor Carlito Mattos, um dos maiores letristas da música cearense contemporânea, vai gravar seu primeiro DVD. Isso ocorrerá no dia 23 de dezembro próximo, durante show no Teatro Dragão do Mar.

A apresentação de Carlito Matos, a quem admiramos por seu talento e jeito simples de ser, chegará como um presente de Natal para aqueles que gostam da música de qualidade.

O show de Carlito terá, inclusive, a participação de parceiros de Carlito e artistas como Nonato Luís, Adelson Viana, Waldonys, Clodô, Humberto Pinho, Tarcísio Sardinha e Vicente Lopes. 

Dilma: Pronatec é amaior reforma da educação profissional já feita no Brasil

157 1

“A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (24) que o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (Pronatec) é a maior reforma da educação profissional já feita no Brasil. O projeto, que vai oferecer bolsas de estudo e financiamento para cursos de qualificação profissional, foi aprovado na última terça-feira (18) pelo Senado.

No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma destacou que serão R$ 24 bilhões em investimentos até 2014. A expectativa do governo é que sejam criados 8 milhões de vagas em cursos de formação técnica e profissional.

“Vão ser 5,6 milhões de vagas para cursos de curta duração, destinados à qualificação profissional de trabalhadores. E mais 2,4 milhões de vagas para cursos técnicos, voltados para os estudantes do ensino médio, com duração de pelo menos um ano”, explicou.

Segundo Dilma, estão sendo construídas 208 novas unidades de institutos federais de Educação Profissional – 35 delas devem ser entregues ainda este ano. Uma parceria com o Sistema S prevê a ampliação da oferta de cursos profissionalizantes gratuitos para 630 mil vagas também em 2011.

“Além disso, investimos R$ 1,7 bilhão na construção de 176 escolas técnicas estaduais e também na reforma, ampliação e compra de equipamentos de outras 543 unidades. O Pronatec vai financiar cursos técnicos em escolas privadas de educação profissional, como se faz hoje com o ensino superior, por meio do Fies, o Fundo de Financiamento Estudantil”, disse a presidenta.

Os investimentos de empresas em educação profissional, ainda de acordo com a presidenta, não serão mais tributados por meio do Pronatec. O governo pretende garantir que 30% dos recursos destinados à ampliação da oferta de educação profissional e tecnológica sejam aplicados nas regiões Norte e Nordeste e que 5% das vagas sejam destinadas a pessoas com deficiência. Além disso, 1,1 milhão de vagas serão reservadas para beneficiários do programa Brasil sem Miséria.

Ao final do programa, Dilma comentou a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no último fim de semana. Segundo ela, 4 milhões de estudantes fizeram as provas, utilizadas como critério para a distribuição de 150 mil vagas do Programa Universidade para Todos (ProUni).

“A aplicação da prova é um esforço de grandes dimensões que ocorreu este ano em 1.602 cidades de todo o país. E mobilizou 400 mil profissionais, entre professores, policiais, funcionários dos Correios e fiscais. Tudo isso nos ajuda a democratizar o acesso à universidade”, concluiu.”

(Agência Brasil)

Época – "Comunismo de resultados"

Eis aí a capa da revisa Época da semana, que aborda o caso das denúncias envolvendo o Ministério do Esporte. O título da matéria é “Comunismo de resultados”. Confira este trecho da reportagem.

“O Brasil sempre foi o país do futebol. Na última década, tornou-se também o país do petróleo e das Olimpíadas. Nas três categorias, reina um partido que saiu da clandestinidade nos anos 1980 para se acomodar no centro do projeto petista de poder. Após a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições presidenciais de 2002, o PCdoB foi recompensado por ter sido a única legenda, além do PT, a apoiá-lo em todas as suas tentativas de chegar ao Palácio do Planalto. Desde 2003, lideranças comunistas comandam o Ministério do Esporte e a Agência Nacional do Petróleo (ANP), instâncias fortalecidas após a escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos e com a descoberta dos campos da camada pré-sal. Com o poder, veio a responsabilidade, seguida de denúncias de cobrança de propinas e desvio de recursos. Diante das mais graves suspeitas de corrupção de sua história, o PCdoB se defende em bloco e tenta não ser reduzido a um pastiche dos ideais da esquerda que sempre disse defender.

