Blog do Eliomar

Últimos posts

Greve na Rede Federal de Ensino Tecnológico ultrapassa os 60 dias sem acordo

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=bZAeEptODS8[/youtube]

A greve dos professores da Rede Federal de Institutos de Ciência e Tecnologia ultrapassa os 60 dias sem solução. O reitor do IFCE e presidente do Conselho Nacional dos Institutos Federais de Ensino Tecnológico , Cláudio Ricardo, avaliou o movimento. Ele reitera apelo para que a greve chegue ao fim e não prejudique os alunos com a perda total do semestre.

Pedro Simon – Denúncias de corrupção não podem ser genéricas

“O senador Pedro Simon (PMDB-RS) afirmou nesta segunda-feira (3) que os atos realizados recentemente contra a corrupção em Brasília, no Rio de Janeiro e em outras capitais do país precisam ter um objetivo específico para surtir efeito. “Os atos de combate à corrupção são fundamentais, mas não podem ter um objetivo genérico. Para mobilizar [a sociedade], é preciso ter uma bandeira mais definida. Vamos debater”.

Simon discutiu o tema durante palestra na sede carioca do IAB (Instituto dos Advogados do Brasil). O peemedebista ressaltou que os ativistas que protestam contra a corrupção devem buscar mais adesões ao movimento. O objetivo, disse, seria reunir diversos apoios em uma única causa.

“Durante a ditadura militar havia muita gente na oposição, mas cada um defendia uma coisa. Uma corrente defendia a luta armada, outra era contra. Quando decidimos que o primeiro objetivo seria lutar por eleições diretas, conseguimos unir grupos heterogêneos e a coisa fluiu. No impeachment do Collor foi a mesma coisa, havia um objetivo comum”.”

(R7.com)

TRE pode cassar mais um prefeito

“Após confirmar , por unanimidade (5 a 0), a cassação dos mandatos do prefeito e do vice do município de Icapuí, o tucano José Edilson da Silva (Irmão Edilson) e Heverton Costa Silva, por abuso de poder político e econômico,o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) deverá concluir nesta semana o julgamento de processo envolvendo o prefeito de Aracati, Expedito Ferreira.
A exemplo de Edilson da Silva, Expedito Ferreira também está sendo acusado por abuso de poder político e econômico, com o argumento de que houve contratação de funcionários sem a realização de concurso público ou outros critérios de seleção.
No caso de Aracati, três integrantes do Pleno já votaram pela cassação do mandato, tendo o jurista Cid Marconi pedido vistas. Ele deve apresentar seu voto na sessão desta terça-feira.”
(Coluna Vertical, do O POVO)

Icapuí – Prefeito em exercício denuncia rombo de R$ 19 milhões

“A situação financeira do município de Icapuí parece não ser das melhores. Hospital sem médicos e equipamentos básicos. Obras paradas. Equipamentos e prédios sucateados. E servidores há dois meses sem receber salário. É o que diz o prefeito em exercício da cidade, e presidente da Câmara Municipal, Manoel Jeová da Silva (sem partido), conhecido como Cadá. De acordo com ele, que assumiu o cargo na última quarta-feira, 28 de setembro, o rombo deixado pelo prefeito cassado, José Edilson da Silva (PSDB), chega a R$ 19 milhões, acumulado desde 2005, primeiro ano da gestão de José Edilson.

O ex-prefeito, também conhecido como Irmão Edílson, e o vice Heverton Costa Silva, tiveram os mandatos cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) no dia 19 de setembro por abuso de poder político e econômico na eleição de 2008. Ao assumir a Prefeitura, Cadá montou uma comissão de transição para fazer uma auditoria financeira em todas as secretarias municipais. Ainda em caráter preliminar, o levantamento apontou o déficit de R$ 19 milhões, mas o valor deve aumentar.

“O nosso hospital (Hospital Municipal Maria Idalina) estava fechando. Não tinha seringa, esparadrapo, não tinha nada. Hoje não há condições de pagar os funcionários”, disse Cadá. A prioridade agora, segundo o prefeito, é sanear as contas da área de Saúde. “Um déficit desses corresponde a mais de seis meses da receita que o município recebe e inviabiliza a administração”, disse o vereador Gerônimo Felipe Reis de Souza (PT).