No Partido Comunista do Brasil, a regra é um por todos e todos por um. “O princípio básico da organização do PCdoB é o centralismo democrático (…) para a construção das orientações partidárias sob um único centro dirigente e no qual as decisões tomadas são válidas para todos”, diz a legenda nos documentos em que se define. Na crise que levou Orlando Silva às manchetes dos jornais devido a denúncias de desvio de dinheiro no Ministério do Esporte, seus quadros demonstram seguir à risca essa orientação. Numa mostra notável de disciplina e fidelidade, muitos foram à mídia e aos palanques para fazer a defesa enfática do ministro.

“Acompanho sua trajetória desde os 16 anos de idade, desde quando liderava a nossa juventude. O senhor já abriu seus sigilos, fiscal e telefônico. Não tem mais que falar. Se o réu tem o que dizer, vá à PF, mostre as provas”, disse a deputada Manuela D’Ávila, pré-candidata à prefeitura de Porto Alegre. “O PCdoB está consciente de que é alvo de uma farsa de forças reacionárias e anticomunistas”, afirmou Nádea Campeão, presidente do diretório paulista. “O povo conhece o trabalho do ministro Orlando Silva e respeita as vitórias que ele vem ajudando o Brasil a alcançar”, disse o deputado federal Chico Lopes (CE).

A necessidade de defender um de seus principais quadros é uma realidade nova para um partido que esteve à margem do poder ao longo da maior parte de sua história. Criada em 1962 depois de um racha no antigo Partido Comunista Brasileiro, de 1922, a legenda passou décadas na clandestinidade. Nos anos 1970, patrocinou a Guerrilha do Araguaia, no sul do Pará, onde perdeu 60 militantes. Engrossou a campanha pelas eleições diretas para a Presidência, nos anos 1980, e até hoje ostenta a foice e o martelo. Ao mesmo tempo que faz alianças com ruralistas, kassabistas e sarneyzistas, continua reverenciando Marx e Lênin. Vive, segundo a descrição encontrada em seu site, “uma das fases mais ricas” de sua história.”

Professores realizam caminhada em defesa do piso

151 1

Professores estaduais realizarão, na próxima quarta-feira, caminhada para marcar o Dia Nacional em Defesa do Plano Nacional de Educação (PNE). O ato é organizado pelo Sindicato Apeoc e, segundo o presidente da entidade, Anízio Melo, a ordem é reforçar a  luta pela Lei do Piso com a aprovação do projeto de lei nº 1592, que trata das diretrizes nacionais para a carreira do magistério.

Em Fortaleza,a concentração ocorrerá a partir das 15 horas, no Instituto Federal de Educação (ex-Cefet). De lá, haverá caminhada até à Praça do Ferreira.

Filha de Prestes diz que PCdoB trai a classe operária

229 3

O PCdoB virou mesmo alvo de críticas de tudo que é lado e de quem menos se esperava. Agora quem bate duro na legenda, sob denúncias de corrupção no Ministério do Esporte, é Anita Prestes, filha de Luís Carlos Prestes e Olga Benário Prestes. Ela mandou carta à direção do PCdoB protestando contra a “utilização indébita” da imagem de seus pais no programa do partido na TV. O Globo divulgou a carta. Confira:

“Rio, 21 de outubro de 2011.

Comitê Central do Partido Comunista do Brasil  (PCdoB)

Dirijo-me à direção do PCdoB para externar minha estranheza e minha indignação com a utilização indébita da imagem dos meus pais, Luís Carlos Prestes e Olga Benário Prestes, em Programa Eleitoral desse partido, transmitido pela TV na noite de ontem, dia 20 de outubro de 2011.

Não posso aceitar que se pretenda comprometer a trajetória revolucionária dos meus pais com a política atual do PCdoB, que, certamente, seria energicamente por eles repudiada. Cabe lembrar que, após a anistia de 1979 e o regresso de Luís Carlos Prestes ao Brasil, durante os últimos dez anos de sua vida, ele denunciou repetidamente o oportunismo tanto do PCdoB quanto do PCB, caracterizando a política adotada por esses partidos como reformista e de traição da classe operária. Bastando consultar a imprensa dos anos 1980 para comprovar esta afirmação.