De acordo com a equipe de transição, o déficit provém, principalmente, de débitos de consignações descontadas nas folhas dos diversos fundos municipais e não repassados pela Prefeitura ao Fundo de Previdência dos Servidores Municipais, INSS, Imposto de Renda Pessoa Física, Contribuições Sindicais, entre outros. A expectativa da equipe de transição é que a auditoria seja concluída até a próxima semana.”

(O POVO)

Comissão de Anista parou julgamento de processos porque o Governo suspendeu pagamentos

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Izzsm7axGkc[/youtube]

A Comissão Estadual de Anista Vanda Sidou está com julgamentos de processos de indenizações para ex-pesos políticos parados. Segundo o conselheiro Mário Albuquerque, porque o Governo Cid Gomes não paga os valores dos processos desde 2009.

Prefeita assina ordem de serviço para a Casa da Lusofonia

158 1

A prefeita Luizianne Lins assina, nesta terça-feira, a ordem de serviço para a construção da Casa da Lusofonia. A assinatura acontece às 9 horas, no La Maison, durante o Encontro de Negócios na Língua Portuguesa, evento organizado pela Câmara Brasil – Portugal no Ceará e que se encerra dia 6 próximo. A intervenção faz parte da segunda etapa do Projeto de Revitalização da Praia de Iracema.

A Casa da Lusofonia é um dos oito equipamentos culturais que, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, chegará com o objetivo de retomar o pólo cultural que a Praia de Iracema sempre foi. Juntamente com equipamentos já prontos, como o Estoril, e outros em execução, como o Centro de Artesanato, a Casa da Lusofonia será gerenciada pelo Instituto Cultural Iracema, Organização Social que está sendo criada e que terá como sede equipamento já finalizado também pelo projeto. A Casa da Lusofonia será integrada ao Centro de Informações Turísticas, com um valor total de R$1.414.393,71.

14 policiais e um ex-PM assassinados em 2011

“Pelo menos 14 policiais e um ex-PM foram assassinados este ano no Ceará. Desse total, apenas um foi morto em serviço. O restante estava de folga ou afastado do trabalho. “O índice de policiais que morre em combate é ínfimo. A maioria morre de forma misteriosa”, comenta o subtenente Pedro Queiroz, presidente da Associação dos Praças da PM e do Corpo dos Bombeiros do Ceará (Aspramece).

“Temos observado um número crescente de policiais dependentes químicos. Se não fosse a droga, certamente esse índice (de homicídios) seria menor”, acrescenta o subtenente. Não há estatística sobre as causas das mortes de policiais no Ceará. O que se sabe é que a maioria é vítima de execução. Foram dez casos do tipo este ano.

Das cinco mortes restantes, quatro foram de policiais que teriam reagido a assalto. Apenas uma das ocorrências foi de PM que estava em serviço. No dia 1º de fevereiro, o soldado Antonio Carlos Nogueira da Silva foi morto durante um confronto com bandidos no município de Jaguaribara, a 225 quilômetros de Fortaleza.

Comparando com o ano passado, não houve aumento significativo no número de assassinatos de policiais. No caso da PM, foram 12 mortes este ano contra 11, em 2010 (até o mês de outubro). O POVO não teve acesso ao número de policiais civis assassinados em 2010 para fazer um comparativo com este ano, quando foram registrados dois casos.

O presidente da Associação dos Profissionais de Segurança Pública do Ceará (Aprospec), capitão Wagner Sousa, vai solicitar uma audiência pública na Assembleia Legislativa para debater o assunto. Ele é deputado estadual pelo Partido da República (PR). “Alguns dos casos têm a ver com a moradia do policial, que reside dentro da favela, perto dos traficantes. Muitos sofrem ameaça”, lembra.

Para a Polícia, o assassinato de PMs tem relação com a conduta pessoal e não com a profissional. “Nenhuma das mortes está atrelada à atividade policial, e sim a condutas particulares”, afirma o coronel Werisleik Matias, comandante-geral da PM. Ele afirma ainda que os casos são isolados.

Policial baleado

Ontem, mais um PM foi vítima de violência. O soldado do Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), Messias da Silva Andrade, de 26 anos, foi baleado no peito. Ele andava em sua moto no bairro Planalto Ayrton Senna.