Por respeito à memória de Prestes e de Olga, o PCdoB deveria deixar de utilizar-se do inegável prestígio desses dois revolucionários comunistas junto a amplos setores do nosso povo, numa tentativa deplorável de impedir o desgaste, junto a opinião pública, de dirigentes desse partido acusados de possível envolvimento em atos de corrupção.

Atenciosamente,

Anita Leocádia Prestes”

Câmara dos Deputados com pauta trancada

“Na Câmara, dos Deputados em meio à movimentação oposicionista acerca da crise nos Esportes, e enquanto cumprem o acerto em torno da questão dos royalties de petróleo (a próxima votação está prevista para o início de setembro), deputados voltam a encarar a pauta trancada por três medidas provisórias, que têm prioridade de deliberação nas sessões ordinárias. Assim, a análise de projetos de lei e outras proposições deverá ser novamente feita em sessões extraordinárias – a pauta será definida em reunião de líderes com o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), na próxima terça-feira (25).

O item prioritário para o governo é a Medida Provisória 540/2011, que concede diversos benefícios fiscais para o setor industrial brasileiro, entre eles: restituição de tributos para a indústria exportadora; autorização para utilização de créditos obtidos por meio da compra de bens de capital; e desoneração da folha de pagamento para determinados setores. Entre outras disposições, a matéria institui o Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra).

Enviada no segundo dia de agosto ao Congresso (leia o texto original), a MP integra o programa Brasil Maior, que reúne uma série de providências de incentivo à indústria nacional. O texto é assinado pelos ministros Guido Mantega (Fazenda), Aloizio Mercadante (Ciência e Tecnologia) e Fernando Pimentel (Desenvolvimento), além, por razões protocolares, da presidenta Dilma Rousseff. Relator da MP, o deputado Renato Molling (PP-RS) pretende apresentar parecer com modificações pontuais, como a redução da alíquota de 1,5% incidente sobre o faturamento de corporações que terão isenção junto à Previdência com base na folha de pessoal. Molling também quer ampliar de um para três anos a vigência dessa desoneração, que beneficiará em uma primeira fase produtores de calçados, móveis, vestuário e os setores têxtil e de softwares.

Segundo item da pauta, a MP 542/2011 altera a definição de limites do Parque Nacional dos Campos Amazônicos, do Parque Nacional da Amazônia e do Parque Nacional Mapinguari, que abrangem as regiões Norte e Centro-Oeste. Assinada pelos ministros Izabella Teixeira (Meio Ambiente) e Afonso Florence (Desenvolvimento Agrário), a matéria também foi enviada em agosto ao Congresso (texto original) e visa sanar entraves agrários nas cercanias desses parques, além de excluir de seus domínios áreas a serem alagadas pelas represas de usinas hidrelétricas.

Por sua vez, a MP 543/2011, terceiro item da pauta, permite que o Tesouro Nacional subvencione, no limite máximo de R$ 500 milhões, operações de crédito executadas por instituições financeiras junto a microempreendedores. Os recursos subvencionados deverem ser aplicados no Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado. Com a edição da MP, em 24 de agosto (texto original), o governo pretendeu beneficiar 3,5 milhões de empreendedores até 2013, estimulando a concessão de crédito no âmbito do programa.”

(Congresso em Foco)

Ministério do Esporte detecta desvio de R$ 17 milhões em convênios com ONGs de Brasília

“Relatório apresentado pelo Ministério do Esporte em julho aponta desvios de R$ 17 milhões em convênios que a pasta assinou com organizações não governamentais sediadas em Brasília e em seus arredores, informa reportagem publicada na Folha desta segunda-feira.

Encaminhado em resposta a um pedido de informações de um deputado do Distrito Federal, o documento descreve 15 projetos em que os recursos repassados pelo governo teriam sido desviados de sua finalidade.

Os projetos receberam recursos do programa Segundo Tempo, que repassa dinheiro público a ONGs, prefeituras e governos estaduais para incentivar a prática de atividades esportivas em comunidades carentes.

O programa está no centro da crise enfrentada pelo ministro do Esporte, Orlando Silva, desde a semana passada, quando foi acusado de usar os convênios para desviar recursos públicos para os cofres do seu partido, o PC do B. Ele nega as acusações.

* Leia mais na edição da Folha desta segunda-feira, que já está nas bancas.

Presidente do Simec garante que haverá consenso na eleição da nova cúpula do CIC

233 1

Do presidente do Simec, Ricard Alcântara, recebemos nota sobre possível divisão na escolha da nova cúpula do Centro Industrial do Ceará (CIC):

Caro Eliomar de Lima,

Sou leitor assíduo de seu Blog e, portanto, o considero uns dos mais importantes de nossa imprensa. Quanto a esta nota sobre o CIC, acho estranho, pois sou associado e não vejo esta divisão lá. Pelo contrário, não só no CIC com nossa presidente, Roseane Medeiros, como na FIEC, com o nosso presidente Roberto Macedo, o que temos presenciado dia a dia é um ambiente democratico, aberto a discussões sobre todo e qualquer tema e, o melhor ainda, sem medo de mostrar a cara como aqui estou fazendo: dando meu nome e contato.

Esse comentario, nao sei por quem e porque foi feito, mas deveria constar o nome, pois não é problema, como eu falei, seja na FIEC ou no CIC ter uma opiniao contrária. Opiniões contrárias enriquecem o processo e, como tal, devem ser respeitadas, discutidas e conhecidas por todos.

Sabemos que o CIC é o braço político da FIEC, mas um braço político apartidario e, como tal, devera permanecer. Isto é consenso, porém, as discussões sobre a politica, os programas e tudo mais, sempre aconteceram e enriqueceram também os processos sucessórios de nosso estado e Capital e é um dever do associado expor suas ideias e pensamentos, ja que todos que lá estão são pessoas formadoras de opiniao, capazes de defender ideias boas para o bem geral.

Quero aqui deixar a minha impressão a cerca de disto: primeiro, que não vejo desta forma, e segundo, que vivemos como nunca na Federação e CIC um ambiente de paz e de entendimentos entre todos, não deixando, é claro, de existir opinioes contrárias as da maioria, o que, além de normal, é mais do que salutar e se não existissem, aí sim eu, como associado é que sairia desta entidade e não ameaçaria como se falou nesta nota.

Portanto, o CIC avanca para uma sucessão de consenso e, mais ainda, de muito brilho liderado pela nossa grande presidente, Roseane Medeiros.

Sem mais,

* Ricard Pereira – Presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas Mecânicas e de Material Elétrico no Estado do Ceará (Simec).

 http://www.simec.org.br

Governo de transição da Líbia rejeita investigação sobre morte de Kadafi

“O ministro da Informação do Conselho Nacional de Transição (CNT) da Líbia, Mohamed Shaman, anunciou hoje (24) que o governo provisório do país “rejeita qualquer”  investigação internacional sobre as circunstâncias que causaram a morte do ex-presidente Muammar Khadafi, de 69 anos, no último dia 20. Shaman disse que a iniciativa é uma  provocação. “Não vamos nos render a uma provocação internacional sobre esse assunto”, acrescentou.

A versão oficial é que Khadafi e o filho Mutassim morreram durante tiroteio na região de Sirte, cidade natal do ex-presidente. No entanto, vídeos mostram Khadafi e o filho ainda vivos. Também há imagens do ex-presidente sendo abatido por homens e não foram mostradas gravações indicando a troca de tiros.

Para integrantes da comunidade internacional, Khadafi e o filho foram assassinados. Um médico que examinou o corpo do ex-presidente disse que ele morreu em decorrência de um tiro no abdome e não por causa de uma bala na cabeça. Desde a semana passada, os opositores do antigo regime negam extermínio e violência.

O Conselho Nacional de Transição (CNT) da Líbia não informou ainda sobre as cerimônias de enterro de Khadafi e Mutassim. Os corpos estão em um frigorífico na cidade de Misrata. O governo de transição teme que as cerimônias de enterro dos dois se transformem em manifestação e que o local onde os corpos ficarão seja área de peregrinação.”

(Agência Lusa- Agência Brasil)

Cid Gomes é vaiado em Sobral por professores

357 56
Essa é do Blog Wilson Gomes, de Sobral:
 
“O governador Cid Gomes (PSB) não foi recebido de maneira cordial como de costume, na noite de domingo (23), em sua terra natal por ocasião da assinatura da ordem de serviço para início das obras de internalização da fiação do centro histórico de Sobral. Desde do primeiro minuto que subiu ao palco montado a margem esquerda do Rio Acaraú, até a hora de sua despedida, o público que aguardava a apresentação de Zeca Baleiro, resolveu receber o governador e as demais autoridades debaixo de muita vaia.