Messias foi socorrido e levado para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro, onde passou por cirurgia. O hospital informou, na noite de ontem, que o estado de saúde do paciente era estável. Um suspeito do crime foi detido e levado para o 19º Distrito Policial. (colaborou Angélica Feitosa)

Bancários decidem manter a greve por tempo indeterminado

122 1

“Bancários manterão greve por tempo indeterminado. É o que decidiu ontem a categoria em reunião, na capital São Paulo, uma vez que a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ainda não apresentou uma proposta, segundo o sindicato.

No sétimo dia de paralisação, agências bancárias públicas e privadas do Centro de Fortaleza amanheceram com filas e muita reclamação na hora de resolver pendências. Os transtornos são mais comuns entre pessoas que só recebem dinheiro no caixa e pensionistas que não conseguem retirar o dinheiro por problemas na senha de acesso.

A categoria está parada desde o dia 27 de setembro, após rejeitar proposta dos bancos de um aumento real de 0,56%. Foram realizadas cinco rodadas de negociação. Assim como o pedido de aumento, também não foram atendidas outras reivindicações feitas pelos bancários, como participação maior nos lucros e resultados (PLR).

“Os banqueiros, ao apresentar proposta insuficiente à categoria, apesar de acumularem lucros 20% maiores, levaram os trabalhadores à greve. Assim, são eles que têm a responsabilidade de colocar um fim à paralisação. Os bancos são um dos setores mais lucrativos do País, têm condições de apresentar proposta decente à categoria”, afirmou Juvandia Moreira, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, após a reunião. No encontro, também estiveram presentes representantes do Sindicato dos Bancários do Ceará (Seeb-Ce).

O POVO entrou em contato com a assessoria da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) que disse não haver nenhuma novidade em relação às negociações com a categoria.”

(O POVO)

Semana de troca-toca partidário no Ceará

166 1

“Começou ontem – e vai até sexta-feira – a contagem regressiva para que os interessados em modificar o domicílio eleitoral e trocar de partido com vistas à disputa municipal de 2012 oficializem seus pedidos. No Ceará, as negociações entre as legendas e os futuros candidatos devem ir até o último minuto do prazo, mas algumas mudanças já se confirmaram.

No PSDB, entre os membros da bancada tucana na Assembleia Legislativa, só quem garante que permanece são os deputados Fernando Hugo e João Jaime. A saída do também deputado Téo Menezes para o PSD era dada como certa, mas, devido ao envolvimento de seu nome no escândalo dos banheiros, há um impasse em relação ao rumo do parlamentar.

Para o recém-criado PSD irão os tucanos Osmar Baquit, Professor Teodoro, Cirilo Pimenta e Nenen Coelho. A saída do deputado Rogério Aguiar do PSDB para o mais novo partido do País também já foi anunciada, mas ainda nos bastidores.

No PT, já deram entrada na documentação de desfiliação o vereador Salmito Filho, que acertou filiação com o PSB, e o ex-vereador de Fortaleza José Maria Pontes, que afirma ainda estar avaliando convites feitos por seis siglas. Em legendas como o PDT e PV, as articulações seguem sem novidades confirmadas.

O prazo de um ano antes das eleições é só para os cidadãos que pretendem concorrer aos cargos em disputa. Já os eleitores em geral, para poderem votar em outro domicílio, têm até 9 de maio de 2012 para solicitar a transferência do título de eleitor para o novo município.”

(O POVO)

Controladoria Geral do Estado abre vagas para estágio

179 1

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) abriu inscrições para a seleção de estagiários de nível superior, que estejam matriculados em instituição de ensino conveniada à Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag). Ao todo, serão 13 vagas, sendo quatro (04) para alunos do curso de direito, três (03) de ciências contábeis, duas (02) de economia, duas (02) de jornalismo, uma (01) de publicidade e uma (01) de administração.

As inscrições ficarão abertas durante o prazo de 20 dias, contados a partir da data de publicação do edital de seleção no Diário Oficial do Estado (DOE), devendo ser realizadas na sede da CGE, na Av. General Afonso Albuquerque Lima, S/N – Ed. Seplag – 2º andar – Cambeba – CEP 60.830-120, em Fortaleza, telefone: (85) 3218-1009, no horário das 8:30 às 11:30 horas e das 13:30 às 16:30 horas, de segunda a sexta-feira. Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos. O referido edital regulador está disponível no endereço eletrônico da CGE (http://www.cge.ce.gov.br) e também nos setores de estágio das instituições de ensino superior conveniadas com a Seplag.

O QUE PRECISA

No ato da inscrição, o estudante deverá apresentar os seguintes documentos: ficha de inscrição e currículo padronizado, a serem obtidos no local de inscrição ou no endereço eletrônico www.cge.ce.gov.br; cópia de documento de identidade, autenticado ou acompanhado do original; declaração expedida pela instituição de ensino, informando que o candidato está regularmente matriculado no curso, indicando o semestre que está cursando e a quantidade de créditos concluídos; histórico escolar atualizado até o momento da inscrição; e laudo médico, para os candidatos que concorrerem às vagas destinadas a pessoas com deficiência.

SELEÇÃO

A seleção será realizada em três etapas: análise de histórico acadêmico – de caráter eliminatório e classificatório; análise de curriculum vitae – de caráter classificatório; e entrevista – de caráter eliminatório e classificatório.

SALÁRIO

A jornada de atividade do estagiário será de 20 (vinte) horas semanais, distribuídas em 04 (quatro) horas diárias. O estudante receberá bolsa de estágio mensal no valor de R$ 503,15 (quinhentos e três reais e quinze centavos), bem como a auxílio-transporte.

(Com CGE)

Governo e indústria estudam desoneração da folha

“Governo e indústria estão conversando para “calibrar” a desoneração das folhas de pagamento de alguns setores anunciada em agosto, afirmou nesta segunda-feira o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf.

O governo concedeu 20% de desoneração para as empresas dos setores calçadista, têxtil e de móveis, mas taxou em 1,5% o faturamento dessas companhias para compensar a perda de arrecadação. Skaf disse que essa troca acabou não se mostrando vantajosa e defendeu a redução da alíquota de 1,5% sobre o faturamento.

“É super saudável desonerar a folha. Por outro lado, não adianta trocar seis por meia dúzia. Em alguns casos, até aumentou o encargo”, disse.

Após almoço com empresários na sede da Fiesp, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que o governo está observando o funcionamento da medida e que vai aperfeiçoá-la.

Ele explicou que a intenção do governo é que a diferença entre a redução de impostos sobre os salários e a taxação do faturamento represente um terço de desoneração sobre a folha.

O ministro voltou a dizer que a intenção do governo é estender, no futuro, a desoneração para outros setores. Segundo ele, se a medida fosse estendida para toda a economia sem compensação de um novo tributo, a renúncia fiscal chegaria a R$ 95 bilhões, o que não é viável para o governo.

“Nós iniciamos uma processo de desoneração da folha, vai ser um caso experimental. Nossa idéia é generalizar a medida para os setores produtivos, começando pelo manufatureiro. Vamos discutir com o setor, vamos fazer cálculo junto”, afirmou.

Segundo Skaf, a desoneração da folha de pagamento é importante para a manutenção de emprego.

“No caso de uma dificuldade, a folha é um custo fixo que você tem. Quanto menor custo você tiver sobre a folha, estimula mais as empresas a evitar demissões”, disse.”

(Folha.com)

Brasil envia na 5ª feira missão de paz para o Líbano

“O Brasil enviará, na próxima quinta-feira (6), um contingente de 300 militares para a missão de paz das Nações Unidas no Líbano, a Unifil. A fragata União, da Marinha, partirá do Rio de Janeiro com marinheiros, mergulhadores e fuzileiros navais, para uma missão de seis meses na costa libanesa.

O Brasil participa da missão desde fevereiro deste ano, quando o comando da Força-Tarefa Marítima da Unifil foi assumido pelo contra-almirante Luiz Henrique Caroli. Quatro oficiais e quatro praças brasileiros assessoram o comandante na missão.

Apesar disso, o Brasil ainda não tinha enviado nem navios nem grandes contingentes militares para a missão, que já conta com a participação de embarcações e militares da Alemanha, da Grécia, da Indonésia, da Turquia e de Bangladesh.