O prefeito Veveu Arruda, o primeiro a discursar, falou também debaixo de muita vaia e protesto por parte de estudantes e professores da rede estadual de ensino. Sempre enaltecendo do trabalho do atual governador do estado e enumerando obras que foram construida na gestão de Cid Gomes para o povo cearense, pouco se ouvia o que o prefeito Veveu Arruda estava dizendo naquele momento.

O governador Cid Gomes, até que tentou de cordial, dando oportunidade para os manifestantes se pronunciar em meio as autoridades, mas não conseguiu a simpatia de seus irmãos sobralenses. Aplausos mesmo só foram ouvidos quando Cid Gomes, pronunciou a fase que não seria mais candidato a nada pois já havia sido reeleito governador do Estado e Justiça não permite que recorra mais ao cargo público. Com voz em tom emocionada, Cid Gomes terminou seu discurso, mostrando as obras que já fez para o povo sobralense e tentando explicar porque disse que o professor deveria trabalhar por amor.

Houve um momento que os manifestantes ensaiaram um grito de ordem – “E fora, E fora!”, mas os gritos não ecoaram.

Apenas o prefeito Veveu Arruda e o governador Cid Gomes discursaram, apesar da presença de secretários municipais e estaduais, deputado estadual, vereadores entre outras autoridades. Após as autoridades deixarem o palco o público se divertiu com show animado pelo cantor maranhense Zeca Baleiro.”

* Acesse matéria com vídeo e vaias aqui.

Argentina – Com 98% das urnas apuradas, Cristina Kirchner comemora vitória

“A presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, comemorou mais de uma vitória na madrugada de hoje (24). Ela conquistou mais da metade dos eleitores que foram às urnas nas eleições desse domingo (23), garantindo um segundo mandato de quatro anos, e obteve ainda grande vantagem em relação ao segundo colocado – o socialista Hermes Binner.

Primeira mulher eleita e agora reeleita presidenta da Argentina, Cristina Kirchner bateu outro recorde: recebeu mais votos numa eleição que todos os presidentes eleitos nos 28 anos de democracia no país. Ela iniciará seu segundo mandato no próximo dia 10 de dezembro quase sem oposição.

A eleição foi uma das mais tranquilas da história argentina – sem incidentes, nem denúncias de fraude ou de roubo de urnas. A grande maioria (79%) dos 29 milhões de eleitores argentinos votou ontem para eleger presidente, vice-presidente, metade da Câmara dos Deputados, um terço do Senado e governadores.

Até as 6h (horário de Brasília) de hoje, 98% dos votos tinham sido apurados. Cristina Kirchner e seu candidato a vice – o ministro da Economia, Amado Boudou – tinham conquistado 53,8%. A surpresa ficou por conta de Binner que, em dois meses, pulou do quarto para o segundo lugar. De acordo com os resultados preliminares, ele terá 17% dos votos.

A votação terminou às 19h (horário de Brasília) e três horas depois, Cristina Kirchner fez seu discurso como presidenta reeleita, no comitê de campanha. Em tom conciliador, ela convocou todos a trabalharem juntos pelo país – mesmo aqueles que não votaram nela. “Sozinha, não se pode tudo. Precisamos da colaboração de todos”, disse.

A presidenta reeleita agradeceu os aliados, a oposição e os presidentes da América do Sul que telefonaram para dar os parabéns. O primeiro nome que mencionou foi o da presidenta Dilma Rousseff. “Quero agradecer o telefonema solidário, amigo, fraternal, regional de Dilma Rousseff – a companheira Dilma”, disse.

O comitê de campanha estava lotado e cercado, desde cedo, por uma multidão. Milhares de argentinos, que não puderam entrar, caminharam até a Praça de Maio, em frente ao palácio presidencial. Apesar do clima de festa, Cristina disse que sentia alegria, mas também tristeza: esta semana coincide com o primeiro ano da morte de seu marido, o ex-presidente Nestor Kirchner. “Quero agradecer também a alguém que já não pode mais me ligar, mas que é o grande fundador da vitória desta noite”, disse a presidenta, ao admitir que sem Kirchner ela nunca teria chegado onde está.

A surpresa do dia foi a decisão de Cristina de ir até a Praça de Maio para festejar com o povo. Ela cantou e dançou em um palco, junto com seus filhos e o vice.presidente. Uma das primeiras tarefas da presidenta será escolher um novo ministro da Economia para substituir Boudou.”

(Agência Brasil)

Prefeitura com asfalto à vontade para "pintar" ruas e avenidas da cidade

379 6

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=UsSLANwbvY4[/youtube] 

“Em dois anos, mais que quadruplicaram os investimentos da Prefeitura em insumos e serviços de tapa-buracos e recapeamento de ruas e avenidas de Fortaleza. Quando 2011 encerrar, terão sido gastos R$ 90 milhões.

De janeiro a outubro deste ano, 215 mil toneladas de massa asfáltica foram utilizadas em ações desta natureza. Montante similar ao de 2010 inteiro, quando R$ 40 milhões e 220 mil toneladas foram aplicados, e quase o dobro de 2009, com seus R$ 20 milhões e 110 mil toneladas gastos.

Nos próximos dois meses, pelo menos mais 85 mil toneladas de massa asfáltica serão utilizadas. “Em 2011, o inverno parou em julho. Para poder suprir esse tempo em que não conseguimos fazer muita coisa, dobramos nossa capacidade de execução para a população sentir a mudança”, diz o coordenador das Secretarias Executivas Regionais (SERs) e titular da SER VI, Cícero Cavalcante.

Algo com o que Jorge Hudson, 31, não se preocupava. Até perder um pneu e ter parte da suspensão do carro comprometida por cair num buraco. Era junho de 2009 e Fortaleza tinha uma malha viária sofrida. “Depois que acontece, a gente repara mais. Naquela época, tinha mais buraco do que rua. Hoje tem canto que parece um tapete”, cita.

De fato, aquele foi um ano em que pouco se fez na recuperação de vias. Segundo a administração municipal, por conta do (mau) tempo. Em período chuvoso (2009 registrou recordes), a produção/aplicação de asfalto fica limitada.

De cerca de 3,6 mil quilômetros de malha viária da Capital, apenas 169 km foram restaurados. Em 2010, 338 km foram reparados. Neste ano, foram 331 km de janeiro a outubro. Até dezembro, outros 129 km devem ser melhorados. Os dados são da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura, a quem é subjugada a Usina de Asfalto da Prefeitura.

De acordo com o coordenador das Regionais, os serviços de uma usina em Maracanaú foram terceirizados em agosto para intensificar os trabalhos. As frentes de atuação também aumentaram para 32, sendo dez voltadas apenas para recapeamentos. Até então, eram 22 no total e três para recapeamento. “É para resolver o problema mesmo. Não adianta mais ficar só em tapa-buracos”.

Ele revela que o foco da Prefeitura daqui pra frente é fazer mais recapeamentos e menos tapa-buracos, no intuito de dar durabilidade à obra, já que o tipo de asfalto utilizado em recapeamentos é de maior resistência. As prioridades são os corredores utilizados por linhas de transporte coletivo.

Nos dez meses deste ano, 703 vias foram beneficiadas com frentes de tapa-buracos, enquanto 142 foram recapeadas. “Estamos tentando inverter essa lógica. Mas o ideal é fazer a drenagem do Transfor”, admite Cícero. Estudos da Prefeitura apontam Fortaleza com apenas 30% do seu território drenado.

215

mil toneladas

É a quantidade de massa asfáltica utilizada em serviços de tapa-buracos e recapeamento em Fortaleza, entre janeiro e outubro
de 2011

110

mil toneladas

É a quantidade de massa asfáltica usada em 2009, quando Fortaleza tinha uma malha viária sofrida por causa das chuvas que castigaram a cidade naquele ano

A Prefeitura não sabe especificar o tamanho exato da malha viária de Fortaleza. Toma como base estimativas feitas por universidades de que está na casa de 3.6 mil quilômetros, similar ao da de Porto Alegre (RS). “Cresceu muito nos últimos anos e ainda estamos tentado identificar”, argumenta Cícero Cavalcante.

O tapa-buraco é uma ação pontual, para casos emergenciais. O recapeamento é um trabalho mais minucioso, que envolve até a raspagem da pista já utilizada para a colocação de novo material. Já a drenagem envolve melhorias no revestimento e outras quatro camadas de terra.”