A fragata União terá um helicóptero AH-11A Super Lynx, um destacamento de mergulhadores de combate, que poderá realizar operações especiais, e um de fuzileiros navais, que será responsável pela segurança do próprio navio. Além disso, a embarcação deverá servir como posto de comando para toda a força-tarefa.

“O Brasil, com isso, mostra sua capacidade de armar um navio de guerra e enviar para uma região longínqua, que necessita de um suporte logístico complexo, fazendo valer a sua estatura no cenário da nações. E isso com um objetivo muito nobre: o de fazer a manutenção da paz numa região, historicamente, com sérios problemas políticos”, disse o comandante da Força de Superfície da Marinha Brasileira, contra-almirante Savio Nogueira.

O navio brasileiro fará paradas em Recife, Las Palmas (nas Ilhas Canárias) e Nápoles (na Itália), antes de chegar a Beirute, no Líbano, no dia 14 de novembro. O retorno da embarcação para o Rio de Janeiro está previsto para junho de 2012.

De acordo com o contra-almirante, a Marinha tem condições de enviar um segundo navio, caso seja necessário substituir a fragata União, ao final da missão de seis meses. “Nós já estamos pensando em começar a nos preparar para um rodízio naquela área.”

(Agência Brasil)

Universitária FM comemora 30 anos

202 2

“A Universitária FM (107,9) comemora, dia 14 próximo, 30 anos de atividades. A emissora promete estreias de programas especiais, novas vinhetas e uma estética mais moderna, em sintonia com a missão de promover a cultura do Ceará e do Nordeste, informa a direção-geral.

Já nesta segunda-feira, programas que contemplam a memória da rádio, através do resgate de trechos de entrevistas com grandes personalidades, estão sendo incluídos na programação. Entre os personagens a serem lembrados, Luís Carlos Prestes, Dom Aloísio Lorscheider, Adísia Sá, Dominguinhos, Ednardo, Paulo Freire e muitos outros.

No dia 14, data do aniversário da Universitária FM, haverá seleções musicais inéditas, informações e entrevistas com os que fizeram parte dos 30 anos da emissora. O ouvinte poderá conferir, ainda, uma série de depoimentos de funcionários e colaboradores sobre a relação de cada um com a rádio.”

( Site da UFC)

Sarney reclama de crítica que "Capital Inicial" lhe fez durante o Rock in Rio

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), não gostou da homenagem que o grupo “Capital Inicial” fez ao parlamentar no primeiro fim de semana do Rock in Rio. Mandou cartinha para o vocalista Dinho Ouro Preto. Também no último domingo (2), ele voltou a ser “homenageado”. Dessa vez por Tico Santa Cruz, do Detonautas.  Confira o que o colunista de Época, Felipe Patury, escreveu no site da revista:

QUE PAÍS É ESTE?
Sarney cobra de Ouro Preto a promoção que deu ao pai dele

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), foi vaiado por 100 mil pessoas no Rock in Rio, no dia 24, quando o cantor Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial, lhe dedicou a canção “Que país é esse?”. Na quinta-feira, Sarney enviou uma carta ao artista reclamando do tratamento. Começou o texto dizendo que “entrou no Rock in Rio aos 80 anos”, que o festival se beneficiou dos incentivos à cultura criados por seu governo, arvora-se de defensor da liberdade de expressão e conclui com uma lembrança: foi ele quem promoveu o diplomata Afonso Ouro Preto, pai de Dinho, a embaixador.

Felipe Patury

TAP é condenada a indenizar passageiro que teve bagagem extraviada

“A Transportes Aéreos Portugueses (TAP) foi condenada a pagar indenização de R$ 5 mil pelo extravio da bagagem da passageira R.P.B.P., durante voo entre Espanha e Fortaleza. A decisão foi da 8ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

Segundo os autos, ela passou um ano fazendo intercâmbio acadêmico na Universidade de Salamanca, na Espanha. Ao retornar ao Brasil, pegou voo em Madri, que teve conexão em Lisboa, em 21 de junho de 2006. Ao desembarcar em Fortaleza, constatou que as malas haviam sido extraviadas.

Por esse motivo, ajuizou ação requerendo indenização no valor de R$ 20 mil pelos danos morais e materiais. Alegou que teve prejuízos com a perda de roupas e sapatos, entre outros pertences de uso pessoal. Disse, ainda, que pagou multa de 100 euros por excesso de peso.
Na contestação, a TAP sustentou que, para indenizar, era necessário fazer prévia declaração dos bens que estavam nas malas, o que não foi feito pela cliente.

Em 7 de maio de 2009, o juiz da 5ª Vara Cível de Fortaleza, José Edmilson de Oliveira, condenou a empresa a pagar R$ 5 mil. “Não há dúvida de que houve ineficiente cumprimento do contrato de transporte, pela perda dos pertences da parte promovente, restando esta ao final desprovida dos objetos que levava”, explicou. A companhia aérea e a vítima interpuseram recursos apelatórios (0045778-41.2006.8.06.0001) no TJCE. A empresa apresentou os mesmos argumentos da contestação. A passageira solicitou a majoração da condenação.

Ao relatar o processo, nessa terça-feira (27/09), o desembargador Carlos Rodrigues Feitosa destacou ter sido “demonstrada de forma clara a abusividade do ato em questão e a gravidade da falta cometida”. Sobre o recurso de R.P.B.P., o magistrado considerou que o “caráter sancionatório e pedagógico da indenização fixada pelo juiz de 1º Grau mostrou-se adequado ao caso”. Com esse entendimento, a 8ª Câmara Cível negou provimento aos recursos e manteve inalterada a sentença monocrática.”

(Site do TJ-CE)

Deputados dizem concordar com limitação de supersalários

“Líderes da oposição e da base aliada da presidente Dilma Rousseff na Câmara disseram nesta segunda-feira (3) que concordam em regulamentar o teto salarial dos servidores públicos dos três Poderes. Conforme a Folha mostrou hoje, a Casa Civil deve enviar ainda este ano ao Congresso um projeto que disciplina o limite salarial, que equivale à remuneração de um ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), de R$ 26,7 mil.

O deputado Duarte Nogueira (PSDB-SP), líder tucano na Câmara, pondera, porém, que não adianta nada um projeto ser aprovado se o governo não trabalhar em outras frentes. “Queremos ter contato com o projeto, mas a princípio é uma medida importantes para criar um limite de despesas. Mas não devemos mexer apenas nas contas do teto do funcionalismo se o governo não mudar outras atitudes, como limitar o aumento de suas próprias despesas, que estão em uma crescente”, disse.

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), disse que ainda não teve acesso ao texto que deve ser enviado ao Congresso, mas que “genericamente todos na Câmara devem ser favoráveis” ao texto.

Atualmente, a Constituição diz que o vencimento no Executivo, no Legislativo e no Judiciário não pode ultrapassar o limite legal. Mas nenhuma lei define quais benefícios são classificados como salário, por isso cada Poder cria seu entendimento e frequentemente paga além do teto. A ausência de um critério único permite que algumas autoridades tenham vencimentos que rompem a marca dos R$ 60 mil.

A versão final do texto que deve ser enviado ao Congresso para acabar com essas “manobras” que ultrapassam o teto ainda está sendo costurada pessoalmente pela ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, autora de iniciativa semelhante no início do ano, quando ainda era senadora.”

(Folha.com)

Ivo Gomes e secretária recebem comando de greve dos professores nesta 3ª feira

159 4

O chefe de gabinete do Palácio da Abolição, Ivo Gomes, e a secretária da Educação, Izolda Cela, vão receber em audiência, nesta terça-feira, a partir das 11 horas, o comano de greve dos professores estaduais. O local é o Palácio da Abolição.

Ivo Gomes avisa que nunca fechou canal de diálogo com a categoria e que espera resolver o impasse com os docentes.

Já passam de 10 as reuniões envolvendo Governo e os professores que, nesta segunda-feira, completaram 60 dias de paralisação.

ATO

Terminou agora há pouco, por volta das 18h, a manifestação dos professores estaduais em greve em frente ao Palácio da Abolição, sede oficial do Governo do Estado. Com as atividades paralisadas há quase dois meses, os professores querem, entre outros pontos, a aplicação do piso nacional do magistério.