(O POVO)

VAMOS NÓS – Que me perdoem os senhores técnicos, mas o asfalto está sendo praticamentejogadou, ou pintado, nas ruas secundárias desta Fortaleza. Empresas estão reforçando esse trabalho sem o mínimo de equipamento para fazer o asfalto mais compacto e na espessura mínima exigida. O pior cego é aquele  que não quer conferir. Trabalho reforçado mesmo só nas grandes avenidas. No resto, é melando de asfalto que, dependendo da intensidade do inverno, pode virar sonrisal rapidinho.  

DETALHE- Estão jogando asfalto em ruas que ganharam, há pouco tempo, sinalização. Ou seja, criando mais um gasto extra desnecessasário.

* Vídeo de leitor mostrando que essa rua, Dom Manuel de Medeiros (Regional III), que ganhou sinalização recente, vai ter que receber nova pintura horizontal.

EUA devem ser rebaixados por outra agência de risco

“Os Estados Unidos irão provavelmente perder a sua classificação triplo A de outra importante agência de classificação de risco até o fim do ano, devido à preocupação com o déficit do país. A previsão é do Bank of America Merrill Lynch.

O estopim para isso seria a provável recusa do Congresso em aprovar um plano factível de longo prazo para reduzir o déficit. A pesquisa do banco norte-americano foi publicada na sexta-feira.

O segundo rebaixamento da agência Moody’s ou da Fitch, se seguiria ao feito pela Standard & Poor’s em agosto, por conta do déficit orçamentário e do aumento da dívida. De acordo com a Merrill, um segundo rebaixamento será um golpe adicional para a já problemática economia dos EUA.”

(Globo)

Comércio de Fortaleza fecha nesta 2ª feira

“O comércio de Fortaleza não abre suas portas hoje, em comemoração ao Dia do Comerciário, apesar de a verdadeira data comemorativa ser o dia 30 de outubro, que este ano cai no domingo. O Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), a Federação do Comércio do Estado do Ceará (Fecomércio) e o Sindicato dos Comerciários, entretanto, acordaram o feriado para esta segunda-feira.

Com a mudança na data da comemoração, não funcionam, hoje, as lojas do Centro e dos shoppings. Os supermercados e áreas de lazer dos shoppings, como praça de alimentação e cinemas, porém, estarão funcionando. Amanhã, o comércio volta a abrir as portas normalmente.

Em comunicado enviado à imprensa, o shopping Del Paseo anuncia que estará aberto apenas com praça de alimentação, o Game Station e cinemas, no horário de 10h às 22h. Já o North Shopping informa que sua praça de alimentação e cinemas estarão abertos a partir das 11h, até as 22h, além das Lojas Americanas, das 11h às 21h, e do Supermercado Lagoa, que estará funcionando das 7h às 22h.

Festa

Para comemorar a data, o Sindicato dos Comerciários preparou uma festa, que acontecerá das 8h às 17 horas, no Recreio Clube de Campo, no bairro Lagoa Redonda. Um total de 13 ônibus serão disponibilizados para realizar o trajeto dos comerciários e suas famílias até o evento, que contará com cerca de 4 mil refeições (feijoada).

No local, serão distribuídas senhas para o sorteio de brindes, como aparelhos de MP3, ventilador, TV, bicicleta, liquidificador, entre outros. ”

(O POVO)

Mais avanços sobre o rio Cocó

116 1

“O rio Cocó não para de sofrer investidas para sua destruição. E não é só na área de Fortaleza, onde especuladores imobiliários tentam, a cada momento, aterrá-lo para construir prédios. Na avenida Alberto Craveiro, entre os bairros Dias Macedo e Boa Vista, anuncia-se a construção de um condomínio praticamente dentro do rio.

O canteiro de obras foi instalado e grande parte da mata foi aberta. O próximo passo será o corte da mata ciliar que fica perto da margem do Cocó. No lugar, vizinho à Igreja de São Francisco – antigo “Mata Galinha”, o rio já sofre com a poluição das casas construidas em seu entorno.

A obra, que fica na rota do estádio Castelão, área em alta por conta da Copa 2014, já está sem carnaubeiras, cajueiros, mangueiras e outras árvores que pertenciam à antiga Fazenda Uirapuru. Alguém fez o estudo de impacto ambiental? Com a palavra, Governo e Prefeitura.”

(Coluna Vertical, do O POVO)