A caminhada saiu no início da tarde desta segunda-feira, 3, da Assembleia Legislativa e contou com carros de som, trem da alegria e participação massiva de alunos de escolas públicas e particulares e de universitários. O trânsito ficou difícil no trajeto até o Palácio, com o bloqueio de uma das vias, no sentido sertão-praia, mas já está normalizado. (Com OPOVO Online)

IBGE – Medo do desemprego é o menor dos últimos 15 anos

“O baixo nível de desemprego detectado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que apontou 6% em agosto, está sendo percebido na prática pelos trabalhadores. O medo do desemprego, com 78,7 pontos em setembro, foi o menor desde maio de 1996, quando foi iniciada a pesquisa Índice de Medo do Desemprego. O levantamento, divulgado trimestralmente pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi anunciado nesta segunda-feira, 03.10. O índice é de base 100 e quanto mais alto for, maior o medo das pessoas perderem o emprego.

Em relação a julho último, houve um recuo de 3,9% no indicador e na comparação com setembro de 2010, a queda foi de 2,9%. Um dos fatores apontados para o maior declínio do temor do desemprego já detectado pela pesquisa é a proximidade do fim do ano, quando tradicionalmente aumentam as ofertas de vagas no mercado de trabalho.

Em setembro, 57% dos brasileiros afirmaram não ter medo algum do desemprego, o maior percentual da pesquisa até agora. A parcela da população que disse não ter qualquer medo do desemprego em julho era de 53,6%.

A segurança sobre a manutenção do emprego é tanta que o percentual das pessoas que informaram estar com muito medo do desemprego é igualmente o menor da série, com 12,8%. Em julho, 15,5% dos brasileiros tinham muito receio de ficar sem colocação no mercado de trabalho. Já a parcela da população que disse estar com pouco medo do desemprego recuou de 31% em julho para 30,2% em setembro.

A pesquisa trimestral Índice de Medo do Desemprego foi elaborada pela CNI a partir de pesquisa de opinião pública realizada pelo Ibope. Foram ouvidas 2.002 pessoas em todo o país entre 16 e 20 de setembro.”

(Com IBGE)

Ibope – Brasileiro confia menos em serviços de saúde e educação e na imprensa

Fonte – Ibope

A população brasileira está menos confiante no sistema público de saúde, nas escolas públicas e nos meios de comunicação. Entretanto, o cenário é de estabilidade de acordo com o Índice de Confiança Social (ICS), realizado anualmente pelo IBOPE Inteligência desde 2009. Com o objetivo de acompanhar a relação de confiança da população com as instituições e também com as pessoas de seu convívio social, o ICS avalia 18 instituições e quatro grupos sociais. Além do Brasil, o ICS é medido em Porto Rico e na Argentina desde 2009 e a partir de 2011 também no Chile.

No Brasil, na análise dos três anos, a instituição sistema público de saúde foi a que apresentou maior queda (tinha 49 pontos em 2009, passou para 47 em 2010 e chegou a 41 pontos em 2011), seguida por escolas públicas (tinha 62, passou para 60 em 2010 e obteve 55 neste ano) e meios de comunicação (de 71 pontos em 2009, chegou a 67 no ano passado e agora atingiu 55 pontos).

Como um “termômetro”, o ICS reflete o contexto social, político e econômico dos países pesquisados. A Argentina em 2009, por exemplo, quando começava a se recuperar de uma grave crise econômica, apresentou o mais baixo índice entre os países. Em 2010, o ICS demonstrou um aumento da confiança da população e em 2011 o país atinge o mais alto índice geral (64 pontos).

No Brasil, a instituição presidente da República obteve um índice de 66 pontos em 2009, passou para 69 em 2010 e em 2011 caiu para 60. “A queda de confiança nesta instituição pode ser explicada pela mudança de presidente, uma vez que Lula possuía grande popularidade”, explica Malu Giani, gerente de atendimento e planejamento do IBOPE Inteligência.

Pela terceira vez consecutiva, a instituição com maior pontuação entre as 18 organizações foi o Corpo de Bombeiros (86). Igrejas e Forças Armadas aparecem num segundo patamar, ambas com 72 pontos.  Os menores índices de confiança foram obtidos, mais uma vez, pelo Congresso (35) e partidos políticos (28).